NA COVA DO LEÃO

Friday, April 27, 2007

gomlevsky russo


ontem finalmente fui ver a peça "renato russo". ja tinha ouvido falar muito bem dela, mas ainda assim tinha um pé atrás, pq nao gosto desse tipo de tributo. sempre levam para o lado piegas ou da idolatria cega, o caminho mais fácil. no meu caso, tinha ainda mais medo de ver pq fui amigo do renato em sua fase carioca e até o fim de sua vida. qndo a legiao tocou pela primeira vez no rio, no circo (como trio, renato ainda no baixo), logo ficamos broders (e tbm do andré x, da plebe). ate pq, depois ele veio morar aqui, na ilha, e geralmente nos viamos nos finais de semana na lapa, junto com a galera punk q fazia ponto na mahatma ghandi. renato ia de buzum e descia no menezes cortes. em comum, nossa adoração por cinema e música. mesmo em sua fase mais pop, renato nunca esquecia dos amigos e ligava e convidava para noitadas. as vzs alterado, outras super alegre. inclusive certa vez ele apareceu numa festa do rio fanzine e deu uma canja nao programada, mostrando que, de pop star babaca não tinha nada. voltando a peça, bruce gomlevsky encarna o renato de tal forma que chega a dar aflição. o cara passa duas horas no palco cantando e atuando (acompanhado de uma banda), numa entrega tão grande ao papel, que impressiona. emociona. faz rir. chorar. nunca parece uma caricatura. e nada é omitido ou escondido. ele capta muito bem a dubiedade e os conflitos de personalidade do cara. se vc foi testemunha da trajetória da legião, é fã do renato ou apenas quer ver uma boa peça bio/musical de um astro de rock, essa é das melhores q já se viu por aqui. não soa a tributo barato, envolve até quem está vendo pela peça em si, mesmo nao conhecendo a história. Enfim, recomendo sem restrições.

*o "renato" na foto acima é o bruce, pra vcs terem uma idéia da semelhança. e a voz dele tbm está no tom certo...

22 comments:

fabio fernandes said...

aeu vi a peça ano passado, qdo estava no centro cultural do correio e fiquei bem emocionado, é uma choradeira total, qdo acaba então, tá todo mundo fungando. a interpretação do bruce nem se fala, já tinha visto outra peça com o cara, ele é bom demais.
e para coroar tudo, tem aquela sacada da tela que é ótima (a mesma de avenida dropsie).
resumindo, é obrigatório !

em uma sintonia um pouco diferente, mais convencional, mas tbém recomendada para quem curte mpb, é soppa de letra (do pedro paulo rangel), que já está em cartaz desde 2004 mas só agora fui conferir. a peça não tem diálogos, são cerca de 70 músicas declamadas que, em um contexto, acabam contando histórias. é bem criativo, tbém vale a pena.

Alexandre Bobeda said...

Estou pra ver essa peça desde que começou no Centro... fiquei com mais vontade agora.

Felipe said...

Putz fiquei até emocionado com esse post, gostava muito do Renato, era um cara que realmente era Rock And Roll.

Inteligente, literário, antenado, sabia inglês perfeitamente (era professor não?) e suas influências musicais eram totalmente pertinentes as boas bandas da época como smiths, PIL, Echo e The Bunnyman, Jesus and Mary Chains etc.

Li a um temo atrás a biografia dele, era um cara porra louca, bipolar e esquizofrenico, mas ao mesmo tempo quis ser responsável, se internou na clinica Vila Serena pra desintoxicação de drogas e dai surgiu a música "Só por Hoje", Lema do Narcoticos Anonimos, que funciona pra quem quer.

Vi um dos ultimos shows dele no Metropolitan, tinha 14 anos, e me lembro que até fugi pra ver, parecia que algo estava me dizendo que seria a ultina vez, aconteceu agora a pouco com o Aerosmith.

Gosto muito de Legião, mas não ouço mais tanto hoje em dia, mas com certeza foi a unica banda brazuca que teve as melhores letras, melhor conjunto da obra.

Nunca mais uma banda brasileira teve um vocalista tão interessante como o Renato né? Parece que parou.

A foto não tá aparecendo aqui, mas me despertou a atenção essa peça, tinha ouvido falar, mas já que você gostou Tom, acho que eu vou!

Conheceu ele na rua ou como jornalista Tom??

Off:

AIR não virá mais ao Tim Festival, não sei por que, é o que está rolando, mas em compensação virá minha musa e princesa da vez Cat Power, quando soube quase gozei, sério, sou apaixonado por ela.

Vou no Buzzcocks certo, a gente se esbarra. :)

tom said...

felipe, conheci o renato na rua, depois dos shows no circo, eu nem escrevia ainda, so em zines punk, nao era formado na epoca. as bandas de brasilia foram super bem recebidas aqui no rio, por isso a maioria ficou por aqui (menos o capital). eles vinham tocar e depois dos shows saia todo mundo junto pro cochrane bar ou pra invadir alguma festa na cidade.

fabio fernandes said...

ainda falando de teatro, alguém já conferiu graphic, que tá rolando no ccbb/rj ? tô muito curioso, apesar de algumas críticas que li, mas como trata de quadrinhos, certamente, assistirei.

outra que tbém é imperdível e está voltando em cartaz, é sassaricando. gostei tanto que comprei o cd, que é maravilhoso.

e z.é. - zenas emprovisadas, que para mim, é religião, toda semana tenho que conferir !

vmvieira said...

que bacana tom, sua visao do renato russo e a dica da peça, com certeza deve vir a SP?

renato russo junto com o morrissey sao os caras q me deram a virada, em todos os sentidos, putz, eu lia entrevista do renato falando sobre a montanha magica do thomas mann e corria atras pra ler e era outra maravilha, tipo artista-portal (hj tem muito idiota por ai) cara antenadissimo, e o felipe disse tudo, desde os disturbios compulsivos ate seu fantastico gosto musical e artistico e coragem em geral,

tambem nao ouco muito hj, mas sei de cor cada musica e provavelmente vou me debulhar nessa peça, rs

tive a sorte de pegar dos ultimos shows em porto alegre e era uma catarse, ele tava fantastico logo depois do descobrimento do brasil, pra mim o melhor disco deles, acho q ele toma consciencia de uma serie de problemas, perfeiçao e perfeita,rs

nossa, esses caras sao tao fortes na sua vida q ate devem passar no flash back qdo vc ta morrendo

Pedro said...

eu estou louco para ver essa peca.O unico problema é que a peca esta sempre com ingressos "sold out" semanas antes.
sera que agora esta mais tranquilo pra comprar?
eu sempre adorei a legiao.Acho as letras da banda entre as melhores que eu ja ouvi (incluindo as bandas gringas).
Sempre tive admiracao pelo Renato.Como vcs mesmos falaram, o cara sacava mto de musica e era mto culto.
Alem disso, ele passou a infancia e a fase adulta morando aqui na ilha, o que bem ou mal, fez com que eu me conectasse mais com ele, ja que estudamos na mesmo colegio (Olavo Bilac) e tivemos ate algumas professoras e diretores em comum :)
----
minha amiga viu essa peca em brasilia e disse que la o clima tb era especial.Acredito que a peca passe por todo o Brasil, mas assistir ela no Rio e em Brasilia deve ter um gostinho especial.
Assim como, sei la, ler o "mais pesado que o ceu" em seattle e andar pelos lugares q o curte andava.
acho q vcs entenderam a ideia...rss

Felipe said...

off topic:

Voces chegaram a ver ao vivo alguns shows que passaram do coachella ao vivo na at&t?

Dos que passaram os melhores foram Kaiser Chiefs, Klaxons, CSS e Arctic Monkeys.

Shows bem intensos, rolando até "Stage diving" nos Kaiser e no Klaxons.

CSS met Paris Hilton in Coachella! lol a própria foi falar com eles e diz que adora, inclusive foi ver o show do lado do palco. Tão sendo bem recebidos.

Programinha do final de semana, desde of montreal a lemonheads, pareceu ser ótimo.

Mas como o James Murphy falou "a maioria é windows-shopping, que estava sem medo".

A pontualidade deles tb é íncrivel, começaram quase todos na hora.

Tomara que os Klaxons venham mesmo, super show!

O povo de la é meio morto também da até raiva hehehe

Abraços

Rocha07 said...

O engraçado é que o Renato e o Morrissey tem várias coisas em comum (só que o Renato não era tão mala) e eu sempre achei que o Moz tinha influenciado o Renato...mas, depois fui perceber, que eles foram praticamente contemporâneos. Ou seja, pode ter sido uma puta coincidência que os dois tenham surgido na mesma época. Pena que o mais mala, apesar de talentoso, durou e o mais legal não.
Também acho uma pena que nenhum vocalista recente tenha chegado perto do talento e do carisma do Renato. Parece que o rock brasileiro caiu num buraco negro profundo e não sai de jeito nenhum. Claro, tem umas bandas por ae tentando, mas eu acho que nenhuma encosta no dedo do pé da Legião.

tom said...

vejam o que recebi agora:

"comunicado: Infelizmente, recebemos uma solicitação para que retirássemos de todo e qualquer material de divulgação o nome e/ ou qualquer menção ao artista Renato Russo. Explicando melhor: no show que a banda Os Parabrisas fará no Garden Hall no próximo dia 5, às 22 horas, existia um personagem inspirado no grande líder da Legião Urbana. Era apenas uma brincadeira, das inúmeras feitas pelo grupo...que também inspirou-se em outros cantores,. como Sidney Magal, Felipe Dylon, Axl Rose, Ed Motta, Paulo Ricardo, etc... Mas, infelizmente, esse tipo de homenagem nem sempre é compreendido como tal."

*alguem ai conhece essa banda?

tom said...

o renato era um amalgama de seus idolos: usava um calça de couro para citar jim morrison, a jaqueta de exercito era homenagem a johnny rotten dos sex pistols, a dança epileptica era para lembrar o ian curtis do joy division, a camisa brnca e as flores era pelos smiths e o morrissey e so on. mas ele saia disso tudo com uma postura propria e letras incriveis...

tom said...

por conta desse post recebi email do proprio bruce gomlevsky, que faz o renato no teatro. ele disse que a peça irá para sao paulo, claro, so nao sabe quando (isso tudo depende de patrocinios). e que ela fica so mais este mes no teatro do shopping da gavea, mas nao disse se ela ainda vai para mais algum teatro aqui no rio. entao, nao percam...

fabio fernandes said...

este parabrisas não eram aqueles tais parabrisas do fracasso que tocavam covers/paródias ?

PEDRO BAMBAATAA said...

ha me lembrei... neste show...
foi uma das primeiras
apresentações do biquini
cavadão...

PEDRO BAMBAATAA said...

ola galera!
o primeiro show que vi
do renato no show de
3 anos da flu-fm
no monte libano...
levei um amigo
que até hoje fala
da apresentação de
renato e como ele ficou
impressionado...
foda é com tudo isso,
o cara foi ser policial
civil... é mole!!

Rocha07 said...

Nossa...essa eu tenho que desabafar: tava zapeando e parei no Fox News pq eles tavam passando um debate sobre o Rage Against The Machine ter falado mal do Bush durante o show deles em Coachella. Impressionante. Os argumentos eram "Eles ja foram populares, sao anarquistas, nem estao mais juntos"...ae a outra imbecil fala "Eles sao muito feios"..."Ninguem vai perguntar pro A Flock of Seagulls of que eles acham do Bush".
Eu ja sei que o Fox News eh o pior canal de noticias que existe, mas nao pensei que fosse tao estupido assim. Fiquei chocado.

Felipe said...

Engraçado que esse assunto leva a uma outra questão:

Artista bom é artista morto ou velho?

Hoje em dia, não rola mais tanto aquela rebeldia, furia, drogas, baladas surtadas entre os músicos. Na sua maioria são caretas, tocam bem e fazem tudo certinho.

De um lado é bom, pois você vai num show e não vai ver o cara caído falando merda, mas de outro tira aquele glamour do rock que já é praxe.

Fiquei pensando uma vez nisso, não acho que ninguém ou quase ninguém, seja cultuado no futuro dessa geração musical, pois não tem uma vida "louca" como tinha Renato, Kurt, Jimmi, Janis ou James Brown.

As biografias são bem pobres ou quase não faladas.

E as musicas quase 100% são de diversão, party people e relacionamentos.

Cadê o protesto, as boas melodias, as citações de livros que tanto marcaram Renato por exemplo?

O mundo musical está mesmo fuck off e emocional.

Mas quem pelo menos, como eu, pegou pelo menos os 90's teve esse "sentido" sex, drugs and rock and rock, hoje as pessoas são muito mais caretas (não criticando), mas é um saco essa nova linhagem, nada pode, nada acontece de novo.

Acho que você que viveu mais intensamente os 80's Tom, deve me compreender melhor.

Off:

CSS além de conhecer a própria Paris Hilton no Coachella, estavam no camarim Courtney Love, Lindsay Lohan e a Peaches. Só faltou a Britney!!

Nossa, como deve ter sido estranho pra eles encontrarem a Paris Hilton! Uma musica feita sem nenhum pretenção e de repente se esbarra com a mulher, muita doideira.

CSS gravou participação no Jools Holland junto com Arctic Monkeys (CD do Ano)

No youtube ja tem milhares de videos de todos os shows, podem conferir.

Não tava afim de ir esse ano não Tom? Tu sempre viaja achei estranho!

Buzzcocks foi legal, bem ramones 1 2 3 4 e solta.

Abraços

Vida Fuleira said...

Falando em gente do século XX, deu no Trabalho Sujo do Alexandre Matias:

"Retrô é pouco. Os compadres Rodrigo Lariú e Gabriel Thomaz se reuniram para resgatar do limbo (sim, ele existe!) as saudosas fitas cassetes e no próximo dia primeiro de maio lançam uma fita (isso mesmo - LANÇAM UMA FITA) chamada Fim de Século. A idéia partiu do Gabriel, que compilou a fita a partir de várias demos de bandas brasileiras daquele tempo distante antes do MP3 e do CD-R. Então a fitinha é cheia de pérolas daquela época como Acabou La Tequila, Doiseumimdoisema, Gangrena Gasosa, Squonks, Eddie, Disk Putas, Graforréia Xilarmônica, Oz (o Pixies de Brasila, com Marcelo Bighead [hoje conhecido como Nego Moçambique] no baixo e vocal), Pato Fu quando era bom e outros que eu não lembro o nome agora. A tiragem da fita é limitada, mas as músicas vão estar para download no site da gravadora do Rodrigo, o Midsummer Madness."

http://mmrecords.com.br/200704/fim-de-seculo/

PEDRO BAMBAATAA said...

esse comentário do coveiro acima falando de fitas cassete é bem legal...

ainda hoje tenho umas 158 fitas cassetes...

programas de radio da flu(vários nt, menos algum hellhadio, infelizmente...), o programa riofanzino com calbuque na grobo fm e cds importados...

sabe que outro dia coloquei uma
e achei o som até melhor que alguns
cds gravados...

o som tinha mais grave...

ainda guardo as tais fitas e atualmente penso em procurar
alguem para digitalizar isso tudo...

valeu ... abraços!

PEDRO BAMBAATAA said...

off topic?

alguem já ouviu o novo
do beastie boys?

ouvi dizer que é bom...

Pedro said...

eu ja tinha lido essa noticia da fita demo.Acho as caixinhas mega simpaticas :)
c uma banda legal resolvesse lancar, eu comprava rss
-----
todos estao falando do novo do artic monkeys.É bom mesmo?
vou ver c baixo

fabio fernandes said...

eu ainda tenho as demos (cassetes) de quase todas as bandas cariocas dos anos 90: pelvs, second come, cigarettes, planet hemp, habitantes, ocaso ... e de outros lugares do brasil. até hj não consegui me desfazer de nenhuma delas ... principalmente, uma chamada "cult cover demo" só com bandas brasilienses tocando covers. esta merecia sair em cd.

NA CIDADE

JANEIRO TEM DUAS FACES:

CASAS & SHOWS: Circo Voador 19 - Samba Rap Festival: Elza Soares / Karol Conka 20 - Samba Rap Festival: Emicida / Jongo da Serrinha / Bateria da Império Serrano 25 - Phoenix (FRA) 26 - Vanessa da Mata / Fióti / DJ Incidental 27 - Barão Vermelho

Fundição Progresso 19 - BaianaSystem 20 - Tim Music no Samba: Xande de Pilares & Mumuzinho - Participação: Bateria do Salgueiro 26 – Johnny Hooker / Letrux 27 - Nando Reis

Teatro Odisseia 21 - Radnor With Lee (EUA) 28 - Demon Hunter (EUA) / Pantokrator (SUE)

Teatro Riachuelo 16 - Leila Pinheiro: Voz & Piano 23 - Ed Motta: Baile do Flashback 30 - Laila Garin & A Roda

Teatro Rival 20 - João Bosco: Voz & Violão 25 - Angela Ro Ro 26 - Bloco Sargento Pimenta 27 - Geraldo Azevedo: Voz & Violão

Audio Rebel 16 - Adaury Mothé Trio 17 - Rafael Rocha Quinteto 28 - N.D.R. / Triunfe / Dissonância 29 - Ana Baird & Camila Costa: Perigosas

Espaço Sérgio Porto 18 - Sinara 25 - Karine Carvalho: Galega Hits

Sala Baden Powell 19 - Sempre Livre / Sylvinho Blau Blau / Dr. Silvana & Cia. 20 – Nelson Sargento 21 – Banda do Síndico 24 - João Donato - Participação: Carlos Lyra & Roberto Menescal & Marcos Valle 25 - Mario Adnet: Jobim Jazz 26 – Marcos Ariel 27 – Cris Delanno 28 - Azymuth

Beco das Garrafas 17 - André Gonçalves 18 - Lu Oliveira 19 - Georgiana de Moraes & Fernanda Cunha & Camilla Dias: Homenagem a Vinicius de Moraes (20h) 19 - Joyce Cândido: Homenagem a Elis Regina (22h30) 20 - Hélio Delmiro (21h) 20 - Maíra Freitas & Taís Feijão (22h30) 21 - Dóris Monteiro 24 - Rosana Sabença 25 - Conexão Rio: Homenagem a Tom Jobim 26 - Amanda Bravo: Homenagem a Durval Ferreira - Participação: Paulinho Trompete, Mauricio Einhorn, Rosana Sabença, Billy Blanco Jr., Thaís Fraga 27 - Hector Costita & Joseval Paes 31 - Maria Luiza

Casa de Cultura Laura Alvim 16 - Dani Black 21 – Pedro Mann 23 - Davi Moraes 28 – Qinho Canta Marina Lima 30 - Matheus VK

Teatro Café Pequeno 18 – Verônica Sabino 25 – Elisa Queirós

Blue Note Rio 16 - Big Gilson 17 - Roberto Menescal 18 - Gabriel Moura 19 - Daniel Jobim & Daniel Boaventura: Homenagem a Tom Jobim & Frank Sinatra 20 - MPB-4 23 - Escalandrum (ARG) 24 - Mayer Hawthorne (EUA) 25 - Wanda Sá & Gilson Peranzzetta & Mauro Senise: Homenagem a Tom Jobim & Vinicius de Moraes

KM de Vantagens Hall 19 – Molejo & É O Tchan – Participação: Ludmilla 20 - Ney Matogrosso: Atento aos Sinais

Imperator 23 - Jazz Pras Sete: Chico Costa & Quarteto Artilheiro 24 - Quartas Brasileiras: Cordão da Bola Preta 27 - Forró Lánalaje: Marcelo Mimoso Trio / DJ Edna Carvalho 28 - Bloco Pipoca & Guaraná 31 - Toquinho: Voz & Violão - Participação: Camilla Faustino

Centro de Referência da Música (Tijuca) 17 - Ellen de Lima & Reginaldo Bessa: Homenagem a Lamartine Babo 18 - Rosa Marya Colin - Participação: Jefferson Gonçalves 19 - André Gabeh 17 - Eduardo Dussek 24 - Quinteto em Tom Maior 25 - Rosane Corrêa: Homenagem a Ella Fitzgerald 26 - Daíra: Homenagem a Belchior 31 - Ana Egito

Baile do Digitaldubs - HUB (Santo Cristo) 21 - Cedric "The Congos" Myton (JAM) 28 - Mad Professor & Aisha

Música no Deck - Barraca do Pepê (Barra da Tijuca) 20 – Filipe Ret 21 – Kell Smith 27 – Um 44k 28 – Luiza Possi Barra Blues Festival 26 - Sergio Diab Stratoman / Projeto Soul Jazz / Ana Egito / Alamo Leal Blues Groover’s / Corcel Mágico 27 - RJ Café / UniJazz Brasil / The Blue Fever / Sergio Rocha / Serra Blues Trio 28 - André Barroso / WestSide Blues / State of Blues / Victor Biglione Festival Downtown Sunset - Shopping Downtown (Barra da Tijuca) 20 – Gabriel O Pensador 27 – Biquini Cavadão

Rio Rock & Blues - Rock Experience (Lapa) 19 - Titanossauros / Conexão Japeri 20 - Love & The Lovers / The Loreleis 26 - The Smiths Cover 27 - Pedro Santana Trio / Elemento Surpresa / A Bolha Revisited

Circuito SESI 24 - Centro: Fhernanda Fernandes - Participação: Nana Kozak, Sandra Duailibe, Clarisse Grova, Ninah Joh, Andréa França

MIXXX: 17 – Matheus VK – Teto Solar / Botafogo 19 - Maratona Black - Baile Charme – Gafieira Elite / Centro 19 - O Rappa: Tour de Despedida – Quadra da Mocidade / Padre Miguel 20 - Festival Rock in Brisa 4: 90 Contos / Cosmobox – Espaço Tequila´s / Guaratiba 20 - Playmobille / Tem Amor – La Esquina / Lapa 20 - Indivíduo K / Cândido / Banheiro Azul – O Pecado Mora ao Lado / Praça da Bandeira 21 - Aniversário de 57 Anos do Cacique de Ramos 21 - Festival Lona Rock Sunday: Memora / The Outs / Corcel Mágico – Lona Terra / Guadalupe 21 - Lu Oliveira – Praia de Conceição de Jacareí / Mangaratiba 26 - Laurent Garnier (FRA) 26 - Bloco do S Convida KL Jay – Fosfobox / Copacabana 27 - Slide / Sollarium / Fresno / Glória / Strike - Clube Tamoio / São Gonçalo 27 – Matanza – Arena Fernando Torres / Parque de Madureira 27 - Visibilidade Transvestigenere - Beco Encantado: Mulher Pepita & MC Xuxu – Beco do Rato / Lapa 28 - Festa Divina Circus: IZA – Clube 4 Linhas / Bento Ribeiro 28 - Bloco Eficiente: Inclusão Se Faz Com Várias Mãos – Praça Paris / Glória 28 - Facing Fear / Stuff / Cidade Nua – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo

exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

FESTIVAL DE CULTURA DIGITAL: De 18 a 20 de janeiro, quinta a sábado, acontece no CCBB RJ DIGI – Festival de cultura digital, uma mega programação que inclui imersão, reflexão e diversão. Tem até shows geek. quinta, 19 de janeiro, às 21h, apresentação da orquestra Ritornello de Jedi, com repertório de trilhas musicais de videogames, séries e desenhos, com cordas e vozes, e arranjos exclusivos. O objetivo é dar acesso à formação clássica com temas musicais do cotidiano. sexta, 20 janeiro, às 21h, é a vez de The Screeners, banda que faz releituras rock ’n’ roll de trilhas sonoras clássicas do cinema, de videogames, séries de TV, desenhos animados. É tudo grátis, das 9 às 21h.

MOSTRA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EXIBE O CINEMA DE HAL HARTLEY Programação reúne todos os 14 longas do diretor americano, além de debate, sessões comentadas e um curso de roteiro cinematográfico de 23 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018 (terça a domingo)

O Ministério da Cultura, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro apresentam a 14ª Mostra Melhores Filmes do Ano Além das exibições dos filmes, a mostra traz homenagens e catálogo especial com textos sobre os filmes e as iniciativas cinematográficas que fizeram a diferença em 2017 De 24 de janeiro a 1 de fevereiro
PROG IN BRASIL: Carl Palmer, Premiata Forneria Marconi, estarão no Brasil em 2018, se apresentando nas cidades de Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, como parte da Top Cat Concert Series 2018. Os italianos do Premiata Forneria Marconi CHEGAM EM ABRIL. O grupo de rock progressivo, formado em 1971, vem lançar seu novo álbum 'Emotional tattoos', e também vai tocar seus clássicos. Maio vai trazer o baterista do Emerson, Lake & Palmer e também do Asia, Carl Palmer, com seu tributo ao ELP.Show promete surpresas com algumas participações especiais de peso.

No dia 24/jan, começa no CCBB SP a mostra Sonora: Ennio Morricone, que homanageia o maestro no ano que completa 90 anos. Ao todo, serão exibidos 22 filmes que têm a marca musical do maestro.

Nico Rezende fará show em homenagem a Chet Baker dia 26/01 no Blue Note. Aliás, esse ano completa 30 anos da morte do Chet!!! 2018 marca o trigésimo aniversário da morte de Chet Baker. Nico Rezende presta homenagem ao trompetista no palco do Blue Note Rio, no dia 26 de janeiro (sexta), para apresentar alguns clássicos imortalizados por Baker. Estão no programa canções como ‘Time after time’, My funny valentine’ e ‘There will never be another you’.

RU PAUL´S DRAG RACE TOUR: Em 2018, as drag queens de RuPaul's Drag Race vão levar a turnê oficial do reality-show, WERQ THE WORLD TOUR, para a terra do “Come to Brazil”! Michelle Visage vai comandar a apresentação no Brasil e todos os shows contarão com performances ao vivo de algumas das drag queens mais inesquecíveis de RuPaul's Drag Race, entre elas, as recém-divulgadas participantes da terceira temporada de All Stars, Shangela e Kennedy Davenport. Outras fan favorites devem marcar presença, como Detox, Kim Chi, Violet Chachki, Valentina e Peppermint. Ainda haverá um pré-show com DJ set e performance de Lady Bunny, a drag queen que é uma lenda da cena noturna de Nova York. 23/FEV TEATRO BRADESCO/RJ

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers