Pages

Wednesday, July 12, 2006

ÔÔÔÔÔ, BUNDY!!!


há tempos nao via tv pela manha, mas hj antes de sair de casa peguei um episodio de "married...with children" passando na sony as dez e meia. nao consegui parar de ver até terminar. e ri um bocado, claro. apesar dos anos, essa ainda é minha sitcom favorita. a melhor dos anos 90, "um amor de família" (o nome que ganhou aqui), ainda é um demolidor antidoto contra a américa pc e careta. jamais poderia ser feita hj em dia, pq ela é totalmente errada: nao poupa minorias, ridiculariza famosos, celebra a cerveja, a liberdade do macho, al bundy (um miseravel vendedor de sapatos que no passado foi heroi do fuebol americano no colégio) afirma categoricamete que nao paga impostos, tem uma esposa vadia (a ruiva ninfomaniaca e comedora de bombons Peg), uma filha piranha (a gostosinha Kelly, mais tonta do que uma horda de lorraburras) e um filho picareta (Bud, que nao conaegue se livrar da virgindade), numa especie de versao torta do sonho americano. eles são os losers que deram certo (!?). a serie começou passando só em uhf nos eua, quando o canal fox estreou la, no final dos 80s. ninguem via, so os malucos (aqui eu descobri tbm em uhf pelo extinto canal showtime da tva em 90, 91). ai a audiencia foi crescendo, foi incomodando os caretas, foi ganhando processos, aumentando a audiencia por causa disso, e inspirando ate na criaçao dos simpsons na fox, que veio dois anos depois. hj é um classico, embora tenha acabado abruptamente antes da decima-segunda temporada (um recorde ate entao), sem que nem os atores fossem avisados. as caixas de dvds ja tao saindo la nos eua, mas aqui nada. nao ha antes, nem depois, nada sequer parecido com os bundy na tv mundial. e houve uma tentatva de uma versao brasileira que nao deu certo!!!

27 comments:

Sandman said...

faz tempo q nao tenho tv a cabo na minha casa,mas mesmo na epoca q eu tinha, nao via mtas series.
Mas a unica, unica mesmo q eu e meus amigos sempre achamos foda era married with children.
Provalmente uma das paradas mais engracadas q eu ja vi na vida.
O Al Bundy simplesmente é idolo na minha galera.O melhor de tudo era ver q o sonho americano passava longe daquela familia.Os caras realmente eram mto losers hahaha
C rolar uma caixa aqui no brasil, compro na hora :)
-----
Quanto a parada do Pink Floyd com o magico de Oz, uma vez eu vi um trecho do filme juntamente com as musicas do PF.Tem mta coisa que casa perfeitamente.Vale dar uma olhada :)

nelson soares said...

A Meg(Katey Sagal) fez uma participação no Lost, como a mulher do careca. A última vez que eu vi o Al Bundy foi numa participação no "8 simple rules", série da própria Katey. Mas ele tinha feito um policia naquele "colecionador de ossos"...
A Christina é que continua deliciosa...

zero said...

Foi uma ótima série, menos PC impossível. Mas na verdade a Warner em 95 produziu uma série parecida "Unhappily ever after" que passou por um tempo no sbt (o oasis para os ainda desprovidos de tv a cabo), ela não foi muito bem das pernas e realmente é muito inferior aos Bundy, mas tinha os seus momentos um deles no coelhinho de pelúcia falante/pensante.
Além do brasil outros paises tiveram tb os pares do Bundy, como a Colombia com os Rocha e a Alemanha com pos Strunk.
Mas uma coisa me faz pensar, o que nos leva a apreciar tanto uma família tão fracassada e infeliz. Acredito que na realidade oq nos atrai é a honestidade dos pensamentos/atos dos personagens sem o medo de se confrontar com oq existe de mais vil e mesquinho do ser humano e é claro por sempre no final, apesar de tudo a familia se mantinha unida.

Forte abraço.

fabio fernandes said...

a versão brazuca, produzida pela band, chamava-se "a guerra dos pinto", ou algo assim.
não entendo como married ... demorou tanto para sair em dvd, tanta coisa recente por aí (oc, smallville), sempre foi uma das minha prioridades comprar os episódios da família mais ácida que já apareceu na telinha. tbém gostava bastante das participações, sempre rolavam porn stars, músicos etc.

fabio fernandes said...

off topic:
o programa eleitoral obrigatório será mais engraçado em sp do que aqui no rio: léo aquila, clodovil ... e paulo ricardo. é sério, o cantor se candidatou a deputado federal, pelo pfl, número 2543 (olhar 43 ?).

Rocha06 said...

Que depressão...antes era a Copa tomando conta de tudo. Agora vai ser as malditas campanhas eleitorais. Ainda bem que existe tv a cabo...

E o Paulo Ricardo é a coisa mais patética que já aconteceu no rock nacional.

Bobo said...

Os Bundy, eram sensacionais mesmo... Engraçado era o conformismo dos personagens o cara odiava a esposa, mas continuava com ela, a mulher desprezava o marido, adorava ver ele se fuder, mas nunca largava o cara. Eles sempre sabiam que no fianl iam se dar mal mas tentavam assim mesmo.
O Melhor era a provocação do Al com a vizinha todo certinha. Realmente até hoje nada chegou perto dessa série.

tom said...

tem um ep com a traci lords (ela é a assistente de um dentista), um sonho do al com duas gatas de baby doll numa guerra de travesseiros (uma delas é a pam anderson antes dos implantes nos seios), a kelly ganhou um encontro com o anthrax e os caras passam uam semana na casa dos bundy. tem muito mais gatas da playboy e galera do mundo do rock, mas lembrei so destes agora...

tom said...

"um amor de familia" ta passando na versao dublada na play tv, que pega aqui no rio (acho q no canal 52 ou 54) e em sao paulo em uhf (no canal 21), mas q tbm pega na directv. acho que na band passa em alguns tapa-buracos. e o sony nunca deixou de exibir a serie dede que entrou no brasil, pegamos as ultimas temporadas, que nao tinham passado na tva na epoca

Andre said...

Horas e horas em frente à tv com meu pai rindo do Al bundy.
Muito bom mesmo.

E a Christina, sim continua deliciosa, mas o estilo rocker era muito mais atrente.

Uma vez li que a atriz que fazai a vizinha era uma das autoras, e que é lésbica.

tom said...

amanda bearse, que faz a vizinha marcy, é lesbica assumida. inclusive foi em married que ela se revelou atraves de uma personagem que seria a sua irma gemea (muito antes da ellen degeneres, bom lembrar). com o tempo ela passou a escrever e dirigir episodios da serie. ela era a mocinha do filme de terror "a hora do espanto".

iga_rio said...

Fala Tom,

Me lembro desse episodio com o Anthrax... atualmente a série que tem mais a ver com ela é Malcon que me amarro...

Abraços,

iga_rio said...

Tom,

Alguns posts atrás vc comentou sobre o site www.getdemocracy.com que o calburque te apresentou de tvs do mundo todo... e ai ? vale a pena ?

Abraços,

Sandman said...

pow tom, c sabe q horas q "Um amor.." passa nesse canal uhf ?

Lord Vader said...

O que dizer desse clássico absoluto ? Apavorou na época em que o politicamente correto crescia com força. Descobri numa nota do Rio Fanzine nos idos de 92 , e virei freguês. A conexão Simpsons x Bundy foi explorada algumas vezes em ambas as séries. O elenco perfeito ! Uma prova de que a série incomodava os american idiots é que ninguém do elenco realmente estourou após o fim do seriado.

tom said...

ainda n usei muito o democracy player, mas é o seguinte: é como um youtube, so q em vez de ver os videos por streaming, vc tem que baixa-los primeiro. é mais voltado para lances alternativos. o canal que passa o married em uhf é o canal 21 que virou play tv. acho que é no domingo a noite que rola. qq coisa vale conferir a programacao no site do canal (www.band.com.br) ai vai na aba tv e acha o canal e a programa. ou direto em playtv.com.br

tom said...

married passa na playtv sabado, 22h30m pra quem nao sabe, a voz da ciclope leela de futurama é feita pela katey sagal (peg). katey é cantora e nos anos 70 fez parte dos backing vocals de varias bandas de rock, inclusive acompanhou a banda de eric clapton. no meio da serie ela fca gravida e da uma sumida. infelizmente perdeu o bebe. o sutia usado por ela na serie foi roubado da vitrine da loja frederick´s de hollywood e vendido em leilao!

Skywalker said...

E as frases do Al? Na comunidade Queria Ser Al Bundy tem algumas hilárias. Algumas que eu me lembro:

"Pegg, hojem entrou uma mulher na loja tão gorda, mas tão gorda, que tinham duas magras orbitando em volta dela."

"Millwalkee? Não foi essa cidade que construíram em volta da sua mãe, Pegg?"

"Se meu Dodge não estivesse sem gasolina eu entraria nele e daria uma volta em você e então chutaria esse seu traseiro gordo."


E tem outras maravilhosas que no momento me escapam.

Mas por falar em família politicamente icorreta, e os Bluth? Arrested é simplesmente a coisa mais bem escrita que vi nos últimos tempos. Pega o conceito caótico existente em Seinfeld e leva até as últimas conseqüências. Coincidentemente não fez tanto sucesso nos EUA e foi cancelada. E menos coincidentemente ainda, era da Fox. Não acham estranho famílias politicamente incorretas -- Bundys, Bluths, Simpsons, o pessoal do Family Guy, American Dad, Malcolm, Futurama... -- aparecerem exatamente na rede mais conservadora de todas?

tom said...

perdi arrested, q agora migrou pro fx, q ta exibindo a terceira temporada. tentarei ve-la qndo reprisar do zero. poize, tudo da fox. e vcs sabiam que o rupert murdoch, dono da fox/news corp, comprou o my space (ta na capa da wired e tudo)? e agora, sera q ele vai se dar bem em cima das paradas legais dos outros? bundy: hj passou o ep em que bud perde a virgindade com a sobrinha da marcy, nona temporada. ela aparece em quatro episodios seguidos

Vander said...

putz, nunca vi essa série mas parece ótima, adorei a piada das magras orbitando a gorda, rs

to tentando acompanhar roma e comeback pra ter algo pra seguir, lost eu literalmente perdi e arrested ja me falaram bem, mas série nao da pra assistir um ep só, tem q acompanhar pra sacar as piadas das personas,

sei q tem fas do mars volta no blog, entao aviso q ta rolando o disco novo, eu to meio fora, musica de 15 min, etc

e a lily allen alguem ouviu? um mix de mia com annie, umas 5 musicas boas,

e no aguardo do kasabian, rapture, scissor, sparklehorse, quando cair na rede, alguem grite peixe, please

e o CSS já esta no metacritic e com propaganda no pitchforkmedia, alguem me falou q o cd tem producao diferente do lançado por aq, vou conferir

Skywalker said...

Tom, na boa, não espere a reprise de Arrested. Baixe tudo agora pq vale muito a pena! A série é tão foda que me dei ao trabalho de pegar todas as legendas que existiam, dar uma boa revisada e também legendar o que falta -- no momento estou na empreitada de legendar a segunda temporada. Já foi 1/3 dela.

Sério, veja Arrested. O primeiro episódio, como em toda sitcom, não demonstra todo o poder de fogo do seriado -- mesmo sendo um dos melhores pilotos que já vi até agora --, mas depois a coisa deslancha e vai ficando cada vez mais absurda e muito bem escrita. Dá orgulho saber que tem gente que escreve dessa forma ainda.

Ah, e tá rolando um boato de um filme da série.

tom said...

ja to ouvindo o mars volta ha dois dias. na verdade nao existem musicas, os discos é que sao sempre uma longa peça musical. nao é para qq um :-) hj cedo comecei a ouvir juana molina, lily allen, herbert, o instrumental do jeff mills q ele fez para o filme ´metropolis´ e o novo do futureheads. depois passo as impressoes aqui. skywalker, tem como vc disponibilizar os eps de arrested q vc ta legendando em algum lugar pra gente baixar?

bruno lima said...

tom, me tira uma dúvida : no superman o retorno q ainda vou ver, é verdade q eles utilizaram a voz do marlon brando como de novo o pai dp superman ?

abs.

tom said...

imagens originais do marlon brando do primeiro filme do superman aparecem em algumas cenas do novo, digitalmente manipuladas, tipo redublam o que ele ta dizendo, mas aparece a cara dele.

Skywalker said...

As legendas estão todas no www.legendaz.com.br com o meu user lmsouza. Tem as do diovidoni que também está me ajudando na tradução. Pode pegar lá.

As season 1 e 2 em DVD RIP vc pode pegar em www.mininova.com -- recomendo DVD RIP pq eu estou sincronizando tudo com esse release.

Rocha06 said...

R.I.P Weezer

iga_rio said...

Fala Tom !!!

Franz Ferdinad, Slayer e Yellowcard no Rio !!!

O Site da fundição progresso já noticiou os shows destas bandas lá... todos em setembro.
Slayer dia 10
Franz Ferdinand dia 14
Yellowcard dia 18


Abraços,

NA CIDADE

JULIANAS:

casas & shows: Circo Voador 18 – Metá Metá / Rakta 19 – Roberta Sá  20 – Testament (EUA) 25 – Johnny Hooker 26 – O Baú do Raul – 25 Anos: Marcelo Nova / Mauricio Baia / B.Negão / Chico Chico / Karina Buhr / Rick Ferreira / Vivi Seixas

Fundição Progresso 18 e 19 – Novos Baianos 25 - Mitchell Brunnings (HOL) / Orquestra Brasileira de Música Jamaicana 26 – Festival RapRJ 7: Cone Crew Diretoria / Luccas Carlos / Froid / 1Kilo / ADL – Participação: Ducon / Modestiaparte – Participação: Liink & Buddy Poke

Teatro Rival 18 – Festa La Cumbia 19 - Afrojazz - Participação: Larissa Luz & Jesuton 23 - Michael Sweet (Stryper) & John Schlitt (Petra) 24 - Júlia Bosco & Emerson Leal & Gustavo Macacko – Participação: Mart´nália & Simone Mazzer 25 – Alma Thomas 26 – Jay Vaquer 50 meia Setor A, 40 meia Setor B, 30 meia Lounge 30 – Cabaré Diferentão

Teatro Riachuelo 29 – Paulo Ricardo Teatro Odisseia 18 – Ordinária - Baile do Lindote: Molejo 24 - The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die / gorduratrans / E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante  26 - Esteban Tavares / Sheffield 

Vivo Rio 18 - Postmodern Jukebox (EUA)  19 – Barão Vermelho 20 – Roy Hargrove & Roberta Gambarini 25 - Jacob Collier (ING) 

Baratos da Ribeiro (Botafogo) 19 – Vespeiro: Marcelo Perdido / Real Sociedade / O Branco e o Índio 26 - Vespeiro: Tacy de Campos / Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Estúdio Hanói (Botafogo) 18 - Nativity in Black Fest: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  19 - Festival Nativity in Black: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  27 - Back To Hanoi Metal Fest: Forkill / Unmasked Brains / Evil Inside / Savant  30 - Rectal Smegma (HOL) / Uzômi / Baga  Audio Rebel 16 – Quintavant: Thiago França: Sambanzo 17 – Quintavant: Thiago França: Space Charanga Quarteto 18 - Jair Naves & Britt Harris / Kasparhauser 19 – Quintavant: Ava Rocha 20 - Homenagem a John Coltrane (Widor Santiago, Sergio Barrozo, Adaury Mothé, Didac Thiago, Roberto Rutigliano) 23 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Bella, Thomas Rohrer, Cadu Tenório, Antonio Panda Gianfratti 24 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Thomas Rohrer, Antonio Panda Gianfratti 30 – Quintavant: AJJA (Pedro Calmon & Alex Frias)

Espaço Sérgio Porto 18 - Marcio Lugó / Capela  24 - Mulheres de Buço 25 - Whipallas 31 - CEP 20.000

Sala Baden Powell 16 - Donatinho: Homenagem a João Donato - Participação: Ithamara Koorax, Wanda Sá, Cris Delanno, Amanda Bravo, Ricardo Silveira 19 - Quarteto do Rio 23 - Lúcia Menezes 26 - Marcel Powell - Homenagem a Baden Powell - Participação: Thais Motta, Ithamara Koorax, Gabriel Aquino, Amanda Bravo, Dilma Oliveira 27 - Dorina Canta Aldir Blanc 30 - Eliana Pittman

Theatro Net Rio 16 – Laila Garin & A Roda 22 – Paulo Miklos 12/09 Simone Mazzer

Beco das Garrafas Casa de Cultura Laura Alvim 09 e 10 – Festival Levada: Luísa Maita 15 – Katerina Polemi 16 e 17 – Festival Levada: Apanhador Só 23 e 24 – Festival Levada: Bruna Mendez 30 e 31 – Festival Levada: Tamy

Teatro Ipanema 15 - A.Nota: Sambas do Absurdo (Juçara Marçal & Rodrigo Campos & Gui Amabis) 16 - Aíla (PA) – Participação: Posada 17 - Ana Frango Elétrico / Thiago Nassif 18 - Amora Pêra 22 - A.Nota: Marcelo Vig & Marcos Suzano

Teatro Café Pequeno 17 - Lu Dantas & Natália Boere 24 - Marcos Oliveira 31 - Filtra

Metropolitan 24 – Hanson (EUA) 26 - Lindsey Stirling (EUA) Teatro Bradesco 18 – Leo Jaime 24 – Almir Sater

Teatro Municipal de Niterói 18 e 19 – Roberta Campos 22 – Clube do Choro Homenageia Noel Rosa 24 – Quarteto do Rio

Planet Music (Cascadura) 18 - Torture Squad / Hatefulmurder / Reckoning Hour / Warcursed  19 - Black Days (SP) / Sheffield / Amsterdan / LaVille  26 - Festival Invasão Underground 2: Inversa (SP) / Maieuttica / Adrift / Tormentta / The Last Whale 

Imperator 16 - Quartas Brasileiras: Tia Surica - Tributo a Clara Nunes - Participação: Nilze Carvalho, Ana Quintas, Mariene de Castro 22 – Jazz Pras Sete: Folakemi Duo 23 – Maurício Mattar – Participação: Alexandre Pires 24 - Homenagem a Dalva de Oliveira: Amelinha, Zezé Motta, Dóris Monteiro, Leny Andrade, Rita Beneditto, Áurea Martins, Agnaldo Timóteo, Simone Mazzer, Zé Renato, Eliana Pittman, Rosa Maria Colyn, Luciene Franco, Ellen de Lima, Ataulfo Alves Jr, Gottsha 30 – Agnaldo Timóteo 31 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindinho

Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca) 16 – Coletivo Samba na Rua 17 – Quinta Instrumental: Jimmy Santa Cruz 18 – Victor Mus 19 – Danilo Caymmi 23 – Fábrica Nômade Sonora 24 – Quinta Instrumental: Carlos Café 25 – Laura Zennet 26 – Quarteto do Rio 30 – Projeto Vitrola

FM Hall 23 – Manu Gavassi (grátis) 29 – Illy (grátis)

La Esquina (Lapa) 17 - Red Mess / Blind Horse / Stoned Jesus 24 – Mobile Drink

Smokey Rio (Lapa) 19 – Festa Rio Vinil Clube 26 – Bel Almeida Ganjah (Lapa) 18 – Duda Brack & Thiago Ramil 23 – Festa HempFyah: Rafyah Dread & Hempfield DubLab / Lion Dornellas / André Pfefer / Tagu Selectah Vibration 25 - Azul Casu & 3 du Mar

Casa de Baco (Lapa) 17 – Gafieira Pé de Louro 19 – Relógio de Dalí 24 – Joyce Cândido

CCBB 18 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pato Fu / Céu – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 20) 19 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pedro Luís & A Parede / Tom Zé – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 10)

Quintas no BNDES 17 - Byafra: 35 Anos de Sucesso 24 - Luiza Borges 31 - Tarita de Souza

Circuito SESC 16 – Copacabana: Philippe Baden Powell & Quarteto Ludere: Baden Powell 80 Anos 18 – Niterói: Clara Gurjão 26 – Engenho de Dentro: Clara Gurjão Circuito SESI 26 – Duque de Caxias: Tiê 25 – Jacarepaguá: Tiê _____________________________________________________________

mixx: 18 - Carmen Blues – Bar Kunin / Vila Isabel 18 – Sara & Nina – Olho da Rua / Vila Isabel 18 - Ronaldo Diamante – TribOz / Glória 18 - Wake the Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Clube Mageense / Magé 18 – RaggaBrass – Boulevard Olímpico / Praça Mauá 18 - O Rappa - Tour de Despedida – Quadra da Grande Rio / Duque de Caxias 19 - Insurgente Rock Festival: Maieuttica / Ágona / Born2Bleed / Melyra / Forkill / Negah – Caixa de Surpresa / Bangu 19 - Breaking Bad - A Festa: Cervical / Controle / Mau Presságio – Buffallos Bar / Méier 19 - Festa RapSoul 5 Anos: Rael – Armazém / Praça Mauá 19 - Akira Presidente – Espaço BF / Mesquita

20 - Caxias Hell Festival: Velho / Justabeli (SP) / Dark Tower / Gutted Souls / Unnature / Vicious – Lira de Ouro / Duque de Caxias 25 - Bloco Fanfarra D´Águas – Praça das Nações / Bonsucesso 25 - Rogério Caetano - Participação: Hamilton de Holanda – Eco Som / Botafogo 25 - Arraiá do Bloco Vem Cá, Minha Flor – Feira de São Cristóvão

LEO JAIME LEO "GUANABARA" JAIME Com mais de 30 anos de carreira, Leo Jaime experimenta momentos de grande intensidade em sua vida profissional. Além da obra consagrada, como cantor e compositor, o artista está sempre atuando em novos projetos. Humor, interpretações arrebatadoras, inteligência e versatilidade são as marcas deste artista que apresenta ao publico carioca, no dia 18 de agosto, no Teatro Bradesco Rio, o espetáculo “Leo “Guanabara” Jaime”. No show ele relembra seus grandes sucessos musicais e as histórias por trás das canções e dos bastidores do Rock Brasil

PROGRAMAÇÃO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):   07/09 - Quinta-feira 20:00 Maceo Parker 22:30 Maceo Parker   08/09 – Sexta-feira 21:00 Maceo Parker 23:30 Maceo Parker   09/09 – Sábado 21:00 Sergio Mendes 23:30 Sergio Mendes   10/09 – Domingo 20:00 Sergio Mendes 22:30 Sergio Mendes   13/09 - Quarta-feira 20:00 Jaques Morelenbaum convida   16/09 – Sábado 21:00 Baby do Brasil 23:30 Baby do Brasil   17/09 – Domingo 20:00 Baby do Brasil 22:30 Baby do Brasil   20/09 - Quarta-feira   20:00 Jaques Morelenbaum convida   27/09 - Quarta-feira 20:00 Anne Paceo 28/09 Quinta-feira   20:00 Orquestra Atlântica 22:30 Orquestra Atlântica    Outubro   04/10 - Quarta-feira 20:00 Ala.Ni 05/10 – Quinta-feira 20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  06/10 – Sexta-feira 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    07/10 – Sábado 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    08/10 – Domingo  20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  11/10 - Quarta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    12/10 – Quinta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ CURSOS DE AGOSTO no Estação NET Botafogo    - História do Cinema Independente Brasileiro, com Cavi Borges    - Ancine e o fomento ao audiovisual brasileiro, com Julio Augusto Zucca    - Cinema Afrodisíaco? O sexo na tela, com Dodô Azevedo

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

DISTOPIAS BRASILEIRAS NO CINEMA A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 15 a 27 de agosto de 2017, a mostra cinematográfica Brasil Distópico, que traça um panorama da produção nacional sobre as distopias. Para a programação, os curadores Luís Fernando Moura e Rodrigo Almeida selecionaram 37 curtas e longas-metragens que imaginam diferentes futuros sombrios para o país, entre clássicos da ficção-científica brasileira e obras menos conhecidas.  Na programação, filmes como O quinto poder (1962), de Alberto Pieralisi, e Brasil ano 2000 (1969), de Walter Lima Júnior. Outras incorporam as convenções da ficção científica, encenando a ameaça nuclear e o colapso do planeta, como Parada 88: o limite de alerta (1978), de José de Anchieta; e Oceano Atlantis (1993), de Francisco de Paula. Há, ainda, aqueles que instalam o cinema de gênero em imaginários locais do Brasil, como é o caso de Abrigo nuclear (1981), de Roberto Pires; e Areias Escaldantes (1985). ESTE ULTIMO, TRAZ NO ELENCO, VARIOS NOMES E BANDAS DO ROCK BRASIL DOS ANOS 80, COMO LOBÃO, TITÃS, E TEMA-TITULO DE LULU SANTOS.

DEIXA NA RÉGUA: O filme estreia no dia 10 de Agosto no INSTITUTO MOREIRA SALLES com sessões às 16h e 20h e no CINE SANTA com sessão às 17h10. Deixa Na Régua. Direção: Emílio Domingos. Produção: Osmose Filmes. Documentário. Brasil. 73 minutos.

COM SESSÕES LOTADAS EM ALGUMAS CIDADES, UCI ABRE MAIS SALAS PARA “DAVID GILMOUR: LIVE IN POMPEII” E AGORA APRESENTA A EXIBIÇÃO EM XPLUS  Ingressos já estão à venda e o público poderá conferir o show também com o poderoso som Dolby Atmos em 360º



BLITZ AO VIVO: No embalo do lançamento do álbum 'Aventuras 2', Evandro Mesquita e sua Blitz finalizam seu quarto DVD, gravado no Circo Voador em abril, para lançamento em outubro. A banda está a todo vapor, com presença confirmada no próximo Rock In Rio e tem turnê pelos Estados Unidos confirmada em fevereiro de 2018

FESTIVAL DE CINEMA DA NOVA ZELANDIA

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers