Pular para o conteúdo principal

ALIENS ERÓTICOS

Recentemente, assisti, em bdrip, a versão uncut de "Galaxy of terror', um dos vários rip-offs do alien original, feito nos 80s. Na revisão, achei mais eficaz do que o recente 'alien covenant', que traz mais do mesmo. Contudo, o mais curioso, são os nomes envolvidos em 'Mindwarp' (como tbm foi lançado, em mercados diferentes; e, tbm, pra te fazer alugar o VHS de novo, por engano).


A saber: o diretor de segunda unidade, e responsável pelos efeitos especiais e visual do filme (production designer), é James Cameron, que, logo depois, nos daria o primeiro e melhor Terminator de todos. O maquiador do filme, é o recém-falecido Bill Paxton, um dos melhores amigos de Cameron, desde então. No elenco, estão Zalman King, futuro diretor de dramas eróticos como 'Orquídea selvagem' (aquele com Mickey Rourke, filmado no Rio), Robert Englund, que poucos anos depois ficaria imortalizado como Freddie Kruger, e Sid Haig, ator de filmes B dos 70s, que depois virou frequente nos filmes de Rob Zombie. De quebra, Ray Walston, nosso marciano favorito, faz o tripulante traíra; e Gracie Zabriskie, que estaria com Paxton, em 'Big love', tbm está lá.


O filme, que tem cenas bastante sangrentas, traz uma cena em que a loura gostosa da vez, Taffe O´Connell, é estuprada por um gigantesco monstro de borracha, cheio de tentáculos, e que está sem retoques, nesta versão uncut. A moça disse que, ficar nua no set, não foi problema. O duro foi aguentar o peso do monstrengo em cima de si, e a baba escorrendo na sua cara. O produtor dessa maravilhosa bagaça sci-fi é ninguém menos do que Roger Corman, claro (já do diretor, B.D. Clark, nunca mais ouvimos falar). E, até hoje, este foi um dos filmes mais caros que ele já fez.

Este, só não é melhor do que outro sci-fi, que revi recentemente, na versão do diretor: 'Lifeforce', extravagancia da produtora Canon (foi seu filme mais caro), da dupla Golan-Globus, dirigida por Tobe Hooper, que tem a melhor alien do cinema, a bela e desnuda francesa Mathilda May. Ela passa quase 90% do filme nua em pelo, mesmo nas cenas mais sinistras. Jamais esqueceremos =)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS SHOWS QUE VEM POR AI!

A agenda de shows internacionais no Brasil, neste primeiro semestre, está bem movimentada. Teremos desde grandes atrações inéditas (Phil Collins), até velhos conhecidos (Foo Fighters) e despedidas (Ozzy). Infelizmente, algumas das atrações, como Gorillaz e Depeche Mode, apenas em SP





DEPECHE MODE - SÃO FRANCISCO


PHIL COLLINS

PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, SOLO - JÁ VEIO COM O GENESIS, NOS ANOS 70,
COM ABERTURA DO PRETENDERS

 22 FEVEREIRO: MARACANÃ/RJ
 24 FEVEREIRO: ALLIANZ PARQUE/SP
 27 FEVEREIRO: BEIRA RIO/POA




FOO FIGHTERS

COM ABERTURA DO QUEENS OF THE STONE AGE 

25 FEVEREIRO: MARACANÃ /RJ
27 FEVEREIRO : ALLIANZ PARQUE /SP
2 MARÇO: PEDREIRA PAULO LEMINSKI/CURITIBA
4 MARÇO: BEIRA RIO/POA


KATY PERRY

REI PANTERA

Vão dizer pra você que 'Pantera Negra', é o primeiro filme de super herói Marvel negro. Não é (Blade, veio bem antes). Ou, que é o primeiro filme com cast quase totalmente negro. Outra inverdade, basta uma rápida pesquisa. O fato é que, independentemente desses detalhes, 'Black Panther' é um filmaço, dos melhores do MCU (o Marvel Cinematic Universe). Não diria o melhor, pq 'Capitão América: guerra civil' (onde o Pantera Negra foi formalmente introduzido), detém esse titulo, desde os primeiros do Homem de Ferro e Vingadores. E, está acima do ultimo Marvel, o 'Thor: Ragnarok'. Muita gente gostou deste, pelo seu tom brincalhão. Achei um tanto demais da conta.


Por outro lado, os mais jovens irão achar 'Pantera negra' um bocado sério. É um filme que (quase) não deixa espaço pra piadinha barata. A história de T´Challa (Chadwick Boseman, que se revelou na cinebio de James Brown), o herdeiro do trono de Wakanda (um fictício e super avançado país africano…

ENVENENADO PELO ESTILO

Paul Thomas Anderson é um prodígio. Aos 26, realizou 'Boogie nights', seu longa de estreia, que aumentava um curta que ele tinha feito dez anos antes, sobre um fictício ator pornô chamado Dirk Diggler. Seu trabalho seguinte, foi o ambicioso 'Magnolia', espécie de homenagem a Robert Altman: um filme longo e cheio de personagens, cujas historias se entrecruzam aleatoriamente. Daí em diante, cada novo filme seu era esperado com altas expectativas, pelos fãs e pela crítica. Ele fez até um com Adam Sandler (!?), 'embriagado de amor'. Mas, sua obra-prima, veio em 2007: 'There will be blood' (sangue negro), um daqueles raros filmes que, quando acaba, dá vontade de aplaudir de pé na sala, e gritar 'bravo!' Um dos grandes trunfos do filme, é Daniel Day-Lewis, que, não a toa, ganhou Oscar de melhor ator no ano seguinte. É um dos cinco melhores filmes deste novo século.


Agora, no momento em que Day-Lewis anuncia sua aposentadoria do cinema, se juntou no…