Pages

Thursday, February 28, 2008

Risos pré-históricos


Sei que a gente tem falado aqui mais de cinema e TV do que de música. Mas é que a maré tá fraca na área musical. E tenho de alertar vcs sobre o filme mais engraçado do ano: 10 mil anos antes de Cristo, de Roland Emmerich (o cara que estragou Godzilla). Fui hj na cabine desse troço e ri tanto que quase fui às lágrimas. É mais uma daquelas aventuras com profeciais, chosen ones, gente falando inglês com sotaque de primitivo e cenas absolutamente impagáveis. Não vou nem falar aqui pra não estragar a surpresa. Mas uma que envolve um cego albino e outra que inclui um cara chamado Moha, que morre mesmo, são de fazer chorar de tanto rir. Sem contar os Nuku e Daku (!!!) A galera que tava comigo na sessão não se conteve, teve um que quase passou mal. Quando eu era moleque, vi na TV um filme do tipo que me impressionou bem mais, não só por causa da idade: one milion yrs B.C. (quase o mesmo nome). Pq tinha Raquel Welch num insano biquini de peles (foto), dinossauros em stop-motion e o time feminino de natação sueco em várias cenas (era uma produção da Hammer, lar das louras de seios fartos, kool :-)). Eles também grunhiam esquisito, mas era um trash cult que o tempo só melhorou. DETALHE: O FILME EM QUESTÃO NÃO É UMA COMÉDIA!!!

*ATENÇÃO: por coincidência, quarta-feira (5/3), às 14h15m, vai passar esse filme da Raquel Welch no MaxPrime!!!
Wednesday, February 27, 2008

Miss Kitchen


Foi com esse nome que a francesa Miss Kittin (nascida Caroline Hervé) foi anunciada num email que recebi (da própria divulgação!!!) quando tocou aqui no Rio, pela primeira vez, numa noite bacana no Sky Lounge, na Lagoa (que era um lugar de tamanho legal, com som bom, só que mal aproveitado), há alguns anos. O lugar era tão playba que um amigo meu, acostumado a só andar de bermudão estilizado, que não é exatamente um short, foi barrado na porta. Como ele não era o único (os fãs de Kittin se vestem mais numa onda rock), depois de muito perrengue com a mulé da porta e os seguranças, acabaram liberando a entrada dos malucos que destoavam do público frequente da finada casa (tinha até um clone de Marilyn Manson). Fiz essa volta toda só pra avisar que tem disco novo de Kittin na área, o da capa acima. Menos electro, mais dark techno, ele é bem legal e mais pesado que o anterior. De cara, duas faixas se destacam (e já estão no meu set em dois sábados lá na Matrix): "Pollution of the mind" e "Metalhead". A fofa Caroline segue com sua carreira, fazendo o que gosta, indiferente aos apelos comerciais do momento. Kool!
Sunday, February 24, 2008

KLING KLANG


Tavassistindo ao DVd do show da turnê "Minimum/Maximum", do Kraftwerk (que passou por aqui em 2004, num armazém, Nokia Trends) e me lembrei do primeiro contacto que tive com os homens-máquina. Foi uma visão, algo que a galerinha que hj só conhece música baixando, não mais terá. Ia, preguiçosamente, até o sebo onde eu comprava meus discos (Duarte, no Centro, que vendia os vinis carimbados, ou seja, metade do preço ou menos), quando vi na vitrine a capa acima. Parei, olhei de novo e pensei: quem são? Não conhecia o Kraftwerk até então, mesmo eles já tendo lançado discos antes. Era uma coisa de gente mais velha ou progressivo, imaginava. E foi assim que a música eletrônica entrou na minha vida, junto com o punk rock (este disco é da mesma época de Clash e Pistols, mas só conheci alguns anos depois, depois até do Devo!). Era o som mais estranho e diferente que já tinha ouvido em meus menos de 20 anos de vida. Como eles faziam aquilo? Criando os próprios instrumentos e gravando tudo em seu prório estúdio, o Kling Klang (com o qual excursionavam num caminhão, hj usam teclados/laptops), mais de 20 anos antes de Daft Punk e Chemical Brothers! Revendo o show, fica claro pq o Krafterk é atemporal e está em TODA a e-music que se faz até hoje (basta ouvir Justice): pq eles não são vanguarda ou modernos à força. Eles simplesmente o são e, além de tudo, fazem a ponte com o tradicional, nunca renegam o que veio antes. É como ouvir uma peça de Mozart, jamais ficará velha. Assim como os germanos. Eles eram o futuro antes do conceito de futuro que começamos a ter depois dos anos 70, e continuarão sendo. É música clássica, no mais estrito senso da palavra. Fazem um concerto, não um show. É a revolução industrial mixada com a tecnológica. State of the art.
Saturday, February 23, 2008

THE BRITS

HJ A TARDE VI OS BRIT AWARDS BAIXADO, NA INTEGRA. COMO SEMPRE, É MELHOR DO QUE O GRAMMY, PQ É MAIS CURTO, TEM MAIS NUMEROS MUSICAIS (PQ TEM MENOS CATEGORIAS), O HUMOR INGLES É MAIS ESCRACHADO E MENOS ENSAIADO, E PQ OS PREMIADOS COSTUMAM CHEGAR BEBADOS NO PALCO, CASO DOS ARCTIC MONKEYS, Q ESTAVAM VESTIDOS PRA CAÇAR E, NA SEGUNDA VEZ, CHEGARAM A SER TIRADOS DO AR PQ O ALEX TURNER N FALAVA COISA COM COISA. OS OSBOURNES FORAM OS HOSTS, COM SHARON MEGA BOTOCADA TROCANDO DE ROUPA TODA HORA E OZZY MAIS GAGÁ Q NUNCA. MIKA, QUE SOLTA A FRANGA CANTANDO, FALANDO É CONTIDO. SE ELE É OU NÃO, SIR IAN MCKELLEN NEM QUIS SABER. FOI AO PALCO E DISSE Q TAVA LA SO PRA VER O MIKA, DE MODO MAROTO. O POP SOBREPUJOU O ROCK, MAS TUDO BEM. DEU PRA VER UM MASHUP DOS KLAXONS COM A RIHANNA, UMBRELLA VS GOLDEN SKANS, E A VOLTA DA KYLIE. BETH DITTO APARECEU DUAS VZS, KATE NASH UMA, MARK RONSON FEZ UMA APRESENTAÇÃO SUPER BACANA, COM GUESTS DE SEU DISCO BACANA DE VERSOES, E JUNTO COM AMY WINEHOUSE (QUE DEPOIS CANTOU SOLOE MANDOU LOVE TO MA BLAKE), MANDARAM VALERIE DOS ZUTONS. TIRANDO UMA COPIA BRITANICA DE MARIAH CAREY E OS TAKE THAT, A PARADA FOI BEM LEGAL E DIVERTIDA. SIR MACCA FECHOU A FESTA, SEM MAIS DELONGAS. CHEERS, MATES!
Monday, February 18, 2008

Careca dourado

Outra lista pra manter os coveiros ocupados por alguns dias, a do prêmio Oscar. Não que a gente aqui dê a menor bola pra essa parada. Mas confesso que este ano a lista de filmes tá bem boa e merecida. Não desgosto de nenhum dos indicados a melhor filme e torço por todos, embora não tenha visto "Michael Clayton" (mas meu favorito é o dos irmãos Coen). Confiram a lista dos melhores filmes e comentem também os atores, diretores etc:


Atonement (desejo e reparação)

No country for old men (onde os fracos não tem vez)

Juno (incrível, não terá subtítulo imbecil em português, tipo "Uma grávida muito louca")

Michael Clayton (esqueci o nome que ganhou aqui)

There will be blood (sangue negro)


*domingo tem bolão do Oscar, organizado pela Cavídeo, no Espírito das Artes, no mezanino da Cobal do Humaitá...
Saturday, February 16, 2008

Teletubo

Falando em TV, recebi email do Ricardo Alexandre, ex-editor da re-re-finada "Bizz" pedindo pra mandar uma lista das minhas dez séries de TV favoritas de todos os tempos. É que ele agora tá editando a "Monet" (aquela revista de programação mais refinada da Net) e vai publicar uma lista das 100 mais séries (segundo 100 malandros que ele consultou), na edição de abril. Depois a gente confere quem ganhou.

Eis o que mandei:

1-familia soprano
2-six feet under
3-star trek
4-twilight zone
5-twin peaks
6-batman (60s)
7-...married with children
8-seinfeld
9-buffy
10-lost
*lost ficou em último pq ainda não acabou...
Thursday, February 14, 2008

Comédia em pé


Desde a segunda-feira passada o canal Sony passou a re-reprisar a série de comédia "Seinfeld" desde o primeiro capítulo/temporada. É uma boa chance para quem só conheceu essa comédia genial já com o bonde andando. Eu mesmo, nos anos 90, só comecei a ver bem depois, pq, a principio, não fui com a cara do Jerry Seinfeld, um tanto babaquara pro meu gosto (e, na época, eu era totalmente freak fan de "...married, with children", nobody beat the Bundys!). Mas, uma vez que você conhece os personagens e as situações de Seinfeld (e quando percebe que eles agem exatamente como os novaiorquinos de verdade, não como a galerinha imbecil de "Friends"), não tem mais volta. Fazendo o link com a impagável "Curb your enthusiasm" (cuja sexta temporada tá demorando a chegar na HBO daqui), do Larry David (co-criador de "Seinfeld"), fica ainda mais claro que o personagem Costanza (Jason Alexander) foi totalmente baseado no próprio Larry. De lá pra cá, o conceito de stand-up comedy, tão americano, foi se espalhando por aqui, sobretudo no Rio, com vários grupos e peças teatrais explorando esse estilo diferente de fazer rir, que até já está formando seguidores. E, revendo "Seinfeld", nem parece que já vão fazer dez anos que a série encerrou, no auge. Torço para que, no ano que vem eles façam a esperada reunion...
Tuesday, February 12, 2008

Shamrock


Aí eu tava na festa de um amigo que ia pra India, na Lagoa, quando a cabeça do Cristo pousou bem no meio da pista de veiculos e varias explosoes pros lados de Copacabana foram ouvidas. Ai a gente saiu fora do predio pq destroços vinham do morro atras da gente e corremos desesperados. Ainda bem que um amigo tava com uma camera filmado a festinha e acabou pegando uma panoramica assustadora da situação quando chegamos ao topo da Sacopã e vimos Copacabana semi destruída e em chamas, pensamos: fudeu! Que porra era aquela? Ao longe, na divisa do Arpoador, entre Copa e Ipanema, vimos a cauda do que seria uma especie de monstro marinho gigante, provavelmente veio de alguma fenda aberta no oceano atlantico a nossa frente, ele se encaminhou pra roda gigante ali no posto seis e fez um estrago geral. A essa altura a gente ja tinha rapado fora de bike, pq estava intransitavel pelas ruas, de carro, e chegamos a Ipanema a tempo de ver a criatura atravessando o dois irmãos (por cima, claro) e se mandando la pros lados da Barra, deixando atras de si um rastro de destruição e morte. Ainda bem que nao moramos numa ilha, assim foi mais facil de se espalhar. Sobrevivemos...
*assistam a Cloverfield para entender o que se passaqui.
Wednesday, February 06, 2008

KINO


APROVEITEI BASTANTE MINHAS MINI FERIAS CARNAVALESCAS E ACABEI VENDO UNS FILMES QUE TINHA BAIXADO, MAS FALTAVA TEMPO PARA VE-LOS. AQUI VÃO ALGUNS DELES:

JUNO = TALVEZ O UNICO FILME EM QUE UMA ADOLESCENTE GRAVIDA (A OTIMA ELLEN PAGE DE "HARD CANDY") NAO É O FIM DO MUNDO. O TEXTO É DELICIOSO (ROTEIRO DE DIABLO CODY, QUE, APESAR DO NOME, É MULHER, E BEM GATA). NAO PERCA.

SWEENEY TODD: É ESTRANHO VER UM MUSICAL ONDE, ENQUANTO PESSOAS CANTAM, GARGANTAS SÃO CORTADAS À BASE DE NAVALHADAS. MAS, HEY, É TIM BURTON! E TEM JOHNNY DEPP. O QUE MAIS UM FÃ DO DIRETOR DARK PODE PEDIR?

PERSÉPOLIS = O DESENHO ANIMADO PARA ADULTOS MAIS TOCANTE E POLITIZADO QUE JÁ VI. É SOBRE AS MEMÓRIAS DE UMA GAROTA IRANIANA QUE ATRAVESSOU TODAS AS CRISES POLITICAS DE SEU PAIS, DESDE OS ANOS 70. BASEADO NA PRÓPRIA EXPERIENCIA DA AUTORA DO LIVRO QUE DEU ORIGEM AO FILME, MARJANE.

NO COUNTRY FOR OLD MEN = OS IRMAOS COEN NAO FAZEM FILMES RUINS. PONTO. MAS ESSE É SEN-SA-CIO-NAL! O PERSONAGEM DE JAVIER BARDEN JA ENTROU PARA A GALERIA DOS TIPOS BIZARROS DA HISTÓRIA DO CINEMA. MELHOR FILME DO ANO, FÁCIL.

NA CIDADE

NOVEMBERINAS:

Teatro Odisseia 26 - Vanguart / Ariella

Teatro Rival 22 – Rival Rebolado 23 – Nelson Sargento 25 – Festa Batmakumba: Abayomy 30 - Festival Norueguês: Sondre Lerche / Greni

Teatro Riachuelo 22 – Golden Boys

Coordenadas Bar (Botafogo) 05, 12, 19 e 26 – Pedro Baby & Convidados 21 - Sérgio Rocha Blues Band: Homenagem a Celso Blues Boy Estúdio Fórum (Botafogo) 24 - Sexta Infame: PxExNxE (COL) / Blaspherion / Lástima / Baga

Solar de Botafogo 24 - Kosmus / Aura / Psilocibina 29 – Gabriel Calisman

Theatro Net Rio 27 -  Alessandra Verney  29 – Silva Canta Marisa Monte 

Blue Note 22 - Lina Nyberg (SUE) – Participação: Ilessi (22h30) 23 – Quarteto do Rio & Roberto Menescal – Participação: Joyce & Wanda Sá & Pedro Miranda (20h) 23 – Insula (22h30) 24 e 25 - Kenny Garret Quartet  29 e 30 - Ed Motta: Baile do Flashback

Sala Baden Powell 22 – Doralyce & Maracutaia 25 - Augusto Martins & Paulo Malaguti 26 - João Carlos Assis Brasil & Carlos Navas

Teatro da UFF (Niterói) 24 a 26 – MPB – a Era dos Festivais: Soraya Ravenle & Edu Krieger & Marcelo Caldi & Fabiano Salek & PC Castilho

Planet Music (Cascadura) 25 - For Annie / Ollie / Colorado / Visceral Fear

Imperator 23 – Humberto Gessinger: “A Revolta dos Dândis – 30 Anos” 24 – Cidade Negra Canta Gilberto Gil 25 – Terraço do Imperator: Forró Lánalaje: Trio Ventura / DJ Edna Carvalho 25 – Paulinho Moska 26 - Fafá de Belém (com Manoel & Felipe Cordeiro): Guitarradas do Pará 28 – Coral Imperator

Centro de Referência da Música (Tijuca) 23 – Felipe Adetokunbo 24 – Nina Rosa & Thiago Kobe 25 – Rodrigo Maranhão & Pretinho da Serrinha 29 – Joyce Cândido Canta Elis Regina  30 – Michel Taski

Aparelho (Centro) 18 - Second Come 24 - Felipe Zenicola / Marcos Campello / Lucas Pires  Motim (Centro) 24 - Gragoatá / Vitor Milagres / Daniel Villares

Quintas no BNDES 19h - grátis 23 - CDR Style 30 - Sergio Santos

Teatro Glauce Rocha (Centro) 23 - Alice Passos & Maurício Carrilho  30 - Olivia & Francis Hime Museu de Arte do Rio 24 - Sarau do Alemão / Rincon Sapiência

BRASIL EM TRANSE: Com curadoria de Ismail Xavier e coordenação da Sociedade Amigos da Cinemateca, em parceria com a Cinemateca Brasileira e o Cinusp, esta Mostra reúne mesas de debate e exibição de filmes que acontece de 16 de novembro a 1º de dezembro, em São Paulo. CINEMATECA BRASILEIRA

Circuito SESC 24 - Niterói: De Leve (19h - R$ 20) 25 - Madureira: De Leve (17h - R$ 20) 25 - Ramos: Cassiano & Trio Beija Flor (17h - grátis) 25 - São Gonçalo: Bebeto (17h - R$ 20) 26 - Madureira: Dorina (17h - grátis) 26 - São Gonçalo: De Leve (19h - R$ 20) 29 - Tijuca: Marcelo D2 & SambaDrive (19h30 - R$ 20) 30 - Tijuca: De Leve (20h - R$ 20) ______________________________

MIXX: 25 – Qinho - Ahlma.CC / Leblon 25 - AcaraJazZ: Bondesom / Juliana Linhares / Doralyce – Rio City Lab / Santo Cristo 26 - Alaska (SP) / Hover / Whipallas – La Esquina / Lapa 26 - Cervical / Mari & The GoodFellas / Facing Fear – Calabouço / Vila Isabel 29 - Baculeju da Sandra de Sá – Teatro Glaucio Gill / Copacabana

as dinamarquesas do grupo WE LIKE WE, são o destaque internacional na abertura da 5º edição do Festival Música Estranha em São Paulo.

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

Alexandra Jackson no Blue Note dia 28/11 (terca).   Alexandra é uma cantora americana que esta lançando EP, “Legacy & Alchemy”, dedicado à canção brasileira com standards da MPB .  O show tem participação de Pretinho da Serrinha.

#BLAZEYOURSELF @ Rooftop 5 Data: 25 de novembro, sábado – a partir das 17 horas até meia noite Local: Rooftop 5 – Rua Coropé, 88 - Pinheiros, São Paulo - SP, 05426-100 Atrações: Selvagem, Jaloo e Tropkillaz Entrada gratuita mediante cadastro e confirmação no site, limitada a 500 pessoas

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

“Piano, Voz e Jobim” Augusto Martins e Paulo Malaguti Pauleira   _ Homenagem aos 90 do maestro brasileiro _ Sala Baden Powell, sábado 25.nov (sáb), às 21h

FICI 2017 O Festival Internacional de Cinema Infantil, que acontece no Rio de 24 a 3 de dezembro, exibirá, na edição deste ano, 120 filmes de 25 países, entre animações, curtas, médias e longas-metragens. confira a programação.

O espetáculo “Kid Morengueira – Olha o breque!” homenageia Moreira da Silva (1902 – 2000), o cantor que popularizou o samba de breque, tornando-se um ícone da música brasileira. O samba permitiu a ele criticar, sempre com muito bom humor, os poderosos com seus desmandos, os malandros que conheceu na noite, e os compositores que ajudou a tornar conhecidos. A peça estreia para uma curta temporada no Teatro I do Sesc Tijuca - de 03 de novembro a 03 de dezembro, de sexta a domingo, sempre às 20:00.

Após o sucesso da temporada nos meses de abril e maio desse ano, que passou por sete cidades brasileiras e esgotou em todas as praças, o espetáculo “STOMDUP” de Tom Cavalcante volta para novas apresentações no Rio de Janeiro (dia 01 de novembro, no Teatro Bradesco Rio); Natal (dia 30 de novembro, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dia 01 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza).

SOLID ROCK: a participação da banda Lynyrd Skynyrd no Solid Rock (Curitiba, Pedreira Paulo Leminski, dia 12/12; São Paulo, Allianz Parque, dia 13/13; e Rio de Janeiro, Jeunesse Arena, dia 15/12) acaba de ser CANCELADA por motivos pessoais da banda. No lugar, Cheap Trick será a banda que fará parte do lineup, junto do Deep Purple e Tesla. Mais informações sobre devolução de ingressos serão divulgadas em breve.

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers