NA COVA DO LEÃO

Friday, October 26, 2012

DE ONDE VEM O BONDE

ESTREIA NO BRASIL, DUAS SEMANAS ANTES DOS EUA, O NOVO FILME DO ESPIÃO BRITANICO JAMES BOND, O AGENTE SECRETO 007 (QUE TEM PERMISSÃO PARA MATAR), 'OPERAÇÃO SKYFALL'. EM TODO FILME DE BOND, NOS ULTIMOS 50 ANOS, TEMOS SEMPRE MUITA AÇÃO, MULHERES BONITAS E UM VILÃO CARICATO. ESTE NAO ESCAPOU DOS CLICHÊS, ELES ESTAO TODOS LÁ. MAS NÃO É IGUAL A NENHUM OUTRO. EM 'SKYFALL', BOND TOMA UM CHOQUE DE REALIDADE, PERCEBE QUE AQUELE MUNDO DOS AGENTES SECRETOS (SATIRIZADO POR AUSTIN POWERS) NAO EXISTE MAIS E, PELA PRIMEIRA VEZ, DESCOBRIMOS VARIOS DETALHES DO PASSADO DE BOND, UM ESCOCES QUE FICOU ORFAO CEDO POR UMA TRAGEDIA E FOI MEIO QUE ADOTADO POR M (JUDI DENCH), SE TORNANDO O MELHOR AGENTE DO MI6.


ENTÃO, O FILME TEM MULHER BONITA (DUAS, MAS UMA BOND GIRL QUE FICA POUCO TEMPO EM CENA, O BASTANTE PARA QUE BOND A 'FAÇA'), CENAS DE AÇÃO (MAS NÃO TÃO ABSURDAS COMO ANTES, MAIS PROXIMAS DO CRIVEL), ELEMENTOS QUE CITAM A MITOLOGIA 'BONDIANA' (O ASTON MARTIN USADO NOS FILMES DE SEAN CONNERY, POR EXEMPLO) E UM VILÃO AMBIGUO E PERTURBADO (JAVIER BARDEM, ÓTIMO). MAS NAO HA RAIOS MORTAIS NEM INSTALAÇÕES GIGANTESCAS E MIL CAPANGAS UNIFORMIZADOS. TUDO AGORA PODE SER CONTROLADO DE UM LAPTOP, É TUDO LIMPO E RÁPIDO. OS TEMPOS SÃO OUTROS. E, OU BOND SE ADAPTA A ELE, OU, LITERALMENTE, MORRE. O QUE ACONTECE, SIMBOLICAMENTE, NO INICIO.


COM ESSA PREMISSA, AO MESMO TEMPO O FILME ATUALIZA O PERSONAGEM (O DIRETOR SAM MENDES DEU UM TOQUE BATMAN DE CHRIS NOLAN AO TODO) E FECHA UMA ERA PARA COMEÇAR OUTRA COISA. TUDO MUITO BEM ENCAIXADO. OS FÃS NAO TERAO DO QUE RECLAMAR. E OS QUE JAMAIS VIRAM UM FILME DE BOND VAO, NÃO SÓ, CONHECER O PERSONAGEM A FUNDO, COMO NUNCA ANTES, COMO TERAO UM FILME DE ENTRETENIMENTO UM POUCO ACIMA DA MÉDIA. E COM UM LEVE TOQUE DE HUMOR QUE, ATE AGORA, O BOND DE DANIEL CRAIG NUNCA TEVE. BULLSEYE!



*AH, O TEM-TITULO DE ADELE É UM DOS MELHORES DA SERIE ATE HJ...
Sunday, October 21, 2012

O AMOR PREVALECE...



DOIS FILMES EM CARTAZ TRATAM DO AMOR DE FORMAS BEM DIFERENTES E BACANAS: 'MOONRISE KINGDOM' (FELIZMENTE, SEM SUBTITULO ABSURDO EM PORTUGUES) E 'RUBY SPARKS-A NAMORADA PERFEITA' (O SUBTITULO NÃO ATRAPALHA), O PRIMEIRO É O NOVO (E MELHOR) FILME DE WES ANDERSON, QUE JÁ NOS DEU ANTES PEQUENAS PÉROLAS COMO 'RUSHMORE', 'THE ROYAL TENENBAUMS', 'A VIDA MARITIMA DE STEVE ZISOU' E 'EXPRESSO PARA DARJEELING'; JÁ O SEGUNDO, É O PRIMEIRO FILME PÓS-'LITTLE MISS SUNSHINE' DO CASAL JONATHAN DAYTON E VALERIE FARIS. ESTES, SERÃO SEMPRE ASSOMBRADOS POR MISS SUNSHINE, UM PEQUENO FILME QUE FATUROU MILHOES POR TER SIDO SUCESSO DE PUBLICO E DE CRITICA. COM RUBY SPARKS, ESTE FEITO NÃO SE REPETIRÁ.


NAO QUE RUBY SPARKS SEJA RUIM., MUITO PELO CONTRARIO. MAS A ONDA É OUTRA. AGORA ACOMPANHAMOS UM JOVEM ESCRITOR (PAUL DANO, DE 'THERE WILL BE BLOOD'), QUE, APÓS TER ESCRITO UM ROMANCE BEST-SELLER E TER SIDO CHAMADO DE O 'SALINGER DE SUA GERAÇÃO' FICA DEZ ANOS EM CRISE CRIATIVA, SEM CONSEGUIR ESCREVER NADA. NO LADO AFETIVO TBM VAI MAL, JÁ QUE AS MENINAS QUE SE APROXIMAM DELE SÓ O FAZEM PQ ELE É UM ESCRITOR FAMOSO, MAIS POR SEU LIVRO DO QUE POR SUA FIGURA. ENTÃO, NUMA CERTA NOITE, ELE ACORDA E VAI DIRETO PARA A MAQUINA DE ESCREVER E ESBOÇA UMA HISTÓRIA SOBRE UMA GAROTA CHAMADA RUBY SPARKS, QUE TEM TODOS OS INGREDIENTES DO QUE ELE CONSIDERARIA SER A SUA NAMORADA IDEAL. NO DIA SEGUINTE, ESTÁ LÁ A RUBY SPARKS, EM CARNE E OSSO, EM SUA CASA! PARECE UM EP DE 'TWILIGHT ZONE', PQ A GAROTA É VISTA NAO APENAS PELO ESCRITOR, MAS POR TODOS À SUA VOLTA. O DETALHE É QUE O ROTEIRO É DE ZOE KAZAN, A PROPRIA ATRIZ QUE FAZ RUBY, E QUE, ALÉM DO NOME, PARECE COM UMA ZOEY DESCHANEL MENOS POSER...

TRAILER RUBY SPARKS:


MAS EU GOSTEI MESMO DE 'MOONRISE KINGDOM'. WES ANDERSON É DONO DE UM ESTILO VISUAL UNICO, QUE APRIMORA MAIS A CADA FILME. AQUI, ELE CHEGOU A SEU APICE. ELE NARRA A HISTORIA DE AMOR ENTRE UM MENINO E UMA MENINA DE 12 ANOS, ELE UM ESCOTEIRO, ELA UMA GAROTA CHEIA DE ESTILO, QUE VIVEM NUMA ILHA. AMBOS PLANEJAM FUGIR DE CASA E IR MORAR NUM RECANTO REMOTO DA ILHA; LÁ, CONSTROEM O SEU PROPRIO LUGAR (O TAL MOONRISE KINGDOM DO TITULO), LONGE DA SOCIEDADE E DAS REGRAS DO MUNDO. É TUDO MUTO LINDO E VISUALMENTE RICO. QUEM É QUE, QUANDO CRIANÇA/TEEN, NAO SONHOU EM TER O SEU PROPRIO PAIS, VIVER AS MARGENS DO MUNDO E DOS ADULTOS? O CASALZINHO CONSEGUE, EMBORA NAO SEM ANTES PASSAR PERRENGUE POR CONTA DAS AUTORIDADES QUE VAO EM SEU ENCALÇO: O CHEFE DOS ESCOTEIROS (EDWARD NORTON), O POLICIAL LOCAL (BRUCE WILLIS), OS PAIS DA MENINA (FRANCES MCDORMAND E O ATOR-ASSINATURA DE ANDERSON, BILL MURRAY) E UMA ASSISTENTE SOCIAL (TILDA SWINTON), VISTO QUE O MENINO É ÓRFÃO. TUDO LEVA O FILME PARA UM FINAL FRENETICO, BEIRANDO O ABSURDO. TUDO NO FILME É UMA BELEZA, ATÉ MESMO SEUS CREDITOS FINAIS, DOS MELHORES QUE JA VI ATE HOJE.


NO FUNDO, OS DOIS FILMES TRATAM DE AMOR: 'RUBY SPARKS', TRATA DO AMOR IDEALIZADO, DE COMO VC PODERIA TER UMA GAROTA MOLDADA, CONTROLAR SEUS SENTIMENTOS E ATITUDES (O QUE JAMAIS IRA ACONTECER), ENQUANTO QUE 'MOONRISE KINGDOM' TRATA DO AMOR PURO, DA UNIAO DE DOIS SERES AINDA NAO MENTALMENTE POLUIDOS POR TODAS AS REGRAS QUE NOS SAO IMPOSTAS DESDE CEDO (OUTRA COISA PRATICAMENTE IMPOSSIVEL DE EVITAR HJ EM DIA). MAS, COMO DIZEM OS FRANCESES: L´AMOUR EST FOU. ENTÃO, ENQUANTO ESSA FAISCA ESCAPAR -- INDEPENDENTEMENTE DE TUDO O QUE SE ESTA CONSTRUIDO AO REDOR -, E FIZER QUEIMAR ALGO EM ALGUM LUGAR, O AMOR PREVALECERÁ.

TRAILER MOONRISE:


*ALEM DISSO, OS DOIS FILMES TEM TRILHAS SONORAS INCRIVEIS, AMBAS CURIOSAMENTE PUXADAS PARA O POP FRANCES...
Thursday, October 04, 2012

PLEASURE VICTIM: 30 ANOS

QUANDO SE FALA EM NEW WAVE POR AQUI, GERALMENTE SE FECHA NUM ESTILO DE SOM OU LINHA DE BANDAS SÓ: OS INDEFECTIVEIS DEVO E B-52´S (QUE SÃO, DE FATO EXCELENTES E INFLUENTES) OU AS BANDAS TRASH DAQUI. MAS UM DOS DISCOS MAIS PERFEITOS E COMPLETOS DA NEW WAVE AMERICANA É 'PLEASURE VICTIM', DO BERLIN. LANÇADO EM 1982 PELO SELO INDEPENDENTE ENIGMA, E, UM ANO DEPOIS, RELANÇADO PELA MERCURY (UM SELO DA POLYGRAM) PARA O MUNDO TODO, ELE FOI A TENTATIVA BEM SUCEDIDA DE UMA ALA DA CENA DE LOS ANGELES SOAR 'EUROPEIA': DESDE O NOME ATÉ O CLIMA DAS LETRAS (PRINCIPALMENTE 'THE METRO') E VISUAL DA BANDA (MEIO NEO ROMANTIC). MAS, SOBRETUDO, PELO SEU CLIMA TOTALMENTE SYNTH. COMO NENHUMA OUTRA NOS EUA NA ÉPOCA.


EM SUAS ECONOMICAS SETE FAIXAS, O BERLIN DÁ O SEU RECADO DIREITINHO: ABRE COM A ENERGETICA 'TELL ME WHY', SEGUE COM A FAIXA-TITULO E FECHA O LADO A COM A ULTRA ERÓTICA 'SEX (I´M A...)', ESPECIE DE IRMA MAIS NOVA DE 'I FEEL LOVE', COM SEU CLIMÃO MORODER. LANÇADA NUM TEMPO PRÉ PRMC, QUANDO AS MUSICAS E DISCOS PASSARAM A SER CENSURADOS COM AQUELE AVISO NA CAPA (AINDA ASSIM, CAUSOU POLEMICA E SÓ TOCAVA A NOITE NA KROQ). NAO SÓ A LETRA DE 'SEX' É MEGA PROVOCANTE, COMO NA PARTE FINAL DA MÚSICA, DÁ PARA OUVIR, DE FONE, A CANTORA TERRI NUNN DIZER COISAS COMO 'FUCK ME', 'SUCK IT' E POR AÍ. AS LETRAS DO BAIXISTA E TECLADISTA JOHN CRAWFORD, NAMORADO DE TERRI, ERAM ÓTIMAS. ROMANTICO-DEPRESSIVO-EROTICAS. O LADO B ABRE COM O SEGUNDO HIT DO DISCO, 'THE METRO', SEGUE COM A BELA 'THE MASQUERADE', 'WORLD OF SMILES' E FECHA COM A DENSA/DARK 'TORTURE'. QNDO O DISCO SAIU EM CASSETE E CD, FOI ACRESCENTADA UMA VERSÃO REMIX/EXTENDED DE 'SEX' NO FIM.


EMBORA HJ EM DIA, O BERLIN SEJA CONHECIDO (PRINCIPALMENTE POR AQUI) MAIS PELA ULTRA BABA CANÇÃO 'TAKE MY BREATH AWAY', QUE ESTOUROU NA TRILHA DE 'TOP GUN' (QUE TOCA EM PGMS DE FIM DE NOITE E ANUNCIOS) -- E QUE FOI A RESPONSÁVEL PELO FIM DA BANDA ORIGINAL --, É EM 'PLEASURE VICTIM' QUE ESTÁ A ESSENCIA DA BANDA. TENHO A VERSÃO ORIGINAL DO DISCO (QUE TAMBÉM PODE SER CHAMADO DE EP), E, ATÉ HJ, TERRI NUN (QUE COMEÇOU A CARREIRA COMO ATRIZ, APARECE NAQUELE FILME 'THANKS GOD, ITS FRIDAY!) VIVE EM L.A. E, DESDE 98, FAZ ALGUNS SHOWS REVIVALS DO BERLIN, SEM OS INTEGRANTES ORIGINAIS. MAS COM TODO O SEU SEX APPEAL (UMA COROA MILF). POR POUCO, NAO PEGUEI UM DESTES, HA UNS DEZ ANOS. MAS COMPREI UM CD GRAVADO AO VIVO NUM DESTES SHOWS MAIS RECENTES, LANÇADO PELA CLEOPATRA RECORDS...

Wednesday, October 03, 2012

KYLIE IN RIO




A estrela pop australiana Kylie e o diretor Leos Carax vieram ao Brasil especialmente para participar da coletiva de imprensa e do tapete vermelho do filme “Holy Motors”, novo longa do francês (mauvais sang, pola x) após dez anos sem dirigir. A dupla chegou ao Armazém da Utopia, no Cais do Porto, para a coletiva e, devido ao clima silenciosa na sala, Kylie foi logo dizendo: 'vcs estção muito quietos. eu não sou tão quieta assim', ai, descontraiu geral. 

 O diretor definiu “Holy Motors” como um filme de ficção-científica, no qual ele construiu seu próprio mundo: “Inventei um mundo abstrato sobre a condição humana. O personagem principal vai de uma vida a outra, com se fosse um assassino de aluguel. Esse lugar é como se fosse uma bolha, assim como o mundo virtual, onde criamos nossos avatares e podemos inventar diversos papéis. Na França, chamamos isso de ‘cansaço de ser você mesmo’. É a necessidade que temos de nos reinventarmos e sermos alguém diferente”, explicou. O mote do filme é: se só temos uma vida, pq só viver UMA vida?


Kylie não esconde a alegria de estar atuando novamente e descreveu o convite para “Holy Motors” como uma dádiva: “Foi um presente participar de um projeto tão diferente, ainda mais com um diretor tão respeitado. Quando li o roteiro ainda não sabia que personagem ia fazer e confesso que fiquei um pouco confusa no primeiro momento. Depois, me interessei muito pela abordagem de vidas múltiplas e fiquei com várias perguntas na cabeça. É possível vivermos vários papéis em apenas um dia? Todas essas questões me fizeram refletir bastante”, diz ela, que canta um trecho de uma canção no filme.

Sobre seu processo criativo, Carax disse que não costuma improvisar e nem ensaiar muito as cenas.  Nesse trabalho especificamente, apenas uma cena (a que um grupo toca acordeão) foi ensaiada. Ele destaca ainda que o trabalho com Kylie foi muito simples, já que o personagem tornou-se a própria atriz e não o contrário. Ele contou ainda que descobriu o cinema com 17 anos e o percebeu verdadeiramente quando soube que existia a figura do diretor por trás de tudo: “Cinema é a minha ilha, pertenço a esse lugar e ele pertence a mim. Apesar disso, não me considero um cinéfilo, na verdade, vou pouco ao cinema”. Aliás, 'Holy motors' tem algo em comum com 'Cosmopolis', de Cronemberg, por o personagem passar o dia numa limousine e por um certo senso de finitude.


Além de “Holy Motors”, Kyle (que atuou em Moulin Rouge, bio-dome e street fighter, entre outros) está no elenco de “Jack & Diane”, longa que também será exibido no Festival do Rio. Apesar de ter 25 anos de carreira e de estar voltando a atuar com mais freqüência, ela se considera uma iniciante: “Escolho os filmes em que vou trabalhar por instinto. No início da carreira me sentia culpada por fazer apenas músicas comerciais. Hoje, dou valor aos meus lados cantora e atriz e quero ser uma artista completa. Estar no set de filmagem é muito estimulante, gosto de me desafiar de  diversas maneiras”.

Kyle esteve no Rio pela última vez em 1992 e passou rapidamente por São Paulo em 2008. Pela terceira vez no Brasil, ela conta que estará muito ocupada com o filme, mas adoraria caminhar pelas ruas do Rio, conhecer as praias e socializar com as pessoas: “É um prazer enorme estar aqui, mas ainda não tenho planos. Quem sabe depois de umas caipirinhas eu tenha algumas idéias?”, brincou. No momento, Kylie protagoniza um sensual anuncio de uma seguradora, que cuida de partes do corpo, expondo seu belo derriére no anuncio. 

veja aqui: http://youtu.be/bHlEhGCTpFQ

“Holy Motors” é estrelado pelo ator Denis Lavant, que vive 11 personagens diferentes no filme. Eva Mendes também faz uma participação especial como a modelo Kay M. O filme tem previsão de estreia no Brasil em 19 de outubro. Eu, pessoalmente, curti.



*SEGREDO SECRETO: AOS 20 E POUCOS, VISITANDO AMIGO NA SONY MUSIC, ELE ME PEDIU UMA VERSÃO PARA 'I SHOULD BE SO LUCKY', DA KYLE. EU FIZ. E A SIMONY GRAVOU!!! 

NA CIDADE

JANEIRO TEM DUAS FACES:

CASAS & SHOWS: Circo Voador 19 - Samba Rap Festival: Elza Soares / Karol Conka 20 - Samba Rap Festival: Emicida / Jongo da Serrinha / Bateria da Império Serrano 25 - Phoenix (FRA) 26 - Vanessa da Mata / Fióti / DJ Incidental 27 - Barão Vermelho

Fundição Progresso 19 - BaianaSystem 20 - Tim Music no Samba: Xande de Pilares & Mumuzinho - Participação: Bateria do Salgueiro 26 – Johnny Hooker / Letrux 27 - Nando Reis

Teatro Odisseia 21 - Radnor With Lee (EUA) 28 - Demon Hunter (EUA) / Pantokrator (SUE)

Teatro Riachuelo 16 - Leila Pinheiro: Voz & Piano 23 - Ed Motta: Baile do Flashback 30 - Laila Garin & A Roda

Teatro Rival 20 - João Bosco: Voz & Violão 25 - Angela Ro Ro 26 - Bloco Sargento Pimenta 27 - Geraldo Azevedo: Voz & Violão

Audio Rebel 16 - Adaury Mothé Trio 17 - Rafael Rocha Quinteto 28 - N.D.R. / Triunfe / Dissonância 29 - Ana Baird & Camila Costa: Perigosas

Espaço Sérgio Porto 18 - Sinara 25 - Karine Carvalho: Galega Hits

Sala Baden Powell 19 - Sempre Livre / Sylvinho Blau Blau / Dr. Silvana & Cia. 20 – Nelson Sargento 21 – Banda do Síndico 24 - João Donato - Participação: Carlos Lyra & Roberto Menescal & Marcos Valle 25 - Mario Adnet: Jobim Jazz 26 – Marcos Ariel 27 – Cris Delanno 28 - Azymuth

Beco das Garrafas 17 - André Gonçalves 18 - Lu Oliveira 19 - Georgiana de Moraes & Fernanda Cunha & Camilla Dias: Homenagem a Vinicius de Moraes (20h) 19 - Joyce Cândido: Homenagem a Elis Regina (22h30) 20 - Hélio Delmiro (21h) 20 - Maíra Freitas & Taís Feijão (22h30) 21 - Dóris Monteiro 24 - Rosana Sabença 25 - Conexão Rio: Homenagem a Tom Jobim 26 - Amanda Bravo: Homenagem a Durval Ferreira - Participação: Paulinho Trompete, Mauricio Einhorn, Rosana Sabença, Billy Blanco Jr., Thaís Fraga 27 - Hector Costita & Joseval Paes 31 - Maria Luiza

Casa de Cultura Laura Alvim 16 - Dani Black 21 – Pedro Mann 23 - Davi Moraes 28 – Qinho Canta Marina Lima 30 - Matheus VK

Teatro Café Pequeno 18 – Verônica Sabino 25 – Elisa Queirós

Blue Note Rio 16 - Big Gilson 17 - Roberto Menescal 18 - Gabriel Moura 19 - Daniel Jobim & Daniel Boaventura: Homenagem a Tom Jobim & Frank Sinatra 20 - MPB-4 23 - Escalandrum (ARG) 24 - Mayer Hawthorne (EUA) 25 - Wanda Sá & Gilson Peranzzetta & Mauro Senise: Homenagem a Tom Jobim & Vinicius de Moraes

KM de Vantagens Hall 19 – Molejo & É O Tchan – Participação: Ludmilla 20 - Ney Matogrosso: Atento aos Sinais

Imperator 23 - Jazz Pras Sete: Chico Costa & Quarteto Artilheiro 24 - Quartas Brasileiras: Cordão da Bola Preta 27 - Forró Lánalaje: Marcelo Mimoso Trio / DJ Edna Carvalho 28 - Bloco Pipoca & Guaraná 31 - Toquinho: Voz & Violão - Participação: Camilla Faustino

Centro de Referência da Música (Tijuca) 17 - Ellen de Lima & Reginaldo Bessa: Homenagem a Lamartine Babo 18 - Rosa Marya Colin - Participação: Jefferson Gonçalves 19 - André Gabeh 17 - Eduardo Dussek 24 - Quinteto em Tom Maior 25 - Rosane Corrêa: Homenagem a Ella Fitzgerald 26 - Daíra: Homenagem a Belchior 31 - Ana Egito

Baile do Digitaldubs - HUB (Santo Cristo) 21 - Cedric "The Congos" Myton (JAM) 28 - Mad Professor & Aisha

Música no Deck - Barraca do Pepê (Barra da Tijuca) 20 – Filipe Ret 21 – Kell Smith 27 – Um 44k 28 – Luiza Possi Barra Blues Festival 26 - Sergio Diab Stratoman / Projeto Soul Jazz / Ana Egito / Alamo Leal Blues Groover’s / Corcel Mágico 27 - RJ Café / UniJazz Brasil / The Blue Fever / Sergio Rocha / Serra Blues Trio 28 - André Barroso / WestSide Blues / State of Blues / Victor Biglione Festival Downtown Sunset - Shopping Downtown (Barra da Tijuca) 20 – Gabriel O Pensador 27 – Biquini Cavadão

Rio Rock & Blues - Rock Experience (Lapa) 19 - Titanossauros / Conexão Japeri 20 - Love & The Lovers / The Loreleis 26 - The Smiths Cover 27 - Pedro Santana Trio / Elemento Surpresa / A Bolha Revisited

Circuito SESI 24 - Centro: Fhernanda Fernandes - Participação: Nana Kozak, Sandra Duailibe, Clarisse Grova, Ninah Joh, Andréa França

MIXXX: 17 – Matheus VK – Teto Solar / Botafogo 19 - Maratona Black - Baile Charme – Gafieira Elite / Centro 19 - O Rappa: Tour de Despedida – Quadra da Mocidade / Padre Miguel 20 - Festival Rock in Brisa 4: 90 Contos / Cosmobox – Espaço Tequila´s / Guaratiba 20 - Playmobille / Tem Amor – La Esquina / Lapa 20 - Indivíduo K / Cândido / Banheiro Azul – O Pecado Mora ao Lado / Praça da Bandeira 21 - Aniversário de 57 Anos do Cacique de Ramos 21 - Festival Lona Rock Sunday: Memora / The Outs / Corcel Mágico – Lona Terra / Guadalupe 21 - Lu Oliveira – Praia de Conceição de Jacareí / Mangaratiba 26 - Laurent Garnier (FRA) 26 - Bloco do S Convida KL Jay – Fosfobox / Copacabana 27 - Slide / Sollarium / Fresno / Glória / Strike - Clube Tamoio / São Gonçalo 27 – Matanza – Arena Fernando Torres / Parque de Madureira 27 - Visibilidade Transvestigenere - Beco Encantado: Mulher Pepita & MC Xuxu – Beco do Rato / Lapa 28 - Festa Divina Circus: IZA – Clube 4 Linhas / Bento Ribeiro 28 - Bloco Eficiente: Inclusão Se Faz Com Várias Mãos – Praça Paris / Glória 28 - Facing Fear / Stuff / Cidade Nua – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo

exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

FESTIVAL DE CULTURA DIGITAL: De 18 a 20 de janeiro, quinta a sábado, acontece no CCBB RJ DIGI – Festival de cultura digital, uma mega programação que inclui imersão, reflexão e diversão. Tem até shows geek. quinta, 19 de janeiro, às 21h, apresentação da orquestra Ritornello de Jedi, com repertório de trilhas musicais de videogames, séries e desenhos, com cordas e vozes, e arranjos exclusivos. O objetivo é dar acesso à formação clássica com temas musicais do cotidiano. sexta, 20 janeiro, às 21h, é a vez de The Screeners, banda que faz releituras rock ’n’ roll de trilhas sonoras clássicas do cinema, de videogames, séries de TV, desenhos animados. É tudo grátis, das 9 às 21h.

MOSTRA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EXIBE O CINEMA DE HAL HARTLEY Programação reúne todos os 14 longas do diretor americano, além de debate, sessões comentadas e um curso de roteiro cinematográfico de 23 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018 (terça a domingo)

O Ministério da Cultura, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro apresentam a 14ª Mostra Melhores Filmes do Ano Além das exibições dos filmes, a mostra traz homenagens e catálogo especial com textos sobre os filmes e as iniciativas cinematográficas que fizeram a diferença em 2017 De 24 de janeiro a 1 de fevereiro
PROG IN BRASIL: Carl Palmer, Premiata Forneria Marconi, estarão no Brasil em 2018, se apresentando nas cidades de Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, como parte da Top Cat Concert Series 2018. Os italianos do Premiata Forneria Marconi CHEGAM EM ABRIL. O grupo de rock progressivo, formado em 1971, vem lançar seu novo álbum 'Emotional tattoos', e também vai tocar seus clássicos. Maio vai trazer o baterista do Emerson, Lake & Palmer e também do Asia, Carl Palmer, com seu tributo ao ELP.Show promete surpresas com algumas participações especiais de peso.

No dia 24/jan, começa no CCBB SP a mostra Sonora: Ennio Morricone, que homanageia o maestro no ano que completa 90 anos. Ao todo, serão exibidos 22 filmes que têm a marca musical do maestro.

Nico Rezende fará show em homenagem a Chet Baker dia 26/01 no Blue Note. Aliás, esse ano completa 30 anos da morte do Chet!!! 2018 marca o trigésimo aniversário da morte de Chet Baker. Nico Rezende presta homenagem ao trompetista no palco do Blue Note Rio, no dia 26 de janeiro (sexta), para apresentar alguns clássicos imortalizados por Baker. Estão no programa canções como ‘Time after time’, My funny valentine’ e ‘There will never be another you’.

RU PAUL´S DRAG RACE TOUR: Em 2018, as drag queens de RuPaul's Drag Race vão levar a turnê oficial do reality-show, WERQ THE WORLD TOUR, para a terra do “Come to Brazil”! Michelle Visage vai comandar a apresentação no Brasil e todos os shows contarão com performances ao vivo de algumas das drag queens mais inesquecíveis de RuPaul's Drag Race, entre elas, as recém-divulgadas participantes da terceira temporada de All Stars, Shangela e Kennedy Davenport. Outras fan favorites devem marcar presença, como Detox, Kim Chi, Violet Chachki, Valentina e Peppermint. Ainda haverá um pré-show com DJ set e performance de Lady Bunny, a drag queen que é uma lenda da cena noturna de Nova York. 23/FEV TEATRO BRADESCO/RJ

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers