Pular para o conteúdo principal

THIS AIN´T NO CBGB!



PRIMEIRO, NAO VOU TIRAR ONDA AQUI DE QUE ERA FREQUENTADOR DO CBGB. NÃO. SÓ ESTIVE LAH POUCAS VZS (DUAS NA CASA EM SI, VENDO SHOWS; MAIS DUAS VZS NO LOCAL, NA LOJINHA,QNDO JA TINHA FECHADO O BAR, DEPOIS TUDO FECHOU DE VEZ). A PRIMEIRA, EM 1988 (NA MINHA PRIMEIRA IDA A NYC), E A SEGUNDA, JA NOS 90S, NA DECADENCIA. MAS, FOI O BASTANTE PRA SENTIR E CAPTAR A VIBE DO LUGAR. NA PRIMEIRA VEZ, NYC AINDA ERA AQUELA CIDADE SUJA DOS PRIMEIROS FILMES DO SCORSESE. ERA PERIGOSA, TINHA TRAFICANTES DE DROGAS EM TODA ESQUINA, PARECIA QUE REALMENTE VC SERIA ESFAQUEADO. AINDA MAIS ALI NA AREA DA BOWERY, ONDE O CBGB FICAVA. NAO ERA A AREA TURISTICA DE HOJE.



FAÇO A INTRO PARA COMENTAR AQUI O DECEPCIONANTE FILME SOBRE O CBGB, UM ERRO DA PRIMEIRA A ULTIMA CENA. COM UM TOM EQUIVOCADO DE COMÉDIA PARA TV. A UNICA COISA QUE SALVA NO FILME É O EMPENHO DE ALAN RICKMAN COMO HILLY KRISTAL, O DONO DA ESPELUNCA QUE, POR ACASO, SE TORNOU A MECA DO PUNK E NEW WAVE AMERICANO EM MEADOS DOS ANOS 70 (EMBORA EXISTISSEM O MUD CLUB E O MAX´S KANSAS CITY, QUE VIERAM ANTES E TBM LANÇARAM BANDAS, COMO THE NEW YORK DOLLS). EMBORA RICKMAN SEJA INGLES E HILLY FOSSE UM CAIPIRAO AMERICANO, ELE TEM O JEITO JUDEUZÃO BONACHÃO DO HILEL KRISTAL, ALÉM DE SER UM EXCELENTE ATOR. MAS DÁ PENA VER ELE METIDO NESSA FURADA (TIPO, 'ROCK OF AGES' PELO MENOS É TRASH).



CBGB, O FILME, É LIMPO, ARRUMADINHO, POSER, FAKE EM CADA CENA. FORA ALAN, OS ATORES ESTAO PESSIMOS, APENAS DECLAMANDO SUAS FALAS. A LINHA MESTRA DO ROTEIRO NAO SABE SE PRESTA UMA HOMENAGEM A HILLY (É A BIO DELE?), À CASA OU À CENA DE NYC. AS BANDAS APENAS ENTRAM E SAEM, COM OS ATORES FAZENDO PLAYBACKS NAS BASES ORIGINAIS. OS TIPOS: LOU REED APARECE COM UM AR BEM SAUDAVEL, IGGY POP É CARETEIRO (AMBOS FREQUENTARAM A CASA NO INCIO PRA VER QUALERA), MALIN AKERMAN É SEXY MAS NÃO É DEBBIE HARRY, OS RAMONES PARECEM UM ESQUETE DO ZORRA TOTAL. CURTI APENAS AS APARIÇÕES DO TELEVISION E DOS TALKING HEADS. O FILME, LÁ PELO FIM, SE FOCA MAIS NOS DEAD BOYS. ATÉ PQ, O GUITARRISTA DA BANDA, CHEETAH CHROME, É FEITO PELO RUIVO DE HARRY POTTER. E, NA ULTIMA CENA, APARECE O THE POLICE, SÓ PRA CONSTAR.


RESULTADO: VI O FILME COM OS DEDOS NA TECLA FF, PULANDO AS CENAS COM FALAS IMBECIS (QUASE TODAS) E ME FOCANDO APENAS NAS PARTES MUSICAIS E NOS TIPOS MAIS CONHECIDOS. PARA EFEITO DE COMPARAÇÃO, O INGLES '24HR PARTY PEOPLE', QUE COBRE A MESMA EPOCA, FOCADO NA CENA INGLESA, É MIL VZS MELHOR, COM SEU HUMOR REFINADO E IRONICO, QUE REALMENTE NOS MOSTRA COMO DEVE TER SIDO A CENA DE MADCHESTER, A PARTIR DO JOY DIVISION E DA FACTORY RECORDS. O FILME DO CBGB É TODO CERTINHO, MESMO MOSTRANDO AQUI E ALI UMAS CENAS DE CHEIRAÇÃO E PEGAÇÃO NOS BANHEIROS DA CASA (TUDO RÁPIDO). MAS ELE NUNCA É REALMENTE, SUJO, SELVAGEM E VIBRANTE COMO FOI A EXTINTA E MITICA CASA. É APENAS WANNABE.



O CBGB ERA FEIO, FEDIA, ERA TORTO (O PALCO ERA MEIO DE LADO, E BEM AO LADO DO FÉTIDO BANHEIRO MISTO), ESCURO, CAFONA (TINHA UMAS MESINHAS COM VELAS NO CENTRO!), NADA AGRADÁVEL. MAS TINHA A VIBE. FOI ASSIM QUE ME RECEBEU EM MEADOS DE 1988 PARA UM SHOW DO SONIC YOUTH, QUE LANÇAVA 'DAYDREAM NATION'. O SHOW FOI DIVULGADO NO BOCA A BOCA, TIPO RAVE (DESCOBRI AO ACASO, AO RECEBER UM FLYER NUM POINT DO EAST VILLAGE), SERIA AS OITO DA NOITE, AS SEIS JA TAVA NA FILA, QUE FICOU IMENSA, LOTOU, NAO ENTRA MAIS NINGUÉM. FORAM CERCA DE 60 MINUTOS DE NOISE, COM AS GUITARRAS AFIADAS CORTANDO O AR, SEM BIS, SEM BOA NOITE, COM TODO MUNDO SE JOGANDO QUAL MARIONETES LOUCAS. APENAS A KIM GORDON ANUNCIOU, NO FIM, QUE ELES TINHAM ASSINADO COM A GEFFEN RECORDS E QUE AQUELE SERIA O ULTIMO SHOW DA BANDA NA CASA. SIM, UMA NOITE ÚNICA.



VOLTEI UNS OITO ANOS DEPOIS PARA UMA MATINE PUNK DOMINICAL, O LUGAR AINDA FEDIA, MAS O ENTORNO JA SE MODIFICAVA (O PALACE HOTEL, REDUTO DE JUNKIES E HOMELESS, JA HAVIA FECHADO), JOVENS MOICANOS POGAVAM AO SOM DE MONTES DE BANDAS DESCONHECIDAS ABRINDO PRO CRO-MAGS. ALGUNS ANOS ADIANTE, VI A RETA FINAL (DOIS MESES ANTES DO FECHAMENTO), FUI NO BAR/GALERIA AO LADO, FIM DE FESTA, MEMORABILIA EM LIQUIDAÇAO. MAIS DOIS ANOS E AGORA JÁ ERA UM BOUTIQUE DE LUXO, COM O BAR E O ASSOALHO MANTIDOS. E UMA LOJA CBGB PARA TURISTAS ABRIU NA ST. MARK´S. E UMA VERSÃO BREGA EM LAS VEGAS. SÓ FALTOU VIRAR FRANQUIA, TIPO UM HARD ROCK CAFE DA VIDA. AINDA BEM QUE NÃO.

EM RESUMO: O FILME DO CBGB É TAO FAKE QUANTO QUEM USA UMA CAMISETA DOS RAMONES COMPARADA NA BOUTIQUE DO CBGB...

*ler ouvindo: 'life during wartime', do talking heads

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY

REI PANTERA

Vão dizer pra você que 'Pantera Negra', é o primeiro filme de super herói Marvel negro. Não é (Blade, veio bem antes). Ou, que é o primeiro filme com cast quase totalmente negro. Outra inverdade, basta uma rápida pesquisa. O fato é que, independentemente desses detalhes, 'Black Panther' é um filmaço, dos melhores do MCU (o Marvel Cinematic Universe). Não diria o melhor, pq 'Capitão América: guerra civil' (onde o Pantera Negra foi formalmente introduzido), detém esse titulo, desde os primeiros do Homem de Ferro e Vingadores. E, está acima do ultimo Marvel, o 'Thor: Ragnarok'. Muita gente gostou deste, pelo seu tom brincalhão. Achei um tanto demais da conta.


Por outro lado, os mais jovens irão achar 'Pantera negra' um bocado sério. É um filme que (quase) não deixa espaço pra piadinha barata. A história de T´Challa (Chadwick Boseman, que se revelou na cinebio de James Brown), o herdeiro do trono de Wakanda (um fictício e super avançado país africano…

ENVENENADO PELO ESTILO

Paul Thomas Anderson é um prodígio. Aos 26, realizou 'Boogie nights', seu longa de estreia, que aumentava um curta que ele tinha feito dez anos antes, sobre um fictício ator pornô chamado Dirk Diggler. Seu trabalho seguinte, foi o ambicioso 'Magnolia', espécie de homenagem a Robert Altman: um filme longo e cheio de personagens, cujas historias se entrecruzam aleatoriamente. Daí em diante, cada novo filme seu era esperado com altas expectativas, pelos fãs e pela crítica. Ele fez até um com Adam Sandler (!?), 'embriagado de amor'. Mas, sua obra-prima, veio em 2007: 'There will be blood' (sangue negro), um daqueles raros filmes que, quando acaba, dá vontade de aplaudir de pé na sala, e gritar 'bravo!' Um dos grandes trunfos do filme, é Daniel Day-Lewis, que, não a toa, ganhou Oscar de melhor ator no ano seguinte. É um dos cinco melhores filmes deste novo século.


Agora, no momento em que Day-Lewis anuncia sua aposentadoria do cinema, se juntou no…