Pular para o conteúdo principal

thank you for pot smoking

depois do café sem cafeina, da cerveja sem álcool e daquele treco que parece com manteiga, but it´s not butter, chegou a vez do cigarro que nao vicia, mas é tabaco! comprei no finde a nova "wired" (recomendo, a materia de capa é: the rebirth of music, o que esta acontecendo no momento e esta mudando os caminhos do negocio musical, o novo disco do beck, p ex, so vai existir virtualmente e nunca sera completado) e veio no meio um encarte que diz assim: os cigarros em geral possuem 464 toxinas quimicas em sua composiçao. nao usamos nenhuma delas. chegou "american spirit natural", o tal cigarro alternativo que nao vicia. bom, como nunca fumei, nao me interessa, mas é bizarro notar que um dia beberemos água sem água (!) do jeito q as coisas vão :-) o site das parada pra quem quiser saber mais é: www.nascigs.com. anyway, no pé do add vem aqueles avisos do cirurgiao geral: a fumaça de cigarros contem monoxido de carbono e nao aditivos em seu cigarro nao significa que ele seja um cigarro bom. waaal. so sei é q da pra se fazer um pouco de tudo com equilibrio e moderaçao...

Comentários

  1. por falar na fumaça, ainda não consegui ver obrigado por fumar.
    mas vi silent hill e almas reencarnadas. gostei mais do primeiro, e o segundo não me decepcionou tanto.

    tom, vc sabe pqe o nokia trends não será simultâneo este ano, como em 2005 (rio/sp), e será que ano que vem voltará a ser assim ? é que gostei tanto da edição do ano passado.
    se bem que, com tim festival, franz, underwolrd, new order: sacrifícios teriam que ser feitos.

    ResponderExcluir
  2. tenho uma amiga que trabalha na TIM e pedi ela para reservar ingressos para o daft e o thievery...
    não tenho carteira de estudante e fiquei impressionado com o preço do dia do daft punk... o ingresso custa 150 reais!!... porra muito caro... quem não tem carteira de estudante se ferra...

    me digam uma coisa... aonde será o show do new order? claro hall?

    abraços...

    ResponderExcluir
  3. eu sempre vejo vcs falando dessa revista wired.E sempre com materias legais.Existe uma similar no brasil ? Existe um site da revista wired, onde a gente possa ler algumas materias ??
    esse cigarro é realmente uma piada hahaha
    :)
    -----
    Tom, vc falou no blog do rio fanzine que o nove cancoes da saindo agora em dvd,porem na locadora ao lado da minha casa, ja existe este dvd para locacao a meses :)
    acho q vou assistir..hehe

    ResponderExcluir
  4. realmente, o daft punk por r$ 150 tá foda. e não tem nenhuma outra atração no palco, só a dupla, bem que este palco poderia ter mais um showzinho, pelo preço.

    acho que o new order será na fundição ou no armazém.

    ResponderExcluir
  5. apesar de ja ter anunciado as atracoes, pode se que ainda entrem um ou dois artistas na grade do tim fest, provavelmente ate no dia do daft punk (tipo goldfrapp, que tava na jogada). n sei pq o nokia n sera simultaneo, ate pq a edicao do rio foi um sucesso, mais do q eles esperavam, segundo me disse alguem da assessoria. valeu pelo toque sandman, so stoned é novo.

    ResponderExcluir
  6. É, mas a versão do Nokia Trends do Rio foi muito mais pobre que a de SP...e com muita playboyzada tb, provavelmente pq foi no cais do porto, onde costumam ter muitas "raves".
    Outro dia ouvi um cd que me fez lembrar como o hip-hop já foi, um dia, um gênero criativo e interessante pra se ouvir. Foi o "Very Necessary", do Salt-N-Pepa. Hip-hop e R&B do começo dos anos 90 era muito bom mesmo. Pena que tenha se tornado algo tão ruim e comercial. Pra mim o começo do fim veio com a ascensão do 50 Cent, o pior de todos os rappers. Nem Kanye West se salva...

    ResponderExcluir
  7. por causa dos atrasos das obras do pan na cidade do rock, um festival de metal farofa que tava planejado pra rolar la, bem como o festival eletronico creamfelds, podem rolar em outra freguesia. o creamfields, ate agora ja estao confirmados as seguintes atracaoes:
    Underworld , Sasha , Hernan Cattaneo , Sander Kleinemberg,
    tudo na linha progressive...

    ResponderExcluir
  8. é isso aí, rocha. ali no começo dos 90 tinhamos, além da salt-n-pepa, tlc, de la soul, urban dance squad ... bem diferente do hip hop atual.
    acho que indiretamente, um dos "culpados" por este hip hop farofento de hj em dia é o eminem (que até gosto), já que como efeito colateral vieram 50cent, jarule, jay z etc. tudo a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  9. caramba, show do tortoise r$ 24 inteira (r$ 12 meia) no sesc sp !!! acho que é o menor preço cobrado para ver uma atração internacional aqui no brasil.

    ResponderExcluir
  10. Era tudo mais inocente né? O hip-hop não era uma coisa tão pretensiosa.

    Mas Fábio, o Eminem em si eu considero muito bom. O "The Eminem Show" foi, pra mim, um dos melhores cd's lançados naquele ano. O que eu não consigo entender é porque ele resolveu lançar o 50 Cent no mercado. Isso foi o que me fez mudar de opinião com relação a ele.

    E Lose Yourself é do caralho.

    ResponderExcluir
  11. semana q vem, na vespera do feriado da independencia, vai ter dj set do darren emerson (ex-underworld) no patio lounge, na gavea. o dj é bom, o problema é o lugar, reduto de play e onde aquele garotao tomou um tiro de um segurança e morreu. falei com ele ontem e devo postar o papo la no brogue do rio fanzine hoje...

    ResponderExcluir
  12. sim, rocha, gosto do eminem mas o fato de ele apadrinhar o 50cent foi a abertura para este hip hop que domina as paradas atualmente e que nos deixa saturados.

    é a segunda vez que o darren se apresenta como dj no rio, correto ? ele tocou no free jazz, depois do orbital e crystal method. que noite, lembro que foi ótimo.

    ResponderExcluir
  13. é isso aí rocha... concordo com tudo que falou sobre o hip-hop...
    há meses atras fiz um cd com umas oitentas faixas...
    pegando desded salt n peppa e run dmc até 50 cents e ja rules da vida... acho que até o snoopy farofou...
    mas ouvindo o cd outro dia reparava ouvindo a queda na qualidade do som e principalmente das letras...
    porra detesto ser chamado de saudosista... mas o estilo já teve seus dias de glória...

    ResponderExcluir
  14. pô, bebel gilberto e orquestra imperial no tim festival em vitória é covardia: pqe não no rio ?

    ResponderExcluir
  15. Pedro, no fundo eu acho que qualquer gênero que chega ao mainstream sofre essa queda. Como tudo na vida é cíclico, imagino que uma hora o hip-hop dê uma enfraquecida, como aconteceu com o rock após Kurt Cobain nos anos 90. Talvez aí sim a coisa possa melhorar.
    Tive o desprazer de assistir ao VMA ontem na MTV. O que antes era ruim mas divertido agora é só ruim.
    Mas valeu pelos Raconteurs tocando com o Lou Reed "White Light/White Heat", a performance do OK Go e os The Killers no final.

    ResponderExcluir
  16. Hip-hop: Não sei ao certo quando começou a consagração do estilo popuzada gemendo/rapper malvadão xingando. Com os ja rule da vida é sempre a mesma fórmula. Atualmente fazendo hip hop/rb eu livro a cara da Missy Elliott, que acho fodaça, do Roots, do, Atmosphere e do Outkast (cujo o disco novo achei mais ou menos, love bellow/speakerboxx é obra-prima). Gnarls Barkley é nota 10, mas não é bem rap. Achei uma pena que nos anos 90 o Fugees tenha desandado, não lançou discos depois de The Score, outra obra-prima pra mim. Se a Lauryn Hill não tivesse feito tanto sucesso com o solo...

    ResponderExcluir
  17. Coveiros! Pra quem quiser ouvir black music da boa eu sugiro "Welcome to Haiti" do Wyclef Jean.
    Um álbum execelente e nada convencional...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY

REI PANTERA

Vão dizer pra você que 'Pantera Negra', é o primeiro filme de super herói Marvel negro. Não é (Blade, veio bem antes). Ou, que é o primeiro filme com cast quase totalmente negro. Outra inverdade, basta uma rápida pesquisa. O fato é que, independentemente desses detalhes, 'Black Panther' é um filmaço, dos melhores do MCU (o Marvel Cinematic Universe). Não diria o melhor, pq 'Capitão América: guerra civil' (onde o Pantera Negra foi formalmente introduzido), detém esse titulo, desde os primeiros do Homem de Ferro e Vingadores. E, está acima do ultimo Marvel, o 'Thor: Ragnarok'. Muita gente gostou deste, pelo seu tom brincalhão. Achei um tanto demais da conta.


Por outro lado, os mais jovens irão achar 'Pantera negra' um bocado sério. É um filme que (quase) não deixa espaço pra piadinha barata. A história de T´Challa (Chadwick Boseman, que se revelou na cinebio de James Brown), o herdeiro do trono de Wakanda (um fictício e super avançado país africano…

ENVENENADO PELO ESTILO

Paul Thomas Anderson é um prodígio. Aos 26, realizou 'Boogie nights', seu longa de estreia, que aumentava um curta que ele tinha feito dez anos antes, sobre um fictício ator pornô chamado Dirk Diggler. Seu trabalho seguinte, foi o ambicioso 'Magnolia', espécie de homenagem a Robert Altman: um filme longo e cheio de personagens, cujas historias se entrecruzam aleatoriamente. Daí em diante, cada novo filme seu era esperado com altas expectativas, pelos fãs e pela crítica. Ele fez até um com Adam Sandler (!?), 'embriagado de amor'. Mas, sua obra-prima, veio em 2007: 'There will be blood' (sangue negro), um daqueles raros filmes que, quando acaba, dá vontade de aplaudir de pé na sala, e gritar 'bravo!' Um dos grandes trunfos do filme, é Daniel Day-Lewis, que, não a toa, ganhou Oscar de melhor ator no ano seguinte. É um dos cinco melhores filmes deste novo século.


Agora, no momento em que Day-Lewis anuncia sua aposentadoria do cinema, se juntou no…