Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2006

a pedra do dominó

domino harvey era uma inglesa nascida em berço de ouro (filha de ator e uma modelo) que ao mudar-se para beverly hills viu q aquela n era a vida q ela queria. entao, logo que tornou-se adulta, virou bounty hunter (caçadora de recompensas). isto é, um tipo de mercenário que intermedia prisoes de pessoas q estao sendo procuradas, pela lei ou nao, em troca de grana. la nos eua isso é uma profissão, mas eles nao prendem ou matam. sao como um repo man de pessoas. assisti ao filme 'domino' de tony scott, que é sobre ela. vi mais o filme ate pq tem um extra no dvd com a propria falando. ate ano passado ela ainda estava viva, mas morreu, subitamente, antes da estreia, aos 35 anos. estava em sua banheira, teve ataque cardiaco. nunca saberemos se foi real ou induzido por alguma droga ou algo pessoal, insatisfacao. a gente nota no dvd q a domino real era um tanto introvertida e com um certo ar desesperançado. ela era bonita. qndo jovem foi modelo pra ganhar um troco, sem depender da mae.…

O PAPO É POP

o problema do pop é que as musicas tocam muito e farofam rapidamente, se tornando algo insuportavel em dias. entao, antes que isso aconteça com a pop song que me pegou essa semana, vou logo revelando: "s.o.s.", da rhianna, essa mulata de olhos verdes da foto. ela usa a base da versao do soft cell para tainted love, mas tem uma letra totalmente diferente. e dois clipes distintos: uma versao normal, pra tv, e outra "hot", na qual a caramel babe rebola e se esfrega lascivamente. ha uns dois meses eu tbm fui pego pelo hit "don'tcha" das pussycat dolls. nem tive coragem de ouvir o disco, mas a musica tem la o seu valor chiclete. a nova da pink tbm é legal, sobretudo pelo clipe, 'stupid girls'. e, vendo o top of the pops, me rendi a dois hits: um do passado, que voltou remixado, 'thunder in my heart', do leo sayer (num rmx dum tal de meck) e, outra, um lance ultrabrega chamado chico, 'it's chico time'. o cara é como um misto de t…

mais uma lista

a revista inglesa 'Q' publicou uma lista com os 50 piores discos de todos os tempos. confira, discorde e/ou adicione o seu. note que eles brincaram com os nomes de alguns artistas. atencao: o disco 'sgt. peper's' listado é do horrendo filme homônimo com os bee gees e peter frampton!

1. Duran Duran – Thank You
2. Spice Girls – Todos os álbuns!
3. Various – Urban Renewal: The Songs Of Phil Collins
4. Lou Reed – Metal Machine Music
5. Billy Idol – Cyberpunk
6. Naomi Campbell – Babywoman
7. Kevin Rowland – My Beauty
8. Mick Jagger – Primitive Cool
9. Westlife – Allow Us To Be Frank
10. Tim Machine – Tin Machine Ii
11. Limp Bizkit – Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water
12. Tom Jones – Mr Jones
13. Bruce Willis – The Return Of Bruno
14. Terence Trent Diabolical – Neither Fish Nor Flesh
15. Various – Sgt. Pepper’s Lonely Heart Club Band – OST
16. Spice Girls – Forever
17. Bob Dylan & The Grateful Dead – Dylan And The Dead
18. Crazy Frog – Crazy Hits
19. Goldie – Saturnz Re…

COMPLETAMENTE DIFERENTE

esperei esse filme chegar aqui quando saiu lá fora (2004). não chegou. esperei chegar aqui o dvd area 1. não achei. esperei sair direto pra vídeo no brasil. não saiu. então, o que fazer para vê-lo? buscar na internet, claro. achei uma versão dvd rip com alta qualidade de imagem e baixei. vi ontem a noite, antes de dormir. é mais um pequeno grande filme, destes que o autor só faz uma vez na vida pq o faz com coração. passou em sundance, foi bancado pela mtv films e distribuido pela paramount (então algum dia pode chegar na tv paga daqui). tinha até esquecido do filme, até q vi o ator principal, jon heder, no saturday night live. qualé a onda? parece mais um filme de adolescente (com direito a baile de escola e tudo), mas é bem diferente do que vc já viu antes. napoleon dynamite nao tem o menor glamour. é um cara bem freak, de fala estranha e oculos, que poderia se chamar de geek. mas é mais q isso. napoleon faz o que o seu coracao manda e vivencia e experimenta coisas simplesmente pq t…

oh, what a night!

foi muito boa a noite gigolo no patio lounge. como sempre, os places de playboy aqui no rio sempre sao os que oferecem melhor infra-estrutura, qndo isso deveria ser a regra para qq clube, como rola la fora. sao as mesmas instalacoes do finado el turf, entao é tudo funcional (so n acho pratico a porta giratoria para entrar). bom ar condicionado q nao deixa vc suar demais, bom espaco e som ok (achei o da miss kittin no sky lounge mais potente). é como uma versao menor de um salao/ginasio de clube, so que com um bar no meio. e melhor: vc paga na hora o q consome, sem aquelas filas chatas pra sair com a cartela. a nao vinda de david carretta foi ate boa, no final, pq deixou o line up mais enxuto. o festival electro abriu com o show do digitaria (mg), bem bacaninha, quase uma banda synth dos 80s saida da maquina do tempo (mas tem musica demais com vocais). dai veio o hacker com um set arrasador (teve de tudo, de front a liaisons dangereueses ate um final apoteotico com um remix do bloc par…

PRAZER CULPADO

qndo esse brog surgiu, ha uns tres anos, um dos primeiros e mais concorridos posts foi um no qual eu falava sobre os prazeres culpados. ou seja, aquela coisa que a gente faz sabendo que é ruim, mas gosta qndo esta fazendo. ou vendo. no caso, eu especificamente focava mais nos programs de tv q a gente ve mas tem vergonha de admitir. bom, lembrei disso recentemente qndo estive acamado de gripe, pq costumava ver todo dia o programa da furacao 2000 com a priscilla nocetti. e, mais recentemente, me vi assistindo, à noite (e na rede record!!!) a uma serie brasileira meio mambembe, com atuacoes de teatro amador, mas que me faz rir de alguma forma (nao num sentido luciana jimenez, o que é o superpop?): avassaladoras. nao se sei e por causa das atrizes, bonitinhas e cada uma num tipo diferente, ou se dos roteiros que, no fim, sao mesmo parecidos com as roubadas q rolam na vida real. so sei q, assim como o pgm da furacao, se eu troco de canal e ta rolando avassaladoras eu dou uma paradiha, ne…

geração desalmada

dia desses recebi email de uma pessoa pedindo alguma foto de quando eu era adolescente para usar num trabalho. achei q seria facil conseguir uma, bastava ligar pra mama ou ir na casa dela vasculhar os arquivos. ai me toquei de que nao tenho fotos da epoca entre os 13, 14, 15, 16, 17 anos. primeiro, pq nunca fui muito afeito a fotos. segundo, pq simplesmente nao se fazia fotos como hj em dia em meus teen ages. geralmente seus pais eram os responsaveis pelas fotos de festinhas e aniversarios (tenho varias dessas ate os 10, 12 anos). depois dessa fase, tinha sempre alguem na turma (amigo fotografo wannabe ou namorada) que se encarregava de documentar os atos da galera. pq n se fazia fotos a torto e direito como se faz hj, com cameras digitais de brinquedo e via fone celular, a qq hora ou momento. foto era um lance pro, depois tinha q mandar revelar, rachar a despesa com os amigos, fazer copias, colar nos albuns e tal. ou entao, usar a xereta baratinha. hj, qq adolescente conectado na red…