Pular para o conteúdo principal

fantastic surfer


fas de hqs ou não sabem que o primeiro filme do quarteto fantastico foi um engano (bom, só não foi pior do que o da elektra). era ate meio engracadinho, mas muito fraco como filme de super heroi e vagabundo nos efeitos (sem contar as atuações pessimas). mas fez grana e garantiu a segunda parte. assisti no meu day-off (como é bom ter cinema que começa as 11 e tem sessao a 1am tbm, ai da pra escolher). dei sorte de ter perto de mim uma sala que exibia em projeção digital com som dolby digital certificado thx. e sem fila, apesar de ser a estreia da semana e top do box office. foi show. mas quem dá show mesmo na tela é o surfista prateado (que tem a voz de laurence fishburne, já que é todo em cgi), o filosofo do universo. o batedor de galactus é a melhor coisa do filme. a principio, ele é um vilao, ja que vem abrindo caminho para a destruição. mas, depois que toma contato com os terraqueos, muda de ideia. nisso, o filme é fiel ao quadrinho original dos ff. mas galactus nao aparece como aquele ser meio viking dos gibis. é apenas uma imensa força cósmica, tipo um buraco negro ambulante. no mais, o filme é pouco menos vagabundo, mas tem dialogos imbecis (para garotos menores de 12 anos, é PG) e as atuacoes do sr fantastico e jessica alba continuam constrangedoras. mas o surfista faz tudo valer a pena. ate aplaudiram no final...

Comentários

  1. co surfista prateado sempre foi um dos meus personagens preferidos e nunca imaginei vê-lo no cinema, talvez por ser um fã meio xiita (rsrs). mas o trailer até que não me decepcionou e realmente este fantastic four parece um pouco melhor do que o primeiro.

    e o cara (doug jones - mímico e contorcionsta) que interpreta o surfista prateado é é especialista em interpretar seres diferentes: já foi o fauno (do labirinto), o abe sapien (hellboy), uma outra criatura em lady in the water ...

    ResponderExcluir
  2. Fala, Tom, qto tempo!
    Pois é, o primeiro FF pra mim foi o filme de HQs mais ridículo que eu vi... bem pra criança mesmo, coisa que não tem nada a ver com as histórias nos quadrinhos... Poxa, eu delirava nos 80's com o FF, ainda amsi com a She-Hulk! Pena que não a colocaram ainda...
    E o surfista foi sempre bem bacana pra mim, adorava, mesmo achando muito "cabeça"...rs

    ResponderExcluir
  3. O surfista prateado tb sempre foi o meu preferido deles todos da Marvel, tanto em filmes, comics, desenho....

    É o mais carioca de todos rs

    Hoje vou ver Mr Brooks, me falaram muito bem dele. Amanhã pego o do surfista, talvez, não sei se vou querer ver no cinema.

    Hoje vi Hostel II, achei bem melhor que o primeiro, a dinamica e a consistencia dele são ótimas, o final bem diferente, vale a pena.

    Amanhã tem O Teatro Mágico no Circo, você conhece Tom?

    Ta rolando um hype aí em cima deles, vejo muita gente ouvindo, e me disseram que o show é super divertido e concorrido, venderam 40mil CDS só em shows.

    Sei que a banda é como um circo, uma parada circense, Rock Circense? Quem sabe não seja o "Next Big Thing"?

    Vazou o novo do Interpol, e minhas expectativas nervosas e anciosas desabaram, não é um disco emo, horrível, mas não chega aos pés dos primeiros discos, vou ouvir mais.

    Do White Stripes ta bem legal, já meio que ouço todo dia.

    Falowsss

    ResponderExcluir
  4. Hi,Tom!
    Estou back in the high life again.
    Espero manter o contato com os coveiros amigos.
    By the way, o afinal é PG?

    ResponderExcluir
  5. na real, o filme é fraco. mas, como o anterior era tao ruim, esse soa pouco melhor. pg é a classificação para filmes que da para entrar criancinhas (parental guidance). os fiomes pg-13 podem ter linguagem e violencia, ja os pg sao bem calminhos, so perdem para os g (general audiences), que sao os censura livre. pg é como se fosse o nosso censura dez anos

    ResponderExcluir
  6. Engraçado, eu gostei do primeiro...

    hihihi

    ResponderExcluir
  7. parece que rola uma premiere de fantastic four, amanhã (segunda) no vivo rio, com a presença da mega babe jessica alba ...
    será que procede ?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY

REI PANTERA

Vão dizer pra você que 'Pantera Negra', é o primeiro filme de super herói Marvel negro. Não é (Blade, veio bem antes). Ou, que é o primeiro filme com cast quase totalmente negro. Outra inverdade, basta uma rápida pesquisa. O fato é que, independentemente desses detalhes, 'Black Panther' é um filmaço, dos melhores do MCU (o Marvel Cinematic Universe). Não diria o melhor, pq 'Capitão América: guerra civil' (onde o Pantera Negra foi formalmente introduzido), detém esse titulo, desde os primeiros do Homem de Ferro e Vingadores. E, está acima do ultimo Marvel, o 'Thor: Ragnarok'. Muita gente gostou deste, pelo seu tom brincalhão. Achei um tanto demais da conta.


Por outro lado, os mais jovens irão achar 'Pantera negra' um bocado sério. É um filme que (quase) não deixa espaço pra piadinha barata. A história de T´Challa (Chadwick Boseman, que se revelou na cinebio de James Brown), o herdeiro do trono de Wakanda (um fictício e super avançado país africano…

ENVENENADO PELO ESTILO

Paul Thomas Anderson é um prodígio. Aos 26, realizou 'Boogie nights', seu longa de estreia, que aumentava um curta que ele tinha feito dez anos antes, sobre um fictício ator pornô chamado Dirk Diggler. Seu trabalho seguinte, foi o ambicioso 'Magnolia', espécie de homenagem a Robert Altman: um filme longo e cheio de personagens, cujas historias se entrecruzam aleatoriamente. Daí em diante, cada novo filme seu era esperado com altas expectativas, pelos fãs e pela crítica. Ele fez até um com Adam Sandler (!?), 'embriagado de amor'. Mas, sua obra-prima, veio em 2007: 'There will be blood' (sangue negro), um daqueles raros filmes que, quando acaba, dá vontade de aplaudir de pé na sala, e gritar 'bravo!' Um dos grandes trunfos do filme, é Daniel Day-Lewis, que, não a toa, ganhou Oscar de melhor ator no ano seguinte. É um dos cinco melhores filmes deste novo século.


Agora, no momento em que Day-Lewis anuncia sua aposentadoria do cinema, se juntou no…