NA COVA DO LEÃO

Monday, September 16, 2013

FAZ-ME RIR, PT2


QUANDO O SEGUNDO RIR ACONTECEU, EM 1991, EU ESTAVA TRABALHANDO NA TV GLOBO. LA, ENTRE 1986 E 91, FIZ PARTE DA EQUIPE DOS PGMS MUSICAIS 'MIXTO-QUENTE' (COM SHOWS GRAVADOS NA PRAIA), ENCONTROS NOTAVEIS (LEGIAO VS PARALAMAS ETC) E TBM DO FANTASTICO (ASSISTIA AOS CLIPES E ESCREVIA AS 'CABEÇAS' PARA OS APRESENTADORES). ENTAO, DESTA VEZ, EMBORA FAZENDO FRILAS PRO JORNAL (SÓ FUI EFETIVADO NO GROBO EM 91, EMBORA JA FIZESSE LÁ O RIO FANZINE), VI TUDO POR UM ANGULO DIFERENTE. TINHA ACESSO AO SWITCHER, ONDE FICAVA O DIRETOR ROBERTO TALMA, MEU CHEFE DIRETO, E IA E VOLTAVA DO MARACANÃ DE FORMA MAIS CONFORTAVEL DO QUE NA VEZ ANTERIOR, NUM BUSÃO, COM BOA COMIDA E TALZ. TINHA LIVRE ACESSO. MAS EU CURTIA MAIS FICAR COMA GALERA NO GRAMADO. E VER OS SHOWS DE PERTO.

ESTE RIR FOI MAIS ORGANIZADO E LIMPO. E PERTO. AFINAL, ERA O MARACANAZÃO. JA HAVIA MTV NA COBERTURA. A EQUIPE DO JORNAL ERA ESPECIALIZADA E MAIOR. MAS FALTAVA AQUELE CLIMA DE FESTIVALZÃO DO ANTERIOR, QUE TINHA UMA VIBE MEIO GLASTONBURY. NAO ROLAVA PERRENGUE NESTE. SHOWS COMO OS DE PRINCE E GEORGE MICHAEL IMPRESSIONARAM. MAS O MAIS AGUARDADO DE TODOS FOI O DO GUNS N ROSES, DIA MAIS LOTADO DO FEST. HAVIA ATE O RUMOR DE QUE A ARQUIBANCADA PODIA DESABAR, DE TAO CHEIO. EU SENTIA A PORRA TODA TREMER DO LUGAR ONDE FICAVA A AREA DA TV. NESTE DIA, PREFERI O SHOW DO MEGADETH. MAS MEU MOMENTO FAVORITO DE TODOS FOI O SHOW DO HAPPY MONDAYS, FECHANDO UMA NOITE POP (ACHO QUE TEVE RPM E TIFFANY!). SOB UMA CHUVA FINA E MUITO LIXO, COM TODO MUNDO DOIDÃO E SE JOGANDO NA FRENTE DO PALCO (ATE OS GARIS!). O SHOW ROLOU NUM CLIMA MUCHO LOCO. LEMBRO QUE ENTREVISTEI SHAUN RYDER NO RIO PALACE E ELE DISSE QUE TINHA TRAZIDO DOIS MIL PONTOS DE ACIDO PRA DISTRIBUIR NO SHOW. ME DEU UNS DOIS E´S. ESCREVI ISSO NO JORNAL, MAS TIRARAM. JÁ A FOLHA, BANCOU.

O RIR3 SÓ FOI ACONTECER DEZ ANOS DEPOIS, DE VOLTA A CIDADE DO ROCK, E BANCADO, SOBRETUDO, PELA AMERICA ONLINE, QUE DISTRIBUIA MALDITOS CD-ROMS NA ENTRADA, QUE TRAVARAM OS PCS DE GERAL E PEGOU MALZÃO PRA ELES (TANTO QUE NAO EMPLACARAM AQUI, E JA FECHARAM NOS EUA). DESTE, LEMBRO QUE O SHOW MAIS EMOCIONANTE FOI O DO R.E.M. (NUM DIA QUE TEVE BECK) VIA-SE NA CARA DO MICHAEL STIPE QUE ELE ESTAVA VIVENDO UM MOMENTO UNICO. FICOU EM ESTADO DE GRAÇA. A POLEMICA DA VEZ FICOU COM O CONTURBADO SHOW DO QUEENS OF THE STONE AGE, NO DIA DO SEPULTURA (QUANDO ELES DEVERIAM TER TOCADO NO DIA DO FOO FIGHTERS, ERA OBVIO), PQ O OLIVIERI ABAIXOU AS CALÇAS NUMA MUSICA LÁ E FOI PRESO EM PLENO PALCO POR ATENTADO AO PUDOR. RIDICULO! E NADA MAIS ME CHAMOU TANTO A ATENÇÃO, ALEM DE TER ROLADO NEIL YOUNG. E O OASIS TER SIDO HEADLINER NUMA DAS NOITES MAIS CONCORRIDAS, COISA QUE NAO ACONTECE COM ELES NOS EUA.

 NO RIR3, ESTIVE ENVOLVIDO DIRETAMENTE COM O FESTIVAL, PQ FUI O CURADOR DA TENDA ELETRO. O JOMAR JUNIOR, UM DOS FILHOS DO MEDINA, ME CHAMOU PRA ISSO. CHEGUEI A FAZER UMA APRESENTAÇÃO EM POWER POINT NA CASA DOS MEDINA, NA BARRA, PARA EXPLICAR DO QUE SE TRATAVA. NENHUM DELES SACAVA NADA DE MUSICA ELETRONICA, MAS ENTENDERAM QUE ERA ALGO QUE ESTAVA CRESCENDO. TANTO QUE, NESTE ULTIMO RIR, DAVID GUETA TOCOU NO PALCO PRINCIPAL, QUANDO, NAQUELA EPOCA, TERIA TOCADO NA TENDINHA. ERA UMA PARADA TERCEIRIZADA. UMA PRODUTORA CUIDAVA DA LOGISTICA DOS DJS, UM CARA QUE INDIQUEI (ROBERTO PEDROZA) BOOKAVA OS DJS GRINGOS, E EU PASSAVA A LISTA DE ARTISTAS QUE ELES DEVERIAM TRAZER (TINHA MOBY E CHEM BROS NELA, MAS ELES NAO PODIAM PAGA-LOS). TUDO DEPENDIA DO CACHE E DE ACERTOS. O BUDGET DA TENDA ERA BAIXO. POR ISSO, BASICAMENTE, ELA FOI COMPOSTA POR DJS LOCAIS, SEM INTERMEDIO DE AGENCIAS (TENHO ORGULHO DE TER INCLUIDO A GALERA DO B.U.M., DJS DA BAIXADA FLUMINENSE, QUE JAMAIS TOCARAM NUM EVENTO DESTE PORTE E NAO SERIAM CHAMADOS SE DEPENDESSE DO LOBBY DAS AGENCIAS). E OS GRINGOS, TIPO O HOLANDES FERRY CORSTEN, TOPARAM PQ ESTAVAM DE PASSAGEM POR AQUI, TOCANDO EM MARESIA/SP OU NO WARUNG/SC E O RIRI É BOM PRO CURRICULO. A TENDA ELETRO DEU ORIGEM A DOIS CD, UM GRINGO E UM LOCAL. NESTE, ESTA UMA FAIXA MINHA (COMO DJ ZIGGY), 'FALL OUT', DOS PRISONERS (EU & LEONI). FOI UMA PARADA PIONEIRA.

NO RIR4, EU TAVA DE FERIAS, FORA DO PAIS (GOSTARIA DE TER VISTO APENAS O SYSTEM OF A DOWN, MAS, LÁ FORA, VI O PORTISHEAD!); E, NESTE QUINTO, NAO CORRI ATRAS (NAO TEM NADA LA REALMENTE QUE EU JA NAO TENHA VISTO OU NAO POSSA VIVER SEM, MAS QUERIA TER CURTIDO O SOM DO VITALIC), NAO ME CONVIDARAM, E EU TAMBEM JA TO PRONTO PRA IR PRA PESCAR DE NOVO (E COM BONS SHOWS NA AGENDA, CONTO DEPOIS). MAS PELO QUE PARECE, HJ, O RIR É MAIS UMA FEIRA, UM PARQUE DE DIVERSOES, ONDE O QUE IMPORTA MAIS É A FESTA DO QUE AS ATRAÇÕES EM SI. NADA CONTRA. MAS É UMA ONDA BEM DIFERENTE. UM FESTIVAL CORPORATE, COMO QUASE TUDO HJ EM DIA. MAS, AO QUE PARECE, A GALERA NAO RECLAMA. MUSICA É O DE MENOS PRA QUEM OUVE MP3 E SÓ QUER POSTAR NO FEICE. OS TEMPOS MUDARAM. NAO SEI SE PARA MELHOR...

4 comments:

Carlos said...

Tempos de festival para amadores, amantes da música. Ivete Sangalo é a antítese do Rock, não digo pelo estilo musical, já que Elba e Alceu Valença por ex, cabem muito bem num festival de rock, mas pela caricatura que ela representa, plastificada, domada e teleguiada para um público afim.

Neste rir de 2001, lembro que estacionava o carango num terreno baldio do lado da entrada e comprava ingresso mais barato com cambistas. Assisti Neil Young completamente vazio e de cara pro palco.

O Nick do QOTSA na verdade ficava sempre pelado nesta turnê, fez o mesmo no BDO de Sydney mas a polêmica só rolou no país puritano.

Carlos said...

Tempos de festival para amadores, amantes da música. Ivete Sangalo é a antítese do Rock, não digo pelo estilo musical, já que Elba e Alceu Valença por ex, cabem muito bem num festival de rock, mas pela caricatura que ela representa, plastificada, domada e teleguiada para um público afim.

Neste rir de 2001, lembro que estacionava o carango num terreno baldio do lado da entrada e comprava ingresso mais barato com cambistas. Assisti Neil Young completamente vazio e de cara pro palco.

O Nick do QOTSA na verdade ficava sempre pelado nesta turnê, fez o mesmo no BDO de Sydney mas a polêmica só rolou no país puritano.

Carlos said...

Tempos de festival para amadores, amantes da música. Ivete Sangalo é a antítese do Rock, não digo pelo estilo musical, já que Elba e Alceu Valença por ex, cabem muito bem num festival de rock, mas pela caricatura que ela representa, plastificada, domada e teleguiada para um público afim.

Neste rir de 2001, lembro que estacionava o carango num terreno baldio do lado da entrada e comprava ingresso mais barato com cambistas. Assisti Neil Young completamente vazio e de cara pro palco.

O Nick do QOTSA na verdade ficava sempre pelado nesta turnê, fez o mesmo no BDO de Sydney mas a polêmica só rolou no país puritano.

nikolao paolo said...

O RIR 1985(O BRASIL NUNCA TINHA VISTO NADA IGUAL), E 1991(O MELHOR PARA MIM..) FORAM CLASSE A. DEPOIS MEIA BOQUINHA UMAS COISAS OK, E MUITA PORCARIAS.GRANDES PORCARIAS.

NA CIDADE

JANEIRO TEM DUAS FACES:

CASAS & SHOWS: Circo Voador 19 - Samba Rap Festival: Elza Soares / Karol Conka 20 - Samba Rap Festival: Emicida / Jongo da Serrinha / Bateria da Império Serrano 25 - Phoenix (FRA) 26 - Vanessa da Mata / Fióti / DJ Incidental 27 - Barão Vermelho

Fundição Progresso 19 - BaianaSystem 20 - Tim Music no Samba: Xande de Pilares & Mumuzinho - Participação: Bateria do Salgueiro 26 – Johnny Hooker / Letrux 27 - Nando Reis

Teatro Odisseia 21 - Radnor With Lee (EUA) 28 - Demon Hunter (EUA) / Pantokrator (SUE)

Teatro Riachuelo 16 - Leila Pinheiro: Voz & Piano 23 - Ed Motta: Baile do Flashback 30 - Laila Garin & A Roda

Teatro Rival 20 - João Bosco: Voz & Violão 25 - Angela Ro Ro 26 - Bloco Sargento Pimenta 27 - Geraldo Azevedo: Voz & Violão

Audio Rebel 16 - Adaury Mothé Trio 17 - Rafael Rocha Quinteto 28 - N.D.R. / Triunfe / Dissonância 29 - Ana Baird & Camila Costa: Perigosas

Espaço Sérgio Porto 18 - Sinara 25 - Karine Carvalho: Galega Hits

Sala Baden Powell 19 - Sempre Livre / Sylvinho Blau Blau / Dr. Silvana & Cia. 20 – Nelson Sargento 21 – Banda do Síndico 24 - João Donato - Participação: Carlos Lyra & Roberto Menescal & Marcos Valle 25 - Mario Adnet: Jobim Jazz 26 – Marcos Ariel 27 – Cris Delanno 28 - Azymuth

Beco das Garrafas 17 - André Gonçalves 18 - Lu Oliveira 19 - Georgiana de Moraes & Fernanda Cunha & Camilla Dias: Homenagem a Vinicius de Moraes (20h) 19 - Joyce Cândido: Homenagem a Elis Regina (22h30) 20 - Hélio Delmiro (21h) 20 - Maíra Freitas & Taís Feijão (22h30) 21 - Dóris Monteiro 24 - Rosana Sabença 25 - Conexão Rio: Homenagem a Tom Jobim 26 - Amanda Bravo: Homenagem a Durval Ferreira - Participação: Paulinho Trompete, Mauricio Einhorn, Rosana Sabença, Billy Blanco Jr., Thaís Fraga 27 - Hector Costita & Joseval Paes 31 - Maria Luiza

Casa de Cultura Laura Alvim 16 - Dani Black 21 – Pedro Mann 23 - Davi Moraes 28 – Qinho Canta Marina Lima 30 - Matheus VK

Teatro Café Pequeno 18 – Verônica Sabino 25 – Elisa Queirós

Blue Note Rio 16 - Big Gilson 17 - Roberto Menescal 18 - Gabriel Moura 19 - Daniel Jobim & Daniel Boaventura: Homenagem a Tom Jobim & Frank Sinatra 20 - MPB-4 23 - Escalandrum (ARG) 24 - Mayer Hawthorne (EUA) 25 - Wanda Sá & Gilson Peranzzetta & Mauro Senise: Homenagem a Tom Jobim & Vinicius de Moraes

KM de Vantagens Hall 19 – Molejo & É O Tchan – Participação: Ludmilla 20 - Ney Matogrosso: Atento aos Sinais

Imperator 23 - Jazz Pras Sete: Chico Costa & Quarteto Artilheiro 24 - Quartas Brasileiras: Cordão da Bola Preta 27 - Forró Lánalaje: Marcelo Mimoso Trio / DJ Edna Carvalho 28 - Bloco Pipoca & Guaraná 31 - Toquinho: Voz & Violão - Participação: Camilla Faustino

Centro de Referência da Música (Tijuca) 17 - Ellen de Lima & Reginaldo Bessa: Homenagem a Lamartine Babo 18 - Rosa Marya Colin - Participação: Jefferson Gonçalves 19 - André Gabeh 17 - Eduardo Dussek 24 - Quinteto em Tom Maior 25 - Rosane Corrêa: Homenagem a Ella Fitzgerald 26 - Daíra: Homenagem a Belchior 31 - Ana Egito

Baile do Digitaldubs - HUB (Santo Cristo) 21 - Cedric "The Congos" Myton (JAM) 28 - Mad Professor & Aisha

Música no Deck - Barraca do Pepê (Barra da Tijuca) 20 – Filipe Ret 21 – Kell Smith 27 – Um 44k 28 – Luiza Possi Barra Blues Festival 26 - Sergio Diab Stratoman / Projeto Soul Jazz / Ana Egito / Alamo Leal Blues Groover’s / Corcel Mágico 27 - RJ Café / UniJazz Brasil / The Blue Fever / Sergio Rocha / Serra Blues Trio 28 - André Barroso / WestSide Blues / State of Blues / Victor Biglione Festival Downtown Sunset - Shopping Downtown (Barra da Tijuca) 20 – Gabriel O Pensador 27 – Biquini Cavadão

Rio Rock & Blues - Rock Experience (Lapa) 19 - Titanossauros / Conexão Japeri 20 - Love & The Lovers / The Loreleis 26 - The Smiths Cover 27 - Pedro Santana Trio / Elemento Surpresa / A Bolha Revisited

Circuito SESI 24 - Centro: Fhernanda Fernandes - Participação: Nana Kozak, Sandra Duailibe, Clarisse Grova, Ninah Joh, Andréa França

MIXXX: 17 – Matheus VK – Teto Solar / Botafogo 19 - Maratona Black - Baile Charme – Gafieira Elite / Centro 19 - O Rappa: Tour de Despedida – Quadra da Mocidade / Padre Miguel 20 - Festival Rock in Brisa 4: 90 Contos / Cosmobox – Espaço Tequila´s / Guaratiba 20 - Playmobille / Tem Amor – La Esquina / Lapa 20 - Indivíduo K / Cândido / Banheiro Azul – O Pecado Mora ao Lado / Praça da Bandeira 21 - Aniversário de 57 Anos do Cacique de Ramos 21 - Festival Lona Rock Sunday: Memora / The Outs / Corcel Mágico – Lona Terra / Guadalupe 21 - Lu Oliveira – Praia de Conceição de Jacareí / Mangaratiba 26 - Laurent Garnier (FRA) 26 - Bloco do S Convida KL Jay – Fosfobox / Copacabana 27 - Slide / Sollarium / Fresno / Glória / Strike - Clube Tamoio / São Gonçalo 27 – Matanza – Arena Fernando Torres / Parque de Madureira 27 - Visibilidade Transvestigenere - Beco Encantado: Mulher Pepita & MC Xuxu – Beco do Rato / Lapa 28 - Festa Divina Circus: IZA – Clube 4 Linhas / Bento Ribeiro 28 - Bloco Eficiente: Inclusão Se Faz Com Várias Mãos – Praça Paris / Glória 28 - Facing Fear / Stuff / Cidade Nua – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo

exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

FESTIVAL DE CULTURA DIGITAL: De 18 a 20 de janeiro, quinta a sábado, acontece no CCBB RJ DIGI – Festival de cultura digital, uma mega programação que inclui imersão, reflexão e diversão. Tem até shows geek. quinta, 19 de janeiro, às 21h, apresentação da orquestra Ritornello de Jedi, com repertório de trilhas musicais de videogames, séries e desenhos, com cordas e vozes, e arranjos exclusivos. O objetivo é dar acesso à formação clássica com temas musicais do cotidiano. sexta, 20 janeiro, às 21h, é a vez de The Screeners, banda que faz releituras rock ’n’ roll de trilhas sonoras clássicas do cinema, de videogames, séries de TV, desenhos animados. É tudo grátis, das 9 às 21h.

MOSTRA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EXIBE O CINEMA DE HAL HARTLEY Programação reúne todos os 14 longas do diretor americano, além de debate, sessões comentadas e um curso de roteiro cinematográfico de 23 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018 (terça a domingo)

O Ministério da Cultura, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro apresentam a 14ª Mostra Melhores Filmes do Ano Além das exibições dos filmes, a mostra traz homenagens e catálogo especial com textos sobre os filmes e as iniciativas cinematográficas que fizeram a diferença em 2017 De 24 de janeiro a 1 de fevereiro
PROG IN BRASIL: Carl Palmer, Premiata Forneria Marconi, estarão no Brasil em 2018, se apresentando nas cidades de Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, como parte da Top Cat Concert Series 2018. Os italianos do Premiata Forneria Marconi CHEGAM EM ABRIL. O grupo de rock progressivo, formado em 1971, vem lançar seu novo álbum 'Emotional tattoos', e também vai tocar seus clássicos. Maio vai trazer o baterista do Emerson, Lake & Palmer e também do Asia, Carl Palmer, com seu tributo ao ELP.Show promete surpresas com algumas participações especiais de peso.

No dia 24/jan, começa no CCBB SP a mostra Sonora: Ennio Morricone, que homanageia o maestro no ano que completa 90 anos. Ao todo, serão exibidos 22 filmes que têm a marca musical do maestro.

A PRIMEIRA NOITE DE UM HOMEM': 50 ANOS O FILME QUE LANÇOU DUSTIN HOFFMAN, COMO UM FORMANDO, QUE É SEDUZIDO PELA MÃE DE SUA NAMORADA, A FAMOSA SENHORA ROBINSON, DAQUELA MUSICA DE SUCESSO DA DUPLA SIMON & GARFUNKEL (FEITA PELA FALECIDA ANN BANCROFT), ESTÁ DE VOLTA. O RELANÇAMENTO, EM COPIA DIGITAL REMASTERIZADA, COMEMORA OS 50 ANOS DO FILME. QUE CONTINUA MUITO BOM. E AINDA TEM 'THE SOUND OF SILENCE', COMO MUSICA DE ABERTURA.

RU PAUL´S DRAG RACE TOUR: Em 2018, as drag queens de RuPaul's Drag Race vão levar a turnê oficial do reality-show, WERQ THE WORLD TOUR, para a terra do “Come to Brazil”! Michelle Visage vai comandar a apresentação no Brasil e todos os shows contarão com performances ao vivo de algumas das drag queens mais inesquecíveis de RuPaul's Drag Race, entre elas, as recém-divulgadas participantes da terceira temporada de All Stars, Shangela e Kennedy Davenport. Outras fan favorites devem marcar presença, como Detox, Kim Chi, Violet Chachki, Valentina e Peppermint. Ainda haverá um pré-show com DJ set e performance de Lady Bunny, a drag queen que é uma lenda da cena noturna de Nova York. 23/FEV TEATRO BRADESCO/RJ

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers