Pages

Sunday, February 23, 2014

ELECTRIC HEAD: 20 ANOS



ELECTRIC HEAD É O NOME DE UMA GIG DE MUSICA ELETRONICA QUE MANTIVE POR 8 ANOS, TODAS AS SEXTAS-FEIRAS, NA SALA 2 DA EXTINTA BUNKER, EM COPACABANA, A PARTIR DE 1997. MAS A IDEIA VEIO ANTES. POR VOLTA DE 1994, CRIEI UM SITE, ELECTRIC HEAD, PARA FALAR DA NOVA CENA ELETRONICA QUE SURGIA NO RIO, E JA FAZIA VERSOES MENORES E ITINERANTES DA FESTA EM LUGARES COMO UMA CASA NA RUA BAMBINA (COM WILSON E AMANDIO) OU NAQUELE CASARAO ONDE HJ É UMA CASA SHOW, PERTO DO LGO. DOS LEÕES/HUMAITÁ.

  NAQUELE TEMPO, A INTERNET ERA BEM 'MENOR', ENTAO, TODO SITE COM ALGO ESPECIFICO CIRCULAVA DIRETAMENTE ENTRE OS INTERESSADOS (LEMBREM-SE: NAO HAVIA NENHUMA REDE SOCIAL ENTÃO, NEM ICQ). POR ISSO, MAIS DA METADE DOS FREQUENTADOIRES DO SITE ERAM ESTRANGEIROS, PRINCIPALMENTE EUROPEUS. POR ISSO, TBM, AO LONGO DA EXISTENCIA DA EHEAD NA BUNKER, RECEBI DJS QUE VIERAM DA DINAMARCA, ALEMANHA, INGLATERRA, E TBM DO CANADÁ E NOVA YORK, SÓ POR CONTA DESSE INTERCAMBIO VIA SITE. ELES ME CONTACTAVAM, DIZIAM QUE ESTAVAM VINDO PRO RIO E QUERIAM TOCAR EM ALGUM LUGAR. AI, EU PEDIA UM CACHE LA NA BUNKER E ELES VINHAM. UM DESTES, FOI A DUPLA ISRAELENSE ANALOG PUSSY, QUE FEZ SUA PRIMEIRA GIG EVER NO BRASIL NA EHEAD (DEPOIS, VOLTARAM EM VARIOS FESTIVAIS DE PSY TRANCE). EU PAGAVA CERCA DE $300 DOLARES SEMESTRALMENTE PARA MANTER O SITE (DOMÍNIO + MANUTENÇÃO), JÁ QUE NAO HAVIA NADA PARECIDO COM BLOGS AINDA, E FORMATAR UM SITE REQUERIA CONHECIMENTOS DE HTML, QUE EU NAO TINHA. MAS, VALIA À PENA, PELO RETORNO QUE DAVA.




  E ASSIM, A E-HEAD (NOME QUE TIREI DE UMA MÚSICA DO WHITE ZOMBIE) SEGUIU CÉLERE, LOTANDO A PISTA 2 DA BUNKER POR ANOS SEGUIDOS (SÓ DECAIU NO ULTIMO ANO DA CASA), APESAR DE TER UMA FESTA DE ROCK ROLANDO NA PISTA AO LADO, A ALIEN NATION, ERA UMA DOBRADINHA SENSACIONAL. PQ, OS GRINGOS IAM MAIS NA PISTA 2 (JÁ RECEBI ATE A BROOKE BURKE, DO CANAL E!), JÁ QUE, NAQUELE MOMENTO, A MUSICA DE PISTA INTERNACIONAL ERA A ELETRONICA. E, TODOS, TINHAM A OPÇÃO DE VARIAR. ATE PQ, O PRODIGY QUE NASCIA NA PISTA 2, DOIS ANOS DEPOIS, ESTAVA NA PISTA 1, JUNTO COM OS CHEMICAL BROTHERS. ALEM DISSO, TBM SERVIU PARA LANÇAR NOVOS DJS DA CENA LOCAL. COMO A HJ INTERNACIONAL KAMMY, A RAVEGIRL (HJ, ESTILISTA) E ALEXEY, ALÉM DE ABRIR UM ESPAÇO MENSAL PARA DJS DO COLETIVO B.U.M, DA BAIXADA FLUMINENSE (COMO HALEY SEIDEL, JJ JONAS, DD CHIP E O FALECIDO PÉRICLES). TODOS LANÇADOS NA E-HEAD. E RECEBEMOS TBM O ALEMÃO PACOU, DA TRESOR; RAY VELAZQUEZ (BROOKLYN, NYC), E TANTOS OUTROS, QUE A MEMÓRIA AGORA NAO CONSEGUE LEMBRAR.

  MEU CODINOME COMO DJ, NESTA FASE ELETRONICA, FOI/É ZIGGY, INSPIRADO NO ALIENIGENA CRIADO POR DAVID BOWIE. PQ, NAS PRIMEIRAS NOITES, EU TOCAVA UM TIPO DE SOM EXTREMAMENTE CLIMÁTICO E ESPACIAL, QUE ERA A RAIZ DO QUE DEPOIS VIROU TRANCE. MAS ERA BEM DIFERENTE. ERAM MUSICAS VINDAS DE UM CD DUPLO, 'THE POSITIVA AMBIENT COLLECTION', PRIMEIROS TRABALHOS DO MOBY, THE ORB, ORBITAL, FUTURE SOUND OF LONDON, E UMA LINHA EUROPEIA, SOBRETUDO DE SONS DA GRAVADORA BELGA BONZAI, DO YVES DERUYTER. NUMA DE SUAS VINDAS AO RIO, CONHECI YVES E ELE PASSOU A ME MANDAR, SEMANALMENTE, DISCOS-TESTE DE SUA GRAVADORA, A MAIORIA WHITE LABELS (ALGUNS CHEGAVAM EMPENADOS). ENTAO, TODA NOITE DE SEXTA, PELO MENOS CINCO MUSICAS NOVAS JAMAIS OUVIDAS EM PARTE ALGUMA DO BR, TOCAVAM NA PISTA DA E-HEAD. E, DE ACORDO COM A RESPOSTA NA PISTA, EU MANDAVA, POR FAX, UM RELATORIO PARA A BONZAI.

  NOS 8 ANOS EM QUE DUROU A NOITE NA BUNKER, A E-HEAD NUNCA SE PRENDEU A UM SÓ TIPO DE ELECTRONICA. COMEÇOU NESSA ONDA AMBIENT, QUE DEPOIS VIROU O TRANCE, AI, VEIO O PSY, O PROGRESSIVE, O HARD HOUSE, O BIG BEAT, MAS O TECHNO ORIGINAL, NUNCA DEIXOU DE SER TOCADO (LAURENT GARNIER, P EX), NEM OS CROSSOVERS DE ROCK E TECHNO. NO FINAL DA BUNKER, O PUBLICO MUDOU E QUERIA UMA MUSICA MAIS POP/LIXO, COMO SE HABITUOU A ROLAR HJ NAS CASAS NOTURNAS CARIOCAS. NAO TOCO ISSO. AINDA RESISTI ALGUMAS NOITES COM JAY B E ROGER LYRA DE CO-PILOTOS. MAS O PUBLICO MUDOU (NINGUEM QUERIA MAIS VER DJS VIRANDO AO VIVO, MAS SONS RUINS GRAVADOS EM CDS TOSCOS DE MP3). ALIEN NATION ACABOU. A BUNKER MURCHOU. E EU PASSEI A FAZER GIGS EVENTUAIS, EM LUGARES COMO A PISTA 2 DA CASA DA MATRIZ, NUMA PARCERIA COM A FESTA PARADISO, DE TITO E EDINHO (ONDE PREDOMINAVAM OS SONS DFA, DISCO-PUNK); OU NA FOSFOBOX, EM DATAS ALEATORIAS. MAS FAZ DOIS ANOS QUE NAO TOCO COM FREQUENCIA, QUE NAO FAÇO DISCOS DE VINIL GIRAREM NUMA PICKUP MKII.

   ENTAO, ESTA NOITE BUNKER, NA CASA DA MATRIZ, NESTE SÁBADO, PRIMEIRO DE MARÇO, VAI SER UM REENCONTRO COM O PUBLICO E COM ALGUNS DOS HITS DO PASSADO. MAS NAO SERÁ UMA NOITE TOTALMENTE REVIVAL. LEVAREI SONS ATUAIS PARA A PISTA, TBM, COMO SE A ELECTRIC HEAD NUNCA TIVESSE DEIXADO DE ROLAR...

*COMO DJ ZIGGY, TIVE TRES MUSICAS LANÇADAS EM COLETANEAS DIVERSAS (UMA DA BITSMAG, OUTRA DO BUM E UMA TERCEIRA, DO ROCKINRIO), TOQUEI EM TODAS AS BUNKER RAVES E FUI CO-CRIADOR E CURADOR DA TENDA ELETRO, DO ROCKINRIO.

7 comments:

Fräulein said...

Lembro pouco da e- head pq frequentei mais a pista 1 da bunker. Aprovei tei melhor a época q vc tocava na fosfo, morava do lado... mas sábado to lá pra curtir os tech french de nome difícil, um q parece alemão rs... e os clássicos. Já tem tempo q to querendo uma noite de eletrônico pesado :)

Fräulein said...
This comment has been removed by the author.
Emerson Locke said...

Frequentei bastante a Bunker, ambas as pistas. Te sigo a algum tempo no twitter e não sabia que vc era DJ/criador da Eletric Head. Bem, na verdade quando eu ia pra pista 2 geralmente já estava bem doido... Lembro bem da Kammy (por quem era apaixonado apesar de nunca ter falado com ela) e de outros poucos DJ's. Parei de ir no final da década de 90 qdo fui morar em em SP e, quando voltei, o cenário noturno aqui do Rio tinha caído muito (ou fui eu que me senti deslocado, até hj não sei). Hj frequento pouco o cenário noturno, apesar de sentir muita falta, Parabéns por ter feito parte da era de ouro do techno aqui no Rio.

Emerson Locke said...

Frequentei bastante a Bunker, ambas as pistas. Te sigo a algum tempo no twitter e não sabia que vc era DJ/criador da Eletric Head. Bem, na verdade quando eu ia pra pista 2 geralmente já estava bem doido... Lembro bem da Kammy (por quem era apaixonado apesar de nunca ter falado com ela) e de outros poucos DJ's. Parei de ir no final da década de 90 qdo fui morar em em SP e, quando voltei, o cenário noturno aqui do Rio tinha caído muito (ou fui eu que me senti deslocado, até hj não sei). Hj frequento pouco o cenário noturno, apesar de sentir muita falta, Parabéns por ter feito parte da era de ouro do techno aqui no Rio.

Felipe Proença said...

Fui eu que ajudei a lançar o Alexey na electric head te dando um cassete (kkk lembra do século xx?) com um set gravado por ele. Fico feliz em saber que a rave girl, que fazia roupas bem legais, é estilista. Era uma puta dj, tinha um set poderoso (influenciada pelo Maurício lopes) só
Tocava porrada. Pura lenha. E era uma gracinha, parecia um moranguinho.

Felipe Proença said...

Fui eu que ajudei a lançar o Alexey na electric head te dando um cassete (kkk lembra do século xx?) com um set gravado por ele. Fico feliz em saber que a rave girl, que fazia roupas bem legais, é estilista. Era uma puta dj, tinha um set poderoso (influenciada pelo Maurício lopes) só
Tocava porrada. Pura lenha. E era uma gracinha, parecia um moranguinho.

Blogger said...

Sprinter - Function One (160BPM)

NA CIDADE

MAIO-NESE:

CASAS E SHOWS: Circo Voador 18 - Sonata Arctica (FIN) 19 – Ira! Folk 20 – Mano Brown  26 - Amon Amarth (SUE) / Abbath (NOR) 27 – Lô Borges: Disco do Tênis (1972) / Dônica

Fundição Progresso 20 - Mic Master Brasil: Marcelo D2 / Haikaiss / Classe A / Casa Onze DJs

Teatro Rival 17 – Rival Rebolado 18 – Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 20 – Festa Los Britânicos 25 – Jay Vaquer  26 – Mulheres de Chico 27 – Festa Baby Boom 31 – Martha Moreno

Teatro Odisseia 21 - Garage Fuzz (SP) / Diabo Verde / Plastic Fire / Reckoning Hours / Cannon of Hate / NDR

Vivo Rio 19 – Mariza (POR) 20 – Diogo Nogueira 26 – Renaissance: Songs For All Times 27 – Roberta Miranda

Theatro Net Rio 17 – Chiara Civello 24 – Gottsha – Participação: Marya Bravo 31 – Edson Cordeiro

Beco das Garrafas 17 – Bottle´s Bar: Laura Finocchiaro

Audio Rebel (Botafogo) 18 - Quintavant: Ricardo Pereira  19 – Anjos de Vidro / Chico Brown 20 - Boobarellas / Korja / Os Carburadores / Gambrinus 74  25 - Quintavant: Chelpa Ferro 28 - Phone Trio / Coffeemakers / The Last Whale

Espaço Sérgio Porto (Humaitá) 18 – Posada / Mantuano Trio 19 – Ventre / Mahmed 25 – CEP 20.000 26 – Sinara 

Rio Arena 25 - Ed Sheeran (ING) Teatro Bradesco 25 – João Bosco

Metropolitan 20 – Capital Inicial Acústico 24 – Jose Carreras 27 – Maiara & Maraísa

Imperator 17 – Quartas Brasileiras – Homenagem a Dick Farney: Zé Luiz Mazziotti & Itamar Assiere – Participação: Áurea Martins 18 – Scalene / Alarmes 24 – Goldherança: Golden Boys / Trio Esperança / Evinha Planet Music (Cascadura) 27 – Esteban Tavares / Amplifica / Plano B

Lona Jacob do Bandolim (Jacarepaguá) 19 - Danilo Caymmi 20 – Menores Atos / La Ville / Na Panela / Roterdan Lona Carlos Zéfiro (Vista Alegre) 27 – Banheiro Azul Lona Gilberto Gil (Realengo) 19 - Eliana Printes

Casa Levi´s (Botafogo) grátis 19 – 19h: Concurso de Bandas 20 – 20h30: Erasmo Carlos

Pub Panqs (Tijuca) 20 - Márvio Ciribelli - Participação: Mylena Ciribelli (21h - R$ 20) Ruínas (Praça Tiradentes) Quintall Rock (22h20 – grátis até 23:30, 10 após) 18 - Facção Caipira 25 - Os Vulcânicos

Teatro Eva Herz / Livraria Cultura 27 - Carol Naine (19h - R$ 30) Casa do Choro (Centro) 17 e 18 - João Cavalcanti & Marcelo Caldi (19h - R$ 40) 24 - Aurélie & Verioca (19h - R$ 40) Museu de Arte do Rio 18h – R$ 6 26 - MAR de Música: Boogarins (GO) / Festa Manie Dansante

Caixa Cultural 25 a 27 – Tom Zé (19h – R$ 20) Circuito SESI 26 - Duque de Caxias: Clarice Falcão (20h - R$ 34) 26 - Jacarepaguá: Mulheres em Pixinguinha (21h - R$ 12) 27 - Jacarepaguá: Clarice Falcão (20h - R$ 34) 27 - Duque de Caxias: Mulheres em Pixinguinha (20h - R$ 12)

MIXX: 20 - Qinho Canta Marina Lima – Soma Hub / Duque de Caxias (18h – R$ ) 20 - Baile Charme de Madureira: 27 Anos – Viaduto de Madureira (22h – R$ 10 1º lote, 15 2º lote) 20 - Paranoia Musique: Cubüs / Poëtika – Espaço Multifoco / Lapa (23h – R$ 20) 20 - Cacife Clandestino – Boiler Rio / Centro (23h – R$ 40 1º lote, 50 2º lote) 20 - 20 Anos do Heavy Duty: Unnature / Evil Inside / Último Sopro / Ambstract – Praça da Bandeira (23h – R$ 10) 21 - Canto Cego – Centro Cultural Laurinda Santos / Santa Teresa (13h – R$ 20) 21 - Contando Bicicletas / Chico de Barro / Relva – Santê Hostel / Santa Teresa (13h – R$ 15) 21 - Lithos Rock Fest: Pumpkinhead / Mavericks / Purano – Calabouço / Vila Isabel (19h – R$ 10) 21 - Hip Hop Lapa – Rua Joaquim Silva (16h – grátis) 21 - Qinho Canta Marina Lima – Mormaço / Nova Iguaçu (18h – grátis) 21 - Rock Fest: Golpe Certo / Old Kitchen / The Queen And The Jacks – Espaço Bel Maciel / Maria da Graça (18h – R$ 10) 24 - Luciana Mello – FM Hall / Centro (19h – grátis) 24 - Renaissance: Songs For All Times – Teatro Municipal de Niterói (20h – R$ ) 27 - Esteban Tavares / Amplifica / Plano B – Planet Music / Cascadura (17h – R$ 25 1° lote, 35 2° lote, 45 na hora) 27 - Festa Demons Over Gotham – Porto Pirata / Praça da Bandeira (22h – grátis) 

 VEM AI: Festival Varilux de Cinema Francês 2017 De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileiras (informações sujeitas a alteração): Águas Claras (DF), Aracaju (SE), Barretos (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Caxambu (MG), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ)

RENAISSANCE VEM AO BRASIL EM 2017   Com quase 50 anos de estrada, o grupo que foi pioneiro do rock progressivo britânico vem ao Brasil em maio de 2017. Curitiba (Teatro Guaíra), dia 24, São Paulo (Espaço das Américas) no dia 25, Rio de Janeiro (Vivo Rio) no dia 26, Porto Alegre (Auditório Araújo Vianna), dia 27, e Belo Horizonte (Palácio das Artes), dia 28

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017 ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ O Cine Joia Copacabana, em parceria com o Instituto Goethe/rj, começa a exibir a partir do dia 18 de maio, indo até o dia 31 de maio, sete filmes alemães inéditos em mais uma edição da Mostra Joias do Cinema Alemão. Nessa 4a edição, novamente com curadoria da equipe de Programação do Cine Joia, o projeto volta a trazer filmes alemães inéditos no circuito carioca e que nunca chegaram ao circuito exibidor brasileiro.



Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

UMMAGUMA THE BRAZILIAN PINK FLOYD VOLTA AO PALCO DO METROPOLITAN   Considerada pela crítica como o melhor cover do Pink Floyd no Brasil, a banda faz show no dia 19 de maio com a turnê You Gotta Be Crazy.

Mostra 'As marionetes de Jirí Trnka': Caixa Cultural RJ exibe filmes do "Walt Disney do Leste Europeu", inéditos no Brasil, a partir de 16 de maio



Aventura Antonioni   Retrospectiva completa do cineasta italiano Michelangelo Antonioni com  curtas e longas-metragens, documentários e ficções, além de aula magna e debate                     CCBB Rio de Janeiro – 26 de abril a 22 de maio                    CCBB São Paulo – 26 de abril a 22 de maio | CineSesc (SP) – 11 a 17 de maio                   CCBB Brasília – 3 a 29 de maio  
(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers