Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

RENATO COHEN GOES DISCO

O DJ paulistano Renato Cohen, conhecido por ser lenheiro (adepto do techno pesado e que estourou lá fora com o hit "Pontapé", com uma forcinha de Carl Cox), agora tem tocado disco music das antigas em seus sets na festa Cominskey Park, no clube Hot Hot (SP). E, na quinta-feira, 04/02, vem ao Rio mostrar o seu "novo" som na festa Clap!, no 00, com patrocínio do site Bitsmag. Antes disso, trocamos umas ideias com Renato, que está lançando o CD "Sixteen billions drum kicks". Primeiro, ele contou como passou a tocar disco music: -- Eu sempre comprei 12" de disco music, principalmente na Alemanha, que tem muita re-edição com uma remasterização feita hoje em dia e com um corte muito melhor que o original. Mas nunca tinha me passado pela cabeça em tocar isso numa pista. Desde aquela onda de minimal por volta de 2006 que eu não estava mais feliz com o rumo que o techno estava tomando, cada vez mais frio, triste e duro. Os últimos 2 anos eu passei boa parte …

RENATO COHEN GOES DISCO

O DJ paulistano Renato Cohen, conhecido por ser lenheiro (adepto do techno pesado e que estourou lá fora com o hit "Pontapé", com uma forcinha de Carl Cox), agora tem tocado disco music das antigas em seus sets na festa Cominskey Park, no clube Hot Hot (SP). E, na quinta-feira, 04/02, vem ao Rio mostrar o seu "novo" som na festa Clap!, no 00, com patrocínio do site Bitsmag. Antes disso, trocamos umas ideias com Renato, que está lançando o CD "Sixteen billions drum kicks". Primeiro, ele contou como passou a tocar disco music: -- Eu sempre comprei 12" de disco music, principalmente na Alemanha, que tem muita re-edição com uma remasterização feita hoje em dia e com um corte muito melhor que o original. Mas nunca tinha me passado pela cabeça em tocar isso numa pista. Desde aquela onda de minimal por volta de 2006 que eu não estava mais feliz com o rumo que o techno estava tomando, cada vez mais frio, triste e duro. Os últimos 2 anos eu passei boa parte …

OH-RAN-GI-NAH!

DESDE SEMPRE, GARIMPO SABORES DIFERENTES DAS COCAS E GUARANAS DE SEMPRE NOS REFRIS MUNDO AFORA. QNDO PEQUENO, CONHECI O GUARANA FRATELLI-VITTA QNDO VISITAVA VOVÓ EM RECIFE (ACHO Q JA N EXISTE MAIS). JA NAS MINHAS TIAS EM SAMPA, FOI A TUBAÍNA. E QUANDO SAI DO PAIS, DESCOBRI A TONICA SCHWEPPES ORIGINAL NA ALEMANHA E A ORANGINA CLÁSSICA EM PARIS. SAO DUAS DE MINHAS FAV SODAS. COINCIDENTEMENTE, HJ EM DIA AMBAS AS MARCAS SAO DA INGLESA CADBURY-SCHWEPPES, Q, POR SUA VEZ, FOI COMPRADA PELA KRAFT AMERICANA. ALIAS, NOS EUA, SOU LOUCO PELAS ROOT BEERS, PRINCIPALMENTE AS CREMOSAS. NAO HA NADA PARECIDO AQUI. ASSIM COMO SÓ A ORANGINA (QUE É UM MIX DE SUCOS DE LARANJA, LIMÃO E POMELO), NAO USA CONSERVANTES NEM TEM SABOR ARTIFICIAL E AINDA VEM COM POLPA DE LARANJA NA GARRAFA! LOCALMENTE, JA FUI MAIS FA DO MINEIRINHO. MAS DESDE QUE MUDOU PARA GARRAFINHAS DE PLASTICO, ACHO QUE O SABOR MUDOU UM POUCO TBM.

OH-RAN-GI-NAH!

DESDE SEMPRE, GARIMPO SABORES DIFERENTES DAS COCAS E GUARANAS DE SEMPRE NOS REFRIS MUNDO AFORA. QNDO PEQUENO, CONHECI O GUARANA FRATELLI-VITTA QNDO VISITAVA VOVÓ EM RECIFE (ACHO Q JA N EXISTE MAIS). JA NAS MINHAS TIAS EM SAMPA, FOI A TUBAÍNA. E QUANDO SAI DO PAIS, DESCOBRI A TONICA SCHWEPPES ORIGINAL NA ALEMANHA E A ORANGINA CLÁSSICA EM PARIS. SAO DUAS DE MINHAS FAV SODAS. COINCIDENTEMENTE, HJ EM DIA AMBAS AS MARCAS SAO DA INGLESA CADBURY-SCHWEPPES, Q, POR SUA VEZ, FOI COMPRADA PELA KRAFT AMERICANA. ALIAS, NOS EUA, SOU LOUCO PELAS ROOT BEERS, PRINCIPALMENTE AS CREMOSAS. NAO HA NADA PARECIDO AQUI. ASSIM COMO SÓ A ORANGINA (QUE É UM MIX DE SUCOS DE LARANJA, LIMÃO E POMELO), NAO USA CONSERVANTES NEM TEM SABOR ARTIFICIAL E AINDA VEM COM POLPA DE LARANJA NA GARRAFA! LOCALMENTE, JA FUI MAIS FA DO MINEIRINHO. MAS DESDE QUE MUDOU PARA GARRAFINHAS DE PLASTICO, ACHO QUE O SABOR MUDOU UM POUCO TBM.

OS LINKS

JACK WHITE SEMPRE DISSE QUE UMA DAS MAIORES INFLUENCIAS PRA ELE MONTAR O WHITE STRIPES FOI O FLAT DUO JETS. E OUVINDO O MAIS RECENTE DISCO DA DUPLA (ASSIM COMO ELE E MEG), NAO RESTA DUVIDA QUANTO A ISSO. E MAIS: NO SOM DO FDJ, ACHEI UM PALIATIVO PARA CURAR A FALTA QUE LUX INTERIOR DOS CRAMPS FAZ (E, REVENDO O SHOW DELES NO HOSPICIO DE NAPA, FIQUEI AINDA MAIS SAUDOSO). O VOCAL DO CARA É MUITO PARECIDO COMO DE LUX, SO QUE NAO TAO ALUCINADO. E O ELO DE LIGAÇÃO ENTRE ELES É LINK WRAY, O SENSACIONAL GUITARRISTA, MORTO EM 2005, QUE FOI O PRIMEIRO CARA A USAR O TREMOLO NA GUITARRA E CRIOU O POWER CHORD USADO ATE HOJE POR TODOS OS GUITARRISTAS (MESMO OS RUINS). LINK FOI RESGATADO NAS TRILHAS DE TARANTINO, ONDE A SUA SEMINAL "RUMBLE" ECOA ATÉ HJ. É POR AI, NESSE SOM TOSCO, QUE VIVE O ROCK, E QUE JACK WHITE SOUBE RECICLAR MUITO BEM, MAS QUE OS ROQUEIROS PURISTAS FINGEM QUE NAO VEM E O RENEGAM. SAO OS MESMOS IDIOTAS QUE GRITAM ROCKNROLL!

OS LINKS

JACK WHITE SEMPRE DISSE QUE UMA DAS MAIORES INFLUENCIAS PRA ELE MONTAR O WHITE STRIPES FOI O FLAT DUO JETS. E OUVINDO O MAIS RECENTE DISCO DA DUPLA (ASSIM COMO ELE E MEG), NAO RESTA DUVIDA QUANTO A ISSO. E MAIS: NO SOM DO FDJ, ACHEI UM PALIATIVO PARA CURAR A FALTA QUE LUX INTERIOR DOS CRAMPS FAZ (E, REVENDO O SHOW DELES NO HOSPICIO DE NAPA, FIQUEI AINDA MAIS SAUDOSO). O VOCAL DO CARA É MUITO PARECIDO COMO DE LUX, SO QUE NAO TAO ALUCINADO. E O ELO DE LIGAÇÃO ENTRE ELES É LINK WRAY, O SENSACIONAL GUITARRISTA, MORTO EM 2005, QUE FOI O PRIMEIRO CARA A USAR O TREMOLO NA GUITARRA E CRIOU O POWER CHORD USADO ATE HOJE POR TODOS OS GUITARRISTAS (MESMO OS RUINS). LINK FOI RESGATADO NAS TRILHAS DE TARANTINO, ONDE A SUA SEMINAL "RUMBLE" ECOA ATÉ HJ. É POR AI, NESSE SOM TOSCO, QUE VIVE O ROCK, E QUE JACK WHITE SOUBE RECICLAR MUITO BEM, MAS QUE OS ROQUEIROS PURISTAS FINGEM QUE NAO VEM E O RENEGAM. SAO OS MESMOS IDIOTAS QUE GRITAM ROCKNROLL!

ONDE VIVEM OS MORTOS?

O MENINO MAX DE "ONDE VIVEM OS MONSTROS" DESCOBRE NUMA AULA DE CIENCIA QUE UM DIA O SOL APAGARÁ, E COM ISSO, TODA A VIDA EM NOSSO SISTEMA SOLAR DEIXARÁ DE EXISTIR. COMO TUDO, NESSA VIDA/UNIVERSO, TUDO VAI ACABAR DE UMA FORMA OU DE OUTRA. O PRA SEMPRE SEMPRE ACABA, JÁ CANTAVA RENATO RUSSO. OS MÓRMONS DE "BIG LOVE" ACREDITAM QUE, QUANTO MAIS FILHOS PRODUZIREM NESSA VIDA, MAIS FAMILIARES TERAO NA VIDA ETERNA, SEGUNDO DISSE O GRANDE PROFETA. OS FUNDAMENTALISTAS MUÇULMANOS ACREDITAM QUE ENCONTRARAO 22 VIRGENS NO PARAISO APÓS EXPLODIREM COMO HOMENS-BOMBA. NA NOSSA CULTURA JUDAICO CRISTÃ O CONCEITO DE CÉU E INFERNO É BEM DIFUNDIDO. MAS, COMO INDAGAM AS PESSOAS NA COMEDIA "A INVENÇÃO DA MENTIRA", SE EXISTE UM PARAÍSO, ONDE ELE FICA? EM CIMA DAS NUVENS? NO ESPAÇO? NA ATMOSFERA? NENHUMA DAS OPÇÕES. SOMOS SERES RECICLÁVEIS, VIVEMOS, MORREMOS E FICAMOS POR AQUI MESMO. NÃO VAMOS, NEM VOLTAMOS...

ONDE VIVEM OS MORTOS?

O MENINO MAX DE "ONDE VIVEM OS MONSTROS" DESCOBRE NUMA AULA DE CIENCIA QUE UM DIA O SOL APAGARÁ, E COM ISSO, TODA A VIDA EM NOSSO SISTEMA SOLAR DEIXARÁ DE EXISTIR. COMO TUDO, NESSA VIDA/UNIVERSO, TUDO VAI ACABAR DE UMA FORMA OU DE OUTRA. O PRA SEMPRE SEMPRE ACABA, JÁ CANTAVA RENATO RUSSO. OS MÓRMONS DE "BIG LOVE" ACREDITAM QUE, QUANTO MAIS FILHOS PRODUZIREM NESSA VIDA, MAIS FAMILIARES TERAO NA VIDA ETERNA, SEGUNDO DISSE O GRANDE PROFETA. OS FUNDAMENTALISTAS MUÇULMANOS ACREDITAM QUE ENCONTRARAO 22 VIRGENS NO PARAISO APÓS EXPLODIREM COMO HOMENS-BOMBA. NA NOSSA CULTURA JUDAICO CRISTÃ O CONCEITO DE CÉU E INFERNO É BEM DIFUNDIDO. MAS, COMO INDAGAM AS PESSOAS NA COMEDIA "A INVENÇÃO DA MENTIRA", SE EXISTE UM PARAÍSO, ONDE ELE FICA? EM CIMA DAS NUVENS? NO ESPAÇO? NA ATMOSFERA? NENHUMA DAS OPÇÕES. SOMOS SERES RECICLÁVEIS, VIVEMOS, MORREMOS E FICAMOS POR AQUI MESMO. NÃO VAMOS, NEM VOLTAMOS...

BELDADES SOBRE RODAS

QNDEU ERA MOLEQUE UM DOS FILMES Q GOSTAVA DE VER NA TV ERA "KANSAS CITY BOMBER", Q TRAZIA A BOAZUDA RAQUEL WELCH COMO UMA ROLLER DERBY GIRL. AS CENAS NA PISTA ERAM EMPOLGANTES, NAO CHEGAVA A SER UM ROLLERBALL, MAS ERA BACANA PRUM GURI COM HORMONIOS EM FURIA. ESSA SEMANA LEMBREI DO FILME AO VER "WHIP IT", O NOVO DA ELLEN PAGE DIRIGIDO PELA DREW BARRYMORE (Q TBM ATUA E PRODUZIU). É BEEEM MAIS SUAVE, AS CENAS DE PISTA NAO SÃO TAO BOAS, MAS O FILME É BUNITIM, COM BOA TRILHA (MAS EVITARAM O ÓBVIO: NÃO TOCA "WHIP IT" DO DEVO, UMA PENA), É TOTALMENTE INDIE ROCK COM GAROTAS (TEM TBM JULIETTE LEWIS COMO A BAD GIRL, CLARO; E A DIVERTIDA KRISTEN WIIG DO SATURDAY NIGHT LIVE). NAO SEI QUANDO E SE O FILME VAI PASSARAQUI (FOI MAL NA BILHETERIA DOS EUA), MAS O LIVRO JA SAIU NO BRASIL COM O NOME DE "ROLLER DERBY GIRL", JA TO COM ELE NA MAO, MAS INDA NAO LI. FICA A DICA...

BELDADES SOBRE RODAS

QNDEU ERA MOLEQUE UM DOS FILMES Q GOSTAVA DE VER NA TV ERA "KANSAS CITY BOMBER", Q TRAZIA A BOAZUDA RAQUEL WELCH COMO UMA ROLLER DERBY GIRL. AS CENAS NA PISTA ERAM EMPOLGANTES, NAO CHEGAVA A SER UM ROLLERBALL, MAS ERA BACANA PRUM GURI COM HORMONIOS EM FURIA. ESSA SEMANA LEMBREI DO FILME AO VER "WHIP IT", O NOVO DA ELLEN PAGE DIRIGIDO PELA DREW BARRYMORE (Q TBM ATUA E PRODUZIU). É BEEEM MAIS SUAVE, AS CENAS DE PISTA NAO SÃO TAO BOAS, MAS O FILME É BUNITIM, COM BOA TRILHA (MAS EVITARAM O ÓBVIO: NÃO TOCA "WHIP IT" DO DEVO, UMA PENA), É TOTALMENTE INDIE ROCK COM GAROTAS (TEM TBM JULIETTE LEWIS COMO A BAD GIRL, CLARO; E A DIVERTIDA KRISTEN WIIG DO SATURDAY NIGHT LIVE). NAO SEI QUANDO E SE O FILME VAI PASSARAQUI (FOI MAL NA BILHETERIA DOS EUA), MAS O LIVRO JA SAIU NO BRASIL COM O NOME DE "ROLLER DERBY GIRL", JA TO COM ELE NA MAO, MAS INDA NAO LI. FICA A DICA...

Batman & Robin?

O trailer já nos deixava antever que "Sherlock Holmes", de Guy Ritchie, estava mais para filme de ação do que o que já vimos antes com o famoso detetive criado por sir Arthur Conan Doyle. E, de fato, "Sherlock Holmes" é um filme de ação quase igual aos que vimos atualmente. Até faz bom uso de computação digital e envolve ciência e tecnologia. Só que na Inglaterra vitoriana, do final do século 19. E o resultado é algo divertido, dinâmico e que entretém.

Mas, primeiro, esqueça os Holmes anteriores, imortalizados na tela por nomes como Basil Rathbone e Peter Cushing, mais próximos daquela figura clássica que nos habituamos a ver, de rosto longilíneo e nariz pontudo. O tipo de Robert Downey Jr é algo mais caricato, galhofeiro, e tem corpo e força de atleta. Os puristas podem reclamar. Além de Downey Jr, somente Johnny Depp poderia ter feito essa nova abordagem do personagem sem soar canhestro.

E não só Downey Jr, como também Jude Law, como o elementar parceiro Watson, c…

Batman & Robin?

O trailer já nos deixava antever que "Sherlock Holmes", de Guy Ritchie, estava mais para filme de ação do que o que já vimos antes com o famoso detetive criado por sir Arthur Conan Doyle. E, de fato, "Sherlock Holmes" é um filme de ação quase igual aos que vimos atualmente. Até faz bom uso de computação digital e envolve ciência e tecnologia. Só que na Inglaterra vitoriana, do final do século 19. E o resultado é algo divertido, dinâmico e que entretém.

Mas, primeiro, esqueça os Holmes anteriores, imortalizados na tela por nomes como Basil Rathbone e Peter Cushing, mais próximos daquela figura clássica que nos habituamos a ver, de rosto longilíneo e nariz pontudo. O tipo de Robert Downey Jr é algo mais caricato, galhofeiro, e tem corpo e força de atleta. Os puristas podem reclamar. Além de Downey Jr, somente Johnny Depp poderia ter feito essa nova abordagem do personagem sem soar canhestro.

E não só Downey Jr, como também Jude Law, como o elementar parceiro Watson, c…