Pular para o conteúdo principal

ELVIS ID DEAD


Está por toda parte: hj completam-se 30 anos da morte de Elvis Presley, o proclamado rei do rock. Foi por casa dele que nosso Roberto Carlos tbm passou a ser chamado de "rei", qndo ainda fazia roquinhos. Cor da pele à parte, Elvis foi um fenomeno. Pegou o som feito pelos negros (que não podiam tocar em radios ou aparecer na TV) e levou para o mundo, dando um molho caipira. Nascia o rock´n´roll como nós conhecemos. Inclusive, Elvis, q era alourado, pintou o cabelo de preto e ficou com um ar mais rebelde. Sua dança sensual e agressiva completou o pacote, junto com uma jaqueta de couro. Elvis, Brando e James Dean, mais ou menos na mesma época, criaram o visual rock rebelde q ate hj usamos (jaqueta, jeans, t-shirt branca, tenis, q era a roupa de gente pobre). Minha mãe tinha vários discos do cara, que eu costumava ver em filmes bobos da sessão da tarde, e ficou arrasada com sua morte. Na minha formação rock, ele não teve papel relevante, pelo menos não diretamente. Pra mim era o mesmo que roberto carlos. Só depois, vendo docs e conhecendo mais detalhes foi q vi q o cara influenciou até o Clash. Pena que acabou do jeito que acabou. E virou uma lenda do mundo bizarro, dos Elvis gordos de Las Vegas, do cara que não morreu. E pra vcs, Elvis teve ou tem alguma importância/relevância. Ou é só um mito?

Comentários

  1. Fala Tom !

    Sei da importância do Elvis para música americana, mundial e é claro pro rock !!! mas nunca me chamou muito a atenção não... a imagem que ficava para mim era daqueles filmes bobos da sessão da tarde mesmo !! mas respeito a importância dele.

    Tocando no assunto Elvis. Tom vc se lembra de uma banda chamada Dread Zeppelin ??? até tinha um clip que passava direto no ínicio da mtv no brasil !!! eles tocavam músicas do led zeppelin e ritmo reggae !! e tinham um vocalista que se vestia de Elvis Presley e se chamava Tortelvis... era toscão a parada.. os caras a té vieram fazer show no Brasil ! acabei me lembrando deles.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha, bem, considerando a minha idade, eu não posso exatamente responder a essa pergunta!

    Minha mãe falou muito dele quando eu era criança, apesar dela também não ter vivido a época. Eu acho que meu primeiro contato com a imagem do Elvis foi vendo Forrest Gump, com aquela cena em que eles dizem que o Forrest que ensinou os "dance moves" do Rei.

    Anyway, acho que ele é um daqueles clássicos intocáveis da música, conhecido muito mais por toda a "mística" do negócio do que pela música em si. Digo, 90% das pessoas nem sabe que "escuta" Elvis em várias bandas. Outro que morreu em uma situação lastimável, um padrão que parece se repetir assustadoramente ao longo da história do rock.

    Uma pena mesmo que o mundo da música ainda tenha essa fama horrível. E, para piorar, os "rockeiros" (odeio esse termo) mais jovens continuam fazendo as mesmas idiotices que seus ídolos fizeram, ajudando a perpetuar ainda mais essa imagem de que músico é sempre louco e drogado.

    Mas considerando que a intenção, muitas vezes, é justamente vender esse estilo de vida...

    Anyway, besitos
    ;*

    ResponderExcluir
  3. Não gosto de ouvir elvis não, até porque nenhuma música (ou praticamente nenhuma) é dele... eu costumo dar mais valor a compositores.

    agora, não sei qual exatamente é a influência dele no mundo da música, teria que estudar mais pra saber isso. Gosto muito mais dos outros iniciadores do rock, chuck berry, chubby checker, buddy holly, esse pessoal muito divertido que tem na trilha sonora do American Graffitti!

    E ele era drogado e mal caráter.

    Como ator prefiro Frank Sinatra.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Ele não é um dos artistas mortos que mais "faturam" por ano?

    ResponderExcluir
  5. Dread Zeppelin... tão tosco quanto o Scatterbrain (cada coisa que a gente só conheceu por causa da MTv)

    ResponderExcluir
  6. nao por acaso, o canal tcm ta exibindo hj uma maratona elvis, com direito aos melhores dele, viva las vegas e jailhouse rock. como to gripado de cama, nada melhor (nem precisa prestar atenção, em geral os filmes sao ruins, fora os dois citados). o pior do elvis foi se deixar manipular pelo coronel parker e ter virado um patriota escroto (foi pro exercito, apoiou nixon, delatou lennon). isso estraga um pouco de sua aura. iga, vi o show do dread zeppelin, foi la no imperator. a maioria da galera que le esse brogue nem era nascida qndo elvis bateu as botas. eu ainda brincava de carrinho. miha mae tbm nao era da epoca, mas ainda pegou a rabeta nos anos 60 (o auge de elvis é o final dos anos 50) emblematicamente ele morreu no mesmo ano em que o punk rock estourou. embora elvis tenha vindo depois dos originais reis do rock (citados por pacheco), foi quem abriu caminho por ser branco tocando musica de preto. talvez sem ele tudo tivesse demorado mais pra acontecer. sim, elvis fatura hj muito mais morto do que qndo tava vivo. sorte da filha, lisa marie, que ganha 30% de tudo.

    ResponderExcluir
  7. tem tbm essa mistica do elvis is not dead. dizem que, na mesma epoca em que ele empacotou, um cara muito parecido com o elvis original, de cabelinho louro e tudo, foi visto no aeroporto comprando um one way ticket pra buenos aires. será? no caso, ele teria trocado de lugar com um de seus imitadores e picado a mula. acredite... se quiser!

    ResponderExcluir
  8. minha namorada adora elvis, eu já curto mais o lado bizarro e alguns filmes do cara ...
    e o que aconteceu é que ele foi o cara certo na hora certa no lugar certo: a indústria precisava de um ídolo branco para seduzir os adolescentes.

    e em bizarrice, acho que de todos estes rock stars ele tenha sido o campeão. parece que qto mais dinheiro entrava, mais ele pirava. kurt se matou logo mas o elvis foi pirando, pirando e não encontrava limites pela frente.

    tbém lembro do show do dread zeppelin no imperator, aliás, que fim levou a banda ?

    ResponderExcluir
  9. Pode crer vida fuleira o Scatterbrain é dessa época também... banda de metal de NY com uma pitada de humor...
    Lembro do show do Dread Zeppelin ter sido no Imperator, porem na época não me interessei em ver.

    ResponderExcluir
  10. Cara, sério, esses artistas que fazem tanto sucesso póstumo me assustam.

    A exemplo de Tupac, que já lançou nãoseiquantos CDs desde que "morreu".

    Pra mim, ele tá felizão lá no Acre aproveitando a grana! E aposto que o B.I.G divide a casa com ele e ri da cara dos otários que acreditaram na "briga" dos dois! E os dois são, é óbvio, vizinhos do Kurt.

    Quem sabe o Elvis não esteja lá com ele? Já meio gagá, claro...

    ResponderExcluir
  11. elvis apareceu na hora certa para servir como fantochae na apropriação da linguagem marginal e rebelde dos negros pela industria cultural [eca, a expressão é essa mermo] norte americana. o branco que fazia a musica dos negros. pintar o cabelo teve mais a ver com essa imagem. não podia ser louro né?
    foi um genio, à sua maneira. usado e abusado, coitado, deu no que deu.

    ResponderExcluir
  12. Diretamente não, mas sempre achei um saco e brega Elvis. Depois de velho, dei um pouco de atenção pelo histórico do cara, total high rock school, conheço as musicas mais pra mim ele é só referência.

    Smashing Pumpkins

    Li sua critíca no Globo, gostei do que você escreveu, ficou bem apurado, mas tem coisas ali irreais, tipo o James Iha não é tão virtual assim como o Billy Corgan por exemplo.

    E a maioria dos albums foram produzidos e escritos por Billy e Jimmy. A produção só dos dois já é normal, Billy Corgan gravou todos os instrumentos do Siamese Dream para que o album fosse lançado a tempo, todos estavam drogados, parece ele ser o unico pop star careta que conheço. rs.

    E é dificil Smashing Pumpkins não lotar arena rock só pra ver eles, assim como estou. Billy está de volta que achei sensacional, pesado e bem doom.

    Acho q sim sentimos falta da D'arcy e do Iha, mas o nome Smashing Pumpkins vem a calhar a qualquer hora. Shows sould-out a meses no mundo todo. É sinal que ta dando recado.

    Gosto muito da Ginger, faz um estilo mas like a virgin da madonna, gata, toca bem, sensual e o Jeff também ta mandando muito bem.

    Fiquei bolado com os 3 Quadrados Tom, tinha que ser pelo menos 4, ele merece nota 8,0. rs

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Nesse condomínio dos roqueiros mortos, chaamdo Village Serguei, também estaria o Jim Morrison, hoje um patusco senhor que saberia toda a verdade sobre o assassinato de Jimi Hendrix e a morte de Paul McCartney nos anos 60...

    ResponderExcluir
  14. poizé, leila, sua colocação é perfeita, mas se não fosse elvis o homem nbranco (e judeu) que domina a industria musical ia promover o mega careta pat boone como cantor de rock para abafar os negros. pelo menos o elvis tinha balanço, beleza, suingue e carisma, mesmo sendo um fantoche. imaginem, o pat booonnnnee!!! mas, de fato, as coisas teriam sido bem melhores com little richard (um pré-prince) e chuck berry no poder

    ResponderExcluir
  15. nesta mesma data madonna completou 49 aninhos. ela tem quase a mesma idade oficial do rock, 50 anos (data medida a partir do estouro de elvis, ali por volta de 1957, marromeno, me corrijam, se estiver enganado). e ainda ta em cima, dando no couro. lady ciccone é meio uma vampira: ela fica perto do que é hype, chupa, absorve e faz a moda dela, meio como um certo mano caetano costuma fazer por aqui, sem a mesma criatividade

    ResponderExcluir
  16. Eu mesmo fui escutar Elvis só depois dos 20 , e claro sem nenhum impacto. Mais tarde acabei me interessando por uns albuns dele dos anos 70 , basicamente gospel/country , qndo ele já tava gordo e drogado. Aliás é mto divertido ver cenas da sua fase Las vegas , com o cara se enxugando com a toalhinha no palco o tempo inteiro nos seus trajes Evil Knievel.
    O legado over de Elvis se confunde com a propria sub cultura white trash americana e daqui há cem anos ainda vai se falar no cara.
    Obviamente sua importância foi inestimável , mas como foi muito rapidamente digerido pela midia virou paródia cedo demais , e aí o bastão já tinha passado pro outro lado do atlantico.
    Em 2001 fui num congresso em Sampa , e tinha um cara fazendo um cover de Elvis num estande. Depois que acabou a performance não resisti e fui trocar uma idéia com o maluco. Se chamava Helder Elvis , e foi bizarro , porque parecia que eu tava falando com o rei em pessoa , tamanha a semelhança do cara e a total incorporação do sujeito , que realmente pensava que era Elvis. Quase Esquizofrenia.

    ResponderExcluir
  17. nossa, eu ainda vou pensar muuuito nessa sua sacada madonna-caetano :)

    ResponderExcluir
  18. uma coisa q acho engraçada é q as pessoas mais novas, que não estavam aqui no planeta quando o rock começou a tomar forma, ouvem Elvis meio que sem sacar e acabam gostando mais do lado anedota trash do fim da vida dele.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY

REI PANTERA

Vão dizer pra você que 'Pantera Negra', é o primeiro filme de super herói Marvel negro. Não é (Blade, veio bem antes). Ou, que é o primeiro filme com cast quase totalmente negro. Outra inverdade, basta uma rápida pesquisa. O fato é que, independentemente desses detalhes, 'Black Panther' é um filmaço, dos melhores do MCU (o Marvel Cinematic Universe). Não diria o melhor, pq 'Capitão América: guerra civil' (onde o Pantera Negra foi formalmente introduzido), detém esse titulo, desde os primeiros do Homem de Ferro e Vingadores. E, está acima do ultimo Marvel, o 'Thor: Ragnarok'. Muita gente gostou deste, pelo seu tom brincalhão. Achei um tanto demais da conta.


Por outro lado, os mais jovens irão achar 'Pantera negra' um bocado sério. É um filme que (quase) não deixa espaço pra piadinha barata. A história de T´Challa (Chadwick Boseman, que se revelou na cinebio de James Brown), o herdeiro do trono de Wakanda (um fictício e super avançado país africano…

OSCAR 2018: OS FILMES

AINDA FALTA VER 'PHANTOM THREAD', PARA FECHAR A LISTA DE PRODUÇÕES QUE CONCORREM AO OSCAR NA CATEGORIA MELHOR FILME. MAS, POR ENQUANTO, AQUI VAO COMENTARIOS SOBRE OS DEMAIS CONCORRENTES. COMENTE VC, TBM:


CALL ME BY YOUR NAME = BELO E SENSIVEL DRAMA ROMANTICO, SOBRE A DESCOBERTA DA SEXUALIDADE, DE UM GAROTO ITALIANO DE 17 ANOS (NA ITALIA, A IDADE DO CONSENTIMENTO É 14). ACONTECE QUE, O JOVEM, SE APAIXONA POR OUTRO, UM HOMEM DE 25 ANOS, QUE VEM PRESTAR SERVIÇOS PARA SEU PAI. É BASEADO NUM LIVRO (QUE NUNCA LI) E TODO PASSADO NO NORTE DA ITALIA (NOS ARREDORES DE VERONA), COM FOTOGRAFIA RADIANTE E LUGARES PARADISIACOS. O NOVATO TIMOTHÉ CHAMALET (QUE TBM ESTÁ EM 'LADY BIRD') CONCORRE NA CATEGORIA ATOR PRINCIPAL. A TRILHA DE SUFJAN STEVENS É A CERTEIRA.


DARKEST HOUR = MOSTRA UM RECORTE DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, LOGO APOS OS FATOS VISTOS EM 'DUNKIRK' (É BOM VER UM LOGO APOS O OUTRO), E CENTRA NA FIGURA CARISMATICA E CONTROVERSA DE WINSTON CHURCHILL. FEITO POR GARY OLDMA…