Pages

Friday, April 21, 2006

mais uma lista

a revista inglesa 'Q' publicou uma lista com os 50 piores discos de todos os tempos. confira, discorde e/ou adicione o seu. note que eles brincaram com os nomes de alguns artistas. atencao: o disco 'sgt. peper's' listado é do horrendo filme homônimo com os bee gees e peter frampton!

1. Duran Duran – Thank You
2. Spice Girls – Todos os álbuns!
3. Various – Urban Renewal: The Songs Of Phil Collins
4. Lou Reed – Metal Machine Music
5. Billy Idol – Cyberpunk
6. Naomi Campbell – Babywoman
7. Kevin Rowland – My Beauty
8. Mick Jagger – Primitive Cool
9. Westlife – Allow Us To Be Frank
10. Tim Machine – Tin Machine Ii
11. Limp Bizkit – Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water
12. Tom Jones – Mr Jones
13. Bruce Willis – The Return Of Bruno
14. Terence Trent Diabolical – Neither Fish Nor Flesh
15. Various – Sgt. Pepper’s Lonely Heart Club Band – OST
16. Spice Girls – Forever
17. Bob Dylan & The Grateful Dead – Dylan And The Dead
18. Crazy Frog – Crazy Hits
19. Goldie – Saturnz Return
20. Mariah Cary – Glitter OST
21. The Clash – Cut The Crap
22. Robson & Jerome – Robson & Jerome
23. Alanis Morissette – Supposed Former Infatuation Junkie
24. Lauryn Hill – MTV Unpugged 2.0
25. The Cranberries – To The Faithful Departed
26. Vanilla Ice – Hard To Swallow
27. Destiny’s Child – Destiny Fulfilled
28. The Rolling Stones – Dirty Work
29. Various – Christmas In The Stars: Star Wars Christmas Album
30. Michael Jackson – Invincible
31. Stevie Wonder – Woman In Red
32. Ace Of Bass – The Sign
33. Billy Ray Cyrus – Some Gave All
34. Fishspooner - #1
35. Puff Daddy – Forever
36. Kula Shaker – Peanuts, Pigs & Astronauts
37. Shania Twain – Come On Over
38. Chris Rea – The Road To Hell Pt2
39. Big Country – Undercover
40. The Others – The Others
41. Paul Simon – Songs From The Capeman OST
42. Babylon Zoo – The Boy With The X-Ray Eyes
43. The Travelling Wilburys – Vol 3
44. Kiss – Music From The Elder
45. William Shatner – The Transformed Man
46. Oasis – Standing On The Shoulders Of Giants
47. Ozzy Osbourne – Under Cover
48. Milli Vanilli – All Or Nothing
49. Neil Young And The Shocking Pinks – Everybody’s Rocking
50. Beck – Midnight Vultures

23 comments:

bruno lima said...

fala tom

eu comprei essa revista e achei injusto eles não terem colcado alguns cds da britney spirros, dos backstreet boys, do nync, da aguilera,.....e tem albuns q ficaram de fora como o one hot minute dos rhcp, binaural do pearl jam, etc.....

abraços

pacheco said...

Caramba... standing on the shoulder of giants pode ser um dos melhores do oasis! É muito bom!

O cd do sgt peppers é bem divertido, mas faz tempo que eu não ouço... agora, o filme, deve ser uma droga...


Mas o que eu achei muito errado na lista foi o supposed former infatuation junkie... esse é com certeza, para mim, o melhor CD dela. Adoro esse CD.

Um abraço, tom!
(vi o crazy frog... vc havia me falado dele, né? ;)

fabio fernandes said...

dois desta lista eu discordo, o do goldie e do fischerspooner ... mas adoro listas tal e qual nick hornby !

Onaicram said...

Como toda lista, divertida. Até porque, realmente o disco do Beck é chato pra dédéu ... rs

tom said...

mas o que da pra perceber foi que eles escolheram discos ditos ruins de bandas/nomes mais cotados, pq seria muito facil fazer uma lista so com o pop baba. dessa lista eu ja tive uns dez, doze, mas passei adiante tao logo os ouvi. nao acho o do fischersponer tao ruim, mas acho o segundo deles bem melhor. esse do beck vou dar uma reouvida. sao os unicos dois da lista que tenho em casa. mas a lista dava pra chegar a cem nomes, numa boa

Wallace Barros said...

Tbm esqueceram de colocar o 1º álbum do inxs "inxs".

Tom, o que achou do novo álbum do Placebo "Meds"? Ahh Tom, conhece o duo feminino australiano "The Veronicas"? Estilo pop rock. Achei legal

iga_rio said...

Fala Tom,

Realmente falta muita coisa nessa lista... bem que poderiamos fazer uma lista nacional.

Bruno não concordo em incluir o One Hot Minute do RHCP numa lista dessas... acho um puta album e o Dave Navarro conseguiu deixar sua marca e tem uma das música que mais me amarro deles " coffe shop"... Mais é aquilo gosto é uma parada pessoal e respeito a sua opinião.

Abraços,

Lord Vader said...

Listas são briga eterna , ainda mais de piores. Mas acho que só merece entrar artistas que já fizeram pelo menos uma coisa boa ou dos quais se espera algo , o que anularia Bruce willis , spice girls e Naomi (nada a ver).
A propósito , gosto do Fischerspooner #1 , não mereceu vaga na lista.
Off topic : O Wallace falou em The Veronicas , achei legalzinho , o som é bem punk pop de linha , mas as minas tem charme natural.
Matou a pau o disco novo do Sonic , bem direto , magro , ensolarado , pé no chão , lindas melodias , com folego de banda estreante. Altamente recomendavel pros coveiros.

tom said...

passei na letras hj e tava la a nova edicao da mojo, que traz um cd so com covers do elvis. bacana. e tbm um poll com os 100 melhores ou mais influentes discos que sairam desde a fundacao da revista, tipo nos ultimos 20 anos essa eu nao comprei pq revista inglesa ta na casa dos 50 contos, mas acho q semana q vem, qndo sair o payment, acho q vou comprar

tom said...

off: sabe corrida de cavalo? bom, o pareo corria sem surpressa para o franco favorito macacos do ártico, ate que, apos contornarem a curva de chegada e entrarem na reta final, apareceu um cavalo que saiu atropelando geral: contador de historias. isso tudo so pra dizer que a cada minuto acho o disco dos raconteurs muuuito foda e a cada minuto ele passa o dos arctic monkeys como o meu melhor do ano. fotochart?

Vander said...

kill uncle do morrissey é ruim de doer, esses ultimos do richard ashcroft, sea chance do beck, esse midnight até q tem umas legais, como mixed business, mas tem tanta coisa ruim...

gostei do raconteurs mas nao achei uma brastemp,na minha lista fica depois do moz, flaming lips e show your bones,

finalmente esse ano deu uma parada nos bons discos, já nao estava aguentando mais, assim sobra tempo para rever o passado,

aquela band of horses q o felipe comentou por aq é bem legal, meio o Z do Morning jack e Love is all eu recomendo pra todo mundo, já sobreviveu ao primeiro impacto dos meses iniciais de banda desconhecida,

agora é esperar o walkmen e o scissor sisters q deve tá saindo logo, logo

PEDRO BAMBAATAA said...

tom leão só agora me cadastrei no seu blog, porém acompanho seu
trabalho pelo riofanzine desde 84. resolvi comentar o que falou sobre
essa banda do raconteurs...

legalzinha e tal, mas muito parecida com led....
o cara imita descaradamente o plant...
o cd é legal mas nada de criativo...
realmente como falou lembra em alguns momentos
deep purple também..
se bem que a matriz é bem melhor...

acho que vc ouviu muito pouco led zepellin e deep purble, pois
como vc mesmo já falou varrias vezes curtia muito mais punk
no final dos anos 70 incio dos 80 ... ao contrário de mim que só
tive contato com esse som atraves do maval no rocka 26...

desculpe mas só queria expressar meu comentário, pois realmente
acho que esse raconteurs faz o que o lenny kravitz fez em seus primeiros
albuns....

fabio fernandes said...

off topic -
a nova da sinaf:

meus pesâme$ !!!

bruno lima said...

eu tenho essa mojo e posso dizer q o cd de versões do elvis tá muito oda.

naum sei tom mas acho q no final vai entrar no malhadinho no meio e ser a maior zebra do páreo desse ano. he he he he he

abs

tom said...

valeu pela opiniao, bambaataa, mas em 1984 ainda nao existia o rio fanzine, eu ainda nem tinha acabado os meus estudos! o q vc andava lendo? :-))) sobre o lance do kravitz, bom, eu tbma cho q ele fazia releitura de som dos anos 70, mas de uma forma muito poser, me incomoda um pouco o jeito dele. nao que jack white tbm nao seja poser, mas eu acho q white é mais um aluno aplicado (e dos bons) de page e plant do que uma copia simplesmente...

Rodney Brocanelli said...

Tenho uma dúvida: essa lista saiu de uma votação dos leitores da revista ou do staff da mesma?

PEDRO BAMBAATAA said...

OK... DESCULPE TOM, ACHO QUE FOI EM 1985 QUE COMECEI A LER O RIO FANZINE... TODA FEZ QUE TINHA MATERIA COM UM DISCO EU RECORTAVA E GUARDAVA, E DEPOIS QUE A MESADA DAVA PARA COMPRAR EU RELIA O QUE TINHA SIDO ESCRITO E DAVA MINHA OPINIÃO...
ATÉ POUCO TEMPO MINHA GAVETA JÁ NÃO DAVA MAIS DE TANTO PAPEL...
TIVE DE JOGAR BOA PARTE FORA...

PORÉM GUARDEI UM QUE VC ESCRECEU EM FEVEREIRO DE 1989 MUITO BOM SOBRE A ACID HOUSE...

IA JOGAR FORA SE TIVESSE NO LIVRO DO RIO FANZINE... MAS NÃO VEIO...
TU DAVA TODA DESCRIÇÃO DE COMO
FOI FORJADA A HOUSE...

UM GRANDE ABRAÇO...

tom said...

bambaataa, o rio fanzine, com esse nome, so surgiu em 1988. antes era a coluna da ana maria bahiana, ja com quase todas as caracteristicas. a partir de 1986, 87, foi que passei a colaborar, como frila, da pagina, o que deu origem a ideia do conceito 'fanzine'. as materias q entraram no livro foram as q a gente achou ou lembrou. realmente nao achamos essa da acid house, foi historica (po, no globo!). eu tinha ido a londres no verao de 88 e vi a parada nascendo, as raves de verdade (tudo na encolha e divulgado no rave, boca a boca)

PEDRO BAMBAATAA said...

aciiiid 2

aí tom tenho guardado se quiser posso escanear e te enviar...

a sobre o lista do piores, não tenho nenhum disco dela, mas no
tempo no colégio era sacaneado
pois dizia que o melhor disco do
sabath para mim era o "heaven and
hell" (primeiro com o dio), pois
o som do disco era grandioso, e
tecnicamente acho o dio insuperável
como vocal no estilo heavy metal...

um abraço...

PEDRO BAMBAATAA said...

HA SOBRE O RIO FANZINE, ERA ISSO MESMO QUE VC FALOU FUI CONSULTAR
MINHAS VELHARIAS AGORA E REPAREI
QUE NÃO VINHA "RIO FANZINE" E SIM
ERA ASSINADA PELA MINHA ÍDOLA
"ANA MARIA BAHIANA"...ALIAS ELA SUMIU...APARECIA SEMPRE NO TELECINE E ACHO QUE ESCREVIA PARA UMA REVISTA AMERICANA DE MÚSICA SE NÃO ME ENGANO DE NOME "BEAT"...
NO MAIS UM ABRAÇO...

Vander said...

Pô Banbaataa, deixa de ser preguiçoso e escreva mais por aqui, pq achei exatamente o mesmo q vc sobre o Ranconteurs. Tipo: gostei, mas o que tem de novo pra esse alarme todo??? Depois do Arcade Fire, o padrão de incêndio mudou, rs, mas o Jack White é das maiores figuras, já são 4 discos muito bons, um atrás do outro, daí a vender eles como a super banda, sei lá, pra mim, ainda não rolou, como o macacos,

tom said...

bambaataa, aceito a pagina escaneada, sim, pq nem eu tenho isso. a ana ta no rio no momento, acabando de escrever um livro sobre os anos 70 (que, pelo visto, vc cultua) e tbm terminando com o marido dela, o ze emilio um filme tbm dos 70s, '1972'. acho q ela ainda escreve pra umas revistas gringas. e voltando a musica, o disco do gnarls barkley tbm ta me ganhando a cada vez que ouço, é bem soul-funk-psyche, achei melhor q o novo do prince...

Futre said...

O foda dessa lista é que eles misturaram muitos artistas nada a ver...podiam ter ficado só nos artistas que já fizeram algo de bom pela menos uma vez (como alguém citou já nestes comentários).
Desses, só o do Beck eu tenho e é o que eu menos ouço.

Tom, você falou os Artistic Monkeys...e Clap Your Hands? Não entra nessa corrida não?

NA CIDADE

JULIANAS:

casas & shows: Circo Voador 18 – Metá Metá / Rakta 19 – Roberta Sá  20 – Testament (EUA) 25 – Johnny Hooker 26 – O Baú do Raul – 25 Anos: Marcelo Nova / Mauricio Baia / B.Negão / Chico Chico / Karina Buhr / Rick Ferreira / Vivi Seixas

Fundição Progresso 18 e 19 – Novos Baianos 25 - Mitchell Brunnings (HOL) / Orquestra Brasileira de Música Jamaicana 26 – Festival RapRJ 7: Cone Crew Diretoria / Luccas Carlos / Froid / 1Kilo / ADL – Participação: Ducon / Modestiaparte – Participação: Liink & Buddy Poke

Teatro Rival 18 – Festa La Cumbia 19 - Afrojazz - Participação: Larissa Luz & Jesuton 23 - Michael Sweet (Stryper) & John Schlitt (Petra) 24 - Júlia Bosco & Emerson Leal & Gustavo Macacko – Participação: Mart´nália & Simone Mazzer 25 – Alma Thomas 26 – Jay Vaquer 50 meia Setor A, 40 meia Setor B, 30 meia Lounge 30 – Cabaré Diferentão

Teatro Riachuelo 29 – Paulo Ricardo Teatro Odisseia 18 – Ordinária - Baile do Lindote: Molejo 24 - The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die / gorduratrans / E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante  26 - Esteban Tavares / Sheffield 

Vivo Rio 18 - Postmodern Jukebox (EUA)  19 – Barão Vermelho 20 – Roy Hargrove & Roberta Gambarini 25 - Jacob Collier (ING) 

Baratos da Ribeiro (Botafogo) 19 – Vespeiro: Marcelo Perdido / Real Sociedade / O Branco e o Índio 26 - Vespeiro: Tacy de Campos / Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Estúdio Hanói (Botafogo) 18 - Nativity in Black Fest: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  19 - Festival Nativity in Black: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  27 - Back To Hanoi Metal Fest: Forkill / Unmasked Brains / Evil Inside / Savant  30 - Rectal Smegma (HOL) / Uzômi / Baga  Audio Rebel 16 – Quintavant: Thiago França: Sambanzo 17 – Quintavant: Thiago França: Space Charanga Quarteto 18 - Jair Naves & Britt Harris / Kasparhauser 19 – Quintavant: Ava Rocha 20 - Homenagem a John Coltrane (Widor Santiago, Sergio Barrozo, Adaury Mothé, Didac Thiago, Roberto Rutigliano) 23 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Bella, Thomas Rohrer, Cadu Tenório, Antonio Panda Gianfratti 24 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Thomas Rohrer, Antonio Panda Gianfratti 30 – Quintavant: AJJA (Pedro Calmon & Alex Frias)

Espaço Sérgio Porto 18 - Marcio Lugó / Capela  24 - Mulheres de Buço 25 - Whipallas 31 - CEP 20.000

Sala Baden Powell 16 - Donatinho: Homenagem a João Donato - Participação: Ithamara Koorax, Wanda Sá, Cris Delanno, Amanda Bravo, Ricardo Silveira 19 - Quarteto do Rio 23 - Lúcia Menezes 26 - Marcel Powell - Homenagem a Baden Powell - Participação: Thais Motta, Ithamara Koorax, Gabriel Aquino, Amanda Bravo, Dilma Oliveira 27 - Dorina Canta Aldir Blanc 30 - Eliana Pittman

Theatro Net Rio 16 – Laila Garin & A Roda 22 – Paulo Miklos 12/09 Simone Mazzer

Beco das Garrafas Casa de Cultura Laura Alvim 09 e 10 – Festival Levada: Luísa Maita 15 – Katerina Polemi 16 e 17 – Festival Levada: Apanhador Só 23 e 24 – Festival Levada: Bruna Mendez 30 e 31 – Festival Levada: Tamy

Teatro Ipanema 15 - A.Nota: Sambas do Absurdo (Juçara Marçal & Rodrigo Campos & Gui Amabis) 16 - Aíla (PA) – Participação: Posada 17 - Ana Frango Elétrico / Thiago Nassif 18 - Amora Pêra 22 - A.Nota: Marcelo Vig & Marcos Suzano

Teatro Café Pequeno 17 - Lu Dantas & Natália Boere 24 - Marcos Oliveira 31 - Filtra

Metropolitan 24 – Hanson (EUA) 26 - Lindsey Stirling (EUA) Teatro Bradesco 18 – Leo Jaime 24 – Almir Sater

Teatro Municipal de Niterói 18 e 19 – Roberta Campos 22 – Clube do Choro Homenageia Noel Rosa 24 – Quarteto do Rio

Planet Music (Cascadura) 18 - Torture Squad / Hatefulmurder / Reckoning Hour / Warcursed  19 - Black Days (SP) / Sheffield / Amsterdan / LaVille  26 - Festival Invasão Underground 2: Inversa (SP) / Maieuttica / Adrift / Tormentta / The Last Whale 

Imperator 16 - Quartas Brasileiras: Tia Surica - Tributo a Clara Nunes - Participação: Nilze Carvalho, Ana Quintas, Mariene de Castro 22 – Jazz Pras Sete: Folakemi Duo 23 – Maurício Mattar – Participação: Alexandre Pires 24 - Homenagem a Dalva de Oliveira: Amelinha, Zezé Motta, Dóris Monteiro, Leny Andrade, Rita Beneditto, Áurea Martins, Agnaldo Timóteo, Simone Mazzer, Zé Renato, Eliana Pittman, Rosa Maria Colyn, Luciene Franco, Ellen de Lima, Ataulfo Alves Jr, Gottsha 30 – Agnaldo Timóteo 31 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindinho

Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca) 16 – Coletivo Samba na Rua 17 – Quinta Instrumental: Jimmy Santa Cruz 18 – Victor Mus 19 – Danilo Caymmi 23 – Fábrica Nômade Sonora 24 – Quinta Instrumental: Carlos Café 25 – Laura Zennet 26 – Quarteto do Rio 30 – Projeto Vitrola

FM Hall 23 – Manu Gavassi (grátis) 29 – Illy (grátis)

La Esquina (Lapa) 17 - Red Mess / Blind Horse / Stoned Jesus 24 – Mobile Drink

Smokey Rio (Lapa) 19 – Festa Rio Vinil Clube 26 – Bel Almeida Ganjah (Lapa) 18 – Duda Brack & Thiago Ramil 23 – Festa HempFyah: Rafyah Dread & Hempfield DubLab / Lion Dornellas / André Pfefer / Tagu Selectah Vibration 25 - Azul Casu & 3 du Mar

Casa de Baco (Lapa) 17 – Gafieira Pé de Louro 19 – Relógio de Dalí 24 – Joyce Cândido

CCBB 18 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pato Fu / Céu – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 20) 19 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pedro Luís & A Parede / Tom Zé – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 10)

Quintas no BNDES 17 - Byafra: 35 Anos de Sucesso 24 - Luiza Borges 31 - Tarita de Souza

Circuito SESC 16 – Copacabana: Philippe Baden Powell & Quarteto Ludere: Baden Powell 80 Anos 18 – Niterói: Clara Gurjão 26 – Engenho de Dentro: Clara Gurjão Circuito SESI 26 – Duque de Caxias: Tiê 25 – Jacarepaguá: Tiê _____________________________________________________________

mixx: 18 - Carmen Blues – Bar Kunin / Vila Isabel 18 – Sara & Nina – Olho da Rua / Vila Isabel 18 - Ronaldo Diamante – TribOz / Glória 18 - Wake the Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Clube Mageense / Magé 18 – RaggaBrass – Boulevard Olímpico / Praça Mauá 18 - O Rappa - Tour de Despedida – Quadra da Grande Rio / Duque de Caxias 19 - Insurgente Rock Festival: Maieuttica / Ágona / Born2Bleed / Melyra / Forkill / Negah – Caixa de Surpresa / Bangu 19 - Breaking Bad - A Festa: Cervical / Controle / Mau Presságio – Buffallos Bar / Méier 19 - Festa RapSoul 5 Anos: Rael – Armazém / Praça Mauá 19 - Akira Presidente – Espaço BF / Mesquita

20 - Caxias Hell Festival: Velho / Justabeli (SP) / Dark Tower / Gutted Souls / Unnature / Vicious – Lira de Ouro / Duque de Caxias 25 - Bloco Fanfarra D´Águas – Praça das Nações / Bonsucesso 25 - Rogério Caetano - Participação: Hamilton de Holanda – Eco Som / Botafogo 25 - Arraiá do Bloco Vem Cá, Minha Flor – Feira de São Cristóvão

LEO JAIME LEO "GUANABARA" JAIME Com mais de 30 anos de carreira, Leo Jaime experimenta momentos de grande intensidade em sua vida profissional. Além da obra consagrada, como cantor e compositor, o artista está sempre atuando em novos projetos. Humor, interpretações arrebatadoras, inteligência e versatilidade são as marcas deste artista que apresenta ao publico carioca, no dia 18 de agosto, no Teatro Bradesco Rio, o espetáculo “Leo “Guanabara” Jaime”. No show ele relembra seus grandes sucessos musicais e as histórias por trás das canções e dos bastidores do Rock Brasil

PROGRAMAÇÃO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):   07/09 - Quinta-feira 20:00 Maceo Parker 22:30 Maceo Parker   08/09 – Sexta-feira 21:00 Maceo Parker 23:30 Maceo Parker   09/09 – Sábado 21:00 Sergio Mendes 23:30 Sergio Mendes   10/09 – Domingo 20:00 Sergio Mendes 22:30 Sergio Mendes   13/09 - Quarta-feira 20:00 Jaques Morelenbaum convida   16/09 – Sábado 21:00 Baby do Brasil 23:30 Baby do Brasil   17/09 – Domingo 20:00 Baby do Brasil 22:30 Baby do Brasil   20/09 - Quarta-feira   20:00 Jaques Morelenbaum convida   27/09 - Quarta-feira 20:00 Anne Paceo 28/09 Quinta-feira   20:00 Orquestra Atlântica 22:30 Orquestra Atlântica    Outubro   04/10 - Quarta-feira 20:00 Ala.Ni 05/10 – Quinta-feira 20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  06/10 – Sexta-feira 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    07/10 – Sábado 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    08/10 – Domingo  20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  11/10 - Quarta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    12/10 – Quinta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ CURSOS DE AGOSTO no Estação NET Botafogo    - História do Cinema Independente Brasileiro, com Cavi Borges    - Ancine e o fomento ao audiovisual brasileiro, com Julio Augusto Zucca    - Cinema Afrodisíaco? O sexo na tela, com Dodô Azevedo

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

DISTOPIAS BRASILEIRAS NO CINEMA A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 15 a 27 de agosto de 2017, a mostra cinematográfica Brasil Distópico, que traça um panorama da produção nacional sobre as distopias. Para a programação, os curadores Luís Fernando Moura e Rodrigo Almeida selecionaram 37 curtas e longas-metragens que imaginam diferentes futuros sombrios para o país, entre clássicos da ficção-científica brasileira e obras menos conhecidas.  Na programação, filmes como O quinto poder (1962), de Alberto Pieralisi, e Brasil ano 2000 (1969), de Walter Lima Júnior. Outras incorporam as convenções da ficção científica, encenando a ameaça nuclear e o colapso do planeta, como Parada 88: o limite de alerta (1978), de José de Anchieta; e Oceano Atlantis (1993), de Francisco de Paula. Há, ainda, aqueles que instalam o cinema de gênero em imaginários locais do Brasil, como é o caso de Abrigo nuclear (1981), de Roberto Pires; e Areias Escaldantes (1985). ESTE ULTIMO, TRAZ NO ELENCO, VARIOS NOMES E BANDAS DO ROCK BRASIL DOS ANOS 80, COMO LOBÃO, TITÃS, E TEMA-TITULO DE LULU SANTOS.

DEIXA NA RÉGUA: O filme estreia no dia 10 de Agosto no INSTITUTO MOREIRA SALLES com sessões às 16h e 20h e no CINE SANTA com sessão às 17h10. Deixa Na Régua. Direção: Emílio Domingos. Produção: Osmose Filmes. Documentário. Brasil. 73 minutos.

COM SESSÕES LOTADAS EM ALGUMAS CIDADES, UCI ABRE MAIS SALAS PARA “DAVID GILMOUR: LIVE IN POMPEII” E AGORA APRESENTA A EXIBIÇÃO EM XPLUS  Ingressos já estão à venda e o público poderá conferir o show também com o poderoso som Dolby Atmos em 360º



BLITZ AO VIVO: No embalo do lançamento do álbum 'Aventuras 2', Evandro Mesquita e sua Blitz finalizam seu quarto DVD, gravado no Circo Voador em abril, para lançamento em outubro. A banda está a todo vapor, com presença confirmada no próximo Rock In Rio e tem turnê pelos Estados Unidos confirmada em fevereiro de 2018

FESTIVAL DE CINEMA DA NOVA ZELANDIA

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers