Pages

Monday, November 28, 2011

KEN RUSSELL R.I.P.


Até uma certa idade eu odiava musicais, pq eles passavam, na sessão da tarde no lugar dos filmes de ação e aventura e as pessoas começavam a cantar e dançar do nada, isso me irritava, agravado pelo fato de, certa vez, minha mae querer me fazer entrar num cinema que tava passando a noviça rebelde, quando, do lado, outro cinema exibia 2001. e aquela roda espacial me agradava mais do que aquela mulezinha correndo feliz com maletas (rs). Contudo, isso começou a mudar quando assisti a meu primeiro musical, Tommy, baseado na opera-rock do The Who. Aí, sim.

Mas Tommy nao seria tao legal e delirante se nao tivesse sido dirigido por Ken Russell, que deu uma bela melhorada no material original (criou mais situações e mudou alguma coisa) e escalou um elenco sensacional (oliver reed, ann margret, elton john, eric clapton, tina turner, jack nicholson etc). A partir dai, fiquei fascinado pelo diretor. Infelizmente, seus filmes geralmente eram improprios para menores ou banidos/cortados no Brasil, pq sempre mexiam com sexualidade ou questionavam a religião (a cena inteira de Clapton em Tommy nunca passou nos cinemas daqui).e, como somos um pais carola -- e saindo da ditadura--, sempre dava merda por aqui.

uma das mais perturbadoras sequencia de "The devils":


Felizmente o VHS apareceu nos anos 80 e pude ver alguns de seus filmes, ainda que em copias piratas, ja que eles tbm nao eram lançados aqui nem em video. Como a delirante biografia de Franz Liszt, Lisztomania, com Roger Daltrey, Rick Wakeman e Ringo Starr; o banido Os demonios (sobre histeria religiosa, que tem cenas realmente perturbadoras e atuações perfeitas de Oliver Reed e Vanessa Redgrave), ate que, depois do sucesso de Tommy, ele passou a fazer alguns filmes para estudios de Hollywood, à sua maneira, claro, que chegaram aqui nos cinemas. Como Altered states (homenageado em Fringe com o tanque de isolamento e a atriz Blair Brown) e Crimes de paixão (ultimo grande papel de Anthony Perkins, como um fanatico moralista que se apaixona por uma prostituta feita por Kathleen Turner, vulgo China Blue).

Nao durou muito, claro, ele era ousado demais para os yankees. Então voltou para a Inglaterra onde fez filmes cults por pequenos estudios, como 'A maldição da serpente' (que lançou hugh grant), 'A ultima dança de Salomé' e seu ultimo grande filme, Gothic (alegoria de como teria sido a noite em que Mary Shelley, Percy Shelley e Lord Byron passaram isolados numa mansão a base de estimulantes, o que originou o livro Frankenstein e varios poemas de Byron e Shelley). Na maioria das vzs, os criticos nao gostavam mais dos exageros e estilo rococó do diretor do que o público ('Faço filmes para incomodar', disse Ken certa vez). Mas é inegavel que ele construiu uma linguagem propria e nunca se ateve as regras do cinema mainstream. fazendo o que lhe dava na telha. É menos um genio num mundo de idiotas assépticos. Palmas para ele!

*o moulin rouge de baz lurhman deve muito a russell...

abaixo, a sequencia cortada no brasil de tommy, com eric clapton:
Thursday, November 24, 2011

MAIS UMA DO PANÇO

tenho q dizer q a historia sobre o show do gangrena na festa hellradio, na torre de babel, esta mal contada e sem ouvir o outro lado. nao foi daquele jeito nao, panço. vc tava la?
Saturday, November 19, 2011

LADYTRON: ROXY MUSIC


Mesmo sem os devidos aparatos tecnicos (iluminação ruim e quase inexistente, qualidade de som apenas aceitavel, dj de esquenta horrivel), o primeiro show do Ladytron em San Sebastian City foi beeem legal. Isto pq, apesar de ser uma banda baseada em beats eletronicos, ao vivo o Ladytron conta com duas vocalistas maravilhosas: a fofa Helen Marnie, que canta ainda melhor do que nos discos (nao tem truque de estudio) e a bela -- e grávida! -- Mira Aroyo, no segundo vocal, as vzs fazendo as intervenções em bulgaro (sua lingua-patria) e enlouquecendo geral na plateia. Ao fundo, Daniel Hunt (q as vzs tbm toca guitarra, o q n rolou desta vez) e Reuben Wu cuidam dos arranjos eletronicos, secundados por um ótimo baterista contratado que nao elimina os beats e dá mais peso ao som. O resultado foram 70 minutos non-stop de pura alegria para os muitos fãs da banda que lá foram.

Levou umas cinco musicas para Marnie se sentir a vontade, mas a medida em q ela captava o calor do publico de volta (jogaram ate flores para elas), a fofa foi se soltando e rodopiando, cantando cada vez melhor e agradecendo a plateia. Mira, super timida, mandava bem nos keys vintage e os rapazes faziam a sua parte, afinal o show era todo das ladies (se nao fosse a barreira, elas seriam tragadas pelos fas, avidos por um toque ou um beijinho). O repertorio pinçou hits de todas as fases, alguns tocados num ritmo levemente mais lento, deixando de fora, entre as classicas, apenas 'Playgirl' (mas incluindo a minha fav, Discotraxx), e terminou botando a varanda do vivo rio abaixo com 'Destroy everything you touch', com a banda saindo de cena aos gritos ensandecidos da plateia. Vai demorar um pouco pra elas voltarem, ate Mira ter o baby e talz, mas que num bis aqui algum dia, Ladytron se apresente num lugar digno de seu nome.

setlist: softpower, international dateline, mirage, ghosts, high rise, true maths, white gold, runaway, ace of hz, little black angel, discotraxx, fighting in built up areas, seventeen, white elephant, destroy everything you touch (show 1h10am-2h20am)

clipe de "Runaway" by @selusava:

Friday, November 18, 2011

HOMELAND: NAO ACREDITE EM NINGUÉM


Noite dessas no twitter, eu tava comentando sobre a qualidade e variedade das series americanas de TV atuais, cada uma melhor do que a outra (Fringe, Dexter, American horror story etc), enquanto que, por aqui, so restam as novelas de sempre, copiadas da principal rede de tv (que as faz muito bem, mas nao muda nada, só o visual) e girando em torno dos mesmos temas (quem matou, quem é o pai e quem é a figura q surge do nada) ou nos mesmos lugares (rio/sp/bahia, familia italiana, ricos vs pobres etc), num ciclo que se repete igual ha decadas e decadas. Culpa do publico? Ou das próprias emissoras que nao dao uma opção a este mesmo publico?

Ja a tv americana, com mais redes ricas e sem monopolio (e onde novela é artigo de quinta, exibido a tarde para desocupados) é capaz de nos brindar, tanto na tv aberta qnto na fechada, com series diversas, muto bem escritas e atuadas (galazinho e mocinha de capa de revista de celebridades nao se cria por lá) e que, na maioria das vzs, sao melhores do que os atuais filmes americanos. O marco foi no começo dos 90s com 'Twin Peaks', mas foi na decada passada, com obras como "The Sopranos' e "Six feet under', que a HBO deu a virada e foi seguida pela concorrencia. Um dos canais que melhor se saiu nessa empreitada foi o Showtime, que ja nos deu 'Dexter' e 'Californication' e agora aparece com a sensacional 'Homeland'.

Nessa temporada atual, adotei as novas series 'Pan Am' e 'Ringer' (com Sarinha Buffy Gellar) e tbm 'The Playboy' club, q ja foi pro saco, alem de manter fidelidade a 'Dexter' (nova temp ta bem melhor q anterior) e 'Fringe' (cada vez melhor). Mas fui alertado por amigos no twitter a assistir Homeland. A principio, fiquei com pe atras, pq parecia mais uma daquelas series a la '24' (terrorismo nos usa) e nao teria saco para um novo Jack Bauer, ainda que este fosse agora uma mulher, minha querida Claire Danes (de 'My so-called life'). Resultado: baixei os 6 eps q estavam disponiveis e simplesmente nao consegui parar de ver apos assistir ao eletrizante piloto. É uma parada meio 'Manchurian candidate'. Claire é uma agente da Cia q acha q o soldado americano resgatado num buraco no Iraque apos oito anos preso - e agora tido como heroi nacional - é, na verdade, é um agente preparado pela al-qaeda para cometer um grande atentado em solo americano. E faz de tudo para comprovar isso.

E mais nao posso dizer. Apenas que no ep 7 rolou um twist sensacional na trama, e que a meio brasileira Morena Baccarin (de V) está lá, atuando muito bem e pagando belos peitinhos. Passa domingo a noite, antes de 'Dexter' (nas torrents, no dia seguinte). De quebra, ha o premiado ator da Broadway Mandy Patinkin (de 'Princess bride'), como o agente que treinou Claire (que está atuando absurdamente bem) e nao acredita nela. Afinal, como acreditar numa mulher que toma remedios controlados pq sofre de bipolaridade? Mas é a mais esperta de todos...
Friday, November 11, 2011

UMA CASA MUITO BEM ASSOMBRADA


Chequei algumas series que estrearam nesta temporada, entre elas 'Ringer' (prazer culpado, por conta da Sarah Michelle Buffy), The Playboy Club (pela Amber Heard e pelo tema, mas essa ja foi pro saco) e 'Pan Am', que ainda não atingiu a velocidade de cruzeiro, mas melhorou; além das favoritas de sempre 'Fringe' (cada vez melhor) e 'Dexter' (nova temp ta sensa, das melhores da serie).

Mas, das novas, a que me impressionou mesmo, positivamente, foi 'American horror story', dos criafdores de 'Glee' e 'Nip/Tuck', o que me fez hesitar em ver, ja que nunca acompanhei estas. Imaginei que seria mais uma serie de terror com casa mal-assombrada com sustos obvios, mas vai além. A partir de uma familia que sai da costa leste americana e vai para Los Angeles, morar numa antiga mansão onde aconteceram crimes hediondos (que eles não sabiam), os roteiristas constroem boas tramas sobre traição, loucura, sexo, crime, tudo com um toque bizarro e senso de humor (mas sem poupar nas cenas gore). E o elenco é vital para que tudo role bem. Ninguem muito conhecido na família, a não ser o canastra Dylan McDermott e a atriz que faz sua esposa, que fez 'Friday night lights" (Connie Britton, excelente milf) e a filha destes, a sensa Taissa Farmiga (irmã mais nova da Vera Farmiga, de 'A orfa'), todos muito bem nos papeis. E, como convidada especial, roubando todas as cenas, Jessica Lange, como a sinistra vizinha que tem uma filha com down. Alem de Denis Ohare (o master vampiro de 'True blood'), como um dos personagens mais asquerosos da TV, um camarada com cancer cerebral terminal. De quebra, o recem-assumido Zachary Quinto aparece como o ultimo dono da casa, um decorador gay afetado.

A serie estreou aqui esta semana -- passa segundas, 23h, no Fox --, mas la fora ja esta com 6 eps exibidos (vi os tres primeiros de enfiada, nao consegui parar de assistir). os eps 4 e 5, um especvial duplo de halloween, é das melhopres coisas no genero que vi na TV em muito tempo. Com muito menos badalação do que 'True blood' ou mesmo o mais sério 'Walking dead', p ex, achei a serie muito mais criativa e interessante no quesito horror. Tomara que emplaque temporada...
Friday, November 04, 2011

X = PUNKABILLY


Nao sou fã do Pearl Jam (mas respeito como banda e pelo historico, milz vzs eles do que um Nickelback, p ex) e nao tava dando muita bola pro show. Ate que descobri, por acaso, que a banda californiana X, ícone do punkabilly, é que está abrindo os shows no Brasil! E não li sobre isso em LUGAR ALGUM! (bon, uns dois sites apenas) Ha cerca de um mes perdi um show deles em NYC, pq era no dia em que eu chegava na cidade e os tickets ja tavam sold out. Na ocasião, eles exibiram o doc 'The unheard music' e tocaram os dois primeiros álbuns, Los Angeles e Wild Gift, na íntegra. Agora, com eles ali na esquina, não vou perder. Apoteose, aqui vou eu!

Formado por Exene Cervenka (voz) John Doe (voz, guitarra, ex-marido de Exene), Billy Zoom (um guitarra rockabilly) e DJ Bonebrake (batera), o X é uma das bandas seminais do punk rock angeleno, junto com Germs, Black Flag, Fear e outras, enfocada naquele doc "The decline of the western civilization'. O toque rockabilly de Zoom deu no punkabilly, reforçado pelo modo de cantar do casal Doe-Cervenka, que remetia aos duetos de Johnny e June Cash. Esta é a primeira vez em mais de 30 anos que a banda vem a América do Sul, e jamais viriam de outra forma.

Ray Manzarek, o tecladista dos Doors, produziu alguns álbuns da banda e disse na ocasião que o X era a mais perfeita tradução de Los Angeles desde a sua banda (da qual eles tocam soul kitchen). Um elogio e tanto. Eles tocam pro volta das 19h e eis aqui o setlist enviado pela produção. Quase todos os hits estão no cardápio. Será a meia hora mais quente deste domingo:

01. Your Phone's Off The Hook But You're Not

02. Johny Hit And Run Paulene

03. Soul Kitchen

04. White Girl

05. Beyond & Back

06. Hungry Wolf

07. Los Angeles

08. Breathless

09. Sugar Light

10. World's A Mess, It's In My Kiss

11. Nausea

12. Because I Do

13. Devil Doll

*o show começou as 19h, durou 40mins e seguiu a risca o setlist acima. foi muito bacana ver a banda de perto e com a formação original. assim q exene começou com 'your phones off the hook', na hora saiu aquela voz de sempre, nao mudou nada! billy zoom, como sempre, rindo e estático ao lado, dj bonebrake arrebentando nas baquetas e john doe em seu terninho rockabilly fazia os contrapontos vocais com exene, que faz deles o johnny e june cash do punk. pena que a cultura rock da plateia fosse quase zero (99% sequer tinha ideia de que banda era aquela) e sequer reconheceram qndo eles tocaram sua versao para 'breathless', do jerry lee lewis (a deles é a melhor, depois da original). mas a banda conseguiu animar parte da plateia apatica em alguns momentos, pq continua afinada como sempre, inclusive no hino punk 'nausea', que, uns 30 anos atras, fazia uma roda de mosh bater bonita aqui ou em los angeles.

NA CIDADE

SETEMBRINAS:

CASAS/SHOWS: Circo Voador 08 – Forró do Kiko / Agytoê / DJ Lencinho 09 – Otto / Duda Brack / Festa Tupiniquim  15 – Eu Amo Baile Funk: DJ Grandmaster Raphael / Ritmo de Favela / Velha Guarda do Funk 16 – Forró de Santa: Conterrâneos / Ó do Forró (SP) / DJ Sérgio Feijó 22 – Haikaiss / DJs Nicole Nandes & Diana Bouth 29 – Mariene de Castro 30 - Francisco, El Hombre / Tom Zé

Teatro Rival 08 – André Frateschi: BRock is Back – Participação: Dado Villa-Lobos 09 - Júlia Vargas - Participação: Simone Mazzer & Não Recomendados 13 –  Duda Brack & Júlia Vargas & Juliana Linhares: Iara Ira 14 – Arlindinho Canta Arlindo Cruz 15 – Banda do Síndico – Participação: Fábio Stella & Marina Íris  16 – Mulheres de Chico 18 – Nelson Sargento 20 – Daira Canta Belchior 21 – Moyseis Marques Canta Chico Buarque 22 – Ellen Oléria 30 – Angela Ro Ro

Vivo Rio 09 – Festa Ploc 13 Anos: Rádio Táxi / João Penca & Seus Miquinhos Amestrados / Sempre Livre / Sylvinho Blau Blau 23 – Padre Fábio de Melo 28 – Il Volo (ITA)

Coordenadas Bar (Botafogo) 12 – Pimenta Jazz Trio 14 – Astro Venga / DJ Tito Figueiredo 19 – Flávio Guimarães 26 – Relógio de Dalí Estúdio Fórum (Botafogo) 08 - Sexta Infame: Flipout A.A. (JAP) / Egocentric Molecules / Kröstah Crust / Pot Zombies / Bongatron 30 – Kosmus / Solifvgae Etnohaus (Botafogo) 10 – Rafael Rocha 14 – Juliano Rabujah &Brunno Monteiro 15 – Doralyce Solar de Botafogo 14 - Zanna 20 – Clarissa Burns 30 – Veludo

Audio Rebel 08 - Quarteto Rutigliano, Ferté, Carvalho e Barrozo 09 - Amsteradio / Mario Maria  09 - Antonio Dantas 12 - Lourenço Vasconcellos  13 - Clayton Fábio Oliveira 14 – Juliana Perdigão  16 - BacaFest: Drápula / Pedras Pilotáveis 19 - Trium (Glaucus Linx, Yann Vathelet, Pedro Leão) 20 – Frederico Demarca 24 – Flavio Tris

Theatro Net Rio 12 – Simone Mazzer 27 – Rael Canta Vinícius de Moraes Sala Baden Powell 10 - Choro Reduto Pixinguinha 16 - Leny Andrade & Quarteto do Rio

Festival Bossa Nova 60 Anos Rio Othon Palace - Salão Bossa Café (Copacabana) 08 – Claudia Telles 15 – Doris Monteiro 22 – Chico Batera 29 – Andrea Montezuma

Teatro Ipanema 08 – Letícia Novaes 12 - A.Nota: Bondesom & B.Negão  19 - A.Nota: Kassin & Wado  26 - A.Nota: Vulgue Tostói & Ventre

Teatro Café Pequeno 14 – Julia Mestre 21 - Lilian Menezes Trio 28 - Marcelo Fedrá 29 - CCMP Fest 2: Montechiari Project / Anjos de Vidro  30 - CCMP Fest 2: Blind Horse / Arcpelago Teatro XP Investimentos (Jockey Club) 13 - Dori Caymmi 20 - Pedro Luís

Imperator 08 – Jorge Aragão 10 – Olivia & Francis Hime 13 – Márcio Gomes 19 – Jazz Pras Sete: Vitor Karyello 4Teto 27 – Alaíde Costa & Áurea Martins: Elizethíssima 30 – Forró Lánalaje: Ustrês / DJ Edna Carvalho

Cidade das Artes 07 - Semana Internacional de Piano: Duo Miroirs (Antonello d’Onofrio & Claudio Soviero) (ITA) 08 - Semana Internacional de Piano: Simon Ghraichy (FRA) 14 - Philip Glass - 80 Anos

Teatro Municipal de Niterói 13 - Nelson Sargento & Paulão 7 Cordas: Sambas & Histórias 14 – Focus (HOL) 29 e 30 – João Bosco

Planet Music (Cascadura) 09 - Nove Zero Nove / Venice / Triunfe  15 - D.P.R. / Fokismo / Força & Honra / Born2Bleed / Norte Cartel Casa Aberta (Rocha) 09 - Zé Bigode y Clara Anastácia Rota 65 (Olaria) 02 - Plebe Rude 16 - Finis Africae

Centro de Referência da Música Carioca (Tijuca) 08 - André Grabois & João Brasileiro - Homenagem a Elomar 09 - Duo Manu Santos & Tuca Alves 13 - Juliana Maia 15 - Marcello Furtado - Homenagem a Benito de Paula 16 - Alice Passos & Breno Ruiz & Miguel Rabello 20 - Eduardo Canto 22 - Paulo Bi 23 - Gabi Buarque 27 - Alice Sales 30 - Roda de Rock: Cássia Novello (16h) 30 - Laura Finocchiaro (19h30)

Festival Harmonia (Parque das Figueiras / Lagoa) grátis 07 – DJ Camilla Brunetta / DJ Thay Girão / Bianca Chami / Luckas Lins / DuoBiarritz (entre 12h e 22h) 08 – DJ Camilla Brunetta / Orquestra de Cordas da Grota / DJ Thay Girão / DJ Dakid / Tom Rezende / Pedro Marzano 09 – DJ Camilla Brunetta / DJ Luckas Lins / Banda Quarto e Cozinha / DJ Thay Girão / DJ RV / Lica Tito / DJ Dakid 10 – DJ Larissa Busch / DJ Camilla Brunetta / DJ Thay Girão / AMescla / DJ Dakid / GilSoul / DJ Tucho

Festival Sonora 08 - Parque das Ruínas: Bel / Aline Gonçalves Convida Susanne Paul  09 - Etnohaus: Luisa Correa / Marcela Velon - Participação: Andreia Mota & André Grabois  10 - Donninha Delivery: Ana Frango Elétrico / Luiza Brina  14 - Centro da Música Carioca: Ivy Morais / Claudia Castelo Branco - Participação: Michele Leal  15 - Parque das Ruínas: Angélica Duarte / Carol Panesi - Participação: Luísa Lacerda 16 - Etnohaus: Claudia Dantas / Carcaju  17 - Donninha Delivery: Cleo MC / Laura Lagub  21 - Centro da Música Carioca: Natalia Carrera / Andrea Dutra  22 - Parque das Ruínas: Lazir Sinval / Selma Mendes  23 - Etnohaus: Amora Pêra / Cacala Carvalho - Participação: Bow Bow Cogumelo  24 - Donninha Delivery: Elisa Queiroz / Gabi Buarque  28 - Centro de Música Carioca: Belliza Luar / Ilessi  29 - Parque das Ruínas: Yasmin Alves / Maytê Corrêa  30 - Etnohaus: Diana Nascimento / Iara Ferreira / Luana Dias / Manu Cavalaro / Ignez Perdigão & Mariana Bernardes

Festival Playing For Change grátis 23 - Casa da Cultura de Belford Roxo: Sangue Rasta Convida Mathias & Panela Zen, Amani Kush, Seea Rasta, Original Raiz, Roger Hitz, Louise Naturize (09h) 23 - PEGA Duque de Caxias: Corcel Mágico / Sudra / Renata Gomes / Passinho BF (14h) 23 - Rede Funk Social São Gonçalo: Dia Dos Loucos / MC Douglas Vieira / MC Renato Patrão / Analu Custódio (14h) 23 - Food Park Carioca Maracanã: Bel Almeida / Indian Brothers / FishEye (17h) Parque das Ruínas (Santa Teresa) 03 - Orquestra de Sopros Pró-Arte - Participação: Kiko Horta & Marcelo Caldi 09 - Feira Vegannezando: Melodica Vibezz / Laura & Luísa / Kerubim (10h) 09 - Victor Mus (17h30) 10 - Matheus Schneider Quartett 17 - MEB - Boca do Mundo 30 - Laura Zannet

Motim (Centro) 15 – Chico de Barro / Papisa (SP) 22 - 5 Anos da Hi Hat Girls! Escritório (Centro) 07 - Matinê Tropical Fuzz: Carbo / McGee & The Lost Hope 09 - Os Vulcânicos / Blastfemme 16 – Dedo / Tantão & Os Fita 30 – Lê Almeida Casa de Baco (Lapa) 01, 15 e 29 - Ana Costa 02, 16 e 30 - Primavera das Mulheres 05, 12, 19 e 26 - Bondesom 06, 13, 20 e 25 - Hermenegildo59 07 - Mussa 08 - Pietá 14 - Gastão Villeroy 21 - Badi Assad 22 - Dudu Oliveira Ganjah (Lapa) 12 - Samba Independente dos Bons Costumes  15 - Tyaro Maia 16 - Dub Ataque 18 - Chico Chico & João Mantuano  21 - De Leve & DJ Erik Skratch

FM Hall/AEROPORTO SANTOS DUMONT 19h – grátis 12 – Faro MPB: Marcelo Jeneci 13 - Banda 15 Dias 26 – Faro MPB: ? Museu de Arte do Rio (Centro) 29 - MAR de Música: Black Alien / Baile da Ademafia CCBB (Sala 26 / 4º andar) 19h30 – grátis 15 - Festival Espaço Sideral - Cidades Criativas: Negro Leo & Felipe Neiva (pocket show)

Espaço BNDES 19h – grátis 13 – Ithamara Koorax 14 - Luísa Lacerda & Quarteto Geral 21 – Coralito 27 – Quaterna Réquiem 28 - Roberto Menescal Casa do Choro (Centro) 13 - Déo Rian - Homenagem a Jacob do Bandolim  14 - Quarteto de Bandolins  20 - Pedro Amorim  27 e 28 - Pedro Miranda

Circuito SESI 13 - Centro: Laura Lagub 15 - Jacarepaguá: Paulinho Moska 20 - Centro: Paulinho Moska Circuito SESC 09 - Duque de Caxias: Da Ghama (15h - grátis) 13 - Ramos: Autoramas (15h - R$ 20) 14 - Tijuca: Autoramas (20h - R$ 20) 15 - Niterói: Autoramas (19h - R$ 20) 16 - Engenho de Dentro: Bagunço (16h - grátis) 17 - São João de Meriti: Da Ghama (19h - R$ 20) 17 - São Gonçalo: Autoramas (19h - R$ 20) 26 - Ginástico: Joyce (19h30 - R$ 25) 26 - Copacabana: Primavera nos Dentes (Charles Gavin, Duda Brack, Paulo Rafael, Pedro Coelho - Homenagem ao Secos & Molhados) (20h30 - R$ 25) 27 - Copacabana: João Donato & Donatinho (20h30 - R$ 25) 28 - Tijuca: João Donato & Donatinho (20h - R$ 20)

MIXX: 08 e 15 – Banda Neuttra – Shopping Grande Rio / São João de Meriti (19h – grátis) 08 - Festival From Hell: Nunslaughter (EUA) / Velho / Farscape / Creptum (SP) – Sport Clube Mackenzie / Méier 08 - Miss Kittin (FRA) – Hostel Canoas / São Conrado 08 - Giovana Adoracion – Bar Itália / Niterói 08 - Rio Na Rua: Matheus VK – Praça Nelson Mandela / Botafogo (20h30 – grátis) 08 - Bike (SP) / Oruã / DJ Gordinho – Aparelho / Praça Tiradentes 08 - O Rappa - Tour de Despedida – Quadra da Grande Rio 08 - Djonga / Sant / Lado A / Kayuá – Bar do Blues / São Gonçalo 08 - Segura O Grave / Bloco do S – City Lab / Santo Cristo 08 - Festa Batekoo: Blackyva – Viaduto de Madureira 09 - Punching Namard / Vulppe / Punk AnimalZ / Filhos do Totem / MC JPunk / Ocupa Sound – Centro Cultural Paschoal Carlos Magno / Niterói (10h – grátis) 09 - Regorge / Hellmen / Hurt / Indigestu – Usina do Metal / Nilópolis (17h – contribuição voluntária) 09 - RockZone Fest: Romeu / Solve / Reverb – Hashtag Bar / Vista Alegre (19h – grátis) 09 - Insanity Rock Fest: Moby Dick Rock Club / Cateto Oposto – Lona Elza Osbourne / Campo Grande 09 - Semana Internacional de Piano: Encerramento – Sala Cecília Meireles / Lapa 09 - Zambrotta Lo-Fi (PE) / Pessoas Como Nós – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo (21h – grátis) 09 - Blind Horse / Gods & Punks – Néctar / Vargem Grande 10 - MIG - Movimento Independente Grunge: Séquito / Frogslake / Canella Seca / Dive – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo (14h – grátis) 10 - Jamevú Sessions: Saulo Duarte (PA) – Casa Francisco / Santa Teresa  10 - MorMaÇo 07: Biltre - Praça dos Direitos Humanos / Nova Iguaçu (17h – grátis) 10 - Orquestra Petrobras Sinfônica – Carioca Shopping (17h – grátis) 12 - Lúcia Helena Weiss & Pedro Franco - Participação: Flora Purim & Marfa Kourakina – Centro Cultural da Justiça Federal / Centro 13 - Quintavant: Terry Riley & Gyan Riley – Sala Mário Tavares / Centro 14 – Chico Batera - Casa Julieta de Serpa / Flamengo

16 - Roda Cultural: Zona Restrita BXD / Banda Defon – Praça da Ponte Enviesada / Belford Roxo (11h – grátis) 16 - Alternativo Rock Club: Hawaii Carioca / Dois ou Dez / Jerry Matarazzo – Food Park Carioca / Maracanã (17h – grátis) 16 - Hip Hop Conhecimento: DJ Dree – Soma Hub / Duque de Caxias (19h – grátis) 16 - Festival Sounds: Kapitu / Vulppe – Clube Naval / Niterói 16 - Mulheres de Buço - Participação: Biltre / Minha Luz É De Led DJ Set – Estúdio Floresta / Cosme Velho 17 - Ensaio do Tambores de Olokun – Altura do Belmonte / Praia do Flamengo (16h – grátis) 17 - Lumus: Guaporés / Choclo / Filtra / Fábrica Nômade Sonora – Galpão Ladeira das Artes / Cosme Velho 17 - Orquestra Petrobras Sinfônica – Theatro Bangu Shopping (19h – grátis) 17 – Azymuth - Casa Julieta de Serpa / Flamengo 20 - Cintia Graton & Marina Cyrino: Le Chant Oublié – Maison de France 22 - Jazz Out: Tim Maia in Jazz – Hotel Vila Galé / Lapa 23 - El Toro Fuerte / gorduratrans / Fábio de Carvalho – Buda Burger / Duque de Caxias 23 - Victor Biglione & Bárbara Mendes – Bangalô / Barra da Tijuca 23 - Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson Five – Lona Carlos Zéfiro / Anchieta 24 - Lona Rock Sunday: Homobono / Diogo Gameiro / Jomar Schrank / Xha de Folhas Experimentais – Lona Terra / Guadalupe (14h – contribuição voluntária) 24 - Festival Headbanger Force: Dixie Heaven / Decifra-me / Ceiffador / Sentido Oposto / Arena / 7HE A77IC – Lira de Ouro / Duque de Caxias 27 - Baculeju da Sandra de Sá – Teatro Glaucio Gill / Copacabana 28 - Rael Canta Vinícius de Moraes – Theatro Bangu 30 - Hip Hop Conhecimento: Yas Werneck – Instituto Enraizados / Nova Iguaçu (16h – grátis) 30 – Leila Maria - Moviola Bistrô / Laranjeiras 30 - Matheus VK – Galpão Gamboa

Mostra Rússia: Um quarto de século através do cinema: traz o que há de mais relevante no cinema russo contemporâneo para a CAIXA Cultural Rio de Janeiro. A programação inclui, dentre outros destaques, três estreias em território nacional: Fábrica “Esperança” (2014), de Natália Meshaninova; Blues de Grozny (2015), de Nicola Belucci; e o premiado Algo Melhor por Vir (2014), da jovem diretora Hanna Polak. 19 de setembro a 1º de outubro (terça a domingo)

PROGRAMAÇÃO DO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):   16/09 – Sábado 21:00 Baby do Brasil 23:30 Baby do Brasil   17/09 – Domingo 20:00 Baby do Brasil 22:30 Baby do Brasil   20/09 - Quarta-feira   20:00 Jaques Morelenbaum convida   27/09 - Quarta-feira 20:00 Anne Paceo 28/09 Quinta-feira   20:00 Orquestra Atlântica 22:30 Orquestra Atlântica    Outubro   04/10 - Quarta-feira 20:00 Ala.Ni 05/10 – Quinta-feira 20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  06/10 – Sexta-feira 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    07/10 – Sábado 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    08/10 – Domingo  20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  11/10 - Quarta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    12/10 – Quinta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO



MIMO FESTIVAL 2017: os principais destaques do line-up. A edição de Paraty é inteiramente dedicado a mulheres, e traz representatividade trans. Teremos artistas como Oumou Sangaré,, Teresa Salgueiro, Liniker e Os Caramelows, As Bahias e a Cozinha Mineira, entre outros. No Rio e em Olinda teremos Emir Kusturica, Ondatropica, Nouvelle Vague

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo recebe a 8ª edição do Festival Assim Vivemos com 32 filmes com temática sobre deficiência de 19 países COM ENTRADA FRANCA, A SEDE DO CCBB SP RECEBE O EVENTO ENTRE 20 DE SETEMBRO E 1º DE OUTUBRO

SOM: A HISTÓRIA QUE NÃO VEMOS                   CCBB Rio de Janeiro – 13 de setembro a 2 de outubro                    CCBB São Paulo – 4 a 23 de outubro     O som sempre esteve presente nas nossas vidas. Desde o quarto mês de gestação, é o primeiro sentido que desenvolvemos. É por meio do som que se dá nosso primeiro contato com o mundo exterior. Com ele, nossa personalidade ganha seus contornos iniciais. Mas, na sala escura do cinema, muitas vezes, ele não tem o seu valor reconhecido

Após sucesso de público e crítica em São Paulo, o espetáculo teatral “Aqui estamos com milhares de cães vindos do mar”  realiza curta temporada na CAIXA Cultural Rio de Janeiro de 22 de setembro a 1º de outubro (sexta a domingo). sempre as 19h

HAPPY LAPA: nova happy hour estreia no Teatro Odisséia, dia 22 de setembro, sexta-feira   De 19h às 22h, evento apresenta shows da banda Zé de Albuquerque (SP) e da dupla Chico Chico e João Mantuano (RJ), com o comando da experiente DJ TataOgan nas picapes. Produzido por Leonardo Rivera, da Astronauta Discos, e com entrada a R$10,00, os 100 primeiros que chegarem não pagam  

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 9 de setembro a 12 de novembro de 2017, a exposição Natureza Concreta, que discute e aprofunda um tema de interesse permanente na arte, na ciência e na filosofia: as relações dos seres humanos com a natureza e o mundo que os cerca. Entre fotografias, vídeos e instalações em formatos variados, serão apresentadas 94 obras de 17 artistas e grupos brasileiros. O projeto tem curadoria de Mauro Trindade e patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

VIMIC ABRIRÁ SHOWS DO MEGADETH NO BRASIL EM NOVEMBRO   Banda de Joey Jordison, ex-baterista do Slipknot, se apresenta no país pela primeira vez

EXPO TOZ: O ARTISTA GRÁFICO TOZ, é o convidado do projeto “Os Amigos da Gravura”, que está completando 25 anos. A inauguração é no dia 14 de setembro (para convidados) e 15 (para o público), NO MUSEU DA CHÁCARA DO CÉU/SANTA TERESA

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers