Pular para o conteúdo principal

SPECTACULAR! SPECTACULAR!

Alguns posts abaixo falei pra vcs da comédia musical "Os produtores". Não sou fã de musicais, não daqueles brega espalhafatosos (minha escola é mais ópera-rock, tipo "Tommy", "Hair" e "Jesus Christ superstar"), mas gosto das versões mais pop do gênero, como "The producers" (de Mel Brooks, tô louco pra ver a versão da Broadway de "Jovem Frankenstein"), o "Spamalot" do Monty Python e o "Hairspray" (baseado em filme trash/cult de John Waters), pq tocam no meu lado de cinéfilo/fã de música, e envolvem canções menos grandiosas e com um pé no pop/rock.

Mas há uma exceção nessa regra: "The sound of music", ou, "A noviça rebelde". Qndo criança, odiava esse filme. Freiras, violão, criancinhas, gente cantando em vez de falar? Que saco! (rsrsr) Mas, com o tempo, fui aprendendo a (des)gostar. Primeiro, pela historia de superação (real) da família von Trap, que fugiu do nazismo na Áustria e se estabeleceu depois como uma famosa trupe de cantores nos EUA. Depois, pelas incríveis letras e músicas originais, que ficam para sempre em nossos corações e mentes. O filme acabou me ganhando, aos poucos, como já havia conquistado toda a minha familia, da vovó ao filhinho, três gerações.

Agora, chegou a peça musical, que estreou no Rio (que não é igual ao filme, está mais próxima da versão teatral original, ora em cartaz em Londres). A única coisa que posso dizer pra sintetizar é o que o mestre de cerimônias de "Moulin rouge" diz: Spectacular! Spectacular! Nunca se viu nada igual em termos de qualidade de produção num palco brasileiro (bom, não vi as montagens paulistanas de musicais estrangeiros). Não só o novo Casa Grande é de nível internacional, como a montagem tbm. Som cristalino, luz fantástica, elenco afiado e afinado, e a história é ainda mais forte que na versão mais açucarada do cinema. Não há quem resista.

É provável que, com as montagens cada vez mais freqüentes desse tipo de show por aqui, leve ao surgimento de uma nova linha de profissionais, atores que cantam e dançam, e parte técnica, o que só vai elevar o nível geral, e estimulará até mesmo a criação de mega musicais locais, tipo exportação. Sem contar que o novo teatro pode receber shows musicais de qualquer estilo e porte. Dá um banho, em termos de acústica, em qq casa de espetáculos da cidade. Aplausos mais do que merecidos para todos os envolvidos nessa empreitada (do ator mais coadjuvante à orquestra, tudo é perfeito) e pela aposta neles. Bravo! Bravíssimo!

*nas fotos, a noviça original do cinema, Julie Andrews (acima); e, abaixo, a brasileira Kiara Sasso e as crianças (foto de Aveda)

Comentários

  1. E eu achava q era só eu q tinha virado fã dA Noviça Rebelde...E o novo Indiana Jones só vou ver por sua recomendação. Adoro blogueiro q atualiza conteúdo, fideliza o leitor, muito bom pensar junto. Abçs, Leão!

    ResponderExcluir
  2. off spectacular: sabado passado, na minha ida semestral a barra, vi o show waterwall no claro hall. é um grupo italiano que faz uns lances bem loucos em frente a uma parede de agua que nao para de jorrar. furante uma hora, cerca de uma duzia de corpos super malhados (homens e mulheres) saltam, pulam, rolam, se penduram, num cenario que parece uma mina subterranea. a trilha é toda de eletronica pesada e a iluminação é feerica. funcionaria bem numa rave

    ResponderExcluir
  3. Que coincidência esse post. Minha namorada comprou o DVD em promoção e acabamos de assistir "A Noviça Rebelde" pela primeira vez. Gostei bastante. Sem contar que o DVD tem aquela cartela de "Intermission" no meio do filme (que dura três horas). Dá pra ir ao banheiro, comer alguma coisa e voltar 15 minutos depois sem se sentir cansado com a duração.

    Eu não sou vampiro, mas aquele pescoço da Julie Andrews... (acabo de levar um tapa no braço)

    ResponderExcluir
  4. a peça tbm tem intervalo, atlantic, pq dura quase tres horas e ainda tem tres numeros musicais que nao estao no filme, mas fazem parte do roteiro original. o unico problema do teatro é que os banheiros ficam no andar do mezanino, acima da plateia, e sao pequenos. entao, para mulheres, 15mins de intervalo nao é o bastante para fazerem as coisas e voltarem a tempo. ate pra mim foi demorado. mas isso é assim em qq parte, wcs nao sao prioridade num teatro, tem pouco uso diario

    ResponderExcluir
  5. Quero ver!

    the hiiiiiiiiiiills are alive! =D

    Um dia eu escrevo com o vianna, o igor e o andré um musical brasileiro...

    ResponderExcluir
  6. e diz a lenda que falabella ja esta adaptando hairspray para estrear no proximo semestre, tomara.

    ResponderExcluir
  7. fabio, comentei aqui no post de os produtores que hairspray estreia em outubro, em sao paulo, e ano que vem chega aqui. me contaram la no dia, gente da produção...

    ResponderExcluir
  8. Pô Tom...

    Como disse num post anterior, tenho NOJO de musicais...

    Um dos que me fizeram ter as nauseas foi Noviça Rebelde...

    Valeu pela dica, mas já basta minha esposa ter o DVD e assistir pelo menos uma vez a cada 3 meses!

    hehehehehehehe...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY

REI PANTERA

Vão dizer pra você que 'Pantera Negra', é o primeiro filme de super herói Marvel negro. Não é (Blade, veio bem antes). Ou, que é o primeiro filme com cast quase totalmente negro. Outra inverdade, basta uma rápida pesquisa. O fato é que, independentemente desses detalhes, 'Black Panther' é um filmaço, dos melhores do MCU (o Marvel Cinematic Universe). Não diria o melhor, pq 'Capitão América: guerra civil' (onde o Pantera Negra foi formalmente introduzido), detém esse titulo, desde os primeiros do Homem de Ferro e Vingadores. E, está acima do ultimo Marvel, o 'Thor: Ragnarok'. Muita gente gostou deste, pelo seu tom brincalhão. Achei um tanto demais da conta.


Por outro lado, os mais jovens irão achar 'Pantera negra' um bocado sério. É um filme que (quase) não deixa espaço pra piadinha barata. A história de T´Challa (Chadwick Boseman, que se revelou na cinebio de James Brown), o herdeiro do trono de Wakanda (um fictício e super avançado país africano…

OSCAR 2018: OS FILMES

AINDA FALTA VER 'PHANTOM THREAD', PARA FECHAR A LISTA DE PRODUÇÕES QUE CONCORREM AO OSCAR NA CATEGORIA MELHOR FILME. MAS, POR ENQUANTO, AQUI VAO COMENTARIOS SOBRE OS DEMAIS CONCORRENTES. COMENTE VC, TBM:


CALL ME BY YOUR NAME = BELO E SENSIVEL DRAMA ROMANTICO, SOBRE A DESCOBERTA DA SEXUALIDADE, DE UM GAROTO ITALIANO DE 17 ANOS (NA ITALIA, A IDADE DO CONSENTIMENTO É 14). ACONTECE QUE, O JOVEM, SE APAIXONA POR OUTRO, UM HOMEM DE 25 ANOS, QUE VEM PRESTAR SERVIÇOS PARA SEU PAI. É BASEADO NUM LIVRO (QUE NUNCA LI) E TODO PASSADO NO NORTE DA ITALIA (NOS ARREDORES DE VERONA), COM FOTOGRAFIA RADIANTE E LUGARES PARADISIACOS. O NOVATO TIMOTHÉ CHAMALET (QUE TBM ESTÁ EM 'LADY BIRD') CONCORRE NA CATEGORIA ATOR PRINCIPAL. A TRILHA DE SUFJAN STEVENS É A CERTEIRA.


DARKEST HOUR = MOSTRA UM RECORTE DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, LOGO APOS OS FATOS VISTOS EM 'DUNKIRK' (É BOM VER UM LOGO APOS O OUTRO), E CENTRA NA FIGURA CARISMATICA E CONTROVERSA DE WINSTON CHURCHILL. FEITO POR GARY OLDMA…