Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

DO UTERO DO NIRVANA (CRITICA)

Em cartaz, no Museu Histórico Nacional, no centro do Rio (próximo Praça XV e estação das barcas), a exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses, apesar de mostrar muitas peças, entre instrumentos, fotos, vídeos, depoimentos, álbuns, cartazes e itens pessoais dos integrantes da banda (como algumas peças de vestuário que Kurt usou em shows e clipes, p ex), não é tão bacana como aparenta ser. Há um problema sério na mostra: não há musica (a não ser, q vc ouça via fones de ouvido), sequer um videoclipe. Pode ser que isso se dê por algum problema de direitos de uso. Parece que há uma treta entre Courtney Love e o Krist Novoselic (que emprestou grande parte do material desta mostra) Mas, não se fala no assunto em parte alguma. Pelo contrário. Logo na ante-sala da mostra, um texto dá a entender que, naquele espaço, ouviríamos um trecho em loop de 'come as you are', para ter ideia da mistura de barulho e melodia que a banda fazia tão bem. Mas, não rola (não há sequer uma caixinha de …

BANKSY EM 3D?

MUITO SE ESPECULA SOBRE QUEM É BANKSY (EU, ACHO QUE É UM COLETIVO; JA ACHEI QUE ERA O DAMIEN HIRST). MAS, NESTE FIM DE SEMANA, FALANDO PARA UM PODCAST, O DJ/PRODUTOR GOLDIE, AO FAZER UM ELOGIO AO ARTISTA, DEIXOU ESCAPAR O NOME 'ROBERT', QUANDO DIZIA O SEGUINTE: 'BOTE UM BALÃO VERMELHO NUMA CAMISETA E ASSINE 'BANKSY' E PRONTO, PODE VENDE-LA. COM TODO RESPEITO AO ROBERT, ACHO QUE ELE É UM GRANDE ARTISTA, E VIROU O MUNDO DA ARTE DE CABEÇA PRA BAIXO'.

OOPS. O ROBERT, A QUEM ELE SE REFERE, PODE SER ROBERT '3D' DEL NAJA, CABEÇA A FRENTE DO MASSIVE ATTACK, COLETIVO MUSICAL, QUE VEM DA CIDADE NATAL DE BANKSY, BRISTOL/INGLATERRA. ESSA SUSPEITA JA FOI AVENTADA ANTES QUANDO, APOS UMA TURNE DO MASSIVE ATTACK PELA INGLATERRA, APARECERAM GRAFITES DE BANKSY PELAS MESMAS CIDADES NAS QUAIS A BANDA PASSOU (E, TBM, PELO MUNDO). A SUPEITA AUMENTA PQ, QUANDO JOVENS, GOLDIE E DEL NAJA, ERAM COLEGAS DE GRAFITE, PELAS RUAS DE BRISTOL. E, VALE LEMBRAR, QUE O MASSIVE ATTACK SEMPRE…

TRAVESTIS, TRADIÇÃO, PARANÓIA E DECEPÇÃO

ALGUMAS DAS PRINCIPAIS ESTREIAS NOS CINEMAS BRASILEIROS ESTA SEMANA:


AO CAIR DA NOITE = FAMILIA VIVE ISOLADA NA MATA, PROTEGENDO-SE DE ALGO QUE, DEDUZIMOS, SER UMA ESPECIE DE PRAGA/VIRUS, QUE ESTA DIZIMANDO OS HUMANOS (NADA É EXPLICADO, NEM O TEMPO, NEM O LUGAR). UM DIA, BATE A PORTA UM JOVEM CASAL PRECISANDO DE REFUGIO. TODO O CUIDADO É POUCO, COM CONTAMINAÇÃO OU TRAIÇÃO. O MEDO E A PARANOIA DOMINA O FILME, DE PONTA A PONTA, NUM CLIMA TENSO E CLAUSTROFOBICO (COMO DIZ O NOME, ELE SE PASSA QUASE TODO A NOITE, E, SOBRETUDO, DENTRO DA CASA). NAO PRECISA DE SOBRENATURAL OU MUSICA ALTA PARA CONSTRUIR O FORTE CLIMA DE TERROR PSICOLOGICO QUE DOMINA A AÇÃO. MUITO BOM. COTAÇÃO: ****

FRANTZ =  FRANTZ É UM JOVEM SOLDADO ALEMÃO, QUE MORREU NO FRONT, DURANTE A PRIMEIRA GRANDE GUERRA. CONTUDO, ELE ESTÁ PRESENTE NO FILME O TEMPO TODO. PQ, SUA NOIVA, TODO DIA VAI A SUA TUMBA, E SEUS PAIS VIVEM FALANDO E LEMBRANDO DELE O TEMPO TODO. UM DIA, A JOVEM PERCEBE QUE UM ESTRANHO TBM PASSA A IR A TUMBA E DEIXA…

SEPULTURA: DUROS NA QUEDA

'SEPULTURA ENDURANCE' (EM CARTAZ) É UM DOCUMENTARIO SOBRE A BANDA DE ROCK BRASILEIRA  MAIS FAMOSA, INTERNACIONALMENTE, DE TODOS OS TEMPOS, A MINEIRA SEPULTURA. CONTUDO, EM VEZ DE CONTAR A CARREIRA DA BANDA (QUE ESTÁ FAZENDO 30 ANOS) DE MODO LINEAR, O DIRETOR OTAVIO JULIANO COMEÇA MOSTRANDO SUA ROTINA NA ESTRADA (O DIRETOR LEVOU SEIS ANOS LEVANTANDO O MATERIAL, VIAJANDO COM A BANDA PELOS QUATRO CANTOS DO PLANETA), PARA, AOS POUCOS, NOS CONTAR A SUA TRAJETÓRIA, QUE OS LEVOU AOS PINCAROS DA FAMA DA CENA METAL, COMO NENHUMA BANDA BRAZUCA OU SULAMERICANA JAMAIS CHEGOU PERTO. MAS, NO MEIO DO CAMINHO, TINHA UMA 'YOKO'. A EMPRESARIA EUROPEIA DA BANDA, GLORIA, QUE SE ENAMOROU DO VOCALISTA MAX CAVALERA, INVENTOU UMA CARREIRA SOLO PRA ELE, E IMPLODIU A BANDA, BEM NO MOMENTO EM QUE ESTA IA SE TORNAR UMA METALLICA LATINA (COMO, ATESTAM EM DEPOIMENTOS, O BATERISTA DO METALLICA, LARS ULRICH, E OUTROS GRANDES NOMES DO METAL). 

INFELIZMENTE, ISSO É APENAS FALADO, EN PASSANT, PELO GUITAR…

GIMME GIMME GIMMICK

QUANDO A TV CHEGOU, E 'AMEAÇOU' O CINEMA, OS ESTUDIOS INVENTARAM OS FILMES EM FORMATOS GRANDIOSOS, TIPO CINERAMA (O PRIMEIRO, TRES PROJETORES SIMULTANEOS, PARA CRIAR UMA SUPER TELA), CINEMASCOPE E FILMES EM 70MM E COM SOM ESTEREOFONICO, QUE NAO CABERIAM NUMA TELINHA E COM SOM CHULÉ. AINDA NOS ANOS 1950, CRIOU-SE O 3D, GERALMENTE USADO EM FILMES DE TERROR E SCI-FI, POIS FAZIAM A PLATEIA PULAR NAS CADEIRAS. POUCOS ANOS ADIANTE, ISSO FOI LEVADO AO EXTREMO, COM OS FILMES-TRUQUE DE WILLIAM CASTLE (ENFOCADO EM 'MATINÊ', DE JOE DANTE), COM POLTRONAS QUE DAVAM CHOQUE, ESQUELETOS CORRIAM PELA SALA, ROLAVA FUMAÇA E OUTRAS BOSSAS. ERA BEM DIVERTIDO. MAS, FORA O 3D, NAO TIVEMOS ISSO AQUI. EXPERIMENTEI O 'PERCEPTO', NUMA MOSTRA B, NO FILMFORUM, EM NOVA YORK, NO FIM DOS ANOS 80. E, NA MESMA ÉPOCA, JOHN WATERS CRIOU UM GIMMICK PRA SATIRIZAR OS GIMMICKS, ODORAMA, CARTELA DE ODORES USADA PARA ASSISTIR A 'POLYESTER' (VEIO ASSIM AQUI NUM FESTRIO). E OS AROMAS, NEM SEMP…