NA COVA DO LEÃO

Friday, May 08, 2009

BAJOFONDO TEM A FORÇA*


UMA DAS MAIORES DECEPÇÕES DE MEU LADO NERD FOI ASSISTIR A PRE-ESTREIA DO EPISODIO 1 DE STAR WARS, AQUELE FILME PALHA, A AMEAÇA FANTASMA. TODOS NÓS, FAS DA SAGA, ESPERÁVAMOS UM FILMAÇO, BASEADO NA PRIMEIRA TRILOGIA (QUE, NA VERDADE, ERA A SEGUNDA), MAS FOI UM FRACASSO. AINDA BEM QUE NAO PUS EM PRATICA UM PLANO QUE INCLUIA IR COM OUTROS JEDIS MALUCOS (ENTRE ELES, O DJ MEME) A NOVA YORK PARA A PRE-ESTREIA. IMAGINE A DECEPÇÃO E A GRANA JOGADA FORA? É SEIS MESES ANTES DISSO QUE SE PASSA A TRAMA DE "FANBOYS", FILME QUE MOSTRA 4 AMIGOS FAS DA SAGA DE GEORGE LUCAS QUE ESPERAM ANSIOSAMENTE PELA ESTREIA DO PRIMEIRO NOVO FILME DA NOVA TRILOGIA. MAS, COMO UM DELES VAI MORRER ANTES DA ESTREIA, PQ ESTA COM CANCER, ELES PLANEJAM INVADIR O RANCHO SKYWALKER PRA ROUBAR O COPIÃO. EMBORA O FILME SEJA MÉDIO, O PROPRIO LUCAS PERMITIU QUE AS FILMAGENS FOSSEM REALMENTE EM SEU RANCHO E EM SEU ESCRITORIO. É LÁ QUE ROLA A MELHOR PARTE DO FILME, QUE CONTA COM APARIÇÕES ESPECIAIS DE CARRIE FISCHER (PRINCESA LEIA) E BILLY DEE WILLIAMS (LANDO CALRISSIAN) E TBM DE SETH ROGEN (EM TRES PAPEIS) E ATE DE WILLIAM SHATNER. PENA QUE NAO FUNCIONA COMO PODERIA. MAS DIVERTE FAS E NAO FAS DA SAGA ESPACIAL.
*para saber porque, leia os comments inside

18 comments:

tom said...

OFF: NA SEXTA A NOITE FUI NO CLUBE 69 VER A DJ KIMM ANN, QUE É UMA DAS VOCAIS DO HERCULES & LOVE AFFAIR. E, NAO É POR ELA SER GRINGA, MAS O SOM MELHOROU MUITO NA HORA EM Q ELA ENTROU. PQ? PQ A GAROTA USA VINIL E MIXA NA HORA, DE VERDADE, O Q OS DJS DAQUI ESTAO DESAPRENDENDO POR USAR SERATOS E QUETAIS. O LAPTOP FAZ TUDO, O DJ SO LISTA AS MUSICAS, AS PASSADAS SAO ESTRANHAS, O RITMO NAO MUDA, PARECE QA GENTE TA OUVINDO STREAMING DE RADIO ONLINE. QUE DIFERENÇA DE RITMO, QUALIDADE E CALOR QNDO ANN ENTROU, DESPEJANDO UM SET OLD SKOOL COM ACID HOUSE E TECHNO RAVE, AI SIM, A PISTA GANHOU VIDA E BOMBOU

Wander said...

fala tom, tenho trabalhado tanto que só to lendo aqui no fim de semana entao vou comentar com um post de atraso, rs

uma curiosidade tom, a galera punk era violenta? eu ouvi sex pistols com 20 anos, então já como história, mas mesmo assim bateu, mas se tem um artista que envelheceu foi john lydon,pena


vou clicar nos ads sim, agora voce deveria receber também por cartão fidelidade, tem gente circulando por aqui já uns 5 anos, time flies...

sobre cigarros: fumei uma vez bêbado numa boate e simplesmente senti o mundo apagar, seguida de uma noite de vômito e olhar pro vaso jurando que vc nunca mais vai repetir aquilo, bom, pra esse caso funcionou, rs nunca mais fumei cigarro na vida,

mas felipe tem total razão sobre a questão do vicio e desse prazer fácil, escolhas de ônus e bônus,

não sou fumante mas sou contra essa perseguição aos fumantes, acho uma chatice: uma qualidade de ar péssima, um sol que torra e os fumantes passivos ainda enchem o saco?, rs

a medida é sempre respeitar o outro, mas proibir em todo e qualquer lugar fechado? então não vá na loka se a fumaça te incomoda, sao paulo tá radicalizando na proibição, tenho medo de todos os lugares virarem aquela coisa chata e asséptica que vi no skol sensation com aquela gente de cabelo loirinho, limpinho, xeirozinho, tratado a kerastase, argh, deus salve o rocknroll,

cat power está vindo? realmente ela ficou devendo no último show aqui, ainda mais que o Anthony Hegarty arrasou logo em seguida,

mas concordo que depois do radiohead foi uma sacanagem com o Oasis, assisti o início no multishow (que não conta como show ao vivo nem 10%) mas mesmo assim tive a mesma imprensão sobre a voz do primeiro vocalista e do segundo, tive a impressão que a pose peru macho cantando esticando o pescoço afetou as cordas vocais do irmão 1, enfim, do Oasis eu não gosto nem de wander-fall, rára

fase catar milho: 3 musicas do brakes, 2 do rakes, 2 peaches, 1 sonic youth, -1 do caetano, e assim vai... embora o disco tenha virado pó, ainda tenho a nostalgia do álbum, essa coisa do pacotinho de pelo menos 10 músicas boas,

se alguém vir um tiozinho cantando aleluia não pensem que é mais um evangélico convertido- sou eu cantando leonard cohen live in london,rs vale a pena prestar atenção nos comentários, principalmente no final de tower of song onde ele finalmente vai revelar o segredo do universo, o grande mistério da vida, e como ele é um praticante do zen budismo, faz todo o sentido

fui,

abs,

tom said...

OFF: CHEGUEI NUM PONTO QUE NAO CONSIGO MAIS PARAR DE OUVIR O NOVO DO YYYS. TA FODA, PRINCIPALMENTE AS CINCO PRIMEIRAS. VERIA UM SHOW AGORA, CORRENDO :-)

tom said...

wander, a galera punk com quem eu andava nao era violenta, nao (a do rio, em geral, nao era), a gente era mais bagunceiro. as historias de violencia vinham todas de sp, punks contra metaleiros, carecas do abc contra punks, so depois meio que 'importaram" algo disso pra ca, mais pra baixada.

eu nao tenho mais saco pro oasis, hj to mais a fim de ver o yyys, maximo park, metric, the kills, por ai,,,

Lord Vader said...

Po , eu gostei do episódio I ...

pacheco said...

"então não vá na loka se a fumaça te incomoda"

- vc falou isso logo depois de "a medida é sempre respeitar o outro". Meio contraditório, non?

tom said...

AI, NO SÁBADO, FUI VER O BAJOFONDO NO VIVO RIO. O SHOW FOI MARAVILHOSO. O AFTER FOI MELHOR AINDA. UNS AMIGOS ME REBOCARAM PRO BACKSTAGE, E, DE LA, ROLOU O ANIVERSARIO DO PROMOTER QUE TROUXE A BANDA. BONDE PARTIU PRO BARDOT, NO LEBLON, ONDE JAMAIS TINHA PISADO, VISTO QUE É REDUTO PAT/PIT. MAS OS ARGENGUAIOS TOCARAM A ZONA NO POINT, AGITARAM GERAL, ROLOU MUITA DANÇA E GRITARIA, COM DIREITO AQUELAS DISPUTAS DE CADA UM ENTRA NA RODA E FAZER UM PASSO. FOI HILARIO VER O GUSTAVO SANTAOLALLA, GANHADOR DO OSCAR PELO TEMA DE BROKEBACK MOUNTAIN, MANDAR MUITO BEM COM GROOVE IS IN THE HEART DO DEE-LITE. E FOI O MINIMO. A BANDA TODA É MUUUITO ANIMADA. NEM PARECEM QUE LOGO MAIS IAM PEGAR UM VOO PRA POA, ONDE TOCAM NESTE DOMINGO!

iga_rio said...

Fala Tom,

Eu tenho em dvd aquele documentario "Botinada - A origem do Punk no Brasil" e ali eles falam bem da cena.. principalmente em SP... mas quase não tem nada da cena do rio.
acredito que não exista tanto material da cena caioca.

Abraços,

tom said...

O BOTINADA QUASE NAO TEM NADA DO RIO PQ O CARA QUE FEZ, O GASTAO, EX-MTV, NAO SE DEU AO TRABALHO DE PROCURAR GENTE AQUI PRA FALAR, CONVERSOU SO COM UNS DOIS AGTO-PINGADOS DE POUCA EXPRESSAO. EU DISSE ISSO A ELE QNDO FUI ESCREVER SOBRE O DVD. SE ELE TIVESSE FALADO COMIGO, COM OS SKATISTAS GUTO JIMENEZ, O CESINHA CHAVES OU ALGUM EX-INTEGRANTE DO COQUETEL MOLOTOV, NAO TERIA SIDO TAO FRACO. ATE O MAURICIO VALLADARES TEM MUITAS FOTOS DA PARADA. MAS, SACUME, A GALERA DE SP SEMPRE ACHA Q N ROLA NADAQUI, NEM TENTAM SABER, VIDE Q NA ROLLING STONE NOVA TEM UM CADERNINHO SOBRE MUSICA ELETRONICA E NA PARTE DE DICAS SEQUER SAIU UM CLUBE DO RIO

tom said...

E VOLTANDO AO BAJOFONDO: NO SHOW ELES TOCARAM UMA MUSICA DA LEGIAO, INDIOS, COM DIREITO A DADO E BONFÁ NO PALCO. O MOTIVO? METADE DO BAJOFONDO É DO URUGUAI E LA ROLA UM TREMENDO CULTO A LEGIAO, AS BANDAS ALTERNATIVAS DE LA TODASA PAGAM PAU PRA LEGIO E NO FINAL DO ANO PASSADO A DUPLA FOI A MONTEVIDEO TOCAR NUM SHOW SO COM BANDA INDIE FAZEBDO TRIBUTO A LEGIAO! ELES FICARAM IMPRESSIONADOS

Sergio Luiz Valle said...

O primeiro filme do STAR WARS me lembra o fiasco dos filmes do Arquivo X... Fotos do show do Oasis e Bajofondo mais uns videos mehores que o Multishow sem om da plateia do Oasis no Rio confere aqui:
http://flickr.com/selusava

Sergio Luiz Valle said...

Legião Urbana Dado Villa-Lobos Marcelo Bonfá & Bajofondo Mar Dulce Show Vivo Rio de Janeiro vídeo
Fotos e video do show vou mandando aos poucos
http://flickr.com/selusava
Só uma palhinha

Felipe Passarelli said...

Fantastico o show do Bajofondo e surpreendente tb, não esperava nem a metade do que vi.

Pensei que iria ser apenas mais um show firma, mas a firma se rebelou e quis dar uma de girl talk, sensacional.

o q falta nos shows do Rio é mais gente, mas as pessoas que comparecem dão um show, o nosso púbico é show, mas tem sempre paulista recalcado querendo cortar nossa onda chamando a gente de macaquinhos, inveja pura.

o show de ontem foi daqueles q eu não esperava muita coisa e revolucionou total, coisa parecida tinha sentido no bloc party, acho muito legal essa troca de energia entre banda e publico, por isso não gostei tanto do Oasis, muito pedestal.

Que doideira essa parada da Legião, eu não entendi nada na hora, mas fiquei emocionado, ainda bem q vc explicou aqui Tom rsrs

Bajofondo 10 x 0 no Oasis!

Abraços, Happy Mother's day pra cova

off: vcs tem conta no twitter gente, usam, o que acham? Já sigo os Los Bife lá, e acho hoje a ferramenta mais poderosa da internet, muito bom ficar acompanhando suas bandas, artistas, furos, noticias, é o meu vicio desde 2007, mas acho q deve rolar uma do Rio Fanzine, o globo todo tem, merece!

PEDRO BAMBAATAA said...

pô tom, tu foste na bardot?

frequentei muito em 05 e 04, minha rapaziada, pois eles falavam e não tinha garotada e era um pessoal mais velho...

eu achava o lugarzinho bem legal, e realmente era um pessoal mais velho, mas o som era totalmente mainstream...

há uns 2 anos estive lá e estava entregue as moscas... pensei até que estivesse fechado...

um abraço

Gêiser Nobio said...

Olá, Tom!

Há muito tempo não ouvia música eletrônica dançante tão boa para chacoalhar o esqueleto. O Bajofondo Tango Club é, indiscutivelmente, um dos melhores grupos do pop atual. Gosto também do Gotan Project, que é F-O-D-A.

Sobre a imprensa de SP, percebo um certo receio dela em falar das bandas e artistas do Rio (capital e estado). Publicações especializadas em música martelam o tempo todo coisas do tipo: "a nova sensação da internet 'mais fofa do últimos tempos'" ou "o fenômeno pop/hype brasileiro que conquistou europeus e americanos". Nada contra tais destaques, mas será que só em São Paulo as ondas sonoras reverberam de verdade? E as outras regiões do Brasil?

Para cair nas graças dos críticos de Sampa muitos músicos chegam a se estabelecer na cidade para ganhar atenção da mídia paulistana. Tudo bem, não há o menor problema nisso, mas não precisava ser assim, né?!

A música, pura e simples, é mais importante do que tendenciosas linhas digitadas em páginas de revistas de grande circulação. TENHO CERTEZA (e ainda bem que a internet não faz distinção de ninguém, qualquer um pode ter o seu espaço na rede)!

Boas vibrações e SUPRA Vida para sempre...

Abraço!

G.N.
> www.supravidasecular.com

Felipe Proença said...

"pat-pit" é ótimo.
: )))
aliás, o calbuque merece o crédito por ter criado a expressão "pit-boy", que usada à vera por aí, e que merece virar até "verbete" de dicionário.

Felipe Proença said...

eu sou totalmente purista em relação a isso, apesar de amar a música eletrônica alternativa, principalmente o Trance, minha vertente favorita. Eu, particularmente, achei que ficou meio indigesta essa mistura de música eletrônica (drum n' bass, House, etc...) que muitos artistas/grupos brazucas/latinos fizeram com alguns tipos de música tradicional como a Bossa-Nova, Samba e Tango. Muito mau comparando, alguns deles me pareceram como aquele trabalho solo Charme mix Pagode daquele vocalista de lingua presa daquele grupo de pagode Raça Negra. Lógico, com raríssimas exceções, como é o caso do maravilhoso "Two Pages", album sublime do grupo 4hero, único que consegue com perfeição, arte e beleza misturar o Jazz, o Spiritual, Hip Hop e a Black Music Motown com o Drum n Bass. e fazer um trabalho maravilhoso.

TT Garcia said...

sou fã de StarWars.. então imagine que na quarta eu assisti FANBOYS, e na quinta, fui ver STAR TREK... Em pleno cinema, numa das cenas em q Kirk se dá mal, alguém grita no cinema "isso não aconteceria com Hans Solo!!!".. cara, parecia que não só eu, mas o cinema inteiro tinha assistido FANBOYS também.. (Ps: quem gritou foi meu marido, claro!). Adorei teu texto e adorei o filme (e o episódio 1 é uma bosta, coitado do personagem que tatuou JaJa Binks nas costas.ahaah!)

NA CIDADE

JANEIRO TEM DUAS FACES:

CASAS & SHOWS: Circo Voador 19 - Samba Rap Festival: Elza Soares / Karol Conka 20 - Samba Rap Festival: Emicida / Jongo da Serrinha / Bateria da Império Serrano 25 - Phoenix (FRA) 26 - Vanessa da Mata / Fióti / DJ Incidental 27 - Barão Vermelho

Fundição Progresso 19 - BaianaSystem 20 - Tim Music no Samba: Xande de Pilares & Mumuzinho - Participação: Bateria do Salgueiro 26 – Johnny Hooker / Letrux 27 - Nando Reis

Teatro Odisseia 21 - Radnor With Lee (EUA) 28 - Demon Hunter (EUA) / Pantokrator (SUE)

Teatro Riachuelo 16 - Leila Pinheiro: Voz & Piano 23 - Ed Motta: Baile do Flashback 30 - Laila Garin & A Roda

Teatro Rival 20 - João Bosco: Voz & Violão 25 - Angela Ro Ro 26 - Bloco Sargento Pimenta 27 - Geraldo Azevedo: Voz & Violão

Audio Rebel 16 - Adaury Mothé Trio 17 - Rafael Rocha Quinteto 28 - N.D.R. / Triunfe / Dissonância 29 - Ana Baird & Camila Costa: Perigosas

Espaço Sérgio Porto 18 - Sinara 25 - Karine Carvalho: Galega Hits

Sala Baden Powell 19 - Sempre Livre / Sylvinho Blau Blau / Dr. Silvana & Cia. 20 – Nelson Sargento 21 – Banda do Síndico 24 - João Donato - Participação: Carlos Lyra & Roberto Menescal & Marcos Valle 25 - Mario Adnet: Jobim Jazz 26 – Marcos Ariel 27 – Cris Delanno 28 - Azymuth

Beco das Garrafas 17 - André Gonçalves 18 - Lu Oliveira 19 - Georgiana de Moraes & Fernanda Cunha & Camilla Dias: Homenagem a Vinicius de Moraes (20h) 19 - Joyce Cândido: Homenagem a Elis Regina (22h30) 20 - Hélio Delmiro (21h) 20 - Maíra Freitas & Taís Feijão (22h30) 21 - Dóris Monteiro 24 - Rosana Sabença 25 - Conexão Rio: Homenagem a Tom Jobim 26 - Amanda Bravo: Homenagem a Durval Ferreira - Participação: Paulinho Trompete, Mauricio Einhorn, Rosana Sabença, Billy Blanco Jr., Thaís Fraga 27 - Hector Costita & Joseval Paes 31 - Maria Luiza

Casa de Cultura Laura Alvim 16 - Dani Black 21 – Pedro Mann 23 - Davi Moraes 28 – Qinho Canta Marina Lima 30 - Matheus VK

Teatro Café Pequeno 18 – Verônica Sabino 25 – Elisa Queirós

Blue Note Rio 16 - Big Gilson 17 - Roberto Menescal 18 - Gabriel Moura 19 - Daniel Jobim & Daniel Boaventura: Homenagem a Tom Jobim & Frank Sinatra 20 - MPB-4 23 - Escalandrum (ARG) 24 - Mayer Hawthorne (EUA) 25 - Wanda Sá & Gilson Peranzzetta & Mauro Senise: Homenagem a Tom Jobim & Vinicius de Moraes

KM de Vantagens Hall 19 – Molejo & É O Tchan – Participação: Ludmilla 20 - Ney Matogrosso: Atento aos Sinais

Imperator 23 - Jazz Pras Sete: Chico Costa & Quarteto Artilheiro 24 - Quartas Brasileiras: Cordão da Bola Preta 27 - Forró Lánalaje: Marcelo Mimoso Trio / DJ Edna Carvalho 28 - Bloco Pipoca & Guaraná 31 - Toquinho: Voz & Violão - Participação: Camilla Faustino

Centro de Referência da Música (Tijuca) 17 - Ellen de Lima & Reginaldo Bessa: Homenagem a Lamartine Babo 18 - Rosa Marya Colin - Participação: Jefferson Gonçalves 19 - André Gabeh 17 - Eduardo Dussek 24 - Quinteto em Tom Maior 25 - Rosane Corrêa: Homenagem a Ella Fitzgerald 26 - Daíra: Homenagem a Belchior 31 - Ana Egito

Baile do Digitaldubs - HUB (Santo Cristo) 21 - Cedric "The Congos" Myton (JAM) 28 - Mad Professor & Aisha

Música no Deck - Barraca do Pepê (Barra da Tijuca) 20 – Filipe Ret 21 – Kell Smith 27 – Um 44k 28 – Luiza Possi Barra Blues Festival 26 - Sergio Diab Stratoman / Projeto Soul Jazz / Ana Egito / Alamo Leal Blues Groover’s / Corcel Mágico 27 - RJ Café / UniJazz Brasil / The Blue Fever / Sergio Rocha / Serra Blues Trio 28 - André Barroso / WestSide Blues / State of Blues / Victor Biglione Festival Downtown Sunset - Shopping Downtown (Barra da Tijuca) 20 – Gabriel O Pensador 27 – Biquini Cavadão

Rio Rock & Blues - Rock Experience (Lapa) 19 - Titanossauros / Conexão Japeri 20 - Love & The Lovers / The Loreleis 26 - The Smiths Cover 27 - Pedro Santana Trio / Elemento Surpresa / A Bolha Revisited

Circuito SESI 24 - Centro: Fhernanda Fernandes - Participação: Nana Kozak, Sandra Duailibe, Clarisse Grova, Ninah Joh, Andréa França

MIXXX: 17 – Matheus VK – Teto Solar / Botafogo 19 - Maratona Black - Baile Charme – Gafieira Elite / Centro 19 - O Rappa: Tour de Despedida – Quadra da Mocidade / Padre Miguel 20 - Festival Rock in Brisa 4: 90 Contos / Cosmobox – Espaço Tequila´s / Guaratiba 20 - Playmobille / Tem Amor – La Esquina / Lapa 20 - Indivíduo K / Cândido / Banheiro Azul – O Pecado Mora ao Lado / Praça da Bandeira 21 - Aniversário de 57 Anos do Cacique de Ramos 21 - Festival Lona Rock Sunday: Memora / The Outs / Corcel Mágico – Lona Terra / Guadalupe 21 - Lu Oliveira – Praia de Conceição de Jacareí / Mangaratiba 26 - Laurent Garnier (FRA) 26 - Bloco do S Convida KL Jay – Fosfobox / Copacabana 27 - Slide / Sollarium / Fresno / Glória / Strike - Clube Tamoio / São Gonçalo 27 – Matanza – Arena Fernando Torres / Parque de Madureira 27 - Visibilidade Transvestigenere - Beco Encantado: Mulher Pepita & MC Xuxu – Beco do Rato / Lapa 28 - Festa Divina Circus: IZA – Clube 4 Linhas / Bento Ribeiro 28 - Bloco Eficiente: Inclusão Se Faz Com Várias Mãos – Praça Paris / Glória 28 - Facing Fear / Stuff / Cidade Nua – Rock´N Beer Pub / São Gonçalo

exposição de fotografias de Raymond Depardon, “Un moment si doux”. Depois de passar por Paris e Buenos Aires, o CCBB Rio recebe as 170 fotografias de diferentes cores e formatos tiradas na Europa, África e América Latina, incluindo o Brasil. Ate 22 de janeiro. qua-seg 9am-21pm. Grátis.

FESTIVAL DE CULTURA DIGITAL: De 18 a 20 de janeiro, quinta a sábado, acontece no CCBB RJ DIGI – Festival de cultura digital, uma mega programação que inclui imersão, reflexão e diversão. Tem até shows geek. quinta, 19 de janeiro, às 21h, apresentação da orquestra Ritornello de Jedi, com repertório de trilhas musicais de videogames, séries e desenhos, com cordas e vozes, e arranjos exclusivos. O objetivo é dar acesso à formação clássica com temas musicais do cotidiano. sexta, 20 janeiro, às 21h, é a vez de The Screeners, banda que faz releituras rock ’n’ roll de trilhas sonoras clássicas do cinema, de videogames, séries de TV, desenhos animados. É tudo grátis, das 9 às 21h.

MOSTRA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EXIBE O CINEMA DE HAL HARTLEY Programação reúne todos os 14 longas do diretor americano, além de debate, sessões comentadas e um curso de roteiro cinematográfico de 23 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018 (terça a domingo)

O Ministério da Cultura, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro apresentam a 14ª Mostra Melhores Filmes do Ano Além das exibições dos filmes, a mostra traz homenagens e catálogo especial com textos sobre os filmes e as iniciativas cinematográficas que fizeram a diferença em 2017 De 24 de janeiro a 1 de fevereiro
PROG IN BRASIL: Carl Palmer, Premiata Forneria Marconi, estarão no Brasil em 2018, se apresentando nas cidades de Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, como parte da Top Cat Concert Series 2018. Os italianos do Premiata Forneria Marconi CHEGAM EM ABRIL. O grupo de rock progressivo, formado em 1971, vem lançar seu novo álbum 'Emotional tattoos', e também vai tocar seus clássicos. Maio vai trazer o baterista do Emerson, Lake & Palmer e também do Asia, Carl Palmer, com seu tributo ao ELP.Show promete surpresas com algumas participações especiais de peso.

No dia 24/jan, começa no CCBB SP a mostra Sonora: Ennio Morricone, que homanageia o maestro no ano que completa 90 anos. Ao todo, serão exibidos 22 filmes que têm a marca musical do maestro.

Nico Rezende fará show em homenagem a Chet Baker dia 26/01 no Blue Note. Aliás, esse ano completa 30 anos da morte do Chet!!! 2018 marca o trigésimo aniversário da morte de Chet Baker. Nico Rezende presta homenagem ao trompetista no palco do Blue Note Rio, no dia 26 de janeiro (sexta), para apresentar alguns clássicos imortalizados por Baker. Estão no programa canções como ‘Time after time’, My funny valentine’ e ‘There will never be another you’.

RU PAUL´S DRAG RACE TOUR: Em 2018, as drag queens de RuPaul's Drag Race vão levar a turnê oficial do reality-show, WERQ THE WORLD TOUR, para a terra do “Come to Brazil”! Michelle Visage vai comandar a apresentação no Brasil e todos os shows contarão com performances ao vivo de algumas das drag queens mais inesquecíveis de RuPaul's Drag Race, entre elas, as recém-divulgadas participantes da terceira temporada de All Stars, Shangela e Kennedy Davenport. Outras fan favorites devem marcar presença, como Detox, Kim Chi, Violet Chachki, Valentina e Peppermint. Ainda haverá um pré-show com DJ set e performance de Lady Bunny, a drag queen que é uma lenda da cena noturna de Nova York. 23/FEV TEATRO BRADESCO/RJ

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers