NA COVA DO LEÃO

Wednesday, February 27, 2008

Miss Kitchen


Foi com esse nome que a francesa Miss Kittin (nascida Caroline Hervé) foi anunciada num email que recebi (da própria divulgação!!!) quando tocou aqui no Rio, pela primeira vez, numa noite bacana no Sky Lounge, na Lagoa (que era um lugar de tamanho legal, com som bom, só que mal aproveitado), há alguns anos. O lugar era tão playba que um amigo meu, acostumado a só andar de bermudão estilizado, que não é exatamente um short, foi barrado na porta. Como ele não era o único (os fãs de Kittin se vestem mais numa onda rock), depois de muito perrengue com a mulé da porta e os seguranças, acabaram liberando a entrada dos malucos que destoavam do público frequente da finada casa (tinha até um clone de Marilyn Manson). Fiz essa volta toda só pra avisar que tem disco novo de Kittin na área, o da capa acima. Menos electro, mais dark techno, ele é bem legal e mais pesado que o anterior. De cara, duas faixas se destacam (e já estão no meu set em dois sábados lá na Matrix): "Pollution of the mind" e "Metalhead". A fofa Caroline segue com sua carreira, fazendo o que gosta, indiferente aos apelos comerciais do momento. Kool!

10 comments:

André Imbuzeiro said...

Quando vc diz Matrix vc quer dizer Casa da Matriz?

Que dias (noites) você toca na Matrix? se está.
Fui lá 2x recentemente e nem sabia estava tocando por lá, senão teria parado pra dar uma apreciada no som com mais cuidado.

Senão, onde?

Felipe Passarelli said...

Já gostei muito de Miss Kittin, mais do trabalho dela com o The Hecker, que é um clássico do eletroclash.

Fui nas primeiras vezes que ela tocou aqui, em duas edições da X-Demente, com Mau Mau e George ACTV abrindo, em 2 dias diferentes, e naquele lugar de play la na lagoa que até te encontrei tom, você tava com o godirro.

A primeira vez como djéia, foi incrivel, tava no comecinho da fase eletroclash e foi uma das minhas melhores noites na vida, a vibe lá em cima.

Ela como DJ é íncrivel, mas no disco solo EU acho que ela se perde muito na sequência das músicas, deixando o album chato, resumindo: muito burocrático ao invés de fazer um disco repleto de hits.

Beatbox achei mezzo, tem umas 3 musicas que eu gosto: Barefoot Tonight, Metalhead e Pollution Of The Mind do resto achei chato.

Sugestão de pauta pro rio fanzine tom: hercules & love affair, o cara é de ny, da DFA e vem tocar aqui no club 69 dia 18 de abril. HLA é promessa heim!

:)

tom said...

sim, imbuzeiro, é a casa da matriz. geralmente eu toco na paradiso, que rola aos sabados, uma vez por mes, em media, dependendo de minha agenda e da da casa, e aviso aqui. a proxima data ja marcada é o segundo sábado de março, dia 8, acho. como a noite é rock indie la embaixo, na salinha de cima eu toco eletronico, tipo remix de rock, new rave e uma boa dose de electro, dfa sound, dependendo tbm da cara do publico daquela noite. as vzs tbm faço ddk, fosfo, zero e dama...

tom said...

po, felipe, tinhate esquecido dessa primeira vez da kittin aqui, foi la no armazem. eu tocava na bunker na epoca, mas deu tempo de ir la, pq ela só começou o set/show as 5am, cheguei bem na hora. nesse dia o publico tava melhor, mas achei a gig do sky bem melhor. discordo de vc no quesito dos cds dela. qndo ela grava solo, faz um album, nao uma coleção de hits de pista, tem um sentido nas musicas. ja as coleçoes q ela grava como dj, tipo o radio caroline, sao assim, só hit pancada pra pista. diferente. e valeu as dicas, vou conferir

tom said...

realmente, felipe, o hercules love affair é muito bom, é como se fosse disco classica, mas nao é. bacana. mas no myspace deels nao tem data de gig nenhuma, nem no brasil. vou ver com meus contatos quem vai trazer. a surpresa maior foi ouvir a voz do antony logo na primeira faixa do disco. ele canta em outras, tbm. é um lance pos-electro com um toque dfa.

Felipe Passarelli said...

po ouvir a voz do antony na pista com som disco e dançando é impágavel. (adoro)

blind já toca em vários lugares e tem remixes do frankie knuckles e serge santiago (linda a música!)

esse cd, que acho que nem foi lançado ainda, está sendo rotulado como acid-house ou só disco.

num blog desses da vida tava se comentando sobre a volta do disco na cena de ny e no mundo. tipo strokes - foi a retomada do rock, klaxons - mistourou eletronica com rock - HLA - voltou pra disco puro, como é o caso tb do glass candy e do chromatics, que tb são de ny e do selo itallians do it better que é o selo master, e não usam guitarras. é viagem isso.

só james murphy pra nos presentiar com uma pérola dessas...pra mim, já é um dos melhores album de 2008. :)

tom said...

errantes em off: hj é aniversario da cidade. parabens! mas vai ter um show de bossa nova pra comemorar. acho bossa nova um saco. e vi o filme gone baby gone, dirigido por ben affleck. e presta! e ouvi ruby do kaiser chiefs tocando no sistema de som de uma loja popular (nao butique). ãh? e fui num all you can eat mexicano com japones. achei que ia ter uma baita caganeira, mas foi bom. e o preço é otimo: 38 contos (fora a bebida)

tom said...

pérolas do vestibular de música:

Agnus Dei é uma famosa compositora que escreveu música para igreja.

Handel era meio alemão, meio italiano e meio inglês.

Beethoven escreveu música mesmo surdo. Ele ficou surdo porque fez
música muito alta.

Uma ópera é uma canção que dura mais de 2 horas.

Henry Purcell é um compositor muito conhecido, mas até hoje ninguém
ouviu falar dele.

O Bolero de Ravel foi composto pelo Ravel.

A harpa é um piano pelado.

Opus Póstuma é música composta quando o compositor compôs depois de morto.

Mozart morreu jovem. Sua maior obra é a trilha do filme 'Amadeus'.

A importância de 'Tristão e Isolda' reside no fato de que é uma música
muito triste.

Virtuoso no piano é um músico com muita moral.

Os maiores compositores do Romantismo são: Chopin, Schubert e
Tchaikovsky. No Brasil temos Roberto Carlos e Daniel.

Música cantada por duas pessoas é um DUELO.

Eu sei o que é um sexteto, mas não sei dizer.

Stravinsky revolucionou o ritmo com 'A MASSACRAÇÃO da Primavera'.

Carlos Gomes compôs a PRÓTESEFONIA do programa de rádio 'A Hora do Brasil'.

'Carmen' é uma ópera e 'CARMINHA Burana' é sua filha.

Muitos pesquisadores concordam que a Música Medieval foi escrita no passado.

A ópera mais Romântica é a Paixão de Mateus por Bach.

Tem dois tipos de Cantatas de Bach: as Cantatas religiosas e as
CANTADAS DI PROFANAÇÃO, que ele usou no palácio.

Meu compositor preferido é Opus.

Chopin fez poucas baladas, pois sofria de tuberculose. Assim não dava para ele cair na gandaia à noite, dançar, beber e curtir as minas, MAIS parece que ele não era chegado.

Cage inventou os 4 minutos de silêncio.

Suíte é uma música de danceterias barrocas.

Há uma espécie de Corais feitas por Bach, que se chamam Florais e são
usados como remédios milagrosos.

'Messias' é uma missa de Handel cuja originalidade é ter muitos aleluias.

Joseph van Damme, além da arte lírica, é adepto das artes marciais. Não assisti nenhuma ópera dele, mas tenho o DVD de 3 filmes dele.

Os menestréis e trovadores transmitiam notícias e estavam nas festas. Andavam de cidade em cidade, de castelo em castelo e iam até nos shows de TV.

O regente de uma orquestra é igual a um guarda de trânsito maluco
porque agita os braços controlando muitos instrumentos na sua frente.

'As 4 Estações' é o CD mais vendido da banda do Vivaldi, depois que
fez sucesso num comercial de sabonete, que não me lembro o nome agora.

Os compositores Renascentistas reviveram a música, pois ela havia sido morta pela Inquisição.

As Fugas de Bach são famosas porque ele não queria ficar preso em
nenhum sistema.

A música eletroacústica é a mais avançada das tendências da música
eletrônica hoje em dia. Seus principais compositores são os DJs e a banda Craftwork.

O metrônomo foi inventado para os músicos não andarem depressa.

Barroco é uma palavra derivada de Bach.

Handel compôs muitas peças geniais para COURO.

Música atonal é aquela sem som ou que explora o não-som, mais ou menos quase um anti-som. Seus mais importantes criadores são da família Berg: Schoenberg, ALBANBERG e WEBERG.

Pierre Boulez e STOQUEHAUZEN são compositores contemporâneos. É raro
ser contemporâneo, pois muitos contemporâneos não vivem até morrer.

A mais bela sinfonia é a ÓDIO ÀLEGRIA de Beethoven.

fabio fernandes said...

eu até ia a esse show em homenagem a bossa nova ontem, só pela fernada takai e pela maria rita, mas acabei desanimando. estes tributos com uns 80 artistas no palco acabam sendo chatos ...
acabei vendo, novamente, "beatles num céu de diamantes".

fabio fernandes said...

ah, iria pelo bossacucanova tbém, mas dizem que a participação deles foi tão rápida que nem valeu a pena ...

NA CIDADE

JANEIRO TEM DUAS FACES:

CASAS & SHOWS: Circo Voador 19 - Samba Rap Festival: Elza Soares / Karol Conka 20 - Samba Rap Festival: Emicida / Jongo da Serrinha / Bateria da Império Serrano 25 - Phoenix (FRA) 26 - Vanessa da Mata / Fióti / DJ Incidental 27 - Barão Vermelho

Fundição Progresso 19 - BaianaSystem 20 - Tim Music no Samba: Xande de Pilares & Mumuzinho - Participação: Bateria do Salgueiro 26 – Johnny Hooker / Letrux 27 - Nando Reis

Teatro Odisseia 21 - Radnor With Lee (EUA) 28 - Demon Hunter (EUA) / Pantokrator (SUE)

Teatro Riachuelo 16 - Leila Pinheiro: Voz & Piano 23 - Ed Motta: Baile do Flashback 30 - Laila Garin & A Roda

Teatro Rival 20 - João Bosco: Voz & Violão 25 - Angela Ro Ro 26 - Bloco Sargento Pimenta 27 - Geraldo Azevedo: Voz & Violão

Audio Rebel 16 - Adaury Mothé Trio 17 - Rafael Rocha Quinteto 28 - N.D.R. / Triunfe / Dissonância 29 - Ana Baird & Camila Costa: Perigosas

Espaço Sérgio Porto 18 - Sinara 25 - Karine Carvalho: Galega Hits

Sala Baden Powell 19 - Sempre Livre / Sylvinho Blau Blau / Dr. Silvana & Cia. 20 – Nelson Sargento 21 – Banda do Síndico 24 - João Donato - Participação: Carlos Lyra & Roberto Menescal & Marcos Valle 25 - Mario Adnet: Jobim Jazz 26 – Marcos Ariel 27 – Cris Delanno 28 - Azymuth

Beco das Garrafas 17 - André Gonçalves 18 - Lu Oliveira 19 - Georgiana de Moraes & Fernanda Cunha & Camilla Dias: Homenagem a Vinicius de Moraes (20h) 19 - Joyce Cândido: Homenagem a Elis Regina (22h30) 20 - Hélio Delmiro (21h) 20 - Maíra Freitas & Taís Feijão (22h30) 21 - Dóris Monteiro 24 - Rosana Sabença 25 - Conexão Rio: Homenagem a Tom Jobim 26 - Amanda Bravo: Homenagem a Durval Ferreira - Participação: Paulinho Trompete, Mauricio Einhorn, Rosana Sabença, Billy Blanco Jr., Thaís Fraga 27 - Hector Costita & Joseval Paes 31 - Maria Luiza

Casa de Cultura Laura Alvim 16 - Dani Black 21 – Pedro Mann 23 - Davi Moraes 28 – Qinho Canta Marina Lima 30 - Matheus VK

Teatro Café Pequeno 18 – Verônica Sabino 25 – Elisa Queirós

Blue Note Rio 16 - Big Gilson 17 - Roberto Menescal 18 - Gabriel Moura 19 - Daniel Jobim & Daniel Boaventura: Homenagem a Tom Jobim & Frank Sinatra 20 - MPB-4 23 - Escalandrum (ARG) 24 - Mayer Hawthorne (EUA) 25 - Wanda Sá & Gilson Peranzzetta & Mauro Senise: Homenagem a Tom Jobim & Vinicius de Moraes

KM de Vantagens Hall 19 – Molejo & É O Tchan – Participação: Ludmilla 20 - Ney Matogrosso: Atento aos Sinais

Imperator 23 - Jazz Pras Sete: Chico Costa & Quarteto Artilheiro 24 - Quartas Brasileiras: Cordão da Bola Preta 27 - Forró Lánalaje: Marcelo Mimoso Trio / DJ Edna Carvalho 28 - Bloco Pipoca & Guaraná 31 - Toquinho: Voz & Violão - Participação: Camilla Faustino

Centro de Referência da Música (Tijuca) 17 - Ellen de Lima & Reginaldo Bessa: Homenagem a Lamartine Babo 18 - Rosa Marya Colin - Participação: Jefferson Gonçalves 19 - André Gabeh 17 - Eduardo Dussek 24 - Quinteto em Tom Maior 25 - Rosane Corrêa: Homenagem a Ella Fitzgerald 26 - Daíra: Homenagem a Belchior 31 - Ana Egito

Baile do Digitaldubs - HUB (Santo Cristo) 21 - Cedric "The Congos" Myton (JAM) 28 - Mad Professor & Aisha

Música no Deck - Barraca do Pepê (Barra da Tijuca) 20 – Filipe Ret 21 – Kell Smith 27 – Um 44k 28 – Luiza Possi Barra Blues Festival 26 - Sergio Diab Stratoman / Projeto Soul Jazz / Ana Egito / Alamo Leal Blues Groover’s / Corcel Mágico 27 - RJ Café / UniJazz Brasil / The Blue Fever / Sergio Rocha / Serra Blues Trio 28 - André Barroso / WestSide Blues / State of Blues / Victor Biglione Festival Downtown Sunset - Shopping Downtown (Barra da Tijuca) 20 – Gabriel O Pensador 27 – Biquini Cavadão

Rio Rock & Blues - Rock Experience (Lapa) 19 - Titanossauros / Conexão Japeri 20 - Love & The Lovers / The Loreleis 26 - The Smiths Cover 27 - Pedro Santana Trio / Elemento Surpresa / A Bolha Revisited

Circuito SESI 24 - Centro: Fhernanda Fernandes - Participação: Nana Kozak, Sandra Duailibe, Clarisse Grova, Ninah Joh, Andréa França

MIXXX: 17 – Matheus VK – Teto Solar / Botafogo 19 - Maratona Black - Baile Charme – Gafieira Elite / Centro 19 - O Rappa: Tour de Despedida – Quadra da Mocidade / Padre Miguel 20 - Festival Rock in Brisa 4: 90 Contos / Cosmobox – Espaço Tequila´s / Guaratiba 20 - Playmobille / Tem Amor – La Esquina / Lapa 20 - Indivíduo K / Cândido / Banheiro Azul – O Pecado Mora ao Lado / Praça da Bandeira 21 - Aniversário de 57 Anos do Cacique de Ramos 21 - Festival Lona Rock Sunday: Memora / The Outs / Corcel Mágico – Lona Terra / Guadalupe 21 - Lu Oliveira – Praia de Conceição de Jacareí / Mangaratiba 26 - Laurent Garnier (FRA) 26 - Bloco do S Convida KL Jay – Fosfobox / Copacabana 27 - Slide / Sollarium / Fresno / Glória / Strike - Clube Tamoio / São Gonçalo 27 – Matanza – Arena Fernando Torres / Parque de Madureira 27 - Visibilidade Transvestigenere - Beco Encantado: Mulher Pepita & MC Xuxu – Beco do Rato / Lapa 28 - Festa Divina Circus: IZA – Clube 4 Linhas / Bento Ribeiro 28 - Bloco Eficiente: Inclusão Se Faz Com Várias Mãos – Praça Paris / Glória 28 - Facing Fear / Stuff / Cidade Nua – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo

exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

FESTIVAL DE CULTURA DIGITAL: De 18 a 20 de janeiro, quinta a sábado, acontece no CCBB RJ DIGI – Festival de cultura digital, uma mega programação que inclui imersão, reflexão e diversão. Tem até shows geek. quinta, 19 de janeiro, às 21h, apresentação da orquestra Ritornello de Jedi, com repertório de trilhas musicais de videogames, séries e desenhos, com cordas e vozes, e arranjos exclusivos. O objetivo é dar acesso à formação clássica com temas musicais do cotidiano. sexta, 20 janeiro, às 21h, é a vez de The Screeners, banda que faz releituras rock ’n’ roll de trilhas sonoras clássicas do cinema, de videogames, séries de TV, desenhos animados. É tudo grátis, das 9 às 21h.

MOSTRA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EXIBE O CINEMA DE HAL HARTLEY Programação reúne todos os 14 longas do diretor americano, além de debate, sessões comentadas e um curso de roteiro cinematográfico de 23 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018 (terça a domingo)

O Ministério da Cultura, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro apresentam a 14ª Mostra Melhores Filmes do Ano Além das exibições dos filmes, a mostra traz homenagens e catálogo especial com textos sobre os filmes e as iniciativas cinematográficas que fizeram a diferença em 2017 De 24 de janeiro a 1 de fevereiro
PROG IN BRASIL: Carl Palmer, Premiata Forneria Marconi, estarão no Brasil em 2018, se apresentando nas cidades de Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, como parte da Top Cat Concert Series 2018. Os italianos do Premiata Forneria Marconi CHEGAM EM ABRIL. O grupo de rock progressivo, formado em 1971, vem lançar seu novo álbum 'Emotional tattoos', e também vai tocar seus clássicos. Maio vai trazer o baterista do Emerson, Lake & Palmer e também do Asia, Carl Palmer, com seu tributo ao ELP.Show promete surpresas com algumas participações especiais de peso.

No dia 24/jan, começa no CCBB SP a mostra Sonora: Ennio Morricone, que homanageia o maestro no ano que completa 90 anos. Ao todo, serão exibidos 22 filmes que têm a marca musical do maestro.

Nico Rezende fará show em homenagem a Chet Baker dia 26/01 no Blue Note. Aliás, esse ano completa 30 anos da morte do Chet!!! 2018 marca o trigésimo aniversário da morte de Chet Baker. Nico Rezende presta homenagem ao trompetista no palco do Blue Note Rio, no dia 26 de janeiro (sexta), para apresentar alguns clássicos imortalizados por Baker. Estão no programa canções como ‘Time after time’, My funny valentine’ e ‘There will never be another you’.

RU PAUL´S DRAG RACE TOUR: Em 2018, as drag queens de RuPaul's Drag Race vão levar a turnê oficial do reality-show, WERQ THE WORLD TOUR, para a terra do “Come to Brazil”! Michelle Visage vai comandar a apresentação no Brasil e todos os shows contarão com performances ao vivo de algumas das drag queens mais inesquecíveis de RuPaul's Drag Race, entre elas, as recém-divulgadas participantes da terceira temporada de All Stars, Shangela e Kennedy Davenport. Outras fan favorites devem marcar presença, como Detox, Kim Chi, Violet Chachki, Valentina e Peppermint. Ainda haverá um pré-show com DJ set e performance de Lady Bunny, a drag queen que é uma lenda da cena noturna de Nova York. 23/FEV TEATRO BRADESCO/RJ

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers