Pages

Wednesday, October 29, 2008

all hollow´s eve


...É UMA FESTA BACANA, LIDA COM A MORTE (MAS NÃO DO JEITO ALEGRE COMO O DIA DE LOS MUERTOS NO MÉXICO), OS FANTASMAS, COISAS QUE CRIANÇAS, FÃS DE FILMES DE TERROR E TAL, COMO EU, GOSTAM, AINDA MAIS SE FOR GÓTICO. MAS AQUI MESMO NO BRASIL TEMOS FESTA SIMILAR QUE NÃO É MAIS LEMBRADA, SÓ NOS SUBURBIOS CARIOCAS: O DIA DE S. COSME & S. DAMIÃO. TODO 27 DE SETEMBRO ERA O DIA DE GOSTOSURAS, SEM TRAVESSURAS. VC PEGAVA A SACOLINHA E SAIA PELAS RUAS DOS BAIRROS (QNDO ERA POSSIVEL FAZER ISSO) RECOLHENDO AS GULOSEIMAS, NÃO SÓ DE PESSOAS LIGADAS À RELIGIÃO, MISTICISMO OU UMBANDA. A GENTE SÓ NÃO TEM O LANCE DA FANTASIA, PQ, PARA ISSO, JÁ EXISTE O CARNAVAL. ATÉ A DÉCADA DE 80, SE NÃO ME ENGANO, NAO ROLAVA HALLOWEEN NO RIO. LEMBRO QUE O CREPUSCULO DE CUBATÃO FOI O PRIMEIRO CLUBE A FAZER ISSO (OS DONOS ERAM INGLESES, LOGO...), FORA ISSO, SÓ NOS PUBS GRINGOS. DAÍ FOI VIRANDO FESTA DE PLAYBOY, INFANTIL, E, DE REPENTE, A RUA DA ALFANDEGA ESTAVA REPLETA DE ENFEITES DO TIPO. E HJ SE COMEMORA A PARADA COMO SE FOSSE UMA COISA LOCAL. NADA CONTRA. MAS, VALE LEMBRAR QUE TEMOS BONS MONSTROS POR AQUI. SE O TIM BURTON FOSSE BRAZUCA, P EX, IA PIRAR COM O CURUPIRA, O CAIPORA, MULA SEM CABEÇA E OUTROS SERES FANTÁSTICOS DE NOSSO FOLCLORE, MAIS RICO QUE O DO HALLOWEEN. QUEM VAI SER O CINEASTA QUE VAI ABRIR ESSE FILÃO? NÃO PODEMOS DEPENDER SÓ DO ZÉ DO CAIXÃO PRO TERROR BRAZUCA. ANYWAY, NADA CONTRA, MAS NÃO PRECISAVA TANTO...

27 comments:

tom said...

ainda bem que a gente viu: gruff rhys anunciou hoje que, após a turne do neon neon, que no momento esta passando pelo uk, ele deve desativar a banda, explicando que o motivo é que nao faria sentido mante-la, ja que eles gravaram o disco apenas para contar a historia do john delorean, entao ficaria estranho continuar, so se ele bolar outra coisa/nome,,,

André Imbuzeiro said...

Eu me lembro uma única vez de ter ido a uma festa halloween, isso foi nos 90's eu tinha uns 13/14 anos e era uma novidade. Eu gosto de festa junina mas nos últimos 2 anos não fui a uma!

tom said...

alias, nessa sexta estreia jogos mortais v, é mole? nao é tao ruim qnto o anterior, mas desisti da serie na terceira parte, que é qndo deveria ter acabado. mas eles ainda vao seguir adiante, pq essa semana saw ultrapassou jason, freddy kruger e mike myers como a serie de terror mais lucrativa do cinema, ja tendo ultrapassado os 200 milhoes de dolares de bilheteria (so nos eua, fora o mundo e os dvds)

tom said...

SE VC NAO COMPROU, OS INGRESSOS PRO PLANETA TERRA ESGOTARAM HOJE...

Felipe Passarelli said...

Eu até fico feliz por ter esgotado o planeta terra por dois motivos:

- Meu ingresso vale ouro, já tem 3 pessoas interessadas, mas vou esperar até segunda pra ver qualé;

- Imagino a loucura de apertado que vai ficar aquele lugar, longe pra caralho de tudo, onde o taxi de ida ficou 70 reais ano passado. Duvido que REM vai esgotar com esse preço, e vai ter um povo bem mais trankilo.

De resto fica a invejinha de não ver jesus and mary chain, animal collective, spoon, kaiser chifes, the breeders e foals.

eu poderia ir no planeta, mas REM ta no meu top 5 de melhores bandas do mundo e come todas essas bandas juntas.

ainda mais sendo na Arena, meu local preferido de shows grandes, promete ser histórico. sou fã mesmo e pago caro (do MEU dinheiro do MEU trabalho pra ver, meu pai não paga meus ingressos não).

po tom não é só no suburbio que tem cosme e damião não, tem muito aqui na tijuca, tem em ipanema, leblon, e ainda é bem lembrado sim.

moro num condominio grande aqui na tijuca e as crianças ainda vem pedir doces todo santo dia 27 de setembro, disso ninguém esquece, dia de ganhar doces, no texto parece que a comemoração é coisa de pobre, de gente que mora longe e arcáica (com esse sentido suburbano da comemoração, me desculpe se interpretei errado, mas parece que você segmentou a festa a uma região da cidade hoje e que só rolava isso antigamente, o que não é verdade, o dia vem da religião católica, as pessoas fazem promessas a esses santos e caso essa promessa for cumprida, a pessoa paga a promessa por determinados anos, minha mãe mesmo deu doces por 12 anos, pq meu nascimento foi super complicado)

e halloween é modinha mesmo, só um motivo pra vc ir a festas fantasiados nas festas gRódigas e EBMs na cidade. Comemorava no CCAA e no Brasas, mas num curso de inglês tem mais sentido, nem sabia dessa história da invenção no Rio, tão tarde tb.

esse fim de semana não tem nada de especial, graças a deus, vou estudar e economizar!

po bebel gilberto no dia do offspring, que maldade heim, amo essa mulher e po 20 reais, perceberam que o circo voltou vender meia?

com certeza reclamaram com alguém da fiscalização, o que eu acho certo, a lei é pra ser cumprida, pra quem paga sofre, e como falam o preço do circo já não é mais alternativo desde seu fechamento, quando todos os shows custavam 15 reais (foi o que o meu tio falou, ele já tem 50 anos)

abs

Felipe Passarelli said...

Ahh me esqueci de escrever, sabia que conhecia o Har Mar Superstar de algum lugar sem ser do Neon Neon, ele paticipou do filme Starsky & Hutch com o Ben Stiller de 2004, muito engraçado...

Tem um cena clássica da dança a la saturday night fever que ele compete que é incrivel e tem no youtube:

http://br.youtube.com/watch?v=a3Geam9JzJM

to ouvindo bastante agora um carinha que faz garage punk da melhor qualidade, Jay Reatard, album Matador Singles ‘08, simplesmente genial, estou apaixonado, acha fácil em torrents, fikdik...

Bem said...

Mas Cosme e Damião tambem são da umbanda. No sincretismo eles representam as entidades infantis. Quem for iniciado pode falar mais sobre isso.

La na Zona Oeste rolavam as tais mesas de doces, umas festas de gente de umbanda, que chamavam a molecada da vizinhanca e serviam guloseimas feitas em casa. Acho que isso devia rolar na Zona Norte tambem. Rolava na Baixada, segundo um amigo meu, que e catolico, mas na hora de pegar doce, nao olhava a religiao (acho que so filhos de evangelicos nao tiveram esse prazer)

Para participar dessa comilanca so com um convite, um cartaozinho com a imagem dos santos. Quem nao tinha, nao entrava.

Apartheid dos doces!

Eu odiava maria-mole, pipoca de canjica e "coco-de-rato". Tambem odiava aquele papo do "carro que esta dando doce la na rua de tras". Eu saia em disparada e nada do tal carro.

tom said...

o canal de show da tv ta exibindo hj uma parada que eu nem sabia que existia: um show acustico dos pixies no festival de folk de newport beach, na california. estao la os duendes gordos e carecas ao sol de fim de tarde na prainha, só com violoes e voz e bateria e a kim deal bem embarangada. por isso nem quis ir naquele show de curitiba, pra nao ver os herois de meus teens lentos, pesados e vendidos

atlantic said...

A volta dos Pixies foi um mico. É evidente que nada de bom vai sair dali.

E por falar nessa turma "mais antiga", estou ouvindo um disco com 4 ótimas sessões do Nirvana, ao vivo, na BBC. Material gravado diretamente da mesa de som: http://sharebee.com/4e0238df

Felipe Passarelli said...

OFF JAZZ:

Já que estamos na época do Tim Festival, que uma vez já foi Free Jazz, gostaria de saber de vc tom e da cova, albums essênciais de Jazz para iniciantes, tipo um top 5 ou 10 dos melhores albums, musicos e cantores/cantoras desse genero.

estou ouvindo muito miles davis e gostaria de começar a enriquecer essa parte músical.

sei que vocês não devem ser super especialistas no assunto, mas devem saber a importancia de certos albums e artistas nesse mundo e a contribuição deles pros nossos artistas preferidos.

pode ser instrumental e cantado, técnica tb rola, tipo coisas que você ouve hoje, foi feito há decadas e continua atual.

quero me jogar um pouco em jazz, falei que nunca iria gostar, mas depois que comecei a ouvir miles davis fiquei deslumbrado, good trip..

pode ser?? abs :)

obs: vc gostou do novo album do keane?? achei tão chatinho, foi estranho qnd abri o rio fanzine hj e me deparei com uma matéria sobre eles, já que vc sempre disse que não gostava de keane, travis e derivados... eu estava super pensando que fosse sobre o har mar superstar hehe foi estranho...

:: Fräulein :: said...

aaahh eu adorava pegar doce na rua ou ir na porta dos centros pegar doce!
Eu ouvia muito a história do mão-pelada quando criança, dava medo!

abç,

tom said...

nao sou expert em jazz e trato o genero como trato musica em geral, se gosto, escuto, independentemente de generos e estilos. nesse caso, tenho alguns discos de thelonious monk, o take five do dave brubeck, uns do miles, gente que ia alem do jazz comum e abriram caminhos (me amarro mesmo no jive, tipo cab calloway, um pre-rock). qnto ao keane, a materia nao fala bem do disco, nem da banda, é apenas uma entrevista com um cara legal de uma banda melhor que coldplay; o que ouvi nao me incomodou,,,

tom said...

eu disputava com meus amigos quem conseguia pegar mais doces no dia 27. a gente acordava cedo (se tinha aula, acho que geral matava) e ia a luta. minha area de atuação era flamengo, catete, gloria, parte de santa teresa e parte do centro habitavel (bairro de fatima etc). dava pra acumular varios potes e ter doces por um mes. me lembro desse lance das mesas e dos cartoezinhos,,,

henrique kurtz said...

O Pasarelli descobriu um artista muito interessante: Jay Reatard. Há uns tempos atrás dei de cara com o perfil dele no MySpace e gostei muito das músicas do cara.
Recomendo.

atlantic said...

Vários blogs legais como o Rock For Masses e o 1001 Albuns Project estão tendo seus posts e links apagados por colocar material para seus frequentadores baixarem.

Já bati nessa tecla milhares de vezes e vou repetir: as gravadoras ganhariam muito mais se baixassem os preços de seus cds. Pagar R$ 40 pratas em um cd simples é muita sacanagem. É o tipo de negociação que só é boa pra um lado.

Não é com preços altos que as gravadoras vão sair dessa crise. Não é com ingresso a R$ 500 que se lota um estádio. Estou dizendo alguma coisa sem sentido? Quanto menos vendem, mais aumentam o preço. Isso é suicida.

Há pouco vi edições especiais de discos lançados pela MTV. Tudo em caixas mais baratas, de papel, ao preço de R$ 12. Até legal, mas não vende. Não vende porque é tarde demais. Quando as pessoas queriam ouvir aqueles discos, eles custavam R$ 30 e elas foram comprar 3 por R$ 10 no camelô ou baixaram na internet.

As gravadoras deviam tratar o consumidor com mais respeito, isso sim. Afinal, eu adoraria ter o original de tudo que baixei. Mas pagar R$ 40 pelo disco e mais R$ 500 pelo show te faz sócio da banda, não fã.

pacheco said...

keane é melhor que coldplay? Talvez nesses dois últimos cds, mas os 2 primeiros do coldplay são infinitamente superiores a qualquer um do keane.

To longe de Saw 5... parei no 3, que é horroroso. Até o dois é ruim.

fabio fernandes said...

ainda no clima de halloween, o novo outdoor da sinaf:

"grana num FECHAR de olhos" :)

fabio fernandes said...

off topic:
alguém ontem viu a declaração do eduardo "paespalho" dizendo que tem a intenção de realizar a virada cultural no rio ?????

Felipe Passarelli said...

tem sentido essa parada de umbanda que você falou, mas acho que rola algo no meio cristão tb, pq minha mãe é católica, aí já não sei...

tb corria atras de doce direto, fez mais parte da nossa infancia do que a da geração de hoje que mal sai da frente do computador.

eu gosto do keane, principalmente do segundo album que tem melodias ótimas, fui no show tb e gostei bastante, posso mudar de idéia, mas o novo album não tá dando aquela sensação de quero mais, está tudo overproduced, tudo muito alto, sei lá, pra um album que se chama perfect symmetry falta muito.

pelo menos o globo tem essa facilidade de falar com os artistas com frequencia, tb acho foda essa sua parte de entrevistar os artstas, fico me imaginando ter que falar com pessoas que sou fã e me exceder, e as suas perguntas são boas, tem colegas seus do grobo que ainda vivem do cliché das mesmas perguntas internacionais, pelo menos vc se informa antes de fazer a entrevista, o q muito jornalista não faz e a entrevista fica péssima.

só achei estranho esta entrevista estar no RF, já que a banda não é nova e nem tão diferente assim e já são super mainstream de lotarem estádios, pq a maioria das edições do RF fala de novidades, e eu estava esperando um especial com o har mar superstar ou alguma coisa sobre o tim.

mas deixo minha sugestão pro har mar superstar, ele merece :)

tom said...

RARARA, VAMOS COMEÇAR UMA BRIGA, KEANE VS RADIOHE, DIGO, COLDPLAY. NOT! NAO VALE A PENA. MAS O KEANE ME IRRITA MUUITO MENOS QUE O CUDIPLAY, ESTES SE ACHAM DEMAIS, TEM ESSE LANCE DE SEREM A ULTIMA GRANDE BANDA DA TERRA (WANNABE, CLARO), ME DA NO SACO. MAS SE FOSSE PRA PAGAR, NAO PAGARIA PRA VER O SHOW DE NENHUM DOS DOIS, NEM COMPRARIA O CD. SO ACHO O KEANE MAIS SIMPATICO. SOU MAIS O HAR MAR SUPERSTAR, OBVIO (RS)

tom said...

TO CONTIGO NESSA, ATLANTIC. SEMPRE QUE O CD SAI NUM PREÇO BAIXO, JÁ É FIM DE FEIRA, NINGUEM QUER MAIS. E AGORA QUE ARTISTA SO GANHA FAZENDO SHOW, TODA BANDA VEM PRA SUL AMERICA COBRANDO OS OLHOS DA CARA. ESSA ESTRUTURA VAI ACABAR QUEBRANDO. ACHO QUE O SHOW DO MAROON 5 VAI ESTAR BEM VAZIO. SE NEM OZZZY COM ABERTURA DO KORN LOTOU A ARENA, QUE DIRÁ ELES. O REM SO NAO LOTA PELO PREÇO,,,

Felipe Passarelli said...

o blogger estava dando pau até agora, foi um sacrificio mandar a outra mensagem...

é outro show que devemos ter aqui antes, jay reatard é tão cru e direto como white stripes, o cara é muito maluco, ele mete a porrada nos fans direto, shows sempre muito intensos e acabando em confusão.

garantia de pogar loucamente nos shows dele, em um ep dele, ele aparece todo ensanguentado na capa, o cara gosta de blood e a galera gosta de violencia taí um novo tipo de platéia...

neguinho parece que faz questão de levar porrada do cara, foi considerado um dos melhores shows do CMJ de 2007 e 2008 agora na Matador. O youtube entrega a loucura.

que friozinho né?? brrrrrr

tom said...

O TIM JÁ É ASSUNTO VELHO, FELIPE, MAS PODE ROLAR HAR MAR NO RF, SIM, TO CORRENDO ATRAS DOS DISCOS DO CARA (ELE JA LANÇOU TRES), NAO ADIANTA SAIR FALANDO QQ COISA CORRENDO. O KEANE PODE SER MAINSTREAM, MAS NAO É TAO POP. ALEM DO MAIS, PERIGAVA A ENTREVISTA NAO SAIR NO JORNAL E NAO QUIS DISPENSAR, JA QUE ACHEI BOA E PUDE USAR AQUELAS PARADAS DAS ESCULTURAS QUE DESCOBRI NUM SITE DE ARTE, NAO FOI ENVIADO PELA GRAVADORA NEM NADA,,,

fabio fernandes said...

coldplay, keane, travis ... prá mim é tudo farinha do mesmo saco: eca !

tom said...

outra da amiga que sabe tudo:

A partir de 01 de Janeiro de 2010 entra em vigor o polêmico Codex Alimentarius. Mas você não sabe exatamente o que é isso, pois não?... Pois é exatamente o que eles querem!

O Codex Alimentarius é um Programa Conjunto da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação - FAO e da Organização Mundial da Saúde - OMS. Trata-se de um fórum internacional de normalização sobre alimentos - sejam estes processados, semiprocessados ou crus - criado em 1962, e suas normas têm como finalidade 'proteger a saúde da população', assegurando práticas equitativas no comércio e manuseio regional e internacional de alimentos. Sua influência se estende a todos os continentes e seu impacto na saúde dos consumidores e nas práticas do comércio de alimentos em todo o planeta será incalculável.

As normas Codex abrangem ainda aspectos de higiene e propriedades nutricionais dos alimentos, código de prática e normas de aditivos alimentares, pesticidas e resíduos de medicamentos veterinários, substâncias contaminantes, rotulagem, classificação, métodos de amostragem e análise de riscos.

Olhado assim, na versão oficial (exceto as aspas), parece uma coisa boa, certo? Bem, não exatamente... e, na verdade o Codex é olhado com total 'desconfiança' (para usar uma palavra elegante) por todos os que denunciam que essa regulação tão 'abrangente' virá a ser uma fonte poderosa de controle sobre as grandes populações e de apreciável lucro para as grandes corporações, especialmente as dos ramos químico e farmacêutico.

Quem controla a comida, controla o mundo!

Traduzido em miúdos, o Codex vai trazer severas restrições à nossa já precária LIBERDADE de escolha em termos de alimentação e prevenção/tratamento de doenças. Sem falar que considerações mais complexas podem ser feitas sobre o impacto dessas medidas no controle populational do planeta e na concentração de riquezas...

Os opositores do Codex fizeram uma síntese do que representará essa complexa rede de regulamentações, que, quando implementadas, serão MANDATÓRIAS para todos os países membros, cerca de 170 - o que inclui o Brasil:

- Suplementos nutricionais, como vitaminas, por exemplo, não poderão mais ser vendidos para uso profilático ou curativo de doenças; potências de qualquer suplemento liberado, estarão limitadas a dosagens extremamente baixas, sub-dosagens, na verdade, e somente as empresas farmacêuticas terão autorização para produzir e vender esses produtos (preferencialmente na sua forma sintética) em potências mais altas - no caso da vitamina C, por exemplo, qualquer coisa acima de 200mg será considerada 'alta', e será necessária uma receita médica para se poder comprá-la.

- Alimentos comuns, como o alho ou o hortelã, por exemplo, poderão ser classificados como drogas, que somente as empresas farmacêuticas poderão regulamentar e vender. Qualquer alimento ou bebida com qualquer possível efeito terapêutico poderá ser considerado uma droga.

- Alimentos geneticamente modificados não precisarão ser identificados como tal, e não saberemos a origem do que estamos comendo; a criação de animais geneticamente modificados também já consta dessa mesma pauta, ou seja, vai ser difícil saber que bicho se está comendo.

- Aditivos alimentares, a maioria sintéticos, como o aspartame, por exemplo, serão aprovados para consumo sem que se tenha conhecimento dos efeitos a longo prazo de cada um nem das interações entre eles a curto e longo prazos.

- Todos os animais destinados ao consumo humano, deverão receber hormônios e antibióticos como medida profilática; sabe aquele 'gado orgânico', criado solto em pastagens e tratado só com homeopatia?... nunca mais!

- Todos os alimentos de origem vegetal deverão ser irradiados antes de serem liberados para consumo: frutas, verduras, legumes, nozes... nada mais chegará à nossa mesa como a natureza fez - tem gente brincando de Deus, mas desta vez não para criar, e sim para DEScriar.

- Os produtos 'orgânicos' estarão completamente descaracterizados, pois terão seu padrão de pureza reduzido a níveis passíveis de atender às necessidades de produção em grande escala; alguns aditivos químicos e várias formas de processamento serão permitidos; tampouco haverá obrigatoriedade por parte do produtor de informar que produtos usou e em que quantidades - rótulos não serão obrigatórios na era pós-Codex.

- Para a agricultura convencional, os níveis residuais aceitáveis de pesticidas e herbicidas estarão liberados em níveis que ultrapassam em muito os atuais limites de segurança! Em outras palavras, estarão envenenando nossa comida.

Em síntese: os objetivos do Codex incluem (1) globalização das normas, (2) abolição da agricultura/criação orgânica, (3) introdução de alimentos geneticamente modificados, (4) remoção da necessidade de rótulos explicativos de qualquer espécie, (5) restrição de todos os remédios naturais, que serão classificados como drogas.

O Codex, na verdade, já começou a 'acontecer' por aqui - alguém já reparou que não se consegue comprar nada numa farmácia de manipulação sem ter uma receita médica? Nem uma inocente vitamina C... Em compensação pode-se comprar praticamente qualquer coisa SEM receita médica numa farmácia regular, que vende produtos industrializados, mesmo se forem antibióticos, anti-inflamatórios... - e até aquela mesma vitamina C que nos negaram há pouco na outra farmácia...

Indicar aquele chazinho para um amigo? Ou quem sabe informar ao vizinho que farelo de aveia ajuda a reduzir o colesterol? Sugerir que mamão solta e banana prende?... Nem pensar! Poderá ser considerado 'prática ilegal da medicina'! Não se poderá dizer que produtos naturais curam doenças porque não são medicamentos e, na era pós-Codex, só medicamentos APROVADOS pelas novas regras poderão ser referidos para tratar doenças... e assim mesmo, só por um médico!

Exagero? Quem sabe? - já teve gente presa na França por vender 500mg de vitamina C... é que lá essa potência já é considerada 'remédio', e não pode ser vendida sem receita médica.

Medicina alernativa, tibetana, ayurveda, homeopatia, essencias florais... só se a turma do Codex disser que pode. Se esse 'programa' entrar em vigor (daqui há pouco mais de 1 ano) da forma como vem sendo 'curtido' há mais de 45 anos, e alertado mundo afora, teremos perdido nossa liberdade de optar por uma medicina e nutrição naturais, poderemos vir a precisar de receita médica até para ir à feira...

Se isso acontecer, não vai ter graça nenhuma.

pacheco said...

Poxa... mas eu adoro uma briguinha! =(

Que história é essa deles se acharem demais? Que lance é esse de última grande banda da terra?

Achei que estivessemos falando de música, não de big brother! Coldplay vai pro paredão ao lado do Oasis...

Aliás... cd novo do oasis achei bem ruinzinho, alguém ouviu?

Bem said...

Teoria da conspiracao. Esse povo diz que o mundo acaba em 2012. Justo qaundo a Copa no Brasil rola em 2014

NA CIDADE

JULIANAS:

casas & shows: Circo Voador 18 – Metá Metá / Rakta 19 – Roberta Sá  20 – Testament (EUA) 25 – Johnny Hooker 26 – O Baú do Raul – 25 Anos: Marcelo Nova / Mauricio Baia / B.Negão / Chico Chico / Karina Buhr / Rick Ferreira / Vivi Seixas

Fundição Progresso 18 e 19 – Novos Baianos 25 - Mitchell Brunnings (HOL) / Orquestra Brasileira de Música Jamaicana 26 – Festival RapRJ 7: Cone Crew Diretoria / Luccas Carlos / Froid / 1Kilo / ADL – Participação: Ducon / Modestiaparte – Participação: Liink & Buddy Poke

Teatro Rival 18 – Festa La Cumbia 19 - Afrojazz - Participação: Larissa Luz & Jesuton 23 - Michael Sweet (Stryper) & John Schlitt (Petra) 24 - Júlia Bosco & Emerson Leal & Gustavo Macacko – Participação: Mart´nália & Simone Mazzer 25 – Alma Thomas 26 – Jay Vaquer 50 meia Setor A, 40 meia Setor B, 30 meia Lounge 30 – Cabaré Diferentão

Teatro Riachuelo 29 – Paulo Ricardo Teatro Odisseia 18 – Ordinária - Baile do Lindote: Molejo 24 - The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die / gorduratrans / E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante  26 - Esteban Tavares / Sheffield 

Vivo Rio 18 - Postmodern Jukebox (EUA)  19 – Barão Vermelho 20 – Roy Hargrove & Roberta Gambarini 25 - Jacob Collier (ING) 

Baratos da Ribeiro (Botafogo) 19 – Vespeiro: Marcelo Perdido / Real Sociedade / O Branco e o Índio 26 - Vespeiro: Tacy de Campos / Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Estúdio Hanói (Botafogo) 18 - Nativity in Black Fest: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  19 - Festival Nativity in Black: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  27 - Back To Hanoi Metal Fest: Forkill / Unmasked Brains / Evil Inside / Savant  30 - Rectal Smegma (HOL) / Uzômi / Baga  Audio Rebel 16 – Quintavant: Thiago França: Sambanzo 17 – Quintavant: Thiago França: Space Charanga Quarteto 18 - Jair Naves & Britt Harris / Kasparhauser 19 – Quintavant: Ava Rocha 20 - Homenagem a John Coltrane (Widor Santiago, Sergio Barrozo, Adaury Mothé, Didac Thiago, Roberto Rutigliano) 23 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Bella, Thomas Rohrer, Cadu Tenório, Antonio Panda Gianfratti 24 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Thomas Rohrer, Antonio Panda Gianfratti 30 – Quintavant: AJJA (Pedro Calmon & Alex Frias)

Espaço Sérgio Porto 18 - Marcio Lugó / Capela  24 - Mulheres de Buço 25 - Whipallas 31 - CEP 20.000

Sala Baden Powell 16 - Donatinho: Homenagem a João Donato - Participação: Ithamara Koorax, Wanda Sá, Cris Delanno, Amanda Bravo, Ricardo Silveira 19 - Quarteto do Rio 23 - Lúcia Menezes 26 - Marcel Powell - Homenagem a Baden Powell - Participação: Thais Motta, Ithamara Koorax, Gabriel Aquino, Amanda Bravo, Dilma Oliveira 27 - Dorina Canta Aldir Blanc 30 - Eliana Pittman

Theatro Net Rio 16 – Laila Garin & A Roda 22 – Paulo Miklos 12/09 Simone Mazzer

Beco das Garrafas Casa de Cultura Laura Alvim 09 e 10 – Festival Levada: Luísa Maita 15 – Katerina Polemi 16 e 17 – Festival Levada: Apanhador Só 23 e 24 – Festival Levada: Bruna Mendez 30 e 31 – Festival Levada: Tamy

Teatro Ipanema 15 - A.Nota: Sambas do Absurdo (Juçara Marçal & Rodrigo Campos & Gui Amabis) 16 - Aíla (PA) – Participação: Posada 17 - Ana Frango Elétrico / Thiago Nassif 18 - Amora Pêra 22 - A.Nota: Marcelo Vig & Marcos Suzano

Teatro Café Pequeno 17 - Lu Dantas & Natália Boere 24 - Marcos Oliveira 31 - Filtra

Metropolitan 24 – Hanson (EUA) 26 - Lindsey Stirling (EUA) Teatro Bradesco 18 – Leo Jaime 24 – Almir Sater

Teatro Municipal de Niterói 18 e 19 – Roberta Campos 22 – Clube do Choro Homenageia Noel Rosa 24 – Quarteto do Rio

Planet Music (Cascadura) 18 - Torture Squad / Hatefulmurder / Reckoning Hour / Warcursed  19 - Black Days (SP) / Sheffield / Amsterdan / LaVille  26 - Festival Invasão Underground 2: Inversa (SP) / Maieuttica / Adrift / Tormentta / The Last Whale 

Imperator 16 - Quartas Brasileiras: Tia Surica - Tributo a Clara Nunes - Participação: Nilze Carvalho, Ana Quintas, Mariene de Castro 22 – Jazz Pras Sete: Folakemi Duo 23 – Maurício Mattar – Participação: Alexandre Pires 24 - Homenagem a Dalva de Oliveira: Amelinha, Zezé Motta, Dóris Monteiro, Leny Andrade, Rita Beneditto, Áurea Martins, Agnaldo Timóteo, Simone Mazzer, Zé Renato, Eliana Pittman, Rosa Maria Colyn, Luciene Franco, Ellen de Lima, Ataulfo Alves Jr, Gottsha 30 – Agnaldo Timóteo 31 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindinho

Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca) 16 – Coletivo Samba na Rua 17 – Quinta Instrumental: Jimmy Santa Cruz 18 – Victor Mus 19 – Danilo Caymmi 23 – Fábrica Nômade Sonora 24 – Quinta Instrumental: Carlos Café 25 – Laura Zennet 26 – Quarteto do Rio 30 – Projeto Vitrola

FM Hall 23 – Manu Gavassi (grátis) 29 – Illy (grátis)

La Esquina (Lapa) 17 - Red Mess / Blind Horse / Stoned Jesus 24 – Mobile Drink

Smokey Rio (Lapa) 19 – Festa Rio Vinil Clube 26 – Bel Almeida Ganjah (Lapa) 18 – Duda Brack & Thiago Ramil 23 – Festa HempFyah: Rafyah Dread & Hempfield DubLab / Lion Dornellas / André Pfefer / Tagu Selectah Vibration 25 - Azul Casu & 3 du Mar

Casa de Baco (Lapa) 17 – Gafieira Pé de Louro 19 – Relógio de Dalí 24 – Joyce Cândido

CCBB 18 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pato Fu / Céu – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 20) 19 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pedro Luís & A Parede / Tom Zé – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 10)

Quintas no BNDES 17 - Byafra: 35 Anos de Sucesso 24 - Luiza Borges 31 - Tarita de Souza

Circuito SESC 16 – Copacabana: Philippe Baden Powell & Quarteto Ludere: Baden Powell 80 Anos 18 – Niterói: Clara Gurjão 26 – Engenho de Dentro: Clara Gurjão Circuito SESI 26 – Duque de Caxias: Tiê 25 – Jacarepaguá: Tiê _____________________________________________________________

mixx: 18 - Carmen Blues – Bar Kunin / Vila Isabel 18 – Sara & Nina – Olho da Rua / Vila Isabel 18 - Ronaldo Diamante – TribOz / Glória 18 - Wake the Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Clube Mageense / Magé 18 – RaggaBrass – Boulevard Olímpico / Praça Mauá 18 - O Rappa - Tour de Despedida – Quadra da Grande Rio / Duque de Caxias 19 - Insurgente Rock Festival: Maieuttica / Ágona / Born2Bleed / Melyra / Forkill / Negah – Caixa de Surpresa / Bangu 19 - Breaking Bad - A Festa: Cervical / Controle / Mau Presságio – Buffallos Bar / Méier 19 - Festa RapSoul 5 Anos: Rael – Armazém / Praça Mauá 19 - Akira Presidente – Espaço BF / Mesquita

20 - Caxias Hell Festival: Velho / Justabeli (SP) / Dark Tower / Gutted Souls / Unnature / Vicious – Lira de Ouro / Duque de Caxias 25 - Bloco Fanfarra D´Águas – Praça das Nações / Bonsucesso 25 - Rogério Caetano - Participação: Hamilton de Holanda – Eco Som / Botafogo 25 - Arraiá do Bloco Vem Cá, Minha Flor – Feira de São Cristóvão

LEO JAIME LEO "GUANABARA" JAIME Com mais de 30 anos de carreira, Leo Jaime experimenta momentos de grande intensidade em sua vida profissional. Além da obra consagrada, como cantor e compositor, o artista está sempre atuando em novos projetos. Humor, interpretações arrebatadoras, inteligência e versatilidade são as marcas deste artista que apresenta ao publico carioca, no dia 18 de agosto, no Teatro Bradesco Rio, o espetáculo “Leo “Guanabara” Jaime”. No show ele relembra seus grandes sucessos musicais e as histórias por trás das canções e dos bastidores do Rock Brasil

PROGRAMAÇÃO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):   07/09 - Quinta-feira 20:00 Maceo Parker 22:30 Maceo Parker   08/09 – Sexta-feira 21:00 Maceo Parker 23:30 Maceo Parker   09/09 – Sábado 21:00 Sergio Mendes 23:30 Sergio Mendes   10/09 – Domingo 20:00 Sergio Mendes 22:30 Sergio Mendes   13/09 - Quarta-feira 20:00 Jaques Morelenbaum convida   16/09 – Sábado 21:00 Baby do Brasil 23:30 Baby do Brasil   17/09 – Domingo 20:00 Baby do Brasil 22:30 Baby do Brasil   20/09 - Quarta-feira   20:00 Jaques Morelenbaum convida   27/09 - Quarta-feira 20:00 Anne Paceo 28/09 Quinta-feira   20:00 Orquestra Atlântica 22:30 Orquestra Atlântica    Outubro   04/10 - Quarta-feira 20:00 Ala.Ni 05/10 – Quinta-feira 20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  06/10 – Sexta-feira 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    07/10 – Sábado 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    08/10 – Domingo  20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  11/10 - Quarta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    12/10 – Quinta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ CURSOS DE AGOSTO no Estação NET Botafogo    - História do Cinema Independente Brasileiro, com Cavi Borges    - Ancine e o fomento ao audiovisual brasileiro, com Julio Augusto Zucca    - Cinema Afrodisíaco? O sexo na tela, com Dodô Azevedo

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

DISTOPIAS BRASILEIRAS NO CINEMA A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 15 a 27 de agosto de 2017, a mostra cinematográfica Brasil Distópico, que traça um panorama da produção nacional sobre as distopias. Para a programação, os curadores Luís Fernando Moura e Rodrigo Almeida selecionaram 37 curtas e longas-metragens que imaginam diferentes futuros sombrios para o país, entre clássicos da ficção-científica brasileira e obras menos conhecidas.  Na programação, filmes como O quinto poder (1962), de Alberto Pieralisi, e Brasil ano 2000 (1969), de Walter Lima Júnior. Outras incorporam as convenções da ficção científica, encenando a ameaça nuclear e o colapso do planeta, como Parada 88: o limite de alerta (1978), de José de Anchieta; e Oceano Atlantis (1993), de Francisco de Paula. Há, ainda, aqueles que instalam o cinema de gênero em imaginários locais do Brasil, como é o caso de Abrigo nuclear (1981), de Roberto Pires; e Areias Escaldantes (1985). ESTE ULTIMO, TRAZ NO ELENCO, VARIOS NOMES E BANDAS DO ROCK BRASIL DOS ANOS 80, COMO LOBÃO, TITÃS, E TEMA-TITULO DE LULU SANTOS.

DEIXA NA RÉGUA: O filme estreia no dia 10 de Agosto no INSTITUTO MOREIRA SALLES com sessões às 16h e 20h e no CINE SANTA com sessão às 17h10. Deixa Na Régua. Direção: Emílio Domingos. Produção: Osmose Filmes. Documentário. Brasil. 73 minutos.

COM SESSÕES LOTADAS EM ALGUMAS CIDADES, UCI ABRE MAIS SALAS PARA “DAVID GILMOUR: LIVE IN POMPEII” E AGORA APRESENTA A EXIBIÇÃO EM XPLUS  Ingressos já estão à venda e o público poderá conferir o show também com o poderoso som Dolby Atmos em 360º



BLITZ AO VIVO: No embalo do lançamento do álbum 'Aventuras 2', Evandro Mesquita e sua Blitz finalizam seu quarto DVD, gravado no Circo Voador em abril, para lançamento em outubro. A banda está a todo vapor, com presença confirmada no próximo Rock In Rio e tem turnê pelos Estados Unidos confirmada em fevereiro de 2018

FESTIVAL DE CINEMA DA NOVA ZELANDIA

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers