Pages

Sunday, May 04, 2008

Preto no branco

Vc é do tipo de pessoa que deixa de ver um filme só pq ele é em preto e branco? Certa vez estava numa maratona do Estação e, quando chegou a hora do filme surpresa (que foi "Rumble fish"), os camaradas que tavam na minha frente, mal o filme começou, comentaram: "ih, é em p-b". Dito isso, foram embora. Deixaram de ver um dos maiores pequenos filmes de Coppola. Por puro preconceito. Nunca esqueci isso, pq fiquei muito revoltado com essa atitude imbecil.

Digo isso pq, num espaço de poucas semanas, vi dois filmes em pb, lançados na safra 1950/51, que são dos melhores que já vi na vida: "A streetcar named desire/Uma rua chamada pecado" (o filme que fez a fama de Marlon Brando) e "All about eve/A malvada". Ambos os filmes são bons em todos os aspectos: roteiros soberbos, atuações incriveis, direção impecável, e tudo sem cor. "A malvada" até passa na TV a cabo colorizado, mas eu prefiro ver na fotografia original. Tbm vale destacar que, no caso do primeiro, não há atriz que pudesse fazer a protagonista Blanche, só a Cate Blanchett. Pro papel de Brando, não haveria ninguém. Salta aos olhos a diferença de atuação de então com as carinhas bonitas de hoje. Não há nem comparação. É incrível.

Da mesma safra tbm faz parte um de meus cult movies, "Sunset boulevard/Crepúsculo dos deuses". Este, mesmo q feito hj, tinha q ser em p-b. É lúgubre, dark, meio expressionista, e isso ajuda bastante o tom do filme. Mas, por não ter cor, mal passa na TV, os DVDs estão nas bancas de promoção das lojas a 10 contos. Sinceramente, acho um preconceito pra lá de estupido não ver um filme só pq ele não tem cor, independentemente de sua qualidades (e alguns nem são tão antigos assim, pq tem gente que associa: filme p-b = velharia). Nem se trata de cada um vê o que quer, já que "Psicose" de Hitchock também é monocromático, e é um filmaço, bem como o "Dr strangelove", do Kubrick. Imagine se a música tivesse cor, o que seria dos Beatles?! ?

14 comments:

Atlantic said...

O esquema PB, para algumas pessoas, também se aplica à música. Eu conheço um cara que não ouve Hendrix ou Beatles e diz que isso é som de coroa. Prefere ouvir Pitty.

Pitty on him.

pacheco said...

Meu filme favorito é "it´s a wonderful life", sem cor...

O que o atlantic falou é verdade, para muitos esse esquema também se aplica à música. Geralmente as pessoas que não vêem filme em preto e branco acham que músicas de 2004 são velhas, não prestam mais. Sim, 2004.

Eu conheço uma pessoa que não gosta de ver filme em preto e branco porque dá nervoso nela, ela fica imaginando que todas as pessoas estão mortas... aí já faz algum sentido não querer ver!

tom said...

rarara, muito boa essa explicação. mas do elenco de rumble fish, todo mundo ta vivo e bem (nicolas cage, matt dillon, diane lane etc), ja os outros citados por mim, all about eve etc, me levaram a procurar o destino do elenco no imdb... todos mortos! tirando uma coadjuvante do eve, geral ja bateu as botas, pq os filmes tem mais de 50 anos, ou seja, pra alguem ali estar vivo tem que estar na casa dos 80, 90 anos, ja que na epoca dos filmes muitos ja estavam na casa dos 30 e 40

iga_rio said...

Fala Tom,

Realmente existe esse preconceito idiota... mas falando de PB lembrei de dois filmes não tão antigos assim, mas em PB e bons filmes: O Balconista ( o Primeiro e clássico de Kevin Smith ) e a Lista de Schindler.

Abraços,

Carlos said...

Tom, a gente falou de Speed Racer e além do filme vai rolar uma série de desenhos nova http://www.lionsgate.com/speedracer

Também no mesmo site dá para ver que eles vão vender DVDs da série antiga. Pra quem com o eu curtia o Go Team vai ficar feliz.

bobeda said...

nesse sentido sou meio careta... p&b pra mim, só o fake do sin city...rs

tom said...

e tem tbm o good night, good luck do george clooney, do ano passado. mas, em geral, ate na capa dos dvds/vhs o fato do filme ser p-b era escondido com capas multicoloridas. dai, veio a colorização do acervo da metro pelo turner. alguns ate dao pro gasto, mas outros soam falsos e ate estragam o clima do filme. acho que,se é um filme whatever, tanto faz, mas se é uma obra pensada e fotografada para ser p-b, tem que se respeitar

tom said...

poize, carlos. li na revista ew da semana que o cartoon estreou la fora uma nova serie animada do speed. sera que vai prestar? vamos conferir... bobeda, entao vc jamais podera desfrutar dos filmes expressionistas alemaes, como nosferatu e metropolis, e nunca tera o sabor de ver a obra prima que é sunset blvd, um dos melhores filmes ja feitos sobre a decadencia e os bastidores do star system da velha hollywood

:: Fräulein :: said...

Putz, preconceito boçal.
"A malvada" é sensacional, vi no telecine cult ano passado naquele especial de oscars. Adoro reproduzir aquela maquiagem da Betty Daves, rsrsrs.
O meu filme favorito é uma parte P&B, a outra colorida, "Asas do desejo" do Wim Wenders.

Felipe Maynard said...

em relação a "rumble fish", os caras do cinema, além de babacas, são burros. se esperassem um pouco veriam que o peixe betta (rumble fish) e a sirene do carro da polícia são exibidos nas cores originais...

tom said...

lembrei de outro filme p-b muito bom, strangers than paradise, de jim jarmusch, q tbm fez downbylaw em p-b, sem contar o ja citado clerks de kevin smith e o que é, para mim, a quintessencia dos filmes de tim burton, ed wood, seu filme menos visto e que deu mais prejuizo, provavelmente por ser em p-b

tom said...

ah, outro bom filme atual em p-b, e que, ainda por cima, é uma animação: persepolis, baseado em quadrinhos.

MandyDarling said...

Amo "a malvada" e vivo emprestando para os amigos, nao vi "persepolis" mas tenho o livro q eh muito bom. Acho q vc ia gostar de "whatever happened to baby jane" q eh PB e tambem eh com a Bette Davis (fantastica), diversao garantida ou seu dinheiro de volta.

tom said...

mandy, vi ha uns dois meses naquele canal tcm, de filmes antigos e classicos, o baby jane. que filme mais bizarro! mais um da lista que nao pode ser refilmado. tbm vi, pela primeira vez, outro filme peso pesado da epoca dos p-b, quem tem medo de virgina wolf, tbm no tcm. a malvada ja descolei o dvd, muito bacana. e, como acho q cito no post, a streetcar named desire tbm é espetacular. do tempo em que atuar nao era so posar

NA CIDADE

OCTOBERFESTIVAS:

FESTIVAL DO RIO  ÚLTIMA CHANCE   de 16 a 18 de outubro   Estação NET Botafogo 1 + Estação NET Rio 4 e 5    

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO 1: 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Ocidental Dir. Neïl Beloufa 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Matar Jesus Dir. Laura Mora 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Memórias do subdesenvolvimento Dir. Tomás Gutiérrez Alea 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     As misândricas Dir. Bruce LaBruce

  17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Ensiriados Dir. Philippe Van Leeuw 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Antipornô             Sion Dir. Sono 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Patti Cake$ Dir. Geremy Jasper 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     Meu colégio inteiro afundando no mar Dir. Dash Shaw  

18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Últimos homens em Aleppo Dir. Firas Fayyad 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Cadáveres bronzeados Dir. Hélène Cattet, Bruno Forzani 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Sal Dir. Diego Freitas 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Alanis Dir. Anahí Berneri 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     How to Talk to Girls at Parties Dir. John Cameron Mitchell  

ESTAÇÃO NET RIO: 16/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Kim Dotcom: Agarrado na web Dir. Annie Goldson 16/10/2017         Estação NET Rio 5             16:15     God's Own Country Dir. Francis Lee 16/10/2017         Estação NET Rio 4             18:00     A liberdade do diabo Dir. Everardo González 16/10/2017         Estação NET Rio 5             18:45     Golden Exits Dir. Alex Ross Perry 16/10/2017         Estação NET Rio 4             19:45     As entrevistas de Putin Dir. Oliver Stone 16/10/2017         Estação NET Rio 5             21:00     A vendedora de fósforos Dir. Alejo Moguillansky  

17/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Encriptado Dir. Nick de Pencier 17/10/2017         Estação NET Rio 5             16:15     Eduardo II Dir. Derek Jarman 17/10/2017         Estação NET Rio 4             17:30     Top of the Lake: China Girl Dir. Jane Campion, Ariel Kleiman 17/10/2017         Estação NET Rio 5             18:45     Titicut Follies Dir. Frederick Wiseman 17/10/2017         Estação NET Rio 5             21:00     Invisível Dir. Pablo Giorgelli

  18/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Senhora Fang Dir. Wang Bing 18/10/2017         Estação NET Rio 5             16:00     Minha adorável lavanderia Dir. Stephen Frears 18/10/2017         Estação NET Rio 4             17:20     Tangerine Dream: a revolução do som Dir. Margarete Kreuzer 18/10/2017         Estação NET Rio 5             17:50     Cicciolina - Madrinha do escândalo  Dir. Alessandro Melazzini 18/10/2017         Estação NET Rio 5             19:00     O diabo e o Padre Amorth Dir. William Friedkin 18/10/2017         Estação NET Rio 4             19:10     Long Strange Trip: A viagem do Grateful Dead Dir. Amir Bar-Lev 18/10/2017         Estação NET Rio 5             20:30     Ex Libris: Biblioteca pública de Nova York Dir. Frederick Wiseman  

INGRESSOS: R$22,00 / meia: R$11,00 Meia entrada para quem comprou Passaporte

UCI INAUGURA A PRIMEIRA SALA DE CINEMA XPLUS LASER DO BRASIL, NO RIO DE JANEIRO: No ano em que comemora duas décadas no Brasil, a rede UCI reforça sua missão de oferecer ao público a melhor experiência em cinema e o que há de mais moderno no mundo, no mercado audiovisual. No Rio, inova mais uma vez com a primeira sala XPLUS Laser do país. A novidade será no maior complexo de cinemas brasileiro, o UCI New York City Center, que este ano também recebeu a primeira 4DX da cidade, com cadeiras que se movimentam e efeitos especiais. A aquisição do novo projetor a laser torna ainda mais imersiva a tecnologia da XPLUS, que tem projeção 3D de última geração, tela gigante com definição 4K e som Dolby Atmos™, com mais de 54 caixas acústicas e 128 streams de áudio que criam a ilusão de um campo infinito ao redor de cada espectador.

PROGRAMAÇÃO DO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):     Outubro   20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Zucchero (o 'roberto carlos da itália') vem fazer shows no Brasil em outubro: Rio de Janeiro, no dia 26 de outubro, no Teatro Bradesco Rio São Paulo, no dia 27 de outubro, no Teatro Bradesco Porto Alegre, no dia 28 de outubro, no Teatro do Bourbon Country  

AGENDA CUTURAL BARATOS DA RIBEIRO: Sábado, 21 de outubro, a partir das 17h: VESPEIRO com as bandas Estranhos Românticos e Imperfeitos Quinta-feira, 26 de outubro, a partir das 19h: LEVADAS DA BECA, com as DJs Ana Paula Moniz (Beca Brechó), Bia Andrade & Ana Galli + uma convidada surpresa! Sábado, 11 de novembro, a partir das 17h: VESPEIRO com a banda Os Alquimistas (MS) e Mauk + Pedro White & banda fazendo tributo duplo: ao Bruce Springsteen e ao Tom Petty! RUA PAULINO FERNANDES 15, BOTAFOGO/RJ

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

II FESTIVAL IMPERIAL DE CINEMA DE PETRÓPOLIS COMEÇA NESTA QUARTA, DIA 18: Festival é gratuito e conta com filmes inéditos na programação  A abertura será no Theatro D. Pedro com exibição do filme “João, O Maestro”, de Mauro Lima.

Angela Ro Ro leva o show "Amor & Humor" para a Zona Norte A cantora - que pela primeira vez pisa no palco do Centro Cultural João Nogueira -  faz  apresentação única no Méier, dia 29 de outubro, às 19h, no Imperator

estreia: 5º FEIRA/ 19 OUT - ABERTURA DA MOSTRA JÓIAS DO CINEMA DINAMARQUÊS: CINE JOIA DO RIO DE JANEIRO (copacabana) EXIBE SEIS LONGAS INÉDITOS DO PAÍS NÓRDICO; E O PRIMEIRO DOC LONGA-METRAGEM FILMADO NA GROENLÂNDIA.

Depois de regravar sucessos do Pop, Rock e Samba, a Orquestra Petrobras Sinfônica prepara uma homenagem ao reggae. O quarto EP da série “O Clássico é...” trará versões inéditas de “Andei só” (Natiruts), “Minha felicidade” (Roberta Campos), “Um anjo do céu” (Maskavo), “Aonde você mora” (Cidade Negra) e “Segue o baile” (Braza). A primeira apresentação do novo projeto será no Teatro Rival Petrobras, com entrada gratuita, às 20h do dia 18 de outubro (quarta-feira).

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers