Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2007

tridimensional

Um dos truques bestas mais legais é o 3-d. sempre gostei disso. seja moleque, vendo gibis com aqueles óculos de papel com lentes de plástico vermelho e azul/verde, seja vendo filmes com aqueles óculos de plástico e lentes cinzas. se qq porcaria tá em 3-d eu vejo ou compro. quando fui nos parques americanos nao podia ir embora sem ver o filme ou desenho em 3-d, por pior que fosse. e o i-max? pirei vendo aqueles filmes chatos/cientificos com aqueles capacetes com lcd. hj cedo fui ate o norteshopping atrás do novo sistema 3-d que está sendo lançado pela disney com o desenho "meet the robinsons" (a família do futuro), q estréia semana q vem. por enquanto só vai dar pra ver o filme assim na sala 10 do uci-kinoplex da nova área do shopping. mas o filme é desapontador. não passa de uma demonstração de efeitos tridimensionais, barulhento e frenético (nisso, o som da sala é muito bom). o bom é q os novos óculos são iguais aos de uso normal, nao irritam, nem dão dor de cabeça. mas gos…

Orkutando

Fui hj a tarde numa palestra na puc com orkut buyukkokten, o criador do orkut em pessoa. mais parecia um show. A galera que encheu a sala do prédio F tava mais a fim de ver o cara do que ouvir a palestra. Foi um tal de filmar, tirar foto, aplaudir e pedir autógrafos digno de um popstar. O camarada em si parece o irmão perdido do Sr. Sulu de Star Trek, apesar de ser sovietico. Tem fala mansa. Ele contou que teve a idéia do site de relacionamentos (que não foi o primeiro e nem é o mais visitado do mundo, exceto no Brasil) a partir de seu círculo de amigos, espalhados entre os Estados Unidos e a Russia. Então, enquanto usava seu tempo de 20% vagos no Google (todo funcionário da empresa tem direito a esse tempoo para pensar em outras coisas fora do trabalho, contanto que resultem em novas idéias para o Google), teve o estalo. A parada só ganhou seu nome pq ele já tinha o domínio Orkut.com registrado e isso facilitaria a burocarcia e poria a ferramenta no ar mais rápido. Hj ele é sinônimo …

rock sem colhões, mas...

...com muito mais guts & balls do que de todas as bandas emo do momento. foi a impressão que me passou o filme "prey for rock n´roll", que vi, por acaso, hoje a noite no hbo plus. ja ia me preparar pra deitar ouvindo o ronca, ai me deparei com esse filme com a gina gershon, sobre uma punk rocker de l.a. que chega aos 40 sem fazer sucesso. a parada é baseada em fatos reais, num livro escrito pela própria protagonista na real, cheri lovedog, e de sua banda composta só por mulheres (nos anos 80), a clam dandy. o que me fez ver o filme, primeiro, foi o seu mote: uma biografia musical que não acaba bem. a gente ja viu ray, ring of fire, varios filmes por ai, biografias musicais sobre a carreira de astros que se deram bem no final. aqui, não. a cheri só passou perrengue e prometeu que se chegasse aos 40 sem sucesso, largava tudo. e foi o que fez. ao menos o seu livro, que dá nome ao filme, foi levado as telas e ela finalmente ganhou algum ($) reconhecimento. no elenco, alem de…

resumo...

...dos ultimos acontecimentos: o arcade fire cancelou a turne europeia que estava rolando pq o vocalista WIN BUTLER foi acometido de grave crise de sinusite, ja nao podendo nem mais falar. eles estavam em estocolmo (suecia) e cancelaram os nove shows restantes # a banda the darkness anunciou oficialmente o seu fim na semana passada. em outubro ultimo, o afetado vocalista JUSTIN HAWKINS tinha saido da banda pq entrou em depressão por o segundo disco deles não ter vendido nada. o restante da banda disse que vai continuar tocando usando outro nome # por outro lado, o HAPPY MONDAYS anunciou que tá voltandoe vai até lançar um novo disco # aquele grupo caô, pussycat dolls, está fazendo um reality show na tv americana para escolher uma nova integrante. vale lembrar que a banda é um projeto que, originalmente, envolvia a mega bitch CARMEN ELECTRA e um bando de strippers # pra quem tava com saudade dos white stripes, JACK WHITE anunciou que a banda/dupla vai voltar a estrada em bree e já está…

my dinner with craig

fui do lado escuro da lua direto pro dark side da dance music e, beirando o bar lagoa, encontrei carl craig jantando com a esposa e uns conhecidos meus (entre eles, marcos boffa, que vai trazer the evens semana que vem). entrei e, depois que ele traçou seu bife a parisiense (um dj não natureba) e encheu a cara de vinho branco, seguiu-se a conversa da qual pinço higlights: ele me contou que gostou de "dreamgirls" (sobretudo daquela cantora), achou que eddie murphy tinha que ter levado oscar (achou forrest whitaker caricato como idi amin), se amarrou em "borat", disse que é vizinho de quarteirão de jack white em detroit, mas nunca se falaram ("ele é white trash", co certo tom pejorativo), entregou que, tanto madonna quanto kid rock, q tbm sao detroitianos e tiram onda de ter nascido pobres, vem de familias ricas da cidade (pobretão local só mesmo o eminem), um de seus três filhos (a filha de 12 anos) está in love por um garoto da escola e sofrendo por isso.…

Gigs e gags

PO, DE HOJE PRA DOMINGO VÃO ROLAR UMA PENCA DE SHOWS GRINGOS NA CITY. NA REAL, JÁ TIVEMOS PATA CHOCA BOYS E BLIND GUARDIAN (ALGUÉM VIU ESSE?). HJ TEM ASIA NA BARRA. NÃO VOU PQ ACHO O SOM DELES EXTREMAMENTE CAFONA, NUNCA ME TOCOU. POR OUTRO LADO, VOU DAR UMA CONFERIDA NO ROGER WATERS NA APOTEOSE. MAS, SE ME ENCHER O SACO, SAIO ANTES DO FINAL. TO A FIM DE SENTIR O TAL DO SOM SURROUND QUE SÓ ROLA EM SHOWS DO PINK FLOYD (E THE ORB!). AÍ, NA MESMA SEXTA, NA MADRUGA, TEM CARL CRAIG NO DAMA. O CARA É UM DOS GENIOS DO DETROIT TECHNO. TENHO TODOS OS DISCOS DELE. NO SABADO É HORA DE REPOR AS FORÇAS PARA ENCARAR A MADRUGA DO CIRCO COM A PEACHES. PRA VARIAR, VAI TER MONTES DE DJS ABRINDO E UMA BANDA ANTES DA VADIA COOL, QUE SÓ DEVE MOSTRAR SUA BUNDA LÁ PELAS 4AM. NEM VAI DAR PRA RELAXAR NO DOMINGO PQ TEM PRASEBO NA BARRA. DE REPENTE ATÉ VOU, PRA TIRAR A MÁ IMPRESSÃO DO OUTRO SHOW, JÁ QUE GOSTO DAS MÚSICAS. COMENTEM!

old new (gizmos & gadgets)

tava pra falar sobre o assunto há tempos, mas a materia de capa do infoetc de hj me relembrou o fato: ha coisas q não se usam mais, outras q, mesmo old skool, ainda funcionam bem. como os discos de vinil, p ex. fiz um set de 2hrs na ddk so usando vinis (70% coisa nova). nao tem jeito. o som é melhor, é mais bacana de manipular, as capas sao dez. nao consigo baixar musicas e tocar em cd. me deixa constrangido usar o nome dj se eu sequer comprei os discos que toco. só faço isso pra usar em casa. o fetiche fala mais alto. mas nao uso mais relogio, por conta do celular. agenda de papel foi aposentada ha anos e o palm vai dar lugar aos smart phones. ainda uso o falido md pq é mais bacana do que fita e cd, pq da pra editar e é facil de levar. gravar tv em dvd é bom, mas ainda dá muito tilt, o dvd dá erro geral, tem que formatar. então, ainda uso tbm o velho vhs pra isso, mas to namorando um dvd recorder com hd, ai acaba de vez com as midias. mas dvd pra fazer backup do pc é dez. atualmente …

GO, SPARTANS!!!

hj cedo vi "300", a versão para cinema da graphic novel homônima de frank miller e lynn varley. two thumbs up, como fariam os imperadores romanos. o diretor zack snyder captou à perfeição o clima da opereta desenhada de miller, que, na real, nem era o seu melhor (ronin e cavaleiro das trevas, tbm feitas nos 80´s, estão à frente). mas, se vc dormiu com "tróia" e riu com "alexandre" vai ficar colado na cadeira com essa aventura macha, metal e super violenta. nos eua, o filme estreou nas cabeças com 70 milhões de bilheteria. isso sem ter elenco jovem, piada de peido ou ator famoso. e rated R (ou seja, menor de 17 só com os pais), o q, nos eua, é quase sinonimo de flop ou metade da renda no caixa (starship troopers sofreu isso por ser R). está tudo lá, sem cortes (ou melhor, com muitos cortes :-)) . um passo além de "sin city" no conceito de filme desenhado por computador. rodrigo santoro, que faz o gigante xerxes, vilão da trama, teve a voz refeita…

Pagando Mika

Vcs aí já ouviram um camarada chamado Mika, que canta em falsetto mais forte que o Jake do Scissor Sisters (que deve ter ficado mordido)? No fim do ano passado o vi num dos últimos Top of the pops. Foi o cara que deu um chega pra lá na Lily Allen e Gnarls Barkley no topo da parada de singles britânica com o hit "Grace Kelly", que vendeu as pampas online. A imprensa britânica destacava o fato de ele ter sido o primeiro artista não-british (tem sangue turco) a chegar ao topo da parada (George Michael e Freddie Mercury tbm tinham sangue estrangeiro, mas não tanto). Aliás, Mika tem em comum com Michael e Mercury a afetação. Canta dando pinta que nem o primeiro e tem um alcance de voz do segundo. Poderia mesmo ser o novo cantor do Queen, na boa. Daí, não mais ouvi falar do camarada, até que saiu o álbum cheio, "Life in cartoon motion" (que vai sair aqui este mês pela Universal), mais sucesso ainda, e um novo hit, "Relax" (que não é a do Frankie). Soube tbm que…

PARA O OESTE!

como diz aquela música. e lá fui para a zona oeste da cidade (no citiclaro-que-já-foi metl hall) ver o novo show dos pet shop boys, que é muito similar ao que apresentaram em sao paulo ha uns tres anos no nokia trends (ou foi tim festival?). foi tipo, minimal, como diz outra música deles. o show de agora nada tem a ver com aquela mega produção estilo broadway que passou por aqui nos anos 90. nada de cenarios grandiosos e orquestra. a parada cabe quase toda numa maletinha e num case pra levar os teloes de projeção. chris lowe (que aparenta ser mais velho do que realmente é) comanda tudo de seu multiteclado que parece ter um laptop embutido. neil tennant (bem mais moço do que realmente é) manda no gogó acompanhado de dançarinos de street dance e uma diva negra que grita nas horas certas qual um sample vivo. no cardapio, classicos do synth pop dos 80s que até hj vivem nas radios mid-back e programas de dance classics, muitas delas ainda sem prazo de validade vencido. e, assim como faziam…

Shake, shake, shake!

Não dá pra ouvir tudo, pq só temos dois pares de ouvidos e o dia tem 24hrs. Por isso, os discos que são aqui indicados, tenham eles um ano ou uma semana, nem sempre ganham atenção na hora da dica. Por exemplo, só agora fui ouvir o novo do !!! (pronuncia-se Chk chk chk), "Myth takes", que, na minha opinião, é bem melhor que o anterior, de 2005. A galera do rock suingado também vem do Brooklyn, assim como o LCD Soundsystem, e é o único grupo que pode tirar o sono de James Murphy. Principalmente com esse disco, que é sensacional, cheio de músicas viajandonas, dançantes e que vão se emendando umas nas outras. A primeira edição vem com um CD extra com versões e remixes de três faixas. Então, shake yer booty, como diria Zappa...

I AM, DAMO SUZUKI!

Grita Mark E. Smith, do The Fall, em música de mesmo nome. Pois o alucinado oriental da música experimental se encontrou com o alucinado hispânico do progressivo metal e deu numa mistura dos infernos. Poizé, Damo Suzuki meets Omar Rodriguez-Lopez, do Mars Volta, e, juntos, lançaram o EP "Please Heat This Eventually" (importado), que traz, de cada lado, uma peça dividida em várias suites (seis, ao total) que totalizam 20 minutos da mais pura doideira jazzcore. O mais louco é que, o tecladista da parada é Money Mark Ramos-Nishita (aquele camarada que deu os sons de teclados antigos aos discos dos Beastie Boys), que é hispano-japonês! Isso é tudo o que eu posso falar por agora. De resto, só vcs ouvindo essa doideira. Parece que o MauVal vai tocar no RoncaRonca de hoje ou da semana que vem. Pq, tão logo contei isso pra ele, o cara saiu em desabalada carreira atrás do disco. We are, Damo Suzuki!

Bóra?

FIQUEI BASTANTE SURPRESO COM O LANÇAMENTO DE BORAT NO BRASIL. ACHEI QUE IA SER DAQUELES FILMES QUE ELES LANÇAM ESCONDIDO NA SEMANA DE CARNAVAL, COMO GERALMENTE FAZEM COM COMÉDIAS, FILMES DE TERROR OU MAIS ALTERNATIVOS. MAS NÃO. FIZERAM VARIAS PRÉ-ESTRÉIAS E DEPOIS LANÇARAM NUM MEGA CIRCUITO, NÃO SÓ NA REDE ESTAÇÃO. TÁ PASSANDO EM QUASE TODA A CIDADE. E O BOCA-A-BOCA TÁ SENDO MUITO BOM. MUITA GENTE QUE CONHEÇO, QUE NEM SABE QUALÉ A DO CARA (TIPO, NUNCA OUVIU FALAR DO SACHA), JÁ VIU E GOSTOU E ATÉ FOI VER DE NOVO. ELE ESTREOU EM TERCEIRO LUGAR NA PARADA NACIONAL DE FILMES E AINDA CONTINUA ENTRE OS CINCO ESSA SEMANA, ATRÁS DOS HITS MOTOQUEIRO FANTASMA, A PROCURA DA FELICIDADE, A GRANDE FAMÍLIA E LETRA & MÚSICA. NO LANÇAMENTO DO DVD, SEMANA PASSADA EM L.A., FIZERAM UM COMÍCIO COM FALSOS POLÍTICOS DO CAZAQUISTÃO EM PLENO HOLLYWOOD BLVD, COM DIREITO ATÉ AO HINO DO PAÍS CANTADO PELO PÚBLICO! HI-FIVE!

Damned!

Tem uma banda aqui do Rio que faz mais sucesso fora daqui ou na Baixada Fluminense chamada Maldita. O som é algo entre o gótico-industrial e o satânico, cortesia do vocalista/letrista Erich Mariani, que nos áureos tempos da Bunker frequentava as noites Alien Nation com um visual assustador, misto de Prodigy com Marilyn Manson (!). O rapaz formou uma banda e se mostrou um showman e tanto. Já vi uns dois ou três shows da Maldita, em condições diversas. E o que sempre chama mais a atenção é a performance do Erich. Ele é concentrado no que faz e realmente encarna o personagem. Gosto disso. Em geral, galera de banda de rock por aqui parece que tá só dando um tempo até a faculdade acabar e arrumar uma bocada no emprego do pai. Erich (que faz faculdade, na PUC), não. Podia ser mais um playboy, mas tá disposto a ser um rockstar, mesmo que não saia do alternativo. Ainda que a MTV já o tenha exposto bastante em seus programas. Chegou uma prova do novo CD deles, "Paradise lost". Vou ou…

Dia da mulé

não gosto muito de datas que comemoram certas coisas, assim como tbm sou contra guetos que segregam certos grupos. por exemplo, não tem que ter lugar separado pra gay, nem pra nada, em lugar algum. dessa forma, já estamos segregando o grupo. mesmo assim, aproveito a onda para desejar às coveiras um bom dia das mulheres. em nada vai mudar ter essa data, ja que nós, homens, continuaremos dependentes de vcs. e tbm continuaremos eternamente sem entender o q vcs pensam e querem da gente. mas, tudo bem. e uso a data como desculpa para dar essa foto de monica mattos, uma atriz paulistana que faz aquele tipo de filme que não passa na tv aberta. descobri a moça meio por acaso, seguindo aqueles links inevitáveis. daí descobri que ela já tem uma boa carreira internacional, fazendo filmes para os maiores estúdios do gênero como o red light district, 3rd degree, zero tolerance, new sensations e o top vca, com direito a foto na capa e nome em destaque. já que a gente celebra tanto por aí outras coi…

Buffy ressuscita!

Uma das séries que mais gostei de ver em toda a minha vida (e que acompanhei todas as sete temporadas com paixão) foi "Buffy, the vampire slayer", de Joss Whedon. O projeto tinha tudo para dar errado. Vinha da mal sucedida experiência de um filme trash lançado nos anos 90 pela Fox, que tinha até a ver, visto o nome. Contudo, Whedon não desistiu de sua cria e tentou na TV. Lançada sem alarde e com poucos episódios, fez um imediato sucesso cult e ganhou temporada completa. Daí, foi o que foi. Cinco anos na Warner (EUA), mais duas temporadas finais no extinto UPN e uma série spin-off (derivada), "Angel", de igual sucesso (tudo exibido aqui na Fox). O que fazia a gente prestar atenção numa historia com vampiros passada na Califórnia e protagonizada por uma loura cheerleader era a qualidade de seus textos, a correlação com os temas e angustias juvenis e a bem equilibrada escolha do elenco. Quem até hj sente falta da série pode sorrir, pq Whedon anunciou que lança em mar…

Pop! Goes my Heart

Sabe qndo vc sai de casa pra ver um filminho com a namorada sem a menor expectativa de nada e volta satisfeito? Foi o que aconteceu comigo no domingo a tarde, qndo fui ao Unibanco Arteplex ver "Letra & musica", filme sobre o qual pouco sabia, com a Drew Barrymore e o Hugh Grant. É sobre um popstar dos anos 80 (Grant), atualmente decadente e tocando em parques e feiras, que vê uma chance de voltar à cena quando uma estrelinha, misto de britnéia com agulheira (a novata Halley Bennett, anotem esse nome), lhe pede uma nova música para ser seu single, já que a garota ouvia a banda do cara, a PoP (misto de duran duran, flock of seagulls e wham!), quando era menina e estava triste. Por um truque do roteiro, a Drew aparece na vida do cara e acaba por compor com ele a tal canção. Enquanto isso, várias piadinhas referenciais sobre artistas dos anos 80 rolam na tela e nos fazem rir (caso vc tenha as referências, ajuda). O filme, aliás, abre com um clipe ridículo da tal banda PoP, q…