Pages

Wednesday, February 14, 2007

HELL-O, LAPA!


ATENÇÃO COVEIROS FÃS DE ELECTRO E DO DJ HELL. COMO VCS SABEM, O CARA É BRÓDER DE SEU AMIGO ZIGGY, E POR ISSO, ATRAVÉS DE UMA OFERTA GENEROSA DE UM COVEIRO ANÔNIMO, QUE ESTÁ DIVULGANDO O SHOW DE DJ HELL NESSA SEXTA NO CIRCO VOADOR, CONSEGUIMOS A PRIMEIRA PROMO OFICIAL DA COVA:

SEGUINTE: QUEM ESTIVER REALMENTE NA PILHA DE IR VER O CARA NA LAPA (JUNTO COM DEIZE TIGRONA, DIGITARIA, RENATO RATIER E TAL) É SÓ MANDAR UM EMAIL NESTA QUINTA-FEIRA (15/FEV) PARA electrofromhell@gmail.com

AI, NO FINAL DA TARDE DESSA MESMA QUINTA ALGUéM ENTRARÁ EM CONTATO COM OS DOIS COVEIROS QUE VÃO GANHAR UM INGRESSO GRATUITO PARA A GIG. PARA NÃO INFLUENCIAR, EU NÃO TEREI ACESSO A ESTES EMAILS, NEM SABEREI QUEM ESTÁ CONCORRENDO. BELEZA? ENTÃO, A SORTE ESTÁ LANÇADA!!!

38 comments:

Felipe Passarelli said...

Já mandei, vamos ver o que acontece, to perdendo os contatos todo de festa, gastando mó grana, antigamente era tudo free, me desacostumei ehehehe :)

Mas DJ Hell sempre é bom, e é capaz de rolar xtc, tem mais de 2 anos sem acho, quem te viu quem te ve Felipe. hehehhe

Leaked News:

Kings of Leon
http://miniurl.ws/?r=b02

Dungen
http://miniurl.ws/?r=b03

Ted Leo And the Pharmacists (ótima banda, linha Pavement)
http://miniurl.ws/?r=b08

Electric Soft Parade
http://miniurl.ws/?r=b06

Frog Eyes
http://miniurl.ws/?r=b04

Dinosaur Jr - Beyond
http://miniurl.ws/?r=b05

The Apples in Stereo
http://lix.in/7eb230

Andrew Bird
http://miniurl.ws/?r=b07

Boa semana de "Leaked", albums muito bons, peguem logo o que apetecem mais a vocês e depois ouvem, sabe como é, esses links não são eternos. Sim sofro a crise dos vazamentos, outra doença do mundo virtual... ehehe :)

E sempre que puder, dão uma passadinha no meu profile do orkut, já to com quase 50 videos, vou ver se coloco tudo que eu comento aqui, assim fica mais fácil.

Agora só entro no orkut pra ver os meus videos, bem melhor e prático, acho que é a melhor utilidade do orkut pra mim agora.

Meu Top 10 essa semana:

1 Klaxons 587
2 Of Montreal 585
3 CSS 573
4 The Smashing Pumpkins 476
5 Radiohead 475
6 Sonic Youth 466
7 Pavement 442
8 My Bloody Valentine 438
9 The Arcade Fire 435
10 Cat Power 429

vlw

Vander said...

como nao sou do rio, nem vou concorrer,

valeu felipe pelos links, espero que ainda estejam até a noite qdo chegar em casa, só faltour o Kaiser chiefs, e esse andrew bird é bacana, e vamos ver se esse kings of leon decola ou vai pro saco de uma vez

uma dica da repescagem de 2006 é um tal de BEIRUT - Gulag Orkestar é o nome do disco - é uma viagem que parece trilha de almodovar, uma coisa meio russia/mexico, meio calexico, mas tenho curtido bastante

fabio fernandes said...

pois é, alguém da produção tbém fez um promoção no orkut, concorri e tal, mas não deu, então, tento novamente.
hell in rio é sensacional, já veio várias vezes e, sempre que puder, irei vê-lo. o circo virará um caldeirão ...

o hell tá que nem o fatboy, estão quase virando cidadãos honorários do rj, e tomara que continuem voltando sempre !

tom said...

ae, galera, o camarada que ta pilotando a promo me disse que a participação de vcs está timida. tem pouca gente na lista ainda. vamula, macacada. é só mandar o email e esperar a roda da sorte girar. pra quem me pediu convite por fora, nao rola. o circo é bem fechado nesse assunto, ate pq o local é pequeno e a produção é cara. imaginem o cache do hell

tom said...

off: voltei a ouvir o neon bible do arcade fire. e, apesar de adorar a banda de paixão, ele não ta me batendo tão forte ainda. o funeral era bem mais interessante. ficaria ali pela nota 8, pq eles sao muito legais assim mesmo. ja o segundo do ss ta caindo bem melhor agora, longe das comparações. é meio redundante no estilo piano de cabare, mas as letras sao dez

Rocha06 said...

Eu assisti no Youtube a apresentação dos SS nos Brits ontem e foi, de longe, a melhor de todas. Vale a pena.
Mas porra, que cerimônia sacal...consegue ser pior que as americanas. Os Arctic Monkeys fazem bem em boicotar aquilo

fabio fernandes said...

eu não curti tanto o neon bible, ao contrário do segundo do ss, na realidade, pouquíssimas pessoas gostaram deste cd. pode não ser tão explosivo qto o primeiro, mas não deixa ser ótimo tbém e não paro de ouví-lo.

tom said...

olhai, coveiros! acabei de recebr a lista dos contemplados com um ingresso pra ver o dj hell nessa sexta no circo, na maciota:

fabio fernandes
felipe passarelli
janaina albuquerque

nao tive nada a ver com a seleção, foi de acordo com as respostas que meu broder recebeu. vcs ja sabem o q tem de fazer. no fim das contas, rolaram tres convites! show...

*nao me lembro da janaina por aqi, vai ver ela nao tem conta google e nunca postou, mas le a gente...

pacheco said...

Tom, eu adorei o segundo dos scissor sisters, não vejo problema nele... piano de cabaré é ótimo! =)

O do arcade fire é legal, mas vou esperar o cd original para ouvir melhor... até agora, faixa 4 é a melhor.

Andrew Bird é ótimo, um dos poucos violinistas de música popular que são muito bons e sabem aproveitar bem o instrumento no estilo.

Você conhece Trash pour 4? É uma banda brasileira que faz covers de músicas famosas em arranjos bem diferentes... é muito boa!

Abraço!

Felipe Passarelli said...

oba!!!!! hehehehehe que maneiro!

Valeu aí Tom :)

Só perguntar na porta ou tem que buscar o ingresso em algum lugar Tom?

Nem precisou colocar meu post tá certo.

Essa semana tá demais de "Leaked", acho que já vazaram quase todos os albuns bons do ano!

Mais dois que acabaram de vazar, muito bons pra gente comemorar o resultado do sorteio!

Modest Mouse (que agora tem como guitarrista Johnny Marr do Smiths, tá muito bom o album!)

http://miniurl.ws/?r=b0o

Blonde Redhead

http://miniurl.ws/?r=b0p

Abraços!!

tom said...

tudo relativo a promoção do dj hell é tratado diretamente com a pessoa no email que esta no post. ele deve ter dito onde pega o convite ou se é nome a porta, não? nada contra piano de cabaré, pacheco, mas isos fez o disco do ss soar quase todo igual, enquanto que no primeiro as faixas eram bem diferentes entre si. mas to gostando mais agora q antes

Vander said...

esse kings of leon está com senha, então nem adianta baixar,

vou reouvir o ss e quem sabe bate melhor, vou até baixar de novo, pode ser que minha versao esteja hiper-produzida e o disco seja menos pasteurizado, eu gostei tipo nota 7, mas muito pouco frente ao primeiro - o disco até não foi substimado e apareceu em várias listas dos melhores do ano e pra minha surpresa o Dave grhol (?) escolheu com um dos seus melhores enquanto anna matronic escolheu dirty pretty things, argh
aliás eu descobri que meu gosto pessoal tá mais pra sean lennon e yoko ono, rs, bateu certinho com o deles

pode deixar rolando o arcade fire que uma hora bate, é disco cheio de detalhes, e é até mais coeso que o funeral - a única desvantagem é que funeral nao se parecia com nada, era inclassificável, e esse já parece com algumas coisas, nem que seja arcade fire, rs

estou curioso para ver as críticas, será que vão sentar o malho??? eu achei sacanagem com o clap your hands que é um disco bem bom e foi bem malhado,

tom, aguardo sua opiniao sobre o good, bad, queen ( dizer que não é tao bom quanto o demon days não vale, rs) até pq não é mesmo, mas é um disco bem bacana, fui

Calvin said...

Vander, a senha tá lá na comunidade indie discografias... o felipe postou lá com a senha, aqui ele esqueceu. Já baixei o kings of leon e fiquei muito impressionado com o pouco que ouvi. Parece que tá uma coisa mais soturna, tipo Interpol ou de repente foram só as faixas que ouvi.

Tô na pilha de pegar o novo do Dinosaur Jr. mas já tenho muita coisa pra ouvir.

Felipe Passarelli said...

Já me resolvi com o E-mail do ingresso, vai estar na porta.

A senha pro KOL é dickdarlington foi mal.

Eu também achei uma super-puta-sacanagem com o Clap Your Hands Say Yeah.

Achei um disco lindo, lo-fi, barulinhos diferentes, Steve Albani caprichou na produção, as pessoas não sabem apreciar boa musica, ou ame ou odeie, mas foi um dos "sophomore" mais bem sucedidos que eu conheço.

Como falaram, daqui há uns 15 anos esse album vai virar cult que nem o Wowee Zowee do Pavement, meteram o malho na época, hoje é quase nota 10.

To viciado nele, ouço quase todo dia, Klaxons deu uma baixada pq tava ouvindo muito.

Vocês falaram em My Chemical Romance, tipo viram a quantidade de coisas mais interessantes lançam a cada dia? Vou perder tempo e ir numa parada que não é minha praia? Já ouvi esse album e não gostei, é EMO que nem Bloc Party e The Kilers são.

Aff mais coisa vazou (duvido que conseguem ouvir tudo que nem eu hehehe)

Brett Anderson - Brett Anderson (2007) (Suede-singer)
http://miniurl.ws/?r=b1e

Adult. - Why Bother? (2007)
http://miniurl.ws/?r=b1g

Jonny Greenwood - Jonny Greenwood Is the Controller (2007) (Radiohead guitarist compiles his favorite reggae tracks)
http://miniurl.ws/?r=b1f

Pego isso tudo de foruns hype, a galera se ajuda, tem um site que neguinho até vende convite pra entra, o oink.me.uk, consegui convite com um cara dos EUA, putz lá tem TUDO, mesmo, e uma velocidde absurda.

Eles são cheio de merda, tem que ter upload parecido com dowload, não pode usar bitcomet, e não deixam nada que não seja original passar. Incrível, lá que vaza pro mundo qualquer coisa.

Falow!

pacheco said...

"Vocês falaram em My Chemical Romance, tipo viram a quantidade de coisas mais interessantes lançam a cada dia? Vou perder tempo e ir numa parada que não é minha praia? Já ouvi esse album e não gostei, é EMO que nem Bloc Party e The Kilers são"

Percebi como a palavra EMO já define que a música é ruim. Se seu pai tivesse te apresentado Simon and Garfunkel falando "ouve esse cd dessa dupla sertaneja, filho!", vc iria gostar? Afinal, simon and garfunkel é uma dupla sertaneja.

tom said...

jah tentei ouvir o my chemical romance, mas nao deu. o problema nao eh ser emo ou nao (eles ateh renegam o rotulo); o q pega eh que nao suporto esse tipo de vocal gritado/esganiçado dessas bandas americanas. sao todos iguais e irritantes. se os arctic monkeys cantassem assim, certamente eu nao ia conseguir ouvi-los ate o fim. mas, sim, emo eh muito chato...

Rocha06 said...

Eu tb não curto a maioria das bandas americanas de rock, mas achei o cd do MCR bem diferente. Tanto que eles também fazem sucesso entre a crítica inglesa, coisa rara de acontecer. Bom, eu tb gostei muito do American Idiot, do Green Day, que acho que foi a inspiração deles pra esse cd novo.
E desculpa vai mas Bloc Party e The Killers são emo aonde? Aliás, pra ser sincero, nem sei mais o que é emo. Rock com letras sensíveis? Praticamente todas as bandas fazem isso hoje em dia (com raras exceções como Wolfmother, por exemplo).
Mas eu sou suspeito pra falar, ando meio sem paciência pra rock muito "indie" ou coisa que o valha.

Felipe Passarelli said...

Emo são bandas com caras posers lindos e que berram fazendo hardcore ou algo muito lenga, lenga, musica pop catchy pra adolescentes.

Bloc Party e The Killers fizeram albuns voltados para esse público.

Good Charlotte, My Chemical Romance, 30 Minutes to Mars, Yellowcard, Fall Out Boys, Simple Plain, todos esses tem um público segmentado e gostam, eu já to fora desse grupo, mas cada um com seu c@ né?

O pessoal da Australia ta puto por eles serem headline de um festival importante de rock lá. Mas claro tem gente que gosta, mas não acho que seja o perfil da cova, sei lá!

É claro que ganharam notas boas, as gravadoras pagam as midias (depois comento sobre isso). E Inglaterra quem hoje em dia? Alguém tem mais credibilidade 100% na NME?

Ve se a Pitchfork faz criticas dessas bandas? Lá é o exemplo de musica que eu ouço.

Inglês gosta de bafão, fofoca. A utima foi o Robbie Willians que esta internado por abuso de medicamentos, red bull e café... heehhee (por isso ele tava trincado no show aqui no rio ele é maniaco-depressivo)

Isso é papo pra um tópico sobre, pq temos um pouco de emo também, mas o foco é bem diferente, como The Cure e The Smiths.

O set do DJ Hell foi bem morno, ele falou que era anti pop e anti minimal se contradizeu. Tocou Sexback, e muito minimal, faltou peso, mas foi um bom set, nota 8,0, curti a noite!

Hoje devo ir no Deep Dish, mas me falaram que foi uma merda ano passado. É carnaval, fuck off!

tom said...

nao sou fresquinho e vou a tudo qnto eh lugar, mas inferno mesmo foi a travessia entre o passeio e o circo. no caminho, rios e rios de urina e um cheiro insuportavel de excrementos e mijo (sera q gringo acha isso cool?), muito vagabundo, mulambada literalmente acampada no meio da praça dos arcos (so faltou tropeçar em cadaver), muito lixo, ai vc atravessa aquilo tudo e chega no circo, vazio, a 1am!!! so decolou la pelas 3am e nao precisava ter tanta coisa abrindo pro hell. bastava um dj abrindo, digitaria, hell e fim. assim muita gente ate saiu fora antes das 4am, hora q hell começou o set. circo nao eh point eletronico e botar dois shows no meio enfraqueceu...

pacheco said...

Pra ser sincero, Tom, esse "tipo de vocal gritado/esganiçado" é o defeito supremo do my chemical romance, também acho bem ruim, mas o resto eu achei excelente... Simple plan, por exemplo, NUNCA conseguiria fazer um Black Parade. Até os solos de guitarra são bons.

Eu não falei que vcs não gostam só porque é emo, mas a justificativa que o felipe deu pra não ter gostado foi porque é Emo. Isso parece descartar automaticamente como lixo todas as bandas Emo.

Weezer é emo? A primeira vez que eu ouvi falar em emo foi lendo sobre o weezer... Weezer é muito bom e não tem nada ver com as bandas acima, mas o nome "emo" se aplica.
Los hermanos é emo também... o primeiro cd deles é berrado, letras romanticas, e hardcore. E é excelente.

"Emo são bandas com caras posers lindos e que berram fazendo hardcore ou algo muito lenga, lenga, musica pop catchy pra adolescentes"

Como ele falou "hardcore ou etc", vou retirar o hardcore.

Emo - sm. São bandas com caras posers lindos e que berram fazendo algo muito lenga, lenga, música pop catchy pra adolescentes.

Beatles, anyone?

Acho que devemos criar uma palavra nova para simple plan e afins...

Rocha06 said...

Nem fui no Hell ontem...bom, pelo visto não foi lá essas coisas, mas os sets dele sempre são bons. Tb vou do DD hoje, só vou sumir na hora da bateria da Mangueira
Não sei se a cova tem um "perfil"...acho muito chato todo mundo gostando da mesma coisa.
Citei a crítica inglesa porque ela é, em geral, a primeira a detonar bandinhas americanas. Ninguém nem conhece Simple Plan lá direito e eles raramente dão capa pra essas bandas. Mas o MCR caiu nas graças deles por causa da influência do Queen nesse cd. Já o Pitchfork, que eu leio às vezes, me cansa com o excesso de bandinhas obscuras que daqui a 6 meses ninguém sabe mais onde está. E sem esquecer que eles consideraram "My Love" do Justin como single do ano de 2006.

Calvin said...

Lembrando que emo originariamente designava as bandas que faziam um hardcore mais "trabalhado" especialmente as de washington, tipo Rites of Spring e Fugazi. Depois nos anos 90 servia pra chamar essas bandas meio nerd, como o weezer, Get Up Kids, Jimmy Eat World. Mais recentemente é que serve pra chamar essas bandas (literalmente) maquiadas da atualidade, e tem uma que eu acho interessante, a Panic! At The Disco. Eu não sei o que Fugazi, Weezer e Panic! tem a ver uma com a outra, mas eu gosto delas.

Gustavo said...

Acho um saco tudo que é evento de música eletronica ter um monte de djs. Não entendo porque tem que ser sempre uma maratona como um monte de djs antes da atração principal. Acaba que quando chega a atração principal voce já está morto.

tom said...

até a chegada ao mainstream do termo 'emo', essas bandas em geral, e até o green day, caiam no saco do punk pop. emo era mais destinado a coisas como dashboard confessionals e quetais. de repente passou a denominar toda banda cujos membros pintam os olhos e falam de amores sofridos (placebo?). realmente, é preciso criar umanova categoria aqui. bom, vou dar uma ouvida, nem q seja uma só, no album do mcr (gosto ate do nome), mas aturar aqueles vocais sera um certo sacrificio (rs)

iga_rio said...

No inicio dos anos 90 com aquela exprosão do punk californiano, alguns fanzines chamavam as bandas de hardcore melodico, pop punk e outras de emocore... hj emo é uma parada totalmente diferente !!! pra mim emo são essas bandinhas tipo simple plan, good charlote, fall out boy e etc... agora não dá para dizer que uma banda é emo por cantar e falar sobre coisas romanticas... porra quantas bandas desde a década de 60/70 não falam só sobre isso !!!! Não tinha a menor vontade de ouvir esse novo do My Chemical, porem acabei ouvindo e gostei... mas concordo com o Tom sobre o vocal gritado !!!

Abraços Pessoal,

pacheco said...

caramba... se fugazi era emo, realmente a palavra mudou de sentido completamente!

E sim, o mcr pegou muita coisa do queen, do pink floyd e do david bowie. A primeira música do cd parece uma mistura de "five years" com "In the flesh?", com, é claro, vocais gritados/esganiçados! ;)

Abraço!

tom said...

acho legal a gente aqui ouvir de tudo e comentar, nao importa o q seja, senao vira gueto. no me gusta. mas, uma das pedras fundamentais do emocore foi aquele disco do husker-du que trazia "dont wanna know if youre lonely", marco do hardcore melodico/emocional, lindo, sem essas vozes horriveis e guitarras mal tocadas das bandas emo...

tom said...

por guitarras mal tocadas quero dizer sem variações, so a mesma base. o q mais me irrita nas bandas emo, fora os vocais, é a falta de personalidade. parece q vao no estudio, abrem o pro tools, apertam "emo" e sai aquele som todo igual a tudo, sem a menor personalidade. igual rola aqui com essa leva atrasada de copias do rhcp, tipo cbj, cpm e quetais...

Felipe Passarelli said...

Antigamente, Emocore era uma coisa cult e restrita, me lembro quando o NOFX tocou aqui na Fundição, esgotado, isso em 96/97 acho (10 anos atrás).

As origens do Emocore em si, não descarto, todas tem uma história punk e garagem por trás, mas infelizmente, algumas pioneiras se juntaram a mais novas e tornaram o "Next Big Thing" da Billboard depois da decadência das boybands (precebe-se que todos que gostam de Fresno, My Chemical Romance, Panic At The Disco!, ForFun, tb gostam de Backstreet Boys).

Na minha opnião, a industria estava saturada dessas bandas e somente mudou a maquiagem, chega de garotos bonzinhos e musicas lentas e vamos transforma-los em mais radicais, style, e mais pesado, eles não podem perder publico.

Essa galera, não pegou a fase eletônica, nem grunge dos 90's, não sabe o que é xtc, rave, e já cairam direto nesse estilo, acho que podemos diferenciar "emo" de "emocore" e pode se enquadrar até RBD tb nesse circuito (Pop pra maioria).

Enquanto a Pitchfork, eles indicam relamente o que eu gosto, e com a facilidade de pegar, por que não ter espaço pras bandas que realmente fazem o diferencial, do hip-hop ao experimental?

Nem fui no Deep Dish, fiquei morgado, devia ter ficado quieto na sexta.

Contem como foi depois :)

Felipe Passarelli said...

Me esqueci de perguntar, qual vai ser a boa de hoje e amanhã Tom e cova?

Quero sair de qualquer maneira!

Mais um vazamento, pra galera que gosta de post-rock, viagens em geral, o novo da excelente banda Pelican:

http://miniurl.ws/?r=b2d

Achei aquele Digitaria muito ruim, nossa como CSS está a frente de tanta coisa medíocre no Brasil!

tom said...

poize, no fundo essas bandas de emo punk pop nao passam de boy bands disfarçadas. entao, com tanta coisa pra ouvir por ai, que nem consigo dar conta, perder tempo com alguma delas me custa caro. mas tentarei ouvir o mcr. o fugazi é tido como a pioneira no estilo emocore. mas pra mim o husker-du foi a melhor de todas. e o vocalista nao esganiçava...

pacheco said...

Tom, Los Bife é Emo? ;)

Calvin said...

Tom, entre husker du e fugazi eu fico meio balançado... Se juntar o Minor Threat e o Embrace então, aí acho que o Ian Mackaye leva o caneco do meu gosto pessoal, mas aí lembro de New Day Rising, aí o Husker Du passa a frente e por aí vai...

Felipe, que tanto xtc é esse que vc fala? É ecstasy? Pra mim, XTC era aquela banda de pós-punk, bem legalzinha por sinal. E NoFX nunca foi emo, independente do que se entenda por emo.

Rocha06 said...

Deep Fuckin' Dish...foi um dos sets mais pobres que eu ouvi recentemente...o do Fatboy deve ter sido muito melhor pelo o que eu li. Parece que os caras tavam ligados no automático, tocando um house bem genérico. A festa em si tava legal, organizada, não tava lotada...mas o som não fez valer os 70 contos. E muita gente que tava lá concordou comigo.
É, os vocais do Gerard do MCR...realmente, é meio dramático...mas acho que combina com eles. A minha favorita desse cd é Famous Last Words, que é o single atual. Totalmente dramática e histérica, mas me apaixonei. Teenagers tb é muito boa e ainda tem a Liza Minelli fazendo uma ponta em Mama.
Detalhe que o moleque parece que tem 20 anos mas na verdade tem 29.

tom said...

CLARO QUE LOS BIFE NÃO É EMO. UMA BANDA QUE TEM UMA MUSICA QUE DIZ QUE SEREIAS SÃO MÁS JAMAIS SERÁ EMO (RS). EU NAO SEI DE NADA DO FERIADAO PQ VO TRABALHAR NORMAL. SO SAI SEXTA. VI PERFUME E ACHEI UM FILME TRASH FEITO COM GRANA. TURISTAS, Q É RUIM, É MAIS FUNNY. QNDO VI AS BANDAS DE SEXTA NO CIRCO TBM PENsEI NO CSS, QUE É MIL VZS MELHOR QUE AQUILO TUDO ALI.

tom said...

CLARO QUE LOS BIFE NÃO É EMO. UMA BANDA QUE TEM UMA MUSICA QUE DIZ QUE SEREIAS SÃO MÁS JAMAIS SERÁ EMO (RS). EU NAO SEI DE NADA DO FERIADAO PQ VO TRABALHAR NORMAL. SO SAI SEXTA. VI PERFUME E ACHEI UM FILME TRASH FEITO COM GRANA. TURISTAS, Q É RUIM, É MAIS FUNNY. QNDO VI AS BANDAS DE SEXTA NO CIRCO TBM PENsEI NO CSS, QUE É MIL VZS MELHOR QUE AQUILO TUDO...

Felipe Passarelli said...

Sim, Calvin é isso fica entre a gente tá? :X

A banda XTC tb é ótima, post-punk dos bons, ano passado ouvi muito. Os albuns Black Sea, English Settlement e Apple Venus, Pt. 1 são demais.

O NOFX sempre foi emocore mais não se enquadrava no estilo de hardcore de hoje, e a galera gosta tb deles hoje em dia, pode não ser no estilo, mas as letras são hardcore melódico sim.

Falo isso pq conheço bastante esse pessoal que gosta, já falei aqui, o Danilo do ForFun mora no meu prédio, uma pessoa ótima, mas é daqueles plays tijucanos, junto com o André do Darvin que tb mora aqui.

A fórmula que falei acima se aplica neles, bonitos, jovens, letras de adolecentes carentes e dor de corno, levar fora de mulher e como te-la de volta.

Começou tudo com o Blink 182 acho, o Danilo é identico ao vocalista, daí foram aparecendo essas bandas do nada na billboard e se formou um mercado e um rótulo. Justamente a banda que sacaneou os BB derem tipo uma continuidade em um segmento.

E não adianta ter artistas bons com pessoas que não entendem, citar nomes é fácil, fazer acontecer é dificil, conheço quem produz essas festas eletronicas hoje, a Livia, leiga, Leiga. Ela recebe os nomes e paga os cachês, o resto e com essa galera do trance.

O album do Modest Mouse ta muito bom, to viciado :)

PEDRO BAMBAATAA said...

só agora escrevo sobre o show do deep dish... fui curtir o carnaval em ipanema... acho legal
essa coisa de se fantasiar e
satirizar o nosso cotidiano de alguma forma...

sobre o show, a organização foi bem legal, muita mulher bonita tudo bonitinho...

a DJ que tocou antes achei legal...
não me lembro o nome dela...

veio a bateria da mangueira e o papai aqui foi pegar umas cervas...

1:40 começa o show... dubfire abre com "say hello" a galera vibrou...
mas daí adiante concordo com o coveiro rocha...
som muito igual, muito minimal... não gostei...

1h depois entrou sharam e a coisa não mudou... só animou quando mandou "flashdance" depois morreu...

já estava cansado e de saco cheio indo embora e até que enfim os caras mandaram um remix de "every little counts" do Depeche bem legal...

no mais fico com o show do ano passado circo, foi mais vazio e rolou até madona...

o que valeu mesmo foram as gostosas... só tinha "cachorra fashion"... deu para babar...

abraços a todos!!

NA CIDADE

OCTOBERFESTIVAS:

Abertura da exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”, no dia 1º de novembro. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

UCI INAUGURA A PRIMEIRA SALA DE CINEMA XPLUS LASER DO BRASIL, NO RIO DE JANEIRO: No ano em que comemora duas décadas no Brasil, a rede UCI reforça sua missão de oferecer ao público a melhor experiência em cinema e o que há de mais moderno no mundo, no mercado audiovisual. No Rio, inova mais uma vez com a primeira sala XPLUS Laser do país. A novidade será no maior complexo de cinemas brasileiro, o UCI New York City Center, que este ano também recebeu a primeira 4DX da cidade, com cadeiras que se movimentam e efeitos especiais. A aquisição do novo projetor a laser torna ainda mais imersiva a tecnologia da XPLUS, que tem projeção 3D de última geração, tela gigante com definição 4K e som Dolby Atmos™, com mais de 54 caixas acústicas e 128 streams de áudio que criam a ilusão de um campo infinito ao redor de cada espectador.

PROGRAMAÇÃO DO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):      Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Megadeth se apresenta no Rio e em São Paulo   A BANDA Megadeth toca em São Paulo e no Rio de Janeiro no final de outubro e começo de novembro. Liderada pelo seu fundador Dave Mustaine, e contando com o brasileiro Kiko Loureiro (ex-Angra), também na guitarra, o grupo norte-americano se apresenta dia 31 de outubro no Espaço das Américas/SP, e dia 01 de novembro, véspera de feriado, no Vivo Rio. A BANDA VIMIC, FAZ A ABERTURA  

AGENDA CUTURAL BARATOS DA RIBEIRO: Quinta-feira, 26 de outubro, a partir das 19h: LEVADAS DA BECA, com as DJs Ana Paula Moniz (Beca Brechó), Bia Andrade & Ana Galli + uma convidada surpresa! Sábado, 11 de novembro, a partir das 17h: VESPEIRO com a banda Os Alquimistas (MS) e Mauk + Pedro White & banda fazendo tributo duplo: ao Bruce Springsteen e ao Tom Petty! RUA PAULINO FERNANDES 15, BOTAFOGO/RJ grátis

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

Sábado, 28/10 circo voador: Hermeto Pascoal e Big Band - Lançamento do álbum 'Natureza Universal' mais: DJ Marcello MBGroove

Angela Ro Ro leva o show "Amor & Humor" para a Zona Norte A cantora - que pela primeira vez pisa no palco do Centro Cultural João Nogueira -  faz  apresentação única no Méier, dia 29 de outubro, às 19h, no Imperator

estreia: 5º FEIRA/ 19 OUT - ABERTURA DA MOSTRA JÓIAS DO CINEMA DINAMARQUÊS: CINE JOIA DO RIO DE JANEIRO (copacabana) EXIBE SEIS LONGAS INÉDITOS DO PAÍS NÓRDICO; E O PRIMEIRO DOC LONGA-METRAGEM FILMADO NA GROENLÂNDIA.



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers