Pages

Tuesday, April 14, 2009

KEM KOME TANTO KONE?


ASSIM COMO TEM STARBUCKS EM QUALQUER ESQUINA DOS EUA (INCLUSIVE, EXISTEM STARBUCKS DENTRO DE STARBUCKS!, SEGUNDO PIADA DO SATURDAY NIGHT LIVE), AQUI NO RIO, SOBRETUDO NA ZONA SUL, ROLA UMA FEBRE DE TEMAQUERIAS (TEMAKI É AQUELA PARADINHA QUE, PRO LEIGO, É TIPO UM SUSHI ENROLADO NUM CONE DE ALGA) QUE JA ESTA DANDO NO SACO. EM QUALQUER ESQUINA E LUGAR VC ESBARRA COM UMA. ALÉM DA PIONEIRA KONI STORE (QUE JA TEM MIL FRANQUIAS, ATE EM FESTAS DE ANIVERSÁRIO), TEM KONE LOUNGE, AQUARIUS, UMAS DE NOMES IMPRONUNCIAVEIS (FAZEM TROCADILHOS EM JAPONES) KONE ISSO E AQUILO. NEM TODAS SAO BOAS E A MAIORIA VIVE AS MOSCAS (EXCEÇÃO DAS KONI). GOSTO DE TRAÇAR UM OU DOIS TEMAKIS DEPOIS DE UM SHOW OU NOITADA, CAI BEM. NO KONI, MEU PREFERIDO É O POKE. JA NUMA QUE TEM ATRAS DO BAIXO GÁVEA (CUJA PRONUNCIA LEMBRA ALGO COMO "QUALÉ?") O CONE HOT FILADÉLFIA DELES É DEZ. NOS OUTROS, TENHO MEDO DE ENTRAR. AS VZS FEDEM (PEIXE ESTRAGADO?), OU SAO MUITO CAROS PRO QUE OFERECEM, FAST FOOD JAPA. EM POUCO TEMPO MUITAS VÃO FECHAR.

23 comments:

Alessandro said...

Aqui em Nikity, principalmente em Icaraí, existiam muitas. Sendo que algumas quase em frente das outras.

Eu prefiro a Koni mesmo, o resto tem um aroma estranho no ar...

Teve uma que eu entrei e perguntei se com salmonella era mais caro!

E acho tb que não durarão mais do que um ano...

entre pagar um preço "marrom-menos" por um kone, é melhor economizar e ir num rest japa da vida!

E aqui em Nikity tem alguns bem recomendaveis! Pena que o meu orçamento anda me proibindo estes "passeios"...

Abs aos coveiros!

tom said...

E FOI O QUE FIZ, ALESSANDRO. QNDO VOU SOZINHO NO KONI, OK, SO COMO UM POKE E VAZO, DA DEZ, DOZE CONTOS (NAO BEBO). MAS, QNDO VOU COM MA BABE, A GENTE COME UNS DOIS CADA, E OS DELA SAO SEM ARROZ, MAIS CAROS. AI, CHEGAMOS A CONCLUSAO QUE NAO VALE, COM BEBIDAS DA QUASE 50 CONTOS. POR 55 CONTOS FOMOS NUM JAPA, COMEMOS UM COMBINADO MEDIO E SAIMOS MUITO MAIS SATISFEITOS (E COMEMOS NUM LUGAR LEGAL, BEM SERVIDO, NUMA MESA), DAI QNDO TEMOS OPÇÃO FAZEMOS ISSO

:: Fräulein :: said...

Aqui em copa tinha um tal de Kani Koni e não tinha só Temakis, era mais barato que o Koni, fechou .
Eu sou quase viciada nos do Koni (só fico nos filadelfias hot e frio e atum). Mas o preço não vale, tem arroz demais.

:: Fräulein :: said...

A primeira vez q comi uns foi na estreia da 2ª mostra de cinema rock totem no senac de copa. Foi de graça, então deu pra comer um tanto, rs.

henrique kurtz said...

Olhei pra esses cones uma vez e não tive coragem de encarar...

off: Gostaria MUITO de perguntar se algum coveiro sabe onde fica a entrada do camarim no Citibank Hall, naquele estranho local chamado Barra. De repente uma dica, um macete. Pretendo ir no show do B-52's e queria tentar uma entrada no backstage (iria levar uma bonita capa na bolsa da babe) mas não sei nem por onde começar...
Alguém poderia dar um toque de brother pra um "oldboy fan"?
Sei dos caminhos e macetes que levam ao camarim no Canecão, Odisséia, João Caetano, etc, porém não manjo nada do antigo Metropolitan, muito embora já tenha ido a vários shows lá.
Quem sabe o próprio Tom pode esclarecer algo?
Abraços,
Henrique Kurtz

Felipe Passarelli said...

Fala Tom, to meio sumido aqui da cova né, esses shows todos me deixaram meio em transe, só quis saber de Radiohead, Radiohead e Radiohead e tb rolou semana de provas, só ouvia musica mesmo.

Acho que já comentamos sobre o Temaki em outro post, aqui no Rio não me lembro de ter comido ainda, mas quando ia pra Sampa sempre comi desde 2004 quando encarei 1 no Skol
Beats.

Me lembro que morri de medo em comer na primeira vez por ser peixe cru e tals, mas tinha mó galera comendo e me apaixonei de primeira.

Depois todas as vezes que fui a SP comi em algum lugar, principalmente na Liberdade que é 3 reais cada um em média, alias esse bairro é maravilhoso, tipo tinha picolé de feijão (!!!) rs, os japonas são muito crazy, adoro comida japonesa.

Mas pra matar a larica não rola aqui pra mim, pq além de ser muito caro, não "enche" e não vende em qualquer lugar, só na Zona Sul mesmo, coisa mais fina. (Tipo fome no final de show rs)

O show do KISS foi maneiro, sempre gostei deles e tal mas achei tudo muito escandaloso, aqueles fogos todos, a voz do Paul tava baleada, e a puta chuvinha que estragou minha camera (fdp rs) e a parte mais legal do show que eram os solos do Gene e do Paul. Uns falam tb que foi por causa do horário que estrapolou tb não sei ao certo... Eles tocaram FOREVER (!!!) em Bogotá! Procura no Youtube, amo essa musica, fez parte da minha geração 90's.

Ta sabendo de alguma fonte quente de bandas a virem pra cá Tom?? Ta fraquinho por enquanto, só Oasis de grande e B-52's sexta. Nem boatos tem rolado...

Sei que vai ter The Kooks em SP, o Circo poderia ver qualé heim, um absurdo essas bandas só irem pra SP e Curitiba.

O The Gutter Twins tb toca em Sampa e nada do Rio...

Enfim, depois dos shows do Radiohead, tanto aqui quanto em Sampa, dificilmente veremos algo melhor, foram os melhores shows da minha vida sem duvidas, um show complementou o outro, valeu muuuito a pena ir pra SP, eles de novo aqui será muito dificil, já estou satisfeito de shows internacionais, poderiamos fazer um post tipo "o que falta pra ver depois do Radiohead" rs

abraços :)

Alessandro said...

Os Kones são gostosos e práticos, mas acho muito caro.

Aqui tem o SunSaki, na praia de São Francisco que no almoço rola um buffet japa sinistro que custa 24 pratas por cabeça! Em vez de comer dois ou três kones por semana, mato minha fome de comida japa um dia da semana no almoço!

Tudo bem servido e com ambiente legal!

tom said...

KURTZ, O CAMINHO PRO BACKSTAGE NAQUELA CASA DA BARRA É O SEGUINTE: OLHANDO DE FRENTE PARA O PALCO, ENCAMINHE-SE PARA A EXTREMA DIREITA. ALI, ONDE SE VAI PARA A SAIDA DE EMERGENCIA, HA UMA PORTINHA ONDE FICAM UNS SEGURANÇAS, É POR ALI QUE SE ENTRA PARA OS CAMARINS DA CASA.

FELIPE, JA DEI UM TOQUENO ROLINHA PRA VER SE TEM CHANCE DO KOOKS NO CIRCO, DEPOIS DIGO QUAL A RESPOSTA DELE. E QUEM AI VAI AO SHOW DO B-52´S? JA TO LÁ!

iga_rio said...

Fala Tom,

Sou viciado nesses Kones !! mas prefiro um restaurante japones do que apenas os kones... vou ao china barra direto. é um dos meus preferidos.

Tom no topico anterior vc comentou do Burger King.. vai abrir outro na Barra.. dessa vez no Downtown. Parece que a principio eles só vão abrir em shoppings mesmo... mas esquenta não que daqui a uns 5 anos vai ta cheio de burger king por ai.

Abraços,

brunobbl said...

MAS AGORA TBM EM VÁRIOS CANTOS DA CIDADE TEM TBM UMA CONCENTRAÇÃO DE YOGURTERIAS Q A CADA DIA CRESCE TBM MAIS E MAIS.....

atlantic said...

Eu gosto de temaki, mas tenho pena de pagar R$ 10 para comer um. É que acaba muito rápido. Prefiro os restaurantes japoneses mesmo.

Alías, tem um ótimo escondido ali na rua Jornalista Orlando Dantas, em Botafogo, perto da rua Farani. Não lembro o nome do restaurante, mas eles são tradicionais e têm um ótimo preço.

fabio fernandes said...

kone ? só com muita fome ... rsrs

b-52´s ??? já tô lá tbém ! uma das minhas bandas preferidas de todos os tempos; se bobear, vai ser o show gringo mais divertido do ano aqui no rio.

e henrique, tbém sei o caminho das pedras de vários camarins de casas de shows aqui do rio mas tô igual a vc, não saco nada do citibank hall, tem uma galera de fãs planejando visita ao backstage após o show.

se pelo menos souber o hotel em que eles se hospedarão, já tá ótimo ... rs

tom said...

resposta de rolinha do circo sobre possivel show dos kooks no rio:

"Ainda nao acenaram com nenhuma expectativa. Neguinho nao ta muito animado com o Rio de Janeiro, os promotores da turne so tomam trolha aqui e agora com essa parada de crise... Ainda mais depois que o Rio ficou conhecido como o unico lugar em que o Radiohead nao esgotou os ingressos em toda a america latina..."

e nem citou o kiss meia-boca

tom said...

VERDADE, TEM TBM AS YOUGURTERIAS DO TIPO YOGOBERRY (ESTA, SIM, JA FOI POPS AQUI, FELIPE), QUE, HJ EM DIA, VC VAI LA E O UNICO BERRY QUE TEM É O MORANGO, PQ É MAIS BARATO! NUNCA TEM BLUEBERRY OU OUTROS. AINDA NAO SAO NA MESMA PROPORÇÃO QUE AS TEMAQUERIAS, MAS ESTAO AUMENTANDO. TEM UMA NOVA NO LEBRÃO CUJO SORVETE É MAIS TASTY DO QUE O DO YOGO, MEIO "ALIMONADO",,,

Bem said...

O restaurante seria o Kaykio? Ele não havia fechado?

Na Liberdade, eu recomendo almoçar no Nandemoya, que é um japonês "de raiz" e quase que só frequentado pela comunidade da terceira idade.

tom said...

não, sáo duas silabas, separadas por uma apostrofe, tipo kual´he, ou algo asism, eu leio qualé (rs), fica colado com o guimas, ali atras do baixo, nao é o sushi mar. e falando em "japices", essa outra temaqueria q vive as moscas, do lado da pizzaria guanabara no lebrão, tem farto sortimento de melona, nao so os tradicionais, mas cornetos, copos, picoles, sanduiches, provei um de café

Felipe Passarelli said...

Que vergonha essa do Radiohead, mas mesmo assim estava mais cheio que o Iron Maiden e o Kiss...

Quem sabe não role algum Vivo Rio, Citbank, HSBC Arena pra trazer o The Kooks né? Eles brigavam tanto entre si pra trazer as bandas, parece que agora nem querem mais discutir.

Eles vão tocar em São Paulo no Via Funchal, o lugar é tipo a HSBC Arena de lá, enorme, to quase comprando o ingresso, pq gosto mesmo da banda, 2 albums muito bons
e são fodas ao vivo, uma das melhores bandas da new generation.

Mas por enquanto só tem um lugar marcado, com um espaço enorme entre os shows, tenho esperanças ainda, o que tenho percebido aqui é que shows pra galera mais de 30/40 tem lotado muito mais todos os shows.

Elton John até esgotou a pista VIP, Simply Red tinham 8 mil pessoas,
A-HA mais de 6 mil, todos bem apertados, fui em todos e fiquei espremido.

No Keane não tinham nem 3 mil, essa crise complica, somando a alto preço dos ingressos, a maioria dos fãs são estudantes, é difícil arrumar grana mesmo, só os mais velhos pra bancar.

Vocês já dem ter ouvido o novo do Depeche Mode né? Achei sensacional (mas não acho melhor que o Radiohead hehe), e não sei se vcs já viram mas saiu uma entrevista bem bacana com eles na Pitchfork:

http://pitchfork.com/
features/interviews/7643-depeche-mode/

Abs :)

nelson said...

Hoje almocei com minha mulher no Geisha hi-tech do Plaza Botafogo, ela não conhecia e se amarrou no esquema da esteirinha com os pratos rodando. É só pegar e mandar pra dentro...

Vi que no happyhour eles tão com um preço especial...26 pratas. Vale a pena conhecer...

atlantic said...

Bem, acho que é o Kaykio mesmo. Estive lá no fim do ano passado e estava aberto. Se fechou, é uma triste novidade para mim.

Felipe, realmente o preço dos ingressos não ajuda em nada. No entanto, acho que rola muita desinformação e desinteresse. Só assim para justificar o público fraco que o REM teve num sábado à noite.

Sem contar que muita gente que estava no Radiohead veio de fora. Cruzei com uma caravana de fãs do Recife que tinham vindo só pra isso. Depois aproveitariam a onda do "já que estou aqui" pra ver o Cristo, Copacabana, etc.

Se fosse show do Ja Rule, tinha lotado.

tom said...

nao é kaykyo, nao, o lugar nem existia no ano passado e fui la no sábado, é um bar meio com cara de surfe, passa videos de surfe direto n o telao e tem uns bancos de madeira e comida japa em geral, nao apenas konis. e barato. por 9 contos se come um yaksoba, p ex.

sim, pelo menos um terço do publico do radiohead era de fora, senao teria ficado mais vazio. se fosse uma big micareta teria lotado fácil...

Renato said...

Ingresso no Brasil é muito caro !

Eu não ia em show tem muito tempo porque acho um absurdo pagar o valor de ingresso

Eu me lembro que nos idos de 95/96. Eu ia em shows pagando uns R$20 sem carteira de estudante. A explicação era que o real estava valorizado. Ai veio a crise cambial de 1999 e mais os problemas de 2002 em que o dolar bateu quase R$4 e o valor do ingresso explodiu. Só que nunca mais baixou de valor

Eu não ia mais em show de birra mesmo - É roubalheira generalizada

Bem said...

Também não vou a show porque e caro pra burro. Se bem que alguem aqui ja disse que o preco regula com os que sao cobrados la fora.

Felipe Proença said...

comida japonesa cai bem em qlqr hora........aliás, eu amo a culinária japonesa...sushis,sashimis(principalmente os de salmão),temakis, Sabrina Sato....são deliciosos....
Eu ouvi dizer que esses pratos japoneses [sushis,sashimis,temakis...]que aqui no ocidente a gente consome como prato principal,lá no Japão são apenas acompanhamentos de outros pratos quentes, esses sim o prato principal.Esses pratos a base de peixe cru lá seriam como se fosse a salada que acompanha o prato principal daqui....Agora, esses restaurantes que vendem esses cones temaki são muito bem-vindos. muito bons. qnto mais melhor. principalmente se forem bons e baratos.

NA CIDADE

JUNEBUG: Shows - Junho / 2017 Circo Voador 24 - Lamb of God (EUA) / Carcass (ING) / Heaven Shall Burn (ALE)

Teatro Rival 22 – Picassos Falsos 23 – Vinicius Cantuária

Vivo Rio 24 - Beto Guedes & 14 Bis - Participação: Sérgio Hinds 30 – Celebrare

Audio Rebel 22 - Manu Maltez - Participação: Juçara Marçal  25 - Vital & Os Bacharéis / Homobono 29 - Anganga: Juçara Marçal & Emygdio Costa & Cadu Tenório

Sérgio Porto (Humaitá) 22 - Sarah Abdala / Raquel Dimantas / Ana Frango Elétrico 29 - CEP 20.000

Sala Baden Powell (Copacabana) 24 - Cordão do Boitatá: De Gonzagão a Dominguinhos - Participação: Pedro Miranda 25 - Mulheres de Chico 28 - Marcelo Nogueira

Theatro Net Rio (Copacabana) 26 - Sarau da Leda Nagle: Amelinha & Ednardo 27 - Vanessa Jackson: Uma Saudação a Whitney Houston 28 – Dudu Nobre

Teatro Café Pequeno (Leblon) 22 - Verônica Sabino 29 - Jullie

Jeunesse Arena (Barra da Tijuca) 29 – Ariana Grande / Sabrina Carpenter

Subúrbio Alternativo (Brás de Pina) 24 - Toxic Fest:  Korja / Old Kitchen / Genomades / Nove Zero Nove

Imperator 22 – Marcos Valle 25 – Moonspell (POR) 28 - Tunai & Wagner Tiso: Saudade da Elis 29 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Bom Gosto, Lucas de Moraes

Centro de Referência da Música Carioca (Tijuca) 23 - Moacyr Luz 24 - Danilo Caymmi 28 - Duda Brack & Daíra Sabóia 29 - Quarteto Leandro Braga 30 - Cláudio Jorge Teatro Ziembinski (Tijuca) 2xNelson: a falecida/a serpente 23 - Lica Tito

Shell Open Air (abaixo, apenas a programação de shows) Marina da Glória 23 - Sexteto Sobrenatural / Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 24 - 3 Na Bossa

FM Hall 22 - Ludmilla 28 – Anavitória (grátis)

MIXX: 21 - Laura Finocchiaro – Bottle´s Bar / Copacabana 22 - Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 – Theatro Bangu 23 - Montezuma / Santos / Geração Perdida (Vitor Brauer & Jonathan Tadeu) – Motim / Centro 24 - Arraial do Monobloco: Rodrigo Lampreia - Participação: Bianca Chami – Jockey Club 25 - Tay Galega – Saloon 79 / Botafogo

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileira: Águas Claras (DF), Aracaju (SE), Barretos (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Caxambu (MG), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ)

Dia da Música 24/06 – grátis 10h: Força & Garra Jazzman Company Colégio Stephania de Carvalho (São Gonçalo) 10h: Original Black Sound System / Projeto do Nada Espaço Cultural Viaduto de Realengo 12h: Rock na Biblioteca: Átila La TrupEvoé / Corcel Mágico / LaVille / Traqitana / Caos Banal / Taturana de Aço / Senhor Kalota  Biblioteca Leonel Brizola (Duque de Caxias) 13h: Grupo Chorando de Rir / Bico Doce & Samba da Siriguela Cultural Bar (Nova Iguaçu) 13h: Mon-Ra / Nomades Rap Arena Dicró (Penha) 14h: Hugo Ardilha / Menezes / Kali (SP) / Pedro Gama Espaço Multifoco (Lapa) 14h: Molho Negro / Ana Muller / Chicas / Esdras Nogueira / Do Amor / Som Peba e Bobby DJoy + Jeza da Pedra / Linn da Quebrada Praça Luís de Camões (Glória) 15h30: Dub Club Band / Saudades de Cumbia / Melodica Vibezz / Ratel Largo das Neves (Santa Teresa) 16h: Rodrigo Miguez / Luciane Dom Praça Sandro Moreira (Flamengo) 16h: Yassine Lagraf / TMRP MM (Praia de Boa Viagem / Niterói) 17h: Hollywood Mantra / João Azevedo / Banda Gente / Gente Estranha no Jardim / DJ Feminoise / DJ Gisa Morena Palco Coelhão - Praça de Coelho da Rocha (São João de Meriti) 17h: Aura / Monstro Amigo / Anjo Gabriel (PE) Teatro Odisseia (Lapa) 17h: Edson Júnior / O Velho Se Foi La Carmelita (Lapa) 17h: McGee & The Lost Hope / Blind Horse / Hammerhead Blues La Esquina (Lapa) 17h: Monica Avila / Amalá Maracatu Brasil (Laranjeiras) 17h: Mon-Ra / Lado A / Aika Cortez / Selvagens da Noite HF (Alameda São Boa Ventura / Niterói) 17h: Senhor Kalota / Roterdan Centro Cultural Joaquim Lavoura (São Gonçalo) 18h: Jota / Rataria Nuclear Praça das Juras (Bangu) 18h: Floppy Flipper / Alambradas Motim (Centro) 18h: Coronel Soares / McGee & The Lost Hope / MOS / Giallos (SP) Escritório (Centro) 19h: The Zacatto / Hero-Beat Jack Praça Jorge Pinheiro (Parque Veneza / Belford Roxo) 19h: Karla da Silva / Pietá Praça Guilherme da Silveira (Bangu) 19h: Zé Bigode / João Azevedo / Samba de Dois Casa Aberta (Rocha) 19h: Dulcineia Enferrujada / Eddu Grau Largo do Boi Tolo (Praça XV) 19h: Caroline Alves / Hugo Ardilha / Menezes / Raul de Barros Jr. Il Piccolo Caffè Biergarten (Lapa) 19h: Zanzibar / Luciane Dom Sobrado Boemia (Praça São Salvador / Laranjeiras) 19h: Luiza Sales / Malundu Galpão Ladeira das Artes (Cosme Velho) 19h: Labibe / Hollywood Mantra / Projeto do Nada / Gente Estranha no Jardim Bar do Nanam (Praça Tiradentes) 20h: Dois Infinitos / Bruno Perez Pub Panq´s (Tijuca) 20h: Mihay / Marcelo Vig / Raquel Coutinho Bar Semente (Lapa) 20h: Thiago Nassif / Avec Silenzi Audio Rebel (Botafogo) 20h: Caroline Alves / Labibe Quintal do Miguelito (Recreio dos Bandeirantes) 21h: Qu4rto Teto / Reduto Sunday Rock (Cosmorama / Mesquita) 21h: Canto Cego Praça Jackson do Pandeiro (Santa Cruz) 22h: TopVox / Fuzzcas Saloon 79 (Botafogo) 23h: Dub Ataque / Aika Cortez Praça Marechal Âncora (Centro) 23h: Blind Horse / Pantanum (PR) / The Mountain Season / Son Of A Witch (RN) Coletivo Machina (Lapa

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ Caixa Cultural 19h - R$ 20 29 - Encontro das Gerações do Folk e Rock Rural: Tuia, Tavito, Guarabyra, Ricardo Vignin

Zé Bigode apresenta Fluxo ao vivo em show gratuito no Parque das Ruínas (1/7) a partir de 17h

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

MOSTRA DE CINEMA COLOMBIANO TRAZ A CALIWOOD DE LUIS OSPINA PARA A CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO A programação reúne 34 filmes, sendo 29 realizados pelo cineasta, que participa da mostra em uma masterclass no dia 1º de julho Caliwood de Luis Ospina: Cinema colombiano de vanguarda, em cartaz na CAIXA Cultural Rio de Janeiro de 27 de junho a 9 de julho de 2017. Com curadoria de Lúcia Ramos Monteiro, a mostra traz uma retrospectiva completa do realizador colombiano fundador do Grupo de Cali e expoente do cinema independente da Colômbia.

SHELL OPEN AIR: O Shell Open Air, maior cinema ao ar livre do mundo, volta ao Rio de Janeiro de 7 a 25 de Junho na Marina da Glória. Com uma tela de cinema gigante de 325m², o público poderá assistir clássicos, blockbusters, além de assistir a shows.    a programação de cinema contará com filmes como Velozes e Furiosos 8, La La Land, Deadpool, Fragmentado, Animais Fantásticos e Onde Habitam,  A Bela e a Fera, Moana,Sing – Quem canta seus males espanta, Rush – No Limite da Emoção, Rogue One – Uma história Star Wars; Os clássicos Moulin Rouge, Footloose, O Iluminado, Alien – O Oitavo Passageiro, Dias de Trovão e Elis e Minha Mãe é uma peça 2.

HANSON CHEGA AO BRASIL COM A MIDDLE OF EVERYWHERE 25th ANNIVERSARY WORLD TOUR   24 de Agosto no Km de Vantagens Hall RJ (antigo Metropolitan), no Rio de Janeiro; 25 de Agosto no Km de Vantagens Hall BH (antigo BH Hall), em Belo Horizonte; e 26 de Agosto no Citibank Hall, em São Paulo


1ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo Especial Mohamed Khan Homenagem a um dos mais aclamados cineastas do país Exibição de 13 longas-metragens e realização de um debate com a presença de Wessam Soliman, viúva de Mohamed Khan e roteirista de A menina da fábrica, Meninas do Centro e No apartamento de Heliópolis CCBB Rio de Janeiro – 14 a 26 de junho



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers