Pages

Wednesday, November 15, 2017

SUPER AMIGOS: ATIVAR!


O FILME DA LIGA DA JUSTIÇA, JÁ EM CARTAZ, É UMA AGRADÁVEL SURPRESA: SIMPLES, COMPACTO, EFICAZ. DIFERENTEMENTE DOS FILMES PRÉVIOS DA DC FEITOS PELO ZAK SNYDER (BAT VS SUP, MAN OF STEEL), SEMPRE SOMBRIOS, SOLENES, PESADOS, ESTE É BASTANTE LEVE. E MAIS 'CLARO'. MAS, SEM SER 'ENGRAÇADINHO', TIPO O NOVO THOR.


ELE NOS APRESENTA BATMAN (UM POUCO APAGADO NO TODO) E A MULHER MARAVILHA (GAL GADOT TOTALMENTE A VONTADE E NO COMANDO), AS VOLTAS COM A CRIAÇÃO DE UM TIME DE SUPER HERÓIS, PARA COMBATER UMA AMEAÇA QUE VEM DE OUTRO UNIVERSO, STEPPENWOLF, UM TIPO QUE USA CHIFRES E PARECE UM DEMONIO. ESTE, VEM COLETAR TRES CAIXAS-MAE QUE O DARAO PODER SOBRE O UNIVERSO (VILÃO TODO FEITO EM CGI E COM A VOZ DE CIÁRAN HINDS). A PRINCIPIO, SEM O SUPERMAN (QUE MORREU NO FIM DE BAT VS SUP) O MORCEGÃO E A MARAVILHOSA ACHAM AUXILIO NO JOVEM FLASH (O ALIVIO COMICO DO FILME), NO SOMBRIO CYBORG (HOMEM-MAQUINA) E NO DESCOLADO AQUAMAN (QUE FALA E AGE COMO UM SURFISTA DA ISLANDIA). MAS, TODOS JUNTOS, NAO SERÁ O BASTANTE. SERA QUE KAL-EL VOLTARÁ DOS MORTOS?  BEM, COM HENRY CAVILL NOS CREDITOS (E ALGUNS CARTAZES), ISSO É MAIS DO QUE UM SPOILER.



O QUE FAZ 'LIGA DA JUSTIÇA' MAIS LEVE E HUMORADO? A ADIÇÃO (EM CIMA DO LAÇO, POR CONTA DE MORTE DA FILHA DE SNYDER) DE JOSS WHEDON, COMO CO-ROTEIRISTA E CO-DIRETOR (APESAR DE O CREDITO DE DIREÇÃO SER SÓ DE ZAK SNYDER). VARIAS CENAS FORAM REFILMADAS COM A ENTRADA DE WHEDON E O ROTEIRO FOI LEVEMENTE ALTERADO. NOTA-SE ONDE ESTA A MÃO DE WHEDON (DIRETOR E ROTEIRISTA DOS FILMES DOS VINGADORES, DA MARVEL, CLARA INSPIRAÇÃO DESTE). ELE TORNA TUDO MAIS ÁGIL E COM CLIMA DE HISTORIA EM QUADRINHOS TRADICIONAL. NAO HA MUITA PRETENSÃO EM SER UMA 'OBRA DE ARTE'. APENAS A DE DIVERTIR. ACHEI MAS EFICIENTE DO QUE A CHANCHADA DO NOVO THOR (UMA COMÉDIA MEIO FORÇADA). PARECE QUE, AGORA, PRA DC, VAI (AINDA QUE, EM CAREIRA SOLO, A MULHER MARAVILHA TENHA VENCIDO).



*A PRIMEIRA CENINHA POS-CREDITO, TORNA REALIDADE ALGO COM O QUAL SEMPRE SONHAMOS (E COM O QUAL KEVIN SMITH JA BRINCOU EM UM DE SEUS FILMES). A SEGUNDA CENA(NO FINAL DE TUDO) LEVA DIRETAMENTE PARA O PROXIMO FILME DCU COM A LIGA. A PLATEIA VAI A LOUCURA. 
Thursday, November 02, 2017

NA NATUREZA SELVAGEM


POR COINCIDENCIA, ESTAO ESTREANDO NO BRASIL, ESTA SEMANA, TRES FILMES (DOIS DELES, BASEADOS EM FATOS REAIS) QUE TEM A NATUREZA COMO PANO DE FUNDO (E QUE SÃO PEÇAS IMPORTANTES NA AÇÃO, QUASE COADJUVANTES, MAIS DO QUE MEROS PANOS DE FUNDO) 


TERRA SELVAGEM/ WIND RIVER = BASEADO EM FATOS REAIS, CONTA A HISTÓRIA DE UM CAÇADOR/RASTREADOR (JEREMY RENNER) QUE AJUDA UMA JOVEM AGENTE DO FBI (ELISABETH OLSEN) A INVESTIGAR O ASSASSINATO DE UMA JOVEM INDIA, DENTRO DA RESERVA WIND RIVER. O PROBLEMA É QUE, AS LEIS QUE VALEM NA RESERVA, NAO VALEM NO TERRITÓRIO AMERICANO, O QUE CRIA UMA SERIE DE IMPECILHOS. DURANTE A INVESTIGAÇÃO, A AGENTE VAI TOMANDO CONHECIMENTO DE UMA REALIDADE QUE ELA SEQUER IMAGINAVA. FILME CRU, PESADO, TENSO, QUE NOS REVELA UM TRISTE FATO: POR CONTA DESTES PROBLEMAS LEGAIS, OS ASSASSINATOS DE MULHERES INDIGENAS NÃO SÃO COMPUTADOS NA LISTA DE CRIMES NOS EUA (SEQUER SÃO RESOLVIDOS OFICIALMENTE). ESTREIA NA DIREÇÃO DO ATOR E ROTEIRISTA TAYLOR SHERIDAN, RESPONSAVEL PELOS ROTEIROS DOS ÓTIMOS 'SICÁRIO' E 'A QUALQUER CUSTO' (PELO QUAL FOI INDICADO AO OSCAR 2016). É UM SOCO FORTE NO ESTOMAGO.


DESERTO = GRUPO DE PESSOAS TENTA CRUZAR A FRONTEIRA ENTRE O MEXICO E OS ESTADOS UNIDOS. COMO O VEICULO EM QUE ESTAO ENGUIÇA, SÃO OBRIGADOS A ATRAVESSAR UM INÓSPITO DESERTO A PÉ. A SITUAÇÃO VIRA FILME DE TERROR, QUANDO UM CAÇADOR (JEFFREY DEAN MORGAN, O 'NEGAN' DE 'THE WALKING DEAD') QUE ODEIA IMIGRANTES, PASSA A CAÇAR O GRUPO (LIDERADO POR GAEL GARCIA BERNAL) IMPIEDOSAMENTE. OUTRO FILME TENSO E VIOLENTO. DIRIGIDO POR JONAS CUARÓN, IRMÃO MAIS NOVO DO PREMIADO DIRETOR MEXICANO ALFONSO CUARÓN (E CO-ROTEIRISTA DO SUCESSO 'GRAVIDADE'), EM SUA ESTREIA NUM LONGA. TODO FILMADO EM LOCAÇÕES NO DESERTO DE SONORA E BAJA CALIFORNIA. O GAEL TEVE DE TREINAR PARKOUR PARA CERTAS CENAS.


GABRIEL E A MONTANHA = PRODUÇÃO FRANCO-BRASILEIRA, BASEADA EM FATOS REAIS, QUE MOSTRA OS ULTIMOS 70 DIAS DE VIDA DO CARIOCA GABRIEL BUCHMANN, QUE TIROU UM ANO SABÁTICO PARA CONHECER DE PERTO A POBREZA NA ÁFRICA, O QUE ELE ACHAVA QUE O AJUDARIA NO SEU CURSO DE POLITICA SOCIAL. DEPOIS DE PASSAR POR VARIOS PAISES AFRICANOS, E ESCALAR O KILIMANJARO (A MONTANHA MAIS ALTA DA ÁFRICA), ACABA MORRENDO EM SUA ULTIMA PARADA, O MONTE MULANJI, NO MALAWI (SE AVENTUROU SEM GUIA, SEM ROUPAS ADEQUADAS E MORREU DE HIPOTERMIA, EM 2009). LEVADO MEIO COMO DOCUMENTÁRIO, FORA OS ATORES QUE FAZEM GABRIEL (PEDRO ZAPPA) E SUA NAMORADA (CAROLINE ABRAS), TODAS AS PESSOAS EM CENA, QUE INTERAGEM COM O ATOR, REALMENTE O FIZERAM COM O VERDADEIRO GABRIEL. O DIRETOR, FELIPE BARBOSA, ERA AMIGO PESSOAL DE GABRIEL. JA LANÇADO NA FRANÇA (DEPOIS DE PREMIADO EM CANNES), FEZ MAIS DE 80 MIL ESPECTADORES LÁ.

*OUTRO FILME, QUE ESTREIA ESTA SEMANA NO BRASIL, 'A MONTANHA ENTRE NÓS', TBM SE PASSA NUMA SITUAÇÃO QUE ENVOLVE PERIGO NA NATUREZA (DUAS PESSOAS FICAM PERDIDAS NUMA AREA DE MONTANHAS NEVADAS, EM LUGAR REMOTO, NOS ESTADOS UNIDOS, APOS QUEDA DE PEQUENO AVIAO EM QUE ESTAVAM). ESTE, TEM KATE WINSLET E IDRIS ELBA NO ELENCO. NÃO VI.

Wednesday, November 01, 2017

I SCREAM FOR ICE CREAM!


MUSEU DO SORVETE? EXISTE! DEPOIS DO SUCESSO DO PRIMEIRO ICE CREAM MUSEUM, QUE ABRIU COMO UMA EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA, ANO PASSADO, EM NOVA YORK, NESTE VERÃO, FOI ABERTO OUTRO, EM LOS ANGELES, COM O CONCEITO DE POP-UP (PARA DURAR APENAS OS MESES DE MAIO E JUNHO). MAS, AGORA, FOI ABERTO, ESTE MES, EM SAN FRANCISCO, UM MUSEU PARA VALER: NUM MAJESTOSO PREDIO NA ESQUINA DAS RUAS GRANT E MARKET (UM PALÁCIO, AO ESTILO DO PANTEAO ROMANO, QUE FOI DO UNION SAVINGS BANK), NO CENTRO DA CIDADE. COM INGRESSOS ESGOTADOS ATE FEVEREIRO (COMPRADOS APENAS ONLINE, AO CUSTO DE $29 DÓLARES!), O ICE CREAM MUSEUM NÃO VAI DERRETER TÃO CEDO. AGORA, É UM PONTO FIXO DA CIDADE.


O CONCEITO NASCEU DA MENTE DE UM ARTISTA PLÁSTICO CONHECIDO COMO BAKER´S SON (FILHO DO PADEIRO), E, É, NA VERDADE, UMA GRANDE EXPOSIÇÃO, INSTALAÇÃO. NELE, VC NAO FICA SABENDO DA HISTÓRIA DO SORVETE, NEM NADA QUE TORNA IDAS A MUSEUS CHATAS. MAS SE DIVERTE EM SALAS TEMÁTICAS (E PROVA VARIOS TIPOS DE SORVETE, CLARO). ESTÁ MAIS PARA A FANTÁSTICA FABRICA DE CHOCOLATES DO WILLY WONKA. AS CRIANÇAS FAZEM A FESTA (TEM ATE UMA PISCINA DE BOLINHA DE COBERTURA SKITTLE!) E TODOS BRINCAM NAS VARIAS SALAS TEMÁTICAS. UM SONHO VIVO, PARA OS QUE GOSTAM DE SORVETE.


COMO ESTAVA ESGOTADO, APENAS VI A LOJINHA LATERAL, DEPOIS DE LEVAR UM LERO COM CAMARADA GENTIL NA PORTARIA. ELE ME DISSE QUE A ENTRADA É CONTROLADA A 20 PESSOAS POR HORA, POR ISSO, NAO PODERIA PERMITIR MINHA ENTRADA (NEM DISSE QUE EU ERA IMPRENSA). ABERTO HA APENAS DOIS MESES, OS INGRESSOS SE ESGOTARAM EM HORAS, E, EM CINCO DIAS, JA ESTAVAM SOLD OUT ATE FEVEREIRO! (E, A CADA HORA, A LISTA DE ESPERA AUMENTA). COOL!


*O PLANO DELES É EXPANDIR O MUSEU/CONCEITO PARA MAIS PAISES. JA PENSAM NA EUROPA (LONDRES, O CARA ME DISSE), EM 2018.
Tuesday, October 31, 2017

SURPRISE, YOU´RE DEAD!


DICA PARA A SEMANA DOHALLOWEEN (E, NAO ME VENHAM COM ESSE PAPO DE CULTURA ESTRANGEIRA, PF. PQ, SENAO, TEREMOS DE CANCELAR O NATAL E ATÉ O CARNAVAL!): A ESPERTÍSSIMA COMEDIA DE TERROR 'A MORTE TE DÁ PARABÉNS!' (HAPPY DEATH TO ME), JÁ EM CARTAZ NO BRASIL.


O FILME DE PEQUENO ORÇAMENTO (CERCA DE $5MI), DA PRODUTORA BLUMHOUSE (DE OUTROS SUCESSOS DE BAIXO CUSTO, COMO 'CORRA!' E O ULTIMO SHYAMALAN, 'FRAGMENTADO'. JÁ FATUROU, SÓ NOS EUA, CERCA DE $50MI; É UMA VERSÃO (ASSUMIDA) BEM HUMORADA, E ALGO ASSUSTADORA (MAS NÃO GORE), DE 'FEITIÇO DO TEMPO' (GROUNDHOG DAY), AQUELA COMEDIA CULT COM BILL MURRAY, SOBRE UM CARA QUE ACORDAVA TODO DIA NO MESMO DIA. 


NESTE, ACOMPANHAMOS A ESPERTA TREE GELBMAN (JESSICA ROTHE, ATENÇÃO NESTA GAROTA, VAI LONGE), QUE, ACORDA NO DIA DE SEU ANIVERSÁRIO NO QUARTO DE UM ESTRANHO DA FACULDADE (TEVE UMA NOITE DE ARROMBA, PELO VISTO), SEGUE A ROTINA DO DIA E, ANTES DE CHEGAR A SUA FESTA, A NOITE, É ASSASSINADA. ENTÃO, ELA ACORDA DE NOVO E DE NOVO E DE NOVO, SEMPRE NA MESMA DATA/HORA, E SEMPRE É MORTA, DOS MAIS VARIADOS JEITOS.


LA PELA SETIMA MORTE, ELA RESOLVE TENTAR DESCOBRIR QUEM É O SEU ALGOZ , MUDANDO ALGUMAS PARTES DA ROTINA (JA QUE SABE TUDO O QUE VAI ACONTECER). DÁ RESULTADO. MAS, ANTES DO FINAL, ROLA UM PLOT TWIST QUE NOS PEGA DE JEITO. E, ASSIM, COM UMA OTIMA ATRIZ, UM ROTEIRO BEM AMARRADO, BOM HUMOR E VARIAS CITAÇÕES A CLASSICOS DO CINEMA, O FILME SE DESENROLA EM HORA E MEIA, SEM UM MOMENTO SEQUER DE TÉDIO. VOU REVER E REVER E REVER =)

TRAILER:


Saturday, October 28, 2017

GOODBYE, JUMBO!



ATÉ O FIM DESTE ANO, OS MAJESTOSOS BOEING 747 ORIGINAIS (TAMBÉM CONHECIDOS COMO JUMBO JETS) DEIXARÃO DE CRUZAR OS CÉUS. HJ, JÁ SÃO POUCOS (PELO CUSTO DE CONSTRUÇÃO, GASTO DE COMBUSTIVEL E TECNOLOGIA OBSOLETA). MAS, PARA COMEMORAR, A UNITED AIRLINES ESTÁ FAZENDO VOOS DE DESPEDIDA COM SEUS FUNCIONÁRIOS. E PASSAGEIROS SORTEADOS. UMA BELA DESPEDIDA.



DESCOBRI A PARADA AO INTERPELAR UM CAMARADA DA UNITED, NO AEROPORTO DE SFO, COM UMA CAMISETA QUE DIZIA 'GOOD-BYE, JUMBO' (NA VDD, IA PEDIR UMA INFORMAÇÃO). E, PARA A MINHA SURPRESA, ELE É BRASILEIRO -- SE CHAMA FÁBIO. ESTAVA A CAMINHO DE SEU VOO ESPECIAL, DE COSTA A COSTA. O ULTIMO, SERÁ EM NOVEMBRO, ENTRE A CALIFORNIA E O HAWAII, ONDE O PRIMEIRO JUMBO DA UNITED VOOU, NO COMEÇO DOS 70S. UMA SACADA BACANA.



ATUALMENTE, NOS EUA, ALEM DA UNITED, SÓ A DELTA TEM DOIS 747 ORIGINAIS EM SUA FROTA, QUE DEIXARAO DE VOAR EM DEZEMBRO. NO PASSADO, OS 747 (THE QUEEN OF THE SKIES, TBM CHAMADOS) FORAM O SIMBOLO DA PAN-AM (NOS QUAIS VOEI ALGUMAS VZS; UM DELES, EXPLODIU NO AR, POR ATO TERRORISTA, SOBRE LOCKERBIE, NA ESCÓCIA, ABALANDO BASTANTE A IMAGEM DA COMPANHIA, QUE FALIU POUCO DEPOIS) E DA BRITISH AIRWAYS. E 'ESTRELARAM' O FILME 'AEROPORTO 75'. DEPOIS DISSO, VÃO RESTAR APENAS UNS POUCOS JUMBOS DE CARGA. E, POR ENQUANTO, O AIR FORCE ONE, QUE É UM 747 TURBINADO.



*existem outros modelos de 747, que continuarão em uso (alguns, bem modernos). mas, estamos falando especificamente do primeiro modelo, o jumbo.

Tuesday, October 24, 2017

UMA BANDA QUE NUNCA SAI DE MODA



VARIAS VZS, JA COMBINEI MINHAS FERIAS DE ACORDO COM A TURNE DE ALGUMA BANDA QUERIDA NA GRINGA. PRINCIPALMENTE, DAQUELAS QUE NAO COSTUMAM PASSAR PELO BRASIL. FOI ASSIM QUE CONSEGUI VER PORTISHEAD, HA CERCA DE CINCO ANOS, EM NYC. E QUE VI, DUAS VZS, O DEPECHE MODE: A PRIMEIRA, EM 2001, EM MOUNTAIN VIEW, NA CALIFÓRNIA (VALE DO SILÍCIO, 40 MINUTOS AO SUL DE SAN FRANCISCO) E EM BUENOS AIRES, NUM FESTIVAL DA NOKIA, QUE TEVE TBM PET SHOP BOYS E NILE RODGERS + CHIC. MAS, RECENTEMENTE, VI DEPECHE MODE EM OAKLAND, DO OUTRO LADO DA BAY BRIDGE, EM SAN FRANCISCO. DESTA VEZ, FOI SEM QUERER, QUERENDO. FIZ UMA TRIP COM MA BABE A LAS VEGAS, ONDE NUNCA ESTIVEMOS E, NA VESPERA DA NOSSA ESTADIA, O DM HAVIA ACABADO DE TOCAR NUMA ARENA, VIRTUALMENTE, DO OUTRO LADO DA RUA DO HOTEL EM QUE FICAMOS. AINDA DAVA PRA VER GENTE NAS RUAS COM CAMISETAS DO SHOW. NAO FICAMOS TRISTES PQ, COMBINAMOS MINI FERIAS, EM MARÇO DE 2018, PARA VER A BANDA EM SANTIAGO OU BS AS (POR INCRIVEL QUE PAREÇA, SAI MAIS BARATO DO QUE PASSAR UM FINDE EM SP). NAO IRIAMOS AOS SHOWS EM SFO E ARREDORES, PQ MA BABE QUERIA CONHECER AS VINICOLAS DO VALE DO NAPA, AO NORTE DE SFO, ONDE ATE FARIAMOS UM PASSEIO DE BALÃO. CONTUDO, QUIS O DESTINO QUE O FOGO ARRASASSE COM O NAPA VALLEY, NA VESPERA DE NOSSA IDA (AINDA BEM QUE FOI ANTES), NOS FORÇANDO A FICAR COM DOIS DIAS VAGOS EM SAN FRAN. O QUE FAZER NUM DELES? VER O DEPECHE MODE EM OAKLAND, CLARO!



E, ASSIM, PARTIMOS FELIZES PARA A ORACLE ARENA. APARENTEMENTE MEIO DISTANTE, DO OUTRO LADO DA BAIA. MAS, COM O VELOZ BART (BAY AREA RAPID TRANSPORT), UM MISTO DE TREM E METRO DE ALTA VELOCIDADE, ERA SÓ ATRAVESSAR O MAR (NUM TUNEL SUBTERRANEO) E, EM 30 MINUTOS, CRAVADOS, ESTÁVAMOS LÁ, NA CARA DO GOL. BASTA SAIR DA ESTAÇÃO E ATRAVESSAR UMA PASSARELA INTEGRADA, QUE LEVA ATE A ENTRADA DA ARENA E DO ESTADIO DO TIME DE BEISEBOL LOCAL (10MINS CAMINHADA). GIG MARCADA PARA COMEÇAR 7:30PM, COM ABERTURA DAS WARPAINT (QUE ENTROU NO PALCO EXATAMENTE AS 7:30PM), DEPECHE MODE ENTROU EM CENA POR VOLTA DE 8:40PM. E FARIA UM SHOW DE CERCA DE DUAS HORAS E VINTE. O MELHOR QUE JÁ VI DELES, ATE HJ.


MAS, ANTES, É PRECISO DIZER QUE: AQUI NO BRASIL, DEPECHE MODE É VISTO APENAS COMO UMA 'BANDA DOS ANOS 80'. MAS, ASSIM COMO U2 (COM O QUAL DIVIDEM O MESMO FOTOGRAFO OFICIAL, ANTON CORBJIN), NUNCA SAIU DA ESTARADA. E NEM DEIXOU DE LANÇAR DISCOS NOVOS. O DM ESTA NO MEIO DA GLOBAL SPIRIT TOUR, QUE DIVULGA O DISCO 'SPIRIT'. E, COMO NENHUMA OUTRA BANDA INGLESA DOS ANOS 80, É A UNICA QUE FAZ TURNES DE COSTA A COSTA DOS EUA, TOCANDO EM ARENAS E ESTADIOS COM INGRESSOS ESGOTADOS. SÓ EM LOS ANGELES, ONDE SÃO DEUSES, FORAM QUATRO NOITES SOLD OUT NO HOLLYWOOD BOWL. AO TOTAL, FORAM OITO SHOWS APENAS NA CALIFÓRNIA (ABRIRAM A PERNA AMERICANA COM DUAS NOITES NO MADISON SQUARE GARDEN, EM NOVA YORK). A DEVOÇÃO DOS FÃS É FORTE. E A NOVA GERAÇÃO TB DIZ PRESENTE. NO BRASIL, SAO APENAS A BANDA DO HIT 'STRANGELOVE', QUE ESTA FORA DOS SHOWS HA, PELO MENOS, UNS 20 ANOS. DOS TRES SHOWS QUE VI DELES, NESTES QUASE 20 ANOS, AS UNICAS MUSICAS QUE ESTAVAM NO SETLIST DE TODOS ERAM 'NEVER LET ME DOWN' E 'PERSONAL JESUS'. DE RESTO, ELES GARIMPAM MUSICAS DE VARAIS FASES EM CADA TURNE, E ESPALHAM AS NOVAS PELO SETLIST. E AS TRANSFORMAM.


O SHOW EM OAKLAND ABRIU COM UM TRECHO DE 'REVOLUTION', DOS BEATLES, E, EM SEGUIDA, EMENDOU COM DUAS DO NOVO DISCO. NAS MSICAS MAIS ANTIGAS, UM DETALHE: MUITAS, FORAM TOCADAS EM VERSOES REMIX, SEM DESFIGURAR AS ORIGINAIS. 'BARREL OF A GUN', P EX, VEM COM UM TRECHO DE GRANDMASTER FLASH; E 'A PAIN THAT I USED TO' É A VERSAO, AO VIVO, DO REMIX FEITO POR JACQUES LU CONT. ESSES TOQUES REMIX, ACONTECERAM EM VARIAS OUTRAS MUSICAS. ALÉM DISSO, A BANDA ESTA COM UMA PEGADA MAIS ROCK, COM UM VIGOROSO BATERISTA. E, O CANTOR DAVE GAHAN ESTA COM UMA ENERGIA COMO NUNCA VI. NO SHOW DE 2001, ELE ESTAVA EM PLENA REHAB (POR POUCO, NAO MORREU, ANOS ANTES, NUMA MEGA OVERDOSE). ENTAO, FOI MAIS CALMO, E COM O APOIO DE TRES VOCALISTAS NEGRAS. NO DE BS AS, A BANDA JA ESTAVA MAIS ANIMADA, E CAPRICHOU NA FASE ELECTRO/INDUSTRIAL. MAS, AGORA, DAVE FOI O DESTAQUE. MAIS ANIMADO E GIRANDO COMO NUNCA, O CARA SE ENTREGA 100% NO PALCO. MA BABE LEMBROU ATE QUE ELE TAVA COM UMA ENERGIA A LA FREDDIE MERCURY. PARA AJUDAR A RETOMAR O FOLEGO, LA PELO MEIO DO SHOW, HA O SET SOLO DO GUITARRISTA MARTIN GORE (AUTOR DAS MELHORES LETRAS DA BANDA), QUE ME ARRANCOU LAGRIMAS COM 'A QUESTION OF LUST' (QUE CANÇÃO BONITA DA PORRA!); MA BABE, CHOROU COM 'EVERYTHING COUNTS', PQ, NESSA HORA, A PLATEIA -- QUE FICOU EM PÉ DO COMEÇO AO FIM (A CONFIGURAÇÃO DO LUGAR, UMA ARENA, ERA 80% SENTADO) E NAO PAROU DE GRITAR --, SE INTEGRA TOTALMENTE COM DAVE NA HORA DO REFRÃO. DE ARREPIAR OS PÊLOS.



NA RETA FINAL, 'ENJOY THE SILENCE' E 'NEVER LET ME DOWN' POEM A CASA ABAIXO (SÓ DE LEMBRAR, SINTO CALAFRIOS). UMA HORA E MEIA DE SHOW SEM DEIXAR A BOLA CAIR. TUDO COM SENSACIONAIS IMAGENS, EM TELOES HD, FEITAS PELO FERA CORBJIN, QUE CRIOU CLIPS PARA MUSICAS QUE NUNCA OS TEVE, COMO 'STRIPPED' E 'WALKING IN MY SHOES', P EX (A QUE ACHEI MAIS BACANA). NO ENCORE, DE 20 MINUTOS, A VERSÃO PARA 'HEORES', DE DAVID BOWIE (PRA MIM, A MELHOR, DESDE AQUELA DO BLONDIE COM ROBERT FRIPP), 'I FEEL YOU' E, FINALMENTE, 'PERSONAL JESUS', PROVAVELMENTE, UMAS DAS MELHORES POP SONGS DE TODOS OS TEMPOS (REGRAVADA POR DEZENAS, INCLUSIVE POR MARILYN MANSON). NAO SEI SE FARAO ALGUM SETLIST ESPECIAL PARA O SHOW NO BRASIL (EM MARÇO, NO ALLIANZ PARK, EM SP). MAS, ESTE, QUE É A BASE DA TURNE (NO HOLLYWOOD BOWL, COMO FORAM QUATRO NOITES, INSERIRAM VARIOS HITS DIFERENTES) DEU VONTADE DE BIS NO CHILE =)


*fotos de Cynthia Strougo. clique, para ampliar
#depechemode #globalspirittour

Saturday, October 21, 2017

DIÁRIO DA PESCARIA, PARTE 2: OYE, YERBA BUENA!


QUANDO COMECEI A IR AOS EUA, NOS 80S, MINHAS OPÇÕES SEMPRE ERAM NYC (AINDA NUMA FASE 'SCORSESE', MUITOS SHOWS, CBGB, FAUNA LOUCA NAS RUAS) OU LOS ANGELES (TBM PELOS SHOWS, LOJAS DE DISCOS E AMIGOS). NUNCA TINHA SAN FRANCISCO NA LISTA. PQ, ERA A TERRA DOS HIPPIES (ODEIO HIPPIES) E, ATE UM AMIGO MEU, EX-HIPPIE CONVICTO, QUANDO FOI LÁ, FICOU DESAPONTADO COM A DECADENCIA. QUANDO, FINALMENTE, FUI A CIDADE DAS LADEIRAS, COMEÇO DA DECADA PASSADA, TBM NAO GOSTEI DO QUE VI: RUAS SUJAS, MUITOS HOMELESS E CIDADE MORRIA CEDO. 7-9 PM, JÁ ERA. TUDO DESERTO. MEGA DECEPÇÃO. SEM CONTAR QUE, NO VERÃO, FAZ UM FRIO DESGRAÇADO POR LÁ (E A GOLDEN GATE TÁ SEMPRE COBERTA PELO FOG). ACABEI ME DIVERTINDO MAIS AO REDOR (INDO AO MAGNIFICO AQUÁRIO DE MONTEREY; Á VIZINHA CARMEL) E VENDO UM SHOW DO DEPECHE MODE, EM MOUNTAIN VIEW.


AGORA, ENFIM, SAN FRAN DESENCANTOU. A CIDADE HJ É BEM DIFERENTE DA DE OUTRORA. COM A CHEGADA DA RAPAZIADA QUE VEIO TRABALHAR NAS GRANDES EMPRESAS DE INFORMATICA (AS MATRIZES FICAM NO SILICON VALLEY, MAS TODAS TEM ESCRITORIOS NA CIDADE, A CADA ESQUINA VC VE A PLACA DE UMA DELAS), SAN FRAN FICOU VIBRANTE, FERVILHANTE, JOVEM E (QUASE) NON-STOP. OS HOMELESS AINDA ESTAO LÁ (FAZ PARTE DA VIBE DO LUGAR, MUITOS SÃO EX-HIPPIES QUE AINDA ACREDITAM NESSA PALHAÇADA), MAS, AGORA, VC SE SENTE NUMA QUASE NOVA YORK OU NUMA CIDADE DA EUROPA, TIPO BERLIM OU AMSTERDAM. O RUIM DISSO, É QUE SFO ENCARECEU MUITO. HJ, SEUS HOTEIS COBRAM DIARIAS MAIS CARAS DO QUE OS DE NYC (E, A MAIORIA É VELHO E NAO VALE, PREFIRA OS DE REDE), SE VC QUISER MORAR NA CITY, VAI PAGAR ENTRE 3 E 7 MIL DÓLARES, POR MES, POR UM ESTUDIO (!), E, POR ISSO, A GALERA QUE NAO GANHA OS MILHOES DO IT WORLD, MIGROU PRO OUTRO LADO DA PONTE, SOBRETUDO PRA OAKLAND, INDO MORAR NO FINAL DA LINHA DO BART, EM RICHMOND, BEM MAIS EM CONTA (TIPO, IR MORAR NUM RECANTO DE NITERÓI, PRA QUEM É DO RIO). AINDA BEM QUE O TRANSPORTE PUBLICO É BOM (TEM ONIBUS, TRAM, METRO E TREM) E TUDO ESTÁ INTERLIGADO. PRA MIM, 'CIVILIZAÇÃO', É ISSO.


ENTAO, DESTA VEZ, CURTI MAIS A CIDADE. TANTO, QUE NEM SAI DELA. IA DAR UM PULO NO VALE DE NAPA, MAS QUEIMOU TUDO POR LÁ NA VESPERA DE MINHA IDA. ACABEI ME AMBIENTANDO ONDE ESTAVA -- AO REDOR DA UNION SQUARE, ONDE TEM DE TUDO, MUITA COISA 24 HORAS -- E CURTINDO A CIDADE EM SI: DEITANDO NA GRAMA DO GOLDEN GATE PARK, DANDO UM ROLE NA PONTE GOLDEN GATE, SEM PRESSA, ESTICANDO EM SAUSALITO, INDO CONHECER A FLORESTA DAS REDWOODS (ARVORES COM MILHOES DE ANOS!). FIZ ATE O PASSEIO DO BUS TURISTICO, PQ O TICKET VALIA POR DOIS DIAS E COBRIA QUATRO LINHAS. ENTÃO, EU USAVA PRA IR A OUTROS LUGARES NOS ALTOS DAS LADEIRAS (O BONDINHO, É SÓ PRA TURISTA, CARO E DEMORADO). A TOUR PASSA NA FRENTE DO MEL´S DRIVE-IN ORIGINAL (ONDE GEORGE LUCAS FILMOU 'AMERICAN GRAFFITTI', FOTO 2), DO LUGAR ONDE ERA A TOWER RECORDS ORIGINAL (AGORA, UM STARBUCKS), DO BUENA VISTA CAFÉ (ONDE, DIZEM, O IRISH COFFEE FOI CRIADO), DE CHINATOWN ETC. DEI SORTE, DE PEGAR UM FIM DE SEMANA RECHEADO DE EVENTOS, NAO TINHA PROGRAMADO NADA DISSO, FOI MERO ACASO: DIA DA COLONIA ITALIANA, COLUMBUS DAY E FLEET WEEK (DESFILE DE NAVIOS, SHOW DE ACROBACIAS AEREAS, PARADAS NAS RUAS). MAS, NUNCA FUI A ALCATRAZ. CUSTA $100 DOLARES O PASSEIO, DURA 20 MINUTOS, E NAO ME INTERESSA. VI A ILHA DE LONGE.


DE QUEBRA (E, ASSIM QUIS O DESTINO), ACABEI VENDO OUTRO SHOW DO DEPECHE MODE (ALIAS, O MELHOR QUE JA VI DELES, ESTE FOI O TERCEIRO NA GRINGA, FAREI POST A PARTE). DESTA VEZ, NUMA ARENA EM OAKLAND (ELES FIZERAM TRES SHOWS NAS REDONDEZAS, TUDO SOLD OUT; DALI, TERIAM QUATRO DIAS, TBM ESGOTADOS, EM LOS ANGELES). OU SEJA, NA QUASE SEMANA QUE LÁ FIQUEI, NAO TEVE UM DIA MONÓTONO. DEU ATE PRA IR AO CINEMA, VER 'BLADE RUNNER 2049' (VC PERDE QUASE UMA TARDE, PELA SUA LONGA DURAÇÃO), NA FANTASTICA SALA DOLBY CINEMA (SÓ EXISTEM MEIA DUZIA, NO MOMENTO, NOS EUA) COM SOM E IMAGEM FANTASTICOS. FOI BEM FÉRIAS MESMO, SEM LISTA DO QUE FAZER OU CORRERIA. DEPOIS DE DIAS INTENSOS POR VEGAS. AGORA, SIM, POSSO DIZER: SAN FRANCISCO, UM DIA EU VOLTO A TE REVER (ISSO, SE O BIG ONE NAO VIER ANTES E BOTAR TUDO ABAIXO, FICA BEM EM CIMA DA FENDA!).

HASTA LA VISTA, YERBA BUENA!

Wednesday, October 18, 2017

DIÁRIO DA PESCARIA, PARTE 1: VEGAS OR BUST!



PROMOÇÕES E MILHAGENS CONTINUAM ME LEVANDO POR AÍ. DESTA VEZ, APÓS UNS DOIS ANOS SEM PISAR NOS USA, PENSEI: PQ NAO IR A LAS VEGAS, ONDE NUNCA ESTIVE? DE QUEBRA, UM BIS EM SAN FRANCISCO, ALI PERTO, ONDE SO FUI UMA VEZ (E, CONFESSO, NAO GOSTEI). DEPOIS DE UMA CIDADE FAKE, UMA DE VERDADE.



VEGAS É MUCHO LOKA. TOTALMENTE ARTIFICIAL. UMA ESPECIE DE DISNEYLANDIA PARA ADULTOS PLANTADA NO MEIO DO DESERTO. NUNCA DESLIGA. LUZES, LOJAS, CASSINOS, AR CONDICIONADOS, RESTAURANTES, É TUDO 24 HORAS, SEM PARAR. NOVA YORK, NEM DE PERTO, É A CITY THAT NEVER SLEEPS, CANTADA POR SINATRA. VEGAS, SIM. A STRIP É UMA TRIP LISÉRGICA. VC COMEÇA POR UMA DAS PONTAS, ENTRA NUM DAQUELES IMENSOS HOTEIS CASSINOS (MEDIA DE SEIS MIL QUARTOS POR HOTEL!) E VAI ANDANDO POR DENTRO DELES, DIRETO. SAO TODOS INTERLIGADOS POR PASSAGENS OU POR TRAM. É COMO UMA VIAGEM POR MUNDOS E PORTAIS. DO EGITO (LUXOR) VC CAI NO MUNDO MEDIEVAL (EXCALIBUR). DE REPENTE, ESTÁ EM NEW YORK. DAÍ, NA ITÁLIA (ROMA ANTIGA), EM PARIS, VENEZA, ONDE QUISER. UM 'VEGANO' (MORADOR DE VEGAS?), CONHECE O MUNDO INTEIRO SEM ARREDAR PÉ DALI. TEM TORRE EIFFEL, PONTE DO BROOKLYN, GONDOLAS. VC NUNCA SABE SE É NOITE OU DIA DENTRO DESTES MUNDOS. UMA MOÇA DE UMA LOJA, ME DEU BOA-NOITE, EM PLENA ONZE DA MANHÃ! COITADA, NEM DEVE SABER MAIS ONDE ESTÁ. ISSO DEVE AFETAR SERIAMENTE O RELÓGIO BIOLÓGICO.

*e vc pode beber em qualquer parte: na rua, nas lojas, na piscina...


LÁ FORA, SOL E CALOR. MAS VC NAO SUA. É CLIMA SECO, DESÉRTICO, COM AQUELE VENTINHO FRIO NO COMEÇO DA MANHÃ E FIM DO DIA. VANTAGEM: TUDO LÁ É MAIS BARATO DO QUE NO RESTO DOS EUA. VC FICA EM HOTEIS 4/5 ESTRELAS PELO PREÇO DE ESPELUNCAS EM NYORK OU SANFRAN, COMIDA BARATA E A RODO, TAXA MAIS BAIXA. MAS, PARA VARIAR E NAO ENLOUQUECER, NUM DOS DIAS, FUI ATE A FRONTEIRA COM O ARIZONA, ONDE FICA A REPRESA HOOVER (DE CADA LADO DA PONTE, É UMA TIME ZONE DIFERENTE) E UM DOS LADOS DO GRAND CANYON. LÁ, FIZ UM PASSEIO DE HELICOPTERO, QUE COMEÇA TRANKS, E, DE REPENTE, SEM PERCEBER, VC MERGULHA NUMA GARGANTA DO CANYON. PARECE AQUELE MOMENTO EM QUE OS X-WINGS ENTRAM NO CORREDOR PARA EXPLODIR A ESTRELA DA MORTE. É SUBITO. E ARREBATADOR. E, QNDO VC PISCOU, JÁ PASSOU. DE QUEBRA, ROLA UM PASSEIO DE BARCO NUM RIO BARRENTO, COMO AQUELES QUE A GENTE VE NOS WESTERNS. TUDO CONTROLADO PELOS INDIOS. É TUDO RESERVA INDIGENA. ONCE IN A LIFETIME TRIP. TEM QUE FAZER UMA VEZ NA VIDA. NA VOLTA, AINDA DEI UMA PARADINHA NA FLORESTA DAS JOSHUA TREES.


DE NOVO EM VEGAS, UM PASSEIO PARA ARREMATAR: FREMONT, A PARTE ANTIGA DA CIDADE, ONDE FICAM OS ANTIGOS CASSINOS, OS PRIMEIROS (GOLDEN NUGGET, ONDE JOGUEI UM DÓLAR, E GANHEI UM CERTIFICADO DE 4O CENTAVOS!), ONDE AINDA SE USA MUITO LETREIRO DE NEON (TEM ATÉ UM  MUSEU DO NEON NA AREA, COM ANTIGOS LETREIROS DE CASSINOS QUE JA SE FORAM). LÁ, FEDE MAIS A CIGARRO, E LEMBRA UM POUCO A LAPA. SÓ TIPOS LOW LIFE. A RUA TEM DE TUDO: TRES PALCOS PARA SHOWS (ROCK, POP E DANCE), MULHERES DANÇANDO EM CIMA DE BALCÕES DE BARES, MENINAS EM ROUPAS INTIMAS POSANDO PRA FOTOS, MALUCO PEDINDO ESMOLA, UMA TIROLESA QUE CRUZA TODA A PARTE PRINCIPAL DA RUA (AGORA, COBERTA POR IMENSOS PAINES DE LED, BANCADOS PELA SAMSUNG), É TUDO BEM BARULHENTO E FEÉRICO. NOS BECOS LATERAIS, CLUBES ESCUROS, COM LAP DANCE E COISA E TAL. É O DARK SIDE DE VEGAS. É AI QUE VC ACHA A COISA 'ERRADA', SE PROCURAR DIREITINHO, NAO NA STRIP.


E, TEVE O TIROTEIO. NEM FIQUEI SABENDO. TAVA TAO CANSADO E FUSADO NO DIA, QUE DESABEI NA CAMA 9PM. A PARADA FOI DEPOIS DAS DEZ. QUANDO ACORDEI, JA TINHA ROLADO. NAS RUAS, (QUASE) NADA MUDOU. SÓ APARECERAM UNS CARROS DA POLICIA AQUI E ALI. E ALGUNS SHOWS FORAM CANCELADOS NO DIA SEGUINTE, EM RESPEITO (POR ISSO, PERDI PENN & TELLER). O  IR E VIR CONTINUOU IGUAL. SÓ O QUARTEIRAO DO LOCAL DO SHOW É QUE FOI ISOLADO. MAS, VC PODIA PASSAR DO OUTRO LADO DA RUA. AQUI, QQ TIROTEIO NA ROCINHA OU LINHA VERMELHA, BAGUNÇA MAIS A CIDADE. A VIDA SEGUIU NORMAL. PEGUEI UMA PISCINA...

*DETALHE: LAS VEGAS ESTÁ TOMADA PELOS CHINESES. EXISTEM VOOS DIRETOS DIARIOS, DA CHINA PRA VEGAS. ELES GASTAM MUITA GRANA, JOGAM BASTANTE. MAS, SE PORTAM COMO BRASILEIROS NOS BONS TEMPOS DO REAL, EM MIAMI: FALAM ALTO, SÓ ANDAM EM BANDOS E SÃO MAL EDUCADOS (ESBARRAM EM VC NA MORAL E NADA DE UM SORRY). EM BREVE, VAO GANHAR UM HOTEL-CASSINO BASEADO NA ARQUITETURA DE SHANGAI. DOMINARÃO O MUNDO EM BREVE.

A SEGUIR: DE VOLTA A SANFRAN


Tuesday, October 17, 2017

BR2049: RESISTIRÁ AO TEMPO?


SOU FÃ DE 'BLADE RUNNER' DESDE A PRIMEIRA VEZ QUE ASSISTI AO ORIGINAL, NO EXTINTO CINE RIAN, EM COPACABANA. ERA UMA TARDE VADIA, NO MEIO DA SEMANA. FUI NA PRIMEIRA SESSÃO. GOSTEI TANTO, QUE FIQUEI PARA A PRÓXIMA (NAQUELES TEMPOS, PODIA; E NAO TINHA LUGAR MARCADO). FIQUEI BASTANTE  IMPRESSIONADO COM O VISUAL E COM A TEMATICA DO FILME, A FINITUDE DO SER HUMANO. TANTO QUE, QUANDO SAI DA SALA, JA NO COMEÇO DA NOITE, FUI DIRETO A LIVRARIA MAIS PROXIMA E COMPREI, NUMA TACADA SÓ, TODOS OS LIVROS DE PHILIP K DICK QUE HAVIAM NA ENTRELIVROS (TODOS, EDIÇÕES PORTUGUESAS; O LIVRO QUE INSPIROU O FILME, 'DO ANDROIDS DREAM WITH ELECTRIC SHEEP?', SÓ SAIU AQUI NO FIM DOS 80S). DESDE ENTÃO, VI TODAS AS VERSOES QUE SAIRAM DO FILME DEPOIS (AMERICANA, INTERNACIONAL, DO DIRETOR E A COMPLETA). SOU FÃ MESMO.



CLARO QUE NAO IA PERDER A SUA CONTINUAÇÃO (EMBORA NAO EXISTA TAL LIVRO, É MATERIAL NOVO; CONTUDO, FEITO POR UM DOS ROTEIRISTAS DO FILME ORIGINAL). A PRINCIPIO, FIQUEI 'BOLADO'. MAS, QNDO SOUBE Q O DIRETOR SERIA O MESMO DENIS VILLENEUVE DE 'SICÁRIO' E 'A CHEGADA', FIQUEI MAIS TRANQUILO. DE FÉRIAS, EM SAN FRANCISCO, APROVEITEI PARA CONFERIR 'BR2049' NA MELHOR SALA POSSIVEL, DOLBY CINEMA (EXISTEM POUCAS, NO MOMENTO, NOS EUA). A PROPRIA SEDE DA DOLBY LABORATORIES FICA NA CIDADE. ENTAO, A SALA DEVE SER NO CAPRICHO. E FOI. TELA CURVA E WIDESCREEN, COMO NOS CINEMAS DE RUA DE ANTIGAMENTE, E UMA DEFINIÇÃO DE IMAGEM (PARECE 3D SEM ÓCULOS) E QUALIDADE DE SOM QUE NAO TEMOS IGUAL POR AQUI (SÓ A SALA XPLUS DO UCI CHEGA PERTO). A EXPERIENCIA SERIA COMPLETA.



E, FOI. EMBORA EU TENHA GOSTADO DO FILME (UMA DAS MELHORES SEQUELS QUE JA VI, RECHEADA DE EASTER EGGS), ELE TEM LÁ SEUS 'PROBLEMAS'. PRIMEIRO, A LONGA DURAÇÃO. APESAR DE TER QUASE TRES HORAS, NAO DESENVOLVE ALGUNS PERSONAGENS A CONTENTO, E BEM PODERIA DURAR MENOS MEIA HORA (TIRARIA TODA A PARTE DE SAN DIEGO, NADA ACRESCENTA). OUTRA É A TRILHA, TAO DELICADA NO ORIGINAL (POR VANGELIS), E, AGORA, NAS MAOS DE HANS ZIMMER, FICOU PESADA E TRONITUANTE. A ESTETICA É BELISSIMA (REALÇADA PELA FOTOGRAFIA DE ROGER DEAKINS, MARAVILHOSA). MAS NAO TEM O IMPACTO DO ORIGINAL, QUE ERA UMA ESPECIE DE FILM NOIR, E TRAZIA COISAS QUE ERAM REALMENTE AVANÇADAS PARA A ÉPOCA, TANTO ESTÉTICA, QUANTO TECNOLOGICAMENTE. AGORA, NÃO TANTO. A ESCOLHA DE RYAN GOSLING PARA FAZER O CAÇADOR DE ANDRÓIDES KD (ELE MESMO, UM ANDRÓIDE) NAO ME INCOMODOU. A PRESENÇA DE HARRISON FORD, O BLADE RUNNER ORIGINAL, FOI BEM  JUSTIFICADA (O FILME MELHORA MUITO QUANDO ELE ENTRA EM CENA). MAS O 'VILÃO' NIANDER WALLACE (JARED LETO, SERIA DAVID BOWIE), BEM COMO SUA AUXILIAR, LUV, NAO TEM TANTA FORÇA (EMBORA, ESTA, FAÇA UMA ANDROIDE MÁ MUITO BEM). O INTERESSE AMOROSO DE KD, A ASSISTENTE PESSOAL JOI (UMA ALEXA DO FUTURO, FEITA POR ANA DE ARMAS), É A PARTE MAIS BACANA. MAS, COMO CINEMA, É IMPECÁVEL. E DAS MELHORES SEQUELS JA FEITAS. RENDE MUITO MAIS SE VISTO NUMA BOA SALA DE CINEMA.



O FILME ORIGINAL (DE RIDLEY SCOTT), NAO FEZ SUCESSO IMEDIATO QUANDO LANÇADO. FOI BEM MAL DE BILHETERIA NOS EUA (ACHO QUE ATE PIOR DO QUE ESSA CONTINUAÇÃO, JA QUE NAO TEVE A DIVULGAÇÃO DESTE). MAS, LOGO, VIROU CULT MOVIE (UM CINEMA NO LES HALLES, EM PARIS, EXIBIU POR MAIS DE DEZ ANOS; EU REVI NO CINEMA ATE QUE ELE SAISSE DE CARTAZ COMPLETAMENTE); FEZ SUCESSO EM VIDEO, E, COM O TEMPO, FOI ALÇADO AO CLÁSSICO DE FATO QUE ELE É. NAO SABEMOS SE VAI ACONTECER O MESMO COM ESTA SEQUENCIA. APÓS VE-LO OUTRA VEZ, ATÉ GOSTEI MAIS. É O MELHOR SCI-FI DO ANO, SEM DUVIDA.

*ADENDO PÓS-REVIEW (ATT! PODE CONTER SPOILERS): O NOVO FILME, DEIXA BEM MAIS CLARO QUE DECKARD PODE SER UM REPLICANTE (NO LIVRO, FICA A DUVIDA). E, BEM QUE PODERIA TER MAIS UMA SEQUENCIA, PASSADA NO OFF WORLD, E COM A REVOLTA DOS REPLICANTES, PRA FECHAR UMA TRILOGIA E REVELAR TUDO.
Sunday, October 01, 2017

FUI PESCAR... VOLTO JÁ =)

Saturday, September 30, 2017

IRLANDA É MUITO MAIS DO QUE U2

 
PEDIMOS AO AMIGO VITOR DINIZ (DO SITE 'POPMIX') PARA ESCREVER SOBRE A ATUAL CENA MUSICAL DA IRLANDA, POR ONDE ELE PASSOU, RECENTEMENTE, E VIU UM SHOW DO... UNDERTONES!
ENTÃO, AQUI VAI O RELATO:



Galway, Undertones (40 anos!) e a cena da Irlanda!

        Em uma cidade em que a música está em cada esquina, como Galway, nada melhor do que marcar presença em uma  das casas mais tradicionais para shows da Irlanda. Apesar de contar com muitos locais atraentes, era quase sempre no  famoso Roisin Dubh, que eu colava para ver performances impagáveis.  O Roisin Duhb é um pub com boa estrutura para as bandas tocarem, sendo que, subindo as escadas, podemos  explorar uma pista de dança e um espaço ao ar livre. O lugar, que entrega uma atmosfera intimista, está localizado na  parte central desta que é uma das mais visitadas cidades da Irlanda. Ali pude ver finalmente os Undertones em ação. 

       O público, maduro como era de se esperar em um concerto de um grupo que chegou ao disco em 1979,  era dos mais  interessados  e com uma pilha contagiante. Durante todo o show, a galera vibrava junto com a banda que ajudou a moldar  a cultura punk. Boa parte dos presentes tinha sempre um pint de Guinness na mão. Afinal, além do rock, a cremosa  cerveja preta é outra referência irlandesa. Claro que a clássica ''Teenage Kicks'',  eternizada por John Peel (era a msica favorita do saudososo e inesquecível DJ da BBC, nota do leão), levou todos que lotavam o lugar ao extase e por isso, o  Undertones mandou a faixa que era adorada pelo influente DJ e radialista, pela segunda vez no encerramento da festa. O  grupo apesar de não contar mais com sua formação original, ainda mostra uma eficiência muito grande com todos seus  componentes em grande forma, inclusive Paul McLoone nos vocais. No melhor estilo Do It Yourself, eles arrasaram em  números como ''Jimmy Jimmy'' e ''My  Perfect Cousin'' (que, o camisa de vênus plagiou aqui como 'meu primo zé'), além, é claro, do já mencionado hino ''Teenage Kicks''. O show de  abertura ficou por conta do Oh Boland, que, com seu rock garageiro, já havia tocado em outro evento bacana, dias antes  no mesmo palco. 




                   Underground local

     Nesta outra tal noite, em que o Oh Boland se apresentou, outras nove bandas tocaram no Roisin Dubh, no Strange  Brew Summer Shinding #13 (vale destacar que em um evento semelhante em 2013, o Jet Setter marcou presença!). Com jeitão de festa da turma do rock irlandês,  o evento fez um belo raio X do mercado indie local. 

      O Autre Monde, por exemplo, é um tanto impactante ao vivo com sua clara devoção pelo pós-punk, lembrando  Television e Wire. Destaque para a atuação do vocalista Paddy Hanna, figura carimbada do underground da Irlanda, que  logo depois mandou bonito com seu outro projeto em que assina como Paddy Hanna. Neste trabalho, o carismático  músico aponta para uma direção mais lírica e com melodias grudentas, que me fizeram  pensar no Cinerama e até no  Belle&Sebastian, em alguns momentos.
      Outro que dialoga com categoria, com arranjos delicados, é o New Pope, que também está mandando muito bem por  lá, com seu som indie e folk cheio de estilo. Mas a turma toda no Roisin Dubh, que ostenta em suas paredes cartazes de  shows de grupos como Franz Ferdinand e Maximo Park, dançou muito com o show do Le Boom, uma dupla de Dublin, que  merece toda a nossa atenção  com seu indie, eletrônico e direto.
      Entre outras bandas, na reta final da maratona pop, o refrescante rock com um certo tempero punk e despretensioso do No Monster Club, também fez a alegria de todos. O trio é muito bom ao vivo e me fez sair em direção à famosa Shop Street com suas músicas na cabeça.
      Em uma outra noite, tive que voltar ao Roisin Dubh para presenciar o  show da aclamada Nadia Reid. Eu não disse que  esse lugar é obrigatório? A curadoria deles parece certeira. E ainda pensar que pertinho dali, no vizinho Moroe's Live,  tive a chance de ver Badly Drawn Boy, em um show que fez parte do Festival de Artes de Galway.
      A imprensa irlandesa tem enfocado direto nomes como The Coronas e Fangclub. Ambos os grupos são altamente  hypados com méritos, e estavam em destaque na importante revista Hot Press. Apesar de não ter visto nenhum dos dois  que estão numa fase mais Mainstream e suas datas não batiam com as minhas, voltei satisfeito e com a sensação de ter  visto boa parte da nata do rock daquele apaixonante pais.  (VITOR DINIZ, DA IRLANDA, PARA O NA COVA DO LEÃO) 
Wednesday, September 27, 2017

BLADE RUNNER PREVIEWS

PREPARANDO AS NOVAS PLATEIAS PARA O NOVO 'BLADE RUNNER 2049' (QUE ESTREIA 05/OUT), O DIRETOR DENIS VILLENEUVE ('A CHEGADA') PRODUZIU TRES CURTAS, QUE CONTAM O QUE ACONTECEU ENTRE O PRIMEIRO FILME (QUE SE PASSA EM 2019, LOGO ALI) E ENTREGAM PARA O NOVO. OS DOIS PRIMEIROS, '2036: NEXUS DAWN' E '2048: NOWHERE TO RUN', SAÍRAM PRIMEIRO. O TERCEIRO, 'BLACKOUT 2022', UMA ANIMAÇÃO, VEIO POR ÚLTIMO.
NO DE 2036, NIANDER WALLACE (JARED LETO), HEDEIRO DA TYRELL, QUE FABRICA REPLICANTES, INTRODUZ UMA NOVA LINHA (QUE TERAO TEMPO DE VIDA A ESCOLHA DO DONO, NAO TENTAM FUGIR E OBEDECEM FIELMENTE A COMANDOS), BEM MAIS SOFISTICADOS DO QUE OS QUE VIMOS NO PRIMEIRO FILME; NO SEGUNDO, O DE 2048, ACOMPANHAMOS UM REPLICANTE EM FUGA (DAVE BAUTISTA, DE 'GUARDIOES DA GALÁXIA'). OS DOIS PRIMEIROS CURTAS, SAO DIRIGIDOS POR LUKE SCOTT (DIRETOR DE UNIDADE DO NOVO ALIEN E DE 'PERDIDO EM MARTE'). O TERCEIRO FILME, 'BLADE RUNNER BLACKOUT 2022', É UMA ANIMAÇÃO FEITA PELO MESMO DIRETOR DO LONGA 'COWBOY BE-BOP', SHINICHIRO WATANABE. SE PASSA POUCOS ANOS DEPOIS DO FILME ORIGINAL E MOSTRA COMO OS REPLICANTES NEXUS 6 FORAM EXTINTOS (DEPOIS DE PERSEGUIDOS), E SÓ DEZ ANOS DEPOIS, UMA NOVA SERIE, NEXUS 8, COMEÇOU A SER PRODUZIDA.
TRAILERS: CURTA 1:  https://www.youtube.com/watch?v=UgsS3nhRRzQ

CURTA 2: https://www.youtube.com/watch?v=aZ9Os8cP_gg

CURTA 3: https://www.youtube.com/watch?v=OD0RCfcaols

*ASSISTA PRIMEIRO AO ANIME, PARA FAZER SENTIDO
Tuesday, September 26, 2017

OS REPLICANTES ESTÃO DE VOLTA



Aproveitando a passagem da banda 30 Seconds to Mars pelo Rock In Rio, a Sony Pictures colocou o famoso vocalista do grupo, Jared Leto, para divulgar sua participação em Blade Runner 2049, a continuação do clássico de 1982 dirigido por Ridley Scott, que agora atua como produtor (a direção ficou a cargo de Denis Villeneuve, de Sicario e A Chegada). O NA COVA DO LEÃO FOI CONVIDADO PARA ESTA MINI JUNKET, E CONVOCOU O CAMARADA ANDRÉ GORDIRRO (DO PODCAST ZONA NEUTRA) PARA IR LÁ CONVERSAR COM O ATOR/CANTOR, APÓS UM PEQUENO PREVIEW DO FILME.

EM 'BLADE RUNNER 2049', Leto vive o magnata Niander Wallace, o homem que, no futuro do título, erradicou a fome mundial após o colapso do ecossistema da Terra e retomou a produção de replicantes, tornada ilegal no espaço cronólogico entre os dois filmes. Essas informações sobre o personagem estão em um dos três curtas-metragens lançados recentemente para ajudar a preencher a lacuna entre Blade Runner e Blade Runner 2049. O segundo curta mostra um replicante (feito por dave bautista) e, o terceiro, que está sendo lançado agora, é uma animação feita pelo realizador do cult 'Cowboy be-bop', q tbm foi uma série de TV.

Na CinemaCon deste ano, Leto comentou que o Blade Runner original foi um dos filmes que mais impactou sua vida. No Rio, ele esclareceu as circunstâncias do primeiro contato que teve com o filme de Ridley Scott. “Eu vi na adolescência, em VHS. E assim que terminei de assistir, apertei o play para rever. Fiz isso várias vezes. Devo ter visto Blade Runner mais de cem vezes. Eu era fanático por Star Wars, mas, naquele momento, Blade Runner tocou mais fundo em quem eu era.”

Jared Leto enxerga a busca por soluções tecnólogicas a qualquer preço de seu personagem como algo normal, relativo ao homem de hoje. “Estamos mais cercados de tecnologia do que nunca. É inevitável, e não algo exatamente ruim”, diz ele, que não titubearia em possuir replicantes, se eles existissem. “Eu teria vários modelos. Alguns replicantes de prazer e um segurança”. Curiosamente, tanto antes quanto após a entrevista, o próprio Leto resolveu dar voltas no quarteirão e ir à praia de Ipanema (diante do hotel onde ocorreu o bate-papo) para atender aos fãs — sem segurança. Medo de um blade runner por perto?

A Sony exibiu vinte e cinco minutos de trechos do longa-metragem, que é estrelado por Ryan Gosling (no papel do “caçador de andróides” K) e Harrison Ford (que reprisa do papel de Rick Deckard). DEVIDO A EMBARGO, NAO PODEMOS COMENTAR AS CENAS AGORA. SÓ A PARTIR DO DIA 4/OUT (FAREMOS ATUALIZAÇÃO DESTE POST COM AS CONSIDERAÇÕES SOBRE O QUE VIMOS). FIQUEM LIGADOS NESTE BLOG.

O FILME ESTREIA NO BRASIL DIA 05/OUT, E NO DIA SEGUINTE, NOS EUA.

Monday, September 18, 2017

ONDE ESTÁ VOCE, AMOR?




1- NO PRINCIPIO, ERA O VERBO. ENTAO, FEZ-SE LUZ.
2- A MAE NATUREZA VIVIA ARRUMANDO A 'CASA'
3- ADÃO APARECEU, E TROUXE QUESTIONAMENTOS
4- DEUS LHE DEU EVA. EVA DEU FILHOS A ADÃO
5- OS FILHOS BRIGARAM. UM, MATOU O OUTRO
6- ACABOU A PAZ. HOUVE A MULTIPLICAÇÃO
7- O HOMEM POVOOU A TERRA. E A EXAURIU
8- UM INOCENTE É OFERECIDO EM SACRIFICIO
9- A TERRA FOI DEVASTADA, NADA SOBROU
10- DEUS RESETOU. E COMEÇOU TUDO DE NOVO...


Wednesday, September 06, 2017

IT: A SOMA DE TODOS OS SEUS MEDOS





FINALMENTE, UM REMAKE QUE VALE A PENA: A NOVA VERSÃO DE UM LIVRO DE STEPHEN KING, 'IT: A COISA', NAO APENAS É MELHOR DO QUE A MINISSERIE,  LANÇADA NOS ANOS 90, COMO TBM É UMA DAS MELHORES ADAPTAÇÕES DE KING PARA O CINEMA. NAO SÓ TRAZ UM BOM ROTEIRO E PERSONAGENS 'DE VERDADE', COMO FAZ DO PALHAÇO PENNYWISE COADJUVANTE DE UMA TRAMA BEM MAIS COMPLEXA, QUE ENVOLVE OS MEDOS E PROBLEMAS PESSOAIS DE SEU ELENCO, COMPOSTO POR UM GRUPO DE ADOLESCENTES (BULLYNG, ABUSO SEXUAL, RACISMO, TUDO ESTA NA PANELA, E SÃO MAIS PERTURBADORES). É COMO UMA VERSÃO MAIS COMPLEXA DE 'STAND BY ME'/CONTA COMIGO.  

SE A VERSAO DOS ANOS 80 ADAPTOU O LIVRO INTEIRO (POR ISSO, VIROU MINISSERIE, E SAIU EM VIDEO, NUMA VERSAO EDITADA DE TRES HORAS), O FILME DIVIDE A TRAMA AO MEIO. ORIGINALMENTE, TINHAMOS UM GRUPO DE CRIANÇAS, NO FINAL DOS ANOS 1950, AS VOLTAS COM UM SER QUE TRANSFORMA SEUS MEDOS EM REALIDADE. A CRIATURA (IT), USA A FIGURA DE UM PALHAÇO, PARA ATRAIR INOCENTES. MAS, É ALGO MUITO MAIS COMPLEXO. 30 ANOS DEPOIS, OS JOVENS, JA ADULTOS, SE REUNEM PARA DAR FIM A PENNYWISE, QUE SAIU DE SUA HIBERNAÇÃO E VOLTOU A ATACAR NA FICTICIA CIDADEZINHA DE DERRY, NO MAINE, ONDE JOVENS E CRIANÇAS VEM DESPARECENDO POR DÉCADAS.

O NOVO FILME TRANSFERE O COMEÇO DA TRAMA PARA OS ANOS 80, E DEIXA CLARO QUE É O PRIMEIRO CAPITULO. DEPENDENDO DOS RESULTADOS (E EU ACHO QUE SERAO MUITO BONS), VIRA UM SEGUNDO CAPITULO, MOSTRANDO-OS JA ADULTOS, NOS DIAS ATUAIS. CURIOSAMENTE, O FILME FARÁ ALGUNS LEMBRAREM DA SERIE 'STRANGER THINGS', SENDO QUE, OS CRIADORES DESTA, SE INSPIRARAM EM 'IT', E ATE MESMO IRIAM DIRIGIR O FILME, A PRINCIPIO. COMO NAO CONSEGUIRAM (NAO TINHAM NOME NA PRAÇA), CRIARAM A SERIE, E A DEDICARAM A STEPHEN KING. MAS, O FILME, É CLARO, IRÁ SURFAR NO SUCESSO DA SERIE, POR ASSOCIAÇÃO. EMBORA SEJA COMPLETAMENTE DIFERENTE. E MELHOR.

POR CAUSA DO RECENTE USO DE PALHAÇOS COMO FIGURAS ASSUSTADORAS (LEMBRAM DAQUELES ATAQUES NOS EUA?), A ASSOCIAÇÃO DOS PALHAÇOS PROFISSIONAIS DOS ESTADOS UNIDOS  RECLAMA QUE OS ARTISTAS VEM PERDENDO EMPREGO. NAO SAO MAIS CHAMADOS PARA FESTAS DE CRIANÇAS E OUTRAS ATIVIDADES. FILMES COMO 'IT' E A SERIE DE TV 'AMERICAN HORROR STORY' (QUE TBM USARA PALHAÇOS NA NOVA TEMPORADA) VEM CONTRIBUINDO AINDA MAIS PARA ISSO. E VC TEM MEDO DE PALHAÇO? TEM MEDO DE QUE?

TRAILERS:
 https://www.youtube.com/watch?v=hAUTdjf9rko


*POR CONTA DE 'IT', ALGUNS BLOGS E SITES ME PEDIRAM TOP TEN FILMES DE TERROR. EIS AQUI OS QUE LEMBREI, SEM ORDEM DE PREFERENCIA:

O ILUMINADO/THE SHINING = esta adaptação de Stephen king, feita por Stanley Kubrick, não agradou ao autor. mas, é um dos melhores filmes baseado em king de todos os tempos. 

o exorcista/the exorcist = marco do filme de terror dos anos 70 (influenciou a série 'a profecia'), assustou meio mundo por sua demonstração quase real de como seria um exorcismo.

alien, 1979 = o mais perfeito sci-fi de terror, jamais superado, que lançou o monstro mais incRivel em muitas décadas. e permanece imbatível (a continuação é boa, mas é um action movie).

drácula, o vampiro da noite/drácula, 1958 = esta refilmagem do drácula original, da universal, feita pela britânica hammer, pra mim, é a melhor de todas. por trazer uma atmosfera mista de medo e erotismo, e Christopher lee, absolutamente assustador no papel principal. mete medo ate hoje.

hellraiser, 1985 = primeira adaptação para cinema de texto do moderno mestre do terror, clive Barker, que nos apresenta os fascinantes cenobitas. a serie continua, mas apenas este importa.

eraserhead, 1977 = esta estreia de david Lynch no cinema já traz diversos elementos que o diretor usaria em seus filmes posteriores e tbm na serie de tv 'twin peaks'. uma experiência surreal.

the evil dead/a morte do demônio, 1981 = a estreia de sam raimi, não apenas inspirou uma trilogia, como revelou o anti-herói ash (que ganhou serie de Tv recentemente). escabroso e divertido.

carrie, a estranha, 1982 = o filme que revelou brian depalma para o mundo, foi a primeira adaptação de sucesso de um conto de Stephen king para o cinema. de quebra, traz sissy spacek, numa das cenas mais impressionantes da tela (o banho de sangue). E John Travolta, antes dos embalos.

a noite dos mortos-vivos, 1968 = simplesmente pq é o filme que inventou o gênero zumbi, como nós conhecemos, e lançou o diretor george romero, que realizou algumas continuações. mas, a melhor de todas, é a comédia 'a volta dos mortos-vivos', que tem ótima trilha psychobilly.

o massacre da serra-elétrica, 1974 = outro filme definitivo, que criou o gênero slasher e abriu caminho para os assassinos seriais mascarados (leatherface precedeu Jason, freddy, mike Myers etc). estreia do diretor tobe hooper, que ainda fez o assustador 'poltergeist'.


Thursday, July 06, 2017

ALIENS ERÓTICOS

Recentemente, assisti, em bdrip, a versão uncut de "Galaxy of terror', um dos vários rip-offs do alien original, feito nos 80s. Na revisão, achei mais eficaz do que o recente 'alien covenant', que traz mais do mesmo. Contudo, o mais curioso, são os nomes envolvidos em 'Mindwarp' (como tbm foi lançado, em mercados diferentes; e, tbm, pra te fazer alugar o VHS de novo, por engano).


A saber: o diretor de segunda unidade, e responsável pelos efeitos especiais e visual do filme (production designer), é James Cameron, que, logo depois, nos daria o primeiro e melhor Terminator de todos. O maquiador do filme, é o recém-falecido Bill Paxton, um dos melhores amigos de Cameron, desde então. No elenco, estão Zalman King, futuro diretor de dramas eróticos como 'Orquídea selvagem' (aquele com Mickey Rourke, filmado no Rio), Robert Englund, que poucos anos depois ficaria imortalizado como Freddie Kruger, e Sid Haig, ator de filmes B dos 70s, que depois virou frequente nos filmes de Rob Zombie. De quebra, Ray Walston, nosso marciano favorito, faz o tripulante traíra; e Gracie Zabriskie, que estaria com Paxton, em 'Big love', tbm está lá.


O filme, que tem cenas bastante sangrentas, traz uma cena em que a loura gostosa da vez, Taffe O´Connell, é estuprada por um gigantesco monstro de borracha, cheio de tentáculos, e que está sem retoques, nesta versão uncut. A moça disse que, ficar nua no set, não foi problema. O duro foi aguentar o peso do monstrengo em cima de si, e a baba escorrendo na sua cara. O produtor dessa maravilhosa bagaça sci-fi é ninguém menos do que Roger Corman, claro (já do diretor, B.D. Clark, nunca mais ouvimos falar). E, até hoje, este foi um dos filmes mais caros que ele já fez.

Este, só não é melhor do que outro sci-fi, que revi recentemente, na versão do diretor: 'Lifeforce', extravagancia da produtora Canon (foi seu filme mais caro), da dupla Golan-Globus, dirigida por Tobe Hooper, que tem a melhor alien do cinema, a bela e desnuda francesa Mathilda May. Ela passa quase 90% do filme nua em pelo, mesmo nas cenas mais sinistras. Jamais esqueceremos =)


Wednesday, June 28, 2017

DO UTERO DO NIRVANA (CRITICA)



Em cartaz, n
o Museu Histórico Nacional, no centro do Rio (próximo Praça XV e estação das barcas), a exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses, apesar de mostrar muitas peças, entre instrumentos, fotos, vídeos, depoimentos, álbuns, cartazes e itens pessoais dos integrantes da banda (como algumas peças de vestuário que Kurt usou em shows e clipes, p ex), não é tão bacana como aparenta ser. Há um problema sério na mostra: não há musica (a não ser, q vc ouça via fones de ouvido), sequer um videoclipe. Pode ser que isso se dê por algum problema de direitos de uso. Parece que há uma treta entre Courtney Love e o Krist Novoselic (que emprestou grande parte do material desta mostra) Mas, não se fala no assunto em parte alguma. Pelo contrário. Logo na ante-sala da mostra, um texto dá a entender que, naquele espaço, ouviríamos um trecho em loop de 'come as you are', para ter ideia da mistura de barulho e melodia que a banda fazia tão bem. Mas, não rola (não há sequer uma caixinha de som escondida). A frustração já começa aí.

A exposição em si toma apenas uma sala de tamanho médio no imenso museu (no fim, há uma área 'interativa', risível e tosca, na qual vc pode tirar fotos em cenários e gravar uma especie de karaoke). Num dia concorrido, deve ficar bem apertado e disputado (são poucas mesas com vídeo entrevistas, com dois fones em cada). Ela se vale mesmo de mostrar itens, como mixtapes, que Kurt fazia com amigos (mas, não dá para ouvir o conteúdo destas), rascunhos de letras e alguns instrumentos antigos e cartazes de shows. Não são muitos. A mostra original, que está no Museum of Pop Culture (MoPOP) de Seattle (onde está desde 2012, esta é sua primeira itinerancia), tem muito mais coisas. E musica. Aqui, a única parte que tem som (via fones) é um painel que mostra as bandas que compunham a cena de Seattle e arredores. Entre os destaques, estão o manequin anjo, que foi usado em shows e na capa do disco 'In utero' (para mim, a melhor coisa), além de murais com capas de discos que influenciaram os integrantes. Mas, tem muita coisa lá com cara de fac-símile, de cópia, não de material original.




resumo: Se você tem menos de 30 anos, e não viveu o auge do grunge, pode se interessar por ver os artefatos. Nunca tivemos esta oportunidade antes. Mas, pessoalmente, pra mim, ela deixou muito a desejar. Não dá a noção do que foi a importância da banda e do abalo que ela causou na cena musical da época (não faz jus a seu titulo> levando o punk para as massas). E, achei ainda menor do que a de Steve Jobs, que esteve no Rio, e agora, está em SP, mas que explica bem melhor a importância do fundador da Apple nas nossas vidas. Mas, no fim das contas, vale a visita.

Dica: dia de semana, cedo, a mostra fica vazia, e a entrada é mais barata do que nos fins de semana (e, mesmo sem ninguém na fila, o camarada que me atendeu levou cerca de 5 minutos para passar meu cartão e imprimir e me dar o ingresso!). Em setembro, ela irá para o MIS/SP. Aliás, o MIS apresentou uma mostra muito mais completa e imersiva, que esta: a de David Bowie, que tive a oportunidade de ver em Bologna, Itália, e na qual não falta sound & vision, como cantava o Starman. Será que, no MIS, esta mostra terá algo mais, nem que seja sonoramente?

*cusiosamente, a expo é impropria a menores de 16 anos. Não entendi o porque. não há nada lá que possa chocar alguém com mais de 10 anos de idade. Nem memso os rascunhos dos cadernos de Kurt, cheio de imagens perturbadoras. Censura 12 anos já seria mais do que adequado.

NA CIDADE

NOVEMBERINAS:

Teatro Odisseia 17 – Siriun / Gutted Souls / Obituary (EUA)  21 – Delain (HOL) 26 - Vanguart / Ariella

Teatro Rival 16 – Tempero Carioca 17 - Eddie 22 – Rival Rebolado 23 – Nelson Sargento 25 – Festa Batmakumba: Abayomy 30 - Festival Norueguês: Sondre Lerche / Greni

Teatro Riachuelo 22 – Golden Boys

Casa Julieta de Serpa (Praia do Flamengo) 19 - Paris Jazz & Blues: Marcio Lott & Charles Marot Trio  26 - Paris Jazz & Blues: Carol Fazu

Coordenadas Bar (Botafogo) 05, 12, 19 e 26 – Pedro Baby & Convidados 21 - Sérgio Rocha Blues Band: Homenagem a Celso Blues Boy Estúdio Fórum (Botafogo) 24 - Sexta Infame: PxExNxE (COL) / Blaspherion / Lástima / Baga

Solar de Botafogo 16 – Paulo Malaguti 22 - Andrea Dutra & Cacala Carvalho & Elisa Queirós: Salto Triplo 24 - Kosmus / Aura / Psilocibina 29 – Gabriel Calisman Audio Rebel 17 - Ostra Brains / ‎Whatever Happened to Baby Jane (ES) 18 - Os Chás / Ente 19 - Altair Martins & Widor Santiago & Marcelo Magalhães Pinto & Didac Tiago & Roberto Rutigliano: Homenagem a Miles Davis & John Coltrane

Theatro Net Rio 27 -  Alessandra Verney  29 – Silva Canta Marisa Monte 

Blue Note 16 - Didier Lockwood Trio (FRA)  17 - Antônio Carlos & Jocafi Convidam Ithamara Koorax (20h)  17 e 18 - Amaro Freitas (22h30) 22 - Banda Zil (20h) 22 - Lina Nyberg (SUE) – Participação: Ilessi (22h30) 23 – Quarteto do Rio & Roberto Menescal – Participação: Joyce & Wanda Sá & Pedro Miranda (20h) 23 – Insula (22h30) 24 e 25 - Kenny Garret Quartet  29 e 30 - Ed Motta: Baile do Flashback

Ganjah Lapa 16 - Samba Que Elas Querem 17 - Anjos de Vidro / Mara Rúbia 22 - Conterrâneos 28 – Theozin

Sala Baden Powell 18 – Boca Livre 19 - Fhernanda Fernandes - Participação: Andréa França, Clarisse Grova, Nana Kozak, Ninah Jo, Sandra Duailib 22 – Doralyce & Maracutaia 25 - Augusto Martins & Paulo Malaguti 26 - João Carlos Assis Brasil & Carlos Navas

KM de Vantagens Hall 17 e 18 – Marisa Monte & Paulinho da Viola

Praça da Apoteose 18 e 19 - DNCE / Bruno Mars

Teatro da UFF (Niterói) 24 a 26 – MPB – a Era dos Festivais: Soraya Ravenle & Edu Krieger & Marcelo Caldi & Fabiano Salek & PC Castilho

Planet Music (Cascadura) 18 - Fugindo da Realidade / De Outono / Fall Back / Visceral Fear / We Are The Revenge  25 - For Annie / Ollie / Colorado / Visceral Fear

Imperator 19 - Folakemi / Jesuton / DJ Marcello MBGroove 20 – Mariene de Castro 21 – Terraço do Imperator: Jazz Pras Sete: Pimenta Jazz Trio 22 – Marcio Gomes 23 – Humberto Gessinger: “A Revolta dos Dândis – 30 Anos” 24 – Cidade Negra Canta Gilberto Gil 25 – Terraço do Imperator: Forró Lánalaje: Trio Ventura / DJ Edna Carvalho 25 – Paulinho Moska 26 - Fafá de Belém (com Manoel & Felipe Cordeiro): Guitarradas do Pará 28 – Coral Imperator

Centro de Referência da Música (Tijuca) 16 – Magali 17 – Carlos Uzêda 18 – Ana Costa & Carrapicho Rangel 21 - Dagô 23 – Felipe Adetokunbo 24 – Nina Rosa & Thiago Kobe 25 – Rodrigo Maranhão & Pretinho da Serrinha 29 – Joyce Cândido Canta Elis Regina  30 – Michel Taski O Pecado Mora Ao Lado (Praça da Bandeira) 15 - Acidez (MEX) / Pós-Sismo / Juventude Maldita (SP) / Dissgrama  18 - Sétimo Andar / Circus / Roterdan / Pilfer

Aparelho (Centro) 18 - Second Come 24 - Felipe Zenicola / Marcos Campello / Lucas Pires  Motim (Centro) 24 - Gragoatá / Vitor Milagres / Daniel Villares

Quintas no BNDES 19h - grátis 16 - Karla da Silva 23 - CDR Style 30 - Sergio Santos

Teatro Glauce Rocha (Centro) 16 - Fábrica Orquestra  23 - Alice Passos & Maurício Carrilho  30 - Olivia & Francis Hime CCBB 18 - Madrugada no Centro: Larissa Luz - Participação: MV Bill & Caio Prado / Festas Soul de Santa, Trap'in, QXO  Museu de Arte do Rio 24 - Sarau do Alemão / Rincon Sapiência

Som no Deck T.T. Burger - Leblon 19h - grátis 16 - Os Camelos 23 - Pimenta Jazz Trio 30 - Qinho

BRASIL EM TRANSE: Com curadoria de Ismail Xavier e coordenação da Sociedade Amigos da Cinemateca, em parceria com a Cinemateca Brasileira e o Cinusp, esta Mostra reúne mesas de debate e exibição de filmes que acontece de 16 de novembro a 1º de dezembro, em São Paulo. CINEMATECA BRASILEIRA

Circuito SESC 17 - São Gonçalo: Cassiano & Trio Beija Flor (16h - grátis) 18 - Copacabana: Guilherme Pimenta Trio (16h - grátis) 19 - São Gonçalo: Monarco (16h - R$ 20) 20 - São João de Meriti: Ed Motta SOLO (16h - R$ 20) 24 - Niterói: De Leve (19h - R$ 20) 25 - Madureira: De Leve (17h - R$ 20) 25 - Ramos: Cassiano & Trio Beija Flor (17h - grátis) 25 - São Gonçalo: Bebeto (17h - R$ 20) 26 - Madureira: Dorina (17h - grátis) 26 - São Gonçalo: De Leve (19h - R$ 20) 29 - Tijuca: Marcelo D2 & SambaDrive (19h30 - R$ 20) 30 - Tijuca: De Leve (20h - R$ 20) ______________________________

MIXX: 17 – Santos – Praça XV 17 - Victor Bertrami Quarteto - Participação: Azymuth, Arthur Maia, Robertinho Silva, Kiko Continentino – Casa com a Música / Lapa 17 - Aether / Tempus Fugit – Lona Elza Osborne / Campo Grande 18 - Festival Rock no Parque: Bala N'Agulha / Dona Penha – Arena Dicró / Penha 18 - Wake The Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Magé Futebol Clube 19 - Surra (SP) / Plastic Fire / Halé / Triunfe – La Esquina / Lapa

25 – Qinho - Ahlma.CC / Leblon 25 - AcaraJazZ: Bondesom / Juliana Linhares / Doralyce – Rio City Lab / Santo Cristo 26 - Alaska (SP) / Hover / Whipallas – La Esquina / Lapa 26 - Cervical / Mari & The GoodFellas / Facing Fear – Calabouço / Vila Isabel 29 - Baculeju da Sandra de Sá – Teatro Glaucio Gill / Copacabana

o MIMO, que chega a Olinda nesse fim de semana (17 a 19 de novembro).   É a última etapa de 2017 do festival – depois de passar por Portugal, Tirandentes, Ouro Preto, Paraty e Rio de Janeiro –, com 44 atrações gratuitas de música, cinema e educação.

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

SHOW SOBREGAL - MARCELA MANGABEIRA Dia: 16 de novembro (quinta-feira) Horário: 20h Local: Teatro Municipal Café Pequeno Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 269, Leblon - Rio de Janeiro, RJ Tel.: 2294-4480

50 ANOS DE CARREIRA: Antônio Carlos e Jocáfi convidam Ithamara Koorax Dia 17 de novembro (sexta) Blue Note Rio – Av. Borges de Medeiro, 1424 - Lagoa   SESSÃO: Sessão: 20 horas

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Parque Villa-Lobos/SP recebe SlowKids em 18 de novembro     Evento gratuito busca desacelerar as crianças do universo tecnológico com um dia inteiro de brincadeiras tradicionais, teatro, literatura e música; “Kombi dos sonhos” será uma das novidades desta nona edição

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

'Cria', novo espetáculo de Alice Ripoll no grupo Suave, traz 'dancinha', dança contemporânea e funk ao Sergio Porto/HUMAITÁ e ao Centro Coreográfico. o trabalho estreia dia 17 com 10 dançarinos em uma mistura inovadora que também traz a dança afro, o afrofunk, o passinho, contato- improvisação e linguagem teatral de 17 a 20 de novembro de 2017 Horários: Sexta-feira - 21h                 Sábado - 21h                 Domingo - 20h                 Segunda-feira - 21h

O espetáculo “Kid Morengueira – Olha o breque!” homenageia Moreira da Silva (1902 – 2000), o cantor que popularizou o samba de breque, tornando-se um ícone da música brasileira. O samba permitiu a ele criticar, sempre com muito bom humor, os poderosos com seus desmandos, os malandros que conheceu na noite, e os compositores que ajudou a tornar conhecidos. A peça estreia para uma curta temporada no Teatro I do Sesc Tijuca - de 03 de novembro a 03 de dezembro, de sexta a domingo, sempre às 20:00.

Após o sucesso da temporada nos meses de abril e maio desse ano, que passou por sete cidades brasileiras e esgotou em todas as praças, o espetáculo “STOMDUP” de Tom Cavalcante volta para novas apresentações no Rio de Janeiro (dia 01 de novembro, no Teatro Bradesco Rio); Natal (dia 30 de novembro, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dia 01 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza).

SOLID ROCK: a participação da banda Lynyrd Skynyrd no Solid Rock (Curitiba, Pedreira Paulo Leminski, dia 12/12; São Paulo, Allianz Parque, dia 13/13; e Rio de Janeiro, Jeunesse Arena, dia 15/12) acaba de ser CANCELADA por motivos pessoais da banda. No lugar, Cheap Trick será a banda que fará parte do lineup, junto do Deep Purple e Tesla. Mais informações sobre devolução de ingressos serão divulgadas em breve.

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers