Pages

Saturday, March 21, 2009

OUTRA BANDA NEO ROMANTICA RESGATADA NA SÉRIE DE TV "ASHES TO ASHES" É O ULTRAVOX, UMA DAS MELHORES PONTES ENTRE O KRAFTWERK E O SYNTH POP. A BANDA TEM DOIS MOMENTOS DISTINTOS: O PRIMEIRO, NO FINAL DOS ANOS 70, QUE DEIXOU DOIS DISCOS E TINHA UM CANTOR DIFERENTE, JOHN FOXX. COM A SAIDA DESTE, A BANDA DEU UMA LEVE GUINADA PARA O POP, MAS AO MESMO TEMPO, SE TORNOU MAIS, DIGAMOS, PROGRESSIVA, ENQUANTO QUE NO INICIO ERA MAIS EXPERIMENTAL. MAS NUNCA DEIXOU DE LADO A ELETRONICA. SEUS ARRANJOS SEMPRE FORAM MUITO BONS, NO NIVEL DO VISAGE, SO QUE COM LETRAS MAIS ROMANTICAS. NAS FOTOS VEMOS AS DUAS FORMAÇÕES, SENDO QUE O DISCO "VIENNA", QUE SAIU AQUI NA EPOCA, FOI O ALBUM MARCO DA BANDA, O SEU MAIS POPULAR. É AO SOM DE VIENNA QUE A PERSONAGEM PRINCIPAL DA SÉRIE TEM UMA NEAR DEATH EXPERIENCE. E A BANDA FARA UMA REUNION TOUR ESTE ANO, AGORA MESMO, ENTRE ABRIL E MAIO, MAS SO NO REINO UNIDO, É CLARO. QUERIA MUITO VER :-(

20 comments:

Sergio Luiz Valle said...

Ultra é muuutio bom!

Ainda falando showzaço do Radio o som estava ótimo taxi de montão na volta pra quem conhece Apoteose e tem fotos aqui: http://www.flickr.com/selusava

Quem foi no Globo que falou que a bandeira era da Mangueira e nao do Tibet??? Tem paulista no Globo?

Wander said...

atrasado mas nao vou deixar de comentar o show, rs simplesmente maravilhoso como seria de se esperar e gostei do local e do som, peguei as duas primeiras musicas do los hermanos na frente mas depois vi que a vibração do coro dos fãs iria esquentar minha cerveja (todas as musicas eram acompanhadas aos gritos que tremiam o copo na mao), entao resolvi subir para as arquibancadas e de lá dava pra ver as luzes num morro e aquele carinha de braços abertos ao longe, menor que minha unha, um puta barato (eu amo esse clima de show: a espera, a caminhada, a escolha do ponto, as pessoas etc)

los hermanos achei chato, realmente náo é minha praia, nem com camelo, nem com o dromedario, e todo mundo canta, caraca, mas sorte de quem é fã,

kraftwerk me surpreendeu, como náo curto os cara, foi uma ótima surpresa, não e show, é uma instalação!, rs em sampa quero prestar mais atencao, mas também nao posso cansar para o que vem a seguir...

e radio foi tudo de bom, entrei em transe de novo, adorei as pessoas cantando in rainbows direto, felipe disse tudo, banda no auge, nào esses de fim de carreira q tem que cantar coisas do passado, adorei as mais lentas, tipo nude e videotape, deliciosas, adorava quando arrastavam o piano, rs coisas de fã mesmo, e sei lá, todo mundo fala que eles sáo melancolicos e tristes e nao consigo ver nada disso, eles conseguem acesso a uma parte do meu cerebro que nao consigo explicar, eles sao punk, rock, eletronicos, jazz, baladas de tirar o folego e milhoes de sons esquisitos e tudo se encaixa, lindos, lindos, lindos

parabéns aos organizadores: tudo certinho: som, banheiro, bebida, só faltou mesmo mais comida, mas está ótimo, e nem vi que empresa patrocinou? Alguém sabe? de qq forma muito bom, voltem sempre

meu primeiro show no rio e estava curioso pelos companheiros indies de praia, rs e fora o alto indice de bermuda o resto foi meio igual (ok, em sampa sao mais intelectuais e skinnis, rs)
mas no meu voo tinha uns 10 fas do radiohead, juro,

bem vindo por aqui felipe, no rio, a terra da natureza, o show foi num espaço de concreto, em sampa, a terra do concreto, o show vai ser num local bem arborizado e bacana, promete mais outra noite sensacional,

tom said...

TINHA MAIS GENTE NA APOTEOSE PRA VER O ELTON JOHN DO QUE O RADIOHEAD, MAS OS FAS DO RADIOHEAD SAO MUITO MAIS APAIXONADOS PELA BANDA, É QUASE UM CULTO. E, FELIPE, TINHA TAXI FACIL NA SAIDA. NAO PRECISAVA TER IDO TAO LONGE. MESMO NO ELTON, FUI SO ATE A ESQUINA DA RUA SANTANNA E ROLOU. E VC N MORA NA TIJUCA? O METRO TAVA TRANQUILO TBM. NAO SOUBE DESSA PARADA DA BANDEIRA, FALARAM ISSO, É? :-) SIM, TEM PAULISTAS NO GROBO, ASSIM COMO TEM CARIOCAS NA FOLHA, QUAL A LIGAÇAÕ DISSO COM A PARADA DA BANDEIRA?

tom said...

AINDA RADIOHEAD: AO VIVO, VI QUE AS MUSICAS QUE MAIS GOSTO DELES SAO IDIOTEQUE, MY IRON LUNG E EVERYTHING IS IN ITS RIGHT PLACES. RECENTEMENTE REVI O DVD QUE GRAVARAM AO VIVO NO ASTORIA EM 94, ERA UMA BANDA COMPLETAMENTE DIFERENTE, TIPO UM PLACEBO, SUEDE, SO QUE MAIS IRADO, NO SENTIDO DE FURIA. E, A PROPOSITO DO POST, REOUVI HJ DUAS VZS O ALBUM VIENNA, DO ULTRAVOX. É UM TRABALHO IMPECAVEL, BOM DO INICIO AO FIM E COM AS MUSICAS TODAS ENCADEADAS

pacheco said...

eles não tocaram my iron lung...

tom said...

ENTAO VACILEI NESSA, ACHEI TER OUVIDO, FOI O TRANSE (RS) E TINHA DUAS PESSOAS COMIGO PRA TIRAR A DUVIDA QNDO ACABEI O TEXTO E NENHUMA NOTOU ISSO. VI NA SET LIST DO MEXICO QUE ELES TROCARAM MY IRON LUNG, QUE TOCOU LA, POR KARMA POLICE, QUE SO TOCOU AQUI, FOI ISSO,,,

tom said...

O RADIOHEAD TBM JA GRAVOU UM CLIPE EM FRENTE AQUELA PEDRA STAR TREK WALL OF VOODO NO DESERTO DA CALIFORNIA, SO NAO SEI DE QUAL FOI MUSICA, ALGUEM SABE?

PEDRO BAMBAATAA said...

tom, jóa comentei aqui sobre o ULTRAVOX, mas vale apena falar de novo...

Eles foram a primeira banda a me fazer prestar atenção na tal onda "tecnopop" (era assim que conheci o estilo na finada SOM TRES), numa época em que só ouvia metal...

Minha música favorita é "sleeping walk"... achava demais o som...

Voce sabe dizer se pertence ao "viena"?

O "viena" era muito bom realmente... A FLU-fm executava muito algumas músicas...

um abraço!!

tom said...

sim, bambaataa, sleepwalk é de vienna (80). baixei um arquivo no mininova com todos os albuns da banda e dei uma geral na carreira. vienna é o melhor album de todos, nao tem uma so faixa sobrando, mas essa foi a fase mais criativa deles (já com o cantor midge ure), que inclui, na sequencia, os discos rage in eden (81), quartet (82)e lament (84), os que vieram depois nao foram tao bons e eles lançaram mais dois albuns nos anos 90 e se recolheram, até agora...

tom said...

TO VENDO AGORA O KRAFTWERK EM SP, NO MULTISHOW. NAO TA BEM AO VIVO, MAS COM DELAY E SO PEGARAM A MEIA HORA FINAL (TALVEZ POR MOTIVOS CONTRATUAIS). A GHRANDE SURPRESA FOI VER RALF HUTTER CANTAR A PARTE FINAL DE LES MANNEQUINS/SHOWROOM DUMMIES, EM PORTUGUES COM SOTAQUE GERMANICO. DE CERTA FORMA O SHOW EM SP TA MAIS QUENTE QUE O DAQUI PQ A PLATEIA TA MAIS PARTICIPATIVA. E PELA TV DA PRA VER MAIS DETAKHES DO PALCO E DAS PROJECOES

PEDRO BAMBAATAA said...

tom, valeu pelo toque sobre viena...

tb estou vendo o KRAFT, mas me falem uma coisa:

minha irmã falou que só tem um cara da formação original...

me fale uma coisa, em 98, quando eu vi a banda, ela veio completa?

tom said...

O KARFTWERK "COMPLETO" NA VERDADE É SO O RALF HUTTER E O FLORIAN SCHNEIDER, OS FUNDADORES DA BANDA. NESSE MEIO TEMPO A FORMCAO CLASSICA, ENTRE 75 E 86, MAIS OU MENOS, TINHA TBM O KARL BARTOS E O WOLFGANG FLUR. AGORA SO RESTOU O HUTTER, NAS DUAS VZS ANTES NO BRASIL TINHA O RALF E O FLORIAN, O CARECÃO

Wander said...

blue monday,ninguem merece ter que trabalhar depois de um show, tinha que ficar um tempo digerindo, so ouvindo radiohead,rs

e no saldos e balanços gostei mais do local do rio e achei ai mais organizado, nao conheco o outro local q vcs comentaram, mas eu achei bem legal a praca da apoteose, tudo tranquilissimo, adorei

meus deus, conheci o mitico circo voador, pelo menos vi a placa,

e a noite com aquela brisa foi um presente da natureza e me prometi uma viagem ao rio a cada dois meses, rs, essa cidade é demais, quando nao se pega dias nem muito quente, nem chuva ou frio, é um baque a beleza do azul, do verde, do sol,e agora estou na fase da arquitetura do centro,rs

uma concentracao muito grande de los hermanos deu um toque um pouco bicho grilo demais no show em sp eu achei,e a unica vontade que me deu no show do los hermanos foi gritar toca raul!!! rá-rá

momento bem bacana foi a plateia continuar cantando paranoid android e o thom york acompanhar so no violao com frases em tempos diferentes,

de resto me arrependi de nao ter ficado mais na frente, é meio desolador na parte de trás dos shows, hoje vc fica naquela: vou pra frente aonde tem gente mais bacana, realmente fã que canta junto, mas é mais cansativo, nao ve todo o palco e é um calor danado, e no outro dia seu corpo grita ou voce fica mais confortável atrás, com espaço pra dançar, ver todo o telao, e felizmente hoje com qualidade otima de imagem e som, e sua amiga nao vai reclamar,

melhor sorte só os jornalistas que pegam os melhores lugares sem pagar mico, rs


se alguem gravou do multishow e pude passar o link,

tom said...

ALIAS, WANDER, COMO ACABOU O SHOW DO RADIOHEAD EM SP? O MULTISHOW PASSOU UM FAKE AO VIVO, COM UM DELAY DE UNS 20 MINUTOS, ENTAO LA PELO FIM DERAM UMA CORTADA BRUSCA PRA ENTRAR O BBB, NAO TINHA NEM ACABADO A MUSICA, E NAO ERA CREEP NEM EVERYTHING RIGHT PLACE. MAS, COMO ERA PRA TV, THOM YORKE FALOU COM O EDGAR, JUNTO COM O ED OBRIEN. AI, ACABOU AGINDO COM AS DIVAS DO CINEMA, QUE NAO FALAM PRA PRESS, SO PRA TV, PQ SABE QUE VAI TER MAIOR PUBLICO. EU, HEIN?

atlantic said...

A volta dos Hermanos para abrir o show do Radiohead foi uma idéia muito sem graça. Parece que só existe essa banda de rock no país.

Gosto dos caras, já vi 5 shows da banda, mas eu tenho senso crítico. Tanta gente legal poderia ter uma chance de mostrar o trabalho e eles chamam Los Hermanos.

pacheco said...

fiquei MUITO PUTO vendo o show de são paulo... devia ter ido!

Tocaram minha música favorita, EXIT MUSIC (FOR A FILM), além de lucky, fake plastic trees, climbing up the walls... =((((

É a vida.

Wander said...

Tom, fecharam com Creep mesmo. No total foram 26 músicas, seguindo como base o in rainbows e intercalou com outras músicas que no geral foram muito boas,

deixou a dever a organização aqui, por incrível que pareça os cariocas foram mais organizados, rs, acabei gostando mais do show do rio,

aguardar a proxima grande banda que virá, agora restam poucos shows de bandas que nunca vi,

Ererything era outra musica,

Lord Vader said...

I Heart Radiohead :

. Em 93 comprei o vinil do Pablo Honey , e escutava Creep e anyone can play guitar todo pimpão . Todo mundo lá fora reclamava que tinha 3guitarristas , que eles eram clone do clone , e o vocal lembrava Bono vox ou simple minds (!!) .

. Em 95 cansei de ver o the bends a 5 real nas americanas ou nos camelôs que eu frequentava , e juro que dei a banda como morta. (mas aí veio o anuncio do carlinhos - o menino com sindrome de down que andava de carrossel e escutava fake plastic trees)

. Em 97 eu comprei o Ok computer na gramophone e tive uma das experiências sônicas mais fodas da minha vida de então . Gozei no céu muitas vezes , expremi a fruta até o bagaço . Anexei ao rol do meu index sagrado . Ainda tem vaga por lá.

. Em 2000 saiu o Kid A , mas eu só consegui terminar de escutar em 2002

. Qualquer coisa do Radiohead depois de 2002 me dá um sooooono ..

Portanto , usando a minha simplista lógica cartesiana : Radiohead = Ok computer

adendo - Não fui no show , não tava a fim de encarar apoteose , taxi , multidão , indie fuleiro de tenis all star cantando de olhinho fechado , escutar creep e me lembrar do tempo de facu , e muito menos ver a galera do taliban que abriu o show. Ah , Kraftwerk é bacana , mas me perdoem a galerinha q eu tinha combinado e ficou esperando tá .. Bj ..

fabio fernandes said...

nossa, lord vader tirou as palavras dos meus dedos ... principalmente na questão do soninho que rhead causa e no último parágrafo ... :)

tom said...

MINHA TRAJETORIA COM RADIOHEAD É MAIS OU MENOS ESSA QUE O VADER FALOU, MAS EU PAREI ANTES DE OK COMPUTER, PQ, COMO JA DISSE AQUI, O PRIMAL SCREAM LANÇOU NA MESMA EPOCA O VANISHING POINT, E O EP DESTE, EM DUB, ECHO DECK, E AI NAO TEVE PRA NINGUEM, PREFIRO AS VIAGENS MAIS DOIDEIRAS DO QUE ESSAS DEPRESSSIVAS. VENDO O DVD DO RADIOHEAD NO ASTORIA EM 94 FICA CLARO QUE ELES ERAM MAIS UMA BOA BANDA DO BRIT ROCK, E QUISERAM SAIR DESSA, E CONSEGUIRAM, CRIANDO UM LANCE TODO A PARTE, QUE OS DIFERENCIA E CRIA O CULTO, FIZERAM BEM, MAS NAO É A MINHA ONDA, SOU MAIS O CHORO DO MUSE

NA CIDADE

JUNEBUG: Shows - Junho / 2017 Circo Voador 24 - Lamb of God (EUA) / Carcass (ING) / Heaven Shall Burn (ALE)

Teatro Rival 22 – Picassos Falsos 23 – Vinicius Cantuária

Vivo Rio 24 - Beto Guedes & 14 Bis - Participação: Sérgio Hinds 30 – Celebrare

Audio Rebel 22 - Manu Maltez - Participação: Juçara Marçal  25 - Vital & Os Bacharéis / Homobono 29 - Anganga: Juçara Marçal & Emygdio Costa & Cadu Tenório

Sérgio Porto (Humaitá) 22 - Sarah Abdala / Raquel Dimantas / Ana Frango Elétrico 29 - CEP 20.000

Sala Baden Powell (Copacabana) 24 - Cordão do Boitatá: De Gonzagão a Dominguinhos - Participação: Pedro Miranda 25 - Mulheres de Chico 28 - Marcelo Nogueira

Theatro Net Rio (Copacabana) 26 - Sarau da Leda Nagle: Amelinha & Ednardo 27 - Vanessa Jackson: Uma Saudação a Whitney Houston 28 – Dudu Nobre

Teatro Café Pequeno (Leblon) 22 - Verônica Sabino 29 - Jullie

Jeunesse Arena (Barra da Tijuca) 29 – Ariana Grande / Sabrina Carpenter

Subúrbio Alternativo (Brás de Pina) 24 - Toxic Fest:  Korja / Old Kitchen / Genomades / Nove Zero Nove

Imperator 22 – Marcos Valle 25 – Moonspell (POR) 28 - Tunai & Wagner Tiso: Saudade da Elis 29 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Bom Gosto, Lucas de Moraes

Centro de Referência da Música Carioca (Tijuca) 23 - Moacyr Luz 24 - Danilo Caymmi 28 - Duda Brack & Daíra Sabóia 29 - Quarteto Leandro Braga 30 - Cláudio Jorge Teatro Ziembinski (Tijuca) 2xNelson: a falecida/a serpente 23 - Lica Tito

Shell Open Air (abaixo, apenas a programação de shows) Marina da Glória 23 - Sexteto Sobrenatural / Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 24 - 3 Na Bossa

FM Hall 22 - Ludmilla 28 – Anavitória (grátis)

MIXX: 21 - Laura Finocchiaro – Bottle´s Bar / Copacabana 22 - Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 – Theatro Bangu 23 - Montezuma / Santos / Geração Perdida (Vitor Brauer & Jonathan Tadeu) – Motim / Centro 24 - Arraial do Monobloco: Rodrigo Lampreia - Participação: Bianca Chami – Jockey Club 25 - Tay Galega – Saloon 79 / Botafogo

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileira: Águas Claras (DF), Aracaju (SE), Barretos (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Caxambu (MG), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ)

Dia da Música 24/06 – grátis 10h: Força & Garra Jazzman Company Colégio Stephania de Carvalho (São Gonçalo) 10h: Original Black Sound System / Projeto do Nada Espaço Cultural Viaduto de Realengo 12h: Rock na Biblioteca: Átila La TrupEvoé / Corcel Mágico / LaVille / Traqitana / Caos Banal / Taturana de Aço / Senhor Kalota  Biblioteca Leonel Brizola (Duque de Caxias) 13h: Grupo Chorando de Rir / Bico Doce & Samba da Siriguela Cultural Bar (Nova Iguaçu) 13h: Mon-Ra / Nomades Rap Arena Dicró (Penha) 14h: Hugo Ardilha / Menezes / Kali (SP) / Pedro Gama Espaço Multifoco (Lapa) 14h: Molho Negro / Ana Muller / Chicas / Esdras Nogueira / Do Amor / Som Peba e Bobby DJoy + Jeza da Pedra / Linn da Quebrada Praça Luís de Camões (Glória) 15h30: Dub Club Band / Saudades de Cumbia / Melodica Vibezz / Ratel Largo das Neves (Santa Teresa) 16h: Rodrigo Miguez / Luciane Dom Praça Sandro Moreira (Flamengo) 16h: Yassine Lagraf / TMRP MM (Praia de Boa Viagem / Niterói) 17h: Hollywood Mantra / João Azevedo / Banda Gente / Gente Estranha no Jardim / DJ Feminoise / DJ Gisa Morena Palco Coelhão - Praça de Coelho da Rocha (São João de Meriti) 17h: Aura / Monstro Amigo / Anjo Gabriel (PE) Teatro Odisseia (Lapa) 17h: Edson Júnior / O Velho Se Foi La Carmelita (Lapa) 17h: McGee & The Lost Hope / Blind Horse / Hammerhead Blues La Esquina (Lapa) 17h: Monica Avila / Amalá Maracatu Brasil (Laranjeiras) 17h: Mon-Ra / Lado A / Aika Cortez / Selvagens da Noite HF (Alameda São Boa Ventura / Niterói) 17h: Senhor Kalota / Roterdan Centro Cultural Joaquim Lavoura (São Gonçalo) 18h: Jota / Rataria Nuclear Praça das Juras (Bangu) 18h: Floppy Flipper / Alambradas Motim (Centro) 18h: Coronel Soares / McGee & The Lost Hope / MOS / Giallos (SP) Escritório (Centro) 19h: The Zacatto / Hero-Beat Jack Praça Jorge Pinheiro (Parque Veneza / Belford Roxo) 19h: Karla da Silva / Pietá Praça Guilherme da Silveira (Bangu) 19h: Zé Bigode / João Azevedo / Samba de Dois Casa Aberta (Rocha) 19h: Dulcineia Enferrujada / Eddu Grau Largo do Boi Tolo (Praça XV) 19h: Caroline Alves / Hugo Ardilha / Menezes / Raul de Barros Jr. Il Piccolo Caffè Biergarten (Lapa) 19h: Zanzibar / Luciane Dom Sobrado Boemia (Praça São Salvador / Laranjeiras) 19h: Luiza Sales / Malundu Galpão Ladeira das Artes (Cosme Velho) 19h: Labibe / Hollywood Mantra / Projeto do Nada / Gente Estranha no Jardim Bar do Nanam (Praça Tiradentes) 20h: Dois Infinitos / Bruno Perez Pub Panq´s (Tijuca) 20h: Mihay / Marcelo Vig / Raquel Coutinho Bar Semente (Lapa) 20h: Thiago Nassif / Avec Silenzi Audio Rebel (Botafogo) 20h: Caroline Alves / Labibe Quintal do Miguelito (Recreio dos Bandeirantes) 21h: Qu4rto Teto / Reduto Sunday Rock (Cosmorama / Mesquita) 21h: Canto Cego Praça Jackson do Pandeiro (Santa Cruz) 22h: TopVox / Fuzzcas Saloon 79 (Botafogo) 23h: Dub Ataque / Aika Cortez Praça Marechal Âncora (Centro) 23h: Blind Horse / Pantanum (PR) / The Mountain Season / Son Of A Witch (RN) Coletivo Machina (Lapa

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ Caixa Cultural 19h - R$ 20 29 - Encontro das Gerações do Folk e Rock Rural: Tuia, Tavito, Guarabyra, Ricardo Vignin

Zé Bigode apresenta Fluxo ao vivo em show gratuito no Parque das Ruínas (1/7) a partir de 17h

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

MOSTRA DE CINEMA COLOMBIANO TRAZ A CALIWOOD DE LUIS OSPINA PARA A CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO A programação reúne 34 filmes, sendo 29 realizados pelo cineasta, que participa da mostra em uma masterclass no dia 1º de julho Caliwood de Luis Ospina: Cinema colombiano de vanguarda, em cartaz na CAIXA Cultural Rio de Janeiro de 27 de junho a 9 de julho de 2017. Com curadoria de Lúcia Ramos Monteiro, a mostra traz uma retrospectiva completa do realizador colombiano fundador do Grupo de Cali e expoente do cinema independente da Colômbia.

SHELL OPEN AIR: O Shell Open Air, maior cinema ao ar livre do mundo, volta ao Rio de Janeiro de 7 a 25 de Junho na Marina da Glória. Com uma tela de cinema gigante de 325m², o público poderá assistir clássicos, blockbusters, além de assistir a shows.    a programação de cinema contará com filmes como Velozes e Furiosos 8, La La Land, Deadpool, Fragmentado, Animais Fantásticos e Onde Habitam,  A Bela e a Fera, Moana,Sing – Quem canta seus males espanta, Rush – No Limite da Emoção, Rogue One – Uma história Star Wars; Os clássicos Moulin Rouge, Footloose, O Iluminado, Alien – O Oitavo Passageiro, Dias de Trovão e Elis e Minha Mãe é uma peça 2.

HANSON CHEGA AO BRASIL COM A MIDDLE OF EVERYWHERE 25th ANNIVERSARY WORLD TOUR   24 de Agosto no Km de Vantagens Hall RJ (antigo Metropolitan), no Rio de Janeiro; 25 de Agosto no Km de Vantagens Hall BH (antigo BH Hall), em Belo Horizonte; e 26 de Agosto no Citibank Hall, em São Paulo


1ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo Especial Mohamed Khan Homenagem a um dos mais aclamados cineastas do país Exibição de 13 longas-metragens e realização de um debate com a presença de Wessam Soliman, viúva de Mohamed Khan e roteirista de A menina da fábrica, Meninas do Centro e No apartamento de Heliópolis CCBB Rio de Janeiro – 14 a 26 de junho



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers