Pages

Thursday, July 30, 2009

NEVER TRUST A HIPPIE?


POUCAS SEMANAS DEPOIS QUE O HOMEM PISOU NA LUA, ROLOU NUMA FAZENDA EM BETHEL, NO ESTADO DE NOVA YORK, O CONCERTO QUE FICOU MUNDIALMENTE FAMOSO COMO WOODSTOCK (QUE REALMENTE NAO ACONTECEU LÁ, MAS NUM LUGAR CHAMADO WHITE LAKE). FOI O AUGE DO CHAMADO MOVIMENTO HIPPIE, AO MESMO TEMPO, O MARCO E O SEU FIM. PQ DEPOIS DAQUELES TRES DIAS, NUNCA MAIS HOUVE NADA PARECIDO. OS FESTIVAIS SE TORNARAM CADA VEZ MAIORES E ORGANIZADOS E TUDO O QUE VEIO DEPOIS TENTANDO IMITAR O CLIMA FALHOU, PQ NAO SE RECRIA ALGO QUE ACONTECEU NATURALMENTE. PRA MAIORIA DE NÓS POR AQUI, WOODSTOCK É MAIS UM FILME QUE VEMOS AS VZS NA TV, ALGUNS VIRAM EM REPRISES NOS CINEMAS E QUE AGORA ESTA SENDO RELANÇADO EM DVDS DUPLOS E QUADRUPLOS COM A VERSAO DEFINITIVA DO FILME, COM MAIS DE 4HRS (NOS CINEMAS, DUROU 3HRS). E VCS, TEM ALGO A DECLARAR SOBRE O ASSUNTO? VOU VER A VERSÃO COMPLETA DO FILME E DEPOIS VOLTO PRA COMENTAR.

32 comments:

Felipe Proença said...

vale sempre à pena rever o woodstock. ainda mais com essas cenas extras. nunca houve nem haverá festival de musica igual. Nem mesmo o festival da ilha de write, que tmb foi maravilhoso, foi capaz de igualar o woodstock. unico, realmente.

Felipe Proença said...

...shows memoraveis de jimi hendrix, janis joplin, who, etc....

Felipe Proença said...

peace and love....

brunobbl said...

ESTOU QUERENDO COMPRAR A VERSÃO EM BLU-RAY.

CONHECI O JOE COCKER POR CAUSA DO WOODSTOCK

O WHO Q ACHO Q TBM TOCOU POR LÁ VI EM PGMS MAIS ANTIGOS DA BBC ASSIM TBM COMO O HENDRIX APESAR DA ANTOLÓGICA VERSÃO Q ELE FEZ DO HINO AMERICANO.

ABS TOM

brunobbl said...

QUAL FOI O MEHOR FILME DE ROCK Q VC VIU ?

ABS

iga_rio said...

Fala Tom,

Já vi algumas centenas de vezes o filme na tv a cabo..rsrs
Jumi Hendrix solando o hino americano é historico !!!

Aconteceu também outras duas versãoes.. uma em 94 e outra em 99... a de 99 foi transmitida ao vivo para o mundo toda pela directv.. fiquei 3 dias vendo..rsrs
Rolou Metallica, rage against, red hot, chemmical brothers, etc...
só que no ultimo dia deu tanta merda que desisitram de fazer novas edições... rou vandalismo, incendio, confronto do publico com os seguranças.
na época chegaram a se questionar a realização de novos festiveis de rock nos EUA.

Abraços,

ANDALUZ AURORA DEMOS said...

Fala Tom!

Sério mesmo!

Em homenagem à apoteose hippie (q só valia mesmo para quem viveu aquilo lá de verdade), eu ando pensando em fazer um exercício de liberdade criativa em forma de texto chamado "O Festival de Woodstock na Era Miguxa".

Seria algo como o Woodstock sorvido pelo consumismo da geração miguxa...

Pois é, eu fico imaginando como seria se colocasse a molecada de hoje lá no meio da muvuva de Woodstock, com suas engenhocas eletrônicas e comunicação em tempo real na internet...

Alucicrazy, diria o clone do Big Boy!
abs

tom said...

o melhor filme de rock que ja vi, tipo concerto filmado? urgh! a music war, q é o meu woodstock, com as bandas do começo do punk e da new wave, ta tudo la, de dead kennedys aos cramps. e acabei de ver o woodstock edição do diretor, quase 4hrs. na real nao sou muito fa daquelas bandas e tipo de som, o que impressiona mesmo é o vigor do santana (algo realmente novo ali) e a guitarra sobrenatural de hendrix. e, nos extras, tem dois numeros do mountain, q n aparece em versao nenhuma do filme. sao muito bons, quase um pre-black sabbath,,,

Felipe Proença said...

o primeiro disco do sabbath é de 69...
a apresentaçao do who no woodstock foi uma avalanche. um dos melhores shows do festival. alias, o who, que eh uma das minhas bandas prediletas, já fazia algo ''realmente novo'' desde 64/65 muito antes do woodstock, santana,stooges,mc5, e todas as ótimas bandas de garagem pré-punk rock.

Felipe Proença said...

...alias, dia desses, eu li um ótimo texto do Alvin L sobre a banda Mott the Hoople, e ele diz algo que eu achei muito interessante sobre as bandas de punk rock só assumirem suas influencias musicais muito tempo depois...justamente por causa daquela ''ruptura'' do punk rock, que foi uma revoluçao no rock n' roll e ao mesmo tempo uma volta às raizes dele. Steve Jones declarou ter sido influenciado por bandas como Queen e outras ótimas bandas de hard rock dos 70's... Mick Jones era fã de carteirinha do Mott the Hoople... o Ramones [os pais do punk rock] gravou um excelente disco, nos anos 90, o "Acid Eaters ", só de covers de bandas e artistas dos anos 60/70 que eles admiravam muito, com direito a participações ilustríssimas como a de pete Townshend na ótima versão deles para "Substitute".

tom said...

o who é sensacional, mas no woodstock so rolam duas musicas deles (mais uma nos extras), entao fica meio capenga, ja que sao musicas de tommy, que funciona mais por completo (no extra rola my generation). e tem muito mais bandas que nao foram mostradas no filme, mas q tocaram na parada. afinal, foram tres dias direto sem intervalo. mas, no geral, a galera ainda bebia no blues e no country, faltou alguem de uma linha mais pesada de som, tipo blue cheer

Felipe Proença said...

PORRA!!!!!!!!!!!
TU GOSTA DO BLUE CHEER!!!!!!!!
MARAVILHA. FICO FELIZ EM SABER DISSO. O B.C. TMB ERA MARAVILHOSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! A VERSÃO DELES DE SUMMERTIME BLUES EH FUDEROOOOOSA!!!! COMPARAVEL A DO WHO. ELES ERAM SENSACIONAIS!!!

Felipe Proença said...

...a versão dos Pistols de "c'mon everybody" tmb é maravilhosa, fiel ao arranjo do Eddie Cochran, com Sid Vicious [ sensacional! ] nos vocais. A voz dele lembrava muito a do Joey Ramone, principalmente em "c'mon Everybody".

tom said...

O CURIOSO NO FILME É NOTAR QUE, DESDE O COMEÇO, O FESTIVAL NADA TINHA VER COM A PARADA HIPPIE EM SI, ERA UMA PARADA PRA FAZER DINHEIRO, GRANDES GRUPOS, BILL GRAHAM, WARNER, UM ORÇAMENTO DE 2 MILHOES DE DOLETAS (Q HJ SERIAM DEZ, FACIL), GRUPOS DE NOME COM CACHE (NINGUEM TOCOU DE GRAÇA), MAS A GALERA FOI MAIOR DO QUE O ESPERADO, PASSOU DE 500 MIL, APOS UM TEMPO NAO COBRAVAM MAIS INGRESSO, ROLOU INVASAO, FOI A PROPRIA GALERA QUE FEZ A MITICA DO FESTIVAL ACONTECER. E O DIRETOR DO FILME SOUBE CAPTAR ISSO DIREITO. GLATSONBURY, P EX, ERA MAIS HIPPIE NO COMEÇO. NAO COBRAVA ENTRADA E NAO TINHA POLICIA, VC PODIA FAZER O Q QUISESSE LÁ, SÓ DOS ANOS 90 PRA CÁ FOI QUE SE PROFISSIONALIZOU E COBROU ENTRADA (ANTES, NAO TINHA NEM CERCA!)

tom said...

OFF: ACABEI DE VER, POR ACASO, MUDAN DO DE CANAL, O CLIPE DE BOOM BOOM BOOM, DO BLACK EYED PEAS. ELE É TODO INSPIRADO NO DE BOING BOOM TSCHACK DO KRAFTWERK (MUSIC NON STOP), USAM OS MESMOS ROSTOS EM WIREFRAME DA MESMA FORMA, TIPO UMA CITAÇÃO LIVRE,,,

fabio fernandes said...

off II:
eu tbém percebi isso no clip do bep e gostei. não bastasse a música ser ótima, muito superior a esses hip hop mauriçolas que rolam por aí.

pacheco said...

Po, nem gostei dessa música do black eyed peas! Parece idéia que não deu certo...

Quero ver essa versão extendida do woodstock, talvez tenha mais hendrix e menos lama! hehehe

brincadeira, eu gostei muito do filme original, com lama e tudo.

Mountain é muito bom, eu ouvia bastante!

O show do santana realmente é foda.

Lord Vader said...

Tom ,

Nunca me contaminou mto essa mitica de Woodstock , embora realmente o show do divino tenha sido antológico , mas Jimi foi mesmo unico. Ainda acho q a coisa toda vive mais da lenda q se criou em torno do festival. Tb fui criado a new wave , pos punk etc , e de fato o music war é mto mais relevante mesmo (gravei há uns 3 anos do cinemax) , mas qualquer dia vou parar pra ver o woodstock ampliado com calma , valeu o toque ..

Lord Vader said...

off . Tom , tá sabendo alguma coisa de " Kurt Cobain - Retrato de uma Ausência " , o documentário ? Li uma nota na folha e fiquei de orelha em pé .. [ ]s

tom said...

ESSE DOC DO COBAIN NAO É NOVO NAO, VADER, É DO ANO PASSADO E JÁ TA PRA ENTRAR EM CARTAZ AQUI HA DUAS SEMANAS, ACHO QUE ENTRA NA PROXIMA, É AQUELE QUE USA OS DEPOIMENTOS DELE PRUM JORNALISTA DA ROLLING STONE, ENTAO NAO TEM NENHUMA MUSICA DO NIRVANA OU IMAGEM DO COBAIN QUASE, SO A VOZ DELE NARRANDO OS FATOS E IMAGENS DOS LÇUGARES ONDE ELE PASSOU COMO ILUSTRAÇÃO, SO NA ULTIMA CEA TEM UM SOM E IMAGEM DO NIRVANA,,,

iga_rio said...

Fala Tom,

Off-topic: Fiz um post no meu blog sobre os 15 anos do primeiro cd dos Raimundos... isso mesmo faz 15 anos que os caras lançaram o cd... uma das primeiras bandas a colocar peso e putaria na rádios daqui... curti bastante a banda na época.

Com esse monte de banda emo que tem hj em dia, faz falta ter um raimundos na cena.

Quem quiser ler é só acessar meu blog: http://rock-etc.blogspot.com/

Ps: desculpe a propaganda..rs

Abraços,

tom said...

O ANDRE X CONHECIA ALGUNS DOS RAIMUNDOS DE BRASILIA E A GENTE TOCOU A PRIMEIRA FITA DEMO DA BANDA NO HELLRADIO. UNS DOIS ANOS DEPOIS A BANDA TOCOU NUMA FESTA DO RIO FANZINE NUM CLUBE QUE EXISTIA NO SHOPPING RIO SUL, JUNTO COM PLANET HEMP E, SE NAO EM ENGANO, A BIG TREP. A GENTE NAO TEM REGISTRO DISSO, A N SER EM ARQUIVO DO JORNAL, JA Q NAO SE FILMAVA E FOTOGRAFAVA TUDO COMO HJ EM DIA, TUDO ROLAVA LIVRE...

fabio fernandes said...

sobre woodstock, acho tbém que houve algo mágico ali, em relação a tudo.
mas sem dúvida, aquela forma como os hippies queriam o mundo não poderia dar certo nunca, era muito utópico. e acho que várias situações serviram como banho de água fria nessa geração: o fim dos beatles, a morte (graças aos hell´s angels) daquele cara em um show do stones e, "easy rider", o filme, cujo final, em minha opinião, é tbém o fim daquilo tudo.

fabio fernandes said...

sobre o doc do kurt, eu o vi no festival do rio last year, e é emocionante, eu recomendo.

fabio fernandes said...

tom, sobre essa festa que vc comentou acho que vc se equivocou. eu fui nessa festa, os convites eram grátis, bastava retirar nas agências de classificados do globo.

foi uma festa em comemoração aos 8 anos do rio fanzine, dia 09/01/95, no "fun club" (uma boite que existia onde é a sandpiper hj lá no rio sul). os mestres de cerimônia foram a tetê tillet (minha amiga no orkut ainda) e o ator/cantor maurício branco. claro, os djs foram tom leão e calbuque.
mas não rolou show do raimundos não ! as bandas que se apresentaram: big trep, coma, o rappa e planet hemp.

como eu sei/lembro disso tudo ? foi só recorrer a minha lista de shows ... rs
e eu tenho o flyer guardado em algum canto aqui em casa.

tom said...

BOA, FABIO. ACHO QUE O RAIMUNDOS GANHOU NA VOTAÇÃO DOS LEITORES COMO MELHOR BANDA NOVA OU ALGO ASSIM.POR UNS 2 OU 3 ANOS O GLOBO NOS AJUDOU NESSA PARADA, A PESSOA QUE TRABALHAVA NO MARKETING GOSTAVA DA PAGINA E FEZ ESSE LANCE DOS VOTOS EM FACULDADES E TAL, QUE SE RESUMIA NA FESTA. A PRIMEIRA ANTES DESSA FOI A EM QUE A GENTE FORMOU A BANDA RIO FANZINE, COM DADO VILLA-LOBOS, RENASTO RUSSO, TONI PLATAO E LULU SANTOS, ENTRE OUTROS, E ROLOU NUMA FINADA BOATE NA LAGOA, O MOSTARDA, QUE TINHA ESQUEMA COM O JORNAL OU ALGO DO TIPO. VC FOI OU TEM RECORTE DISSO? (ME LEMBRE! :-))

fabio fernandes said...

tom, nessa festa lá no mostarda eu não fui mas lembro dela.
da festa no fun club, tenho o convite e se não me engano, algum recorte da matéria que saiu depois no rf, vou procurar.

sobre a festa de 8 anos ... lembro que os shows foram excelentes. big trep sempre divertido, coma não curtia (pretensioso demais, apesar do gente boa bruno) e planet e rappa em suas melhores fases.
aliás, o planet e o rappa faziam dobradinha direto nos palcos cariocas, assim como outras bandas em outras épocas (hojerizah & picassos falsos / pelvs & second come).

Carlos said...

Falando em Raimundos, tem alguma coisa boa acontecendo na cena musical Brasileira? Quando saí do Brasil ouvia o D2 (batida perfeita) e o primeiro Mombojó. Tudo bem, fui até a um show do CSS em Sydney, mas nem considero esta banda muito "Brasileira".

PEDRO BAMBAATAA said...

BOA NOITE TOM!

SÓ AGORA, PARA VARIAR ESTOU LENDO O POST.

WOODSTOCK, FOI TALVES O FESTIVAL DA ÉPOCA MAS BEM PRODUZIDO E EMBALADO, E POR ISSO FOI O QUE MAIS FEZ SUCESSO. A MELHOR APRESENTAÇÃO FOI A DE JIMI SEM DUVIDAS, MAS A DO SLY AND FAMILY STONE FOI SENSACIONAL. CERTAMENTE VOU COMPRAR ESSA VERSÃO EM DVD.

O WHO FOI COMENTADO AQUI COMO UMA DAS MELHORES APRESENTAÇÃ, MAS A MELHOR MESMO FOI A A ILHA DE WIGHT, LANÇADO EM DVD E COM UMA APRESENTAÇÃO HISTÓRICA.

SOBRE FESTIVAIS, ACHO QUE O DE GLANSTONBURY, É O ÚNICO QUE AINDA TENTA MANTER AQUELA ATMOSFERA, APESAR DE AGORA SER COBRADO.
COMO FALEI ALGUNS POST ANTERIORES, COMPREI UM DVD DA PROMOÇÃO DA CASA E VIDEO QUE VEM ALGUNS GRUPOS TOCANDO NESTE FESTIVAL, PORÉM O MAIS INTERESSANTE É A PARTE DOS EXTRAS, QUE VEM UM DOC DE QUASE 3 HORAS SEM LEGENDA, SOBRE O HISTÓRIA DE GLASTONBURY COM MUITOS DETALHES E ENTREVISTAS, ENTREMEADOS COM ALGUMAS APRESENTAÇÕES COMO DO PRODIGY E OUTROS MAIS...

UM ABRAÇO!!

Helen said...

Vou fazer uma monografia sobre o movimento hippie[contracultura, woodstock, filosofias transcedentais]
alguém tem dicas de livros sobre esses assuntos??filmes e documentários tbm !!
Onde compro esses dvds do woodstock ??
Me envie pro e-mail por favor !!helenprib@gmail.com

Helen said...

VOU FAZER UMA MONOGRAFIA SOBRE O MOVIMENTO HIPPIE [CONTRACULTURA, WOODSTOCK, FILOSOFIAS TRANSCEDENTAIS]
ALGUÉM TEM DICAS DE LIVROS QUE FALEM SOBRE ESSE ASSUNTO? E FILMES??
ONDE COMPRO ESSES DVDS DO WOODSTOCK !
ME ENVIEM POR EMAIL POR FAVOR : HELENPRIB@GMAIL.COM

Helen said...

VOU FAZER UMA MONOGRAFIA SOBRE O MOVIMENTO HIPPIE [CONTRACULTURA, WOODSTOCK, FILOSOFIAS TRANSCEDENTAIS]
ALGUÉM TEM DICAS DE LIVROS QUE FALEM SOBRE ESSE ASSUNTO? E FILMES??
ONDE COMPRO ESSES DVDS DO WOODSTOCK !
ME ENVIEM POR EMAIL POR FAVOR : HELENPRIB@GMAIL.COM

NA CIDADE

JUNEBUG: Shows - Junho / 2017 Circo Voador 24 - Lamb of God (EUA) / Carcass (ING) / Heaven Shall Burn (ALE)

Teatro Rival 22 – Picassos Falsos 23 – Vinicius Cantuária

Vivo Rio 24 - Beto Guedes & 14 Bis - Participação: Sérgio Hinds 30 – Celebrare

Audio Rebel 22 - Manu Maltez - Participação: Juçara Marçal  25 - Vital & Os Bacharéis / Homobono 29 - Anganga: Juçara Marçal & Emygdio Costa & Cadu Tenório

Sérgio Porto (Humaitá) 22 - Sarah Abdala / Raquel Dimantas / Ana Frango Elétrico 29 - CEP 20.000

Sala Baden Powell (Copacabana) 24 - Cordão do Boitatá: De Gonzagão a Dominguinhos - Participação: Pedro Miranda 25 - Mulheres de Chico 28 - Marcelo Nogueira

Theatro Net Rio (Copacabana) 26 - Sarau da Leda Nagle: Amelinha & Ednardo 27 - Vanessa Jackson: Uma Saudação a Whitney Houston 28 – Dudu Nobre

Teatro Café Pequeno (Leblon) 22 - Verônica Sabino 29 - Jullie

Jeunesse Arena (Barra da Tijuca) 29 – Ariana Grande / Sabrina Carpenter

Subúrbio Alternativo (Brás de Pina) 24 - Toxic Fest:  Korja / Old Kitchen / Genomades / Nove Zero Nove

Imperator 22 – Marcos Valle 25 – Moonspell (POR) 28 - Tunai & Wagner Tiso: Saudade da Elis 29 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Bom Gosto, Lucas de Moraes

Centro de Referência da Música Carioca (Tijuca) 23 - Moacyr Luz 24 - Danilo Caymmi 28 - Duda Brack & Daíra Sabóia 29 - Quarteto Leandro Braga 30 - Cláudio Jorge Teatro Ziembinski (Tijuca) 2xNelson: a falecida/a serpente 23 - Lica Tito

Shell Open Air (abaixo, apenas a programação de shows) Marina da Glória 23 - Sexteto Sobrenatural / Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 24 - 3 Na Bossa

FM Hall 22 - Ludmilla 28 – Anavitória (grátis)

MIXX: 21 - Laura Finocchiaro – Bottle´s Bar / Copacabana 22 - Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 – Theatro Bangu 23 - Montezuma / Santos / Geração Perdida (Vitor Brauer & Jonathan Tadeu) – Motim / Centro 24 - Arraial do Monobloco: Rodrigo Lampreia - Participação: Bianca Chami – Jockey Club 25 - Tay Galega – Saloon 79 / Botafogo

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileira: Águas Claras (DF), Aracaju (SE), Barretos (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Caxambu (MG), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ)

Dia da Música 24/06 – grátis 10h: Força & Garra Jazzman Company Colégio Stephania de Carvalho (São Gonçalo) 10h: Original Black Sound System / Projeto do Nada Espaço Cultural Viaduto de Realengo 12h: Rock na Biblioteca: Átila La TrupEvoé / Corcel Mágico / LaVille / Traqitana / Caos Banal / Taturana de Aço / Senhor Kalota  Biblioteca Leonel Brizola (Duque de Caxias) 13h: Grupo Chorando de Rir / Bico Doce & Samba da Siriguela Cultural Bar (Nova Iguaçu) 13h: Mon-Ra / Nomades Rap Arena Dicró (Penha) 14h: Hugo Ardilha / Menezes / Kali (SP) / Pedro Gama Espaço Multifoco (Lapa) 14h: Molho Negro / Ana Muller / Chicas / Esdras Nogueira / Do Amor / Som Peba e Bobby DJoy + Jeza da Pedra / Linn da Quebrada Praça Luís de Camões (Glória) 15h30: Dub Club Band / Saudades de Cumbia / Melodica Vibezz / Ratel Largo das Neves (Santa Teresa) 16h: Rodrigo Miguez / Luciane Dom Praça Sandro Moreira (Flamengo) 16h: Yassine Lagraf / TMRP MM (Praia de Boa Viagem / Niterói) 17h: Hollywood Mantra / João Azevedo / Banda Gente / Gente Estranha no Jardim / DJ Feminoise / DJ Gisa Morena Palco Coelhão - Praça de Coelho da Rocha (São João de Meriti) 17h: Aura / Monstro Amigo / Anjo Gabriel (PE) Teatro Odisseia (Lapa) 17h: Edson Júnior / O Velho Se Foi La Carmelita (Lapa) 17h: McGee & The Lost Hope / Blind Horse / Hammerhead Blues La Esquina (Lapa) 17h: Monica Avila / Amalá Maracatu Brasil (Laranjeiras) 17h: Mon-Ra / Lado A / Aika Cortez / Selvagens da Noite HF (Alameda São Boa Ventura / Niterói) 17h: Senhor Kalota / Roterdan Centro Cultural Joaquim Lavoura (São Gonçalo) 18h: Jota / Rataria Nuclear Praça das Juras (Bangu) 18h: Floppy Flipper / Alambradas Motim (Centro) 18h: Coronel Soares / McGee & The Lost Hope / MOS / Giallos (SP) Escritório (Centro) 19h: The Zacatto / Hero-Beat Jack Praça Jorge Pinheiro (Parque Veneza / Belford Roxo) 19h: Karla da Silva / Pietá Praça Guilherme da Silveira (Bangu) 19h: Zé Bigode / João Azevedo / Samba de Dois Casa Aberta (Rocha) 19h: Dulcineia Enferrujada / Eddu Grau Largo do Boi Tolo (Praça XV) 19h: Caroline Alves / Hugo Ardilha / Menezes / Raul de Barros Jr. Il Piccolo Caffè Biergarten (Lapa) 19h: Zanzibar / Luciane Dom Sobrado Boemia (Praça São Salvador / Laranjeiras) 19h: Luiza Sales / Malundu Galpão Ladeira das Artes (Cosme Velho) 19h: Labibe / Hollywood Mantra / Projeto do Nada / Gente Estranha no Jardim Bar do Nanam (Praça Tiradentes) 20h: Dois Infinitos / Bruno Perez Pub Panq´s (Tijuca) 20h: Mihay / Marcelo Vig / Raquel Coutinho Bar Semente (Lapa) 20h: Thiago Nassif / Avec Silenzi Audio Rebel (Botafogo) 20h: Caroline Alves / Labibe Quintal do Miguelito (Recreio dos Bandeirantes) 21h: Qu4rto Teto / Reduto Sunday Rock (Cosmorama / Mesquita) 21h: Canto Cego Praça Jackson do Pandeiro (Santa Cruz) 22h: TopVox / Fuzzcas Saloon 79 (Botafogo) 23h: Dub Ataque / Aika Cortez Praça Marechal Âncora (Centro) 23h: Blind Horse / Pantanum (PR) / The Mountain Season / Son Of A Witch (RN) Coletivo Machina (Lapa

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ Caixa Cultural 19h - R$ 20 29 - Encontro das Gerações do Folk e Rock Rural: Tuia, Tavito, Guarabyra, Ricardo Vignin

Zé Bigode apresenta Fluxo ao vivo em show gratuito no Parque das Ruínas (1/7) a partir de 17h

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

MOSTRA DE CINEMA COLOMBIANO TRAZ A CALIWOOD DE LUIS OSPINA PARA A CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO A programação reúne 34 filmes, sendo 29 realizados pelo cineasta, que participa da mostra em uma masterclass no dia 1º de julho Caliwood de Luis Ospina: Cinema colombiano de vanguarda, em cartaz na CAIXA Cultural Rio de Janeiro de 27 de junho a 9 de julho de 2017. Com curadoria de Lúcia Ramos Monteiro, a mostra traz uma retrospectiva completa do realizador colombiano fundador do Grupo de Cali e expoente do cinema independente da Colômbia.

SHELL OPEN AIR: O Shell Open Air, maior cinema ao ar livre do mundo, volta ao Rio de Janeiro de 7 a 25 de Junho na Marina da Glória. Com uma tela de cinema gigante de 325m², o público poderá assistir clássicos, blockbusters, além de assistir a shows.    a programação de cinema contará com filmes como Velozes e Furiosos 8, La La Land, Deadpool, Fragmentado, Animais Fantásticos e Onde Habitam,  A Bela e a Fera, Moana,Sing – Quem canta seus males espanta, Rush – No Limite da Emoção, Rogue One – Uma história Star Wars; Os clássicos Moulin Rouge, Footloose, O Iluminado, Alien – O Oitavo Passageiro, Dias de Trovão e Elis e Minha Mãe é uma peça 2.

HANSON CHEGA AO BRASIL COM A MIDDLE OF EVERYWHERE 25th ANNIVERSARY WORLD TOUR   24 de Agosto no Km de Vantagens Hall RJ (antigo Metropolitan), no Rio de Janeiro; 25 de Agosto no Km de Vantagens Hall BH (antigo BH Hall), em Belo Horizonte; e 26 de Agosto no Citibank Hall, em São Paulo


1ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo Especial Mohamed Khan Homenagem a um dos mais aclamados cineastas do país Exibição de 13 longas-metragens e realização de um debate com a presença de Wessam Soliman, viúva de Mohamed Khan e roteirista de A menina da fábrica, Meninas do Centro e No apartamento de Heliópolis CCBB Rio de Janeiro – 14 a 26 de junho



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers