Pular para o conteúdo principal

STARMAN, WAITING IN THE SKY...


ESTREIA, 2 DE OUTUBRO, 'PERDIDO EM MARTE' (THE MARTIAN), DE RIDLEY SCOTT, UM DOS MELHORES DO DIRETOR EM ANOS, DEPOIS DE GRANDIOSAS CHATICES COMO 'EXODUS' E 'PROMETHEUS'. ASSISTI EM CABINE, E VOU VER DE NOVO, ASSIM QUE ESTREAR, EM IMAX. NÃO APENAS É UM FILME BACANA, COMO TRAZ UMA HISTORIA CATIVANTE, BEM AMARRADA POR UM ROTEIRO ENXUTO (APLAUSOS PARA DREW GODARD) E CHEIO DE BOAS SACADAS E BRINCADEIRINHAS PERTINENTES. E COM UM PROTAGONISTA ALTAMENTE SIMPÁTICO À PLATEIA (MATT DAMON) E UM ELENCO DE APOIO DE PRIMEIRA (JESSICA CHASTAIN, JEFF DANIELS, KATE MARA, KRISTEN WIGG, MICHAEL PENA, SEAN BEAN, CHIWETEL EJIOFOR) E UMA TRILHA SONORA QUASE QUE COMPLETAMENTE... DISCO!!!



BASEADO EM LIVRO DE MARTIN WEIR, O 'MARCIANO' EM QUESTÃO É O ASTRONAUTA MARK WATNEY (DAMON, EM SEU MELHOR PAPEL DESDE OS FILMES DA SERIE 'BOURNE'), QUE FOI DEIXADO PARA TRÁS EM MARTE, APÓS UM ACIDENTE QUE ABORTA SUA MISSÃO -- E NO QUAL É DADO COMO MORTO. NO DIA SEGUINTE, ELE ACORDA, SOZINHO, NO PLANETA VERMELHO. E TEM QUE BOLAR COMO SOBREVIVER NAQUELE AMBIENTE INÓSPITO. USANDO DE IMAGINAÇÃO, DE MATEMÁTICA E, SOBRETUDO, DE SEUS DOTES COMO BOTÂNICO, ELE VAI LEVANDO, ATÉ QUE CONSIGA SER RESGATADO POR OUTRA EXPEDIÇÃO... QUE SÓ CHEGARÁ EM MARTE EM QUATRO ANOS! OU SEJA, VIROU MARCIANO OFICIAL.



 O ROTEIRO DE GODARD E A DIREÇÃO SEGURA DE SCOTT, RESULTARAM NUM FILME TENSO, DIVERTIDO, ALTAMENTE SCI-FI, MAS SEM DEIXAR A PLATEIA BOIANDO EM ALGUMAS PARTES (COMO EM 'INTERSTELLAR) E COM UMA SITUAÇÃO LIMITE BEM MAIS COMPLICADA (E CRÍVEL) DO QUE A DA ASTRONAUTA DE 'GRAVITY'. ATE ME FEZ LEMBRAR DE UM 'CRÁSSICO' DA SESSÃO DA TARDE, 'ROBINSON CRUSOÉ EM MARTE' (1964), COM ADAM WEST (ALGUÉM AI LEMBRA DISSO?). ALÉM DISSO, É UM BAITA DE UM ANUNCIO PRO-NASA. E, TAMBÉM, UMA PROVA DE QUE, USANDO DE NOSSA INTELIGÊNCIA E INSTINTO, SOBREVIVEREMOS...



*INCRIVELMENTE, NÃO TOCA 'LIFE ON MARS', DO BOWIE. MAS MAJOR TOM/ZIGGY ESTÁ PRESENTE NA TRILHA, COM 'STARMAN'.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY

REI PANTERA

Vão dizer pra você que 'Pantera Negra', é o primeiro filme de super herói Marvel negro. Não é (Blade, veio bem antes). Ou, que é o primeiro filme com cast quase totalmente negro. Outra inverdade, basta uma rápida pesquisa. O fato é que, independentemente desses detalhes, 'Black Panther' é um filmaço, dos melhores do MCU (o Marvel Cinematic Universe). Não diria o melhor, pq 'Capitão América: guerra civil' (onde o Pantera Negra foi formalmente introduzido), detém esse titulo, desde os primeiros do Homem de Ferro e Vingadores. E, está acima do ultimo Marvel, o 'Thor: Ragnarok'. Muita gente gostou deste, pelo seu tom brincalhão. Achei um tanto demais da conta.


Por outro lado, os mais jovens irão achar 'Pantera negra' um bocado sério. É um filme que (quase) não deixa espaço pra piadinha barata. A história de T´Challa (Chadwick Boseman, que se revelou na cinebio de James Brown), o herdeiro do trono de Wakanda (um fictício e super avançado país africano…

ENVENENADO PELO ESTILO

Paul Thomas Anderson é um prodígio. Aos 26, realizou 'Boogie nights', seu longa de estreia, que aumentava um curta que ele tinha feito dez anos antes, sobre um fictício ator pornô chamado Dirk Diggler. Seu trabalho seguinte, foi o ambicioso 'Magnolia', espécie de homenagem a Robert Altman: um filme longo e cheio de personagens, cujas historias se entrecruzam aleatoriamente. Daí em diante, cada novo filme seu era esperado com altas expectativas, pelos fãs e pela crítica. Ele fez até um com Adam Sandler (!?), 'embriagado de amor'. Mas, sua obra-prima, veio em 2007: 'There will be blood' (sangue negro), um daqueles raros filmes que, quando acaba, dá vontade de aplaudir de pé na sala, e gritar 'bravo!' Um dos grandes trunfos do filme, é Daniel Day-Lewis, que, não a toa, ganhou Oscar de melhor ator no ano seguinte. É um dos cinco melhores filmes deste novo século.


Agora, no momento em que Day-Lewis anuncia sua aposentadoria do cinema, se juntou no…