Pages

Tuesday, October 31, 2006

November spawned a monster

é o nome de uma canção do morrissey. que não tem nada a ver com esse post. que é para lembrar das inúmeras boas atrações musicais que teremos este mes. a saber:

10 - Felix da Housecat, finalmente no Rio, toca no Armazém 5 do Cais do Porto (+ Mauricio Lopes, Mau Mau e Léo Janeiro).

12- Video Game Live no Claro Hall. Temas clássicos dos jogos tocados por uma orquestra com direito a telão e interação!

16- New Order toca na nova casa Vivo Rio, ao lado do MAM (em SP no Via Funchal). Um terço do set são músicas do Joy Division!!!

18- Creamfields na fazenda Ana Dantas (Petrópolis) com Underworld, Sasha, Sander Kleinemberg, a fina nata do som prog.

24 - The Bravery no Circo Voador (em SP, no festival Nokia Trends)
Saturday, October 28, 2006

ROCK, RO-BOT ROCK!


AS CINCO NOTAS DE CONTATOS IMEDIATOS DO TERCEIRO GRAU (IGUAL AS QUE ROBBIE WILLIAMS USOU NA ABERTURA DE SEU SHOW) AVISARAM QUE A CORTINA IA SE ABRIR E O DAFT PUNK TOCAR NA NOSSA CASA. AFINAL! A DUPLA DE ROBOS ASSUMIU A POSIÇÃO NA BASE DE COMANDO DE UMA PIRAMIDE QUE AS VZS LEMBRAVA UM GENIUS (SIGAM AS CORES E REPITAM OS PADRÕES) OU "CUBO" MAGICO PELAS CORES EMANADAS E "PERFORMIZARAM" UM MEGAMIX DE QUASE TODAS AS SUAS MÚSICAS DE TODOS OS SEUS DISCOS SEM TOCAR EXATAMENTE NENHUMA INTEIRA OU DE MODO CONVENCIONAL. APENAS DA ABERTURA COM ROBOT ROCK, A CARTA DE INTENÇÕES, ATE CHEGAR AO FINAL, COM HUMAN AFTER ALL, O RESULTADO DO ROTEIRO FOI UMA TRIP QUASE ININTERRUPTA DE CERCA DE 80 MINUTOS. ROBOS NAO FALAM, SO COMPUTAM. A MUSICA, POR OUTRO LADO, FALA, ENVOLVE, TOCA, ENVOLVE. SOM PODEROSO, GRAVES MATADORES NAS HORAS CERTAS (DAQUELES DE DAR CAGANEIRA), LUZES CALEIDOSCOPICAS E PROJEÇÕES QUE CRIAVAM, NOS TELÕES, FORMAS GEOMETRICAS E TRANSFORMAVAM O QUE ESTAVA NO PALCO NUM DESENHO ABSTRATO QUE NUNCA SE REPETIA. ENQUANTO ISSO, OS ROBOS EM SUAS JAQUETAS DE COURO DE GRIFE SEGUIAM APERTANDO BOTOES, CORTANDO FREQUENCIAS, COLANDO TRECHOS DE MUSICAS AQUI E ALI. E, ASSIM COMO CHEGARAM, MUDOS, SE FORAM. E NOS DEIXARAM CHAPADOS. E QUERENDO MAIS!!!
Wednesday, October 25, 2006

Revistas em revista

Baseado nuns offs do topico abaixo, vamos falar de revistas de musica brasileiras. Desde que me entendo por gente já vi um bocado. Nao peguei a primeira versão da Rolling stone, nem o Jornal de música. Mas cheguei a comprar a somtres e ate um jornal paulista chamado Canja (no qual escrevia o paulo ricardo antes do rpm). dai, com o rock brazuca vieram roll e bizz e, entre elas, por um curto tempo, a pipoca moderna (na qual fiz estagio, antes mesmo de acabar o segundo grau). a roll durou o tempo em que o argentino dono dela ficou no brasil (em buenos aires ele editava a pelo) e a bizz, se nao me engano, foi a unica revista de musica pop/rock brazuca a durar mais de cinco anos. nesse gap veio o jornal rock press, da editora q fazia o planeta diario (q, + tarde, juntando-se a galera da revista casseta popular deu no q vcs já sabem). mas nada emplacava. tipo a bizzu (feita pelo petrillo, q agora edita o international magazine). varios pequenos jornais e revistas que mal chegaram ao numero dez e a gente nem se lembra mais dos nomes aconteceram. e agora, ate a chegada da nova bizz e da versao pra valer da rolling stone, só tivemos as ja defuntas zero e front, a brava rock press (que usa o nome do velho jornal cedido por luiz antonio mello), a labpop e a outracoisa, todas aqui do rio, e a dynamite de sp (ainda sai a rock brigade?). lembram de mais alguma? qual acham que foi a melhor que ja tivemos? acham que a rs brazuca vai emplacar? e a nova bizz? o que está faltando? um jornal do tipo nme? será que, com a internet e a tecnologia, ainda precisamos de ler coisas no papel? alias, ninguem le no brasil e as revistas nao tem anunciantes. a culpa é nossa, entao?
Sunday, October 22, 2006

sonhando acordado


Não me lembro se foi no pgm do mauval na flu fm ou com disco importado de amigos, mas a primeira vez q ouvi o r.e.m., circa 82, gostei muito. na hora pensei tratar-se de uma banda inglesa, pelo visual da capa do disco, pelo som da musica, o jeito dos caras se vestir, nao pareciam caipiras americanos da geórgia. lembrei disso enqnto assitia aos clipes (alguns bastante experimentais) do dvd "when the light is mine" (q tbm tem uma versão em cd), que cobre a fase em que o r.e.m. gravava pela indie (e já extinta) i.r.s., entre 1982 e 87. fica claro q existem dois grupos distintos. o dessa primeira fase (a q mais gosto), de musicas como "wolwes, lower", "radio free europe", "pilgrimage" e "so. central rain", e outro, que veio apos o contrato com a warner e o hit "losing my religion", qndo michael stipe perdeu os cabelos e mike mills passou a usar óculos. embora a banda ainda tenha seu mérito acho q toda banda boa e diferente deveria acabar no primeiro ou segundo disco, antes de ficar muito famosa e ser corrompida pela fama. nao foi o caso do r.e.m, aparentemente, mas da noite pro dia eles se tornaram priopridade de warner (junto com os chili peppers) e tiveram que assumir uma responsa de grande banda. o estado r.e.m. (a fase do sono na qual sonhamos) como vcs sabem, dura pouco, cerca de cinco minutos. poizé...
Tuesday, October 17, 2006

O q rola no iPod da Lily Allen


bom, pessoal, tenho que praticar bigamia de novo para manter os blogs funcionando, então aqui vai outro post remix:

Você já deve ter ouvido "Smile" de Lily Allen em alguma FM ou programa de clip. Mas já ouviu o disco ("Alright, still...")? A garota é bacana, manda bem nas letras e tem um belo senso de humor (talvez por ser filha do comediante inglês Keith Allen). Ela é do tipo que engana. Cara de boa moça, tem língua ferina e não perde a chance da piada. Meio como uma versão com vagina de Robbie Williams. Descolamos uma lista exclusiva com as músicas mais rodadas no iPod da moça, que nos foi enviada por uma amiga da EMI. Confiram (com direito a comentários da própria):

Les Fleur - Minnie Riperton
Les Fleurs: The Minnie Riperton Anthology
Amo essa canção. A produção é do outro mundo. As pessoas simplesmente não fazem mais músicas desse jeito. Acho que é uma de minhas favoritas de todos os tempos. Simplesmente fantástica!

Dirt off your shoulder - Jay Z
Black Album
Jay-Z é, indiscutivelmente, o rei dos reis. Essa é uma de minhas canções balançantes favoritas. Tenho quase certeza de que foi produzida por Timbaland. Vou continuar ouvindo por anos.

Heart Of Glass -Blondie
Parallel Lines
All time classic. Provavelmente já cantei essa música enquanto me penteava em frente ao espelho um milhão de vezes. Ela me lembra a infância. E também acho que Debbie Harry é o mais próximo que tive de um ídolo na vida!

Back to life - Soul 2 Soul
Eu nunca ouço essa música com freqüência, mas, quando ela toca, me traz um leve sorriso ao rosto. Me lembra quando era criança, quando via minha mãe dançando ela em minhas festa de aniversário. Era realmente embaraçoso. Mas é uma boa canção, afinal.

Girl - Beck
Guero
Eu não tenho a menor idéia das palavras ditas no refrão, mas não importa, Beck é um gênio. Suas melodias são incríveis. Eu gosto de ouvir Beck em longos trajetos de carro…

Poppin' My Collar (Explicit Version) -
Three 6 Mafia
Essa é uma música de clube e me faz sentir como um cara toda vez que a ouço. Basta tocar essa música e já fico a fim de me jogar nas paredes.

Steady as She Goes - Raconteurs
A banda nova do Jack White. Gosto muito dele, não há duvida quanto a seu talento. Outra música boa para ouvir em longos passeios no carro…

Raspberry Beret - Prince
Não dá para fazer um playlist e não incluir Prince. Essa música é ótima e quando estou discotecando não falta no set. Todo mundo logo a reconhece. Não há como errar com Prince. Ele é o original gangsta e suas músicas nunca envelhecem.

Overnight – Gonzales
Solo Piano
Essa é engraçada. Normalmente não escuto discos solos de piano, mas esse cara é realmente cativante, especialmente nessa faixa.

Une Année Sans Lumiere - The Arcade Fire
"Funeral" foi provavelmente meu disco favorito do ano passado, e essa é, sem dúvida, a minha faixa favorita dele. Os vocais são assustadores, mas as melodias e harmonias são tão cativantes.

I Can’t Go For That - Hall and Oates
Música número 1 de todos os tempos para uma festinha. Ela é demais e faz todo mundo cantar. Não conheço ninguém que não goste dela. Não sou a maior das fãs de Hall & Oates, mas não há como negar essa música.

*a garota canta numa faixa do novo cd de robbie williams...
Sunday, October 08, 2006

God only knows...

Nessa tarde chuvosa de domingo tô de prantão no grobo e so vou sair daqui depois do debate entre lulla e walkmin na band. Ou seja, só depois da meia-noite. Meanwhile, pensei em cousas. Votar nulo ou escolher o menos pior? Até agora não sei o q vou fazer. Já tinha anulado na primeira vez. Dai, comecei a ouvir mais vzs o novo CD dos Killers, "Sam's town", e até que passei a gostar um pouco mais dele, pq comecei a entendê-lo melhor. Apesar de implicar um pouco com o clima meio Queen, percebi que ele é fiel ao que quer q seja q o Killers persiga. E eles fizeram bem em não incluir nada que sequer lembre "Somebody told me". Ponto pra eles. E o Daft Puk vai tocar perto das nossas casas, mas até agora tá parecendo q o show vai ser meia-bomba, por causa do preço do ingresso. E temo que Robbie Williams não consiga encher todos os brancos da Praça da Apoteose, apesar das inúmeras promos que dão entradas grátis pra parada. Tbm notei que a oifm virou uma fm igual a todas as outras, exceto pelo Mauval. E hj passa o segundo ep de "Big love", a nova série do HBO, q usa a música dos Beach Boys citada no título do post em sua abertura. Achei o primeiro so-so, vamos ver o q rola adiante. Woke up this morning and got yourself a gun. Sopranos rules!
Thursday, October 05, 2006

DEFINITELY, ANA MATRONIC


Na terça-feira, ao cair da tarde, recebo a ligação inesperada de Ana Matronic do Scissor Sisters, que a gravadora agendou em cima da hora pq leu a critica q fiz no dia no grobo. Aqui vao trechos da conversa. Extremamente simpática, Ana Matronic soa ao fone como a gente vê nos clipes da banda, sorridente e tranquila. Ela, que nasceu Ana Lynch em Portland, Oregon, há 32 anos, estava em Seattle, visitando parentes.

A primeira pergunta foi sobre as diferenças entre um disco e outro, que Ana respondeu, como a todas, usando "Definitely" como vírgula.

= Definitivamente, acho que o novo disco é mais rock do que o anterior. As músicas foram mudando de acordo com as turnês, e, quando chegamos no estúdio, isso se acentuou ainda mais. Estamos mais nessa linha rock retrô do que no rock com pitadas dance, que era o nosso som original. Definitivamente, o primeiro disco era diferente, porque representava três ou quatro anos de nossas vidas e carreiras tentando vencer e aparecer na música, então ele atirava em várias direções. Esse novo já foi mais focado e só levou um ano para ser criado e pensado.

Apesar da aclamação da crítica e dos europeus, o SS não aconteceu nos EUA, ainda.

= Definitivamente, acho que a mentalidade americana é muito fechada, menos aberta que a dos ingleses, por exemplo. Mas a aceitação maior na Europa também deve ser porque não gravamos por um selo americano, atualmente moramos no Reino Unido, o primeiro disco saiu lá (na Inglaterra) primeiro do que aqui (nos EUA), teve mais repercussão na Europa. Definitivamente, deve ser um pouco por causa disso. Mas tem também o fato de não tocar no rádio nos Estados Unidos como toca no Reino Unido. E isso ajuda.

Além disso, há mais um fator para o Scissor Sisters ser um estranho em seu próprio país. Recentemente, o vocalista Jake Shears criticou o alto preço dos CDs nos EUA, e, por isso, várias lojas boicotaram o novo CD.

= Sim, o boicote está acontecendo em algumas cadeias de discos americanas. Tudo porque Jake fez essa crítica numa convenção de gravadoras e não pegou bem. Mas ele tem razão. Em algumas lojas o nosso disco chegou custando quase 30 dólares, as pessoas vão preferir baixá-lo, com razão. Definitivamente, acho que as companhias têm que baixar o preço dos discos, ainda mais com os downloads na internet.

E como é ser a única mulher entre quatro homes (três deles gays?)

= Não tem essa de serem quatro homens, são todos meus amigos. Nós nos amamos, trocamos confidências, mas as vezes pode ser dificil, definitivamente. Mas eles me respeitam. Mas não me tratam como a irmã mais velha, somos uma banda de rock. Não faço o papel de mãezona para nenhum deles...

Sobre uma vinda da banda ao Brasil, por ela, já está nos planos.

= Definitivamente queremos ir à América do Sul, nunca estivemos aí, fora Paddy (o baterista e único hetero do grupo). Você acredita que ele foi de moto de Nova York ao Rio? Um maluco! Esse ano vamos tentar fazer uma turnê maior e, definitivamente, queremos passar pelo Rio e conhecer o Brasil e América do Sul...

*entrevista + completa no blog do rf, é dificil ser bigamo (rs)

NA CIDADE

OCTOBERFESTIVAS:

FESTIVAL DO RIO  ÚLTIMA CHANCE   de 16 a 18 de outubro   Estação NET Botafogo 1 + Estação NET Rio 4 e 5    

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO 1: 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Ocidental Dir. Neïl Beloufa 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Matar Jesus Dir. Laura Mora 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Memórias do subdesenvolvimento Dir. Tomás Gutiérrez Alea 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     As misândricas Dir. Bruce LaBruce

  17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Ensiriados Dir. Philippe Van Leeuw 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Antipornô             Sion Dir. Sono 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Patti Cake$ Dir. Geremy Jasper 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     Meu colégio inteiro afundando no mar Dir. Dash Shaw  

18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Últimos homens em Aleppo Dir. Firas Fayyad 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Cadáveres bronzeados Dir. Hélène Cattet, Bruno Forzani 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Sal Dir. Diego Freitas 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Alanis Dir. Anahí Berneri 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     How to Talk to Girls at Parties Dir. John Cameron Mitchell  

ESTAÇÃO NET RIO: 16/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Kim Dotcom: Agarrado na web Dir. Annie Goldson 16/10/2017         Estação NET Rio 5             16:15     God's Own Country Dir. Francis Lee 16/10/2017         Estação NET Rio 4             18:00     A liberdade do diabo Dir. Everardo González 16/10/2017         Estação NET Rio 5             18:45     Golden Exits Dir. Alex Ross Perry 16/10/2017         Estação NET Rio 4             19:45     As entrevistas de Putin Dir. Oliver Stone 16/10/2017         Estação NET Rio 5             21:00     A vendedora de fósforos Dir. Alejo Moguillansky  

17/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Encriptado Dir. Nick de Pencier 17/10/2017         Estação NET Rio 5             16:15     Eduardo II Dir. Derek Jarman 17/10/2017         Estação NET Rio 4             17:30     Top of the Lake: China Girl Dir. Jane Campion, Ariel Kleiman 17/10/2017         Estação NET Rio 5             18:45     Titicut Follies Dir. Frederick Wiseman 17/10/2017         Estação NET Rio 5             21:00     Invisível Dir. Pablo Giorgelli

  18/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Senhora Fang Dir. Wang Bing 18/10/2017         Estação NET Rio 5             16:00     Minha adorável lavanderia Dir. Stephen Frears 18/10/2017         Estação NET Rio 4             17:20     Tangerine Dream: a revolução do som Dir. Margarete Kreuzer 18/10/2017         Estação NET Rio 5             17:50     Cicciolina - Madrinha do escândalo  Dir. Alessandro Melazzini 18/10/2017         Estação NET Rio 5             19:00     O diabo e o Padre Amorth Dir. William Friedkin 18/10/2017         Estação NET Rio 4             19:10     Long Strange Trip: A viagem do Grateful Dead Dir. Amir Bar-Lev 18/10/2017         Estação NET Rio 5             20:30     Ex Libris: Biblioteca pública de Nova York Dir. Frederick Wiseman  

INGRESSOS: R$22,00 / meia: R$11,00 Meia entrada para quem comprou Passaporte

UCI INAUGURA A PRIMEIRA SALA DE CINEMA XPLUS LASER DO BRASIL, NO RIO DE JANEIRO: No ano em que comemora duas décadas no Brasil, a rede UCI reforça sua missão de oferecer ao público a melhor experiência em cinema e o que há de mais moderno no mundo, no mercado audiovisual. No Rio, inova mais uma vez com a primeira sala XPLUS Laser do país. A novidade será no maior complexo de cinemas brasileiro, o UCI New York City Center, que este ano também recebeu a primeira 4DX da cidade, com cadeiras que se movimentam e efeitos especiais. A aquisição do novo projetor a laser torna ainda mais imersiva a tecnologia da XPLUS, que tem projeção 3D de última geração, tela gigante com definição 4K e som Dolby Atmos™, com mais de 54 caixas acústicas e 128 streams de áudio que criam a ilusão de um campo infinito ao redor de cada espectador.

PROGRAMAÇÃO DO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):     Outubro   20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Zucchero (o 'roberto carlos da itália') vem fazer shows no Brasil em outubro: Rio de Janeiro, no dia 26 de outubro, no Teatro Bradesco Rio São Paulo, no dia 27 de outubro, no Teatro Bradesco Porto Alegre, no dia 28 de outubro, no Teatro do Bourbon Country  

AGENDA CUTURAL BARATOS DA RIBEIRO: Sábado, 21 de outubro, a partir das 17h: VESPEIRO com as bandas Estranhos Românticos e Imperfeitos Quinta-feira, 26 de outubro, a partir das 19h: LEVADAS DA BECA, com as DJs Ana Paula Moniz (Beca Brechó), Bia Andrade & Ana Galli + uma convidada surpresa! Sábado, 11 de novembro, a partir das 17h: VESPEIRO com a banda Os Alquimistas (MS) e Mauk + Pedro White & banda fazendo tributo duplo: ao Bruce Springsteen e ao Tom Petty! RUA PAULINO FERNANDES 15, BOTAFOGO/RJ

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

II FESTIVAL IMPERIAL DE CINEMA DE PETRÓPOLIS COMEÇA NESTA QUARTA, DIA 18: Festival é gratuito e conta com filmes inéditos na programação  A abertura será no Theatro D. Pedro com exibição do filme “João, O Maestro”, de Mauro Lima.

Angela Ro Ro leva o show "Amor & Humor" para a Zona Norte A cantora - que pela primeira vez pisa no palco do Centro Cultural João Nogueira -  faz  apresentação única no Méier, dia 29 de outubro, às 19h, no Imperator

estreia: 5º FEIRA/ 19 OUT - ABERTURA DA MOSTRA JÓIAS DO CINEMA DINAMARQUÊS: CINE JOIA DO RIO DE JANEIRO (copacabana) EXIBE SEIS LONGAS INÉDITOS DO PAÍS NÓRDICO; E O PRIMEIRO DOC LONGA-METRAGEM FILMADO NA GROENLÂNDIA.

Depois de regravar sucessos do Pop, Rock e Samba, a Orquestra Petrobras Sinfônica prepara uma homenagem ao reggae. O quarto EP da série “O Clássico é...” trará versões inéditas de “Andei só” (Natiruts), “Minha felicidade” (Roberta Campos), “Um anjo do céu” (Maskavo), “Aonde você mora” (Cidade Negra) e “Segue o baile” (Braza). A primeira apresentação do novo projeto será no Teatro Rival Petrobras, com entrada gratuita, às 20h do dia 18 de outubro (quarta-feira).

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers