Pular para o conteúdo principal

Shamrock


Aí eu tava na festa de um amigo que ia pra India, na Lagoa, quando a cabeça do Cristo pousou bem no meio da pista de veiculos e varias explosoes pros lados de Copacabana foram ouvidas. Ai a gente saiu fora do predio pq destroços vinham do morro atras da gente e corremos desesperados. Ainda bem que um amigo tava com uma camera filmado a festinha e acabou pegando uma panoramica assustadora da situação quando chegamos ao topo da Sacopã e vimos Copacabana semi destruída e em chamas, pensamos: fudeu! Que porra era aquela? Ao longe, na divisa do Arpoador, entre Copa e Ipanema, vimos a cauda do que seria uma especie de monstro marinho gigante, provavelmente veio de alguma fenda aberta no oceano atlantico a nossa frente, ele se encaminhou pra roda gigante ali no posto seis e fez um estrago geral. A essa altura a gente ja tinha rapado fora de bike, pq estava intransitavel pelas ruas, de carro, e chegamos a Ipanema a tempo de ver a criatura atravessando o dois irmãos (por cima, claro) e se mandando la pros lados da Barra, deixando atras de si um rastro de destruição e morte. Ainda bem que nao moramos numa ilha, assim foi mais facil de se espalhar. Sobrevivemos...
*assistam a Cloverfield para entender o que se passaqui.

Comentários

  1. Eu conferi o filme na primeira oportunidade que tive de conhecer o Kinoplex (Severiano Ribeiro) novo do shopping Tijuca.
    O filme é maneiríssímo, mas quase no final do filme, a tela ficou sem imagem de demorou em torno de 1 minuto pra voltar.
    O cara da cabine devia estar dando uma aliviada no banheiro e esqueceu que tinha que "virar o lado do disco". Vacilo!

    Ao sair da sala, fui ao banheiro e... a luz apagou e entrou a de emergência devido à tempestade que estava caindo no final da tarde do último sábado. As escadas-rolante ficaram molhadas porque o teto de vidro do Kinoplex estava vazando a água da chuva.

    ResponderExcluir
  2. gostei do roteiro tom...
    eu acrecentaria o fator bandidagem.
    já pensou como a marginália
    se comportaria nessa situação?

    seria uma loucura esses caras
    se aproveitando da invasão de
    um monstro a nossa cidade maravilhosa... iam pilhar tudo...
    rs...

    devo ir ver sim...
    mas cara, o que foi o ultimo
    comentário do post anterior?
    nosso amigo lembro do AFRODITE
    SE QUISER!!. cara essa foi
    do fundo do baú... nem me lembrava mais dessas muié...
    sensacional!!

    sobre o filme devo ir ver hoje,
    tirei 15 dias de férias e vou
    ver a indicações da cova
    abraços!!

    ResponderExcluir
  3. ao sair da sessao, ontem a tardinha no belo cine palacio (um de nossos ultimos e mais bacanas cinemoes do rio, ao lado do leblon, so que o palacio ta mais bem tratado, som e imagem dez, e só $ 10 a inteira), me vi numa cena de cloverfield: muito lixo nas ruas, desordem, mulambos, fezes humanas ao longo da grade lateral do passeio publico, restos de obras, enfim quase o rastro da passagem de um monstro pelo centro da cidade. sinistro!

    ResponderExcluir
  4. Esse monstro tem nome, Tom, é Falta de Educação do Povo Brasileiro.

    ResponderExcluir
  5. e tem outro monstro nos atacando, andre, a industriautomobilistica. saiu esses dias nos jornais que a industria festeja o aumento da venda de automoveis em janeiro. bom, se a gente ja nao tem quase espaço nas ruas e calçadas e se o ar ja nao fosse tao poluido e as cidades tao engarrafadas (em sao paulo, p ex, entram em circulação tipos uns mil carros por dia!), seria algo a se festejar. mas, pra mim, definitivamente, nao é...

    ResponderExcluir
  6. Por isto que nem carro eu tenho!
    Decidi me deswfazer deste monstro!
    Muitos me chamam de maluco, mas vivo ótimamente bem com o buzão e taxi. Sai até mais barato!!!!

    Alguém optou por isto tb?

    ResponderExcluir
  7. cara, fiz minhavo vender o carro velho dela ha dois anos. nao so por conta da idade dela, mas que ainda manda bem, mas pq, provei a ela que é mais barato ela pegar taxi do que pagar ipva, gasosa, estacionamento, multas e tudo. se ela pegar taxi, mesmo que todo dia, ainda gasta menos, polui menos, se estrsssa menos e, por isso, vai viver bem mais. elaté quis me dar o auto, mas eu nao quis, fiz auto-escola, mas nao tirei carteira e nao sinto a menor falta desse troço, ando a pe, de bike, de bus e, quando viajo, vou de plane ou buzum tbm, carro praq? tem gente q usa ate pra ir na padaria da esquina, troca todo ano por simbolo de status, ridiculo. quem precisa, ok. eh triste ver no engarrafamento milhares de carros so com o motorista, sequer rola o transporte comunitario. carro é util, mas o rio ja ta saturado...

    ResponderExcluir
  8. fala grande tom!
    vou ver se consigo assistir o filme por estes dias, já q estou de férias...
    sou totalmente a favor do transporte alternativo de verdade -bicicleta por exemplo...
    acho q por conta dos interesses políticos e comerciais q estão contidos na expansão da industria automotiva nós nunca vamos ter uma malha de ciclovias decente, como se vê em cidades da europa.
    tbm não faço a menor questão de ter carro,por opção mesmo, leva uma grana da gente ,e me viro bem com os trens , buzão e taxi-pra sair a noite, bem melhor que ir para festas , beber e sair por aí matando inocentes...

    ResponderExcluir
  9. Coloquei no papel que o gasto com um carro pequeno seria de mais de R$1400(financimento + combustivel + manutenção + impostos) por mês eu desisti!

    Vivo feliz assim:
    Buzão para a correria, Barcas para travessia(moro em Niteroi), taxi para os horários mais darks ou lugares afastados e metro para andar do Centro até o fim da linha subterrânea...

    Como seria linda uma cidade com metrô/trem para tudo que fosse lado!!! Principalmente com serviço de qualidade...

    Ficar estressado no rush?
    Estou fora desde sempre!!!!

    Outra Dica:
    Se fizer as contas é MUITOOOOOO mais barato andar sem carro e alugar um "bicho de 4 rodas" para viagens ocasionais ou saídas estratégicas nos fins de semana...
    Meu sogro faz isto desde o fim da década de 70!!!!

    ResponderExcluir
  10. Só ando de carro desde que o 485 em que eu estava virou (tombou)no fundão.

    ResponderExcluir
  11. caraio!! fui ontem o UCI ver
    CLOVERFIELD...

    o ambiente estava adequado...
    eu, minha mamorada é mais
    5 mamelucos na sala... silencio
    total...

    o filminho é de tirar o folego...
    grande sacada do diretor fazer
    o filme através da filmadora...

    a sequencia que se segue depois
    do desabamento do empire state,
    é foda...

    o único pobrema, é que o papai
    aqui, não consegue jogar games
    em 1ªpessoa, fico com muita
    asia... sei lá o que é... mas
    me sinto mal... e voltando ao
    filme ele é como um jogo em 1ª
    pessoa... e aí, saí da sala
    meio enjoado...

    mas puta que pariu em matéria de
    filmes com monstro, acho que este
    superou todos anteriores...

    ha sobre essa do taxi, um amigo
    que é taxista, já me provou que
    é mais jogo eu vender meu carro...
    porém sou meio suburbano, adoro
    lavar o carro, dar um trato, e
    dar uma voltinha pela lagoa...

    abraços!!

    ResponderExcluir
  12. mas ninguem aqui é contra carro, mas por um modo mais organizado de viver com eles. la em casa tem um, mas so pros fins de semana, serra, barra, coisa e tal. no dia a dia vou a pe, de buzum e bike mesmo (e de metro, caso ele me servisse). e no rio ha onibus demais na zs e de menos na zona oeste, dai as vans. nos eua carro é vital, ate pq eles andam sozinhos e as pistas sao macias como tapeters felpudos. aqui, carro é sinal de caos. cada cidade tem que se adaptar a isso, como os holandeses, que usam as bikes pq la é apertadinho. aqui dava pra gente usar mais bikes e onibus mais coordenados com integracoes (o povo daqui gasta mais com passagens do que o povo de nova york, p ex) e menos linhas indo para o mesmo lugar. mas existe uma mafia contra isso, ja que o jaime lerner, ainda nos tempos do brizola, propos pra ca um plano perfeito, que nunca foi usado. tem jeito pra tudo, mas aqui sempre rola um por baixo que a gente nao consegue anular...

    ResponderExcluir
  13. Minha carteira venceu há 5 anos e nunca renovei. De uns anos pra cá eu tenho percebido como é chato ter carro, fora os custos, os absurdos, a cervejinha do guarda, é lugar pra estacionar, preocupação com o carro na rua, no sinal. É tanta coisa que já praticamente desisti. E aí a consciência pesa por conta da poluição.
    Meu primo sai de casa para dar aula na academia onde trabalha há 3 quarteirões de distância, de carro! É fazer questão de parecer playboyzinho tijucano (e eu sou tijucano desde sempre mas detesto esse comportamento).
    Eu trabalho no centro, vou de ônibus todo santo dia e quando chove muito pego um táxi na volta. Quando vou pra night é metrô e taxi.
    Minha mãe mora na Barra e lá é um bairro chato pra andar sem carro, tudo longe, mas o condomínio dela, assim como outros, tem ônibus privativo que leva pra vários cantos. E ir à praia de bike é muito bom.

    ResponderExcluir
  14. O dia que alguém (imprensa/governo/povo) começar a lutar de verdade contra a máfia do transporte publico no Rio acho que volto a ter esperança na cidade.

    É incrível o silêncio que rola por aí do tipo "ah é assim mesmo".

    ResponderExcluir
  15. Viu como total dá pra se identificar? E, do jeito que anda a Lagoa, eu acho que não demora para criaturas mutantes surgirem fazendo algum estrago por aqui. Tipo um ser criado a partir de detritos, resíduos químicos e canudinhos.

    E, como eu já disse no blog, acho que grande parte do fracasso de cinema que está sendo Cloverfield vem por causa do título MONGOL que jogaram nele, sério mesmo. Sem contar pouca divulgação, né? Só o povo mais informado dos feitos de Abrams que acabou sendo levado aos cinemas.

    Ah, phodda-se a massa, eles não sabem o que estão perdendo! Que se divirtam vendo o filme da *argh* Jessica Alba nas férias.

    ;*

    P.S: contagem pro show do MCR! Algo me diz que vai ser ótimo, apesar da minha fase fã obcecada ter passado e eu nem estar por dentro de grande parte do Black Parade!

    ResponderExcluir
  16. aliás, "cloverfield" é, na verdade, uma bonita historia de amor. o filme que interessa é o que estava por baixo da fita que está sendo apagada por causa da festa e da chegada do monstro. daí ser cloverfield, campo de flores clover, que sao conhecidas na irlanda como a flor da paixão (e também como shamrock, daí o meu titulo). cova tbm é cultura...

    ResponderExcluir
  17. É por isso que eu passo aqui todo dia. Não sabia o significado do nome.

    Voltando ao assunto do transporte no rio, lembrei hoje de um detalhe nos ônibus: os assentos especiais, aqueles logo na entrada com o ferro pintado de vermelho, são de exclusividade para idosos, gestantes e deficientes. E ninguém respeita. Mas acho até que essa falta de respeito é mais ignorância mesmo, mas pessoas não sabem disso. Eu sempre evito sentar nesses assentos, fico em pé se for o caso.

    ResponderExcluir
  18. ainda sobre carros, o que me irrita mesmo, acima de tudo, são esses babacas de pau pequeno que compram imensos carros 4x4 pra andar nas estreitas ruas do rio! e esses carros/trucks mal cabem nas garagens, estacionam mal nas ruas e ameaçam os outros (sao sempre os que mais avançam sinal e tal). sem contar os que compram carros que dao 300km pra andar em ruas cuja velocidade maxima é 60/80. praq?

    ResponderExcluir
  19. neste link existem mais respostas e duvidas sobre clovefield. mas, atenção: se vc ainda nao viu o filme, é melhor ficar longe:

    http://www.imdb.com/title/tt1060277/faq#.2.1.35%20Spoiler

    *anyway, eles citam a flor, mas nao fazem a relaçao amorosa

    ResponderExcluir
  20. o mar maluco nessa historia toda é que, na ultima vez que estive em manhattan, em setemnbro passado, passei em praticamente TODOS os locais onde se passa o filme. o predio onde ta a garota, escorado no outro, é o time-warner em columbus circle, cinco quadras de onde fiquei, bem como aquela ponte do central park. ate na estação de spring st eu desci! e tbm passei na frente do woolworth bld, que é o primeiro a cair. so a travessia da ponte do brooklyn fiz em 2005. sei la, adoro essa cidade e o filme me deixou com pena dela. nunca fiquei triste com cidades destruidas em filmes, mas dessa vez foi tao real e recente (rs)

    ResponderExcluir
  21. CLOVERFIELD COM INTEIRA A r$ 4 (MEIA POR APENAS r$ 2!!!) ATÉ O DIA 21 DE FEVEREIRO, SOMENTE NA SESSÃO DAS 15H DO CINEMARK DOWNTOWN (BARRA).

    ResponderExcluir
  22. off: um dinossauro do meio musical empresarial me contou noite dessas que as vindas de shakira e justin timberlake este ano não passam de miragem. shakira ja encerrou a sua turne e justin nao se garante no maraca, uma apotesoe talvez, mas isso nao pagaria os custos. ele tem uma grande empresa de produção e empresaria shows gringos aqui, ta trazendo o dylan, entao...

    ResponderExcluir
  23. cloverfield trivia:

    http://www.imdb.com/title/tt1060277/trivia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Winner winner, chicken dinner!

É o lema de quem ganha na mesa de blackjack (21) em Las Vegas. A frase, que diz a lenda, é de autoria de um oriental, que quebrou a banca num dos cassinos da cidade nos anos 50, é dita várias vezes no filme "21" (aqui, "Quebrando a banca"), que estréia semana q vem e vi hj cedo numa cabine. Ela significa algo como, quem ganha paga o jantar. O filme é interessante. Apesar de envolver galera e ter uma trilha sonora atual (com direito a faixa inédita do LCD, não tem aquela edição frenética MTV. Até porque, a história de um grupo de geniozinhos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que têm a capacidade de contar decks de cartas de baralho (sem precisar ser autistas, como o rain man) e vão faturar algum na maciota em Las Vegas, aconteceu mesmo na vida real. Isso é o ponto de maior interesse no filme, sacar os bastidores desse fato verídico. Os atores, a maioria novatos (tem o carinha de "Across the universe", mas tbm tem Kevin Spacey e a gatinha Kate …

KELVIN?

UNZAMIGOS MEU FORO RANGAR EM COPA DEPOIS DO SHOW DO JUSTICE E ACABARO ALI NA REGIAO DA PRADO JUNIOR TRAÇANDO UM GALETO COM AS PUTAS E TRAVECO. DADO MOMENTO, UM DELES VE UM ANUNCIO COLADO NUM ORELHÃO DO LADO DO BAR QUE DIZIA: "LOURINHA GOSTOSA. FAÇO KELVIN ATÉ O FINAL!", AI, GERAL BOLOU. O QUÊ OU QUEM DIABOS É KELVIN? NEGUIM JÁ DESCOLADO EM PUTARIA NÃO SABIA O QUE ERA AQUILO. KELVIN? WHATTAFUCK? A SOLUÇÃO? LIGAR PRA PUTA, É CLARO. AÍ, ELA EXPLICOU A PARADA: KELVIN É FAZER GARGANTA PROFUNDA ATÉ O FINAL SEM USAR CAMISINHA (20 CONTOS). MATADA METADE DA CHARADA. MAS POR QUE KELVIN? FIZ UMA BUSCA NO GOOGLE E SÓ APARECERAM DOIS LINKS SOBRE A PARADA!!! (O RESTO TODO ERA LIGADO A PESSOAS CHAMADAS KELVIN OU AO GRAU KELVIN). UM ERA UM FÓRUM NO QUAL A MESMA RESPOSTA E PERGUNTA QUE FAÇO AQUI ERA REQUERIDA, OUTRO ERA UM ANUNCIO DE JORNAL DE UMA VAGABA QUE FAZ KELVIN. ENTÃO, O MISTÉRIO CONTINUA: POR QUÊ KELVIN? ALGUÉM AÍ SABE?

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY