Pular para o conteúdo principal

FAZ-ME RIR, PT2


QUANDO O SEGUNDO RIR ACONTECEU, EM 1991, EU ESTAVA TRABALHANDO NA TV GLOBO. LA, ENTRE 1986 E 91, FIZ PARTE DA EQUIPE DOS PGMS MUSICAIS 'MIXTO-QUENTE' (COM SHOWS GRAVADOS NA PRAIA), ENCONTROS NOTAVEIS (LEGIAO VS PARALAMAS ETC) E TBM DO FANTASTICO (ASSISTIA AOS CLIPES E ESCREVIA AS 'CABEÇAS' PARA OS APRESENTADORES). ENTAO, DESTA VEZ, EMBORA FAZENDO FRILAS PRO JORNAL (SÓ FUI EFETIVADO NO GROBO EM 91, EMBORA JA FIZESSE LÁ O RIO FANZINE), VI TUDO POR UM ANGULO DIFERENTE. TINHA ACESSO AO SWITCHER, ONDE FICAVA O DIRETOR ROBERTO TALMA, MEU CHEFE DIRETO, E IA E VOLTAVA DO MARACANÃ DE FORMA MAIS CONFORTAVEL DO QUE NA VEZ ANTERIOR, NUM BUSÃO, COM BOA COMIDA E TALZ. TINHA LIVRE ACESSO. MAS EU CURTIA MAIS FICAR COMA GALERA NO GRAMADO. E VER OS SHOWS DE PERTO.

ESTE RIR FOI MAIS ORGANIZADO E LIMPO. E PERTO. AFINAL, ERA O MARACANAZÃO. JA HAVIA MTV NA COBERTURA. A EQUIPE DO JORNAL ERA ESPECIALIZADA E MAIOR. MAS FALTAVA AQUELE CLIMA DE FESTIVALZÃO DO ANTERIOR, QUE TINHA UMA VIBE MEIO GLASTONBURY. NAO ROLAVA PERRENGUE NESTE. SHOWS COMO OS DE PRINCE E GEORGE MICHAEL IMPRESSIONARAM. MAS O MAIS AGUARDADO DE TODOS FOI O DO GUNS N ROSES, DIA MAIS LOTADO DO FEST. HAVIA ATE O RUMOR DE QUE A ARQUIBANCADA PODIA DESABAR, DE TAO CHEIO. EU SENTIA A PORRA TODA TREMER DO LUGAR ONDE FICAVA A AREA DA TV. NESTE DIA, PREFERI O SHOW DO MEGADETH. MAS MEU MOMENTO FAVORITO DE TODOS FOI O SHOW DO HAPPY MONDAYS, FECHANDO UMA NOITE POP (ACHO QUE TEVE RPM E TIFFANY!). SOB UMA CHUVA FINA E MUITO LIXO, COM TODO MUNDO DOIDÃO E SE JOGANDO NA FRENTE DO PALCO (ATE OS GARIS!). O SHOW ROLOU NUM CLIMA MUCHO LOCO. LEMBRO QUE ENTREVISTEI SHAUN RYDER NO RIO PALACE E ELE DISSE QUE TINHA TRAZIDO DOIS MIL PONTOS DE ACIDO PRA DISTRIBUIR NO SHOW. ME DEU UNS DOIS E´S. ESCREVI ISSO NO JORNAL, MAS TIRARAM. JÁ A FOLHA, BANCOU.

O RIR3 SÓ FOI ACONTECER DEZ ANOS DEPOIS, DE VOLTA A CIDADE DO ROCK, E BANCADO, SOBRETUDO, PELA AMERICA ONLINE, QUE DISTRIBUIA MALDITOS CD-ROMS NA ENTRADA, QUE TRAVARAM OS PCS DE GERAL E PEGOU MALZÃO PRA ELES (TANTO QUE NAO EMPLACARAM AQUI, E JA FECHARAM NOS EUA). DESTE, LEMBRO QUE O SHOW MAIS EMOCIONANTE FOI O DO R.E.M. (NUM DIA QUE TEVE BECK) VIA-SE NA CARA DO MICHAEL STIPE QUE ELE ESTAVA VIVENDO UM MOMENTO UNICO. FICOU EM ESTADO DE GRAÇA. A POLEMICA DA VEZ FICOU COM O CONTURBADO SHOW DO QUEENS OF THE STONE AGE, NO DIA DO SEPULTURA (QUANDO ELES DEVERIAM TER TOCADO NO DIA DO FOO FIGHTERS, ERA OBVIO), PQ O OLIVIERI ABAIXOU AS CALÇAS NUMA MUSICA LÁ E FOI PRESO EM PLENO PALCO POR ATENTADO AO PUDOR. RIDICULO! E NADA MAIS ME CHAMOU TANTO A ATENÇÃO, ALEM DE TER ROLADO NEIL YOUNG. E O OASIS TER SIDO HEADLINER NUMA DAS NOITES MAIS CONCORRIDAS, COISA QUE NAO ACONTECE COM ELES NOS EUA.

 NO RIR3, ESTIVE ENVOLVIDO DIRETAMENTE COM O FESTIVAL, PQ FUI O CURADOR DA TENDA ELETRO. O JOMAR JUNIOR, UM DOS FILHOS DO MEDINA, ME CHAMOU PRA ISSO. CHEGUEI A FAZER UMA APRESENTAÇÃO EM POWER POINT NA CASA DOS MEDINA, NA BARRA, PARA EXPLICAR DO QUE SE TRATAVA. NENHUM DELES SACAVA NADA DE MUSICA ELETRONICA, MAS ENTENDERAM QUE ERA ALGO QUE ESTAVA CRESCENDO. TANTO QUE, NESTE ULTIMO RIR, DAVID GUETA TOCOU NO PALCO PRINCIPAL, QUANDO, NAQUELA EPOCA, TERIA TOCADO NA TENDINHA. ERA UMA PARADA TERCEIRIZADA. UMA PRODUTORA CUIDAVA DA LOGISTICA DOS DJS, UM CARA QUE INDIQUEI (ROBERTO PEDROZA) BOOKAVA OS DJS GRINGOS, E EU PASSAVA A LISTA DE ARTISTAS QUE ELES DEVERIAM TRAZER (TINHA MOBY E CHEM BROS NELA, MAS ELES NAO PODIAM PAGA-LOS). TUDO DEPENDIA DO CACHE E DE ACERTOS. O BUDGET DA TENDA ERA BAIXO. POR ISSO, BASICAMENTE, ELA FOI COMPOSTA POR DJS LOCAIS, SEM INTERMEDIO DE AGENCIAS (TENHO ORGULHO DE TER INCLUIDO A GALERA DO B.U.M., DJS DA BAIXADA FLUMINENSE, QUE JAMAIS TOCARAM NUM EVENTO DESTE PORTE E NAO SERIAM CHAMADOS SE DEPENDESSE DO LOBBY DAS AGENCIAS). E OS GRINGOS, TIPO O HOLANDES FERRY CORSTEN, TOPARAM PQ ESTAVAM DE PASSAGEM POR AQUI, TOCANDO EM MARESIA/SP OU NO WARUNG/SC E O RIRI É BOM PRO CURRICULO. A TENDA ELETRO DEU ORIGEM A DOIS CD, UM GRINGO E UM LOCAL. NESTE, ESTA UMA FAIXA MINHA (COMO DJ ZIGGY), 'FALL OUT', DOS PRISONERS (EU & LEONI). FOI UMA PARADA PIONEIRA.

NO RIR4, EU TAVA DE FERIAS, FORA DO PAIS (GOSTARIA DE TER VISTO APENAS O SYSTEM OF A DOWN, MAS, LÁ FORA, VI O PORTISHEAD!); E, NESTE QUINTO, NAO CORRI ATRAS (NAO TEM NADA LA REALMENTE QUE EU JA NAO TENHA VISTO OU NAO POSSA VIVER SEM, MAS QUERIA TER CURTIDO O SOM DO VITALIC), NAO ME CONVIDARAM, E EU TAMBEM JA TO PRONTO PRA IR PRA PESCAR DE NOVO (E COM BONS SHOWS NA AGENDA, CONTO DEPOIS). MAS PELO QUE PARECE, HJ, O RIR É MAIS UMA FEIRA, UM PARQUE DE DIVERSOES, ONDE O QUE IMPORTA MAIS É A FESTA DO QUE AS ATRAÇÕES EM SI. NADA CONTRA. MAS É UMA ONDA BEM DIFERENTE. UM FESTIVAL CORPORATE, COMO QUASE TUDO HJ EM DIA. MAS, AO QUE PARECE, A GALERA NAO RECLAMA. MUSICA É O DE MENOS PRA QUEM OUVE MP3 E SÓ QUER POSTAR NO FEICE. OS TEMPOS MUDARAM. NAO SEI SE PARA MELHOR...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Winner winner, chicken dinner!

É o lema de quem ganha na mesa de blackjack (21) em Las Vegas. A frase, que diz a lenda, é de autoria de um oriental, que quebrou a banca num dos cassinos da cidade nos anos 50, é dita várias vezes no filme "21" (aqui, "Quebrando a banca"), que estréia semana q vem e vi hj cedo numa cabine. Ela significa algo como, quem ganha paga o jantar. O filme é interessante. Apesar de envolver galera e ter uma trilha sonora atual (com direito a faixa inédita do LCD, não tem aquela edição frenética MTV. Até porque, a história de um grupo de geniozinhos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que têm a capacidade de contar decks de cartas de baralho (sem precisar ser autistas, como o rain man) e vão faturar algum na maciota em Las Vegas, aconteceu mesmo na vida real. Isso é o ponto de maior interesse no filme, sacar os bastidores desse fato verídico. Os atores, a maioria novatos (tem o carinha de "Across the universe", mas tbm tem Kevin Spacey e a gatinha Kate …

KELVIN?

UNZAMIGOS MEU FORO RANGAR EM COPA DEPOIS DO SHOW DO JUSTICE E ACABARO ALI NA REGIAO DA PRADO JUNIOR TRAÇANDO UM GALETO COM AS PUTAS E TRAVECO. DADO MOMENTO, UM DELES VE UM ANUNCIO COLADO NUM ORELHÃO DO LADO DO BAR QUE DIZIA: "LOURINHA GOSTOSA. FAÇO KELVIN ATÉ O FINAL!", AI, GERAL BOLOU. O QUÊ OU QUEM DIABOS É KELVIN? NEGUIM JÁ DESCOLADO EM PUTARIA NÃO SABIA O QUE ERA AQUILO. KELVIN? WHATTAFUCK? A SOLUÇÃO? LIGAR PRA PUTA, É CLARO. AÍ, ELA EXPLICOU A PARADA: KELVIN É FAZER GARGANTA PROFUNDA ATÉ O FINAL SEM USAR CAMISINHA (20 CONTOS). MATADA METADE DA CHARADA. MAS POR QUE KELVIN? FIZ UMA BUSCA NO GOOGLE E SÓ APARECERAM DOIS LINKS SOBRE A PARADA!!! (O RESTO TODO ERA LIGADO A PESSOAS CHAMADAS KELVIN OU AO GRAU KELVIN). UM ERA UM FÓRUM NO QUAL A MESMA RESPOSTA E PERGUNTA QUE FAÇO AQUI ERA REQUERIDA, OUTRO ERA UM ANUNCIO DE JORNAL DE UMA VAGABA QUE FAZ KELVIN. ENTÃO, O MISTÉRIO CONTINUA: POR QUÊ KELVIN? ALGUÉM AÍ SABE?

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY