Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2007

COUSAS & LOUSAS

SÓ AGORA ME TOQUEI QUE A GENTE JÁ PASSOU DA METADE DO ANO E AINDA NÃO FIZEMOS A NOSSA LISTINHA MELHORES DO SEMESTRE. OU JÁ FIZEMOS? BOM, SEJA COMO FOR, VOU DROPAR ALGUNS ITENS AQUI E VCS CONTINUAM (E VOU ATUALIZANDO, TBM):

DISCOS = OS NOVOS DO QOTSA, STRIPES, ARCADE FIRE, INTERPOL, LCD, !!! E OS DE ESTRÉIA DE DIGITALISM E JUSTICE...

SINGLES: "HEART-SHAPED GLASSES", MARILYN MANSON

SHOWS: "HOW TO BE A MEGASTAR 2.0", BLUE MAN GROUP

FILMES = TRANSYLVANIA, O HOSPEDEIRO, HOT FUZZ, BORAT OK, ESTREOU AQUI SÓ EM FEVEREIRO), BREE OLSEN CLIPS...

TEATRO: RENATO RUSSO (BRUCE GOMLEVSKI)

TV = ESTRÉIAS DE DEXTER E LIFE ON MARS, E OS FINAIS DOS SOPRANOS, ENTOURAGE E LOST...

RÁDIO: PATRULHA DA CIDADE (AM), RONCARONCA (FM)

GAMES: GOD OF WAR II, GUITAR HERO II

MIXX = PODER ANDAR PELA CIDADE SEM MEDO POR CAUSA DO PAN, O FRIOZINHO BACANA QUE ANDA FAZENDO...

paraíso artificial

SEMPRE GOSTEI DE CAMINHAR OU PEDALAR PELA CIDADE, A QUALQUER HORA DO DIA, EM QUALQUER LUGAR. ATE QUE, HA UNS 12 ANOS, FUI ASSALTADO NA LAGOA, ME LEVARAM UMA BIKE, POR VOLTA DAS 19H. PAREI DE ANDAR A NOITE NAQUELA ÁREA. EM OUTRA OCASIÃO, E COM OUTRA BIKE, FUI AMEAÇADO AO CRUZAR O TUNEL QUE LIGA COPACABANA A BOTAFOGO, EM PLENA LUZ DO DIA. TIVE QUE ME JOGAR PRA PISTA DE ALTA VELOCIDADE. DIGO ISSO PQ, EM TEMPOS DE PAN, VOLTEI A FAZER ESSES TRAJETOS SEM PROBLEMAS. VC PODE ANDAR PELA LAGOA A NOITE E, DE DIA, ENCONTRA ATE OS GUARDA MUNICIPAIS, QUE NUNCA SAO VISTOS NA AREA. NO SÁBADO, CRUZEI LEBLON, IPANEMA, COPA, ATRAVESSEI O TUNEL (NAO VI LIXO, NEM MENDIGOS NO CAMINHO), DESCI PELA CICLOVIA ATE A BAIA DE BOTAFOGO, FUI E VOLTEI TRANQUILO. PQ A CADA CANTO TINHA POLICIA. MAS, COMO VCS, SEI QUE ISSO É TEMPORÁRIO. ASSIM QUE O PAN ACABAR O PAM VAI VOLTAR, A LAGOA VAI FICAR DESERTA A NOITE E A SUJEIRA E AS AMEAÇAS URBANAS VOLTARÃO A COPACABANA. PENA, PQ ME SENTI SEGURO COMO SÓ ME SINTO QNDO VIAJO P…

o circo chegou!

Circo é bizarro. Circo é brega. Circo fede. Mas eu sempre gostei de circo. Talvez pq, o primeiro a que fui, o Tihany, era muito acima da média (comparando com o Garcia, Vostok e outros, era até covardia). Uma mistura de music hall de Las Vegas com aqueles circos de filme: jaula de felinos, magicos bacanas, trapezistas classe a, elefantes bonitos, águas dançantes, números teatrais. Era um circo caro e super profissa. Mas, com o tempo, o circo foi morrendo, ficando ultrapassado e, o golpe de misericórdia foi dado com a proibição de animais. Como ir num circo e não ver cães, chimpanzés na bicicleta? Ou leões sendo domados? Ou cavalos com mulheres gostosas em cima? Perdeu a graça totalmente. Tanto que um dos circos mais tradicionais do país e um dos últimos, o Orlando Orfei, está armado na Praça Onze, mas sem animal algum. Logo ele, cujo dono (que também era o dono do saudoso Tivoli Park na Lagoa) é um dos maiores domadores de feras do planeta? Eu sei que os animais sofrem no circo, mas e…

Darth sneaker

QUE MANÉ IPHONE QUE NADA. MEU SONHO DE CONSUMO INSTANTÂNEO ATUAL DO MOMENTO AGORA É O TENIS EDIÇÃO LIMITADA QUE A ADIDAS VAI LANÇAR PARA COMEMORAR OS 30 ANOS DE STAR WARS. O PRIMEIRO DA SERIE SERA O DARTH VADER SNEAKER!!! AINDA NAO ESTÁ NAS LOJAS. PRECISO TER ESSA PARADA, SENAO MEU CORAÇÃO NERD VAI TER UM TRECO! (RSRSRSRS!!!)


Blue Man x 3

A primeira vez q vi o Blue Man Group foi na performance Tubes, no final dos anos 80, num teatrinho off-Broadway em NY. Então, era uma coisa realmente alternativa e vanguarda. Os caras ja falavam dos males da tecnologia (a solidão virtual) e alertavam para o aquecimento global! E o som era uma mistura de Test Department com Uatki. Mais de uma década depois assisti a versão arena do show deles, How to be a megastar, na qual fazem uma critica ao estado atual em que o pop e o culto a celebridade chegou. E eles mesmos já estão nessa. Agora são uma empresa que viaja o mundo com varios grupos. Na sexta vi o show aqui. A versão casa de show é melhor do que a arena, pq vc fica mais perto da ação. Mas eles não cortam nada do show original. E fizeram uma excelente adaptação dos textos e falas em inglês para o português (inclusive adicionando um pequeno esquete para o Brasil/sulamérica). Ficou muito bacana. Muita gente confunde Blue Man com Stomp. Mas se sua avó for com o grupo dela ver o sho…

WELCOME TO CONGO!

ENQUANTO ESPERAVA A GRAVAÇÃO DO PROGRAMA DO GNT NA SEXTA A TARDE, VI PELA TV NUMA SALINHA/CAMARIM A ABERTURA DOS JOGOS PAN-AMERICANOS. E O QUE FOI AQUILO? DIGO, ATE TAVA LEGAL E COISA E TAL. MAS PARECIA QUE EU TAVA NA AFRICA. DESDE A ABERTURA COM O MENINO DO TAMBOR ATE A APRESENTAÇÃO DE UM GRUPO AFRO QUE VEIO DEPOIS, NADA ALI DIZIA QUE SE TRATAVA DO BRASIL. NAO HAVIA UM SO PINGO DE VERDE E E AMARELO NAS VESTIMENTAS, NEM SEQUER UM VESTIGIO DE SAMBA OU BOSSA-NOVA NO SOM. PARECIA MAIS UMA CENA DO REI LEAO DA BROADWAY. PQ AQUELAS DANÇAS? PQ AQUELAS CORES? SE HA UM MOTIVO, ME EXPLIQUEM, PF. SENÃO TEREI QUE DAR RAZÃO AO AMERICANO ARROGANTE (OU DONO DE UMA VEIA DE HUMOR NEGRO?) QUE FOI BANIDO DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DE SEU PAÍS PQ BOTOU UMA PLACA NA SALA AVISANDO "WELCOME TO CONGO" (ELE ALEGOU QUE FOI POR CAUSA DO CALOR QUE FAZIA NO RIO). PELO QUE VI ONTEM A TARDE, O CARA TAVA PROFETIZANDO O QUE VIRIA...

Montando a cena

O Luciano Vianna (do site London Burning e das festas Ploc) alugou o decadente Scala e anda fazendo umas paradas por lá. Uma delas será a festa Rockscene, que rola nessa sexta-feira 13, com shows das bandas Columbia (aqui do Rio, ainda não ouvi, nem vi) e Montage (que já vi na internet). Esta última (na foto) é do Ceará e faz uma espécie de rock eletrônico com toques andróginos por conta de seu vocalista. Entre as bandas, vão rolar sets de rock e eletrônica com djotas variados como Wilson Power (da Tilt/Fosfobox), Miss Playmobil (do Dama), Ze Roberto Marr (Zero-zero), este amigo felino de vcs e mais alguns q agora não me lembro. O principal vai ser a diversidade da noite, mostrando a cara do rock contemporâneo, que não tem medo de misturar guitarras com teclados. Se a festa der certo (precisa de pelo menos mil pagantes para vingar, o Scala cabe muito mais que isso), ela será mensal, e, em agosto, o plano da produção é trazer uma atração gringa (inglesa). Então, tá nas mãos da galera o…

Algumas

Depois de uma semana muito corrida, aqui vão uns lances:

*O falecimento do flautista e trombonista Rafael Torres, 24, da banda pernambucana Mombojó e que mantinha um projeto paralelo chamado Del Rey (que só toca músicas de Roberto Carlos).O Rafa, como era conhecido, morreu na noite de quinta-feira (5/7), vítima de um ataque cardíaco. Ele sofria de uma doença congênita chamada trombocitose.

*Sexta à tarde conversei com o Lenny Kravitz num bar em Copa. O séquito do cara era grande e ele já fala no piloto automático. Nunca fui fã, mas gostava do single "Mr. cab driver".

*Assisti ao filme "Transformers". Como diz uma piada na série "Entourage", imagine um filme com roteiro de Kevin Smith e diriigido pelo Michael Bay. É marromenos isso: barulhento, confuso, com piadinhas pop enxertadas, um saco. Só os robôs salvam. E dura duas horas e meia! Nem é teen, nem infantil, nem cool, nem nada.

*Cool (mesmo) foi o show de neve do palhaço russo Slava na Barra. Achei muito …

O último sopro

Começa hj à noite na HBO a segunda parte da sexta e última temporada de "Família Soprano" (The Sopranos), uma das melhores séries dramáticas já vistas na TV (só não digo que é a melhor pq "Six feet under" tbm foi foda). Serão apenas mais oito capítulos para encerrar a saga de Tony Soprano (James Gandolfini, na foto) e companhia. Acompanhei toda essa fase pela internet, pq não ia poder dormir direito sabendo q a série acabou e não vi o final (aqui, só em dois meses). Como fã, que seguiu tudo desde o começo (um dos motivos de assinar a DirecTV foi para ter HBO e poder ver a série, na época só tinha HBO na DTV e TVA :-)), posso comentar que essa última fase não teve o brilho das temporadas dois, tres e quatro (as melhores), mas tudo esteve dentro do que poderia ser, inclusive o final, que deixou parte dos americanos chateados. Eu adorei, pq a serie sempre foi diferente dos cliches de filmes de máfia e não seria diferente no final (não posso entregar nada). Só digo que…