Pages

Saturday, March 24, 2007

my dinner with craig


fui do lado escuro da lua direto pro dark side da dance music e, beirando o bar lagoa, encontrei carl craig jantando com a esposa e uns conhecidos meus (entre eles, marcos boffa, que vai trazer the evens semana que vem). entrei e, depois que ele traçou seu bife a parisiense (um dj não natureba) e encheu a cara de vinho branco, seguiu-se a conversa da qual pinço higlights: ele me contou que gostou de "dreamgirls" (sobretudo daquela cantora), achou que eddie murphy tinha que ter levado oscar (achou forrest whitaker caricato como idi amin), se amarrou em "borat", disse que é vizinho de quarteirão de jack white em detroit, mas nunca se falaram ("ele é white trash", co certo tom pejorativo), entregou que, tanto madonna quanto kid rock, q tbm sao detroitianos e tiram onda de ter nascido pobres, vem de familias ricas da cidade (pobretão local só mesmo o eminem), um de seus três filhos (a filha de 12 anos) está in love por um garoto da escola e sofrendo por isso. ele pretendia ir pra sp hj pela estrada para ver o visual. e, quando disse que ele ia tocar num clube pequeno, como no início da carreira, tirou marra: "eu comecei tocando em grandes clubes, man". ok. uma garrafa de vinho depois, entrou no dama as 3am e detonou um set crassico de techno (daquele tipo que naos e toca mais por aqui) de fazer chorar. bateu aquela nostalgia (ghetto, atlantica 1910, primeiras raves). usa laptop com serato (melhor que final scratch) operado via cdjs mk-3, mesa de efeitos e um mixer valvulado que mais parece uma mesa de som profisisonal e realmente altera a musica geral. ou seja, nada do que ele toca é realmente a música, ele recria tudo na hora. toda la gente profissa da noite carioca tava lá. nao arredei pé até acabar, pq tava bom demais. e ele ainda tem uma esposa simpatica (mulata, neta de judeus etiopes e mae chilena!) que distribuia red bulls e agua pra quem tava suando na fila do gargarejo. dj set do ano? sem duvida. foi uma gig quente, viva, ligada na pista (ainda que ele fique seriíssimo ligado nas maquinas, so sacudia os ombros de vez em quando, cool), nada da monotonia minimal atual ou do mesmo chacundum house a noite toda de sempre por aqui...

17 comments:

Felipe Passarelli said...

Fiquei chateado por não ter ido, é um dos DJs não vi ainda em meu currículo.

Depois do show estava exausto e a ultima coisa que queria era dançar e me trancar em boate (quem mandou eu engordar, não ficar em area VIP e estar bem mais velho??)

Mas achei o show demais, fiquei emocionado com as imagens do Dark Side, o cara prova que Pink Floyd é só uma reunião de velhotes, todos fizeram muito bem sua parte.

Mas nem tem como comparar com o Robbie Willians, o cara não tem repertório que se aguente, e 2 ou 3 musicas conhecidas. Ele pode ser conhecido na Inglaterra, aqui só foi pra VER o show, só.....

Mas conta aí Tom, tava cheio, tocou Techno??? (PERGUNTA) rsrsrs

Vamos torcer que o Placebo faça uma coisa mais pesada, mesmo com o disco novo arrastado.

Que bom, você ta falando da Amy Winehouse, aleluia! AMO a voz dessa muié, incarnação da Nina Simone, outra diva. Desde Dezembro tenho falado nela aqui, e pelo que eu to vendo ela ta pau a pau com a queridinha dos Americanos Norah Jones. Muito bom ela na Billboard, parece que LCD só semana que vem.

Também não fiquei triste com Incubus não, to meio bolado com o Adriano do CSS que ta se achando muito e falando mal de todos os jornalistas, depois le na Rraul, o cara é bem escroto.

Sim, o indie é Pop, pq não?

Abraços! :)

tom said...

nao dou a minima se vai ter ou nao show do incubus. os caras vinham numa linha bacana, tinham um disco legal, ai, foi so assinar com a sony e cair nas graças de sharon osbourne para farofarem o som. felipe, soube que o css so nao tocou no chemical pq o adriano pediu 20 mil dolares e foi irredutivel. dizem que o cara é casca-grossa no trato em geral.

philipe_rocha said...

Bom, eu queria ir no Incubus só pra ouvir Drive...já tava feliz...
Placebo eu não vou mesmo, acho que uma vez foi o suficiente, e não gostei do Meds
Neguinho tá viajando com o novo do LCD estreando alto na Billboard...eles são mais conhecidos na Europa que na America...e os americanos não curtem eletrônico. Top 20 no máximo

Felipe Passarelli said...

LCD pode ficar entre os Top 10 sim, o próprio James Murphy fez campanha e calculos.

O primeiro vendeu 70 mil cópias nos Estados Unidos, e não esquecendo que Daft Punk is Playing in My House fez parte da Trilha sonora de OC (seriado).

Se a maioria das pessoas que compraram o primeiro, comprarem o segundo, é claro que chega aos dez mais vendidos, questão de lógica.

E Placebo lá vou eu, melhor que ficar em casa. :)

Rocha07 said...

O primeiro do LCD vendeu 70 mil cópias ao todo, não na primeira semana...o que é muiiito pouco pro padrão de lá. Mas, do jeito que a coisa anda, tem cd vendendo 40 mil na primeira semana e entrando no Top 10. É a crise. Mas acho difícil, tá competindo com o novo do Modest Mouse e da Joss Stone.

fabio fernandes said...

bem, como roger waters não desce de maneira nenhuma (seja solo ou no pink floyd), minha sexta foi com o lafayette & os tremendões, que tocaram para um circo absurdamente vazio (acho que não tinham nem umas cem pessoas ali - a concorrência era forte naquela noite de sexta). na realidade, acho que nunca vi o circo tão vazio em minha vida, o que por um lado foi bom pqe deu para curtir o show numa boa, sem empurrões ou algo parecido.

e o hipersônica, alguém foi ? será que foi bom ?

Rocha06 said...

Eu fui na Hipersonica...foi legal, mas com certeza o Carl Craig devia estar mais legal. A idéia era interessante, mas o som não era bem pra dançar e o lugar tava muito escuro...mas reuniu uma galera maneira, de todos os tipos. Foda era cerveja a 5 reais (bom, a entrada era de graça né?).
Acabei de saber da morte do Ric, aka Mr. Spacely em Brasília. Parece que ele teve parada cardíaca. Pena, já dancei muitos sets dele na época que poucos dj's nacionais tocavam electro.

Farewell.

tom said...

puxa, fiquei chocado com essa noticia da morte do rick novais (aka mr. spacely). estive com ele ha menos de um mes e o cara tava na boa. qndo o conheci, ha uns 20 anos (ele era da turma original de brasilia) ele era gordinho e menos saudavel. agora, nao, tava na forma e tal. foi uma fase ruim pra ele, que em seis meses perdeu o pai e a festa bug. agora essa...

tom said...

o ric era carioca/brasiliense. na epoca do hellradio ele tava aqui no rio, pq era muito amigo do andré x, entao ia la na radio atender telefone e levar cerveja pra gente (comprava um saco com 12 latinhas e bebia dez!). depois sumiu, foi morar na espanha e voltou ao brasil como dj, carreira que seguiu ate agora e que foi de algum sucesso aqui e lá fora.

PEDRO BAMBAATAA said...

muito bom o show do Placebo...

achei meio "lado B"...
não tocaram "allergic" minha
musica favorita, mas tudo bem...
abriram com várias musicas do
"meds", inclusive "drag", a melhor
para este coveiro que vos fala...rs
quase duas horas de show...

o antigo claro hall foi bem reformado... está bem melhor...

mas acho que podiam ter tocado
mas "suças"... mas tudo bem...
fica pro próximo show...

abraços... 12:31 26/mar/2007

Felipe Passarelli said...

Fala Cova

Placebo conseguiu fazer tudo o que faltou no primeiro show e deu a volta por cima!

Que showzaço, nota 10, pesado, cru, esse é o Placebo do DVD.

Som Incrível, Iluminação perfeita, Telão, VJs, etc.

Primeiro show que começa 20:30 em ponto, 23:00 já estava em casa!

Show do ano até agora pra mim, 10,0 com louvor.

No outro não conhecia muito as musicas, nem sou de ouvir eles direto, mas reconheço que meu dinheiro foi muito bem gasto, e a galera tava 10 e agora sim estou convencido que eles são ótimos ao vivo.

O que você achou do show Tom??

tom said...

felipe, nao fui no prasebo, preferi ir mais longe e curtir o chiclete com banana no riocentro... not!!! (rs)
mas nao fui mesmo, sacume, pra ir na barra tem que ter algo mais e como ja tinha visto a banda e achado meia bomba ao vivo da outra vez, desanimei, apesar de gostar deles. se fosse um show dos white stripes iria em qualquer lugar

fabio fernandes said...

sem dúvida, que este lance da bug vs. maja tbém deve ter consumido bastante spacely ...

tom said...

com certeza essa briga de bug vs maja, somado a morte do pai, na mesma epoca que tava rolando a baixaria por aqui, deve ter contribuido pra estressar o ric. a ultima vez que o vi, a pouco mais de um mes, ele tava com um ar preocupado, diferente do bom humor de sempre. de um dia pro outro. todos viraram as costas pra ele e foram pra outra festa. é duro

nelson said...

Achei o show muito bom! Assim como tinha achado o outro também... A diferença maior é que ontem tinha bem menos gente...

Foi impressão minha ou o som da casa melhorou depois da reforma? Achei bem consistente e nítido...

Só me ferrei por causa da pontualidade dos caras... Perdi as duas primeiras músicas...

Felipe Passarelli said...

Esse Mr. Spacely não me é estranho, da ond ele é tom? tenho certeza que conheço ou ja ouvi falar dele!

Algum site com foto??

passando por aqui pra deixar dicas de albums que estou ouvindo no momento e tem nos torrents.

Silverchair - Young Modern

Esqueçam o Siverchair pós-grunge e melopop, eles vieram com um disco impecável, que varia muito mais do Indie a Musica Clássica. Um dos albums do ano, recomendadíssimo, eu me supreendi.

Stephen Marley - Mind Control

Reggae de prima, voz do pai, som atual, disco redondindho e gostoso de ouvir, varias participaçoes, fala muito da prisão dele nas Filipinas por um beck, e tipo a pena é igual pra quem mata alguém, pra ter noção.

Voxtrot - Voxtrot

Nova banda americana, tinham lançado dois eps excelentes ano passado e vazou o album agora. Influência clara no The Smiths, tanto nas letras, na arte das capas, quanto na musica, excelente album. Indie Pop (esse acho que vc vai adorar tom)

abs :)

Lord Vader said...

Po , gostei demais do Placebo , superou as expectativas , bem pesado e energético , repertório 10.
Nem achei a casa tão vazia assim prum domingo a noite.
Mas achei que o som podia ter ficado melhor , acho que embolou um pouco , vocal meio baixo , guitarra do molko as vezes sumia . sei lá , geralmente o som do metropolitan sempre foi bom .
O comentario do Craig sobre o Jack white foi certeiro .

NA CIDADE

OCTOBERFESTIVAS:

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

UCI INAUGURA A PRIMEIRA SALA DE CINEMA XPLUS LASER DO BRASIL, NO RIO DE JANEIRO: No ano em que comemora duas décadas no Brasil, a rede UCI reforça sua missão de oferecer ao público a melhor experiência em cinema e o que há de mais moderno no mundo, no mercado audiovisual. No Rio, inova mais uma vez com a primeira sala XPLUS Laser do país. A novidade será no maior complexo de cinemas brasileiro, o UCI New York City Center, que este ano também recebeu a primeira 4DX da cidade, com cadeiras que se movimentam e efeitos especiais. A aquisição do novo projetor a laser torna ainda mais imersiva a tecnologia da XPLUS, que tem projeção 3D de última geração, tela gigante com definição 4K e som Dolby Atmos™, com mais de 54 caixas acústicas e 128 streams de áudio que criam a ilusão de um campo infinito ao redor de cada espectador.

PROGRAMAÇÃO DO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):      Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Megadeth se apresenta no Rio e em São Paulo   A BANDA Megadeth toca em São Paulo e no Rio de Janeiro no final de outubro e começo de novembro. Liderada pelo seu fundador Dave Mustaine, e contando com o brasileiro Kiko Loureiro (ex-Angra), também na guitarra, o grupo norte-americano se apresenta dia 31 de outubro no Espaço das Américas/SP, e dia 01 de novembro, véspera de feriado, no Vivo Rio. A BANDA VIMIC, FAZ A ABERTURA  

AGENDA CUTURAL BARATOS DA RIBEIRO: Quinta-feira, 26 de outubro, a partir das 19h: LEVADAS DA BECA, com as DJs Ana Paula Moniz (Beca Brechó), Bia Andrade & Ana Galli + uma convidada surpresa! Sábado, 11 de novembro, a partir das 17h: VESPEIRO com a banda Os Alquimistas (MS) e Mauk + Pedro White & banda fazendo tributo duplo: ao Bruce Springsteen e ao Tom Petty! RUA PAULINO FERNANDES 15, BOTAFOGO/RJ grátis

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

Sábado, 28/10 circo voador: Hermeto Pascoal e Big Band - Lançamento do álbum 'Natureza Universal' mais: DJ Marcello MBGroove

Angela Ro Ro leva o show "Amor & Humor" para a Zona Norte A cantora - que pela primeira vez pisa no palco do Centro Cultural João Nogueira -  faz  apresentação única no Méier, dia 29 de outubro, às 19h, no Imperator

estreia: 5º FEIRA/ 19 OUT - ABERTURA DA MOSTRA JÓIAS DO CINEMA DINAMARQUÊS: CINE JOIA DO RIO DE JANEIRO (copacabana) EXIBE SEIS LONGAS INÉDITOS DO PAÍS NÓRDICO; E O PRIMEIRO DOC LONGA-METRAGEM FILMADO NA GROENLÂNDIA.



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers