Pular para o conteúdo principal

perdido nas noites

não, eu não levei um "perdido" nem estava realmente assim, mas, nos últimos findes, aproveitei pra dar uma geral na "náite" alternativa carioca, que se resume a meia dúzia de lugares. depois de um rasante en passant pela lapa (nao me sinto bem ao lado de hippies e falsos malandros), fiz a gira electro-rock. antes, na sexta, fui conhecer o solar de botafogo, um lugar bacana que é um misto de bar, clubinho, galeria de arte e tem um teatro onde, só até hj, a cida moreira cantava tom waits (provavelmente melhor que a scarlet). o lugar ainda não foi descoberto e quando se passa na porta nem se imagina o q tem ali, mas é um espaço muito bacana. tomara que alguma festa boa emplaque por lá. daí, dei um rasante no niver de miss playmobil no dama, que tava ok, mas nao suporto a pista idj, no qual um som tosco sai de uma aparelhagem mais tosca ainda, que nao bate nem o som do meu pc (não abafa nem as conversas). mas a casa é uma das raras do rio que tem personalidade (e uma dona que sabe o que ta fazendo). quando nao mais existir, todos vao se lembrar com nostalgia. cara boa tbm tem a pistinha bar do fosfobox, onde passei no sábado, após um chill in entre amigos. atualmente prefiro ela ao porão, pq o som é melhor. além do mais, é proibido fumar lá. aliás, o quesito som é uma constante no rio, onde "djs" de ocasião tocam cds ripados de mp3 em aparelhagens de quinta, criando uma geraçao que vai se acostumar a achar que aquela porcaria que sai das caixas (não o conteudo, mas o audio) é bom. nesse ponto, sinto falta do som da smith (excelente) e do cubatão. hj em dia, som bacana só em boate de playsson. bem, pela matriz (que é aconchegante e tem um p.a. pouco melhor) e pista 3 passei só na porta, ainda no sábado, chovia, uns gatos pingados bebiam em volta, mas, como na noite em geral, tava tudo meio devagar. carioca é gato escaldado, choveu, vaza geral. estranho, pq a gente cultua londres e ny, e lá, chova ou faça neve, as noites bombam igual (como em sp, too). aliás, é até melhor ir ferver numa festa em dia frio do que no verão. eu prefiro. ma babe notou que tinha muita biba nas festas. as amigas dela que estão sem namorado penam pra achar alguem. ah, confirmou a transformação da bunker em americanas express. por outro lado, ali mesmo em copa, ha uns dois quarteiroes da bunker, vai abrir uma parada nova em dois meses. e mais nao posso falar agora. periga virar o hit do próximo verão, esse clichê que move nossas vidinhas por aqui...

Comentários

  1. realmente tom, acho a proposta de surgirem mais espaços alternativos aqui no Rio...

    Atualemnte estou meio desatualizado pois me acho meio velhinho para frequentar matriz e fosfo( só tem garotada... rs...)

    Mas uma coisa que sempre notei em lugares alternativos, e que achava bem ruim, era o som desses lugares...

    Como já falei aqui uma vez, fui na Nuts... e tive que me render...
    Tirando os PLAYBAS e as CACHORRAS,
    o lugar em matéria de som e conforto, acho sem comparação, na
    atualidade...

    O Cubatão e Smiths realmente deixaram saudades, em compensação, a GUETO e a BANG, eram dois lugares com uma organização bem amadora...

    abraços!!

    ResponderExcluir
  2. dois minutos de silêncio para bernie mac e isaac hayes !

    ResponderExcluir
  3. poize, esqueci de comentar a passagem do bernie mac (fez o bosley negro nas panteras 2)ontem, e fiquei sabendo agora do hayes pq tava fora o dia todo. o curioso é queu tava de stand by do jornal esperando pela noticia da morte do paul newman desde sexta, e estes dois foram antes, sem aviso. no fim, hayes, que fazia o chef de south park, vacilou pq ficou contra a serie, por motivos idiotas (politico, religioso) e pediu pra sair da serie...

    ResponderExcluir
  4. bambaataa, so fui uma vez na nuth, num sabado a tarde, pq um camarada meu, que é dj, tava ajudando na organizacao de uma festa que rolou la e me chamou. tipo, tava de bobe, tinha um rango free, ia na barra, entao passei la. mal fiquei uma hora. o lugar me da asco. as pessoas, o tipo de musica, tudo é aflitivo. mas o som do pa deles é realmente espetacular (é bose!)

    ResponderExcluir
  5. é difícil achar noite legal no rio hj em dia.
    e se chove, já era, neguin some!
    sua babe e amigas estõa certas nas opiniões.
    eu, como frequentadora de matriz, memso sendo das antigas (rsrs), ainda acho q é um dos lugares onde aibnda se consegue ter um som bacana, com novidades. gosto tb da fosfo.
    confesso: fui à nuth uma vez na vida, num aniversário e, claro, a estrutura é outra, mas, a frequência, realmente, nunca me motivou a voltar. sem contar os hits. um horror.
    bjss

    ResponderExcluir
  6. duas do mundo bizarro:

    1- o irmão de mohammed ali, o cara que matou a garota inglesa em goiania, se chama bruce lee!!!

    2-os falecidos bernie mac e isaac hayes estarao juntos nas telas num filme chamado "soul men", que estreia em novembro nos eua!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Winner winner, chicken dinner!

É o lema de quem ganha na mesa de blackjack (21) em Las Vegas. A frase, que diz a lenda, é de autoria de um oriental, que quebrou a banca num dos cassinos da cidade nos anos 50, é dita várias vezes no filme "21" (aqui, "Quebrando a banca"), que estréia semana q vem e vi hj cedo numa cabine. Ela significa algo como, quem ganha paga o jantar. O filme é interessante. Apesar de envolver galera e ter uma trilha sonora atual (com direito a faixa inédita do LCD, não tem aquela edição frenética MTV. Até porque, a história de um grupo de geniozinhos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que têm a capacidade de contar decks de cartas de baralho (sem precisar ser autistas, como o rain man) e vão faturar algum na maciota em Las Vegas, aconteceu mesmo na vida real. Isso é o ponto de maior interesse no filme, sacar os bastidores desse fato verídico. Os atores, a maioria novatos (tem o carinha de "Across the universe", mas tbm tem Kevin Spacey e a gatinha Kate …

KELVIN?

UNZAMIGOS MEU FORO RANGAR EM COPA DEPOIS DO SHOW DO JUSTICE E ACABARO ALI NA REGIAO DA PRADO JUNIOR TRAÇANDO UM GALETO COM AS PUTAS E TRAVECO. DADO MOMENTO, UM DELES VE UM ANUNCIO COLADO NUM ORELHÃO DO LADO DO BAR QUE DIZIA: "LOURINHA GOSTOSA. FAÇO KELVIN ATÉ O FINAL!", AI, GERAL BOLOU. O QUÊ OU QUEM DIABOS É KELVIN? NEGUIM JÁ DESCOLADO EM PUTARIA NÃO SABIA O QUE ERA AQUILO. KELVIN? WHATTAFUCK? A SOLUÇÃO? LIGAR PRA PUTA, É CLARO. AÍ, ELA EXPLICOU A PARADA: KELVIN É FAZER GARGANTA PROFUNDA ATÉ O FINAL SEM USAR CAMISINHA (20 CONTOS). MATADA METADE DA CHARADA. MAS POR QUE KELVIN? FIZ UMA BUSCA NO GOOGLE E SÓ APARECERAM DOIS LINKS SOBRE A PARADA!!! (O RESTO TODO ERA LIGADO A PESSOAS CHAMADAS KELVIN OU AO GRAU KELVIN). UM ERA UM FÓRUM NO QUAL A MESMA RESPOSTA E PERGUNTA QUE FAÇO AQUI ERA REQUERIDA, OUTRO ERA UM ANUNCIO DE JORNAL DE UMA VAGABA QUE FAZ KELVIN. ENTÃO, O MISTÉRIO CONTINUA: POR QUÊ KELVIN? ALGUÉM AÍ SABE?

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY