Pages

Friday, May 22, 2009

BEHIND THE WHEEL

EU NÃO DIRIJO (EMBORA TENHA FEITO AUTO ESCOLA E DESISTIDO ANTES DO FIM). E NÃO SINTO A MENOR FALTA DISSO. ACHO QUE JA EXISTEM CARROS O BASTANTE NAS RUAS, NAO QUERO SER MAIS UM A POLUIR, DAR NO NO TRANSITO OU ATROPELAR ALGUÉM. SAIU HJ NO "ELA" MATERINHA SOBRE HOMENS QUE NÃO DIRIGEM (HQND). A VANTAGEM, APONTADA POR TODOS, SÃO MUITAS: NÃO PAGAR IPVA, SEGURO, GASOSA, ESTACIONAMENTO, DISCUTIR COM FLANELINHA, SER ROUBADO, SOFRER ACIDENTE, E, O PIOR DE TUDO, FICAR HORAS NO TRANSITO, DE BOBEIRA. NO ENGARRAFAMENTO, LEIO, ESCUTO, APRECIO, RELAXO. JA LI UM STEPHEN KING DE 700 PGS NUMA SEMANA, SÓ INDO E VINDO DO TRABALHO. A NOITE, TÁXI. DE DIA, PÉS OU BUZUM. SÓ ACHO CHATO PQ NAS VIAGENS É MA BABE QUEM DIRIGE, MAS COMO QUASE SEMPRE VAMOS A METROPOLES, USAMOS METRO E TAXI. O FUTURO DO TRANSPORTE URBANO EM BIG CITIES SERIA BONS METROS E LINHAS DE ONIBUS BEM INTEGRADAS. ACHO SUPER BREGA E IRRACIONAL ESSA GENTE COM ESSES CARROS GIGANTES (FEITOS PARA RALLYS) EM RUAS APERTADAS COMO AS NOSSAS. AGORA, COM A CRISE MUNDIAL E ECOLOGICA, OS CARROS CORREM PARA SE TRANSFORMAR EM FOSSEIS DO FUTURO, ATE PQ, O COMBUSTIVEL DELES É FOSSIL E JA ESTA ESCASSEANDO. SONHO COM O DIA EM QUE TEREMOS AQUELES TRENS SUPER RAPIDOS DE FILMES COMO "A ILHA" OU "STARSHIP TROOPERS". CARRO, AQUI, SÓ SERVE PRA VER SHOW NO CITIBANK HALL :-)

15 comments:

tom said...

MAS, QNDO MOLEQUE EU ADORAVA BRINCAR COM CARRINHOS, TIVE AUTORAMA E MEUS JOGOS FAVORITOS DO PLAYSYATION SÃO OS DE CORRIDA, TIPO GRAN TURISMO. NO FUNDO, NAO ODEIO OS CARROS, MAS ACHO QUE JA TEM O BASTANTE DELES NAS RUAS

iga_rio said...

Fala Tom,

Po aqui no rio não vivo sem carro... concordo com vc em váios aspectos como poluição, transito horrivel e etc.. mas aqui no rio nao consigo ficar sem carro... se um dia o transporte público aqui do rio fosse como o de Berlim ou Madrid que são duas cidades que pude conhecer e vc consegue fazer qualquer coisa sem carro... ai eu pensaria em utilizar o transporte público.

Pra vc ter idéia eu levo em média 45/50 minutos para ir ao trabalho de carro... de onibus dá quase 2 horas.. é muito tempo perdido.

Abraços,

tom said...

poizé, iga, se a gente tivesse um sistema decente de trens, metro e onibus interligados (e com uma tarifa so), como em qq cidade grande do mundo, so usariamos o carro no fim de semana, pra curtir. em relacao a area em q moro, eu nao preciso de carro, chego no trabalho em 20, 30mins, mas se eu tivesse de ir pra barra ou pra ilha, p ex, tava ferrado, sem opççoes boas ou diretas. o povão é o q sofre e gasta mais com e por isso...

iga_rio said...

Tom mudando de assunto.. vc já viu o filme Class of 1984 ?? desenterrei esse filme de 82 e vi ele novamente um dia desses... cheio de violência, com uma galerinha que se denomina punk e manda na escola... e com o michael j. fox novinho.
Fiz post sobre o filme no meu blog.

Abraços,
http://rock-etc.blogspot.com/

tom said...

vi esse filme no cinema, iga, justamemnte pelo lance dos punks no cartaz, mas acho q era meio enganação, o filme nao é tao legal, ne? preciso rever com outros olhos. acho q ate fizeram continuacao direto pra video

Carlos said...

Consegui ficar sem carro em Sydney por dois anos. Transporte público bom e muita coisa para explorar na cidade. Depois comprei um carro pequeno só para conhecer os arredores. Foi foda acostumar a digirir do lado "errado". Agora em Toronto não tem jeito. Carro e roupa são a mesma coisa. Até para comutar do suburbio para cidade precisa de uma carro para levar e deixar na estação de trem. Sem contar o inverno de -20 que não dá para andar 100 metros sem congelar. Um SUV custa menos de 20mil e só se vê pessoas sozinhas dentro deles. Haja poluição. Este estilo de vida é uma merda, não vejo a hora de cair fora daqui.

tom said...

vc tocou no ponto que mais me incomoda, guarany: carro com gente sozinha. costumo caminhar pela lagoa e na hora do rush de cada 100 carros, 99 so tem o motorista. se juntasse aquelas 99 pessoas num outro meio de transporte e multiplicasse pelo total, o engarrafamento praticamente acabaria. imagine londres ou nova york sem metro? ninguem sairia do lugar. mesmo sp, que é uma metropole, é muito mal servida nesse ponto

iga_rio said...

os punks do filme são punks de butique Tom...rsrs o chefe da gangue é o maior filhinho de mamãe... o que mais chama a atenção é que o filme é muito violento.

Voltando ao assunto do transporte o que realmente ajudou aqui no Brasil ultimamente foi a lei seca... o que tem de gente utilizando taxi.. eu mesmo já deixei de ir de carro pra vários lugares pra poder beber tranquilo.


Abraços,
http://rock-etc.blogspot.com/

piranhacamuflada said...

só tive coragem de dirigir aos 30 anos e no interior, mas qdo percebi q poderia fazer tdo de bicicleta, a carteira de motorista serve só como identidade e olhe lá.qdo estou no RJ ou na capital aqui em SP só metrô msm.

tom said...

coincidentemente, no jornal de hj ha a noticia de que o prefeito bloomberg vai fechar cada vez mais areas de ny para pedestres, começando hj pela area da times square. e olha que nyc é uma cidade extremamente facil de se locomover e otima para caminhar e pedalar, vc vai para qq parte logo. so nao uso mais a bike no rio pq as ruas sao apertadas e ninguem respeita. iga, baixei o filme ontem e vou ver assim que tiver tempo

Lord Vader said...

Rola mesmo essa coisa de amor e ódio em relação ao carro , mas no meu caso eu tenho que ter pq sou medico e o carro pra mim é um instrumento de trabalho sem o qual eu estaria (mais) fudido , porque vivo correndo de cidade em cidade . Seria o máximo viver num país com transporte urbano e interurbano confiavel e seguro , onde com certeza eu nao teria um monstro de ferro poluidor , no maximo para passeio de fds.
Mas , na boa Tom , acho que voce deveria ate o fim da vida ter o prazer (culpado) de dirigir numa rodovia lisinha , com um puta som , só queimando hidrocarbonetos de boa ... é bem terapeutico , é mto bom . As vezes saio do trabalho putaço , e só de dirigir pra casa com som ja me acalmo .. [ ]s

tom said...

vader, fiz auto escola no final dos 80s e cheguei a dirigir umas vzs aqui no rio. mas o melhor passeio que dei foi com um carro hidramatico numa freeway de los angeles. ai, entendi pq eles gostam tanto do bicho. la, sim, a rodovia é lisa, o carro praticamente anda sozinho e vc nao se cansa com um cambio automatico. e, na epoca, o som que tava bombando era eighteeen & life, do skid row, e wanted dead or alive, do bon jovi, q ouvi no passeio e fez quase me sentir como um cowboy da rodovia (rs) aqui da muito estresse atravessar uma voluntarios, nossa senhora, centro, e medo passar pelas linhas expressas

Bruno said...

É acho que o carro so faz falta para passear e ter uma pouco mais de privacidade.. hehee

mas mudando um pouco de assunto, quando eu vi o titulo do post achei que fosse algo relacionado com o GRANDE Depeche Mode.
Tom, vc ja ouviu alguma boataria de onde serão os shows do DM no brasil?

André Imbuzeiro said...

Eu acho que cada um tem que ver o que é mais vantajoso. Eu não vejo vantagem/necessidade, atualmente, para eu ter um carro. Também fiz escola, tirei carteira, dirigi uns meses o carro do velho. Aí ele vendeu, minha carteira venceu há 5 anos e nunca renovei. Não vou pegar carro emprestado e as minhas razões para não ter um são as mesmas que as suas.
Canso e ver jovens com carro, ralando para pagar as contas e deixando de fazer outras por causa da grana que se gasta com o carro. Cada um leva a vida como quiser.
Eu prefiro usar a grana pra sair, comprar jogos, ter uma TV maneira pra ver os filmes, comer em bons restaurantes e voltar de táxi sem ter com o que me preocupar.
Vale mais a pena.

tom said...

TEM ESSA TRADIÇÇAO CLASSE MEDIA (QUE VEM DOS TEMPOS DO BRASIL AUTOMOBILISTICO, DO FUSCA) DE QUE QUANDO O FILHO/A COMPLETA 18 ANOS E ENTRA (OU SAI DA) FACULDADE, TEM QUE GANHAR UM CARRO. PRA QUE? HJ SO SERVE PRA SER MAIS UM CARRO NA RUA AJUDANDO A POLUIR E ENGARRAFAR (E MATAR, CASO DOS PLAYBOYS QUE VOLTAM MAMADOS DAS FESTAS). O FILHO MAIS NOVO DO TOM JOBIM MORREU ASSIM, BATENDO PEGA NO ATERRO, MAS OS JORNAIS MEIO QUE ABAFARAM A REAL DO CASO,,,

NA CIDADE

OCTOBERFESTIVAS:

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

UCI INAUGURA A PRIMEIRA SALA DE CINEMA XPLUS LASER DO BRASIL, NO RIO DE JANEIRO: No ano em que comemora duas décadas no Brasil, a rede UCI reforça sua missão de oferecer ao público a melhor experiência em cinema e o que há de mais moderno no mundo, no mercado audiovisual. No Rio, inova mais uma vez com a primeira sala XPLUS Laser do país. A novidade será no maior complexo de cinemas brasileiro, o UCI New York City Center, que este ano também recebeu a primeira 4DX da cidade, com cadeiras que se movimentam e efeitos especiais. A aquisição do novo projetor a laser torna ainda mais imersiva a tecnologia da XPLUS, que tem projeção 3D de última geração, tela gigante com definição 4K e som Dolby Atmos™, com mais de 54 caixas acústicas e 128 streams de áudio que criam a ilusão de um campo infinito ao redor de cada espectador.

PROGRAMAÇÃO DO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):      Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Megadeth se apresenta no Rio e em São Paulo   A BANDA Megadeth toca em São Paulo e no Rio de Janeiro no final de outubro e começo de novembro. Liderada pelo seu fundador Dave Mustaine, e contando com o brasileiro Kiko Loureiro (ex-Angra), também na guitarra, o grupo norte-americano se apresenta dia 31 de outubro no Espaço das Américas/SP, e dia 01 de novembro, véspera de feriado, no Vivo Rio. A BANDA VIMIC, FAZ A ABERTURA  

AGENDA CUTURAL BARATOS DA RIBEIRO: Quinta-feira, 26 de outubro, a partir das 19h: LEVADAS DA BECA, com as DJs Ana Paula Moniz (Beca Brechó), Bia Andrade & Ana Galli + uma convidada surpresa! Sábado, 11 de novembro, a partir das 17h: VESPEIRO com a banda Os Alquimistas (MS) e Mauk + Pedro White & banda fazendo tributo duplo: ao Bruce Springsteen e ao Tom Petty! RUA PAULINO FERNANDES 15, BOTAFOGO/RJ grátis

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

Sábado, 28/10 circo voador: Hermeto Pascoal e Big Band - Lançamento do álbum 'Natureza Universal' mais: DJ Marcello MBGroove

Angela Ro Ro leva o show "Amor & Humor" para a Zona Norte A cantora - que pela primeira vez pisa no palco do Centro Cultural João Nogueira -  faz  apresentação única no Méier, dia 29 de outubro, às 19h, no Imperator

estreia: 5º FEIRA/ 19 OUT - ABERTURA DA MOSTRA JÓIAS DO CINEMA DINAMARQUÊS: CINE JOIA DO RIO DE JANEIRO (copacabana) EXIBE SEIS LONGAS INÉDITOS DO PAÍS NÓRDICO; E O PRIMEIRO DOC LONGA-METRAGEM FILMADO NA GROENLÂNDIA.



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers