Pages

Sunday, August 10, 2008

VOCÊÊÊÊÊÊ!!!!

SABIA QUE TEM UM FILME NOVO DE PRATICAMENTE ZÉ DO CAIXÃO NOS CINEMAS? E QUE ELE É TÃO TRASH E VIOLENTO COMO SE ESPERA QUE SEJA? O PONTO FRACO É QUE, APESAR DA PRODUÇÃO BEM CUIDADA (CENOGRAFIA, SOM, FOTOGRAFIA) FALTA UM ROTEIRO QUE O SUSTENTE, COMO NA MAIORIA DOS FILMES NACIONAIS. A PREMISSA DE QUE, APÓS 30 ANOS NA PRISÃO, O FUNESTO PERSONAGEM SAI EM BUSCA DA MULHER QUE IRÁ GERAR O SEU FILHO PERFEITO É BOA, MAS SE PERDE EM MEIO A CENAS MAL AMARRADAS (ALGUMAS BEM GORE), EMBORA PROMISSORAS. O MELHOR SÃO OS FLASHBACKS DOS FILMES PRÉVIOS. DEPOIS, É UM DESFILAR DE CANASTRICES (ALGUMAS BEM PROPOSITAIS, QUE DÁ UM CHARME EXTRA) REGADO A TRIPA E SANGUE E NUDEZ (TODAS AS MULHERES, MENOS A CRISTINA ACHÉ, PAGAM PEITO E METADE PAGA XECA). BOM PRA NOSSO AMIGO DAS UNHAS LONGAS, QUE ACARICIA TODAS AS MOÇOILAS E ATUA DAQUELE JEITO CARICATO. É COMO UM FILME DOS ANOS 60 FEITO COM GRANA, MAS AINDA PRESO NO PASSADO. OU SEJA, FIEL AO ZÉ E AO SEU HISTÓRICO. MAS NÃO É PRA CINEPLEX. NA SESSÃO A QUE FUI, NO UNIBANCO ARTEPLEX, SÓ TINHAM 10 GATOS PINGADOS (CADÊ A GALERA MTV E DO ROQUE?). PENA. SE FOSSE Q Q FILME DE TERROR AMERICANO COM ALGUM GALAZINHO DO MOMENTO, DESSES BEM RUINS QUE ROLAM ATUALMENTE, ENCHIA MAIS. O FILME DEVE RENDER MAIS NO MERCADO EXTERNO, ONDE COFFIN JOE É UM ÍDOLO CULT. OU EM DVD. SE AINDA EXISTISSEM CINEMAS DE RUA NOS BAIRROS, IA SE DAR MELHOR. ÚLTIMA APARIÇÃO DO CAFAJA-MOR JECE VALADÃO. MAS ATENÇÃO: SE VC PERDER O FILME, SERÁ AMALDIÇOADO!!! (RSRSRS)

26 comments:

brunobbl said...

fala tom

sabia q a shirley manson vai estar na nova temporada do terminator sarah chronicles ?
highlamas

abs

tom said...

sabia, sim, bruno. ate fiz um post disso pro rio fanzine online ha uns dois meses, so esqueci de comentar aqui. sou fa da serie e agora nao vou perder de forma ennhuma! (rsrsr). valeu...

fabio fernandes said...

tô ansioso prá conferir filme nos cinemas, afinal, será o primeiro filme que estréia que irei ver, já que os outros só mesmo em mostras, tv ou alguns dvd´s que tenho.
mas repararam o circuito que estreou aqui no rio ? pela mídia que o filme teve achei que seria um mega lançamento e tal, mas foi um dos circuitos mais inusitados que já vi. o que me leva a pensar que não vai durar nem três semanas em cartaz ...

tom said...

diria que mal vai ficar em cartaz duas, fabio, a julgar pela lotação da sala. era domingo a tarde, fila pra tudo quanto é filme, menos pra este. nem reparei no circuito. ta em alguma sala do estacao? o certo seria um estação, um odeon ou palacio, alguma na barra e o resto no suburbio, pq galerinha zs nao vai entender quale a do filme. tem q passar no pontocine, na zo

Lorena said...

achei o filme ducaralho. é gore com estilo. um deleite visual pra quem tem estômago forte. agora, realmente o roteiro é mal acabado e parece que o filme foi finalizado às pressas. tem umas boas idéias que mereciam mais tempo e cuidado. a premissa dos 30 anos na prisão, por exemplo, é genial e a gente fica com água na boca pra saber como foi a estadia de seu josefel no inferno com grades. lançaram uma hq que tampa esse buraco, mas eu preferia ver isso na tela grande.

que venha mais !!!

tom said...

alias, o arteplex agora tem lugar marcado e as filas aumentaram pq neguinho é indeciso e sempre faz a mesma pergunta: as vermelhas sao as cadeiras livres? po, o sinal universal de livre é verde, o vermelho é sempre de perigo ou proibido. ainda assim, geral fez a mesma pergunta enquanto eu tava na fila. e o ruim da fila unica é q vc demora nela, mesmo que seu filme seja o que ta mais vazio

Felipe Passarelli said...

off:

é verdade que cancelaram o show do the hives no circo?

poderia ver o que houve?

abs :)

tom said...

olha o que rolinha do circo me disse sobre o hives:

Não vai, mó merda. Eles confirmaram o show com a gente, postaram no my space e nesse meio tempo, um cara de porto alegre me pediu o contato da banda e eu dei. dai uns dias depois fico sabendo que eles ofereceram cinco vezes o cachet do show no rio, dai a banda sacrificou o show no rio pra ganhar mais em POA. fiquei putaço, mas a oferta foi bem maior pelo que eu soube. e eu que dei o contato! to com um chifre que nao passa nem na porta de casa! O Rio ta fudido mesmo, vai ter ate em brasilia esse show! Essas bandas tocam no rio de favor, porque nunca enche, como vc mesmo pode testemunhar. Tu tem que ver os malabarismos que eu to fazendo pra manter o Justice e o Bloc Party! Mas eu sou brasileiro, nao desisto nunca hehehe

Felipe Passarelli said...

que merda heim?? aff tava animado!

mas bem que alguma outra casa de show poderia financiar, show no circo é maravilhoso, mas rola tudo na camaradagem e no papo com os produtores, pq devem ser caros realmente e o circo não tem tanto cacife assim pra bancar banda.

nessas horas é que me da mais vontade em morar em SP, por mais que a cidade seje uma bosta e seja poluída e estressante, tem uma diversidade enorme de culturas e pessoas que realmente consomenm essa cultura e financiam a altura.

lá tem todos os shows que tem aqui e os que não tem tb, e muitos, tanto que viajamos direto pra lá.

acho q a gente já falou sobre o povo carioca, muito acomodado, e parece que sempre vivendo em guetos, pq a maioria das pessoas que converso, não conhece uma banda sequer q eu cite. e todos tb não pagam mais de 50 paus pra assistir um show.

a onda é ir pras micaretas, raves trance e se intupir de lança pe.

Where's the rock 'n roll vibe?

e acabei de ver que the breeders, the vaselines e stone temple pilots vem tocar em SP só outubro e novembro.

poisé soltam o créu pra nós :/

Lord Vader said...

Fico mto feliz pelo mojica , e tenho mto orgulho dele estar com filme na praça , provavelmente o ultimo. Quando li o "Maldito" do Barcinski percebi que se metade dos "cineastas" brasileiros tivessem o mesmo amor pelo cinema que o cara tem as coisas seriam diferentes , (claro,sem serem enrolados como o Mojica). Mas ele é nosso Ed wood (até na fase em que descambou pra cine putaria), o melhor filme seria a sua propria biografia .É triste saber que quando o cara morrer vai ter fila de global dizendo que o mojica era gênio , sem saber nem citar sequer o titulo de um filminho. Tirando a caixa que saiu aqui em DVD só dá pra descolar os filmes do cara pela something weird ou na net (quase não tem)... É o próprio Finnis Homminis !!

tom said...

poize, felipe. sempre que vou a um show aqui sinto vergonha so de imaginar que nao vai ter ninguem.o do muse ate superou a expectativa, mas o do suicidal no circo, um lugar bem menor, tava marromenos. esperava lotação esgotada. mas o mesmo rola na noite. casas meia-bomba. ouvi de uma door: regulam pagar 20 pratas de entrada, mas nao falta 50 pra balinha. e ainda tem isso q vc falou: galera nova nao tem a menor ideia de som novo, fica so ouvindo banda que ja acabou dos anos 60 e 70 e tem preconceito do que saia do esquema indie-gente losermanos. nesse caso, a gente perde longe pra sp. o tim enche mais pela social, é tipo a quermesse da paroquia do ano...

tom said...

certo, vader. mojica nao faz parte da panelinha do cinema nacional, quase toda composta por filhos de ricos e que so fazem os mesmos filmes, e bancados pelas tetas do governo. o cara começou do nada, faz tudo meio no institno, é um guerrilheiro. fui ver o filme do cara nao apenas pelo fato de ser o unico (e talvez o ultimo) que vi no cinema e pra dar uma força (coisa que os brasileiros nao fazem pra nada, ai, quando a coisa acaba, lamentam). contudo, pelo que vi, a bilheteria vai ser um fracasso

fabio fernandes said...

e é espantoso que, mesmo depois de tanto tempo, o cara continua incomodando ao sistema,
vejam a matéria:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u432436.shtml

mojica, assim como ivan cardoso, qdo morrer terá uma estátua gigantesca em brasília, se bobear. infelizmente, o cara não tem nenhum reconhecimento oficial, só mesmo os fãs é o que mantém a tanto tempo na ativa.

tom said...

olha só o resultado da estréia:

Segundo a empresa de análise de mercado Filme B, o longa de terror “Encarnação do demônio” abriu seu primeiro fim de semana em 37 salas, totalizando 6.267
espectadores. A taxa de ocupação foi de 151 pagantes por sala, resultado considerado bem ruim.

Fernando said...

Assisti o filme domingo no UCI também com umas 10 a 15 pessoas na sala, uma pena...
Achei o filme sensacional, o que mais curti no roteiro e que ele amarra direitinho com os acontecimentos dos filmes anteriores. O problema é que a imagem do Mojica depois de cine trash, super pop e afins ficou bem desgastada e não mete medo em nínguém...

Fernando

tom said...

poizé, fernando. o filme causa alguns risos involuntarios, principalmente pelo modo empostado de falar do mojica. mas faz parte do personagem. me lembrou algumas coisas do espanhol alex de la iglesia, os mais antigos, que eram bem trash, mas com um roteiro mais amarrado. accion mutante é um dos melhores filmes que ja vi nesse genero. melhor sorte no exterior

fabio fernandes said...

cheguei ainda pouco do filme ... vi aqui perto de casa, no cinemark (carioca shop.): eu, minha namorada e mais duas pessoas ! é uma pena, mas pelo visto, é o que tá acontecendo com o filme.
ah, o que achei ? sensacional ... quer dizer, tem um monte de falhas realmente, mas era tudo o que eu queria de um zé do caixão no cinema :) tbém adorei a solução para os flashbacks, grande sacada, e só o fato de refazer a famosa cena da "conversão" já valeu o ingresso. alguém reparou nas pontas do hercovitch e johhny luxo ? e que a cena em que ele transa com a mulher no terreiro é muito parecida com a cena do mickey rourke e lisa bonet em "angel heart" ?
e que canastrice por canastrice, o personagem do monge tá ótimo ? o 02 saiu do bope e entrou para o mosteiro ... rsrs
sem dúvida, o filme vai se pagar somente no exterior.

tom said...

LOGO NA PRIMEIRA VEZ QUE O ZÉ CHEGA NA FAVELA, OS MALANDROS QUE ESTAO NO BOTECO SÃO CONHECIDOS DA CENA ALTERNATIVA PAULISTANA. ENTRE ELES ESTÁ O ANDRE BARCINSKI, QUE MEIO QUE TIROU O ZÉ DO OSTRACISMO, ESCREVEU O LIVRO MALDITO E DIRIGE O PGM DE TV. ELE É AQUELE CAMARADA MEIO GORDO, CARECA E COM ÓCULOS ESCUROS. FOI NESSA ÉPOCA, NO COMEÇO DOS ANOS 90, QUE O ZÉ FOI NUMA FESTA NA DR. SMITH E SAIU DO CAIXÃO A MEIA-NOITE!

fabio fernandes said...

eu não sabia ... quer dizer, sabia da participação do barça, mas como não lembro da imagem dele, não reconheci. eu tenho maldito, acho que é a melhor biografia já escrita por aqui !

nelson said...

Eu reconheci o Barcinski na hora...

As colunas do cara na Bizz eram hilárias..

tom said...

quem quiser dar mais uma chance pro zé: o filme continuará em cartaz numa sala do arteplex (nenhuma do estação!), apenas em tres sessoes. foi a pior estreia de filme nacional do ano, mal deu seis mil pagantes em 37 salas do pais! (sera que flopou ate em sp?)

fabio fernandes said...

a pior estréia nacional do ano ? poxa, e olha que este ano tiveram várias "bombas" nacionais :(

tom said...

mas foi pela relação numero de salas vs numero de pagantes, fabio. teve um filme que vendeu menos ingressos que o do zé, mas so passou em quatro salas. o do zé teve lançamento nacional em 37 salas. foi uma aposta e tanto. e o filme tem distribuição da poderosa fox filmes, pq senao só ia passar em sala alternativa com poucas copias, que é o q rola...

tom said...

querem saber o que tem no filme?:

uma mulher sai de dentro de um porco seccionado (de verdade), outra poe a cara num barril cheio de baratas (de verdade), aranhas andam na careca de zé, que é aracnofobico (de verdade), um cara é pendurado por ganchos nas costas (de verdade), uma mulher come da propria carne arrancada das costas (falso), outra é mergulhada num barril de sangue e visceras (fake/ real?), a cabeça do jece valadao é arrancada e duas crianças morrem

fabio fernandes said...

mesmo assim, ainda acho qualquer capítulo da novela das oito mais violento (em outros sentidos) do que todas essas cenas ... rsrs

Fernando said...

Ainda tem uma boca costurada (real), só achei que deviam ter escondido a luva.
Uma cena ótima que achei foi o final do A meia noite... que foi refilmado, nessa versão o Zé do Caixão enfia a cruz no padre e ainda fura os olhos de um policial!

NA CIDADE

JUNEBUG: Shows - Junho / 2017 Circo Voador 24 - Lamb of God (EUA) / Carcass (ING) / Heaven Shall Burn (ALE)

Teatro Rival 22 – Picassos Falsos 23 – Vinicius Cantuária

Vivo Rio 24 - Beto Guedes & 14 Bis - Participação: Sérgio Hinds 30 – Celebrare

Audio Rebel 22 - Manu Maltez - Participação: Juçara Marçal  25 - Vital & Os Bacharéis / Homobono 29 - Anganga: Juçara Marçal & Emygdio Costa & Cadu Tenório

Sérgio Porto (Humaitá) 22 - Sarah Abdala / Raquel Dimantas / Ana Frango Elétrico 29 - CEP 20.000

Sala Baden Powell (Copacabana) 24 - Cordão do Boitatá: De Gonzagão a Dominguinhos - Participação: Pedro Miranda 25 - Mulheres de Chico 28 - Marcelo Nogueira

Theatro Net Rio (Copacabana) 26 - Sarau da Leda Nagle: Amelinha & Ednardo 27 - Vanessa Jackson: Uma Saudação a Whitney Houston 28 – Dudu Nobre

Teatro Café Pequeno (Leblon) 22 - Verônica Sabino 29 - Jullie

Jeunesse Arena (Barra da Tijuca) 29 – Ariana Grande / Sabrina Carpenter

Subúrbio Alternativo (Brás de Pina) 24 - Toxic Fest:  Korja / Old Kitchen / Genomades / Nove Zero Nove

Imperator 22 – Marcos Valle 25 – Moonspell (POR) 28 - Tunai & Wagner Tiso: Saudade da Elis 29 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Bom Gosto, Lucas de Moraes

Centro de Referência da Música Carioca (Tijuca) 23 - Moacyr Luz 24 - Danilo Caymmi 28 - Duda Brack & Daíra Sabóia 29 - Quarteto Leandro Braga 30 - Cláudio Jorge Teatro Ziembinski (Tijuca) 2xNelson: a falecida/a serpente 23 - Lica Tito

Shell Open Air (abaixo, apenas a programação de shows) Marina da Glória 23 - Sexteto Sobrenatural / Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 24 - 3 Na Bossa

FM Hall 22 - Ludmilla 28 – Anavitória (grátis)

MIXX: 21 - Laura Finocchiaro – Bottle´s Bar / Copacabana 22 - Dream Team do Passinho Canta e Dança Jackson 5 – Theatro Bangu 23 - Montezuma / Santos / Geração Perdida (Vitor Brauer & Jonathan Tadeu) – Motim / Centro 24 - Arraial do Monobloco: Rodrigo Lampreia - Participação: Bianca Chami – Jockey Club 25 - Tay Galega – Saloon 79 / Botafogo

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileira: Águas Claras (DF), Aracaju (SE), Barretos (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Caxambu (MG), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ)

Dia da Música 24/06 – grátis 10h: Força & Garra Jazzman Company Colégio Stephania de Carvalho (São Gonçalo) 10h: Original Black Sound System / Projeto do Nada Espaço Cultural Viaduto de Realengo 12h: Rock na Biblioteca: Átila La TrupEvoé / Corcel Mágico / LaVille / Traqitana / Caos Banal / Taturana de Aço / Senhor Kalota  Biblioteca Leonel Brizola (Duque de Caxias) 13h: Grupo Chorando de Rir / Bico Doce & Samba da Siriguela Cultural Bar (Nova Iguaçu) 13h: Mon-Ra / Nomades Rap Arena Dicró (Penha) 14h: Hugo Ardilha / Menezes / Kali (SP) / Pedro Gama Espaço Multifoco (Lapa) 14h: Molho Negro / Ana Muller / Chicas / Esdras Nogueira / Do Amor / Som Peba e Bobby DJoy + Jeza da Pedra / Linn da Quebrada Praça Luís de Camões (Glória) 15h30: Dub Club Band / Saudades de Cumbia / Melodica Vibezz / Ratel Largo das Neves (Santa Teresa) 16h: Rodrigo Miguez / Luciane Dom Praça Sandro Moreira (Flamengo) 16h: Yassine Lagraf / TMRP MM (Praia de Boa Viagem / Niterói) 17h: Hollywood Mantra / João Azevedo / Banda Gente / Gente Estranha no Jardim / DJ Feminoise / DJ Gisa Morena Palco Coelhão - Praça de Coelho da Rocha (São João de Meriti) 17h: Aura / Monstro Amigo / Anjo Gabriel (PE) Teatro Odisseia (Lapa) 17h: Edson Júnior / O Velho Se Foi La Carmelita (Lapa) 17h: McGee & The Lost Hope / Blind Horse / Hammerhead Blues La Esquina (Lapa) 17h: Monica Avila / Amalá Maracatu Brasil (Laranjeiras) 17h: Mon-Ra / Lado A / Aika Cortez / Selvagens da Noite HF (Alameda São Boa Ventura / Niterói) 17h: Senhor Kalota / Roterdan Centro Cultural Joaquim Lavoura (São Gonçalo) 18h: Jota / Rataria Nuclear Praça das Juras (Bangu) 18h: Floppy Flipper / Alambradas Motim (Centro) 18h: Coronel Soares / McGee & The Lost Hope / MOS / Giallos (SP) Escritório (Centro) 19h: The Zacatto / Hero-Beat Jack Praça Jorge Pinheiro (Parque Veneza / Belford Roxo) 19h: Karla da Silva / Pietá Praça Guilherme da Silveira (Bangu) 19h: Zé Bigode / João Azevedo / Samba de Dois Casa Aberta (Rocha) 19h: Dulcineia Enferrujada / Eddu Grau Largo do Boi Tolo (Praça XV) 19h: Caroline Alves / Hugo Ardilha / Menezes / Raul de Barros Jr. Il Piccolo Caffè Biergarten (Lapa) 19h: Zanzibar / Luciane Dom Sobrado Boemia (Praça São Salvador / Laranjeiras) 19h: Luiza Sales / Malundu Galpão Ladeira das Artes (Cosme Velho) 19h: Labibe / Hollywood Mantra / Projeto do Nada / Gente Estranha no Jardim Bar do Nanam (Praça Tiradentes) 20h: Dois Infinitos / Bruno Perez Pub Panq´s (Tijuca) 20h: Mihay / Marcelo Vig / Raquel Coutinho Bar Semente (Lapa) 20h: Thiago Nassif / Avec Silenzi Audio Rebel (Botafogo) 20h: Caroline Alves / Labibe Quintal do Miguelito (Recreio dos Bandeirantes) 21h: Qu4rto Teto / Reduto Sunday Rock (Cosmorama / Mesquita) 21h: Canto Cego Praça Jackson do Pandeiro (Santa Cruz) 22h: TopVox / Fuzzcas Saloon 79 (Botafogo) 23h: Dub Ataque / Aika Cortez Praça Marechal Âncora (Centro) 23h: Blind Horse / Pantanum (PR) / The Mountain Season / Son Of A Witch (RN) Coletivo Machina (Lapa

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ Caixa Cultural 19h - R$ 20 29 - Encontro das Gerações do Folk e Rock Rural: Tuia, Tavito, Guarabyra, Ricardo Vignin

Zé Bigode apresenta Fluxo ao vivo em show gratuito no Parque das Ruínas (1/7) a partir de 17h

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

MOSTRA DE CINEMA COLOMBIANO TRAZ A CALIWOOD DE LUIS OSPINA PARA A CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO A programação reúne 34 filmes, sendo 29 realizados pelo cineasta, que participa da mostra em uma masterclass no dia 1º de julho Caliwood de Luis Ospina: Cinema colombiano de vanguarda, em cartaz na CAIXA Cultural Rio de Janeiro de 27 de junho a 9 de julho de 2017. Com curadoria de Lúcia Ramos Monteiro, a mostra traz uma retrospectiva completa do realizador colombiano fundador do Grupo de Cali e expoente do cinema independente da Colômbia.

SHELL OPEN AIR: O Shell Open Air, maior cinema ao ar livre do mundo, volta ao Rio de Janeiro de 7 a 25 de Junho na Marina da Glória. Com uma tela de cinema gigante de 325m², o público poderá assistir clássicos, blockbusters, além de assistir a shows.    a programação de cinema contará com filmes como Velozes e Furiosos 8, La La Land, Deadpool, Fragmentado, Animais Fantásticos e Onde Habitam,  A Bela e a Fera, Moana,Sing – Quem canta seus males espanta, Rush – No Limite da Emoção, Rogue One – Uma história Star Wars; Os clássicos Moulin Rouge, Footloose, O Iluminado, Alien – O Oitavo Passageiro, Dias de Trovão e Elis e Minha Mãe é uma peça 2.

HANSON CHEGA AO BRASIL COM A MIDDLE OF EVERYWHERE 25th ANNIVERSARY WORLD TOUR   24 de Agosto no Km de Vantagens Hall RJ (antigo Metropolitan), no Rio de Janeiro; 25 de Agosto no Km de Vantagens Hall BH (antigo BH Hall), em Belo Horizonte; e 26 de Agosto no Citibank Hall, em São Paulo


1ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo Especial Mohamed Khan Homenagem a um dos mais aclamados cineastas do país Exibição de 13 longas-metragens e realização de um debate com a presença de Wessam Soliman, viúva de Mohamed Khan e roteirista de A menina da fábrica, Meninas do Centro e No apartamento de Heliópolis CCBB Rio de Janeiro – 14 a 26 de junho



(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers