Pular para o conteúdo principal

body count


Como a gente aqui gosta muito de música, aqui vai uma geral nos gadgets de mp3 que usei e testei nos últimos dois anos. Poizé, antes, a gente usava um walkman só por anos a fio...

iPod mini = minha entrada e provável saída no mundo dos iPods. não achava legal carregar aqueles tijolos e esperei aparecer algo menor e mais style. Esse parecia um sonho. Lindo, na medida certa, com acabamento em alumínio, embora com apenas 4 giga (logo depois saiu o de 8, claro). ponto fraco: bateria. mal durava cinco horas (prometiam oito) e, com alguns meses de uso, chegava a 4hrs no sufoco. além disso, dava tilt á tôa (uma amiga perdeu o dela com dois meses). resultado, em pouco mais de seis meses virou peso de papel. e a apple, claro, pra sacanear seus fiéis lançou o menor e mais estiloso nano, que, a essa altura, tbm já capengou (e a natureza que se dane com tanto lixo tecnológico produzido pelo evil Jobs). nota: 1 (só pelo visual)

Creative zen Video = uma maravilha. com resolução 4vzs melhor do que a do iPod video (mas os cegos pelos ipods nao repararam isso), essa maravilha de 30 giga é bem mais facil de carregar e aceita mais padroes de video (vejo series baixadas acoplando ele na tv, imagem nota mil). só peca pelo visual meio bruto, mas que, no entanto, o faz duro na queda. Ele tem fm, gravador e outros recursos que a apple não poe em seus modelos para poder vender mais perifericos caros para os fiéis otários de evil Jobs, embora custe mais barato que qq ipod básico. nota: 5

Sony (aquele tubo que parece um detonador de explosivos que mostrei pra vcs ano passado) = leve, bacana, com os melhores graves do mercado (nisso, ninguém bate a sony, meu md que o diga), excelente para usar em atividades fisicas ou que exijam mobilidade. e ainda traz fm, pedometro, cronometro, visor oled alaranjado, é durável, tem boa bateria (dura uns 4 dias, mole) e uma braçadeira ou clipe. Saiu agora um que é menorzinho e vira pen drive. nota: 5

iPod clip = esse ganhei de presente. usei um tempo na ginástica e pra pedalar, e depois esqueci. porque, além do som ser fraco (e os fones da apple serem abaixo da média, sempre troco por outros, recomendo os jvc de plugar nos ouvidos), nao consigo usar um troço onde nao dá pra ver o nome da música que tá tocando. nota: 2 (pela leveza, dá pra pendurar na camiseta, é o único produto com a marca ipod que uma pessoa com pouca grana pode comprar, daí o apelido de ipobre)

piratão = ma babe ganhou numa rifa um que é igualzinho ao ipod nano (inclusive racha o visor da mesma forma :-)). tem 4 giga, fm, toca video, custa pouco (uns 200 contos), facil de carregar, pq vira um pen drive pela usb, nada de programas proprietários (o que enfraquece os sony, apple e creative em geral). mas a interface gráfica é bem feia. deve ser usada em vários outros modelos made in china. uso no buzum, pq, se me roubarem, nao fará a menor falta. nota: 4

creative v plus = por fim, mas não por último, meu xodó. Já uso ha um ano (uma eternidade se comparado com algum produtor da apple!). cabe no bolso de moedas! tem 8 giga, fm, grava voz, entrada line (uso pra capturar meus vinis sem passar pelo pc!), toca video (pequeno demais, so pra ver uns clipes e capas q vem junto com os torrents). bateria bastante duravel (ate esqueço de recarregar). nada a reclamar, exceto que é todo controlado por um mini joystick, o que, para quem tem dedos gordos, pode ser dificil. como nao é da apple, quse ninguém usa ou sabe da existencia. os fones sao bacanas. e nao foi trocado seis meses depois, pq continua valendo até hj (aliás, foi a creative quem lançou alguns dos primeiros mp3 players portáteis). nota: 5

Comentários

  1. Fala Tom,

    Eu também possuo o creative zen vision de 30 gb... trouxe dos eua ano passado. e ando direto com ele.
    O unico porem é que não consigo achar acessorios para ele...pensei que fosse só aqui o problema, mas até la fora é dificil de achar... procurei por um tepo capa de silicone, mas não encontrei.
    Mas no geral o aparelho em si é muito bom... ando com ele 24hs. (pena que já ta meio arranhado... rsrs)

    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. poize, iga, mesmo la nos usa é dificil achar lances pro creative, so comprando pela internet, rola um monopolio fudido (e uma cegueira das pessoas, que vao atras do que todo mundo usa, nao do melhor para seu uso)dos ipods. ha dois numeros passados da wired eles deram uma capa apple evil/genius, falando dos lados bacanas e ruins da empresa de mr jobs. bacana: design. ruim: lugar pessimo de se trabalhar. eu acrescentaria: esse lance de tudo branco e anunciar os novos produtos como se fosse um messias é maior papo nazi new age que ja vi, tipo uma religiao, to foreta...

    ResponderExcluir
  3. FALA TOM :

    QUEM PRA VC É O MELHOR NO RAMO DE TECH : O STEVE JOBS OU O BILL GATES ?

    EU PRA ACHAR UM MP3 PLAYER DE RESPEITO É DIFÍCIL POR LÁ, NEM NO BEST BUY E MUITO MENOS NA CIRCUIT CITY É DIFÍCIL PACAS DE SE ACHAR UM QUE VALHE A PENA E O PROBLEMA É Q POR AQUI AINDA ACHO OS PLAYERS COMO ESSES CAROS PACAS.

    IMAGINA QD CHEGAR POR AQUI O IPHONE.

    ABS

    ResponderExcluir
  4. gates e jobs surgiram juntos, eram amigos, criaram as bases do que viria a ser o pc de hoje, um roubou a ideia do outro (bill pegou a interface do windows de jobs) e ai o mundo se dividiu entre microsoft e apple. a microsoft pecou por querer ser dona do mundo. logo abandonei tudo que era ligado a bill gates por isso, mas uso windows xp, apesar de usar mozilla e outars aplicações nao-ms. jobs se acha um deus e, quando ia falir (nem era mais dono da apple), o ipod salvou-lhe a vida. apple ganha da microsft no quesito design e estar ligado no novo, microsoft pensa no usario geral, tudo é compativel. filosoficamente, da empate. a gente deve quase tudo a eles no que se refere ao home computer, sao o kraftwerk (rs). mas bill é o nerd corporativista e jobs se acha um arauto dos deuses, o lider de uma seita (e a galera que so sua mac e apple se acha superior aos outros, nao gosto disso)

    ResponderExcluir
  5. tom, me aamrro em ipod mesmo, apesar de saber que o creative é legal. mas, o primeiro mp3 player do mercado no mundo foi o rio, da diamond, americana... sei disso pq comprei aqui no brasil um generico, da samsung,o yepp, em 99 (meu primeiro mp3 player). ok?!

    ResponderExcluir
  6. claro, bobeda, vc ta certo. troquei la para alguns dos primeiros. um amigo meu tem um desses rio no museu dele. eram ate bonitos. o dele é azul e tem no meio algo que se assemelha a roda do ipod, mas nao é clicável e sim apertavel. e o treco nao cabia nada (nao tem nem 1g) e se parece com um radio portatil. todo o credito a apple por ter tornado os toca mp3 bonitos e praticos. o que nao gosto é do monopolio e dessa cultura do descartavel. pq nao fazem um modelo basico e duravel? eu sei, é o capitalismo. mas isso nao combina com as ideais hippies de jobs. anyway, um dia vou acabar tendo um ipod touch, pq a interface é realmente matadora, no doubt

    ResponderExcluir
  7. Esta é uma grande discussão. Meu primeiro MP3 foi o shuffle, que não se é por sorte, esta comigo a pelo menos 3 anos e nunca deu problema e a bateria tem se mantido como se fosse novo. Como este lance do iTunes prender o uso do shuffle, optei por um MP4 marca "uruguaiana"... hehehehe

    Uso sem frescuras, não dura tanto a bateria, mas me serve como um pendrive de luxo!

    Já em matéria de computador uso macs, mas sem o fanatismo. Tanto que tenho pcs sem crise.

    O negócio é o conforto que lhe é proporcionado. Para muitos usos, realmente os macs são recomendados( eu que trabalho com diagramação e programação visual falo de cadeira!), agora pra quem quer jogar, usar programas para uso doméstico recomendo pcs, pois atendem MUITO bem, é mais barato e a facilidade de upgrade é maior.

    Se eu quiser trocar alguma coisa do meu iMac, sai quase um preço de um novo! Já em um pc é só entrar no site boa dica e se divertir com os preços menores!!!!

    Por isto sigo a seguinte regra: conforto é tudo!!!!

    Sobre Gates e Jobs: são "messias" de nerds ou descolados, respectivamente!

    Assunto chato pra caramba quando vc esta com amigos e cada um resolve defender um lado!!!

    Jihad Binária!

    ResponderExcluir
  8. isso ai, alessandro. boas colocações. o que me deixou puto foi a falta de conforto do ipod mini, sempre me deixando na mao por falta de bateria. nao pod! (rs). realmente os macs sao melhor pra quem trabalha com parte grafica, ponto pacifico. mas prefiro nao tomar lado algum, nao sou pro jobs nem gates, sou fiel a marca ou produto que me sirva bem e nao me decepcione, independentemente do hype e do preço. e todos os lances eletronicos que ja comprei no camelodromo nunca me deixaram na mao (ps antigo, md, toca dvd mini, discman mp3, tudo funciona ate hj), enquanto que paradas compradas em lojas e site oficiais ja me ferraram, isso nao tem logica

    ResponderExcluir
  9. Não resisto... tenho que contar/protestar...

    Minha esposa riu do que escrevi no post anterior no seguinte ponto:
    "Eu que trabalho com diagramação e programação visual falo de cadeira!"

    Ela me questionou:
    - Porque vc não disse que era designer?

    Respondo a ela e a todos:
    Depois que vi num spot publicitário nas Barcas que existia "designer de sobrancelhas" e num programa de tv que exsite a profissão de "designer de TOSA", recuso-me a me chamar de designer!!!!

    Diante de tantas bizarrices MUDEI DE PROFISSÃO: Voltei ao passado e tornei-me um mero programador visual!

    ResponderExcluir
  10. rarararara... alessandro, ma babe faz o mesmo que vc e diz o mesmo q vc: nunca se apresenta como designer, e sim como programadora visual (que era o nome da faculdade), ate pq, essa palavra virou xuxu na feira e hj em dia ate quem depila cu é designer (rs). alias, designer hj é que nem videomaker nos anos 80 e programador de informatica nos anos 90, uma mera desculpa para quem é vagabundo (rs)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Winner winner, chicken dinner!

É o lema de quem ganha na mesa de blackjack (21) em Las Vegas. A frase, que diz a lenda, é de autoria de um oriental, que quebrou a banca num dos cassinos da cidade nos anos 50, é dita várias vezes no filme "21" (aqui, "Quebrando a banca"), que estréia semana q vem e vi hj cedo numa cabine. Ela significa algo como, quem ganha paga o jantar. O filme é interessante. Apesar de envolver galera e ter uma trilha sonora atual (com direito a faixa inédita do LCD, não tem aquela edição frenética MTV. Até porque, a história de um grupo de geniozinhos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que têm a capacidade de contar decks de cartas de baralho (sem precisar ser autistas, como o rain man) e vão faturar algum na maciota em Las Vegas, aconteceu mesmo na vida real. Isso é o ponto de maior interesse no filme, sacar os bastidores desse fato verídico. Os atores, a maioria novatos (tem o carinha de "Across the universe", mas tbm tem Kevin Spacey e a gatinha Kate …

KELVIN?

UNZAMIGOS MEU FORO RANGAR EM COPA DEPOIS DO SHOW DO JUSTICE E ACABARO ALI NA REGIAO DA PRADO JUNIOR TRAÇANDO UM GALETO COM AS PUTAS E TRAVECO. DADO MOMENTO, UM DELES VE UM ANUNCIO COLADO NUM ORELHÃO DO LADO DO BAR QUE DIZIA: "LOURINHA GOSTOSA. FAÇO KELVIN ATÉ O FINAL!", AI, GERAL BOLOU. O QUÊ OU QUEM DIABOS É KELVIN? NEGUIM JÁ DESCOLADO EM PUTARIA NÃO SABIA O QUE ERA AQUILO. KELVIN? WHATTAFUCK? A SOLUÇÃO? LIGAR PRA PUTA, É CLARO. AÍ, ELA EXPLICOU A PARADA: KELVIN É FAZER GARGANTA PROFUNDA ATÉ O FINAL SEM USAR CAMISINHA (20 CONTOS). MATADA METADE DA CHARADA. MAS POR QUE KELVIN? FIZ UMA BUSCA NO GOOGLE E SÓ APARECERAM DOIS LINKS SOBRE A PARADA!!! (O RESTO TODO ERA LIGADO A PESSOAS CHAMADAS KELVIN OU AO GRAU KELVIN). UM ERA UM FÓRUM NO QUAL A MESMA RESPOSTA E PERGUNTA QUE FAÇO AQUI ERA REQUERIDA, OUTRO ERA UM ANUNCIO DE JORNAL DE UMA VAGABA QUE FAZ KELVIN. ENTÃO, O MISTÉRIO CONTINUA: POR QUÊ KELVIN? ALGUÉM AÍ SABE?

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY