Pages

Saturday, July 28, 2007

COUSAS & LOUSAS

SÓ AGORA ME TOQUEI QUE A GENTE JÁ PASSOU DA METADE DO ANO E AINDA NÃO FIZEMOS A NOSSA LISTINHA MELHORES DO SEMESTRE. OU JÁ FIZEMOS? BOM, SEJA COMO FOR, VOU DROPAR ALGUNS ITENS AQUI E VCS CONTINUAM (E VOU ATUALIZANDO, TBM):

DISCOS = OS NOVOS DO QOTSA, STRIPES, ARCADE FIRE, INTERPOL, LCD, !!! E OS DE ESTRÉIA DE DIGITALISM E JUSTICE...

SINGLES: "HEART-SHAPED GLASSES", MARILYN MANSON

SHOWS: "HOW TO BE A MEGASTAR 2.0", BLUE MAN GROUP

FILMES = TRANSYLVANIA, O HOSPEDEIRO, HOT FUZZ, BORAT OK, ESTREOU AQUI SÓ EM FEVEREIRO), BREE OLSEN CLIPS...

TEATRO: RENATO RUSSO (BRUCE GOMLEVSKI)

TV = ESTRÉIAS DE DEXTER E LIFE ON MARS, E OS FINAIS DOS SOPRANOS, ENTOURAGE E LOST...

RÁDIO: PATRULHA DA CIDADE (AM), RONCARONCA (FM)

GAMES: GOD OF WAR II, GUITAR HERO II

MIXX = PODER ANDAR PELA CIDADE SEM MEDO POR CAUSA DO PAN, O FRIOZINHO BACANA QUE ANDA FAZENDO...
Monday, July 23, 2007

paraíso artificial

SEMPRE GOSTEI DE CAMINHAR OU PEDALAR PELA CIDADE, A QUALQUER HORA DO DIA, EM QUALQUER LUGAR. ATE QUE, HA UNS 12 ANOS, FUI ASSALTADO NA LAGOA, ME LEVARAM UMA BIKE, POR VOLTA DAS 19H. PAREI DE ANDAR A NOITE NAQUELA ÁREA. EM OUTRA OCASIÃO, E COM OUTRA BIKE, FUI AMEAÇADO AO CRUZAR O TUNEL QUE LIGA COPACABANA A BOTAFOGO, EM PLENA LUZ DO DIA. TIVE QUE ME JOGAR PRA PISTA DE ALTA VELOCIDADE. DIGO ISSO PQ, EM TEMPOS DE PAN, VOLTEI A FAZER ESSES TRAJETOS SEM PROBLEMAS. VC PODE ANDAR PELA LAGOA A NOITE E, DE DIA, ENCONTRA ATE OS GUARDA MUNICIPAIS, QUE NUNCA SAO VISTOS NA AREA. NO SÁBADO, CRUZEI LEBLON, IPANEMA, COPA, ATRAVESSEI O TUNEL (NAO VI LIXO, NEM MENDIGOS NO CAMINHO), DESCI PELA CICLOVIA ATE A BAIA DE BOTAFOGO, FUI E VOLTEI TRANQUILO. PQ A CADA CANTO TINHA POLICIA. MAS, COMO VCS, SEI QUE ISSO É TEMPORÁRIO. ASSIM QUE O PAN ACABAR O PAM VAI VOLTAR, A LAGOA VAI FICAR DESERTA A NOITE E A SUJEIRA E AS AMEAÇAS URBANAS VOLTARÃO A COPACABANA. PENA, PQ ME SENTI SEGURO COMO SÓ ME SINTO QNDO VIAJO PARA QUALQUER GRANDE CIDADE DO MUNDO, NAS QUAIS VOU E VOLTO LIVREMENTE, SEJA DIA OU MADRUGADA. PELO MENOS NAS AREAS MAIS TURISTICAS, PORQUE, VIOLENCIA, TEM EM QUALQUER PARTE, NÃO SE ENGANE. MAS NAO TODO DIA, TODA HORA, COMO EM NOSSA CIDADE MARAVILHOSA, MAS PERIGOSA... INFELIZMENTE.
Wednesday, July 18, 2007

o circo chegou!


Circo é bizarro. Circo é brega. Circo fede. Mas eu sempre gostei de circo. Talvez pq, o primeiro a que fui, o Tihany, era muito acima da média (comparando com o Garcia, Vostok e outros, era até covardia). Uma mistura de music hall de Las Vegas com aqueles circos de filme: jaula de felinos, magicos bacanas, trapezistas classe a, elefantes bonitos, águas dançantes, números teatrais. Era um circo caro e super profissa. Mas, com o tempo, o circo foi morrendo, ficando ultrapassado e, o golpe de misericórdia foi dado com a proibição de animais. Como ir num circo e não ver cães, chimpanzés na bicicleta? Ou leões sendo domados? Ou cavalos com mulheres gostosas em cima? Perdeu a graça totalmente. Tanto que um dos circos mais tradicionais do país e um dos últimos, o Orlando Orfei, está armado na Praça Onze, mas sem animal algum. Logo ele, cujo dono (que também era o dono do saudoso Tivoli Park na Lagoa) é um dos maiores domadores de feras do planeta? Eu sei que os animais sofrem no circo, mas eles eram a alegria e principal atração, junto com os mágicos e os palhaços. Certa vez, numa matinê do Tihany (fui lá várias vzs, ele ficou seis meses na cidade, sempre com casa cheia), rolou maior estresse entre uma pantera e os tigres na jaula, quase deu merda. Sem isso, restaram os churros, os contorcionistas e os malabaristas. Alguem ai ja foi num circo ou pretende ir neste, mesmo sendo meio tosco?
Monday, July 16, 2007

Darth sneaker



QUE MANÉ IPHONE QUE NADA. MEU SONHO DE CONSUMO INSTANTÂNEO ATUAL DO MOMENTO AGORA É O TENIS EDIÇÃO LIMITADA QUE A ADIDAS VAI LANÇAR PARA COMEMORAR OS 30 ANOS DE STAR WARS. O PRIMEIRO DA SERIE SERA O DARTH VADER SNEAKER!!! AINDA NAO ESTÁ NAS LOJAS. PRECISO TER ESSA PARADA, SENAO MEU CORAÇÃO NERD VAI TER UM TRECO! (RSRSRSRS!!!)


Saturday, July 14, 2007

Blue Man x 3


A primeira vez q vi o Blue Man Group foi na performance Tubes, no final dos anos 80, num teatrinho off-Broadway em NY. Então, era uma coisa realmente alternativa e vanguarda. Os caras ja falavam dos males da tecnologia (a solidão virtual) e alertavam para o aquecimento global! E o som era uma mistura de Test Department com Uatki. Mais de uma década depois assisti a versão arena do show deles, How to be a megastar, na qual fazem uma critica ao estado atual em que o pop e o culto a celebridade chegou. E eles mesmos já estão nessa. Agora são uma empresa que viaja o mundo com varios grupos. Na sexta vi o show aqui. A versão casa de show é melhor do que a arena, pq vc fica mais perto da ação. Mas eles não cortam nada do show original. E fizeram uma excelente adaptação dos textos e falas em inglês para o português (inclusive adicionando um pequeno esquete para o Brasil/sulamérica). Ficou muito bacana. Muita gente confunde Blue Man com Stomp. Mas se sua avó for com o grupo dela ver o show, vai sair de lá com os cabelos em pé. Embora seja para todas as idades, é um espetáculo mais para quem está familiarizado com o mundo do pop e rock. Aliás, é um show com mais atitude do que da maioria das bandas atuais.

WELCOME TO CONGO!

ENQUANTO ESPERAVA A GRAVAÇÃO DO PROGRAMA DO GNT NA SEXTA A TARDE, VI PELA TV NUMA SALINHA/CAMARIM A ABERTURA DOS JOGOS PAN-AMERICANOS. E O QUE FOI AQUILO? DIGO, ATE TAVA LEGAL E COISA E TAL. MAS PARECIA QUE EU TAVA NA AFRICA. DESDE A ABERTURA COM O MENINO DO TAMBOR ATE A APRESENTAÇÃO DE UM GRUPO AFRO QUE VEIO DEPOIS, NADA ALI DIZIA QUE SE TRATAVA DO BRASIL. NAO HAVIA UM SO PINGO DE VERDE E E AMARELO NAS VESTIMENTAS, NEM SEQUER UM VESTIGIO DE SAMBA OU BOSSA-NOVA NO SOM. PARECIA MAIS UMA CENA DO REI LEAO DA BROADWAY. PQ AQUELAS DANÇAS? PQ AQUELAS CORES? SE HA UM MOTIVO, ME EXPLIQUEM, PF. SENÃO TEREI QUE DAR RAZÃO AO AMERICANO ARROGANTE (OU DONO DE UMA VEIA DE HUMOR NEGRO?) QUE FOI BANIDO DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DE SEU PAÍS PQ BOTOU UMA PLACA NA SALA AVISANDO "WELCOME TO CONGO" (ELE ALEGOU QUE FOI POR CAUSA DO CALOR QUE FAZIA NO RIO). PELO QUE VI ONTEM A TARDE, O CARA TAVA PROFETIZANDO O QUE VIRIA...
Tuesday, July 10, 2007

Montando a cena


O Luciano Vianna (do site London Burning e das festas Ploc) alugou o decadente Scala e anda fazendo umas paradas por lá. Uma delas será a festa Rockscene, que rola nessa sexta-feira 13, com shows das bandas Columbia (aqui do Rio, ainda não ouvi, nem vi) e Montage (que já vi na internet). Esta última (na foto) é do Ceará e faz uma espécie de rock eletrônico com toques andróginos por conta de seu vocalista. Entre as bandas, vão rolar sets de rock e eletrônica com djotas variados como Wilson Power (da Tilt/Fosfobox), Miss Playmobil (do Dama), Ze Roberto Marr (Zero-zero), este amigo felino de vcs e mais alguns q agora não me lembro. O principal vai ser a diversidade da noite, mostrando a cara do rock contemporâneo, que não tem medo de misturar guitarras com teclados. Se a festa der certo (precisa de pelo menos mil pagantes para vingar, o Scala cabe muito mais que isso), ela será mensal, e, em agosto, o plano da produção é trazer uma atração gringa (inglesa). Então, tá nas mãos da galera o sucesso da noite e sua continuidade. Depois não adianta reclamar que não rola nada aqui...
Saturday, July 07, 2007

Algumas


Depois de uma semana muito corrida, aqui vão uns lances:

*O falecimento do flautista e trombonista Rafael Torres, 24, da banda pernambucana Mombojó e que mantinha um projeto paralelo chamado Del Rey (que só toca músicas de Roberto Carlos). O Rafa, como era conhecido, morreu na noite de quinta-feira (5/7), vítima de um ataque cardíaco. Ele sofria de uma doença congênita chamada trombocitose.

*Sexta à tarde conversei com o Lenny Kravitz num bar em Copa. O séquito do cara era grande e ele já fala no piloto automático. Nunca fui fã, mas gostava do single "Mr. cab driver".

*Assisti ao filme "Transformers". Como diz uma piada na série "Entourage", imagine um filme com roteiro de Kevin Smith e diriigido pelo Michael Bay. É marromenos isso: barulhento, confuso, com piadinhas pop enxertadas, um saco. Só os robôs salvam. E dura duas horas e meia! Nem é teen, nem infantil, nem cool, nem nada.

*Cool (mesmo) foi o show de neve do palhaço russo Slava na Barra. Achei muito legal. E sinistro. O efeito especial da cena final (foto) é espetacular. Quem não viu, perdeu...

*E acabei vendo tbm o novo do Harry Potter. Não li os livros e nem sou fã da série, mas num cenário com filmes do tipo Piratas do Caribe e Transformers, onde os efeitos e excessos são a atração, "A Ordem da Fênix" é sombrio, pesado, contido e deixa o melhor pro final
Sunday, July 01, 2007

O último sopro


Começa hj à noite na HBO a segunda parte da sexta e última temporada de "Família Soprano" (The Sopranos), uma das melhores séries dramáticas já vistas na TV (só não digo que é a melhor pq "Six feet under" tbm foi foda). Serão apenas mais oito capítulos para encerrar a saga de Tony Soprano (James Gandolfini, na foto) e companhia. Acompanhei toda essa fase pela internet, pq não ia poder dormir direito sabendo q a série acabou e não vi o final (aqui, só em dois meses). Como fã, que seguiu tudo desde o começo (um dos motivos de assinar a DirecTV foi para ter HBO e poder ver a série, na época só tinha HBO na DTV e TVA :-)), posso comentar que essa última fase não teve o brilho das temporadas dois, tres e quatro (as melhores), mas tudo esteve dentro do que poderia ser, inclusive o final, que deixou parte dos americanos chateados. Eu adorei, pq a serie sempre foi diferente dos cliches de filmes de máfia e não seria diferente no final (não posso entregar nada). Só digo que foram os cinco minutos finais mais angustiantes que ja senti em final de qq série. Nem há o que destacar no geral, ja que todo o elenco, as atuações, os roteiros, as situações, foram tudo de alto nível. E os mafiosos de Nova Jersey até me incutiram valores familiares!!! (rs) Bravo!!!

NA CIDADE

NOVEMBERINAS:

Teatro Odisseia 17 – Siriun / Gutted Souls / Obituary (EUA)  21 – Delain (HOL) 26 - Vanguart / Ariella

Teatro Rival 16 – Tempero Carioca 17 - Eddie 22 – Rival Rebolado 23 – Nelson Sargento 25 – Festa Batmakumba: Abayomy 30 - Festival Norueguês: Sondre Lerche / Greni

Teatro Riachuelo 22 – Golden Boys

Casa Julieta de Serpa (Praia do Flamengo) 19 - Paris Jazz & Blues: Marcio Lott & Charles Marot Trio  26 - Paris Jazz & Blues: Carol Fazu

Coordenadas Bar (Botafogo) 05, 12, 19 e 26 – Pedro Baby & Convidados 21 - Sérgio Rocha Blues Band: Homenagem a Celso Blues Boy Estúdio Fórum (Botafogo) 24 - Sexta Infame: PxExNxE (COL) / Blaspherion / Lástima / Baga

Solar de Botafogo 16 – Paulo Malaguti 22 - Andrea Dutra & Cacala Carvalho & Elisa Queirós: Salto Triplo 24 - Kosmus / Aura / Psilocibina 29 – Gabriel Calisman Audio Rebel 17 - Ostra Brains / ‎Whatever Happened to Baby Jane (ES) 18 - Os Chás / Ente 19 - Altair Martins & Widor Santiago & Marcelo Magalhães Pinto & Didac Tiago & Roberto Rutigliano: Homenagem a Miles Davis & John Coltrane

Theatro Net Rio 27 -  Alessandra Verney  29 – Silva Canta Marisa Monte 

Blue Note 16 - Didier Lockwood Trio (FRA)  17 - Antônio Carlos & Jocafi Convidam Ithamara Koorax (20h)  17 e 18 - Amaro Freitas (22h30) 22 - Banda Zil (20h) 22 - Lina Nyberg (SUE) – Participação: Ilessi (22h30) 23 – Quarteto do Rio & Roberto Menescal – Participação: Joyce & Wanda Sá & Pedro Miranda (20h) 23 – Insula (22h30) 24 e 25 - Kenny Garret Quartet  29 e 30 - Ed Motta: Baile do Flashback

Ganjah Lapa 16 - Samba Que Elas Querem 17 - Anjos de Vidro / Mara Rúbia 22 - Conterrâneos 28 – Theozin

Sala Baden Powell 18 – Boca Livre 19 - Fhernanda Fernandes - Participação: Andréa França, Clarisse Grova, Nana Kozak, Ninah Jo, Sandra Duailib 22 – Doralyce & Maracutaia 25 - Augusto Martins & Paulo Malaguti 26 - João Carlos Assis Brasil & Carlos Navas

KM de Vantagens Hall 17 e 18 – Marisa Monte & Paulinho da Viola

Praça da Apoteose 18 e 19 - DNCE / Bruno Mars

Teatro da UFF (Niterói) 24 a 26 – MPB – a Era dos Festivais: Soraya Ravenle & Edu Krieger & Marcelo Caldi & Fabiano Salek & PC Castilho

Planet Music (Cascadura) 18 - Fugindo da Realidade / De Outono / Fall Back / Visceral Fear / We Are The Revenge  25 - For Annie / Ollie / Colorado / Visceral Fear

Imperator 19 - Folakemi / Jesuton / DJ Marcello MBGroove 20 – Mariene de Castro 21 – Terraço do Imperator: Jazz Pras Sete: Pimenta Jazz Trio 22 – Marcio Gomes 23 – Humberto Gessinger: “A Revolta dos Dândis – 30 Anos” 24 – Cidade Negra Canta Gilberto Gil 25 – Terraço do Imperator: Forró Lánalaje: Trio Ventura / DJ Edna Carvalho 25 – Paulinho Moska 26 - Fafá de Belém (com Manoel & Felipe Cordeiro): Guitarradas do Pará 28 – Coral Imperator

Centro de Referência da Música (Tijuca) 16 – Magali 17 – Carlos Uzêda 18 – Ana Costa & Carrapicho Rangel 21 - Dagô 23 – Felipe Adetokunbo 24 – Nina Rosa & Thiago Kobe 25 – Rodrigo Maranhão & Pretinho da Serrinha 29 – Joyce Cândido Canta Elis Regina  30 – Michel Taski O Pecado Mora Ao Lado (Praça da Bandeira) 15 - Acidez (MEX) / Pós-Sismo / Juventude Maldita (SP) / Dissgrama  18 - Sétimo Andar / Circus / Roterdan / Pilfer

Aparelho (Centro) 18 - Second Come 24 - Felipe Zenicola / Marcos Campello / Lucas Pires  Motim (Centro) 24 - Gragoatá / Vitor Milagres / Daniel Villares

Quintas no BNDES 19h - grátis 16 - Karla da Silva 23 - CDR Style 30 - Sergio Santos

Teatro Glauce Rocha (Centro) 16 - Fábrica Orquestra  23 - Alice Passos & Maurício Carrilho  30 - Olivia & Francis Hime CCBB 18 - Madrugada no Centro: Larissa Luz - Participação: MV Bill & Caio Prado / Festas Soul de Santa, Trap'in, QXO  Museu de Arte do Rio 24 - Sarau do Alemão / Rincon Sapiência

Som no Deck T.T. Burger - Leblon 19h - grátis 16 - Os Camelos 23 - Pimenta Jazz Trio 30 - Qinho

BRASIL EM TRANSE: Com curadoria de Ismail Xavier e coordenação da Sociedade Amigos da Cinemateca, em parceria com a Cinemateca Brasileira e o Cinusp, esta Mostra reúne mesas de debate e exibição de filmes que acontece de 16 de novembro a 1º de dezembro, em São Paulo. CINEMATECA BRASILEIRA

Circuito SESC 17 - São Gonçalo: Cassiano & Trio Beija Flor (16h - grátis) 18 - Copacabana: Guilherme Pimenta Trio (16h - grátis) 19 - São Gonçalo: Monarco (16h - R$ 20) 20 - São João de Meriti: Ed Motta SOLO (16h - R$ 20) 24 - Niterói: De Leve (19h - R$ 20) 25 - Madureira: De Leve (17h - R$ 20) 25 - Ramos: Cassiano & Trio Beija Flor (17h - grátis) 25 - São Gonçalo: Bebeto (17h - R$ 20) 26 - Madureira: Dorina (17h - grátis) 26 - São Gonçalo: De Leve (19h - R$ 20) 29 - Tijuca: Marcelo D2 & SambaDrive (19h30 - R$ 20) 30 - Tijuca: De Leve (20h - R$ 20) ______________________________

MIXX: 17 – Santos – Praça XV 17 - Victor Bertrami Quarteto - Participação: Azymuth, Arthur Maia, Robertinho Silva, Kiko Continentino – Casa com a Música / Lapa 17 - Aether / Tempus Fugit – Lona Elza Osborne / Campo Grande 18 - Festival Rock no Parque: Bala N'Agulha / Dona Penha – Arena Dicró / Penha 18 - Wake The Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Magé Futebol Clube 19 - Surra (SP) / Plastic Fire / Halé / Triunfe – La Esquina / Lapa

25 – Qinho - Ahlma.CC / Leblon 25 - AcaraJazZ: Bondesom / Juliana Linhares / Doralyce – Rio City Lab / Santo Cristo 26 - Alaska (SP) / Hover / Whipallas – La Esquina / Lapa 26 - Cervical / Mari & The GoodFellas / Facing Fear – Calabouço / Vila Isabel 29 - Baculeju da Sandra de Sá – Teatro Glaucio Gill / Copacabana

o MIMO, que chega a Olinda nesse fim de semana (17 a 19 de novembro).   É a última etapa de 2017 do festival – depois de passar por Portugal, Tirandentes, Ouro Preto, Paraty e Rio de Janeiro –, com 44 atrações gratuitas de música, cinema e educação.

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

SHOW SOBREGAL - MARCELA MANGABEIRA Dia: 16 de novembro (quinta-feira) Horário: 20h Local: Teatro Municipal Café Pequeno Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 269, Leblon - Rio de Janeiro, RJ Tel.: 2294-4480

50 ANOS DE CARREIRA: Antônio Carlos e Jocáfi convidam Ithamara Koorax Dia 17 de novembro (sexta) Blue Note Rio – Av. Borges de Medeiro, 1424 - Lagoa   SESSÃO: Sessão: 20 horas

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Parque Villa-Lobos/SP recebe SlowKids em 18 de novembro     Evento gratuito busca desacelerar as crianças do universo tecnológico com um dia inteiro de brincadeiras tradicionais, teatro, literatura e música; “Kombi dos sonhos” será uma das novidades desta nona edição

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

'Cria', novo espetáculo de Alice Ripoll no grupo Suave, traz 'dancinha', dança contemporânea e funk ao Sergio Porto/HUMAITÁ e ao Centro Coreográfico. o trabalho estreia dia 17 com 10 dançarinos em uma mistura inovadora que também traz a dança afro, o afrofunk, o passinho, contato- improvisação e linguagem teatral de 17 a 20 de novembro de 2017 Horários: Sexta-feira - 21h                 Sábado - 21h                 Domingo - 20h                 Segunda-feira - 21h

O espetáculo “Kid Morengueira – Olha o breque!” homenageia Moreira da Silva (1902 – 2000), o cantor que popularizou o samba de breque, tornando-se um ícone da música brasileira. O samba permitiu a ele criticar, sempre com muito bom humor, os poderosos com seus desmandos, os malandros que conheceu na noite, e os compositores que ajudou a tornar conhecidos. A peça estreia para uma curta temporada no Teatro I do Sesc Tijuca - de 03 de novembro a 03 de dezembro, de sexta a domingo, sempre às 20:00.

Após o sucesso da temporada nos meses de abril e maio desse ano, que passou por sete cidades brasileiras e esgotou em todas as praças, o espetáculo “STOMDUP” de Tom Cavalcante volta para novas apresentações no Rio de Janeiro (dia 01 de novembro, no Teatro Bradesco Rio); Natal (dia 30 de novembro, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dia 01 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza).

SOLID ROCK: a participação da banda Lynyrd Skynyrd no Solid Rock (Curitiba, Pedreira Paulo Leminski, dia 12/12; São Paulo, Allianz Parque, dia 13/13; e Rio de Janeiro, Jeunesse Arena, dia 15/12) acaba de ser CANCELADA por motivos pessoais da banda. No lugar, Cheap Trick será a banda que fará parte do lineup, junto do Deep Purple e Tesla. Mais informações sobre devolução de ingressos serão divulgadas em breve.

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers