Pular para o conteúdo principal

DIGITAL: NA TELA, FICA BEM MELHOR DO QUE NA GRAVAÇÃO

Uma das coisas sobre as quais mais se falou desde o advento do CD foi sobre a queda da qualidade de som devido a compressão do áudio quando ele se torna digital. O assunto ficou mais forte com a chegada do mp3 e a compressão ainda maior, que tornou a musica que se ouve hj em tocadores portateis um lixo (pra quem tem a referencia anterior). No meu caso, eu acho o som do vinil melhor, sim, do que o do CD (meu ouvido é quem diz na hora em que ouço um e outro), sobretudo nos graves e volume (o CD distorce apos certa altura). Nao compro musica online e, entre mp3 e cd (se nao tiver vinil), prefiro o CD áudio, que pelo menos usa uma compressão menor, ainda que hj exista o flac. Vi um pgm chamado 'on track', no qual levam uma banda atual pra gravar faixas em vinil (no que vi, eram os Foals), e o veredito da banda foi: o som do vinil ficou bem mais proximo do real, ja que nao se perde nada como acontece na conversão para o digital. fato.


Mas o assunto aqui será imagem. Agora é a vez do cinema. Em menos de dois anos, nao serao mais feitos filmes em pelicula (sua produção já esta sendo encerrada) e os projetores analogos nos eua, p ex, serao todos trocados por digitais, de 4k (como o da sony, na foto), que são equivalentes a alta definição para a tv, só que 4 vzs mais -- e o resto do mundo vai acompanhar, se nao, nao terá como exibir os filmes. Pessoalmente, nao acho que o filme digital seja pior do que a película (fora na hora da fotografia). Nao vejo a a distorção/diferença gritante que rola entre o som do vinil, cd e mp3, p ex. Claro que certas nuances da fotografia (como a granulagem) serao comprometidas, pois certos filmes realçavam mais esse lado em pelicula, ja que o digital é sempre limpinho. Mas, o filme digital é extremamente limpido, claro, sem arranhoes. Nao existirá mais aquele problema de iluminação, que torna certos filmes mais escuros, ou de pulos de cenas, p ex. teremos sempre projeções muito boas, estáveis, no geral, aliado a um som igualmente bom. O operador tem apenas de seguir os parametros.

Essa alta definição, ja presente nos blu-rays (que, no entanto, não são ainda 2 ou 4k, embora ja existam monitores assim no japão, que fazem upscaling), nos fará ver filmes como eles foram feitos originalmente. Tem gente que acha que nao rola de ver filme antigo e em p-b em blu-ray, pq estes nao sao digitais, feitos hj. Ledo engano. O bd proporciona que a gente veja aquele filme antigo em pb no esplendor original de sua fotografia e resolução, ja que as telas e projetores nunca estiveram no mesmo patamar para exibi-los como deveriam, enqto que a película, sim. E, claro, um filme rodado hj, em cameras 4k (que seria o equivalente ao full hd para o cinema) e projetados assim nas telas, ficarao ainda mais fantasticos. O novo 'Underworld' já e um destes filmes. Pena que, aqui, ele nao teve essa projeçao (bom, temos uma sala imax e outra 4k no uci, lá já vai dar pra sentir a diferença, como deu em 'Cowboys & aliens'). Ja o 3D hi-def se destaca dos demais em qualidade, mesmo que exibido num cinema 'comum', pq tem mais brilho e ajuda nos filmes mais escuros.

Mais uns 10, 12 anos e o cinema como conhecemos hj, será/estará totalmente diferente... (@tomleao)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Winner winner, chicken dinner!

É o lema de quem ganha na mesa de blackjack (21) em Las Vegas. A frase, que diz a lenda, é de autoria de um oriental, que quebrou a banca num dos cassinos da cidade nos anos 50, é dita várias vezes no filme "21" (aqui, "Quebrando a banca"), que estréia semana q vem e vi hj cedo numa cabine. Ela significa algo como, quem ganha paga o jantar. O filme é interessante. Apesar de envolver galera e ter uma trilha sonora atual (com direito a faixa inédita do LCD, não tem aquela edição frenética MTV. Até porque, a história de um grupo de geniozinhos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que têm a capacidade de contar decks de cartas de baralho (sem precisar ser autistas, como o rain man) e vão faturar algum na maciota em Las Vegas, aconteceu mesmo na vida real. Isso é o ponto de maior interesse no filme, sacar os bastidores desse fato verídico. Os atores, a maioria novatos (tem o carinha de "Across the universe", mas tbm tem Kevin Spacey e a gatinha Kate …

KELVIN?

UNZAMIGOS MEU FORO RANGAR EM COPA DEPOIS DO SHOW DO JUSTICE E ACABARO ALI NA REGIAO DA PRADO JUNIOR TRAÇANDO UM GALETO COM AS PUTAS E TRAVECO. DADO MOMENTO, UM DELES VE UM ANUNCIO COLADO NUM ORELHÃO DO LADO DO BAR QUE DIZIA: "LOURINHA GOSTOSA. FAÇO KELVIN ATÉ O FINAL!", AI, GERAL BOLOU. O QUÊ OU QUEM DIABOS É KELVIN? NEGUIM JÁ DESCOLADO EM PUTARIA NÃO SABIA O QUE ERA AQUILO. KELVIN? WHATTAFUCK? A SOLUÇÃO? LIGAR PRA PUTA, É CLARO. AÍ, ELA EXPLICOU A PARADA: KELVIN É FAZER GARGANTA PROFUNDA ATÉ O FINAL SEM USAR CAMISINHA (20 CONTOS). MATADA METADE DA CHARADA. MAS POR QUE KELVIN? FIZ UMA BUSCA NO GOOGLE E SÓ APARECERAM DOIS LINKS SOBRE A PARADA!!! (O RESTO TODO ERA LIGADO A PESSOAS CHAMADAS KELVIN OU AO GRAU KELVIN). UM ERA UM FÓRUM NO QUAL A MESMA RESPOSTA E PERGUNTA QUE FAÇO AQUI ERA REQUERIDA, OUTRO ERA UM ANUNCIO DE JORNAL DE UMA VAGABA QUE FAZ KELVIN. ENTÃO, O MISTÉRIO CONTINUA: POR QUÊ KELVIN? ALGUÉM AÍ SABE?

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY