Pages

Thursday, April 16, 2009

MEU DIA 52



NOS TEMPOS EM Q SE COMPRAVA DISCO PELA CAPA, OUTRO QUE ME CONQUISTOU NA VITRINE DA LOJA, ASSIM COMO O PRIMEIRO DO DEVO E O MAN/MACHINE DO KRAFT, FOI O PRIMEIRO DO THE B-52´S. E NÃO SÓ ELE ENTREGAVA O QUE PROMETIA, UMA FESTA DE ROQUINHO NEW WAVE MUITO DIVERTIDA, COMO É UM DOS MELHORES DISCOS DE ESTREIA DE TODOS OS TEMPOS. A PARTIR DE SUAS DEFICIENCIAS, NASCEU UM MARCO: AS ROUPAS ERAM ANTIQUADAS PQ ELES NAO TINHAM GRANA E SE VESTIAM EM BRECHÓ, O PIANO ERA DE BRINQUEDO, AS LETRAS ERAM BIZARRAS E MEIO SCI-FI (ROCK LOBSTER, THERE´S A MOON IN THE SKY, PLANET CLAIRE) E O GUITARRISTA, GENIAL! OUVI ESSE DISCO SEM PARAR POR MAIS DE UM ANO (ATE CHEGAR O DISCO VERMELHO)! FUI ATE DO FÃ-CLUBE (QUE FICAVA EM NY),COM DIREITO A CARTEIRINHA E BRINDES QUE ENVIAVAM REGULARMENTE (UM PENTE, POSTERS, BUTTONS ETC). DÁI, COM O PRIMEIRO ROCKINRIO, TIVE A CHANCE DE FICAR LADO A LADO COM ELES. COMO JA CONTEI AQUI, NA EPOCA, PENETREI NO RIO PALACE E PASSEI UM COMEÇO DE TARDE COM OS BUFANTES, QUE SE JUNTARAM AS GO-GOS E A NINA HAGEN E IMPROVISARAM UMA FESTA. A PARADA ERA TAO LIVRE QUE ATE PEDI PRA ELES GRAVAREM UMA MENSAGEM PRA MINHA SECRETARIA! MAS NOTEI QUE, EM MEIO A FESTA, NO CANTO DO QUARTO, TIMIDO, FICAVA O GUITARRISTA RICKY WILSON. IMAGINEI Q ERA POR SER CAIPIRA E TAL (SAO DO INTERIOR DA GEORGIA), JA QUE ELE NAO DAVA A MENOR IMPRESSAO DE QUE IRIA MORRER EM POUCOS MESES DE AIDS. ERA JANEIRO DE 1985 E ELE DURARIA SÓ ATÉ OUTUBRO. MAS A SUA GUITARRA (TOCADA COM AS CORDAS INVERTIDAS) SOARÃO PARA SEMPRE NOS PRIMEIROS 4 DISCOS DA BANDA. E É POR RICKY E PELA BANDA QUE VOU LÁ, ME ESBALDAR, NESTA SEXTA, NO CITIBANK. E AI, VAI PERDER?


29 comments:

Felipe Passarelli said...

Vamos Claro!!!

Faz tempo que queria ver um show deles, na minha geração quem não dançou muito Private Idaho nas festas do Edinho??

Não peguei essa fase áurea da banda infelizmente, mas sei que a importancia deles ecoa até hoje, desde o electroclash até a new rave.

Soube dessa história do Rick Wilson, dizem que foi ele que dava os tons de surf-rock na banda, riffs marcantes...

Já tem uns vídeos rolando no youtube do show da Argentina de ontem, a galera se acabou por lá.

Parece que eles não tocam "Legal Tender" que é um pecado, essa musica é incrível.

Sobre o papo lá em baixo, citando até o Elton John, realmente tenho percebido um maior publico nesses shows revivals, e olha que a pista vip custava 500 reais e a normal 350!

É engraçado mesmo pq peguei essa transição de gerações, como citado antes os shows nos anos 90 eram sempre esgotados, era uma loucura pra comprar, e não acredito que tinha tanta galera de fora assim.

Hollywood Rock, Free Jazz, shows no Metropolitan, todos esgotavam antes do dia.

R.E.M., um ícone mundial, é inacreditável ter aquele pingado de gente, a influência direta do Radiohead é o R.E.M., e mesmo num Sabado como vc disse.

Até o KISS que já tem a maioria de fãs coroas foi meia boca, fui no de 1999 no Morumbi e estava super lotado, era novidade tb pra muita gente e a formação era a Original, foi um dos shows inesquecíveis que fui na minha vida, nunca me esquecerei dos óculos 3D e as imagens Psycho Circus.

É um caso bem dificil de saber mesmo, mas acho que a falta de informação e rola muita alienação da galera hoje em dia, que nunca teve uma rádio cidade ou uma fase boa da MTV pra guiar, as pessoas são muito preguiçosas pra descobrir coisas novas, no nosso caso é diferente, somos sedentos, sempre procuramos ouvir a parada antes do lançamento, temos gringas especializadas, milhares de opiniões.

Ai se concentram os amantes da musica, que nunca renegam o passado, mas nem o futuro, ouve Beatles mas tb Animal Collective por exemplo.

Muita gente para no tempo e o que serve são só aquelas coisas do século passado, tipo fãs do A-ha e do Kiss (os melhores comentários do O Globo nessas semanas rs)

tom said...

O QUE ROLA É MAIS OU MENOS O SEGUINTE, FELIPE: AS GERACOES ATE OS ANOS 90 TINHAM RADIO ROCK E GOSTAVAM DE BANDAS, DESTA DECADA PRA CA A GERACAO QUE VIA XUXA CRESCEU E VIROU PITBOY E AGORA A FONTE DE DIVERSAO DELES E MICARETA, RAVE PSY, COISAS DO TIPO, NAO DAO BOLA MAIS PARA SHOWS DE ROCK, NAO TEM ESSA INFORMAÇÃO, PQ ANTES ATE O PLAYBA DA ZS OUVIA FLU FM, E AGORA SO VAI EM BAILE FUNK E OUVE HIP HOP, A EQUACAO É MAIS OU MENOS ESSA, EM SP NAO TANTO, ATE PQ A CIDADE LA E TRES, QUJATRO VZS MAIOR QUE A NOSSA,,,

tom said...

OFF: AINDA NAO BAIXEI O EPISODIO, MAS VCS VIRAM QUE O LULA APARECEU NO SOUTH PARK DA SEMANA? PASOSU ONTEM NOS EUA...

Lord Vader said...

Tom , é mto triste essa verdade da geração xuxa. São na maioria micareteiros/rave/Baile funk de paty , apáticos , com pouca cultura geral e pop , desinteressados , superficiais , usam as drogas erradas , preconceituosos , pouco sabem de rock e se acham muito loucos u-hu .. Perto desdes garotos eu é quem me sinto um garoto.

Po infelizmente vou perder o B 52s , mas é uma banda e tanto , que soube se criar atemporal , tenho mto carinho por eles ,(gostei mto do funplex inclusive), mas vou fazer uma collection e deixar rolando em casa. Ainda tenho todos em vinyl até o cosmic thing (o primeirão me cataram !!) Bom show pra quem for à mesopotamia !

fabio fernandes said...

bem, b-52´s sempre foi uma das minhas bandas prediletas, acho que já comentei umas trocentas vezes na cova, mas mesmo qdo eles se recolhem, eu continuo curtindo muito. bastava o que eles já tinham lançado até a década de 90 mas eles tinham que se superar e lançaram "funplex" que é absurdamente bom.

um bom motivo para ver o show amanhã ? a banda só visita o brasil uma vez por década ... rsrs

tom said...

poize, vader. essa gente nao é como nós aqui da cova, "malucos" que vao a shows, compram discos mesmo q tenham baixado antes, vestem a camisa da banda, viajam para outras cidades em busca de um show (ja varei muita madruga no buzao na via dutra por isso), pra eles é tudo superficial e efemero, como aqueles manés que vao na micareta e beijam mil e nao ficam com ninguem (desenrolei esse papo com mauval numa mesa de bar na sexta, ele tbm ta desolado)

iga_rio said...

Fala Tom,

Uma radio rock faz muita falta aqui no Rio... eu era um dos que mais criticava a Radio Cidade, mas querendo ou não ela era a unica que tocava um rock na sua programação.. e com o fim dela em 2006 nenhuma outra pegou o publico...
Já a MTV não é mas tão Music assim... e sem uma radio ou canal de Tv que forneça as informações e novidades pra essa galera mais nova fica complicado.

Eu sou de uma época que tinha Flu FM, Radio Cidade, Transamérica tocando Rock ( me lembro de um especiais que rolavam na tansamérica no final dos anos 80 com The Smiths, the cure..) e o inicio da Mtv que com programas como Lado B, Furia Metal, Amp e etc... valia a pena ver.

O que a geração atual aqui do Rio tem na radio e tv ??? praticamente nada, apenas um monte de radio que toca Funk, Axé e etc.. apenas isso.

Mesmo com a Internet bem mais acessivel hj em dia, uma radio rock faz muita falta.

Abraços,

tom said...

PQ A INTERNET PULVERIZA, VC SABE DE TUDO, MAS DE NADA AO MESMO TEMPO, PQ NAO TEM TEMPO PRA DEGLUTIR O Q VIU, OUVIU, LEU, APENAS SABE QUE SAIU O NOVO ALGUMA COISA DE FULANO DE TAL. E DAI? É QUE NEM ESSAS CELEBRIDADES NULAS, SAO CONHECIDAS PELO Q MESMO? TER CINCO MILHOES DE MP3S BAIXADOS NAO SIGNIFICA NADA SE VC NAO SABE A IMPORTANCIA OU CONTEUDO DELES

PEDRO BAMBAATAA said...

Essa capa é foda mesmo...

Engraçado tom, nesta época que vc falou que conheceu o BIFI COM TUTU, era fanzoca do AC/DC, pintava até camisetas com o logo da banda, e foi por intermédio dos australianos, que conheci um autentico punk mesmo na falculdade, o cara não tinha cabelo espetado nem roupas pretas, mais era bem antipático e meio revoltado e morava em BRÁS DE PINA, mas curtia o AC/DC e daí, emprestei alguns disco de heavy e o cara me emprestou alguns tb, entre eles o vermelhão do B52S e aquele vermelhão do RAMONES,que agora não me lembro o nome, e foi assim que fiquei os maluquetes...

Confesso que achei a banda meio que uma brincadeira, e por isso não levei a sério... nem no Rock in Rio 1 fui, pois tinha pouco dinheiro e joguei minhas fichas na galera heavy. Só depois de um tempo que acordei para o grupo.

De repente vou no Citybank, até pq é meu local de shows favorito sem similar nesta cidade ainda...

PS: PUTA QUE PARIU!! porra TOM, tu tava cheirado, fumado ou mamado!! rs... PERFEITA!! sua definição da geração de "DECEREBRADOS" atual, depois desta. se eu fosse escreveria um livro e se chamaria "GERAÇÃO REDBUNDA"...

chega já falei muita besteira...
um abraço!!

tom said...

NO BLOG DO ATLANTIC, O BASF 90 (VIDE LINK AO LADO) HA UM POST EM QUE GENTE FAMOSA MOSTRA O QUE ESTA COMPRANDO NA AMOEBA DE L.A. É DISSO QUE ESTAMOS FALANDO,,,

iga_rio said...

Fala Tom,

Que Blog maneiro esse BASF 90 Minutos !!! não conhecia... virei fã !!! Parabéns Atlantic !



Abraços,

atlantic said...

Olá, Tom. Obrigado pela citação, cara. Estou sempre por aqui lendo e, às vezes, participando.

Eu ainda sou da turma que não resiste em catar um clássico nas lojas de disco. Fico doido na Tracks da Gávea (mas os preços me assustam muitas vezes). Tenho muita coisa em mp3, mas quando gosto, vou atrás.

Achei a empolgação de Dave Grohl e as dicas do Afrika Bambaataa a maior aula que a geração mp3 poderia assistir. Música é diversão, memória, sentimento. Não é copy, paste, delete.

Felipe Passarelli said...

Geração de merda mesmo, e me lembro que teve uma época que essas músicas da Bahia eram super hypes, não eram tão farofas como hoje, me lembro do meu tio chegando de Salvador com umas fitinhas gravadas da Bahia um pouco depois da Lambada, era super novidade, mas me lembro que o boom começou mesmo com a Daniela Mercury em 92, que fez um show esgotado na Apoteose.

Até já gostei um pouco dassa baba, no começo, mas depois virou o que vimos hoje, carnaval e descartavel, antes era uma coisa roots como reggae, musicas do gil, percussão, foi absurdo a proporção que esse estilo ganhou e como ele se propaga.

THE B-52's!!

O provavél setlist do Show:

Pump
Mesopotamia
Ultraviolet
Private Idaho
Funplex
StrobeLight
Quiche Lorraine
Juliet of the Spirits
Roam
Party out of the bounds
Channel Z
Hot Corner
Love in the Year 3000
Love Shack

Encore:
Keep This Party Going
Planet Claire
Rock Lobster

um bonus pra cova q caiu nas minhas mãos agora:

O novo do Tiga!!!

Ciao!!! Muito bom!!!

http://tinyurl.com/tiga09

abs :)

tom said...

DEEM UMA CHECADA DE VEZ EM QUANDO NOS LINKS AQUI DO LADO, PESSOAL, ELES NAO ESTAO ALI DE BOBEIRA, ANTES DE LISTAR EU DEI UMA SACADA E APROVEI. ALEM DO BASF 90 DO ATLANTIC, DESCUBRAM OS MARAVILHOSOS TEXTOS DA RAINHA POPOTA, AS IMPERDIVEIS DICAS DE LINK DO LINKED-O-RAMA, OS SENSACIONAIS REMIXES E FAIXAS EXCLUSIVAS DO RCRD LBL, O OTIMO POST SOBRE NOVAS EXPRESSOES DA PIRANHA CAMUFLADA, O LADO SKATE ROCK DE JIMENEZ E PAULINHO CALÇA FROUXA, E, DE VEZ EM QNDO, CLIQUEM NO AD SENSE PRA VER SE A GENTE UM DIA COME UMA PIZZA BANCADA PELO GOOGLE (ALIAS, TENHO Q IR LA NA MINHA CONTA VER COMO ANDA O NOSSO SALDO). ABRAM LOS OJOS

tom said...

OBRIGADO PELA DICA, FELIPE, MAS PEGUEI ESSE NOVO DO TIGA HA DOIS DIAS (E NO MININOVA TEM UM SET DELE DE DUAS HORAS GRAVADO NA BBC) JA O SETLIST DO B52S TA BOM, MAS EU SENTI FALTA DE MUITA COISA BOA ALI, MAS PELO MENOS TEM, TIPO, AO MENOS UMA MUSICA DE CADA DISCO, E AS NOVAS, É CLARO, NAO É UM SHOW REVIVAL, PELO VISTO. ENTAO, A GENTE SE ENCONTRA AMANHA ALI NA GRADE DO BIFIFTITU. E, SABADO, ESTAREI DE NOVO LA NA FOSFO, DESTA VEZ NO PORAO, VAI TER TBM SHOWS DO CELLOPHANE E MONKEY WHORES, QUEM QUISER IR DROPA NOME AQUI QUE CHECO NO SABADO,,,

Marcelo said...

falando em new wave...

um tour virtual pelo cbgb.
http://www.bravadousa.com/cbgb/pano/pano.html

fabio fernandes said...

off (mas nem tanto):

até o andrea bocelli comentou dos preço absurdo dos ingressos !!!
.
http://oglobo.globo.com/cultura/rioshow/mat/2009/04/13/tenor-italiano-andrea-bocelli-contesta-crise-da-musica-classica-755245008.asp

tom said...

EH AE, FORU LAH? SHOWZITO MANEIRITO, HEIN? E SEM O FEDOR DE LAMA E URINA DO ROCKINRIO, COM SOM E LUZ MAIS BACANA E A GENTE ALI, PERTINHO DAS PERNAS DA KATE

Felipe Passarelli said...

Foi muito bom, sem questionamento, mas nunca vi o Citbank Hall tão vazio em minha vida, uma vergonha pra nós cariocas...

Fiquei triste em ver o estado, e mesmo assim muitos entraram de VIP...

Rio de Janeiro realmente está sumindo do mapa...

O show foi bem bacana, as botocadas as tiazonas arrasaram :)

tom said...

TAO VAZIO QNTO O WHITE STRIPES, FELIPE, IGUAL OU UM POUQUINHO MENOS, TALVEZ. JA DAVA PRA VER QNDO O INICIO DO SHOW PASSOU DE 22H PRA DEZEMEIA E QUE A ENTRADA DO ESTACIONAMENTO NAO TINHA NENHUMA FILA. AS BANDAS AINDA VEM AQUI PQ É O RIO E ELES GOSTAM DE PASSAR UM DIA NA CIDADE (POR ISSO O RADIOHEAD CHEGOU ANTES, PRA PEGAR UMA PRAIA E TAL), MAS, FORA ISSO, SE FOLR SO NA BASE DO CALCULO FINANCEIRO, A GENTE TA CADA VEZ MAIS FORA DA ROTA DE SHOWS...

Felipe Passarelli said...

Sempre achei que se esse show fosse no circo funcionaria melhor não acham???

tom said...

o circo nao pode ser a solução pra tudo e uma banda como b52s nao vai negociar cache mais barato com o circo, isso é pra inciante tipo franz e bloc party, o empresario nem deve cogitar isso. ja o kooks, com jeitinho ate rolava,,,

Nany said...

OFF: Tom sabe se é fato ou boato Depeche no Rio em 12/10?

Felipe Passarelli said...

Sim, eles podem ser milhonários, mas estou supondo um show deles lá, seria muito mais proveitoso e apreciado.

E do tamanho deles tb aqui no Rio eu acho :)

tom said...

O SHOW DO BIFE TERIA FICADO COM CARA DE MENOS VAZIO SE FOSSE NO VIVO RIO, QUE NEM O DO DURAN, MAS AGORA TEM ESSE LANCE DE CASA PATROCINADAS E GRUPOS RIVAIS, ENTAO A TIME FOR FUN SO USA O CITIBANK, A MONDO USA A ARENA E OS QUE SOBRAM FICAM COM O VIVO E OS INDIES VAO PRO CIRCO, NAO IMPORTA SE LOTARIAM NUM LUGAR E SERIAM FLOP EM OUTRO. E, SIM, TUDO LEVA A CRER QUE TEREMOS DM AQUI ESTE ANO. RESTA SABER SE ELES VAO INCLUIR O RIO DESSA VEZ COM ESSA FALTA DE GENTE

Sergio Luiz Valle said...

Foi ótimo!! Fred Schneider mandando laser na platéia Show do The B-52´s confere as fotos aqui http://www.flickr.com/selusava Citibank Hall Rio de Janeiro

Foi muito bom, 10, quem sabe sabe, Kate com seus 61 anos linda, é como vinho, Fred Schneider é uma figuraça... mas nunca vi o Citbank Hall tão vazio em minha vida, uma vergonha . Rio de Janeiro realmente está sumindo do mapa de shows...Foi muito legal a festa que rolou depois que a banda saiu de cena.

fabio fernandes said...

tbém achei ótimo o show do bife com tutu, foi um sonho realizado. e é legal ver que eles envelheceram com dignidade, não canso de repetir isso.
bem humorados, descontraídos, afiados, set list matador: o que pedir mais de um show ?
eu e a patroa tbém ficamos ali na grade, espremidinhos, mas felizes :)
sem contar que os vídeos que fiz ficaram ótimos !

piranhacamuflada said...

valeu ae Tom pela lembrança! é por essas e outras q nao acreditam qdo viajo horrores pra ver um show no RJ, é pq sei q estara vazio...rs! o Chris Cornell em SP tava esgotado, qdo no RJ se tinha umas 1000 pessoas foi mto naquele lugar enorme(muda tanto nome nem sei mais, era o metropolitan!), eu vi na grade tranquilona. mas eu fico triste, acho q as bandas só nao ficam chateadas pq o RJ é bem divertido!
bjo.

Felipe Proença said...

a culpa é das mensagens subliminares dos discos dela que enchiam as cabecinhas da molecada da época, fãs da xuxa, de maus pensamentos....
aí elas iam pra cama com aquelas mensagens invertidas das músicas dela na cabeça "o diabo é hot, é sacana e é meu ídolo"...aí deu no que deu.....

NA CIDADE

JUNEBUG: Shows - Junho / 2017 Circo Voador 24 - Lamb of God (EUA) / Carcass (ING) / Heaven Shall Burn (ALE)

Teatro Rival 22 – Picassos Falsos 23 – Vinicius Cantuária

Vivo Rio 24 - Beto Guedes & 14 Bis - Participação: Sérgio Hinds 30 – Celebrare

Audio Rebel 22 - Manu Maltez - Participação: Juçara Marçal  25 - Vital & Os Bacharéis / Homobono 29 - Anganga: Juçara Marçal & Emygdio Costa & Cadu Tenório

Sérgio Porto (Humaitá) 22 - Sarah Abdala / Raquel Dimantas / Ana Frango Elétrico 29 - CEP 20.000

Sala Baden Powell (Copacabana) 24 - Cordão do Boitatá: De Gonzagão a Dominguinhos - Participação: Pedro Miranda 25 - Mulheres de Chico 28 - Marcelo Nogueira

Theatro Net Rio (Copacabana) 26 - Sarau da Leda Nagle: Amelinha & Ednardo 27 - Vanessa Jackson: Uma Saudação a Whitney Houston 28 – Dudu Nobre

Teatro Café Pequeno (Leblon) 22 - Verônica Sabino 29 - Jullie

Jeunesse Arena (Barra da Tijuca) 29 – Ariana Grande / Sabrina Carpenter

Subúrbio Alternativo (Brás de Pina) 24 - Toxic Fest:  Korja / Old Kitchen / Genomades / Nove Zero Nove

Imperator 22 – Marcos Valle 25 – Moonspell (POR) 28 - Tunai & Wagner Tiso: Saudade da Elis 29 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Bom Gosto, Lucas de Moraes

Centro de Referência da Música Carioca (Tijuca) 23 - Moacyr Luz 24 - Danilo Caymmi 28 - Duda Brack & Daíra Sabóia 29 - Quarteto Leandro Braga 30 - Cláudio Jorge Teatro Ziembinski (Tijuca) 2xNelson: a falecida/a serpente 23 - Lica Tito

Shell Open Air (abaixo, apenas a programação de shows) Marina da Glória 23 - Sexteto Sobrenatural / Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 24 - 3 Na Bossa

FM Hall 22 - Ludmilla 28 – Anavitória (grátis)

MIXX: 21 - Laura Finocchiaro – Bottle´s Bar / Copacabana 22 - Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 – Theatro Bangu 23 - Montezuma / Santos / Geração Perdida (Vitor Brauer & Jonathan Tadeu) – Motim / Centro 24 - Arraial do Monobloco: Rodrigo Lampreia - Participação: Bianca Chami – Jockey Club 25 - Tay Galega – Saloon 79 / Botafogo

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileira: Águas Claras (DF), Aracaju (SE), Barretos (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Caxambu (MG), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ)

Dia da Música 24/06 – grátis 10h: Força & Garra Jazzman Company Colégio Stephania de Carvalho (São Gonçalo) 10h: Original Black Sound System / Projeto do Nada Espaço Cultural Viaduto de Realengo 12h: Rock na Biblioteca: Átila La TrupEvoé / Corcel Mágico / LaVille / Traqitana / Caos Banal / Taturana de Aço / Senhor Kalota  Biblioteca Leonel Brizola (Duque de Caxias) 13h: Grupo Chorando de Rir / Bico Doce & Samba da Siriguela Cultural Bar (Nova Iguaçu) 13h: Mon-Ra / Nomades Rap Arena Dicró (Penha) 14h: Hugo Ardilha / Menezes / Kali (SP) / Pedro Gama Espaço Multifoco (Lapa) 14h: Molho Negro / Ana Muller / Chicas / Esdras Nogueira / Do Amor / Som Peba e Bobby DJoy + Jeza da Pedra / Linn da Quebrada Praça Luís de Camões (Glória) 15h30: Dub Club Band / Saudades de Cumbia / Melodica Vibezz / Ratel Largo das Neves (Santa Teresa) 16h: Rodrigo Miguez / Luciane Dom Praça Sandro Moreira (Flamengo) 16h: Yassine Lagraf / TMRP MM (Praia de Boa Viagem / Niterói) 17h: Hollywood Mantra / João Azevedo / Banda Gente / Gente Estranha no Jardim / DJ Feminoise / DJ Gisa Morena Palco Coelhão - Praça de Coelho da Rocha (São João de Meriti) 17h: Aura / Monstro Amigo / Anjo Gabriel (PE) Teatro Odisseia (Lapa) 17h: Edson Júnior / O Velho Se Foi La Carmelita (Lapa) 17h: McGee & The Lost Hope / Blind Horse / Hammerhead Blues La Esquina (Lapa) 17h: Monica Avila / Amalá Maracatu Brasil (Laranjeiras) 17h: Mon-Ra / Lado A / Aika Cortez / Selvagens da Noite HF (Alameda São Boa Ventura / Niterói) 17h: Senhor Kalota / Roterdan Centro Cultural Joaquim Lavoura (São Gonçalo) 18h: Jota / Rataria Nuclear Praça das Juras (Bangu) 18h: Floppy Flipper / Alambradas Motim (Centro) 18h: Coronel Soares / McGee & The Lost Hope / MOS / Giallos (SP) Escritório (Centro) 19h: The Zacatto / Hero-Beat Jack Praça Jorge Pinheiro (Parque Veneza / Belford Roxo) 19h: Karla da Silva / Pietá Praça Guilherme da Silveira (Bangu) 19h: Zé Bigode / João Azevedo / Samba de Dois Casa Aberta (Rocha) 19h: Dulcineia Enferrujada / Eddu Grau Largo do Boi Tolo (Praça XV) 19h: Caroline Alves / Hugo Ardilha / Menezes / Raul de Barros Jr. Il Piccolo Caffè Biergarten (Lapa) 19h: Zanzibar / Luciane Dom Sobrado Boemia (Praça São Salvador / Laranjeiras) 19h: Luiza Sales / Malundu Galpão Ladeira das Artes (Cosme Velho) 19h: Labibe / Hollywood Mantra / Projeto do Nada / Gente Estranha no Jardim Bar do Nanam (Praça Tiradentes) 20h: Dois Infinitos / Bruno Perez Pub Panq´s (Tijuca) 20h: Mihay / Marcelo Vig / Raquel Coutinho Bar Semente (Lapa) 20h: Thiago Nassif / Avec Silenzi Audio Rebel (Botafogo) 20h: Caroline Alves / Labibe Quintal do Miguelito (Recreio dos Bandeirantes) 21h: Qu4rto Teto / Reduto Sunday Rock (Cosmorama / Mesquita) 21h: Canto Cego Praça Jackson do Pandeiro (Santa Cruz) 22h: TopVox / Fuzzcas Saloon 79 (Botafogo) 23h: Dub Ataque / Aika Cortez Praça Marechal Âncora (Centro) 23h: Blind Horse / Pantanum (PR) / The Mountain Season / Son Of A Witch (RN) Coletivo Machina (Lapa

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ Caixa Cultural 19h - R$ 20 29 - Encontro das Gerações do Folk e Rock Rural: Tuia, Tavito, Guarabyra, Ricardo Vignin

Zé Bigode apresenta Fluxo ao vivo em show gratuito no Parque das Ruínas (1/7) a partir de 17h

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

MOSTRA DE CINEMA COLOMBIANO TRAZ A CALIWOOD DE LUIS OSPINA PARA A CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO A programação reúne 34 filmes, sendo 29 realizados pelo cineasta, que participa da mostra em uma masterclass no dia 1º de julho Caliwood de Luis Ospina: Cinema colombiano de vanguarda, em cartaz na CAIXA Cultural Rio de Janeiro de 27 de junho a 9 de julho de 2017. Com curadoria de Lúcia Ramos Monteiro, a mostra traz uma retrospectiva completa do realizador colombiano fundador do Grupo de Cali e expoente do cinema independente da Colômbia.

SHELL OPEN AIR: O Shell Open Air, maior cinema ao ar livre do mundo, volta ao Rio de Janeiro de 7 a 25 de Junho na Marina da Glória. Com uma tela de cinema gigante de 325m², o público poderá assistir clássicos, blockbusters, além de assistir a shows.    a programação de cinema contará com filmes como Velozes e Furiosos 8, La La Land, Deadpool, Fragmentado, Animais Fantásticos e Onde Habitam,  A Bela e a Fera, Moana,Sing – Quem canta seus males espanta, Rush – No Limite da Emoção, Rogue One – Uma história Star Wars; Os clássicos Moulin Rouge, Footloose, O Iluminado, Alien – O Oitavo Passageiro, Dias de Trovão e Elis e Minha Mãe é uma peça 2.

HANSON CHEGA AO BRASIL COM A MIDDLE OF EVERYWHERE 25th ANNIVERSARY WORLD TOUR   24 de Agosto no Km de Vantagens Hall RJ (antigo Metropolitan), no Rio de Janeiro; 25 de Agosto no Km de Vantagens Hall BH (antigo BH Hall), em Belo Horizonte; e 26 de Agosto no Citibank Hall, em São Paulo


1ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo Especial Mohamed Khan Homenagem a um dos mais aclamados cineastas do país Exibição de 13 longas-metragens e realização de um debate com a presença de Wessam Soliman, viúva de Mohamed Khan e roteirista de A menina da fábrica, Meninas do Centro e No apartamento de Heliópolis CCBB Rio de Janeiro – 14 a 26 de junho



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers