Pular para o conteúdo principal

R.I.P. TATU

Ontem, logo cedo, recebi o seguinte email da namorada de Tatu, do Coquetel Molotov:

"Infelizmente venho comunicar a morte do amigo jornalista e skatista punk rock Jorge Luiz de Souza, o Tatu vocalista da banda Coquetel Molotov. Sou Denia Faria, ex-noiva e fiz o reconhecimento de seu corpo hoje dia 12/12/2005 no IML através de fotos. Jorge Luiz foi assassinado em 11/11/2005 e atë agora estou no aguardo do laudo sobre sua morte.". Em seguida, liguei pra ela que, chorando, não conseguiu dar maiores detalhes, já que todas as parcas informações que obteve foram desencontradas.

então, hoje, recebi este outro email, mandado pelo skatista pedro de luna:

"Agora está confirmado. O corpo do jornalista e skatista Jorge Luiz "Tatu" de Souza, 48 anos, foi reconhecido ontem no Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro, através de fotos do cadáver, pela sua ex-noiva Denia de Faria. A causa da morte ainda não foi informada, mas havia marcas de facadas. Desaparecido há um mês, Tatu desapareceu no dia 11 de novembro após sair da agência de publicidade onde trabalhava, no bairro do Humaitá. A busca dos amigos começou cinco dias depois, quando ninguém sabia do seu paradeiro. O principal suspeito é um vizinho com quem Tatu havia discutido no bairro do Tanque, em Jacarepaguá, para onde havia se mudado há dois meses.

Skatista veterano, venceu diversos campeonatos de sk8 nos anos 80 e formou uma das primeiras bandas punks do Brasil, o Coquetel Molotov, com o também skatista Lúcio Flávio, uma lenda viva do freestyle. Na década passada, Tatu fundou a revista Skate & Bordas, da qual era o editor. Tranqüilo, amigo e uma pessoa apaixonada pelo carrinho, mesmo debaixo da terra Tatu deixará lembranças. Segundo a reportagem do jornal O Dia, ele não tinha parentes e os amigos pensam em homenageá-lo com uma missa. No próximo domingo, 18, os skatistas farão um minuto de silêncio durante o festival Araribóia Rock 1 Ano, na praça do Vital Brasil, em Niterói. Na ocasião, acontecerão sete show e free session de sk8 na pista de concreto."

*conheci tatu ha cerca de 25 anos, quando, moleque, comecei a andar com os skate-punks do centro e da zn (na epoca, ele era da galera q fazia ponto no imperator, no méier, e nos viamos sempre na pista de big field). nunca fomos best friends (ele era bem chato qndo bebia e se aproveitava por ser mais velho pra sacanear os skatistas mais novatos :-)), mas era um punk de alma e coração. fazia letras, se formou em jornalismo, tava editando uma revista de skate, e sempre sonhava com a volta do coquetel ou mesmo com o lançamento oficial de um disco que fosse da banda, que só teve demos, nunca nada oficial. foda ir embora assim. e se nao fosse pela ex-namorada, que sentiu a falta e correu atras até achar o corpo, o mundo nem ia tomar conhecimento de sua morte, ia ser mais um indigente. very punk, in a bad way.

Comentários

  1. Quando li de primeira pensei que fosse a dupla lesbian-fake TATU!

    po que bad heim? eu nem conheço, nem conhecia o cara, mas isso demonstra como somos uma merdinha nesse vasto universo.

    que doideira, descanse em paz

    R.I.P

    ResponderExcluir
  2. Pois é Tom. Eu lembro dele nos ENECONS, pois eu andava muito com a galera da ECO. Nunca tive muita intimidade, mas ele era uma figuraça bem conhecida nesses encontros. Nunca mais tive notícias. Como vc bem disse, foi tudo realmente bem punk, in a very bad way.

    ResponderExcluir
  3. Tom, é só no meu PC ou as matérias do site do Rio Fanzine não estão entrando? Eu clico na matéria de Dublin e não abre.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. recebi hj email do ayrton cavallo, skatista da primeira geracao de big field, avisando que domingo a galera das rodinhas vai prestar uma homenagem ao tatu la na pista de campo grande, a parir de 15h. quem estiver por perto e quiser aparecer, ja ta avisado...

    falei com pessoal do globonline sobre a falha nos links do rf e tava dando uma creca no script html deles. mas acho que ja consertarm o problema...

    ResponderExcluir
  5. Pois é...

    Tô com 34, não peguei essa galera ao vivo, mas os nomes do Tatu e do Lúcio Flávio(meu idolo na época) ainda ecoam na mente. Pratiquei freestyle no início dos anos oitenta, devo ter engessado o braço e o tornozelo umas duas vezes cada por conta...

    Devo a essa galera muito da minha formação musical e cultural.
    Garotos, Cólera, Inocentes, Grinders, Espermogramix e outros nacionais, assim como os gringos Dead Kennedys, Agent Orange, Suicidal, Beastie Boys, UK Subs, e mais uma porrada.

    Sem contar os zines e a Yeah!.

    O tempo passou e existem outros lances igualmente legais pra curtir. Ainda bem...

    Já coloquei a neném pra dormir e tô indo pro GURU!!! Espero que não tenha muito playboy no Circo hoje...

    ResponderExcluir
  6. mensagem que recebi do cavalo:
    "Foi maneiro, mais a galera não compareceu em peso, a chuva atrapalhou o lance de muita gente, como foi o caso do Comerato, me disse que teve voltar quando estava na metade do caminho.
    Mais como estava dizendo, compareceram eu, Guto, Magrinho, Carlos Noia, Marcos Boiola, Morris, Will, Bruno de Niterói não é da época mais é amigo, e o Betinho. Detalhe a chuva pegou do mundo de surpresa, chegamos a chuva já tinha parado, a pista começou a secar, fizemos a session, foi muito legal, ouvindo o Coquetel Molotov, o Guto bateu umas fotos, alguns tombos básicos, parece que o Magrinho rompeu o tendão, o Noia sem equipamento também se machucou, mais continuou andando, e eu cai duas vezes com proteção e deu para levar. Ao final fizemos um círculo de mãos dadas, e com mais uma pessoa que mora em frente a pista , a Marcia que todos nós conhecemos, e me contou algumas coisas da antiga, e falou ainda o Tatu apareceu por lá, com algumas pessoas, uma semana antes para andar de Skate. rezamos e falamos sobre ele, alguns em silêncio, a emocão foi muito forte. Bem depois que arrumamos nossas coisas, entramos nos carros curiosamente começou a chuver e fomos embora, ao som do Devo. No site da Tribo tem uma menção ao Tatu, feita pelo Gyrão, e mais ainda, na próxima edição uma matéria escrita pelo Guto.

    ResponderExcluir
  7. no site da revista "tribo" (www.triboskate.com.br) ha uma materinha falando desse tributo ao tatu que a galera fez em big field no domingo, com fotos...

    ResponderExcluir
  8. Era um dia qq de 1977, estavamos chegando na piramide (aterro do flamengo) para mais uma session de freestyle. Ja tinham 2 caras la, 2 cabeludos. Ficamos cabreiros, mas um deles foi logo se apresentando: -Oi, sou o Tatu, tudo bem?
    Nao lembro se as palavras foram essas, mas isso nao importa, comecou ali uma gande amizade. Como posso esquecer as vezes que eu, ele e o meu amigo Falcon ficavamos bebendo e falando merda noite a dentro? E qdo voltavamos de trem de campo grande, disputando quem dava grind na porta do trem?
    Soube hoje, 16/01/2006 da sua morte. Tentava entrar em contato com ele desde o atropelamento, mas ninguem sabia de nada.
    A vida so nos permitia encontrar esporadicamente, mas minha amizade nunca diminuiu. Porra Tatu, voce esta fazendo falta. Descanse em paz. Desculpem pelo desabafo.

    ResponderExcluir
  9. po, arpex, quem é vc? conhecestes o tatu primeiro que eu, que ja o conheci bem moleque. eu tbm andava de skate na piramide, pq morava ali na area...

    ResponderExcluir
  10. Tom, meu apelido naquela epoca era China. tinha duas turmas que andavam na piramide na epoca, tinha a turma do Badenes e a nossa, eramos da Gloria na maioria. Eu andava com o Taitai, Falcon, Silvio, Eduardo...
    O Tatu naquela epoca nem pensava em andar em pista, fazia freestyle.
    Tambem, nao tinha pista, so Nova Iguacu. Comecamos a andar em pista direto qdo inaugurou jacarepagua.
    Campo Grande quem descobriu fui eu, que lia jornal, saiu uma notinha com foto, se nao fosse a foto ninguem ia acreditar.
    Entao um dia eu fui la, minha tia e de CG, me deu as dicas. Andei, digo, me estabaquei, qdo a pista nem estava pronta, so tinha um pedaco do half. Mais tarde o vigia me botou pra correr.
    Uns dias depois o Falcon foi la de noite com o Sergio Muniz, mas essa e outra estoria... :-)

    []'s

    ResponderExcluir
  11. eu conheci o taitai e o falcon na piramide, marromeno ai na virada dos anos 70 pros 80. eu morava na area e ia la quase todo dia descer com meu torlay a rampinha da piramide. devo ter te visto por la, mas nao me lembro de china. o china q eu cohecia era de santa teresa. era vc por acaso? la tbm eu conheci o portuga, a galera da urca e dai para campo grande...

    ResponderExcluir
  12. Tom, eu morava na Gloria, esse China deve ter sido eu mesmo. Eu andava nessa mesma epoca la, devo ter te conhecido sim, mas nao lembro bem, voce deveria ser mais novo, eu tinha uns 16 na epoca...
    Eu era quem fazia mais 360 da turma.
    Vc sabe se o Tatu foi transferido do setor de indigentes?

    []'s

    ResponderExcluir
  13. poize, china eu era mais moleque do que a galera q andava por la. alias, foi por causa de ver gente descendo na rampinha que eu fiquei a fim de um skate comecei a andar. e ai fui conhecendo os malucos, o lucio, o taitai, o portuga, o tatu, galera da urca, de sampa. nao sei sobre a transferencia, mas essa era a meta da namorada dele, dar um enterro digno reconhecido, entao acho q rolou, sim...

    ResponderExcluir
  14. Tom, se precisar passar a sacolinha para ajudar o Tatu pode contar comigo. A proposito, ainda ando na piramide de vez em qdo.... :-)

    ResponderExcluir
  15. inacreditavel... depois de muito tempo sem ter noticias do Tatu...

    Toquei com esta figura por volta de 97 (??) em poucos e divertidos ensaios, qdo eramos vizinhos, na rua Getulio...

    isso ae...

    Grande tatu... descanse em paz...

    ResponderExcluir
  16. Pois é...

    Soube agora desse lance do Tatu. Toquei na terceira ou quarta formação do Coquetel na década de 80 e o tatu tinha um grande coração.

    Ele não descansaria enquanto não registrasse o som do CM em disco ou seja lá o que for.

    Por isso, aqui está a minha homenagem: Odio as TVs. http://rapidshare.de/files/22236845/Coquetel_Molotov_-_odio_as_tvs.mp3.html

    Abraco para vocês.

    ResponderExcluir
  17. "Hoje ao dia 13 de set de 2006 acabo de ler este blog...
    sou a ex-Aranha, ex-vocalista a banda Desespero e Anomalia, e Tatu foi
    tudo na época... ele montou a banda pra mim... e temos
    lembranças juntos... infelizmente muita coisa aconteceu depois e
    eu era infantil na época e não cedi... era metida a durona e independente...
    nunca esqueçi do Tatu, dos amigos, do Dancing Meier onde a lembrança
    do movimento foi mais forte... Que Deus o tenha, apesar dele se dizer ateu...
    Que evolua e encontre a luz que ele merece com certeza, e que a justiça se faça
    por este crime. sem mais palavras... ass. Rosely, hoje com 42 anos e orgulho de
    ter vivido o movimento libertário punk carioca."

    ResponderExcluir
  18. Eu sou Jailson Jan fui guitarrista do Coquetel Molotov, toquei na segunda formação, junto com Tatu, Ailton Pecly Kirathy, Regis Perin, Mauro Caldas, uma das formações mais duráveis.
    Fiquei muito chocado quando sobre deste fato, triste mesmo.
    Posso dizer que convivi um longo tempo com o Tatu, uma das pessoas mais criativas que conheci, ao criar melodias,
    fomos parceiros em algumas músicas, eu, ele e o Ailton... Tivemos acertos e divergências, mas isto não tira o
    mérito da sua criação;
    O Coquetel Molotov, foi uma banda que não foi reconhecida no seu tempo, resta agora recuperarmos a memória.

    ResponderExcluir
  19. Eu sou o Jailson Jan, toquei na segunda formação mais durável do Coquetel Molotov,
    junto com Tatu, Ailton Pecly Kirathy, Regis Perin, Mauro Caldas, uma das formações mais duráveis.
    Quando soube desta notícia, fiquei muito triste, acho que ele não merecia ser vítima da violências sociais que
    tanto reportava nas músicas.
    Posso dizer que convivi um longo tempo com o Tatu, uma das pessoas mais criativas que conheci ao criar melodias,
    fomos parceiros em algumas músicas, eu, ele e o Ailton... Tivemos acertos e divergências, mas isto não tira o
    mérito da sua criatividade;
    O Coquetel Molotov, foi uma banda que não foi reconhecida no seu tempo, nos resta agora recuperar esta memória.

    ResponderExcluir
  20. Conheci Tatu na faculdade, ele me ajudou num trabalho sobre o movimento punk, me emprestou fanzines... trocamos LPs, enfim, o conheci pouco, mas gostava muito dele. Fiquei sabendo de sua morte cinco anos depois, pelo seu blog. Estou triste...

    ResponderExcluir
  21. Conheci o Tatu na faculdade. Ele me ajudou em um trabalho sobre o movimento punk, me emprestou fanzines, depois trocamos LPs... Conheci pouco, mas gostava dele. Fiquei sabendo de sua morte cinco anos depois, por este blog. Estou triste...

    ResponderExcluir
  22. Fiquei muito triste ao saber da morte do Tatu, hoje, 6 anos depois... Gostava muito dele, dos tempos da faculdade. Figura tranquilissima, sabia tudo de punk e skate. Descanse em paz! Menos um amigo neste mundo...

    ResponderExcluir
  23. Meu velho fique na Paz meu amigo https://www.youtube.com/watch?v=xFPpMpHtxyI

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Winner winner, chicken dinner!

É o lema de quem ganha na mesa de blackjack (21) em Las Vegas. A frase, que diz a lenda, é de autoria de um oriental, que quebrou a banca num dos cassinos da cidade nos anos 50, é dita várias vezes no filme "21" (aqui, "Quebrando a banca"), que estréia semana q vem e vi hj cedo numa cabine. Ela significa algo como, quem ganha paga o jantar. O filme é interessante. Apesar de envolver galera e ter uma trilha sonora atual (com direito a faixa inédita do LCD, não tem aquela edição frenética MTV. Até porque, a história de um grupo de geniozinhos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que têm a capacidade de contar decks de cartas de baralho (sem precisar ser autistas, como o rain man) e vão faturar algum na maciota em Las Vegas, aconteceu mesmo na vida real. Isso é o ponto de maior interesse no filme, sacar os bastidores desse fato verídico. Os atores, a maioria novatos (tem o carinha de "Across the universe", mas tbm tem Kevin Spacey e a gatinha Kate …

KELVIN?

UNZAMIGOS MEU FORO RANGAR EM COPA DEPOIS DO SHOW DO JUSTICE E ACABARO ALI NA REGIAO DA PRADO JUNIOR TRAÇANDO UM GALETO COM AS PUTAS E TRAVECO. DADO MOMENTO, UM DELES VE UM ANUNCIO COLADO NUM ORELHÃO DO LADO DO BAR QUE DIZIA: "LOURINHA GOSTOSA. FAÇO KELVIN ATÉ O FINAL!", AI, GERAL BOLOU. O QUÊ OU QUEM DIABOS É KELVIN? NEGUIM JÁ DESCOLADO EM PUTARIA NÃO SABIA O QUE ERA AQUILO. KELVIN? WHATTAFUCK? A SOLUÇÃO? LIGAR PRA PUTA, É CLARO. AÍ, ELA EXPLICOU A PARADA: KELVIN É FAZER GARGANTA PROFUNDA ATÉ O FINAL SEM USAR CAMISINHA (20 CONTOS). MATADA METADE DA CHARADA. MAS POR QUE KELVIN? FIZ UMA BUSCA NO GOOGLE E SÓ APARECERAM DOIS LINKS SOBRE A PARADA!!! (O RESTO TODO ERA LIGADO A PESSOAS CHAMADAS KELVIN OU AO GRAU KELVIN). UM ERA UM FÓRUM NO QUAL A MESMA RESPOSTA E PERGUNTA QUE FAÇO AQUI ERA REQUERIDA, OUTRO ERA UM ANUNCIO DE JORNAL DE UMA VAGABA QUE FAZ KELVIN. ENTÃO, O MISTÉRIO CONTINUA: POR QUÊ KELVIN? ALGUÉM AÍ SABE?

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY