Pages

Sunday, January 20, 2008

Ritalin


...é o nome de um remédio tarja preta. Mas Rita Lee é uma, ahn, "roqueira" brasileira das antigas e que ainda kick ass. Um dos primeiros shows que vi na vida foi da Rita, uma matine no teatro Teresa Rachel (Copa), do disco "Fruto proibido", que mamã ouvia dia e noite. Aí, uns 30 anos depois voltei a Rita com o show de sexta passada no Canecão (sábado não houve por causa da chuva), levando meu petiz teen. Nesse meio tempo, a vi abrindo pros Stones no Maraca e fui ve-la na praia num plantao do jornal. Mas ali, num palco só dela, perto da galera, é bem melhor. Rita, pro rock daqui, é um misto de iggy pop (sobrevivente), bowie (camaleonica), patti smith e especie de irma astral de mick jagger. Só que ela tem um toque que é só dela: o bom humor (as vezes lembra uma moleca, uma especie de chaves garota) e uma certa levada teatral, mas sempre com um toque de brasileira. Rita é do roque, mas nao esquece que é do Brasil, e assim mistura muito bem elementos diversos e cria um show que agrada a todas as idades, fas de rock ou não. Neste, ela faz uma especie de review da carreira, afinal sao 40 anos de rock (lembre-se que ela foi dos Mutantes) e 60 de vida. Nao é um show assim tao empolgante, confesso, mas fui na estreia e notei que ela ate tava meio nervosa no inicio. Mas, do meio pro final é uma festa, que acaba no maior carnaval. Quem nunca viu aRita, precsia dar uma conferida enquanto é tempo. *de bônus, quem tava na mesa ao lado da minha era o tremendão Erasmo Carlos (provavelmente, o primeiro roqueiro do Brasil). Tirei foto com ele, claro (rs), que deu autógrafos pra uma multidão...

30 comments:

wallacebarros said...

Tom, nunca tive o prazer de ver um show ao vivo da Rita Lee. Apenas curiosidade.
Ultimamente estou ouvindo Cocteau Twins. A voz da Elizabeth Fraser é encantadora. Infelizmente, as letras das músicas me deixam um tanto depressivo

Lord Vader said...

Salve Rita ! Gosto muito dela e da sua discografia , sobretudo ate final dos 70. Disco voador,Agora é moda , tudo crássico ... Mesmo quando ela se aproximou do pop no inicio dos 80 ainda curto. Nunca vi um show, mas ganhei da patroa , que sabe que sou fã , um DVD circa 81/82 de um show que ela fez pra Grobo , é meio tosquinho mas chama atenção como a mulher é um dinamo ! E daria uma boa atriz tb ... A RS de dezembro com ela tá boa tb. E o tremendão ??! Sonhos e memórias é um discaço !

tom said...

off:
> ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE LISBOA
> "Gêmeo tenta se suicidar e mata o irmão por engano"
>
> > DISK FINADOS>
> Lançaram em Portugal, o novo serviço por telefone, é o Disk-Finados.
> Você telefona e ouve um minuto de silêncio!

henrique kurtz said...

Tom, vc tem que dar um jeito de mostrar a sua foto com o Tremendão!
Os coveiros anseiam por isso!
Abs

nelson said...

Wallace! Cocteau Twins fez parte da minha trilha sonora adolescente, quase 20 anos atrás! Viajava muito nas melodias e nas letras...rs

PEDRO BAMBAATAA said...

cheguei agora do fim de semana e li seu post tom...

concordo com sua definição perfeita da patrona do rock nacional...

eu sou até suspeito, pois em 1976, quando tinha 13 anos, comprei meu primeiro disco de "roque en rouu"...
justamente esse que sua mami, escutava... "fruto proibido"... minha mãe meu deu, acho que foi minha 1ª mesada, e eu
fui comprar esse discão movido pelo "suça" "esse tal de rock'n'roll"...

tinha de ouvir antes de meu pai, chegar do trabalho, pois, se ele ouvisse, falava: "TIRA O DISCO DESSA MACONHEIRA PORRA!"...

qual não foi minha surpresa que, quase 10 anos depois ele vibraria
com o sucesso televisivo "mania de voce" que tocava no anuncio da "ELLUS"...

nunca curtir muito a fase "roberto de carvalho" da
"mick jagger de saias" do rock
brazuca...

sempre gostei mesmo da fase "under-deprê-pós mutantes-junkie" de Rita com a Banda
TUTTI - FRUTI, que tinha o melhor guitarrista nacional de todos os
tempos que vi tocar, chamado
"LUIS CARLINI"...

recentemente completei minha coleção desta fase, adiquirindo
o cd "ENTRADAS E BANDEIRAS" de
1975, época em que a maluquete
foi presa por porte de maconha...

endosso, tudo que falou sobre nossa representante tupiniquim...

mas não dá para ouvir sua fase
"LANCE PERFUME" ... nessa época
já tinha descoberto a banda,
de um certo angus young e sua
turma...

abraços!!

tom said...

wallace, considero o cocteau twins mais melancolicamente romantico do que propriamente depressivo, ate pq, a maioria das letras nao significam realmente nada, sao mais vocalises e palavras que formam ritmos melodicos. vi o show deles no canecão, acho, no final dos 80´s, mas nao vi a volta deles, que se nao me engano, foi no imperator, ja nos 90´s (eu tava fora, de ferias). a lis fraser vez por outra poe voz pro massive attack

pacheco said...

ando jururu
I know not what to do
quero encontrar pelo cominho
um cogumelo de zebu

e descansaaar
os meus olhos no pastoooo
descarregar
esse mundo das costaaas
eu só quero fazer
parte do backing vocal
e cantar o tempo todooooo
shoooobedoodaudau!!!

=D

Eu acho o entradas e bandeiras o melhor dela! (mas a música acima é de outro, não confundam)

Alessandro said...

A fase Tutti-frutti era sensacional, depois é intragável!

Minha esposa adora a fase "Roberto de Carvalho" e de sacanagem acaba ouvindo, para meu total desespero...

"Lança Perfume" é chato pra KCT!!!

Nunca me animei a sair de casa para ver o show da camaleoa...

Pedro said...

li o blog do jama nesse final de semana e ele metia o pau no show da rita.
Enfim, mtas vezes nao concordo com ele rs
---
Eu nao conhecia nada do massive attack, mas outro dia baixei o mezzanine.Nossa, discao.Escutei ele hj, debaixo dessa chuva.
E realmente tem uma mulher que canta maravilhosamente bem.
Sera q é essa do cocteau twins, que voces falaram ?

PEDRO BAMBAATAA said...

engraçado, não sabia que o cocteau, tinha tocado no caneco...

pensei que seu primeiro show, foi
do "impereitor", no qual estava
presente...

o show, foi muito bom...
uma tremenda viajem...
depois abandonei a banda

tenho todos os vinis que sairam
da banda no braza...

o que mais gostei, foi mesmo,
o primeiro aqui, chamado "TREASURE"...

abraços!!

wallacebarros said...

Nelson, costumo ver no youtube os clips "Crushed" e "Lorelei" do Cocteau Twins. São as minhas favoritas :-)

tom said...

posso estar enganado, bambaataa. acho que o primeiro show deles aqui foi mesmo o do imperator. foi la que vi, nao no caneco. mas eles nao voltaram depois? tenho essa impressao, n sei pq. sei que a siouxsie voltou, no imperator, e esse eu nao vi, so os da primeira vez. gosto bastante do album treasure. alais, os encartes e capas deles eram excelentes

fabio fernandes said...

eu e a patroa acabamos de chegar de alguns dias de férias em teresopólis, onde ficamos isolados de tudo, onde o máximo de tecnologia era o dvd e mp3. pc, jornais, revistas, tv a cabo nem pensar ...

então, como estou colocando as leituras (impressas e virtuais) em dia, queria dizer que adorei a matéria com o joão roberto kelly (segundo caderno, 12 de janeiro). eu admiro muito (começei a gostar qdo criança, através da minha mãe)o trabalho dele, o considero um ícone do carnaval e fiquei feliz em ver uma bela matéria homenageando-o.

fabio fernandes said...

peraí,
tem um jogador do time do madureira chamado "creedence clearwater couto" ? é sério isso ?
rsrs

RENATO BIAO said...

tenho um amigo q ouve o 'fruto proibido' até hoje,sem cansar...

afase roberto de carvalho acho meia-boca, profissa demais e sem a expontaneidade do começo.

vi umm show da senhora em questão circa 1994, abrindo pro rolinga no maraca.
deve ser bem legal ver um espetáculo só dela,quem sabe???

pacheco said...

sim, tem um jogador chamado creedence clearwater.

PEDRO BAMBAATAA said...

para mim minha musica favorita de Mrs Rita Lee, é "UM TOQUE", a
primeira do lado b, com letra
de um desconhecido da época,
chamado "Paulo Coelho", que aliás
compos outras duas destes discos...
eu eu tb ainda ouço meu vinil de
1975...

sobre as capa do cocteau, sem duvidas tom, eram de extremo
bom gosto, assim como quase
todas do selo 4AD, como as do
X-MALL DEUSTCHLAND...

Abraços!!

Alessandro said...

Fabio,

O Creedence joga no querido Madura!!!
Já é bem rodado!!!

Vejam a ficha do Creedence Clearwater Couto:
http://globoesporte.globo.com/ESP/0,,AAL3283-1538,00.html

tom said...

vo postar mimha foto com o tremendao la no orkut e depois aviso aqui. agora, dicas de filmes. nao percam:

JUNO = filme indie bem bacana

PARANOID PARK = novo de gus van sant, ainda melhor que elefante

THIS IS ENGLAND = sobre skinheads na inglaterra dos anos 80

Lord Vader said...

PO não sei se é viagem , mas acho que eles tocaram em 1990 no Hotel Nacional em Sao Conrado , na Turne do Heaven or Las Vegas , num festival Carlton alguma coisa.
Pode ser fog de cannabis , mas acho que foi sim .
Ah e quase tudo da 4ad acho artisticamente perfeito , o conceito , capas , sons . Outro projeto bacana que ela participa é This mortal coil , é foda ! .

brunobbl said...

off : tom, o cd da trilha sonora de guitar hero 3 já saiu por aqui ??????

abs

bruno

tom said...

sim, bruno, o cd do gh3 ta saindo aqui via universal. ate fiz uma notinha disso hj na discolandia do grobo. eu ainda n tenho o jogo 3.
fabio, em que area tu fica de tere? to a fim de passar uns dia s la na semana que vem, se parar de chover. wallace, nao recebi as paradas de divulgação q vc ficou de mandar. e ai, alguem vai la hj no vivo rio ver a hilaria duff? (rs) e o my chemical romance, alguem daqui vai ver?

brunobbl said...

EU LI A SUA RESENHA HJ NO GLOBO TOM, EU SÓ PERGUNTEI PQ A VERSÃO AMERICANA DO CD VEM COM TRÊS MÚSICAS QUE PODEM SER JOGADAS COM ESSE CD NO XBOX 360 VIA INTERNET.

ABRAÇOS.

BRUNO

tom said...

AE, CES VIRU QUE O RIT LÉDGER, QUE FEZ UM DOS COWBOYS GAYS DE BROKEBAK FOI ENCONTRADO MORTO HJ CEDO EM SEU APE EM NOVA YORK? MAIS UM IDIOTA QUE TOMA BOLA COM PO OU ALGO DO GENERO, MESMO SENDO RICO E FAMOSO, TAVA FAZENO O CURINGA NO NOVO BATIMAN. REALMEMTE N SEI O Q SE PASSA NA CABEÇA DESSES PREGO QUI TEM TUDO E VACILA. O UNICO MOTIVO Q ELE TINHA PRA SE MATAR ERA O FATO DE SER AMIGO DE UMA DAS GEMEAS OLSEN!!!

fabio fernandes said...

fiquei chocado com esta morte do heath. eu nem gostava tanto do cara, tive uma péssima impressão com devorador de pecados mas depois ele até que foi melhorando. e o coringa dele parece ser bem pertubador, tinha (tem) tudo para entrar para a história ...

tom, eu sempre fico na casa da tia da minha namorada, em um bairro chamado prata (uns dez, quinze minutos do centro, de carro).
é super isolado, quase no topo de uma montanha. é só abastecer a casa com mantimentos e não preciso nem descer para a cidade: só ficar curtindo o visual, brincando com os cachorros ... e namorando muito, é claro rsrs
ah, e o tempo estava tranquilo, sol durante o dia e chuva rápida no final da tarde.

PEDRO BAMBAATAA said...

porra,tom, fiquei impressionado...
não entendo esses ou essas caras,
sucesso, tudo dando certo e os caras, caem nas drogas...

e o pior, não é para tirar uma
onda não... os caras tomam
logo uma overdose... lamentável...

abraços!!

brunobbl said...

FOI TRISTE O QUE ACONTECEO COM O LEDGER, ME LEMBRA MUITO O RIVER PHOENIX : ATORES JOVENS QUE PARECIAM TER UM FUTURO PELA FRENTE MAS AE PASSAM A CONVIVER COM AS DROGAS.

ABS

Alessandro said...

Além da morte do Heath, agora o video da tal Winehouse consumindo "algo" no cachimbinho... Tudo isto com 6 Valiums na cuca...
http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/showbiz/bizarre/article710911.ece

tom said...

curioso este post com pilulas e o heath toma overdose delas no meio. bom, meus filmes favoritos do cara, em termos de atuação, nem são os que todo mundo fala: acho ned kelly, sobre um jovem fora da lei australiano (no qual ele conheceu e comeu a naomi watts) seu melhor papel, bem como a interpretacao meio jim morrison que ele deu pro dono da loja zephyr em lords of dogtown. quem tinha mais pinta que morreria assim era o james franco, osborne jr de spiderman, que tem o maior jeito de modelo heroinado

NA CIDADE

JULIANAS:

casas & shows: Circo Voador 18 – Metá Metá / Rakta 19 – Roberta Sá  20 – Testament (EUA) 25 – Johnny Hooker 26 – O Baú do Raul – 25 Anos: Marcelo Nova / Mauricio Baia / B.Negão / Chico Chico / Karina Buhr / Rick Ferreira / Vivi Seixas

Fundição Progresso 18 e 19 – Novos Baianos 25 - Mitchell Brunnings (HOL) / Orquestra Brasileira de Música Jamaicana 26 – Festival RapRJ 7: Cone Crew Diretoria / Luccas Carlos / Froid / 1Kilo / ADL – Participação: Ducon / Modestiaparte – Participação: Liink & Buddy Poke

Teatro Rival 18 – Festa La Cumbia 19 - Afrojazz - Participação: Larissa Luz & Jesuton 23 - Michael Sweet (Stryper) & John Schlitt (Petra) 24 - Júlia Bosco & Emerson Leal & Gustavo Macacko – Participação: Mart´nália & Simone Mazzer 25 – Alma Thomas 26 – Jay Vaquer 50 meia Setor A, 40 meia Setor B, 30 meia Lounge 30 – Cabaré Diferentão

Teatro Riachuelo 29 – Paulo Ricardo Teatro Odisseia 18 – Ordinária - Baile do Lindote: Molejo 24 - The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die / gorduratrans / E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante  26 - Esteban Tavares / Sheffield 

Vivo Rio 18 - Postmodern Jukebox (EUA)  19 – Barão Vermelho 20 – Roy Hargrove & Roberta Gambarini 25 - Jacob Collier (ING) 

Baratos da Ribeiro (Botafogo) 19 – Vespeiro: Marcelo Perdido / Real Sociedade / O Branco e o Índio 26 - Vespeiro: Tacy de Campos / Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Estúdio Hanói (Botafogo) 18 - Nativity in Black Fest: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  19 - Festival Nativity in Black: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  27 - Back To Hanoi Metal Fest: Forkill / Unmasked Brains / Evil Inside / Savant  30 - Rectal Smegma (HOL) / Uzômi / Baga  Audio Rebel 16 – Quintavant: Thiago França: Sambanzo 17 – Quintavant: Thiago França: Space Charanga Quarteto 18 - Jair Naves & Britt Harris / Kasparhauser 19 – Quintavant: Ava Rocha 20 - Homenagem a John Coltrane (Widor Santiago, Sergio Barrozo, Adaury Mothé, Didac Thiago, Roberto Rutigliano) 23 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Bella, Thomas Rohrer, Cadu Tenório, Antonio Panda Gianfratti 24 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Thomas Rohrer, Antonio Panda Gianfratti 30 – Quintavant: AJJA (Pedro Calmon & Alex Frias)

Espaço Sérgio Porto 18 - Marcio Lugó / Capela  24 - Mulheres de Buço 25 - Whipallas 31 - CEP 20.000

Sala Baden Powell 16 - Donatinho: Homenagem a João Donato - Participação: Ithamara Koorax, Wanda Sá, Cris Delanno, Amanda Bravo, Ricardo Silveira 19 - Quarteto do Rio 23 - Lúcia Menezes 26 - Marcel Powell - Homenagem a Baden Powell - Participação: Thais Motta, Ithamara Koorax, Gabriel Aquino, Amanda Bravo, Dilma Oliveira 27 - Dorina Canta Aldir Blanc 30 - Eliana Pittman

Theatro Net Rio 16 – Laila Garin & A Roda 22 – Paulo Miklos 12/09 Simone Mazzer

Beco das Garrafas Casa de Cultura Laura Alvim 09 e 10 – Festival Levada: Luísa Maita 15 – Katerina Polemi 16 e 17 – Festival Levada: Apanhador Só 23 e 24 – Festival Levada: Bruna Mendez 30 e 31 – Festival Levada: Tamy

Teatro Ipanema 15 - A.Nota: Sambas do Absurdo (Juçara Marçal & Rodrigo Campos & Gui Amabis) 16 - Aíla (PA) – Participação: Posada 17 - Ana Frango Elétrico / Thiago Nassif 18 - Amora Pêra 22 - A.Nota: Marcelo Vig & Marcos Suzano

Teatro Café Pequeno 17 - Lu Dantas & Natália Boere 24 - Marcos Oliveira 31 - Filtra

Metropolitan 24 – Hanson (EUA) 26 - Lindsey Stirling (EUA) Teatro Bradesco 18 – Leo Jaime 24 – Almir Sater

Teatro Municipal de Niterói 18 e 19 – Roberta Campos 22 – Clube do Choro Homenageia Noel Rosa 24 – Quarteto do Rio

Planet Music (Cascadura) 18 - Torture Squad / Hatefulmurder / Reckoning Hour / Warcursed  19 - Black Days (SP) / Sheffield / Amsterdan / LaVille  26 - Festival Invasão Underground 2: Inversa (SP) / Maieuttica / Adrift / Tormentta / The Last Whale 

Imperator 16 - Quartas Brasileiras: Tia Surica - Tributo a Clara Nunes - Participação: Nilze Carvalho, Ana Quintas, Mariene de Castro 22 – Jazz Pras Sete: Folakemi Duo 23 – Maurício Mattar – Participação: Alexandre Pires 24 - Homenagem a Dalva de Oliveira: Amelinha, Zezé Motta, Dóris Monteiro, Leny Andrade, Rita Beneditto, Áurea Martins, Agnaldo Timóteo, Simone Mazzer, Zé Renato, Eliana Pittman, Rosa Maria Colyn, Luciene Franco, Ellen de Lima, Ataulfo Alves Jr, Gottsha 30 – Agnaldo Timóteo 31 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindinho

Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca) 16 – Coletivo Samba na Rua 17 – Quinta Instrumental: Jimmy Santa Cruz 18 – Victor Mus 19 – Danilo Caymmi 23 – Fábrica Nômade Sonora 24 – Quinta Instrumental: Carlos Café 25 – Laura Zennet 26 – Quarteto do Rio 30 – Projeto Vitrola

FM Hall 23 – Manu Gavassi (grátis) 29 – Illy (grátis)

La Esquina (Lapa) 17 - Red Mess / Blind Horse / Stoned Jesus 24 – Mobile Drink

Smokey Rio (Lapa) 19 – Festa Rio Vinil Clube 26 – Bel Almeida Ganjah (Lapa) 18 – Duda Brack & Thiago Ramil 23 – Festa HempFyah: Rafyah Dread & Hempfield DubLab / Lion Dornellas / André Pfefer / Tagu Selectah Vibration 25 - Azul Casu & 3 du Mar

Casa de Baco (Lapa) 17 – Gafieira Pé de Louro 19 – Relógio de Dalí 24 – Joyce Cândido

CCBB 18 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pato Fu / Céu – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 20) 19 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pedro Luís & A Parede / Tom Zé – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 10)

Quintas no BNDES 17 - Byafra: 35 Anos de Sucesso 24 - Luiza Borges 31 - Tarita de Souza

Circuito SESC 16 – Copacabana: Philippe Baden Powell & Quarteto Ludere: Baden Powell 80 Anos 18 – Niterói: Clara Gurjão 26 – Engenho de Dentro: Clara Gurjão Circuito SESI 26 – Duque de Caxias: Tiê 25 – Jacarepaguá: Tiê _____________________________________________________________

mixx: 18 - Carmen Blues – Bar Kunin / Vila Isabel 18 – Sara & Nina – Olho da Rua / Vila Isabel 18 - Ronaldo Diamante – TribOz / Glória 18 - Wake the Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Clube Mageense / Magé 18 – RaggaBrass – Boulevard Olímpico / Praça Mauá 18 - O Rappa - Tour de Despedida – Quadra da Grande Rio / Duque de Caxias 19 - Insurgente Rock Festival: Maieuttica / Ágona / Born2Bleed / Melyra / Forkill / Negah – Caixa de Surpresa / Bangu 19 - Breaking Bad - A Festa: Cervical / Controle / Mau Presságio – Buffallos Bar / Méier 19 - Festa RapSoul 5 Anos: Rael – Armazém / Praça Mauá 19 - Akira Presidente – Espaço BF / Mesquita

20 - Caxias Hell Festival: Velho / Justabeli (SP) / Dark Tower / Gutted Souls / Unnature / Vicious – Lira de Ouro / Duque de Caxias 25 - Bloco Fanfarra D´Águas – Praça das Nações / Bonsucesso 25 - Rogério Caetano - Participação: Hamilton de Holanda – Eco Som / Botafogo 25 - Arraiá do Bloco Vem Cá, Minha Flor – Feira de São Cristóvão

LEO JAIME LEO "GUANABARA" JAIME Com mais de 30 anos de carreira, Leo Jaime experimenta momentos de grande intensidade em sua vida profissional. Além da obra consagrada, como cantor e compositor, o artista está sempre atuando em novos projetos. Humor, interpretações arrebatadoras, inteligência e versatilidade são as marcas deste artista que apresenta ao publico carioca, no dia 18 de agosto, no Teatro Bradesco Rio, o espetáculo “Leo “Guanabara” Jaime”. No show ele relembra seus grandes sucessos musicais e as histórias por trás das canções e dos bastidores do Rock Brasil

PROGRAMAÇÃO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):   07/09 - Quinta-feira 20:00 Maceo Parker 22:30 Maceo Parker   08/09 – Sexta-feira 21:00 Maceo Parker 23:30 Maceo Parker   09/09 – Sábado 21:00 Sergio Mendes 23:30 Sergio Mendes   10/09 – Domingo 20:00 Sergio Mendes 22:30 Sergio Mendes   13/09 - Quarta-feira 20:00 Jaques Morelenbaum convida   16/09 – Sábado 21:00 Baby do Brasil 23:30 Baby do Brasil   17/09 – Domingo 20:00 Baby do Brasil 22:30 Baby do Brasil   20/09 - Quarta-feira   20:00 Jaques Morelenbaum convida   27/09 - Quarta-feira 20:00 Anne Paceo 28/09 Quinta-feira   20:00 Orquestra Atlântica 22:30 Orquestra Atlântica    Outubro   04/10 - Quarta-feira 20:00 Ala.Ni 05/10 – Quinta-feira 20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  06/10 – Sexta-feira 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    07/10 – Sábado 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    08/10 – Domingo  20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  11/10 - Quarta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    12/10 – Quinta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ CURSOS DE AGOSTO no Estação NET Botafogo    - História do Cinema Independente Brasileiro, com Cavi Borges    - Ancine e o fomento ao audiovisual brasileiro, com Julio Augusto Zucca    - Cinema Afrodisíaco? O sexo na tela, com Dodô Azevedo

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

DISTOPIAS BRASILEIRAS NO CINEMA A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 15 a 27 de agosto de 2017, a mostra cinematográfica Brasil Distópico, que traça um panorama da produção nacional sobre as distopias. Para a programação, os curadores Luís Fernando Moura e Rodrigo Almeida selecionaram 37 curtas e longas-metragens que imaginam diferentes futuros sombrios para o país, entre clássicos da ficção-científica brasileira e obras menos conhecidas.  Na programação, filmes como O quinto poder (1962), de Alberto Pieralisi, e Brasil ano 2000 (1969), de Walter Lima Júnior. Outras incorporam as convenções da ficção científica, encenando a ameaça nuclear e o colapso do planeta, como Parada 88: o limite de alerta (1978), de José de Anchieta; e Oceano Atlantis (1993), de Francisco de Paula. Há, ainda, aqueles que instalam o cinema de gênero em imaginários locais do Brasil, como é o caso de Abrigo nuclear (1981), de Roberto Pires; e Areias Escaldantes (1985). ESTE ULTIMO, TRAZ NO ELENCO, VARIOS NOMES E BANDAS DO ROCK BRASIL DOS ANOS 80, COMO LOBÃO, TITÃS, E TEMA-TITULO DE LULU SANTOS.

DEIXA NA RÉGUA: O filme estreia no dia 10 de Agosto no INSTITUTO MOREIRA SALLES com sessões às 16h e 20h e no CINE SANTA com sessão às 17h10. Deixa Na Régua. Direção: Emílio Domingos. Produção: Osmose Filmes. Documentário. Brasil. 73 minutos.

COM SESSÕES LOTADAS EM ALGUMAS CIDADES, UCI ABRE MAIS SALAS PARA “DAVID GILMOUR: LIVE IN POMPEII” E AGORA APRESENTA A EXIBIÇÃO EM XPLUS  Ingressos já estão à venda e o público poderá conferir o show também com o poderoso som Dolby Atmos em 360º



BLITZ AO VIVO: No embalo do lançamento do álbum 'Aventuras 2', Evandro Mesquita e sua Blitz finalizam seu quarto DVD, gravado no Circo Voador em abril, para lançamento em outubro. A banda está a todo vapor, com presença confirmada no próximo Rock In Rio e tem turnê pelos Estados Unidos confirmada em fevereiro de 2018

FESTIVAL DE CINEMA DA NOVA ZELANDIA

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers