Pages

Tuesday, April 08, 2014

FIM DE UMA ERA...


KURT COBAIN E O NIRVANA, PRA MIM, SIGNIFICARAM O FIM DO PUNK ROCK, E DE MINHA ADOLESCENCIA ESTENDIDA. APESAR DE TER COMEÇADO NO ROCK OUVINDO PUNK UK, NUNCA VI UM SHOW DOS SEX PISTOLS OU DO CLASH NO AUGE (NEM DEPOIS), MUITO MENOS DO BLACK FLAG OU DO DEAD KENNEDYS. RAMONES, VEIO JA NO FIM, MAS ELES NUNCA ME TOCARAM DA FORMA COMO ROLOU COM CLASH. OU, sobretudo, NIRVANA.

HA 20 ANOS, MORRIA KURT. SUICIDIO. NAQUELE SHOW HISTORICO, NA PRAÇA DA APOTEOSE, NUM FESTIVAL, DEI ADEUS, SIMBOLICAMENTE, AO TEEN PUNK QUE HAVIA DENTRO DE MIM, E PARTICIPEI DE MINHA ULTIMA RODA/MOSH SELVAGEM. EU JA TINHA QUASE 30 ANOS. E NADA, NEM ANTES, NEM DEPOIS, ME TOCOU TAO FUNDO QUANTO OUVIR O 'NEVERMIND' PELA PRIMEIRA VEZ, UNS DOIS ANOS ANTES, OU PARTICIPAR DE ALMODEGAS AO SOM DE 'SMELLS LIKE TEEN SPIRIT' EM FESTINHAS DE ROCK. AQUILO ERA GENUÍNO. MESMO COM TODA A MODA QUE CRIOU, SEM QUERER.

NO ULTIMO DIA 8, COMPLETARAM-SE 20 ANOS DA TARDE EM QUE O CORPO DE KURT COBAIN FOI ENCONTRADO NA ESTUFA DE SUA CASA, EM SEATTLE. ELE HAVIA SE MATADO TRES DIAS ANTES. NA MINHA TIMELINE MENTAL, FOI HA POUCOS DIAS. E, NO DIA EM SI, NAO FIQUEI TAO SURPRESO. JA ESPERAVA PELA MORTE DE KURT HA TEMPOS. ELA ESTAVA LÁ, EXPLICITADA, EM CADA LETRA DE 'IN UTERO', COMO NOTAS DE DESPEDIDA. QUASE CHEGUEI A PUBLICAR ESSE PENSAMENTO NUMA COLUNA 'NA CIDADE', NO RIO FANZINE. MAS NAO QUERIA SOAR CORVO. MAS O ESPERADO FIM DE KURT ERA IMINENTE. ELA JA TINHA TIDO ODS. E TENTADO SE MATAR.

RELEMBREI DISSO COM 'KURT COBAIN: A CONSTRUÇÃO DO MITO', DE CHARLES R. CROSS, JORNALISTA E COLABORADOR DA REVISTA/ZINE 'THE ROCKET', DE SEATTLE, QUE ACOMPANHOU TODOS OS PASSOS DE KURT E BANDA DESDE O PRINCIPIO. NO LIVRO, CROSS SITUA O MITO, E MOSTRA O QUE ELE INFLUENCIOU NOS ULTIMOS 20 ANOS. DA COMPRA DA CONVERSE PELA NIKE (KURT SÓ USAVA ALL STAR E TROUXE O TENIS DE VOLTA À MODA, QUANDO A EMPRESA ESTAVA À BEIRA DE FALIR; MORREU COM UM PAR NOS PÉS), A MOTIVAÇÃO DE FORMAÇAO DE BANDAS, E INSPIRAÇÃO DE ESTILISTAS, E CITAÇÃO DE RAPPERS, E TUDO O MAIS. CONCLUINDO QUE, SEM DUVIDA, KURT FOI O ULTIMO GRANDE ÍDOLO DO ROCK. E, COMO ELE, DIFICILMENTE APARECERÁ OUTRO, NOS MESMOS MOLDES.

PQ? OS TEMPOS SÃO OUTROS. RÁPIDOS, FUGAZES, DESCARTÁVEIS. HJ, OUVIMOS FAIXAS AVULSAS EM MP3, NAO CULTIVAMOS UM ÁLBUM, NAO DAMOS CHANCE DE UM ASTRO OU BANDA OU CARREIRA SE DESENVOLVER E FLORESCER (VEJA LORDE, 17 ANOS E 14 MESES PARA CHEGAR AO TOPO, O QUE SERÁ DELA DEPOIS?) E TODO O ROCK FOI PULVERIZADO EM MIL GRUPOS E ESTILOS. NIRVANA FOI O FIM DE UMA ERA (DO ÁLBUM, AINDA EM VINIL, COMEÇO DO CD) E KURT, O ÚLTIMO ÍDOLO QUE VALEU À PENA, QUE CANTAVA O QUE SENTIA, QUE NAO FOI FORMATADO POR UMA CENA OU PELA INDUSTRIA (A INDUSTRIA É QUE SE CURVOU A ELE, E UMA CENA VEIO A REBOQUE DELE). INFELIZMENTE, É A PURA VERDADE, NUM TEMPO EM QUE TODOS USAM IPHONES, FREQUENTAM STARBUCKS, USAM ALLSTAR, COMO CARNEIROS... NEVERMIND.


9 comments:

nikolao paolo said...

TOM LEAO, CAMARADA ! ESTAVA ESPERANDO VOCE SOBRE O COBAIN TAMBEM! POR FAVOR PRESTIGIA MEU BLOG, WWW.STAGE1DIVING.BLOGSPOT.CO.UK
QUE ESTOU BEM ANIMADO, E COMO JA ESCREVI-O DIVERSAS VEZES,NASCI EM 74, E SEMPRE CURTI DESDE O BROCK, A PUNK, A METAL,A GRUNGE UM LEITOR ASSIDUO DOMINGOS DO RIO FANZINE, TENHO O LIVRO E TINHA MUITOS JORNAIS GUARDADOS,TENHO UNS, PERDI OUTROS INFELIZMENTE,MUDANCAS!
NIRVANA FOI A ULTIMA GRANDE BANDA!
SIMPLESMENTE! VALEU !NIK PAOLO
PS- ATE PEDI UM GREEN HORNET POR CARTA,AO R.FANZINE, VOCE FEZ ! TENHO GUARDADO, VOU POR MY BLOG !

nikolao paolo said...

TOM LEAO, CAMARADA ! ESTAVA ESPERANDO VOCE SOBRE O COBAIN TAMBEM! POR FAVOR PRESTIGIA MEU BLOG, WWW.STAGE1DIVING.BLOGSPOT.CO.UK
QUE ESTOU BEM ANIMADO, E COMO JA ESCREVI-O DIVERSAS VEZES,NASCI EM 74, E SEMPRE CURTI DESDE O BROCK, A PUNK, A METAL,A GRUNGE UM LEITOR ASSIDUO DOMINGOS DO RIO FANZINE, TENHO O LIVRO E TINHA MUITOS JORNAIS GUARDADOS,TENHO UNS, PERDI OUTROS INFELIZMENTE,MUDANCAS!
NIRVANA FOI A ULTIMA GRANDE BANDA!
SIMPLESMENTE! VALEU !NIK PAOLO
PS- ATE PEDI UM GREEN HORNET POR CARTA,AO R.FANZINE, VOCE FEZ ! TENHO GUARDADO, VOU POR MY BLOG !

Fräulein said...

Quase chorei com esse post rs. Muito bom! Eu lembro de ouvir Nirvana com uns primos mais velhos quando eu tinha uns 13 anos, não sabia inglês mas sentia que era pra gente aquilo ali.

cris braun said...

bingo e lindo, Tom. Forte.

Sergio Luiz Valle said...

Isso que vc disse foi perfeito. Eu vi um doc que passa no BIS e mostra o Nirvana tocando pra 20 pessoas por um bom tempo. Tinha que acordar cedo mas vi o DOC todo. Fiquei hipnotizado e melancolico. Foi um rito de passagem. Pensei no Novoselic verdadeiro amigo do CK e do DGhol que viver dos louros do NIRVANA. DOIS PESOS duas medidas. Tenho 51 anos vou a shows desde o Police em 82 e vou continuar indo ate minhas pernas aguentarem, pois aina não sento no chão entre um show e outro como fazem os adolescentes de hoy...

sotturno said...

Olá Tom, tudo bem? O seu texto é lúcido e direto reflete o sentimento de vazio que a morte do Kurt trouxe para todos nós. vale a pena ressaltar ainda que o momento em que o Nirvana apareceu as paradas de sucesso da época não era tão diferente da nossa. O grande diferencial foi ter surgido abruptamente uma banda com um som tão visceral e sincero que quebrou o paradigma da música pop daquele período. É bem verdade que o R.e.m já tinha feito isso antes ( Aliás, era uma das bandas que o Kurt mais amava!)mas o R.e.m ainda trazia no seu DNA muitos clichês da música pop que possibilitaram a sua aceitação nas paradas de sucesso de modo gradativo. No caso do Nirvana isso não ocorreu. O Nirvana talvez tenha sido, como vc mesmo aponta, o auge e a decadência da música alternativa. sinceramente eu não conheço nenhuma outra banda que tenha feito um som tão visceral e que tivesse sido um grande sucesso comercial como o Nirvana. sem dúvida alguma eles foram pioneiros nesse sentido.

sotturno said...

Olá Tom, tudo bem? O seu texto é lúcido e direto reflete o sentimento de vazio que a morte do Kurt trouxe para todos nós. vale a pena ressaltar ainda que o momento em que o Nirvana apareceu as paradas de sucesso da época não era tão diferente da nossa. O grande diferencial foi ter surgido abruptamente uma banda com um som tão visceral e sincero que quebrou o paradigma da música pop daquele período. É bem verdade que o R.e.m já tinha feito isso antes ( Aliás, era uma das bandas que o Kurt mais amava!)mas o R.e.m ainda trazia no seu DNA muitos clichês da música pop que possibilitaram a sua aceitação nas paradas de sucesso de modo gradativo. No caso do Nirvana isso não ocorreu. O Nirvana talvez tenha sido, como vc mesmo aponta, o auge e a decadência da música alternativa. sinceramente eu não conheço nenhuma outra banda que tenha feito um som tão visceral e que tivesse sido um grande sucesso comercial como o Nirvana. sem dúvida alguma eles foram pioneiros nesse sentido.

sotturno said...

Olá Tom, tudo bem? O seu texto é lúcido e direto. reflete o sentimento de vazio que a morte do Kurt trouxe para todos nós. vale a pena ressaltar ainda que o momento em que o Nirvana apareceu as paradas de sucesso da época não eram tão diferentes da nossa. O grande diferencial foi ter surgido abruptamente uma banda com um som tão visceral e sincero que quebrou o paradigma da música pop daquele período. É bem verdade que o R.e.m já tinha feito isso antes ( Aliás, era uma das bandas que o Kurt mais amava!)mas o R.e.m ainda trazia no seu DNA muitos clichês da música pop que possibilitaram a sua aceitação nas paradas de sucesso de modo gradativo. No caso do Nirvana isso não ocorreu. O Nirvana talvez tenha sido, como vc mesmo aponta, o auge e a decadência da música alternativa. sinceramente eu não conheço nenhuma outra banda que tenha feito um som tão visceral e que tivesse sido um grande sucesso comercial como o Nirvana. sem dúvida alguma eles foram pioneiros nesse sentido também. abs, Facão.

Lord Vader said...

20 anos atrás ! Eu era um adolescente na época e fiquei muito chocado quando soube da notícia. Meu mundo caiu. Aquela cena era tudo para mim. O punk 90 foi meu Beatles, Stones, Punk 70, New Wave tudo junto. Mudou minha vida, forjou meus princípios éticos e estilísticos. Já ouvia rock antes, mas o Nirvana realmente era o que eu havia esperado a vida toda. Aquilo falava diretamente para mim, e só quem viveu entende. A pergunta para minha geração é "onde vc estava quando escutou smells like teen spirit pela primeira vez ?" Me dói dizer que Kurt saiu de cena na hora exata, e soube fazer sua apoteose, coerente com o que pregou e viveu.
Mais um ano em cena e ele viraria irremediavelmente o que mais detestava. Deixou uma obra perfeita, cuja metade foi vivida no underground. Respeito eterno ao caipira white trash que mudou o mundo. Realmente era outro momento. Muito mais romantico. Sabia das ultimas novidades pelo Rio Fanzine, semanalmente, ou pela Bizz, mensalmente. Nada de internet, streaming, mp3. MTV só quando ia na casa do meu pai.Era um mundo cerebral, enquanto hoje vivemos num mundo sensorial, instantânio Tudo era mais romantico, e com um valor metafísico real. Minha discografia do nirvana era em vinil, e levei muito tempo para descolar uma cópia do Bleach. Hoje em dia os garotos não sabem o que é isso. A vida é muito fácil, e jamais vão entender o que foi aquele momento. Por causa do Nirvana entendi que ser Punk é uma filosofia, um estilo de vida, algo muito maior do que uma efêmera fantasia teen de cabelo moicano e rebeldia fake. Eu cresci, me formei, trabalhei, fui embora do Brasil, ampliei minha vida em muitos aspectos, mas posso dizer que jamais bundiei e continuo punk em meu coração e atitudes.

NA CIDADE

MAIO-NESE:

CASAS E SHOWS: Circo Voador 18 - Sonata Arctica (FIN) 19 – Ira! Folk 20 – Mano Brown  26 - Amon Amarth (SUE) / Abbath (NOR) 27 – Lô Borges: Disco do Tênis (1972) / Dônica

Fundição Progresso 20 - Mic Master Brasil: Marcelo D2 / Haikaiss / Classe A / Casa Onze DJs

Teatro Rival 17 – Rival Rebolado 18 – Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 20 – Festa Los Britânicos 25 – Jay Vaquer  26 – Mulheres de Chico 27 – Festa Baby Boom 31 – Martha Moreno

Teatro Odisseia 21 - Garage Fuzz (SP) / Diabo Verde / Plastic Fire / Reckoning Hours / Cannon of Hate / NDR

Vivo Rio 19 – Mariza (POR) 20 – Diogo Nogueira 26 – Renaissance: Songs For All Times 27 – Roberta Miranda

Theatro Net Rio 17 – Chiara Civello 24 – Gottsha – Participação: Marya Bravo 31 – Edson Cordeiro

Beco das Garrafas 17 – Bottle´s Bar: Laura Finocchiaro

Audio Rebel (Botafogo) 18 - Quintavant: Ricardo Pereira  19 – Anjos de Vidro / Chico Brown 20 - Boobarellas / Korja / Os Carburadores / Gambrinus 74  25 - Quintavant: Chelpa Ferro 28 - Phone Trio / Coffeemakers / The Last Whale

Espaço Sérgio Porto (Humaitá) 18 – Posada / Mantuano Trio 19 – Ventre / Mahmed 25 – CEP 20.000 26 – Sinara 

Rio Arena 25 - Ed Sheeran (ING) Teatro Bradesco 25 – João Bosco

Metropolitan 20 – Capital Inicial Acústico 24 – Jose Carreras 27 – Maiara & Maraísa

Imperator 17 – Quartas Brasileiras – Homenagem a Dick Farney: Zé Luiz Mazziotti & Itamar Assiere – Participação: Áurea Martins 18 – Scalene / Alarmes 24 – Goldherança: Golden Boys / Trio Esperança / Evinha Planet Music (Cascadura) 27 – Esteban Tavares / Amplifica / Plano B

Lona Jacob do Bandolim (Jacarepaguá) 19 - Danilo Caymmi 20 – Menores Atos / La Ville / Na Panela / Roterdan Lona Carlos Zéfiro (Vista Alegre) 27 – Banheiro Azul Lona Gilberto Gil (Realengo) 19 - Eliana Printes

Casa Levi´s (Botafogo) grátis 19 – 19h: Concurso de Bandas 20 – 20h30: Erasmo Carlos

Pub Panqs (Tijuca) 20 - Márvio Ciribelli - Participação: Mylena Ciribelli (21h - R$ 20) Ruínas (Praça Tiradentes) Quintall Rock (22h20 – grátis até 23:30, 10 após) 18 - Facção Caipira 25 - Os Vulcânicos

Teatro Eva Herz / Livraria Cultura 27 - Carol Naine (19h - R$ 30) Casa do Choro (Centro) 17 e 18 - João Cavalcanti & Marcelo Caldi (19h - R$ 40) 24 - Aurélie & Verioca (19h - R$ 40) Museu de Arte do Rio 18h – R$ 6 26 - MAR de Música: Boogarins (GO) / Festa Manie Dansante

Caixa Cultural 25 a 27 – Tom Zé (19h – R$ 20) Circuito SESI 26 - Duque de Caxias: Clarice Falcão (20h - R$ 34) 26 - Jacarepaguá: Mulheres em Pixinguinha (21h - R$ 12) 27 - Jacarepaguá: Clarice Falcão (20h - R$ 34) 27 - Duque de Caxias: Mulheres em Pixinguinha (20h - R$ 12)

MIXX: 20 - Qinho Canta Marina Lima – Soma Hub / Duque de Caxias (18h – R$ ) 20 - Baile Charme de Madureira: 27 Anos – Viaduto de Madureira (22h – R$ 10 1º lote, 15 2º lote) 20 - Paranoia Musique: Cubüs / Poëtika – Espaço Multifoco / Lapa (23h – R$ 20) 20 - Cacife Clandestino – Boiler Rio / Centro (23h – R$ 40 1º lote, 50 2º lote) 20 - 20 Anos do Heavy Duty: Unnature / Evil Inside / Último Sopro / Ambstract – Praça da Bandeira (23h – R$ 10) 21 - Canto Cego – Centro Cultural Laurinda Santos / Santa Teresa (13h – R$ 20) 21 - Contando Bicicletas / Chico de Barro / Relva – Santê Hostel / Santa Teresa (13h – R$ 15) 21 - Lithos Rock Fest: Pumpkinhead / Mavericks / Purano – Calabouço / Vila Isabel (19h – R$ 10) 21 - Hip Hop Lapa – Rua Joaquim Silva (16h – grátis) 21 - Qinho Canta Marina Lima – Mormaço / Nova Iguaçu (18h – grátis) 21 - Rock Fest: Golpe Certo / Old Kitchen / The Queen And The Jacks – Espaço Bel Maciel / Maria da Graça (18h – R$ 10) 24 - Luciana Mello – FM Hall / Centro (19h – grátis) 24 - Renaissance: Songs For All Times – Teatro Municipal de Niterói (20h – R$ ) 27 - Esteban Tavares / Amplifica / Plano B – Planet Music / Cascadura (17h – R$ 25 1° lote, 35 2° lote, 45 na hora) 27 - Festa Demons Over Gotham – Porto Pirata / Praça da Bandeira (22h – grátis) 

 VEM AI: Festival Varilux de Cinema Francês 2017 De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileiras (informações sujeitas a alteração): Águas Claras (DF), Aracaju (SE), Barretos (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Caxambu (MG), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ)

RENAISSANCE VEM AO BRASIL EM 2017   Com quase 50 anos de estrada, o grupo que foi pioneiro do rock progressivo britânico vem ao Brasil em maio de 2017. Curitiba (Teatro Guaíra), dia 24, São Paulo (Espaço das Américas) no dia 25, Rio de Janeiro (Vivo Rio) no dia 26, Porto Alegre (Auditório Araújo Vianna), dia 27, e Belo Horizonte (Palácio das Artes), dia 28

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017 ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ O Cine Joia Copacabana, em parceria com o Instituto Goethe/rj, começa a exibir a partir do dia 18 de maio, indo até o dia 31 de maio, sete filmes alemães inéditos em mais uma edição da Mostra Joias do Cinema Alemão. Nessa 4a edição, novamente com curadoria da equipe de Programação do Cine Joia, o projeto volta a trazer filmes alemães inéditos no circuito carioca e que nunca chegaram ao circuito exibidor brasileiro.



Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

UMMAGUMA THE BRAZILIAN PINK FLOYD VOLTA AO PALCO DO METROPOLITAN   Considerada pela crítica como o melhor cover do Pink Floyd no Brasil, a banda faz show no dia 19 de maio com a turnê You Gotta Be Crazy.

Mostra 'As marionetes de Jirí Trnka': Caixa Cultural RJ exibe filmes do "Walt Disney do Leste Europeu", inéditos no Brasil, a partir de 16 de maio



Aventura Antonioni   Retrospectiva completa do cineasta italiano Michelangelo Antonioni com  curtas e longas-metragens, documentários e ficções, além de aula magna e debate                     CCBB Rio de Janeiro – 26 de abril a 22 de maio                    CCBB São Paulo – 26 de abril a 22 de maio | CineSesc (SP) – 11 a 17 de maio                   CCBB Brasília – 3 a 29 de maio  
(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers