Pular para o conteúdo principal

O contrato

Casamento é um contrato. Vc tem q garantir à pessoa (e à sociedade) q vai seguir certas regras. O assunto não me interessa, pq n acredito q alguem precise disso pra amar e viver com alguém. Vivo sem contrato e, se um dia quiser fazer uma festa, será para meus amigos e com banda ao vivo e tudo. Conheço quem ja fez isso tres vzs e não aprendeu. Mas festas de casamento são um curioso exercicio de humor e antropologia social. Vc ve o qnto se gasta na cerimonia, mesmo q a grana desse pra comprar e mobiliar um bom apartamento pros pombinhos. É preciso mostrar aos outros (ou a familia do noivo) o q se tem. Geralmente as festas sao em locais cafonas com decoração de gosto duvidoso e trilha sonora ainda pior. Mesmo q o casal seja jovem, o DJ manda as mesmas musicas de sempre, breguices dos ultimos 40, 50 anos, tudo mal mixado. Tem o módulo gay de lei (village people, disco divas etc), o good times 98, o rock das antigas, e, no finalzinho, com todo mundo bebado, rolam os piores funks do momento (bom pra ver os mais sérios pagarem mico). Nada de um rock/pop mid-back, que tenha a ver com a idade dos presentes, parece que a seleção foi feita pelos avós destes. E, o q nunca entendi, usam "New york, ny", do Sinatra, pra se dançar coladinho, mas a música sequer é romântica, fala de uma pessoa q tenta vencer na vida em Manhattan, é até meio dramática. Nunca entendi isso. Sinatra tem musicas (milhares) mais a ver com o momento. Daí, rola aquele olhar de "será q to fazendo a coisa certa?", na cara dos noivos. Se forem muito novos, vao pensar: po, to deixando de transar com varias pessoas que tava a fim e q estão aqui. E ai, até rolam os casos que acabam com os casórios meses depois. É tudo meio patético. Pra quem ve, o lance é beber o que der e depois cair na farra e, quem sabe, faturar uma dama de honra atrás das cortinas. A síntese disso está no sensacional filme "Cerimonia de casamento!", do Robert Altman. Está tudo dito ali...

Comentários

  1. porra, tom leão, na mosca seu comentario, na minha turma,
    consegui fujir varias vezes, mas
    ano passado um amigo meu me laçou
    e me elegeu para padrinho...

    cara, que mico paguei... e depois
    na festa, todo mundo doidão...
    rola exatamente a sequencia que falou...

    esse filme que falou me lembro
    dele em 78 ou 79, mas não tinha idade para ver... dizem que é muuito bom...
    sabe se tem em DVD?

    abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Cara no meu casamento eu escolhi a trilha/pista!
    Se fosse por mim seria mais legal, mas minha esposa deu uns pitacos!
    Rolou muito 80s (Cure, Souxsie, Pixies, X, Echo e o cacete!!!), Vários dos 90s. Não deixei de fora algumas velharias, mas pensei em algo mais eclético possível!!!

    A maioria nem sabia o que saia das caixas de som, mas dançavam!

    Uma das melhores foi todo mundo dançando "Afro" do Jon Spencer Blues Explosion.

    Ninguém tinha ouvido falar "naquilo", mas o som do baixo da musica deixou todo mundo louco!

    Até meu sogro dançou!!! hehehehe

    ResponderExcluir
  3. O meu foi parecido com o do Alessandro. Casei em frente a Lagoa, com DJ incluido...mas é óbvio que não podia rolar o som de sempre...
    Peguei um case gigantesco...anotei com retropojetora em cada cd os números das músicas(deu um trabalho do cacete), e falei pro cara tocar na sequência...rolou de Pixies à Aswad...e todo mundo dançou loucamente umas 4 horas! É claro que os drinks ajudaram...rs...mas até hoje neguinho comenta...

    ResponderExcluir
  4. tom,no meu casamento uma coisa é certa:eu serei o dj!!!

    na verdade não queria uma cerimônia tradicional, mas minha noiva vêm de uma família mais conservadora, católica, bla bla bla...

    consegui eliminar umas caretices,mas até chegarmos a um meio-termo foi uma discursão só, pois acho tudo isso uma baboseira corporativista, e a família dela queria tudo com esses clichês retrógrados que vc falou.minha mãe , pra vc ter uma idéia, tem 67 anos e é fãzona do echo...água e óleo total, né?

    sem contar as dívidas q vão ficar depois!

    só com o dinheiro gasto nessa pajelança toda faria uma casa nova pros finde.ou uma viagem bacana com ela.

    geralmente festas de casamento são chatas pra c....

    PS:coveiro alessandro, tem alguns álbuns do flop! no soulseek, menos o espetacular de estréia "whenever you're ready".

    ResponderExcluir
  5. Eu sou da escola Woody Allen de " Casamento" : é cada um na sua casa , com uma ou duas dormidas juntos por semana . Cerimônias de casamento são o icone mor da decadência burguesa-judaico-cristã , e por isso mesmo não perco um !!! É sempre divertido observar os clichês , e o melhor , sempre voltar pra casa com o bucho cheio , mas feliz por ser o ultimo celibataire da turma !!

    ResponderExcluir
  6. na real, o q me incomoda mesmo em casamento é o ritual de lo habitual. fui num casorio de galera, o noivo tem uma banda, e nem assim rolou um rock ou mesmo a banda do cara tocou pq a familia da noiva queria tudo como manda o antiquado figurino (a musica mais nova do dj foi promiscuous (!) da nelly furtado. isso me da tanto panico q qndo tive alguma namorada q quis algo mais comigo no passado, chequei antes a familia e ja deixei ate algumas pq senti o cheiro de casamento brega no fim da corda (rs). é mais jogo pegar essa grana jogada fora e fazer uma boa viagem com hotel cinco estrelas e classe executiva. e ainda sobra algum...

    ResponderExcluir
  7. "Cerimônia de Casamento" só vi uma madrugada na grobo, faz tempo pra caralho (uns 20 anos pelo menos). Alguém sabe se saiu em DVD?

    ResponderExcluir
  8. sorte dos coveiros q se casaram sem essa parte chata da parada. e, como diz o vader, geralmente aceito o convite pra ir em casorios pq vale a pena ver esse painel humano, sem contar q come-se e bebe-se bem (rs). ja fui padrinho duas vzs, de dois grandes amigos, que ja estao separados (um deles ate insistiu de novo e deu água). alias, sou um dos unicos de minha turma q n se casou dessa forma e mesmo assim to na boa com minha babe ate hj. uma coisa importante, tbm, q nos dos fizemos antes, foi namorar bastante. casar com o primeiro (a) é furada, pq o sexo e tudo o mais nao é igual com todos, e ai neguinho acaba traindo e tal. há excecoes, claro, como tudo na vida. mas acho q vc tem q aproveitar geral ate perto dos 30, peo menos, pra poder embarcar nessa com mais segurança (falou o conselheiro matrimonial (rsrs)

    ResponderExcluir
  9. Vc disse tudo TL!

    Pior que tem novidades nos casamentos sim, aquelas palhaçadas de chapéus de todos os tipos, colares que ficam cintilando sem parar, plumas, oculos coloridos etc. Estragaram o carro do meu sobrinho com farinha, o vidro noa fechava!

    Tocar funk é direto, se a pista tá vazia, toca o Créeuu, fica lotada!!!

    Um dia fui numa festa de 15 anos, que pra mim se encaixa na definição que vc fez sobre casamento, Alto da Tijuca tudo da melhor qualidade tinha um espelho muito grande ao lado da pista de dança, só tocando funk, tipo, "abaixa aqui"", "Abaixadinha"...

    As garotas, muitas de mini saia todas produzidas fazendo "pelvis dance" na frente do espelho, uma roçando na outra, "peep show" perde, o segurança da festa, que ficava perto do DJ tava quase ficando vesgo...

    Estou 8 anos com minha mulher sem casar... Mas mulher gosta disso, de casamento! Não tem jeito.

    ResponderExcluir
  10. O meu casamento foi bem diferente. Tocaram Camilo Rocha, George Actv, Claudia Assef, Daniel Cozta, Chris Libetator, Jemory Hill, entre outros, :D) fora as loucurarinhas a parte...
    Fizemos a festa para mostrar aos amigos o quando estávamos (e estamos felizes). Toda forma de amor é válida!
    E vamos combinar, casamento é muito divertido. Pena que os amigos estão casando cada vez menos.

    ResponderExcluir
  11. poize, demorei pra achar uma que nao faz disso uma meta. ha algo de magico em se casar pras mulheres, que foi inserido no dna delas ao longo dos seculos pelas regras do machismo e da igreja (tipo, de mostrar pra sociedade algo como "agora sou uma mulher, achei o meu principe etc"). combinei de, um dia, quem sabe, quando a gente completar uma data redonda e longa, fazer uma festa bacana pros amigos, com show, pista e todo o tipo de locura q for possivel. de repente num inferninho (rsrs). a dani que postou aqui é minhamiga e o casorio dela em sp foi muito legal, pq nao teve influencia externa das familias, só ela e o marido combinaram tudo. bacana. ah, o filme do altman so vi em vhs e qndo passou na tv. acho q nao tem em dvd. mas como o cara morreu recentemente, quem sabe daqui a pouco sai numa caixa especial

    ResponderExcluir
  12. agenda do dj ziggy para abril:
    sexta, 11 de abril: 10 anos de alien nation no dama de ferro (ziggy na pista 2)
    sexta, 18 de abril: cinco anos da fosfobox all weekend (eheadz no fosfobar)
    sábado, 19 de abril: pista 2 da festa paradiso na casa da matriz (tito & edinho)
    *a partir de maio a eheadz será mensal na matriz, sempre no terceiro sábado.

    ResponderExcluir
  13. Só existem 2 tipo de ser humanos felizes:

    A mulher casada e o homem solteiro :)

    ResponderExcluir
  14. Perfeito, Tiger!!!
    Hahhahahha, adorei cada comentário - certeiros!!!
    Casamento é programíssimo de índio. Geral adora porque tem boca livre - q baixo nível - não têm comida em casa?! Po, feião isso :B

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Winner winner, chicken dinner!

É o lema de quem ganha na mesa de blackjack (21) em Las Vegas. A frase, que diz a lenda, é de autoria de um oriental, que quebrou a banca num dos cassinos da cidade nos anos 50, é dita várias vezes no filme "21" (aqui, "Quebrando a banca"), que estréia semana q vem e vi hj cedo numa cabine. Ela significa algo como, quem ganha paga o jantar. O filme é interessante. Apesar de envolver galera e ter uma trilha sonora atual (com direito a faixa inédita do LCD, não tem aquela edição frenética MTV. Até porque, a história de um grupo de geniozinhos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que têm a capacidade de contar decks de cartas de baralho (sem precisar ser autistas, como o rain man) e vão faturar algum na maciota em Las Vegas, aconteceu mesmo na vida real. Isso é o ponto de maior interesse no filme, sacar os bastidores desse fato verídico. Os atores, a maioria novatos (tem o carinha de "Across the universe", mas tbm tem Kevin Spacey e a gatinha Kate …

KELVIN?

UNZAMIGOS MEU FORO RANGAR EM COPA DEPOIS DO SHOW DO JUSTICE E ACABARO ALI NA REGIAO DA PRADO JUNIOR TRAÇANDO UM GALETO COM AS PUTAS E TRAVECO. DADO MOMENTO, UM DELES VE UM ANUNCIO COLADO NUM ORELHÃO DO LADO DO BAR QUE DIZIA: "LOURINHA GOSTOSA. FAÇO KELVIN ATÉ O FINAL!", AI, GERAL BOLOU. O QUÊ OU QUEM DIABOS É KELVIN? NEGUIM JÁ DESCOLADO EM PUTARIA NÃO SABIA O QUE ERA AQUILO. KELVIN? WHATTAFUCK? A SOLUÇÃO? LIGAR PRA PUTA, É CLARO. AÍ, ELA EXPLICOU A PARADA: KELVIN É FAZER GARGANTA PROFUNDA ATÉ O FINAL SEM USAR CAMISINHA (20 CONTOS). MATADA METADE DA CHARADA. MAS POR QUE KELVIN? FIZ UMA BUSCA NO GOOGLE E SÓ APARECERAM DOIS LINKS SOBRE A PARADA!!! (O RESTO TODO ERA LIGADO A PESSOAS CHAMADAS KELVIN OU AO GRAU KELVIN). UM ERA UM FÓRUM NO QUAL A MESMA RESPOSTA E PERGUNTA QUE FAÇO AQUI ERA REQUERIDA, OUTRO ERA UM ANUNCIO DE JORNAL DE UMA VAGABA QUE FAZ KELVIN. ENTÃO, O MISTÉRIO CONTINUA: POR QUÊ KELVIN? ALGUÉM AÍ SABE?

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY