NA COVA DO LEÃO

Monday, June 29, 2015

VELHO, MAS NÃO OBSOLETO



O TITULO DESTE POST É UMA FRASE DITA (DUAS VEZES) PELO VELHO T-800, O ANDROIDE PERSONIFICADO POR ARNOLD SCHWARZENEGGER, MAROMBERIRO AUSTRIACO QUE VIROU ASTRO APOS ENCARNA-LO, PELA PRIMEIRA VEZ,  EM 1984 -- E, ANOS DEPOIS, SE TORNARIA GOVERNADOR DA CALIFÓRNIA! -, NO ENGENHOSO E ASSUSTADOR 'THE TERMINATOR' (AQUI, 'O EXTERMINADOR DO FUTURO'), DE JAMES CAMERON, UM DOS MELHORES SCI-FI JA FEITOS. E TBM UM DOS MELHORES FILMES SOBRE VIAGEM NO TEMPO (QUASE UMA VERSÃO ADULTA DE 'BACK TO THE FUTURE'). ELE DIZ ISSO NO NOVO CAPITULO DA SERIE, 'TERMINATOR GENISYS', QUE CHEGA AOS CINEMAS ESTA SEMANA, 31 ANOS DEPOIS DO PRIMEIRO CAPÍTULO (E DE DUAS SEQUENCIAS DISPENSÁVEIS, 'RISE OF THE MACHINES' (QUE ERA OK, SEGUIA A TIMELINE) E 'SALVATION (LIXO, SCHWARZENEGGER NEM FEZ PARTE DESTE, A NAO SER COMO UM HOLOGRAMA)'. A VOLTA ERA SEMPRE ESPERADA.



O PRIMEIRO 'TERMINATOR', FOI UM FILME B QUE DEU CERTO (JAMES CAMERON FEZ COM TOSTOES E MUITA IMAGINAÇÃO/EMPENHO). E RENDEU MILHÕES. E VIROU CULT (JA PERDI O NUMERO DE VZS QUE O ASSISTI). POR ISSO, ALGUNS ANOS DEPOIS, APARECEU UMA VERSAO TURBINADA, E MAIS CARA, MEIO QUE DISFARÇADA DE CONTINUAÇÃO, COM O MESMO T-800 (AGORA, AMIGO DE SARAH CONNOR, MAE DE UM HEROI DA RESISTENCIA DO FUTURO; POSTO QUE, ORIGINALMENTE, COMO O NOME DIZ, ELE VINHA PARA EXTERMINA-LA E EVITAR O NASCIMENTO DE JOHN CONNOR) E UM NOVO INIMIGO FANTASTICO, O T-1000, UM ANDROIDE MELHORADO, DE METL LIQUIDO, E COM UMA INCRIVEL HABILIDADE TRANSMORFA. O SEGUNDO FILME (SUBTITULADO 'JUDGEMENT DAY', 1991), TROUXE EFEITOS ESPECIAIS NUNCA ANTES VISTOS, NUM TEMPO EM QUE O CGI AINDA NAO ERA COMO HJ EM DIA, E SEM O USO APELATIVO DO 3D (COMO NO NOVO, QUE SÓ SERVE PARA ESCURECER O FILME). UMA DAS RARAS CONTINUAÇÕES QUE HONRAM O ORIGINAL.



MAS, ESTE 'GENISYS' PRESTA? BEM, COMO FILME DE VIAGEM NO TEMPO, ELE NOS RECORDA UMA MÁXIMA DITA POR DOC BROWN, NUM DOS 'BACK TO THE FUTURE': 'CADA VEZ QUE VC VOLTA NO TEMPO, CRIA UMA NOVA TIMELINE, A HISTORIA NUNCA SE REPETE DA MESMA FORMA'. NESTE FILME, É O QUE ACONTECE: ELE COMEÇA EM 1984 (ANO DO PRIMEIRO, USANDO FOOTAGE ORIGINAL DE ARNOLDÃO COMO T-800, MISTURADO COM MONATEGM COM UM NOVO ATOR E CGI, CLARO), PASSA PELOS TEMPOS DOS FILMES ANTERIORES, E CHEGA ATE OS DIAS ATUAIS, AS VESPERAS DE A SKYNET, FINALMENTE, DOMINAR A RAÇA HUMANA (E, HJ, COM TODO MUNDO CONECTADO POR SMARTPHONES E TABLETS, ISSO FICA AINDA MAIS FACIL). ENTAO, O ESPECTADOR PRECISA ACREDITAR NESSAS MUDANÇAS E ACEITA-LAS. ESSA PARTE É FACIL, PRA UE CURTE O TEMA. DIFICIL É ENGOLIR UM TWIST DA TRAMA, QUE REVELA COMO O VILÃO DA VEZ FOI GERADO. E, PIOR ANDA: QUEM É O VILÃO. PIOR AINDA: ISSO ESTA NOS TRAILERS E ATE NO POSTER DO FILME!



ARNIE ESTÁ MAQUINAL, COMO SEMPRE; E EMILIA CLARKE (A KHALEESI DE 'GAME OF THRONES'), NAO COMPROMETE COMO A NOVA SARAH CONNOR (QUE, AGORA, APENAS USA ARMAS, NAO SE ENVOLVE EM LUTAS FISICAS), EMBORA SEJA NOVA E BONITINHA ALEM DA CONTA, NAO PARECE UMA GUERREIRA TARIMBADA COMO É SARAH CONNOR EM GERAL (INCLUSIVE, NA SÉRIE DE TV, FEITA POR LENA HEADEY, A CERSEI DE 'GOT'). OS DEMAIS ATORES, QUE FAZEM KYLE REESE E JOHN CONNOR (PAI E FILHO, AFINAL JUNTOS), NÃO COMPROMETEM, EMBORA KYLE TBM TENHA UM JEITO MUITO RELAX. E JK SIMMONS APARECE POUCO, APENAS PARA FAZER UM ELO ENTRE ÉPOCAS E PROVOCAR ALGUMAS RISADAS. OS EFEITOS ESPECIAIS NAO TRAZEM NADA DE NOVO (NEM CHEGAM PERTO DOS DE 1991!), E O 3D NAO É NECESSÁRIO. NO FIM, O FILME NÃO É A PORCARIA QUE EU TEMIA -- EMBORA A CRITICA AMERICANA NÃO TENHA GOSTADO --, MAS TBM, NAO É TAO BACANA -- PARA AS NOVAS GERAÇÕES -- COMO FOI O NOVO 'JURASSIC PARK', POR EXEMPLO,  SOBRETUDO POR CONTA DE SUA ENROLADA TRAMA TEMPORAL, QUE AS VZS SOA UM BOCADO FORÇADA. MAS, ARNOLDÃO ESTA DE VOLTA, DO JEITO COMO NOS FEZ GOSTAR DELE A PRIMEIRA VEZ. SÓ FALTOU MANDAR UM 'FUCK YOU, ASSHOLE!", MAS O FILME É PG-13 (COMO TUDO HJ EM DIA). SERÁ QUE ELE VOLTARÁ DE NOVO, COMO COSUMA NOS PROMETER A CADA FILME? SÓ A BILHETERIA DIRÁ.



*JAMES CAMERON DEU SEU AVAL AO NOVO EPISODIO...
Wednesday, June 24, 2015

O QUE ROLOU, MISS SIMONE?


ISSO FOI O QUE PERGUNTOU MAYA ANGELOU A NINA SIMONE, EM DADO MOMENTO DA CARREIRA DA DIVA DO SOUL JAZZ, QUANDO ESTA TEVE MAIS UM DE SEUS ROMPANTES. É TAMBÉM O NOME DO DOCUMENTARIO 'WHAT HAPPENED, MISS SIMONE?', QUE ESTÁ SENDO LANÇADO NOS CINEMAS AMERICANOS (NO CIRCUITO NYC-L.A.)ESTA SEMANA. E, A PARTIR DE SEXTA-FEIRA, ESTARA DISPONIVEL PARA TODOS QUE ASSINEM O SISTEMA DE STREAMING NETFLIX. O DOCUMENTARIO FOI DIRIGIDO POR LIZ GARBUS, E ESTREADO EM JANEIRO, NO FESTIVAL DE SUNDANCE. HA AINDA OUTRO DOCUMENTARIO SENDO PRODUZIDO, 'THE AMAZING NINA SIMONE', FOCADO EM SEU LADO ATIVISTA.


  O QUE VEMOS NESTE PRIMEIRO DOC BANCADO PELO NETFLIX? A TRAJETORIA DESTA FORÇA DA NATUREZA, NARRADA BASICAMENTE POR ELA MESMO (E COM APARTES ATUAIS DE SUA FILHA, LISA), A PARTIR DE VARIOS DEPOIMENTOS E ENTREVISTAS FILMADAS AO LONGO DE SUA CARREIRA, ALGUNS NUNCA MOSTRADOS ANTES, INCLUSIVE CARTAS MANUSCRITAS DA PROPRIA SIMONE. ELA CONTA QUE, A PRINCIPIO, SUA META ERA SE TORNAR A PRIMEIRA PIANISTA CLASSICA AMERICANA NEGRA. MAS, DEPOIS DE TER AS PORTAS FECHADAS POR VARIAS ESCOLAS ELITISTAS, POR SER NEGRA, DESCOBRIU O CANTO NA IGREJA, E O SUINGE DO JAZZ E R&B. POR ISSO, SEU ESTILO É UMA MISTURA DE GOSPELL, JAZZ E MUSICA CLASSICA. 





EM DADO MOMENTO DA VIDA, ELA ASSUMIU A SUA NEGRITUDE ('SOU BEM PRETA, DOS LABIOS GROSSOS', COMO DIZIA), E ISSO FAZIA DIFERENÇA EM ALGUNS LUGARES. POR ISSO, TAO LOGO FICOU FAMOSA, ABRAÇOU AS CAUSAS LIGADAS A LUTA PELOS DIREITOS CIVIS NOS EUA, AINDA QUE ISSO TENHA PREJUDICADO A SUA CARREIRA POR UM TEMPO, JA QUE ELA PASSOU A SOFRER BOICOTES. NESSA EPOCA, SE DEDICOU TOTALMENTE AA CAUSA, PASSANDO A ADOTAR UM VISUAL AFRO. ASSIM COMO ACONTECIA COM BILLIE HOLLIDAY, NINA TAMBEM FOI MAL TRATADA, ESPANCADA E ATACADA SEXUALMENTE POR AMANTES VIOLENTOS. CHEGOU A SER CHUTADA NA BARRIGA QUANDO ESTAVA GRAVIDA, PELO PAI DE SUA FILHA, QUE ERA SEU AGENTE. CONTUDO, COMO SUA FILHA CONTA NO DOC, ELA (A FILHA) TBM FOI AGREDIDA PELA MAE, QUANDO CRIANÇA, DEVIDO A SUAS BRUSCAS MUDANÇAS DE HUMOR


COMO VEMOS NO DOC (E QUEM JA VIU AO VIVO -- TIVE A SORTE DE VE-LA NUM FREE JAZZ, EM 1987 -- OU EM SHOWS FILMADOS, SOBRETUDO NUM FEITO NO FESTIVAL DE MONTREUX, MUITO BOM), NINA TINHA UM TEMPERAMENTO FORTE, AGRESSIVO, ATÉ. EM PARTE, POR SER BIPOLAR (O QUE SÓ DESCOBRIU JA NOS ANOS 80, QUANDO ESTE DISTURBIO FOI FINALMENTE DESVENDADO PELA MEDICINA; CHEGOU A AMEAÇAR COM UMA ARMA UM EXECUTIVO DE GRAVADORA EM 1985, DANDO TIROS A ESMO). E, POR ISSO, PARAVA SHOWS E DAVA ESPORROS NA PLATEIA SE ESTA NAO ESTIVESSE PRESTANDO ATENÇÃO. TEM PARTES DE UM SHOW DELA EM MONTREUX (COMO ESTA NO TRAILER DO DOC), EM 1976, QUE MOSTRA ISSO ACONTECENDO. MAS, COM OU SEM BIPOLARIDADE, QUANDO NINA CANTAVA, TINHA QUE SE PRESTAR ATENÇÃO MESMO. 


TRAILER DO DOC: 




PARALELAMENTE, EMBORA NÃO SE ESTEJA COMEMORANDO NENHUMA DATA REDONDA NO MOMENTO (NASCIMENTO, MORTE, PRIMEIRO DISCO, NADA DISSO), SERÁ LANÇADO, NO DIA 10 DE JULHO NOS EUA, O DISCO TRIBUTO 'NINA REVISITED (RCA)', QUE TRAZ NOMES DO MODERNO R&B, COMO LAURYN HILL, MARY J BLIDGE, COMMON, USHER, E TAMBÉM SUA FILHA, LISA SIMONE, FAZENDO RENDIÇÕES DE ALGUNS DE SEUS MAIORES SUCESSOS. UMA CINEBIOGRAFIA, 'NINA', TBM ESTA SENDO PRODUZIDA. E JA CAUSA POLEMICA, POR TER A ATRIZ DE ASCENDENCIA LATINA (E NADA PARECIDA COM NINA), ZOE SALDANA, NO PAPEL-TITULO. SALDANA É BOA ATRIZ, MAS MUITA GENTE ACHA QUE OCTAVIA SPENCER, P EX, CAIRIA MELHOR NELE.

CLIPE/AUDIO DE 'FEELING GOOD', POR LAURYN HILL:



CURIOSAMENTE, A MEGA BANDA DE ROCK BRITANICA MUSE, QUE SE APRESENTA EM OUTUBRO NO BRASIL, JA FEZ UMA VERSAO, MUITO BOA, PARA 'FEELING GOOD'; QUE, PROVAVELMENTE, A MAIORIA DOS FAS DA BANDA NEM DEVEM SABER QUE O ORIGINAL É DE MISS SIMONE:

CLIPE:


*NINA SIMONE NASCEU EUNICE KATHLEEN WAYMON (EM 21 DE FEVEREIRO, DE 1933, NA CAROLINA DO NORTE, SUL RACISTA AMERICANO), MAS GANHOU O NOME ARTISTICO DE UM NAMORADO, QUE A CHAMAVA DE NIÑA, E DA ATRIZ FRANCESA SIMONE SIGNORET. NAO POR ACASO, MORREU (DE CANCER NO SEIO) NO SUL DA FRANÇA, EM 21 DE ABRIL DE 2003, ONDE VIVIA DESDE 90.


link para materia que fiz no ei: http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/t/todos-os-videos/v/documentario-mostra-trajetoria-nina-simone-a-partir-de-entrevistas-e-depoimentos/4278427/

Wednesday, June 17, 2015

DESMONTANDO COBAIN



A PARTIR DESTA QUINTA (18/06), ENTRA EM CARTAZ NO BRASIL, EM SALAS E SESSÕES LIMITADAS (GERALMENTE ÁS 20;30H/21H, SÓ O GRUPO ESTAÇÃO/RJ VAI EXIBIR O DIA TODO, NORMALMENTE), O DOCUMENTARIO 'MONTAGE OF HECK', SOBRE A VIDA DE KURT COBAIN, O SUICIDA LIDER DA BANDA GRUNGE NIRVANA, MORTO EM 1994. ELE CONTA, EXCLUSIVAMENTE, A VIDA DE KURT, NAO ENTRA MUITO NA CARREIRA DA BANDA. VEMOS KURT EM FILMES CASEIROS DE ANIVERSARIO, DESDE OS 2 ANOS (ELE TEVE UMA INFANCIA FELIZ, FOI UM FILHO QUERIDO); DEPOIS, RECONSTITUIÇÕES ANIMADAS -- EXCELENTES -- DE SUA ADOLESCENCIA (QUANDO SEUS PAIS SE SEPARARAM E ELE ENCONTROU CONFORTO NAS DROGAS E A SALVAÇÃO NO ROCK), DEPOIMENTOS DOS PAIS, AMIGOS (SOBRETUDO DO BAIXISTA KRIST NOVOSELIC), DE SUA PRIMEIRA NAMORADA; E, O QUE CHOCOU ALGUNS: FILMAGENS DO CASAL COBAIN (KURT E COURTNEY LOVE), NUS, DOIDOS, EM QUARTOS DE HOTEL, COM UMA PEQUENA FRANCES BEAN, BEBEZINHA, COMO TESTEMUNHA (HA CENAS DE NUDEZ E CONSUMO DE DROGAS). ESSA PARTE PODE SER BEM INCÔMODA.




MAS, O QUE FICA? O DIRETOR BRETT MORGEN (QUE TEVE ACESSO ILIMITADO A TODO O MATERIAL DE COBAIN E DO CASAL -- ALIAS, O NOME DO FILME VEM DE UMA MIXTAPE FEITA POR KURT --, LIBERADO PELA PROPRIA VIUVA) É O MERGULHO MAIS PROFUNDO QUE JA VI NA MENTE DE UM ROCKSTAR. MAS O QUE MAIS ME AGRADU É QUE O FILME NUNCA TENTA FAZER DE KURT UM GENIO, UM SANTO, UM INCOMPREENDIDO. APENAS, MOSTRA SECAMENTE, A REAL. QUE, APESAR DE TALENTO NATO PARA A MUSICA, ELE TAMBEM ERA UMA PESSOA BEM COMPLICADA. VC NAO FICA COM PENA DELE NO FIM, NEM CHORA. DA ATE UMA RAIVINHA (E DIGO ISSO PQ KURT FOI MEU ULTIMO HEROI DO ROCK. PRA MIM, TUDO ACABOU COM ELE). O DOC FOI FEITO PELA HBO E EXIBIDO NA TV NOS EUA (FOI LA QUE VI, NAS FERIAS) E NOS CINEMAS DO RESTO DO MUNDO EM EXIBIÇÕES LIMITADAS (JA PASSOU NA EUROPA E AGORA CHEGA A AMERICA DO SUL), JA TENDO SIDO LANÇADO EM DVD/BD. É O MELHOR DOC/PERFIL QUE JÁ VI, EM TERMO DE NAO SER CHAPA BRANCA, APESAR DE CANSAR UM POUCO, AO LONGO DE SUAS QUASE DUAS HORAS E MEIA.



PERGUNTADO SORE O QUE ACHOU DO FILME, BUZZ OSBOURNE, O GUITARRISTA DA BANDA MELVINS -- QUE VIVEU VARIOS MOMENTOS MOSTRADOS NO DOC, AO LADO DE COBAIN, NA ADOLESCENCIA --, DIZ QUE MUITA COISA DO QUE É MOSTRADA NELE É 'BULLSHIT', PORQUE ELE ESTAVA LA E NAO VIU QUASE NADA DAQUILO ACONTECER. ELE DESMENTE, SOBRETUDO, O ENCONTRO SEXUAL QUE KURT TEVE COM UMA GAROTA DEFICIENTE MENTAL, QUANDO PERDEU SUA VIRGINDADE, UM PONTO FORTE NO DOC. BUZZ DISSE QUE ISSO NUNCA ACONTECEU. SERÁ?






PEGANDO CARONA NO SUCESSO DE 'MONTAGE OF HECK', ESTA SENDO LANÇADO NOS EUA, 'SOAKED IN BLEACH', UM DOCUMENTARIO QUE AFIRMA QUE FOI COURTNEY LOVE QUEM ENCOMENDOU A MORTE DO MARIDO. ESSA TEORIA JA ROLA HA ANOS -- INCLUSIVE, PARTES DESTE DOC JA FORAM MOSTRADAS ANTES EM PROGRAMAS DE TV TIPO MUNDO CÃO, ATE O PAI DA COURTNEY ACREDITA NISSO. A PROPRIA LOVE VEIO A PUBLICO DIZER QUE DESISTIU DE LUTAR CONTRA BENJAMIN STATLER, O DIRETOR DO FILME; E TOM GRANT, O PRINCIPAL INVESTIGADOR DO CASO, Q APOIA A TESE DE CONSPIRAÇÃO. STATLER REABRIU UM CASO QUE ESTAVA FECHADO HA 20 ANOS (FOI SUICIDIO OU ASSASSINATO?), POR PURA EXPLORAÇÃO, E PRA GANHAR EM CIMA DO SUCESSO DO DOC DA HBO. OS ADVOGADOS DE LOVE DISSERAM QUE VAO RESPEITAR A PRIMEIRA EMENDA DA CONSTITUIÇÃO AMERICANA (LIBERDADE DE EXPRESSAO) E NADA FARAO PARA PROIBIR ESTE FILME. ISSO, EU APOIO. EMBORA 'SOAKED IN BLEACH' SEJA MUITO RUIM. OS DEPOIMENTOS PARECEM ENSAIADOS E O CLIMA GERAL É DE PROGRAMA DE TV APELATIVO. TEM ATÉ AQUELAS ENCENAÇÕES, COM UMA ATRIZ EXAGERADA FAZENDO COURTNEY.



clip de comentario la no ei, q resume  dito acima:

http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/t/todos-os-videos/v/documentario-kurt-cobain-montage-of-heck-conta-a-vida-do-vocalista-do-nirvana/4262271/

NA CIDADE

JANEIRO TEM DUAS FACES:

CASAS & SHOWS: Circo Voador 19 - Samba Rap Festival: Elza Soares / Karol Conka 20 - Samba Rap Festival: Emicida / Jongo da Serrinha / Bateria da Império Serrano 25 - Phoenix (FRA) 26 - Vanessa da Mata / Fióti / DJ Incidental 27 - Barão Vermelho

Fundição Progresso 19 - BaianaSystem 20 - Tim Music no Samba: Xande de Pilares & Mumuzinho - Participação: Bateria do Salgueiro 26 – Johnny Hooker / Letrux 27 - Nando Reis

Teatro Odisseia 21 - Radnor With Lee (EUA) 28 - Demon Hunter (EUA) / Pantokrator (SUE)

Teatro Riachuelo 16 - Leila Pinheiro: Voz & Piano 23 - Ed Motta: Baile do Flashback 30 - Laila Garin & A Roda

Teatro Rival 20 - João Bosco: Voz & Violão 25 - Angela Ro Ro 26 - Bloco Sargento Pimenta 27 - Geraldo Azevedo: Voz & Violão

Audio Rebel 16 - Adaury Mothé Trio 17 - Rafael Rocha Quinteto 28 - N.D.R. / Triunfe / Dissonância 29 - Ana Baird & Camila Costa: Perigosas

Espaço Sérgio Porto 18 - Sinara 25 - Karine Carvalho: Galega Hits

Sala Baden Powell 19 - Sempre Livre / Sylvinho Blau Blau / Dr. Silvana & Cia. 20 – Nelson Sargento 21 – Banda do Síndico 24 - João Donato - Participação: Carlos Lyra & Roberto Menescal & Marcos Valle 25 - Mario Adnet: Jobim Jazz 26 – Marcos Ariel 27 – Cris Delanno 28 - Azymuth

Beco das Garrafas 17 - André Gonçalves 18 - Lu Oliveira 19 - Georgiana de Moraes & Fernanda Cunha & Camilla Dias: Homenagem a Vinicius de Moraes (20h) 19 - Joyce Cândido: Homenagem a Elis Regina (22h30) 20 - Hélio Delmiro (21h) 20 - Maíra Freitas & Taís Feijão (22h30) 21 - Dóris Monteiro 24 - Rosana Sabença 25 - Conexão Rio: Homenagem a Tom Jobim 26 - Amanda Bravo: Homenagem a Durval Ferreira - Participação: Paulinho Trompete, Mauricio Einhorn, Rosana Sabença, Billy Blanco Jr., Thaís Fraga 27 - Hector Costita & Joseval Paes 31 - Maria Luiza

Casa de Cultura Laura Alvim 16 - Dani Black 21 – Pedro Mann 23 - Davi Moraes 28 – Qinho Canta Marina Lima 30 - Matheus VK

Teatro Café Pequeno 18 – Verônica Sabino 25 – Elisa Queirós

Blue Note Rio 16 - Big Gilson 17 - Roberto Menescal 18 - Gabriel Moura 19 - Daniel Jobim & Daniel Boaventura: Homenagem a Tom Jobim & Frank Sinatra 20 - MPB-4 23 - Escalandrum (ARG) 24 - Mayer Hawthorne (EUA) 25 - Wanda Sá & Gilson Peranzzetta & Mauro Senise: Homenagem a Tom Jobim & Vinicius de Moraes

KM de Vantagens Hall 19 – Molejo & É O Tchan – Participação: Ludmilla 20 - Ney Matogrosso: Atento aos Sinais

Imperator 23 - Jazz Pras Sete: Chico Costa & Quarteto Artilheiro 24 - Quartas Brasileiras: Cordão da Bola Preta 27 - Forró Lánalaje: Marcelo Mimoso Trio / DJ Edna Carvalho 28 - Bloco Pipoca & Guaraná 31 - Toquinho: Voz & Violão - Participação: Camilla Faustino

Centro de Referência da Música (Tijuca) 17 - Ellen de Lima & Reginaldo Bessa: Homenagem a Lamartine Babo 18 - Rosa Marya Colin - Participação: Jefferson Gonçalves 19 - André Gabeh 17 - Eduardo Dussek 24 - Quinteto em Tom Maior 25 - Rosane Corrêa: Homenagem a Ella Fitzgerald 26 - Daíra: Homenagem a Belchior 31 - Ana Egito

Baile do Digitaldubs - HUB (Santo Cristo) 21 - Cedric "The Congos" Myton (JAM) 28 - Mad Professor & Aisha

Música no Deck - Barraca do Pepê (Barra da Tijuca) 20 – Filipe Ret 21 – Kell Smith 27 – Um 44k 28 – Luiza Possi Barra Blues Festival 26 - Sergio Diab Stratoman / Projeto Soul Jazz / Ana Egito / Alamo Leal Blues Groover’s / Corcel Mágico 27 - RJ Café / UniJazz Brasil / The Blue Fever / Sergio Rocha / Serra Blues Trio 28 - André Barroso / WestSide Blues / State of Blues / Victor Biglione Festival Downtown Sunset - Shopping Downtown (Barra da Tijuca) 20 – Gabriel O Pensador 27 – Biquini Cavadão

Rio Rock & Blues - Rock Experience (Lapa) 19 - Titanossauros / Conexão Japeri 20 - Love & The Lovers / The Loreleis 26 - The Smiths Cover 27 - Pedro Santana Trio / Elemento Surpresa / A Bolha Revisited

Circuito SESI 24 - Centro: Fhernanda Fernandes - Participação: Nana Kozak, Sandra Duailibe, Clarisse Grova, Ninah Joh, Andréa França

MIXXX: 17 – Matheus VK – Teto Solar / Botafogo 19 - Maratona Black - Baile Charme – Gafieira Elite / Centro 19 - O Rappa: Tour de Despedida – Quadra da Mocidade / Padre Miguel 20 - Festival Rock in Brisa 4: 90 Contos / Cosmobox – Espaço Tequila´s / Guaratiba 20 - Playmobille / Tem Amor – La Esquina / Lapa 20 - Indivíduo K / Cândido / Banheiro Azul – O Pecado Mora ao Lado / Praça da Bandeira 21 - Aniversário de 57 Anos do Cacique de Ramos 21 - Festival Lona Rock Sunday: Memora / The Outs / Corcel Mágico – Lona Terra / Guadalupe 21 - Lu Oliveira – Praia de Conceição de Jacareí / Mangaratiba 26 - Laurent Garnier (FRA) 26 - Bloco do S Convida KL Jay – Fosfobox / Copacabana 27 - Slide / Sollarium / Fresno / Glória / Strike - Clube Tamoio / São Gonçalo 27 – Matanza – Arena Fernando Torres / Parque de Madureira 27 - Visibilidade Transvestigenere - Beco Encantado: Mulher Pepita & MC Xuxu – Beco do Rato / Lapa 28 - Festa Divina Circus: IZA – Clube 4 Linhas / Bento Ribeiro 28 - Bloco Eficiente: Inclusão Se Faz Com Várias Mãos – Praça Paris / Glória 28 - Facing Fear / Stuff / Cidade Nua – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo

exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

FESTIVAL DE CULTURA DIGITAL: De 18 a 20 de janeiro, quinta a sábado, acontece no CCBB RJ DIGI – Festival de cultura digital, uma mega programação que inclui imersão, reflexão e diversão. Tem até shows geek. quinta, 19 de janeiro, às 21h, apresentação da orquestra Ritornello de Jedi, com repertório de trilhas musicais de videogames, séries e desenhos, com cordas e vozes, e arranjos exclusivos. O objetivo é dar acesso à formação clássica com temas musicais do cotidiano. sexta, 20 janeiro, às 21h, é a vez de The Screeners, banda que faz releituras rock ’n’ roll de trilhas sonoras clássicas do cinema, de videogames, séries de TV, desenhos animados. É tudo grátis, das 9 às 21h.

MOSTRA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EXIBE O CINEMA DE HAL HARTLEY Programação reúne todos os 14 longas do diretor americano, além de debate, sessões comentadas e um curso de roteiro cinematográfico de 23 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018 (terça a domingo)

O Ministério da Cultura, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro apresentam a 14ª Mostra Melhores Filmes do Ano Além das exibições dos filmes, a mostra traz homenagens e catálogo especial com textos sobre os filmes e as iniciativas cinematográficas que fizeram a diferença em 2017 De 24 de janeiro a 1 de fevereiro
PROG IN BRASIL: Carl Palmer, Premiata Forneria Marconi, estarão no Brasil em 2018, se apresentando nas cidades de Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, como parte da Top Cat Concert Series 2018. Os italianos do Premiata Forneria Marconi CHEGAM EM ABRIL. O grupo de rock progressivo, formado em 1971, vem lançar seu novo álbum 'Emotional tattoos', e também vai tocar seus clássicos. Maio vai trazer o baterista do Emerson, Lake & Palmer e também do Asia, Carl Palmer, com seu tributo ao ELP.Show promete surpresas com algumas participações especiais de peso.

No dia 24/jan, começa no CCBB SP a mostra Sonora: Ennio Morricone, que homanageia o maestro no ano que completa 90 anos. Ao todo, serão exibidos 22 filmes que têm a marca musical do maestro.

Nico Rezende fará show em homenagem a Chet Baker dia 26/01 no Blue Note. Aliás, esse ano completa 30 anos da morte do Chet!!! 2018 marca o trigésimo aniversário da morte de Chet Baker. Nico Rezende presta homenagem ao trompetista no palco do Blue Note Rio, no dia 26 de janeiro (sexta), para apresentar alguns clássicos imortalizados por Baker. Estão no programa canções como ‘Time after time’, My funny valentine’ e ‘There will never be another you’.

RU PAUL´S DRAG RACE TOUR: Em 2018, as drag queens de RuPaul's Drag Race vão levar a turnê oficial do reality-show, WERQ THE WORLD TOUR, para a terra do “Come to Brazil”! Michelle Visage vai comandar a apresentação no Brasil e todos os shows contarão com performances ao vivo de algumas das drag queens mais inesquecíveis de RuPaul's Drag Race, entre elas, as recém-divulgadas participantes da terceira temporada de All Stars, Shangela e Kennedy Davenport. Outras fan favorites devem marcar presença, como Detox, Kim Chi, Violet Chachki, Valentina e Peppermint. Ainda haverá um pré-show com DJ set e performance de Lady Bunny, a drag queen que é uma lenda da cena noturna de Nova York. 23/FEV TEATRO BRADESCO/RJ

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers