Pages

Thursday, July 26, 2012

TDKR

PROS: OS IRMAOS NOLAN SABEM FAZER EXCELENTES ROTEIROS, E CHRIS, O DIRETOR, TEM A MANHA DE CONSEGUIR REALIZAR UM FILME CENSURA PG-13 SEM DESCAMBAR PARA O OBVIO OU INFATILOIDE. ELE INSERIU A IDEOLOGIA OCUPPY WALL STREET, DOS 99% CONTRA 1% MUITO BEM NA TRAMA, FAZENDO SENTIDO. OS FILMES DA TRILOGIA THE DARK KNIGHT SAO SERIOS, ALGO PESADOS, POLITIZADOS E COM FORTES TOQUES PSICOLOGICOS. A ESCALAÇÃO DO ELENCO E SEU RENDIMENTO TBM É OTIMO. TINHA OS DOIS PÉS ATRAS COM A NOVA CATWOMAN, MAS A ANNE SAIU-SE MUITO BEM. O BANE É ASSUSTADOR. AS TOMADAS IMAX SAO GRANDIOSAS E VERTIGINOSAS. TODO O FILME FECHA MUITO BEM A TRILOGIA, COM ELEMENTOS DOS DOIS ANTERIORES (MAIS ATE DO PRIMEIRO) MUITO BEM ENCAIXADOS. É UM FILME SOBRE HEROÍSMO, EM QUE O BATMAN APENAS PERSONIFICA ISSO, DANDO A ENTENDER QUE QQ UM, MOVIDO DO MESMO IDEAL E ESPIRITO, PODE SER TAMBEM UM HEROI E COMBATER A INJUSTIÇA.


CONS: É O FILME MAIS HOLLYWOODIANO DOS TRES (TEM ELEMENTOS QUE QUASE BEIRAM O PIEGAS OU O PATRIOTISMO GRATUITO). BANE NAO TEM O MESMO PESO E IMPACTO DO CURINGA (ATE PQ, A ATUAÇÃO DE TOM HARDY É TODA ATRAS DE UMA MÁSCARA). USA AQUELE TRUQUE MANJADO DE HOLLYWOOD DE DIZER FRASES DE EFEITO NO COMEÇO QUE SE REALIZAM NO FINAL (COMO AS DE ALFRED). ALGUMAS CENAS ESTAO MAL EDITADAS (EX: APOS O ATAQUE NA BOLSA, DE DIA, DE REPENTE VIRA NOITE NA PERSEGUIÇÃO). NAO TEM UMA CENA DE AÇÃO REALMENTE DE SE APLAUDIR. BANE É ELIMINADO DE QUALQUER JEITO, DEPOIS DE TOCAR UM TERROR IMENSO. AS POUCAS SALAS IMAX DO BRASIL SÃO IMINIMAS EM COMPARAÇÃO COM AS AMERICANAS, GANHAM SÓ NO SOM E IMAGEM, NÃO NA TELA...

Sunday, July 22, 2012

fim...

Death is everywhere, diz a letra de 'fly in the windescreen', do depeche mode. a partir do momento em que nascemos, começa o countdown pra morte. mas eu nunca a tinha presenciado de perto. meus pais ainda sao vivos, bem como minhas tias de sp, primos e sobrinhos. mesmo distantes, sabemos disso. foi com a morte da mae de ma babe (a quem eu chamava de vovó, pois era a unica q eu tinha, já que as minhas originais se foram qndo eu era criança e nem tive conhecimento) que tive, pela primeira vez, contato proximo com a morte, que nao é uma gotica bacana como a irma de sandman. é apenas uma coisa fria. é aquele momento em que simplesmente apagamos, e quem fica, nao tem a menor ideia do que acontece depois, mesmo que as crenças religiosas de cada um acenem com possibilidades diversas. no meu caso, acho que o que vem depois é um great big no. voltamos para um nada, nos tornamos parte de tudo novamente. assim como nao há um antes, nao deve haver um depois...

o que fica num momento desses é que nao somos nada. nao adianta dinheiro, posiçao social, se achar melhor, ser pobre, rico, famoso, anonimo, ser judeu, catolico, muçulmano, branco, negro, tudo o que faz e se fala aqui nao passa de bullshit. a unica coisa a se fazer é viver. viver, aproveitar, desfrutar, rir, amar, conhecer, viajar, comer, ver, ler, ajudar, dividir, brincar. pq tudo o mais nao passa de detalhe. assim como todos nascem, choram, comem, urinam, defecam, sangram, todos morrem, tudo se iguala, nao interessa o que tem na sua casca humana, na sua mascara externa, o ser humano é um só e o destino final é o mesmo. anjos, virgens, paraisos, fogo eterno, tudo isso nao passa de artificios que inventamos para tornar mais aceitavel o que, inexoravelmente, virá. entao, pare de sofrer por antecedencia, tramar maldade, acumular riquezas, viver mentiras. tudo isso é em vão. o que fica mesmo sao os momentos bacanas que vivemos com quem amamos ou que testemunhamos ao longo das nossas vidas. foi o que pareceu me dizer a vovó, inerte, que, infelizmente, nao aproveitou sua vida como deveria, em seus ultimos anos antes da decadencia...  
Sunday, July 15, 2012

ON THE ROAD? AQUI, NÃO!

CERTAS EXPERIENCIAS NA ESTRADA, TRANSFORMADAS EM FILME E LIVRO PELOS AMERICANOS, JAMAIS PODERIAM TER ACONTECIDO AQUI NO BRASIL. O MOTIVO? NAO TEMOS ESTRADAS COMO AQUELAS DELES, RETAS, LIVRES, LISAS, AMPLAS. JA NOS ANOS 40 O KEROUAC PODE CRUZAR OS EUA DE COSTA A COSTA, PRA CIMA, PRA BAIXO, PROS LADOS, PQ ELAS JA ERAM BEM ASFALTADAS E BEM SERVIDAS. AQUI, MAL TEMOS A VIA DUTRA, QUE LIGA AS DUAS MAIS IMPORTANTES CIDADES DO PAIS, E OLHE LÁ. SE VC QUISER IR PARA O SUL DO PAIS, TERA DE ENFRENTAR A FAMIGERADA E TORTUOSA RODOVIA DA MORTE, E, PARA O NORTE/NORDESTE, ESTRADAS ESBURACADAS E IRREGULARES. ISSO EM PLENO ANO DE 2012.


AQUELA LIBERDADE DOS DOIS MOTOQUEIROS DE 'EASY RIDER' NAO FAZ O MENOR SENTIDO AQUI. OS BIKERS DE CÁ MAL PODEM CURTIR A RIO-JUIZ DE FORA OU A  DUTRA COM SUAS MOTOS, SEM PASSAR PERRENGUE. JA QUALQUER UM DE NÓS, COM O PASSAPORTE E VISTO EM DIA, PODE CHEGAR EM NOVA YORK OU LOS ANGELES, ALUGAR UM BOM CARRO OU TRAILER, BEM EQUIPADO, E ATRAVESSAR OS EUA CALMAMENTE, PODENDO PARAR EM TRAILERS PARKS OU MOTEIS BARATOS PARA DESCANSAR DA ESTRADA. E, SE NAO QUISER DIRIGIR OU VOAR, É SÓ PEGAR UM TREM. NEM ISSO A GENTE TREM, DIGO, TEM AQUI!  OS BEATNIKS AQUI NAO SE CRIARIAM, MESMO SENDO CONTRA O SISTEMA, TUDO A SUA VOLTA OFERECIA CONFORTO E SEGURANÇA. COMO TAMBEM DAVA PARA OS HIPPIES. ASSIM, É MAIS FÁCIL...




MAS, SE VC QUER IMAGINAR COMO SERIA A ROTA BEAT HJ EM DIA, BASTA LER 'FÉ NA ESTRADA', DE DODO AZEVEDO, UM LIVRO ESPIRITUOSO E DIVERTIDO, QUE SE LE NUM FOLEGO SÓ. DODO NAO AUMENTOU NEM INVENTOU NADA, E USOU DE SUA CARA DE PAU PRA SE VIRAR EM SITUAÇÕES INUSITADAS. DODO BOTARÁ O PÉ NA ESTRADA, LANÇANDO-O PELO PAIS A FORA, ENCERRANDO EM DEZEMBRO, NA FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE. É MUITO MAIS BACANA DO QUE O FILME...
Tuesday, July 03, 2012

O NOVO ARANHA SÓ ARRANHA

O FILME NAO É DE TODO RUIM. MAS, FAZER UM REBOOT DE SPIDER-MAN APENAS DEZ ANOS DEPOIS DAQUELE EXCELENTE DO SAM RAIMI (E DE SUA CONTINUAÇÃO, AINDA MELHOR) FOI UM TANTO APRESSADO, AINDA QUE, COMERCIALMENTE, REBOOTS RENDAM MAIS GRANA DO QUE CONTINUAÇÕES, POR TRAZER UM NOVO PUBLICO, QUE QUER COMEÇAR DO PRINCIPIO, SEM TER QUE ENTENDER E SABER DO QUE ROLOU ANTES. AQUELE AINDA ESTÁ NA MEMORIA DAS PESSOAS E A TODA HORA NAS TVS. ESTE, EM COMPARAÇÃO, PERDE FEIO EM TODAS AS CENAS SIMILARES DO FILME DO RAIMI (A TRANSFORMAÇÃO, A SURPRESA, O EMBATE, O ROMANCE ETC). E É BEM MENOS ENVOLVENTE, DRAMÁTICAMENTE. O DIRETOR MARC WEBB TBM NAO TEM PULSO PARA CENAS DE AÇÃO. DA PRIMEIRA CENA NO PATIO DA ESCOLA, ATE O DUELO FINAL ENTRE SPIDEY E O LIZARD, É TUDO MUITO MORNO. ATE A TRILHA DO JAMES HORNER É DERIVATIVA. CONTUDO, O GRANDE TRUNFO DO FILME É ANDREW GARFIELD, QUE FEZ UM BOM PETER PARKER, PARECIDO COM O DAS HQS DOS 90S.


MAS, THE AMAZING SPIDER-MAN NAO É TAO AMAZING ASSIM E NAO ME EMPOLGOU REALMENTE EM NENHUMA CENA, NEM NO EMBATE DO ARACNIDEO COM O LAGARTO (MEIO PARECIDO COM O COISA DO QUARTETO FANTASTICO), O VILÃO DA VEZ. SEU ENVOLVIMENTO COM GWEN STACY (EMMA STONE, JA MEIO VELHA PARA O PAPEL) TBM É BEM SUPERFICIAL, NAO TEM NENHUM MOMENTO MARCANTE -- COMO TOBEY MCGUIRE BEIJANDO KRISTEN DUNST PENDURADO; UM PERSONAGEM DELICIOSO FICOU TOTALMENTE DE FORA DESTE, O JORNALISTA RANZINZA J. J. JAMESON. E, O PIOR DE TUDO: A TODA HORA, O HEROI TIRA A MASCARA E REVELA QUEM É PRA TODO MUNDO. O FATO DE SER RODADO EM 3D TBM POUCO ACRESCENTA. O MELHOR DESTE EFEITO É QNDO O ARANHA ESTA SALTANDO PREDIOS E JOGANDO A TEIA. SOMOS LEVADOS PELO PONTO DE VISTA DELE. ISSO É LEGAL. MAS, SEI LÁ, DEPOIS DE TER VISTO UM FILME TAO AMAZING QNTO O DOS AVENGERS ESTE ANO, FICA DIFICIL PRA QQ COISA COM HERÓI (MESMO SENDO MARVEL) CAUSAR O MESMO FRISSON. QUE VENHA O ULTIMO DO BATMAN, PQ, ATE AGORA, OS BLOCKBUSTERS DESTE VERÃO AMERICANO ESTAO MUITO FRACOS.

*ATENÇÃO PARA A CENA LOGO APÓS OS CREDITOS FINAIS PRINCIPAIS, QUE MEIO QUE ENTREGA QUEM SERA O PROXIMO VILÃO,

Sunday, July 01, 2012

HELL-CIFE!!!

CLAUDIO ASSIS É UM CARA DIFICIL DE SE LIDAR. ENTREVISTA-LO É UMA TAREFA ARDUA, PQ, GERALMENTE, ELE TA 'MAMADO' DE CANA E COSTUMA SER AGRESSIVO, ASSIM COMO SÃO SEUS FILMES. NO ENTANTO, CLAUDIO ASSIS É UM CINEASTA FODA, QUE DOMINA BEM O SEU OFÍCIO -- O DE FAZER CINEMA -- E NOS ENTREGA FILMES COMPLETAMENTE DIFERENTES DO PADRÃO (E REVELA ATORES QUE SE ENTREGAM COM PAIXAO AOS PAPEIS, DIFICEIS). ELE VE O MUNDO DE FORA DA MATRIX E NAO FAZ PARTE DAS PANELAS, ATE PQ, É DE RECIFE, COM MUITO ORGULHO.


E. DEPOIS DE DOIS LONGAS AOS QUAIS NAO SE FICA INDIFERENTE, O SENSUAL E MÓRBIDO 'AMARELO MANGA' E O PERTURBADOR 'BAIXIO DAS BESTAS' (QUE FAZIA FORTES DENUNCIAS SOBRE FATOS QUE ACONTECEM NOS CANTOES DO PAIS E QUE A GENTE AQUI NAO FAZ IDEIA, OU FINGE QUE NAO SABE), ELE REAPARECE COM MAIS UMA OBRA GENIAL, O POÉTICO 'A FEBRE DO RATO' (MAIS UM TITULO INTRIGANTE). NO CASO, É O NOME DE UM JORNAL/FANZINE ANARQUISTA DE POESIA E CONTESTAÇÃO QUE UM CAMARADA (IRHANDIR SANTOS) QUE VIVE NA MANGUE TOWN FAZ EM RECIFE. O FILME, EM BELISSIMO PRETO E BRANCO (BY WALTER CARVALHO) E COM EDIÇÃO PRIMOROSA DE KAREN HARLEY E UMA TRILHA FANTASTICA A CARGO DE JORGE DU PEIXE, APRESENTA MAIS UM GRUPO DE PERSONAGENS QUE VOCE, ABSOLUTAMENTE, NAO VE OU VERÁ NESTES FILMES NACIONAIS QUE MAIS SE PARECEM ESPECIAIS DE TV (EMBORA TODOS OS GENEROS POSSAM E DEVAM COEXISTIR PACIFICAMENTE, ATE EM NOME DO MERCADO NACIONAL). É UMA GENTE QUE, SE ESTIVESSE EM FILMES DE GREG ARAKI OU TARANTINO, SERIAM BEM VISTOS PELOS HIPSTERS, MAS, NA VISÃO DE ASSIS, PODEM PROVOCAR NOJO, REPULSA -- POR SEREM 'FEIOS' E BRASILEIROS --, E ATÉ UMA SIMPATIA ESTRANHA. MAS SAO MAIS VIVOS E RICOS DO QUE A MAIORIA DOS TIPOS ESTEROTIPADOS AOS QUAIS ESTAMOS ACOSTUMADOS A VER.


ASSISTIR A FEBRE DO RATO É COMO FAZER UMA LIMPEZA MENTAL DE TODO O LIXO A QUE ESTAMOS ACOSTUMADOS  A ENGOLIR EM EMBALAGENS BONITAS, MAS QUE DEPOIS DE VISTOS, SAO LIMPOS DO CEREBRO E DA RETINA. OS DE ASSIS, FICAM. É UM FILME ATE CERTO PONTO CORAJOSO, AO JOGAR NA CARA DO ESPECTADOR QUE NAO TEM REALMENTE UM ENREDO, NÓS, AS TESTEMUNHAS, É QUE O FAREMOS EM NOSSA CABEÇA. E FAZ O MAIOR SENTIDO. E, MESMO SENDO ALGO PANFLETARIO, EM DADO MOMENTO, CAGA PARA TUDO O QUE DISSE ANTES, COM O SEU FINAL NIILISTA, COMO QUEM DIZ: 'PO, SOMOS ENGAJADOS, MAS SE NAO DER EM NADA, FODA-SE!'. É COMO O PUNK: NAO HA FUTURO. MAS, SE A GENTE GRITAR UM POUCO, INCOMODA...

*Febre do Rato é uma expressão popular típica da cidade do Recife que designa alguém quando está fora de controle, alguém que está 'danado', 'APERREADO'.   


NA CIDADE

NOVEMBERINAS:

Teatro Odisseia 17 – Siriun / Gutted Souls / Obituary (EUA)  21 – Delain (HOL) 26 - Vanguart / Ariella

Teatro Rival 16 – Tempero Carioca 17 - Eddie 22 – Rival Rebolado 23 – Nelson Sargento 25 – Festa Batmakumba: Abayomy 30 - Festival Norueguês: Sondre Lerche / Greni

Teatro Riachuelo 22 – Golden Boys

Casa Julieta de Serpa (Praia do Flamengo) 19 - Paris Jazz & Blues: Marcio Lott & Charles Marot Trio  26 - Paris Jazz & Blues: Carol Fazu

Coordenadas Bar (Botafogo) 05, 12, 19 e 26 – Pedro Baby & Convidados 21 - Sérgio Rocha Blues Band: Homenagem a Celso Blues Boy Estúdio Fórum (Botafogo) 24 - Sexta Infame: PxExNxE (COL) / Blaspherion / Lástima / Baga

Solar de Botafogo 16 – Paulo Malaguti 22 - Andrea Dutra & Cacala Carvalho & Elisa Queirós: Salto Triplo 24 - Kosmus / Aura / Psilocibina 29 – Gabriel Calisman Audio Rebel 17 - Ostra Brains / ‎Whatever Happened to Baby Jane (ES) 18 - Os Chás / Ente 19 - Altair Martins & Widor Santiago & Marcelo Magalhães Pinto & Didac Tiago & Roberto Rutigliano: Homenagem a Miles Davis & John Coltrane

Theatro Net Rio 27 -  Alessandra Verney  29 – Silva Canta Marisa Monte 

Blue Note 16 - Didier Lockwood Trio (FRA)  17 - Antônio Carlos & Jocafi Convidam Ithamara Koorax (20h)  17 e 18 - Amaro Freitas (22h30) 22 - Banda Zil (20h) 22 - Lina Nyberg (SUE) – Participação: Ilessi (22h30) 23 – Quarteto do Rio & Roberto Menescal – Participação: Joyce & Wanda Sá & Pedro Miranda (20h) 23 – Insula (22h30) 24 e 25 - Kenny Garret Quartet  29 e 30 - Ed Motta: Baile do Flashback

Ganjah Lapa 16 - Samba Que Elas Querem 17 - Anjos de Vidro / Mara Rúbia 22 - Conterrâneos 28 – Theozin

Sala Baden Powell 18 – Boca Livre 19 - Fhernanda Fernandes - Participação: Andréa França, Clarisse Grova, Nana Kozak, Ninah Jo, Sandra Duailib 22 – Doralyce & Maracutaia 25 - Augusto Martins & Paulo Malaguti 26 - João Carlos Assis Brasil & Carlos Navas

KM de Vantagens Hall 17 e 18 – Marisa Monte & Paulinho da Viola

Praça da Apoteose 18 e 19 - DNCE / Bruno Mars

Teatro da UFF (Niterói) 24 a 26 – MPB – a Era dos Festivais: Soraya Ravenle & Edu Krieger & Marcelo Caldi & Fabiano Salek & PC Castilho

Planet Music (Cascadura) 18 - Fugindo da Realidade / De Outono / Fall Back / Visceral Fear / We Are The Revenge  25 - For Annie / Ollie / Colorado / Visceral Fear

Imperator 19 - Folakemi / Jesuton / DJ Marcello MBGroove 20 – Mariene de Castro 21 – Terraço do Imperator: Jazz Pras Sete: Pimenta Jazz Trio 22 – Marcio Gomes 23 – Humberto Gessinger: “A Revolta dos Dândis – 30 Anos” 24 – Cidade Negra Canta Gilberto Gil 25 – Terraço do Imperator: Forró Lánalaje: Trio Ventura / DJ Edna Carvalho 25 – Paulinho Moska 26 - Fafá de Belém (com Manoel & Felipe Cordeiro): Guitarradas do Pará 28 – Coral Imperator

Centro de Referência da Música (Tijuca) 16 – Magali 17 – Carlos Uzêda 18 – Ana Costa & Carrapicho Rangel 21 - Dagô 23 – Felipe Adetokunbo 24 – Nina Rosa & Thiago Kobe 25 – Rodrigo Maranhão & Pretinho da Serrinha 29 – Joyce Cândido Canta Elis Regina  30 – Michel Taski O Pecado Mora Ao Lado (Praça da Bandeira) 15 - Acidez (MEX) / Pós-Sismo / Juventude Maldita (SP) / Dissgrama  18 - Sétimo Andar / Circus / Roterdan / Pilfer

Aparelho (Centro) 18 - Second Come 24 - Felipe Zenicola / Marcos Campello / Lucas Pires  Motim (Centro) 24 - Gragoatá / Vitor Milagres / Daniel Villares

Quintas no BNDES 19h - grátis 16 - Karla da Silva 23 - CDR Style 30 - Sergio Santos

Teatro Glauce Rocha (Centro) 16 - Fábrica Orquestra  23 - Alice Passos & Maurício Carrilho  30 - Olivia & Francis Hime CCBB 18 - Madrugada no Centro: Larissa Luz - Participação: MV Bill & Caio Prado / Festas Soul de Santa, Trap'in, QXO  Museu de Arte do Rio 24 - Sarau do Alemão / Rincon Sapiência

Som no Deck T.T. Burger - Leblon 19h - grátis 16 - Os Camelos 23 - Pimenta Jazz Trio 30 - Qinho

BRASIL EM TRANSE: Com curadoria de Ismail Xavier e coordenação da Sociedade Amigos da Cinemateca, em parceria com a Cinemateca Brasileira e o Cinusp, esta Mostra reúne mesas de debate e exibição de filmes que acontece de 16 de novembro a 1º de dezembro, em São Paulo. CINEMATECA BRASILEIRA

Circuito SESC 17 - São Gonçalo: Cassiano & Trio Beija Flor (16h - grátis) 18 - Copacabana: Guilherme Pimenta Trio (16h - grátis) 19 - São Gonçalo: Monarco (16h - R$ 20) 20 - São João de Meriti: Ed Motta SOLO (16h - R$ 20) 24 - Niterói: De Leve (19h - R$ 20) 25 - Madureira: De Leve (17h - R$ 20) 25 - Ramos: Cassiano & Trio Beija Flor (17h - grátis) 25 - São Gonçalo: Bebeto (17h - R$ 20) 26 - Madureira: Dorina (17h - grátis) 26 - São Gonçalo: De Leve (19h - R$ 20) 29 - Tijuca: Marcelo D2 & SambaDrive (19h30 - R$ 20) 30 - Tijuca: De Leve (20h - R$ 20) ______________________________

MIXX: 17 – Santos – Praça XV 17 - Victor Bertrami Quarteto - Participação: Azymuth, Arthur Maia, Robertinho Silva, Kiko Continentino – Casa com a Música / Lapa 17 - Aether / Tempus Fugit – Lona Elza Osborne / Campo Grande 18 - Festival Rock no Parque: Bala N'Agulha / Dona Penha – Arena Dicró / Penha 18 - Wake The Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Magé Futebol Clube 19 - Surra (SP) / Plastic Fire / Halé / Triunfe – La Esquina / Lapa

25 – Qinho - Ahlma.CC / Leblon 25 - AcaraJazZ: Bondesom / Juliana Linhares / Doralyce – Rio City Lab / Santo Cristo 26 - Alaska (SP) / Hover / Whipallas – La Esquina / Lapa 26 - Cervical / Mari & The GoodFellas / Facing Fear – Calabouço / Vila Isabel 29 - Baculeju da Sandra de Sá – Teatro Glaucio Gill / Copacabana

o MIMO, que chega a Olinda nesse fim de semana (17 a 19 de novembro).   É a última etapa de 2017 do festival – depois de passar por Portugal, Tirandentes, Ouro Preto, Paraty e Rio de Janeiro –, com 44 atrações gratuitas de música, cinema e educação.

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

SHOW SOBREGAL - MARCELA MANGABEIRA Dia: 16 de novembro (quinta-feira) Horário: 20h Local: Teatro Municipal Café Pequeno Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 269, Leblon - Rio de Janeiro, RJ Tel.: 2294-4480

50 ANOS DE CARREIRA: Antônio Carlos e Jocáfi convidam Ithamara Koorax Dia 17 de novembro (sexta) Blue Note Rio – Av. Borges de Medeiro, 1424 - Lagoa   SESSÃO: Sessão: 20 horas

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Parque Villa-Lobos/SP recebe SlowKids em 18 de novembro     Evento gratuito busca desacelerar as crianças do universo tecnológico com um dia inteiro de brincadeiras tradicionais, teatro, literatura e música; “Kombi dos sonhos” será uma das novidades desta nona edição

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

'Cria', novo espetáculo de Alice Ripoll no grupo Suave, traz 'dancinha', dança contemporânea e funk ao Sergio Porto/HUMAITÁ e ao Centro Coreográfico. o trabalho estreia dia 17 com 10 dançarinos em uma mistura inovadora que também traz a dança afro, o afrofunk, o passinho, contato- improvisação e linguagem teatral de 17 a 20 de novembro de 2017 Horários: Sexta-feira - 21h                 Sábado - 21h                 Domingo - 20h                 Segunda-feira - 21h

O espetáculo “Kid Morengueira – Olha o breque!” homenageia Moreira da Silva (1902 – 2000), o cantor que popularizou o samba de breque, tornando-se um ícone da música brasileira. O samba permitiu a ele criticar, sempre com muito bom humor, os poderosos com seus desmandos, os malandros que conheceu na noite, e os compositores que ajudou a tornar conhecidos. A peça estreia para uma curta temporada no Teatro I do Sesc Tijuca - de 03 de novembro a 03 de dezembro, de sexta a domingo, sempre às 20:00.

Após o sucesso da temporada nos meses de abril e maio desse ano, que passou por sete cidades brasileiras e esgotou em todas as praças, o espetáculo “STOMDUP” de Tom Cavalcante volta para novas apresentações no Rio de Janeiro (dia 01 de novembro, no Teatro Bradesco Rio); Natal (dia 30 de novembro, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dia 01 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza).

SOLID ROCK: a participação da banda Lynyrd Skynyrd no Solid Rock (Curitiba, Pedreira Paulo Leminski, dia 12/12; São Paulo, Allianz Parque, dia 13/13; e Rio de Janeiro, Jeunesse Arena, dia 15/12) acaba de ser CANCELADA por motivos pessoais da banda. No lugar, Cheap Trick será a banda que fará parte do lineup, junto do Deep Purple e Tesla. Mais informações sobre devolução de ingressos serão divulgadas em breve.

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers