Pages

Tuesday, October 20, 2009

E AHORA, LAS FUNCIONES MUSICALES


O CLUBE CIUDAD DE BS AS, ONDE ROLOU O PERSONAL FEST E ONDE SERÁ O PEPSI MUSIC, É COMO UM DESSES CLUBES DA LAGOA, SÓ QUE IMENSO, UMA MISTURA DO PIRAQUE COM O CAIÇARAS, P EX, CHEIO DE QUADRAS DE TENIS E FUTEBOL E COM UMA GIGANTESCA AREA AO AR LIVRE. O CLUBE CONTINUOU FUNCIONANDO NORMALMENTE. QNDO TAVA VENDO OS DJS WARP, ATRAS, AO FUNDO, ROLAVA UM ANIMADO FUTEBOL DE SALAO. E AINDA QUE NO DIA DO DEPECHE MODE ESTIVESSE MUITO MAIS CHEIO DO QUE O PSB (MAIS DE 20 MIL PESSOAS, MOLE), A ENTRADA E A SAIDA DO LOCAL FOI TRANQUILA, PQ AS PESSOAS SABEM O QUE É UMA FILA E NAO FICAM DE BOBEIRA NA PORTA ATRAPALHANDO. SE VAI ENTRAR, ENTRA E NAO FODE. E OS CAMARADAS NAS PORTAS SABEM O Q ESTAO FAZENDO E NAO PERDEM TEMPO. ATE A FILA PROS BANHEIROS ERA EXTREMAMENTE ORDEIRA.


NA SEXTA, COMO TICKET DIZIA 18H (MAS COMEÇOU AS 16H) PERDI PLASTILINA MOSH, QUE PELOS MEUS CALCULOS TOCARIA AS 8, MAS AS 6 JA TAVA NO PALCO (CHEGUEI LA 7), ENTAO SO VI A ABERTURA DO ZERO7 (TOO SLOW) E OS WARP DJS (VI QUASE TODO O SET DO PLAID). NA HORA DO SHOW PRINCIPAL, TODOS OS PALCOS FECHAM. O SHOW DO PSB FOI CONCEITUAL, DIVIDIDO EM TRES PARTES DISTINTAS E USANDO CUBOS COMO TEMA. EXCELENTE EM SUA EXECUÇÃO. SOM CRISTALINO, SE OUVIA TUDO O QUE NEIL CANTAVA. BACANA MESMO. MAIS UMA BANDA COM CARREIRA SÓLIDA QUE CONTINUA TENDO O QUE DIZER (E QUE, AQUI, TOMAM APENAS COMO UMA BANDA GAY, BANDO DE BOÇAIS INCULTOS). ARTE EM FORMA DE MUSICA POP, GENIAL, QUE SOUBE AVANÇAR DENTRO DA ELETRONICA. *QUEM ABRIU PORA ELES FOI O CHIC DE NILE RODGERS, BANDA CLASSICA DISCO, MAS QUE, AO VIVO, SOAVA COMO AQUELAS COISAS DECADENTES DE LAS VEGAS.

NO SÁBADO, FUI MAIS CEDO E VI SO TRECHINHO DE SPANISH BOMBS (CLASH EM RITMO DE REGGAE, SKA E CUMBIA, FARIA O MAIOR SUCESSO NO CIRCO) E DE CAFE TACUBA, PQ DM TOCARIA AS 21H30 (OS HORARIOS FORAM TODOS CUMPRIDOS SUIÇAMENTE) E TINHA QUE TENTAR PEGAR BOM LUGAR NA MUVUCA. MAS AINDA PASSEI NA TENDA DJ PRA VER PARTE DO SET DO ANDY BUTLER (QUE FOI MELHOR DO Q QNDO TOCOU AQUI NO 69), ANTES DE PEGAR O FINAL DO JUSTIN ROBERTSON, Q FEZ WARM UP PRO DM. ENTAO, NA HORA CERTA DEPECHE MODE SURGIU DAS SOMBRAS, COM LUZES ROJAS E O TELAO DE LED PROJETANDO AQUELES FILMES BIZARROS DO CORBJN. FORAM DUAS HORAS DE SONGS OF FAITH E DEVOTION, COM TODOS CANTANDO TUDO DA PRIMEIRA A ULTIMA MUSICA, LETRA A LETRA, SUSPIRO A SUSPIRO, IMPRESSIONANTE, REALMENTE CONCENTRADOS NO SHOW (NAO COMO AQUI ONDE GERAL FICA CONVERSANDO, PASSANDO PRA LÁ E PRA CÁ E NO CELULAR, BANDO DE CUZOES). ROLA UMA GRANDE UNIDADE PALCO+PLATEIA. E, DE VEZ EM QUANDO, PASSAVAM UNS BONDES COM UNS MALUCOS GRITANDO ÔÔÔH, AÍ, EU E MA BABE PEGAVAMOS A RABETA E ANDAVAMOS MAIS PARA FRENTE. NO FINAL, JA ESTAVAMOS NA METADE DO CAMPO. E O SET LIST FOI MELHOR DO QUE SHOW DO EXCITER, QUE VI EM SANFRA EM 2001. GERAL APLAUDIU CALOROSAMENTE QNDO MARTIN GORE ACABOU SEU SOLO (O CARA É FODA) E GRITARAM SEU NOME. E, QNDO O SHOW ACABOU APOS UM BIS DE 4 MUSICAS MUITOS AINDA FICARAM LA ESPERANDO MAIS UMA, QUE NAO ROLOU. FORAM 120 MINUTOS HORAS DE CATARSE E EMOÇAO. DEPECHE MODE É UMA BANDA QUE REALMENTE ME TOCA, E, JA POSSO DIZER SEM DUVIDA: A BANDA DE MINHA GERACAO NAO É SMITHS, CURE OU MUITO MENOS U2 (ESSA NUNCA SERIA), É O DEPECHE MODE, QUE ME FAZ IR A OUTROS LUGARES SÓ PARA VE-LA, PQ NAO É UMA BANDA DECADENTE, QUE PAROU NO TEMPO, NAO É REUNION TOUR FOR MONEY (TIPO PIXIES, NAO FUI), É UMA BANDA QUE AINDA LANÇA DISCOS FODAS E FAZ SHOWS MOSTRANDO AS MUSICAS NOVAS (WRONG É SENSACIONAL) E MANTEM UMA CARREIRA FIEL AOS SEUS PRINCIPIOS, SEM ABRIR EXCEÇÕES PARA O POP FÁCIL. AGORA, SEMPRE QUE DER, VOU TENTAR IR VER SHOWS EM BS AS, ATE COMO DESCULPA DE REVER A BELA E SOFTLY COOLER CITY.

6 comments:

tom said...

ACABEI DE SABER QUE O SUPER FURRY ANIMALS VAI SUBSTITUIR O CAKE NO INDIE ROCK FEST DESTE ANO. EU ACHO O CKA LEGAL, MAS ADORO O SFA!!!

brunobbl said...

COMPREI O MEU PS3 DE 160 GB LÁ EM BUENOS AIRES, AS LOJAS DA SONY DE LÁ SÃO BOAS MAS COMO TUDO VEM DOS EUA SAEM MAIS CAROS OS JOGOS.

DOCE DE LEITE E ALFAJONES SÃO AS TENTAÇÕES DE LÁ.

A PICANHA, SHOW !!!!!

VC FALOU NO SAN JUANITO, CONHECI LÁ UM SENHOR DE CABELOS BRANCOS, GENTE FINA, Q ALEGRAVA A TODOS OS BRASILEIROS QD CHEGAVAM LÁ. UMA FIGURA.

E OS CDS LÁ SAEM BEM MAIS EM CONTA DO Q AQUI. TROUXE UM ATAUQE77, SODA STEREO, FITO PAEZ E LOS FABULOSOS CADILLACS A UM PREÇO MUITO BOM.

ABS CARA, Q BOM Q VC GOSTA DE LÁ.

EU ESTAVA PENSANDO EM IR A SANTIAGO CONHECER. VC CONHECE ?

ABS

tom said...

BRUNO, O PS3 LA TA SAINDO POR UNS 900 CONTOS DOS NOSSOS, OTIMO PREÇO. MAS AS EMPRESSA GANHAM NOS JOGOS,S EJA SONY OU NINTENDO, VC COMPRA UM WII POR 200 CONTOS, MAS OS DISCOS CUSTAM DE 50 PRA CIMA. TBM COMPREI CDS, PQ SAO BARATOS, PEGUEI UMAS COMPILAÇÕES DE SUMO, BABASONICOS E FABULOSOSO CADILLACS. ESQUECI DE PEGAR DOS AUTENTICOS DECADENTES. VOU FAZER UM PGM NA MULTISHOW FM SÓ COM ESTES GRUPOS MUY EM BREVE. BRUNOBBL, JA FUI A SANTIAGO, SIM, HA UNS CINCO ANMOS. NAO TEM A MESMA EFERVESCENCIA DE BS AS. LÁ É BOM PRA IR NO FRIO FAZER SNOW BOARD E TAL. E COMPRAS. MEUS MELHORES CASACOS DE FRIO SAO DE LÁ E SAO BARATOS EM COMPARAÇÃO

tom said...

O SET DO ANDY BUTLER FOI TODO EM VINIL (QUE MARAVILHA); OS DJS WARP MIXARAM LAPTOP COM UMA MESA DE EFEITOS; JUSTIN ROBERTSON USOU SO CDS; DEPECHE MODE ABRIU A NOITE COM IN CHAINS, DO DISCO NOVO, E LOGO EMENDOU COM WRONG, Q É FODA DEMAIS. A UNICA FODA DEPOIS DO SHOW FOI SAIR DA AREA, JA Q NAO HAVIA TAXIS PARA TODOS E O METRO JA TINHA FECHADO, AI ANDEI, PEGUEI UM BUZUM QUE IA NA MINHA DIREÇÃO E DEPOIS UM TAXI, FOI TIPO SAIDA DO MARACANA

ORBE said...

Uma pena voce não ter visto o Plastilina Mosh....eles são espetaculares... Eu os descobri há muito anos atrás e me encantei...mas não fui ao festival na sexta...As bandas do México são muito modernas em se tratando de absorver tendências.
Uma pena também voce não ter visto o Volador G que tocou as 18.30 no palco do Depeche.
Eu vi alguns brasileiros na arena...havia um povo la no meio agitando a bandeira do Brasil...isso mostrou no telão...

tom said...

claro q ver uma cidade como turista é diferente de viver lá. eu, p ex, adoro nyc, mas jamais moraria lá, o tempo muito frio, a guerra selvagem por grana e emprego, lá é dog eat dog total. londres tbm nao seria uma boa, é cara, apertada, fria e algo suja (muitos imigrantes tbm), paris um pouquinho melhor, mas ate eu conhecer bs as barcelona seria a minha escolhida, ahora no mas, ba tem tudo o q necessito, e sem ter q tirar visto ou coisas do tipo

NA CIDADE

NOVEMBERINAS:

Teatro Odisseia 17 – Siriun / Gutted Souls / Obituary (EUA)  21 – Delain (HOL) 26 - Vanguart / Ariella

Teatro Rival 16 – Tempero Carioca 17 - Eddie 22 – Rival Rebolado 23 – Nelson Sargento 25 – Festa Batmakumba: Abayomy 30 - Festival Norueguês: Sondre Lerche / Greni

Teatro Riachuelo 22 – Golden Boys

Casa Julieta de Serpa (Praia do Flamengo) 19 - Paris Jazz & Blues: Marcio Lott & Charles Marot Trio  26 - Paris Jazz & Blues: Carol Fazu

Coordenadas Bar (Botafogo) 05, 12, 19 e 26 – Pedro Baby & Convidados 21 - Sérgio Rocha Blues Band: Homenagem a Celso Blues Boy Estúdio Fórum (Botafogo) 24 - Sexta Infame: PxExNxE (COL) / Blaspherion / Lástima / Baga

Solar de Botafogo 16 – Paulo Malaguti 22 - Andrea Dutra & Cacala Carvalho & Elisa Queirós: Salto Triplo 24 - Kosmus / Aura / Psilocibina 29 – Gabriel Calisman Audio Rebel 17 - Ostra Brains / ‎Whatever Happened to Baby Jane (ES) 18 - Os Chás / Ente 19 - Altair Martins & Widor Santiago & Marcelo Magalhães Pinto & Didac Tiago & Roberto Rutigliano: Homenagem a Miles Davis & John Coltrane

Theatro Net Rio 27 -  Alessandra Verney  29 – Silva Canta Marisa Monte 

Blue Note 16 - Didier Lockwood Trio (FRA)  17 - Antônio Carlos & Jocafi Convidam Ithamara Koorax (20h)  17 e 18 - Amaro Freitas (22h30) 22 - Banda Zil (20h) 22 - Lina Nyberg (SUE) – Participação: Ilessi (22h30) 23 – Quarteto do Rio & Roberto Menescal – Participação: Joyce & Wanda Sá & Pedro Miranda (20h) 23 – Insula (22h30) 24 e 25 - Kenny Garret Quartet  29 e 30 - Ed Motta: Baile do Flashback

Ganjah Lapa 16 - Samba Que Elas Querem 17 - Anjos de Vidro / Mara Rúbia 22 - Conterrâneos 28 – Theozin

Sala Baden Powell 18 – Boca Livre 19 - Fhernanda Fernandes - Participação: Andréa França, Clarisse Grova, Nana Kozak, Ninah Jo, Sandra Duailib 22 – Doralyce & Maracutaia 25 - Augusto Martins & Paulo Malaguti 26 - João Carlos Assis Brasil & Carlos Navas

KM de Vantagens Hall 17 e 18 – Marisa Monte & Paulinho da Viola

Praça da Apoteose 18 e 19 - DNCE / Bruno Mars

Teatro da UFF (Niterói) 24 a 26 – MPB – a Era dos Festivais: Soraya Ravenle & Edu Krieger & Marcelo Caldi & Fabiano Salek & PC Castilho

Planet Music (Cascadura) 18 - Fugindo da Realidade / De Outono / Fall Back / Visceral Fear / We Are The Revenge  25 - For Annie / Ollie / Colorado / Visceral Fear

Imperator 19 - Folakemi / Jesuton / DJ Marcello MBGroove 20 – Mariene de Castro 21 – Terraço do Imperator: Jazz Pras Sete: Pimenta Jazz Trio 22 – Marcio Gomes 23 – Humberto Gessinger: “A Revolta dos Dândis – 30 Anos” 24 – Cidade Negra Canta Gilberto Gil 25 – Terraço do Imperator: Forró Lánalaje: Trio Ventura / DJ Edna Carvalho 25 – Paulinho Moska 26 - Fafá de Belém (com Manoel & Felipe Cordeiro): Guitarradas do Pará 28 – Coral Imperator

Centro de Referência da Música (Tijuca) 16 – Magali 17 – Carlos Uzêda 18 – Ana Costa & Carrapicho Rangel 21 - Dagô 23 – Felipe Adetokunbo 24 – Nina Rosa & Thiago Kobe 25 – Rodrigo Maranhão & Pretinho da Serrinha 29 – Joyce Cândido Canta Elis Regina  30 – Michel Taski O Pecado Mora Ao Lado (Praça da Bandeira) 15 - Acidez (MEX) / Pós-Sismo / Juventude Maldita (SP) / Dissgrama  18 - Sétimo Andar / Circus / Roterdan / Pilfer

Aparelho (Centro) 18 - Second Come 24 - Felipe Zenicola / Marcos Campello / Lucas Pires  Motim (Centro) 24 - Gragoatá / Vitor Milagres / Daniel Villares

Quintas no BNDES 19h - grátis 16 - Karla da Silva 23 - CDR Style 30 - Sergio Santos

Teatro Glauce Rocha (Centro) 16 - Fábrica Orquestra  23 - Alice Passos & Maurício Carrilho  30 - Olivia & Francis Hime CCBB 18 - Madrugada no Centro: Larissa Luz - Participação: MV Bill & Caio Prado / Festas Soul de Santa, Trap'in, QXO  Museu de Arte do Rio 24 - Sarau do Alemão / Rincon Sapiência

Som no Deck T.T. Burger - Leblon 19h - grátis 16 - Os Camelos 23 - Pimenta Jazz Trio 30 - Qinho

BRASIL EM TRANSE: Com curadoria de Ismail Xavier e coordenação da Sociedade Amigos da Cinemateca, em parceria com a Cinemateca Brasileira e o Cinusp, esta Mostra reúne mesas de debate e exibição de filmes que acontece de 16 de novembro a 1º de dezembro, em São Paulo. CINEMATECA BRASILEIRA

Circuito SESC 17 - São Gonçalo: Cassiano & Trio Beija Flor (16h - grátis) 18 - Copacabana: Guilherme Pimenta Trio (16h - grátis) 19 - São Gonçalo: Monarco (16h - R$ 20) 20 - São João de Meriti: Ed Motta SOLO (16h - R$ 20) 24 - Niterói: De Leve (19h - R$ 20) 25 - Madureira: De Leve (17h - R$ 20) 25 - Ramos: Cassiano & Trio Beija Flor (17h - grátis) 25 - São Gonçalo: Bebeto (17h - R$ 20) 26 - Madureira: Dorina (17h - grátis) 26 - São Gonçalo: De Leve (19h - R$ 20) 29 - Tijuca: Marcelo D2 & SambaDrive (19h30 - R$ 20) 30 - Tijuca: De Leve (20h - R$ 20) ______________________________

MIXX: 17 – Santos – Praça XV 17 - Victor Bertrami Quarteto - Participação: Azymuth, Arthur Maia, Robertinho Silva, Kiko Continentino – Casa com a Música / Lapa 17 - Aether / Tempus Fugit – Lona Elza Osborne / Campo Grande 18 - Festival Rock no Parque: Bala N'Agulha / Dona Penha – Arena Dicró / Penha 18 - Wake The Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Magé Futebol Clube 19 - Surra (SP) / Plastic Fire / Halé / Triunfe – La Esquina / Lapa

25 – Qinho - Ahlma.CC / Leblon 25 - AcaraJazZ: Bondesom / Juliana Linhares / Doralyce – Rio City Lab / Santo Cristo 26 - Alaska (SP) / Hover / Whipallas – La Esquina / Lapa 26 - Cervical / Mari & The GoodFellas / Facing Fear – Calabouço / Vila Isabel 29 - Baculeju da Sandra de Sá – Teatro Glaucio Gill / Copacabana

o MIMO, que chega a Olinda nesse fim de semana (17 a 19 de novembro).   É a última etapa de 2017 do festival – depois de passar por Portugal, Tirandentes, Ouro Preto, Paraty e Rio de Janeiro –, com 44 atrações gratuitas de música, cinema e educação.

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

SHOW SOBREGAL - MARCELA MANGABEIRA Dia: 16 de novembro (quinta-feira) Horário: 20h Local: Teatro Municipal Café Pequeno Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 269, Leblon - Rio de Janeiro, RJ Tel.: 2294-4480

50 ANOS DE CARREIRA: Antônio Carlos e Jocáfi convidam Ithamara Koorax Dia 17 de novembro (sexta) Blue Note Rio – Av. Borges de Medeiro, 1424 - Lagoa   SESSÃO: Sessão: 20 horas

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Parque Villa-Lobos/SP recebe SlowKids em 18 de novembro     Evento gratuito busca desacelerar as crianças do universo tecnológico com um dia inteiro de brincadeiras tradicionais, teatro, literatura e música; “Kombi dos sonhos” será uma das novidades desta nona edição

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

'Cria', novo espetáculo de Alice Ripoll no grupo Suave, traz 'dancinha', dança contemporânea e funk ao Sergio Porto/HUMAITÁ e ao Centro Coreográfico. o trabalho estreia dia 17 com 10 dançarinos em uma mistura inovadora que também traz a dança afro, o afrofunk, o passinho, contato- improvisação e linguagem teatral de 17 a 20 de novembro de 2017 Horários: Sexta-feira - 21h                 Sábado - 21h                 Domingo - 20h                 Segunda-feira - 21h

O espetáculo “Kid Morengueira – Olha o breque!” homenageia Moreira da Silva (1902 – 2000), o cantor que popularizou o samba de breque, tornando-se um ícone da música brasileira. O samba permitiu a ele criticar, sempre com muito bom humor, os poderosos com seus desmandos, os malandros que conheceu na noite, e os compositores que ajudou a tornar conhecidos. A peça estreia para uma curta temporada no Teatro I do Sesc Tijuca - de 03 de novembro a 03 de dezembro, de sexta a domingo, sempre às 20:00.

Após o sucesso da temporada nos meses de abril e maio desse ano, que passou por sete cidades brasileiras e esgotou em todas as praças, o espetáculo “STOMDUP” de Tom Cavalcante volta para novas apresentações no Rio de Janeiro (dia 01 de novembro, no Teatro Bradesco Rio); Natal (dia 30 de novembro, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dia 01 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza).

SOLID ROCK: a participação da banda Lynyrd Skynyrd no Solid Rock (Curitiba, Pedreira Paulo Leminski, dia 12/12; São Paulo, Allianz Parque, dia 13/13; e Rio de Janeiro, Jeunesse Arena, dia 15/12) acaba de ser CANCELADA por motivos pessoais da banda. No lugar, Cheap Trick será a banda que fará parte do lineup, junto do Deep Purple e Tesla. Mais informações sobre devolução de ingressos serão divulgadas em breve.

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers