Pages

Sunday, March 02, 2008

HITCH ME!

COMO FÃ DE CINEMA ADORO "COLECIONAR" DIRETORES E SUAS FILMOGRAFIAS. MEU TOP É KUBRICK, MAS O QUE PRIMEIRO ME DESPERTOU PRA ISSO FOI O HITCHCOCK. DESDE PEQUENO, NAS MADRUGADAS DA TV (QUANDO NÃO HAVIA INTERNET E TV A CABO, ERASSIM QUE EU ZUMBIZAVA), ME ACOSTUMEI A VER CRIME, MISTÉRIO E SUSPENSE ENVOLVENDO BELAS MULHERES E GALÃS BEM VESTIDOS. VERTIGO FOI O QUE MAIS ME IMPRESSIONOU. POIS BEM, A VANITY FAIR DO MÊS VEM COM UM ENSAIO BACANA BASEADO NOS MELHORES MOMENTOS DE FILMES DE HITCH COM ATORES DE HOJE REVIVENDO AS CENAS EM FOTOS REFEITAS POR QUATRO DIFERENTES ARTISTAS A PARTIR DAS ORIGINAIS). SE QUISER COMPRAR A REVISTA, TA NAS IMPORTADORAS POR ENTRE 25 E 34 CONTOS (DEPENDE DA DATA, AVIÃO/NAVIO). DEVERIAM VIR NUM CADERNO À PARTE, PQ A DOBRA DA GROSSA REVISTA INCOMODA. MAS AINDA BEM QUE EXISTE A INTERNET.

CLIQUEM NO TÍTULO DESTE POST E COPIEM AS SUAS FAVORITAS DO SITE DONDE TIREI ESTAS, SEM DOBRAS E EM ALTA RESOLUÇÃO...

*selecionei mimhas favoritas: Jodie Foster em "Os pássaros", Charlize Theron em "DIal M for murder" e Marion Cotillard em "Psycho".

41 comments:

André Bacil said...

Oi Tom!

De Kubrick eu sei muito, mas eu tenho um mega buraco existencial em Hith... só vi o Psicose e Janela Indiscreta...

Bom, basicamente passando pra dizer oi xp

pacheco said...

Meu favorito do Hitchcock é vertigo!! =D

PEDRO BAMBAATAA said...

tom leão, meus
diretores favoritos são:
Mr.Kubrick e Allan Parker...
Do primeiro, nunca me esqueço de um filme, que vi dele... "dr
fantástico" no corujão...
queria ver esse filme de novo
nunca mais achei...

o hith, tb é sensacional, gosto
muito de um filme dele que se
passa acho que no marrocos...
me esqueci o título...
muito legal...

seu maior discipulo foi brian
de palma, que copiou muita
coisa de hith...

tom said...

falandre! seja bem vindo a cova! se quiser ver os passaros, falacom igor. vertigo é meu favorito pq tem esse lance do filme duplo, da pessoa dupla, e do cara q se fode em dobro! muito copiado, ate por novelas. bambaataa, dr strangelove tem em dvd, revi ha uns dois anos. é a unica comedia q qndo acaba vc ta com as calças molhadas de medo, pq aquele tipo de parada ainda pode acontecer (melhor atuação do peter sellers, em tres ou quatro papeis). o filme do marrocos acho q é o homem q sabia demais. no conjunto de obra, os filmes de kubrick me impressionaram todos, pq sao absolutamente perfeitos e unicos e jamais os esqueço. e os do hitch, algo mais pop, dao a vontade de fazer cinema qndo vc é jovem, pq sao filmes-truque sensacionais. os dois malucos deixaram as suas assinaturas pra sempre no cinema. fecho a minha trindade com o billy wilder. sunset blvd é muito foda (tbm vi na tv, moleque, fiquei impressionado, recentemente comprei o dvd, se acha no saldo das americanas com certa facilidade), so pra citar um, fora some like it hot e uma fileira de outros...

brunobbl said...

po. kubrick é sinistro.

gostava de alguns filmes do coppola, woody allen e o scorsece que não tem uma filmografia tão rica qt o kubrick. muito menos o de palma.

parabéns por sua matéria com o´leo jaime no grobo de hj. é um dos únicos artistas dos 80 q ainda ouço com prazer.

abs

Alessandro said...

Diretores favoritos:
Kubrick
Hitchcok
Woody Allen
Truffaut
Scorcese

[OFF]
Consegui uma cópia do "crássico" Furia de Titãs e já vi umas 3 vezes desde quita-feira!!!!

S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!!!

fabio fernandes said...

do velho e bom hitchcock o meu preferido é vertigo, desde sempre.
mas tbém adoro ladrão de casaca/to catch a thief, festim diabólico/rope e the birds, nesta ordem.

algum tempo atrás comprei, num desses saldões da americanas, sunset boulevard e tbém fúria de titãs !

ah, e o meu preferido do billy wilder é ace in the hole/a montanha dos sete abutres. inclusive, um dos capítulos da minha monografia é justamente sobre o filme. que infelizmente não saiu em dvd por aqui. algum tempo atrás, por sorte, encontrei um camelô na uruguaiana vendendo o vhs por uns r$ 15: comprei e digitalizei na hora !

tom said...

hitch tem mais do que o triplo de filmes que o kubrick, que so filmava quando achava algo que realmente interessava. de hitch, meus favoritos, assim de sopetão, são: vertigo, rope, janela, psycho, passaros, a sombra de uma duvida e estranhos num trem. kubrick, todos sao foda (um pouco menos o ultimo, eyes wide shut), mas meus tops são: laranja, dr strangelove, 2001, barry lyndon, iluminado, o grande golpe (o filme que praticamente criou a narrativa usada por tarantino em caes de aluguel!). pena que ele nao fez a.i, que foi totalmente estragado pelo steven spielberg!!!

Bem said...

http://ghosts.nin.com/main/home

Nine Inch Nails have released their new album, Ghosts I-IV, as a free download under a remix-friendly Creative Commons license. The band is selling a selection of collectible, high-margin media with the music on it, and will presumably tour and sell tickets to people who got turned on by the freely copyable music.

Q: Is Ghosts I-IV available elsewhere?
A: You can also purchase the download from Amazon's MP3 store right now. The deluxe versions are available for pre-order from Artist in Residence (A+R) as well. Check out their other work.

The same 2xCD you can purchase here and a $39 4x vinyl edition (on 130 gram vinyl in a double gatefold package) will be available at retail in North America (April 8), Australia (April 5), the UK (April 8), Japan (April 5), and most European territories (April 8).

Q: Is the musical content of the CD versions any different from the downloads available here?
A: No, the CD versions contain the exact same 36 tracks as the full download.

Other information:
Ghosts I-IV is licensed under a Creative Commons Attribution Non-Commercial Share Alike license.

pacheco said...

Discordo sobre completamente AI ter sido estragado completamente por spielberg... o filme é fenomenal! E tem muita cara de kubrick!

tom said...

se a.i. tivesse sido dirigido pelo kubrick, ele jamais teria feito aquele final/apendice ridiculo, com a chegada dos ets e coisa e tal. o final teria sido simplesmente a cena em que o menino clone afunda na escuridão. e pronto. pra mim, o filme acaba ali. ate entao, tava indo razoavelmente bem, spielberg manteve o tipo de som, fotografia e enquadramentos que o kubrick faria. mas aquele final infantil borrou tudo. imagine laranja mecanica com um final explicando o alex? ou o monolito negro de 2001? nao dá

PEDRO BAMBAATAA said...

concordo inteiramente com vc tom sobre AI... vê-se o com nitidez
incrivel, quando spilberg estraga
a massa do bolo, como vc descreveu
no seu coment... tive a exata sensação... tinha tudo para ser
uma obra prima!

abraços!!

tom said...

ATENÇÃO: A BANDA LOS BIFE PASSOU PARA A SEMI FINAL DO DUELO NO SALOON, APOS TRES ETAPAS BEM DISPUTADAS. A PRÓXIMA APRESENTAÇÃO SERÁ NESTA QUINTA-FEIRA (06/03/08), AS OITO DA NOITE, NO BAR SALOON (PINHEIRO GUIMARAES 129, BOTAFOGO, PERTO DO COLEGIO ANDREWS). ENTÃO, COMPAREÇA, PQ O VOTO POPULAR TBM CONTA PRA LEVAR PRA FINAL!!!

Felipe Maynard said...

R.I.P. Jeff Healey.
"While my guitar gently weeps" e "stuck in the middle with you" foram gravações históricas do cara.

pacheco said...

Também não gosto do finzinho pós final do filme (sim, concordo que o filme acaba ali onde vc disse). Mas acho tremenda injustiça falar que um filme é horrível por causa do final, o resto é fenomenal! Imagina que o filme acaba ali e pronto, excelente filme! =D

tom said...

a capa dessa vanity fair, pra quem estiver a fim de mais conteudo, é sobre as novas estrelas de hollywood (só mulheres), é tripla e se desdobra em partes. na ultima dobra tem a elisabeth banks (a caipirinha sexy de slithers), na penultima tem a alice braga e a amy addams, na capa a inevitavel ellen page, entre outras. ha tbm encartado um livrinho relativo ao oscar do ano, mas esse ja foi. a revista pesa quase um quilo!

Felipe Passarelli said...

off:

falaí tom!

caraio que showzaço o do Iron no Domingo em sampa, bonito de ver fãs que realmente estão entregues em um show e não preocupados em puxar o cabelo da mina do lado. o campo do palmeiras é bem localizaado, dai fomos uns amigos passear na galeria do rock e no bairro da liberdade que não conhecia ainda. rolaram todos os clássicos dos 80's e fear of the dark. bom demais, to hiper-rouco, chuveu muito durante 15 minutos depois de ter feito mó calor o dia inteito, mas mágicamente a chuva parou na hora do show. valeu super a pena apoveitei cada segundo, ficou pra história.

agora o que me deixa puto é de não trazerem eles pro rio, só na excursão que fui sairam 6 onibus! publico tem, lugar tem, eles não quiseram arriscar.

e aí, alguem da cova (tom) gosta ou gostava de iron maiden, ou tem algo contra isso tudo?

abraços up the irons!

Rainha Popota said...

Eu vi sobre essa vanity fair no E!! Fiquei até com vontadinha de comprar, mas revista importada é um assalto, meu deus!

E, bem, eu sou cinematograficamente ignorante e geralmente gosto dos filmes individualmente, e não de toda a linha do diretor. Acho que só posso indicar realmente um diretor que eu gosto de um modo geral, que é o Tim Burton. Mas, de qualquer modo, amei o "Janela" do Hitchcock (só vi esse) e "Laranja Mecânica" é meu filme preferido ever (tipo top 3), mas não posso me chamar de fã do Kubrick em si. Ah, e também achei o 2001 bem genial e tal.

Aaaaah, e AI realmente teria TUDO pra ser GENIAL, não fosse aquele final escroto. Eu sinto que esses diretores megalomaníacos ( tipo Spielberg e Peter Jackson) têm um problema sério: não sabem a hora de parar! Céus, mais é menos, pessoas! Odeio King Kong até hoje por causa daquela enrolação eterna. Tudo bem, Peter, a gente já entendeu que você tem bons efeitos, não precisa ficar exibindo eles eternamente! Gosh...

E pooooxa, o Jeff Healey morreu? Ele era tipo cego e tal. Minha mãe ouvia muuuuuuuuuuito, "While my guitar gently weeps" rolava o dia inteiro por aqui - e me deixa extremamente melancólica até hoje.

Rainha Popota said...

P.S irrelevante: O Samuel disse que o nome artístico dele quando for virar um famoso diretor de filmes adultos será "Alfred HUGECOCK".

Como eu disse, irrelevante.

tom said...

alias, entre os meus diretores favoritos que estao vivos (pq hitch, kubry e billy ja se foram), pelo conjunto de obra o meu favorito é tim burton, seguido de perto por david cronemberg. so dois criaram um tipo de filme e estetica q so eles sabem fazer direito. spielberg é legal, mas as vzs faz filmes solenes pra ganhar premio e estes geralmente sao chatos. kubrick nunca ganhou oscar de diretor, nem hitchcock. e dai?

iga_rio said...

Fala Tom,

To meio sumido aqui da cova devido a uns compromissos profissionais, mas já to de volta...
A minha lista de diretores favoritos é parecido com a de quase todos aqui, Kubrick, Scorcese e etc...
Porem tem três que não vi serem citados aqui:
Spilberg ( marcou minha infância e adolescência )
Tim Burton ( tá certo o cara é louco mais tem seus méritos)
e Kevin Smith ( esse é o meu Trash preferido !!!! Mallrats e Clerks são clássicos )

Vc curte Kevin Smith Tom ?

Abraços,

tom said...

iga, spielberg entra na minha lista geral, mas nao entre os tops, pq para cada filme bom ele faz depois uma porcaria "seria". alias, atualmente ele sempre tem vacilado no final dos filmes, vide o q ele fez com a guerra dos mundos. mas jaws, et e close encounters sao classicos de fato. me amarro no kevin smith, mas o melhor filme dele foi o primeiro, clerks. depois ele veio descendo a ladeira. clerks II é uma baita decepção

wallacebarros said...

Tenho o prazer de informá-los que, de 60 bandas no total, o Los Bife é uma das 15 que estão nas semifinais do Duelo No Saloon, graças à repescagem! Sobre nosso ultimo show, o juri disse: "Uma verdadeira aula de Rock And Roll: Irreverência, comédia, atitude, sarcasmo".

O show vai ser dia 6 de Março (essa quinta-feira), no Saloon 79 (R. Pinheiro Guimarães - 79 Botafogo) e, dessa vez, abriremos a noite! Iremos começar a tocar 20:30 (EM PONTO!!!), então chegem antes! A entrada ainda são míseros 10 reais.

Uma banda da noite passa por voto popular, que é MUITO IMPORTANTE! Se tivéssemos UM voto a menos na ultima etapa, poderíamos não ter passado.

Dessa vez é pra valer! Vale a classificação pra FINAL onde poderemos concorrer a até 4000 reais!

Esperamos todos lá!

wallacebarros said...

Tenho o prazer de informá-los que, de 60 bandas no total, o Los Bife é uma das 15 que estão nas semifinais do Duelo No Saloon, graças à repescagem! Sobre nosso ultimo show, o juri disse: "Uma verdadeira aula de Rock And Roll: Irreverência, comédia, atitude, sarcasmo".

O show vai ser dia 6 de Março (essa quinta-feira), no Saloon 79 (R. Pinheiro Guimarães - 79 Botafogo) e, dessa vez, abriremos a noite! Iremos começar a tocar 20:30 (EM PONTO!!!), então chegem antes! A entrada ainda são míseros 10 reais.

Uma banda da noite passa por voto popular, que é MUITO IMPORTANTE! Se tivéssemos UM voto a menos na ultima etapa, poderíamos não ter passado.

Dessa vez é pra valer! Vale a classificação pra FINAL onde poderemos concorrer a até 4000 reais!

Esperamos todos lá!

:: Fräulein :: said...

Os pássaros é muito bom!!
Mas Vertigo acho mais legal.

De volta a vida nerd/virtual, estava a mais de uma semana sem pc, já tava nervosa, rsrsrs.

Passei os olhos nos outros posts, e vi sobre o Kraftwerk, banda que adoro! Conheci em 99, mesmo já nessa época, através do vinil "Trans europe express" de uma amiga. Fiquei bolada, rsrsrs, depois arranjei o vinil "Radiocactivity" que conseidero um dos melhores.

Por enquanto é só,
Abraços.

Felipe Passarelli said...

quem é melhor, iron maiden ou los bife? acho que los bife, pq não teve sequer um comentário sobre o iron, será que vcs estão cegos?

tom said...

o iron maiden é legal, se tivesse no rio iria ver, pois faz tempo q nao os vejo (so vi os dois dos rockinrios). mas nao tem nada a ver comparar com los bife, que nem é grande, conhecida ou metal. acho que daqui da turma so vc foi ver, felipe. provavelmente é a unica banda mega de heavy metal da atualidade. mas fazem mais sucesso na europa e aqui do que nos eua

Marcio said...

Tom, meu diretor favorito de sempre também é Stanley Kubrick. Assistir, aos 13 anos, "2001" no cinema foi impacto para toda a minha vida - é meu filme preferido até hoje! Em 2006 tive a grande sorte de poder ver, na Bélgica, a mega-exposição sobre Kubrick que correu o mundo, com material original e reconstituído de todos os filmes do cara. Para se ter idéia, montaram até um Milkbar Korova (de "Laranja Mecância") quase completo! Passei 4 horas lá dentro, e só saí porque acabou o horário de visitas. Havia bastante material sobre "A.I.", storyboards e tudo. Dava para ver que seria outra coisa se dirigido por SK ...

Em segundo lugar entre meus preferidos, vem Sergio Leone, cujos trabalhos não tive a sorte de ver no cinema - estou comprando aos poucos em DVD. Tanto Leone quanto Kubrick filmaram pouco, perfeccionistas que eram. E nos trabalhos de ambos a música tem papel essencial.

Entre os diretores vivos, meus preferidos são Tim Burton, David Lynch e Peter Greenway.

Ah, meus favoritos de Hitchcock são "Um corpo que cai" e "Os pássaros"

tom said...

poizé, filme pra mim tem que te marcar de alguma maneira, ainda mais quando a gente é jovem. ja revi laranja mecanica em varias fases de minha vida e sempre tenho uma leitura nova. tbm tive o mesmo impacto vendo 2001. era pequeno, passei em frente ao cinema com a minha mae, quase chorei e dei escandalo na rua pq queria entrar na sala, que tava exibindo aquele filme que tinha uma roda espacial no cartaz (ela queria me levar num filme infantil qualquer, ainda bem que 2001 era censura tipo livre ou 10 anos).ja tava em reprise (isso rolava antes de surgir o vhs), com copia velha. sempre quis ve-lo em 70mm com som estereo, nunca rolou, nem quando ele foi relançado no estação em 2001! mas a tela era grande e envolvente. foi a minha primeira viagem (rs), nem sabia o que tava acontecendo, mas chapei e fiquei com medo do h.a.l. (rs). por isso que, recentemente, falei aqui do cloverfield. ha tempos que nao saia do cinema "maltratado". nao é genial, mas provoca algo. o hitch é assim., sempre te deixa puto, bolado, chocado, vc sai do cinema pensando no que viu...

fabio fernandes said...

bem, a minha lista de diretores favoritos é imensa, então vamos lá:

david lynch & cronenberg, tim burton, woody allen, polanski, scorsese, pt anderson, tarantino, david fincher, lars von trier, robert rodriguez, john waters, christopher nolan, todd haynes, almodóvar, sofia coppola, spike lee, richard linklater, chan-wook park, danny boyle, jean-pierre jeunet, kevin smith, andrew mcnicoll, russ meyer, richard linklater, john cameron mitchell, gaspar noé etc. e bota etc. nisso :)

e os brazucas,
neville d´almeida, cláudio assis, jorge furtado, luís fernando carvalho, fernando meirelles, lael rodrigues, zé do caixão, domingos oliveira, beto brant etc

e qto ao iron maiden, sou mais as iron maidens rsrs

pacheco said...

"While my guitar gently weeps" não é dos Beatles, popota? Ta, não vou sacanear, vc nem disse que gosta da música...

Vertigo, Rear Window e North By Northwest são os melhores do hitch.

Não gostei muito de 2001, só do H.A.L. e da introdução com os macacos!
Do kubrick eu gostei de todos os outros, menos os que eu não vi! =) Ah, quando eu vi Dr. Strangelove não tinha legenda em ingles nem em portugues, não entendi BULHUFAS do que eles diziam!

Acho que o Paul thomas anderson é um grande diretor da atualidade, ninguém o citou! =(
Ta certo que ele pega muita coisa de outros diretores, mas eu acho ótimo!

Popota, vc disse que gosta de filmes individualmente, não necessariamente de diretores. Eu também! Mas qundo um diretor é foda, ele deixa sua marca e vc gosta de todos os filmes dele, aí vc fala que gosta dele! Mas na maioria dos casos eu gosto de filmes individualmente.

tom said...

citei só hitch, kubrick e wilder pq eles sao uma especie de molde pra quase tudo o q veio depois na area do suspense, comedia, filme de arte etc. mas nao podemos esquecer de truffaut, coppola, cronemberg, spike lee, linklater, da galera nova (taranta, pt, kevin, haynes e, sobretudo, tim burton). mas, no conjunto de obra, os tres citados nao tem um só filme fraco, mesmo q vc nao goste da fita. wilder e hitch foram desbravadores, faziam filmes bizarros em epoca de mais censura, pq inseriam o comentario sutilmente. some like it hot de wilder foi considerada a maior comedia de todos os tempos pelo american film institute (e envolve até casamento gay no fim!) e seu ace in the hole é a biblia do jornalismo de exploração moderno. hitch usava elementos de perversao, fetiche, s&m, tudo na moita. e kubrick, realmente genio, fez barry lyndon a luz de velas e usando cameras construidas especialmente pra captar aquela luz, ja que na epoca em que se passa o filme nao havia eletricidade. wilder menos, mas hitch e kubrick, na real, deveriam ser chatos demais, pq perfeccionistas ao extremo. a prima volta q fui a l.a. vi wilder de relance, avisado por um amigo, pq ele morava num apezinho em cima de um cafe em hollywwod blvd e passava as tardes na mesa do café, dando alo pras pessoas e adeusinhos. po, foi o cara que construiu o mito marilyn monroe com aquela cena de the seven year itch (a do vento no bueiro do metro), que nem tava no roteiro, mas ele sacou na hora!

pacheco said...

Do Billy Wilder só vi Sunset Blvd! Gostei bastante, mas não me marcou diretorialmente falando =)

Rainha Popota said...

Pacheco, eu não sabia que era dos Beatles. Todo dia eu descubro que algo que eu jurava que era de uma pessoa qualquer é deles. Mas a "while my guitar" tem a gravação do Healey com certeza, pode conferir. E é melancólica até dizer chega.

E eu entendi esse negócio de "deixar a marca", mas o único que fez isso foi Tim Burton, posso dizer com certeza que nunca vi um filme dele que não gostei. Alguns outros eu gosto, mas não vi o suficiente para falar, que é o caso do Orson Welles... Vi "Cidadão Kane" e "F for Fake" e achei os dois simplesmente BRILHANTES, mas não posso me considerar "fã", saca?

Besitos
;*

tom said...

mas os citados aqui tbm deixaram suas marcas, popota. pela fotografia e trilha c saca um kubrick, pela cor, trilha e louras vc percebe um hitch, assim como burton tem sempre um lado dark. alias, vc ja viu pee-wee´s big adventure, o primeiro longa do cara? foi assim q o descobri, nos tempos do video pirata (sempre os piratas a nos trazer a cultura antes do oficial). tenho um vhs com frankenweenie, o primeiro curta do cara, da disney!

Lord Vader said...

Poxa Kubrick é um dos meus idolos , tipo , um pilar pra mim . Me sinto pequeno e imbecil perante a grandeza deste homem. É pra mim o melhor diretor da historia , porque levou o cinema a um nivel onde ninguem jamais levou . Nunca imbecilizou qualquer coisa que tenha feito e jamais abriu um dedo de concessão sequer. Seus poucos filmes são obras de arte perfeitas e impressionantes , que deixam uma sensação unica de impacto/incomodo/medo/contemplação existencial , porque ele sabia criar isso. Tenho uma camisetinha de Candem , A Clockwork in orange e quero ser enterrado com ela.
... Sim Tom , Kubrick era chato , detalhista , tinha medo de aviao , era avesso a publicidade e tinha uns 40 gatos na sua casa na Inglaterra.

pacheco said...

Se você já viu 2 filmes do orson welles vc já é superior, popota! =D

Eu só conhecia cidadão kane.. hihihi

PS: Não tava te esculachando por achar que a música era do jeff healey, só estava brincando com o fato de vc não gostar do besouros... vou ouvir a versão do cara! já to baixando!

Abraços!

tom said...

realmente, vader. se existe perfeição no cinema, kubrick foi o unico que chegou perto dela. vcs ja viram barry lyndon? sou capaz de comprar um blu ray player um dia so pra ver esse filme numa tela de alta definição. a fotografia, cor, luz, tudo parece um quadro vivo, impressionante e belo. o f for fake do welles pra mim é tipo o melhor pos-kane. foi a matriz dos docs falsos sobre coisas falsas. nao tem em dvd, nem passa na tv...

Marcio said...

Pagaria o que cobrassem para ver "Barry Lindon" (ou qualquer outro filme de Kubrick) no cinema. Como essa possibilidade é remota hoje, comprei tudo o que saiu dele em DVD. Recomendo aos fãs o documentário "Stanley Kubrick: A Life in Pictures", que veio numa das caixas de filmes dele vendidas no Brasil.

Alguém aí já viu algum filme de Kubrick em blue-ray? Outra pergunta: para explorar toda a qualidade do blue-ray, é mandatório ter uma TV LCD Full HD ou uma TV LCD convencional já resolve?

tom said...

certos filmes nao voltam aos cinemas pelo custo de se fazer uma copia e manter uma sala funcionando para exibi-los. se milionario fosse, criaria uma sala onde isso fosse possivel, importando ou fazendo copias de classicos de kubrick, hitch e tantos outros para que as novas geracoes os assistissem na tela, na fotografia adequada, nao em dvd. na frança, onde eles amam cinema, isso acontece, tem ate cinema mudo!

Lord Vader said...

Concordo com a popota , acho que o Tim Burton cada vez mais se firma como geninho da raça. O talento do cara é raro , criou a atmosfera propria naquilo que faz , tem um elo com a sua audiencia e parece fazer a coisa apenas para agradar a si e a nós (os fãs/fieis). O melhor : O cara é novo ainda , e já ta tocando projeto novo ...

NA CIDADE

JULIANAS:

casas & shows: Circo Voador 18 – Metá Metá / Rakta 19 – Roberta Sá  20 – Testament (EUA) 25 – Johnny Hooker 26 – O Baú do Raul – 25 Anos: Marcelo Nova / Mauricio Baia / B.Negão / Chico Chico / Karina Buhr / Rick Ferreira / Vivi Seixas

Fundição Progresso 18 e 19 – Novos Baianos 25 - Mitchell Brunnings (HOL) / Orquestra Brasileira de Música Jamaicana 26 – Festival RapRJ 7: Cone Crew Diretoria / Luccas Carlos / Froid / 1Kilo / ADL – Participação: Ducon / Modestiaparte – Participação: Liink & Buddy Poke

Teatro Rival 18 – Festa La Cumbia 19 - Afrojazz - Participação: Larissa Luz & Jesuton 23 - Michael Sweet (Stryper) & John Schlitt (Petra) 24 - Júlia Bosco & Emerson Leal & Gustavo Macacko – Participação: Mart´nália & Simone Mazzer 25 – Alma Thomas 26 – Jay Vaquer 50 meia Setor A, 40 meia Setor B, 30 meia Lounge 30 – Cabaré Diferentão

Teatro Riachuelo 29 – Paulo Ricardo Teatro Odisseia 18 – Ordinária - Baile do Lindote: Molejo 24 - The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die / gorduratrans / E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante  26 - Esteban Tavares / Sheffield 

Vivo Rio 18 - Postmodern Jukebox (EUA)  19 – Barão Vermelho 20 – Roy Hargrove & Roberta Gambarini 25 - Jacob Collier (ING) 

Baratos da Ribeiro (Botafogo) 19 – Vespeiro: Marcelo Perdido / Real Sociedade / O Branco e o Índio 26 - Vespeiro: Tacy de Campos / Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Estúdio Hanói (Botafogo) 18 - Nativity in Black Fest: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  19 - Festival Nativity in Black: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  27 - Back To Hanoi Metal Fest: Forkill / Unmasked Brains / Evil Inside / Savant  30 - Rectal Smegma (HOL) / Uzômi / Baga  Audio Rebel 16 – Quintavant: Thiago França: Sambanzo 17 – Quintavant: Thiago França: Space Charanga Quarteto 18 - Jair Naves & Britt Harris / Kasparhauser 19 – Quintavant: Ava Rocha 20 - Homenagem a John Coltrane (Widor Santiago, Sergio Barrozo, Adaury Mothé, Didac Thiago, Roberto Rutigliano) 23 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Bella, Thomas Rohrer, Cadu Tenório, Antonio Panda Gianfratti 24 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Thomas Rohrer, Antonio Panda Gianfratti 30 – Quintavant: AJJA (Pedro Calmon & Alex Frias)

Espaço Sérgio Porto 18 - Marcio Lugó / Capela  24 - Mulheres de Buço 25 - Whipallas 31 - CEP 20.000

Sala Baden Powell 16 - Donatinho: Homenagem a João Donato - Participação: Ithamara Koorax, Wanda Sá, Cris Delanno, Amanda Bravo, Ricardo Silveira 19 - Quarteto do Rio 23 - Lúcia Menezes 26 - Marcel Powell - Homenagem a Baden Powell - Participação: Thais Motta, Ithamara Koorax, Gabriel Aquino, Amanda Bravo, Dilma Oliveira 27 - Dorina Canta Aldir Blanc 30 - Eliana Pittman

Theatro Net Rio 16 – Laila Garin & A Roda 22 – Paulo Miklos 12/09 Simone Mazzer

Beco das Garrafas Casa de Cultura Laura Alvim 09 e 10 – Festival Levada: Luísa Maita 15 – Katerina Polemi 16 e 17 – Festival Levada: Apanhador Só 23 e 24 – Festival Levada: Bruna Mendez 30 e 31 – Festival Levada: Tamy

Teatro Ipanema 15 - A.Nota: Sambas do Absurdo (Juçara Marçal & Rodrigo Campos & Gui Amabis) 16 - Aíla (PA) – Participação: Posada 17 - Ana Frango Elétrico / Thiago Nassif 18 - Amora Pêra 22 - A.Nota: Marcelo Vig & Marcos Suzano

Teatro Café Pequeno 17 - Lu Dantas & Natália Boere 24 - Marcos Oliveira 31 - Filtra

Metropolitan 24 – Hanson (EUA) 26 - Lindsey Stirling (EUA) Teatro Bradesco 18 – Leo Jaime 24 – Almir Sater

Teatro Municipal de Niterói 18 e 19 – Roberta Campos 22 – Clube do Choro Homenageia Noel Rosa 24 – Quarteto do Rio

Planet Music (Cascadura) 18 - Torture Squad / Hatefulmurder / Reckoning Hour / Warcursed  19 - Black Days (SP) / Sheffield / Amsterdan / LaVille  26 - Festival Invasão Underground 2: Inversa (SP) / Maieuttica / Adrift / Tormentta / The Last Whale 

Imperator 16 - Quartas Brasileiras: Tia Surica - Tributo a Clara Nunes - Participação: Nilze Carvalho, Ana Quintas, Mariene de Castro 22 – Jazz Pras Sete: Folakemi Duo 23 – Maurício Mattar – Participação: Alexandre Pires 24 - Homenagem a Dalva de Oliveira: Amelinha, Zezé Motta, Dóris Monteiro, Leny Andrade, Rita Beneditto, Áurea Martins, Agnaldo Timóteo, Simone Mazzer, Zé Renato, Eliana Pittman, Rosa Maria Colyn, Luciene Franco, Ellen de Lima, Ataulfo Alves Jr, Gottsha 30 – Agnaldo Timóteo 31 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindinho

Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca) 16 – Coletivo Samba na Rua 17 – Quinta Instrumental: Jimmy Santa Cruz 18 – Victor Mus 19 – Danilo Caymmi 23 – Fábrica Nômade Sonora 24 – Quinta Instrumental: Carlos Café 25 – Laura Zennet 26 – Quarteto do Rio 30 – Projeto Vitrola

FM Hall 23 – Manu Gavassi (grátis) 29 – Illy (grátis)

La Esquina (Lapa) 17 - Red Mess / Blind Horse / Stoned Jesus 24 – Mobile Drink

Smokey Rio (Lapa) 19 – Festa Rio Vinil Clube 26 – Bel Almeida Ganjah (Lapa) 18 – Duda Brack & Thiago Ramil 23 – Festa HempFyah: Rafyah Dread & Hempfield DubLab / Lion Dornellas / André Pfefer / Tagu Selectah Vibration 25 - Azul Casu & 3 du Mar

Casa de Baco (Lapa) 17 – Gafieira Pé de Louro 19 – Relógio de Dalí 24 – Joyce Cândido

CCBB 18 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pato Fu / Céu – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 20) 19 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pedro Luís & A Parede / Tom Zé – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 10)

Quintas no BNDES 17 - Byafra: 35 Anos de Sucesso 24 - Luiza Borges 31 - Tarita de Souza

Circuito SESC 16 – Copacabana: Philippe Baden Powell & Quarteto Ludere: Baden Powell 80 Anos 18 – Niterói: Clara Gurjão 26 – Engenho de Dentro: Clara Gurjão Circuito SESI 26 – Duque de Caxias: Tiê 25 – Jacarepaguá: Tiê _____________________________________________________________

mixx: 18 - Carmen Blues – Bar Kunin / Vila Isabel 18 – Sara & Nina – Olho da Rua / Vila Isabel 18 - Ronaldo Diamante – TribOz / Glória 18 - Wake the Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Clube Mageense / Magé 18 – RaggaBrass – Boulevard Olímpico / Praça Mauá 18 - O Rappa - Tour de Despedida – Quadra da Grande Rio / Duque de Caxias 19 - Insurgente Rock Festival: Maieuttica / Ágona / Born2Bleed / Melyra / Forkill / Negah – Caixa de Surpresa / Bangu 19 - Breaking Bad - A Festa: Cervical / Controle / Mau Presságio – Buffallos Bar / Méier 19 - Festa RapSoul 5 Anos: Rael – Armazém / Praça Mauá 19 - Akira Presidente – Espaço BF / Mesquita

20 - Caxias Hell Festival: Velho / Justabeli (SP) / Dark Tower / Gutted Souls / Unnature / Vicious – Lira de Ouro / Duque de Caxias 25 - Bloco Fanfarra D´Águas – Praça das Nações / Bonsucesso 25 - Rogério Caetano - Participação: Hamilton de Holanda – Eco Som / Botafogo 25 - Arraiá do Bloco Vem Cá, Minha Flor – Feira de São Cristóvão

LEO JAIME LEO "GUANABARA" JAIME Com mais de 30 anos de carreira, Leo Jaime experimenta momentos de grande intensidade em sua vida profissional. Além da obra consagrada, como cantor e compositor, o artista está sempre atuando em novos projetos. Humor, interpretações arrebatadoras, inteligência e versatilidade são as marcas deste artista que apresenta ao publico carioca, no dia 18 de agosto, no Teatro Bradesco Rio, o espetáculo “Leo “Guanabara” Jaime”. No show ele relembra seus grandes sucessos musicais e as histórias por trás das canções e dos bastidores do Rock Brasil

PROGRAMAÇÃO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):   07/09 - Quinta-feira 20:00 Maceo Parker 22:30 Maceo Parker   08/09 – Sexta-feira 21:00 Maceo Parker 23:30 Maceo Parker   09/09 – Sábado 21:00 Sergio Mendes 23:30 Sergio Mendes   10/09 – Domingo 20:00 Sergio Mendes 22:30 Sergio Mendes   13/09 - Quarta-feira 20:00 Jaques Morelenbaum convida   16/09 – Sábado 21:00 Baby do Brasil 23:30 Baby do Brasil   17/09 – Domingo 20:00 Baby do Brasil 22:30 Baby do Brasil   20/09 - Quarta-feira   20:00 Jaques Morelenbaum convida   27/09 - Quarta-feira 20:00 Anne Paceo 28/09 Quinta-feira   20:00 Orquestra Atlântica 22:30 Orquestra Atlântica    Outubro   04/10 - Quarta-feira 20:00 Ala.Ni 05/10 – Quinta-feira 20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  06/10 – Sexta-feira 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    07/10 – Sábado 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    08/10 – Domingo  20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  11/10 - Quarta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    12/10 – Quinta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ CURSOS DE AGOSTO no Estação NET Botafogo    - História do Cinema Independente Brasileiro, com Cavi Borges    - Ancine e o fomento ao audiovisual brasileiro, com Julio Augusto Zucca    - Cinema Afrodisíaco? O sexo na tela, com Dodô Azevedo

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

DISTOPIAS BRASILEIRAS NO CINEMA A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 15 a 27 de agosto de 2017, a mostra cinematográfica Brasil Distópico, que traça um panorama da produção nacional sobre as distopias. Para a programação, os curadores Luís Fernando Moura e Rodrigo Almeida selecionaram 37 curtas e longas-metragens que imaginam diferentes futuros sombrios para o país, entre clássicos da ficção-científica brasileira e obras menos conhecidas.  Na programação, filmes como O quinto poder (1962), de Alberto Pieralisi, e Brasil ano 2000 (1969), de Walter Lima Júnior. Outras incorporam as convenções da ficção científica, encenando a ameaça nuclear e o colapso do planeta, como Parada 88: o limite de alerta (1978), de José de Anchieta; e Oceano Atlantis (1993), de Francisco de Paula. Há, ainda, aqueles que instalam o cinema de gênero em imaginários locais do Brasil, como é o caso de Abrigo nuclear (1981), de Roberto Pires; e Areias Escaldantes (1985). ESTE ULTIMO, TRAZ NO ELENCO, VARIOS NOMES E BANDAS DO ROCK BRASIL DOS ANOS 80, COMO LOBÃO, TITÃS, E TEMA-TITULO DE LULU SANTOS.

DEIXA NA RÉGUA: O filme estreia no dia 10 de Agosto no INSTITUTO MOREIRA SALLES com sessões às 16h e 20h e no CINE SANTA com sessão às 17h10. Deixa Na Régua. Direção: Emílio Domingos. Produção: Osmose Filmes. Documentário. Brasil. 73 minutos.

COM SESSÕES LOTADAS EM ALGUMAS CIDADES, UCI ABRE MAIS SALAS PARA “DAVID GILMOUR: LIVE IN POMPEII” E AGORA APRESENTA A EXIBIÇÃO EM XPLUS  Ingressos já estão à venda e o público poderá conferir o show também com o poderoso som Dolby Atmos em 360º



BLITZ AO VIVO: No embalo do lançamento do álbum 'Aventuras 2', Evandro Mesquita e sua Blitz finalizam seu quarto DVD, gravado no Circo Voador em abril, para lançamento em outubro. A banda está a todo vapor, com presença confirmada no próximo Rock In Rio e tem turnê pelos Estados Unidos confirmada em fevereiro de 2018

FESTIVAL DE CINEMA DA NOVA ZELANDIA

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers