Pages

Thursday, May 18, 2006

A QUESTÃO DO X



hj cedo teve cabine de x-men III. comentei com um amigo que toda a comunidade nerd do rio tava presente, sala do cinemark cheia. se rolasse um gas venenoso na sala acabariam todos os blogs, sites e colunas sobre o assunto na cidade, inclusive esta (rs) bom, e o filme, presta? se formos comparar com os dois primeiros, ele é mais fraco, sobretudo na parte de dialogos/texto. os dois x-men do bryan singer tem quase toda a força nisso, mais do que nos efeitos especiais e cenas de ação. este terceiro filme privilegia mais a ação e os efeitos (tem um final apoteotico). se vc for fa extremado dos mutantes vai se chatear um bocado com algumas alteracoes que fizeram no universo dos personagens. mas eu acho q filme baseado em hq n pode ser igual, senao nao teriamos o homem-aranha com a mary jane antes da gwen, so pra citar um detalhe. fora isso, tem anjo, fera, kitty, juggernaut, aparicoes especiais de stan lee (claro) e de chris claremont (que escrevia os x-men nos gibis). e nao saia do cinema antes de os creditos finais rolarem todinho. ha um final colado que revela uma parada que fica meio em aberto no filme. ah, a trama é sobre uma vacina que imunizaria os mutantes, como se fosse uma doença, e a volta de jean grey como phoenix. mesmo mais fraco, é um bom filme de super heroi. agora vamos aguardar o superman do bryan singer...

21 comments:

Terraestranhae said...

Fala, Tom!

Sou fã seu das antigas, mas é a primeira vez que te escrevo... e é pra te corrigir!

O Claremont foi o escritor da fase áurea dos X-men escreve, entre idas e vindas, até hoje algo relacionado aos mutantes da marvel, mas sem o brilhantismo de outrora.

Desenhistas famosos de x-men foram: jack Kirby (criador, junto com Satn Lee), Neal Adams, Dave Coccrum, John Byrne, Jim Lee e Joe Madureira (que começou uma onda de influência mangá nos quadrinhos americanos). Espero ter ajudado.

Forte abraço

Onaicram said...

Já dava pra prever q, sem o mesmo diretor, não seria possível segurar a peteca dos filmes anteriores. Mas, com certeza, deve ser melhor do q qq código de da20. A conferir. By the way, tom, checkei hj a Concepção e achei bem legal, embora um pouco longo. E tb ficou um pouco o gosto de uma mistura tupiniquim de Trainspotting, Clube da Luta, de uma elite brasiliense. Será q aquilo tudo rolaria aqui no Rio ou em Sampa?

tom said...

certo, terraestranha, na rapidez pra contar do filme troquei as bolas do claremont, q escreve. valeu. alias, o juggernaut usa um capacete ao estilo jack kirby, sem alteracoes... sobre 'a concepcao', achei o filme legal, mas a ideologia dele é um tanto ultrapassada, o cinema europeu ja fez aquilo trocentas vzs. claro que por aqui é novidae, amsse fosse feito nos anos 80 teria mais impacto. mas é um filme bacaninha e bem cuidado...

Andre Gordirro said...

acho q X-Men 3 fechou bem o planejamento proposto pelo Singer, dando enfase na emocao em vez da razao q dominou o roteiro mais equilibrado dos 2 primeiros.

ainda assim é um espetaculo com alma. de repente até foi uma boa uma opcao mais apoteotica mesmo. valorizou os dois primeiros e nao deixou de terminar (ou nao) com uma sensacao de final da Copa do Mundo mutante.

abs!

Vander said...

eu gostei bastante dos diálogos dos dois primeiros, bem abrangente para para incluir todos os tipos de preconceitos,

o final apoteotico tem a ver com a morte da fenix? Lembro qdo isso ocorreu nos quadrinhos foi uma revolta geral dos leitores, rs

eu adorava eles, os novos titãs, o monstro do pântano, mas tive q trocar minha pequena coleção por fitas k-7 dos smiths no final dos anos 80,num brique-braque q depois descobri q eram de coisas roubadas, rs

bom o disco do primal scream, country-rock, eu acho

tom said...

baixei o primal ontem, mas ainda vou ouvir. sobre os x-men, o filme ainda tem a leitura de que os mutantes sao uma representacao do que seriam os alternativos, os diferentes no mundo dos iguais, mas como isso ja foi bem dito nos filmes anteriores, agora a coisa toda foi mais direcionada para a acao. e embora este n seja realmente o fim da serie, fecha uma trilogia e meio que termina uma historia. por isso o subtitulo, the last stand

Rocha06 said...

Tom, eu não vi o filme ainda, mas por que exatamente vc não gostou tanto quanto o último? Eu li uma crítica que dizia que esse não é melhor que o 2, mas que deixa o 1 no chinelo. Eu pessoalmente não gostei do 1, achei um filme muito frio. Já o 2 eu achei alucinante e pelas cenas que eu já vi do 3 parece ser genial.
É claro que um filme com, sei lá, 50 mutantes na tela não pode ter muito espaço pra diálogo, mas me diz, entre X3 e Missão Impossível, qual é o melhor, em termos de ação?

Felipe Passarelli said...

Nossa André Gordirro aqui que honra, meu vizinho mais clubber old-school no Blog do Tom!

hahahahahahaahah abraços André qnt tempo heim? Techno 4ever:)

Comecei a gostar mesmo do X-Man com os filmes na verdade, (nunca fui fã de HQ adulto, gostava da turma da Mônica mesmo, pronto falei hahaha)e adorei os dois primeiros, vou ficar na espera desse, mas vou ver com certeza (seja no computador, Cinema ou DVD)

Também tenho o jogo de psp 2 do X-Man 2 que é muito bom, como esses jogos do playstation demoram a zerar heim?

Me lembro da época do Master System, Sega e Super Nintendo, peguei todas essas fases games, comecei com atari lógicamente.

Tive uma fase "Filmes B", que rolava aqui no Sesc da Tijuca, era muito legal, tinha videos do Ed Wood e umas atrizes gostosas iam dar entrevistas (muito engraçado), alias acho que foi o rf que deu o toque na época.

Tom, novamente venho aqui concordar com você no que você falou no RF sobre o tempo virtual das bandas hoje em dia, pra mim o Arctic Monkeys já soa datado (é mole), depois de tanto ouvir (e beeeem antes de sequer ter lançado o album), virou uma coisa repetitiva.

Na NME por exemplo, desde o lançamento do álbum (e antes), quase todas as capas da NME tiveram Arctic Monkeys (Alias, você que conversou com eles não tocou no assunto deles aqui esse ano, então nada deles no Brasil né?).

TOPIC MUSIC

Depois de ouvir muito o "Ratther Ripped" do Sonic Youth, acho que posso falar que é o melhor deles em toda a carreira, não fica chato pq não tem solos gigantescos de guitarra, é na lata, pra mim já ta na lista dos melhores abuns do Ano (Fizerem um disco atual com toda tecnica que eles já tem na bagagem sem ser longo isso é muito bom).

Complementando o que disse lá em cima sobre tempo virtual, não só uma musica pode ser boa, e sim o album todo, acabou a fase de uma musica só , o album inteiro tem que ser bom (não sei se você reparou nisso), e a média de duração é de 40-50 minutos com 10 musicas na maioria.


Dica da Semana: Sunset Rubdown (Projeto paralelo do Wolf Parade, um disco realmente lindo, muito foda, canadenses pra variar!)

Canadá esta virando o point lunch de varias bandas fodas, juro que me deu vontade de morar lá.

Vai no CSS amanhã Tom? To lá, espero que a gente se esbarra, tb faz tempo que não nos vemos!

Abração e Bom fim de semana pra todos :)

tom said...

nao é q eu n tenha gostado do novo x-men (tem q dar um desconto pq ver filme as dez da manha é dose), mas, de cara, fica patente q este filme foi menos cuidado, tanto na parte de roteiro qnto do acabamento geral. mas é um bom filme, embora perca na comparacao com os anteriores. é mil vzs melhor q blade, underworld e tudo isso q rola nos cinemas atualmente. nao da pra comparar direto com mi3 (q, na verdade, é um longo episodio de alias sem a syd bristow). mas eu fiquei bem mais satisfeito vendo x-men do que mi3. felipe, o alex diz no final do papo que pretendem passar aqui ano que vem, ta escrito la no texto isso. o gordirro ja era local desse brogue, so tava sumido. o q rolava no sesc tijuca eram as comicmania...

tom said...

comentario de um amigo que tambem esteve na cabine de xismen tres:
"assistimos à um legítimo "filme de autor", na acepção intelctual-cinéfilo do termo; afinal, Brett Ratner, um diretor quando muito morno, que só não estraga coisas tipo "A Hora do Rush" com sua frouxidão por causa do carisma natural dos atores, fez um filmeco que é a cara dele: morno, insípido, dispensável. Saudades de Bryan Singer, e tomara que o resgatem para uma hipotética parte IV."

PEDRO BAMBAATAA said...

caro tom ,mando este email para te falar que pedi para minha namorada escanear o texto que falei da ACIDHOUSE do Rio fanzine, e ela me entrogou ontem só que ela mandou o texto por um programa que escaneia e digitaliza o texto, e por isso estou relendo toda página e preparando um arquivo em word...
porém ela fez uma fotocópia colorida muito boa que vou montar e gostaria de te enviar pelo correio dentro de um envelope...
por isso estou lhe escrevendo para perguntar se vc tem caixa postal ou um endereço para eu enviar por correio... ok? abraços! fico no aguardo...
ps: desculpe a demora tá? rs...

tom said...

bambaataa, nao precisa se desculpar, vc ta fazendo um favorzao, valeu! e aproveito a onda pra saber se alguem aqui da turma tem algum programa 'hellradio' gravado q possa me copiar em cd ou md, pq eu nao tenho nenhum, pq como era ao vivo nao tava em casa pra gravar e nao programava nem pedia a ninguem pra fazer isso pra mim. certa vez, na encarnacao antiga da cova, apareceu alguem que tinha algums pgms, mas nao lembro quem era...

PEDRO BAMBAATAA said...

ACID 2


vc esqueceu de dizer se tem caixa postal para eu enviar a arte
sobre o o hellradio não tenho não...
mas tenho um programa gravado no programa "rio fanzine" na grobo fm em 1995 mas sem as locuções...
AH.. tenho tb um especial de natal/1986 do NT na flu em que se não me engano estava vc e PAULO FUTURA, em que ele mixou TEST DEPARTAMENT com indios do xingú + discursos políticos (muito boa a session)

um abraço...

tom said...

bom, n tenho caixa postal, mas vc pode mandar a parada pro jornal mesmo: rua irineu marinho 35, redação/ segundo caderno. cidade nova. beleza? []s tom

*po, eses lance do test dept, o disco era meu e chegamos, eu e paulo, a ter a ideia de formar uma dupla pra fazer isso ao vivo, bem antes dos live p.a.s de hj, contudo os equipamentos da epoca e a falta de grana impossibilitaram a ideia de rolar

nelson soares said...

Pô Tom,

Ia direto na sede do Vasco/Lagoa na festa PF & AFRONAUTAS.
Por onde anda o Futura? Aquilo ali também foi meio precursor, não?

tom said...

vou detalhar mais a parada que falei antes: nosso prjeto seria baseado no cabare futura dos dadaistas, dai batizei o paulo, q antes era the hunter, para futura. o ze roberto mahr entraria com os discos (ele tinha tudo), eu e paulo como djs, e o hermano vianna tinha uma bateria eletronica (que depois ele deu pro marlboro). tinha ate um show marcado no bar emocoes baratas, mas amarelamos :-) mas, fizemos um live show na flu fm: numa madrugada, ficou rolando todo o projeto que nos gravamos na casa do ze, cerca de 60 minutos de mix continuo, com samples, scratchs, vozes, colagens, parte do q vc ouviu no lance citado. n sei se o ze ainda tem a fita. so sei q se fossemos ingleses e tivessemos lancado isso, hj estariamos nos livros, for sure. o paulo hj é tecnico de computadores e volta e meia faz uma festa por aí

PEDRO BAMBAATAA said...

legal a historia do projeto...
tenho varias fita do zé, pois teve a epoca que o maval foi trabalhar no selo do plug, e o nt era minha referência...
essa que falei do TEST, já pensei em levar para para um amigo passar para cd...
no programa a sequencia foi:
- mix de hipsway(honey thief)
- mix de psychedelic fur (pretty in pink)
- Sioux (pirata ao vivo no m.libano)
acho que a musica é "carnival" (não anotei na época)
- urbana(famosas apresentações no noite cariocas)"ainda é cedo"
- Test Departament
- Run DMC "my adidas"
- Mantronix "mega mega mix" interpolando no final com Smiths "Panic" diminuindo a velocidade da pick up...

pena boas idéias rolavam na época...
certamente se vcs tivessem la fora podiam ter se dado bem...

abraço...

tom said...

SAO TIPO 3AM, ACABEI DE CHEGAR DO SHOW DO CSS NO CINE IRIS E ANTES ESTIVE NO SISTERS NO CIRCO. ADVINHEM QUAL FOI O MELHOR, MAIS ANIMADO? O DO CSS, CLARO. A LOVEFOXXX ESTA CADA VEZ MELHOR EM CENA E TUDO É MUITO DIVERTIDO, MESMO NAQUELE SOM TOSCO DO IRIS. O SISTERS É ALGO PARADO NO TEMPO, MUITO MONOTONO E O SOM TAVA BAIXO PACAS, SEM BRILHO, COM AS MUSICAS ALGO DIFERENTES DAS ORIGINAIS. MELHOR FICAR COM O SISTERS NA MEMORIA E APROVEITAR O CSS AGORA

Rocha06 said...

Também fui conferir o show do CSS no Iris, e achei bem melhor que o show que eles fizeram na Melt há um tempo atrás. Mas ainda assim...não dá pra entender uma palavra do que eles cantam, eles são fracos como cantores e o som das bases e das guitarras abafa todo o vocal. Tudo bem, a banda tá meio crua ainda, acho que eles têm potencial, mas precisa ajustar umas coisas...

fabio fernandes said...

além dos afronautas, lembro do futura na falange moulin-rouge, banda que acompanhou fausto fawcett na época de básico instinto.

ano passado, fui ao casamento da loud que teve um show PHODA do lafayette & os tremendões. este ano tava tudo certo para ir (a melhor banda nacional da atualidade, um dos melhores lugares do rio, prá mim), porém a patroa pegou uma gripe braba e, infelizmente, não rolou. mas pelo que meus amigos comentaram e pelo que vi aqui, deve ter sido ótimo.

Wallace Barros said...

Nesse terceiro filme dos x-men esuqerem dos sentinelas, aqueles robos gigantes, mas tudo bem

Love Foxxx é 10!!! :-)

NA CIDADE

OCTOBERFESTIVAS:

FESTIVAL DO RIO  ÚLTIMA CHANCE   de 16 a 18 de outubro   Estação NET Botafogo 1 + Estação NET Rio 4 e 5    

ESTAÇÃO NET BOTAFOGO 1: 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Ocidental Dir. Neïl Beloufa 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Matar Jesus Dir. Laura Mora 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Memórias do subdesenvolvimento Dir. Tomás Gutiérrez Alea 16/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     As misândricas Dir. Bruce LaBruce

  17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Ensiriados Dir. Philippe Van Leeuw 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Antipornô             Sion Dir. Sono 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Patti Cake$ Dir. Geremy Jasper 17/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     Meu colégio inteiro afundando no mar Dir. Dash Shaw  

18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  15:00     Últimos homens em Aleppo Dir. Firas Fayyad 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Cadáveres bronzeados Dir. Hélène Cattet, Bruno Forzani 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  17:00     Sal Dir. Diego Freitas 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  19:00     Alanis Dir. Anahí Berneri 18/10/2017         Estação NET Botafogo 1  21:00     How to Talk to Girls at Parties Dir. John Cameron Mitchell  

ESTAÇÃO NET RIO: 16/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Kim Dotcom: Agarrado na web Dir. Annie Goldson 16/10/2017         Estação NET Rio 5             16:15     God's Own Country Dir. Francis Lee 16/10/2017         Estação NET Rio 4             18:00     A liberdade do diabo Dir. Everardo González 16/10/2017         Estação NET Rio 5             18:45     Golden Exits Dir. Alex Ross Perry 16/10/2017         Estação NET Rio 4             19:45     As entrevistas de Putin Dir. Oliver Stone 16/10/2017         Estação NET Rio 5             21:00     A vendedora de fósforos Dir. Alejo Moguillansky  

17/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Encriptado Dir. Nick de Pencier 17/10/2017         Estação NET Rio 5             16:15     Eduardo II Dir. Derek Jarman 17/10/2017         Estação NET Rio 4             17:30     Top of the Lake: China Girl Dir. Jane Campion, Ariel Kleiman 17/10/2017         Estação NET Rio 5             18:45     Titicut Follies Dir. Frederick Wiseman 17/10/2017         Estação NET Rio 5             21:00     Invisível Dir. Pablo Giorgelli

  18/10/2017         Estação NET Rio 5             14:15     Senhora Fang Dir. Wang Bing 18/10/2017         Estação NET Rio 5             16:00     Minha adorável lavanderia Dir. Stephen Frears 18/10/2017         Estação NET Rio 4             17:20     Tangerine Dream: a revolução do som Dir. Margarete Kreuzer 18/10/2017         Estação NET Rio 5             17:50     Cicciolina - Madrinha do escândalo  Dir. Alessandro Melazzini 18/10/2017         Estação NET Rio 5             19:00     O diabo e o Padre Amorth Dir. William Friedkin 18/10/2017         Estação NET Rio 4             19:10     Long Strange Trip: A viagem do Grateful Dead Dir. Amir Bar-Lev 18/10/2017         Estação NET Rio 5             20:30     Ex Libris: Biblioteca pública de Nova York Dir. Frederick Wiseman  

INGRESSOS: R$22,00 / meia: R$11,00 Meia entrada para quem comprou Passaporte

UCI INAUGURA A PRIMEIRA SALA DE CINEMA XPLUS LASER DO BRASIL, NO RIO DE JANEIRO: No ano em que comemora duas décadas no Brasil, a rede UCI reforça sua missão de oferecer ao público a melhor experiência em cinema e o que há de mais moderno no mundo, no mercado audiovisual. No Rio, inova mais uma vez com a primeira sala XPLUS Laser do país. A novidade será no maior complexo de cinemas brasileiro, o UCI New York City Center, que este ano também recebeu a primeira 4DX da cidade, com cadeiras que se movimentam e efeitos especiais. A aquisição do novo projetor a laser torna ainda mais imersiva a tecnologia da XPLUS, que tem projeção 3D de última geração, tela gigante com definição 4K e som Dolby Atmos™, com mais de 54 caixas acústicas e 128 streams de áudio que criam a ilusão de um campo infinito ao redor de cada espectador.

PROGRAMAÇÃO DO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):     Outubro   20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

Tropicália ganha exposição tech com livre reinterpretação conceitual Nos 50 anos do movimento, na Galeria BNDES   Os artistas Barbara Castro e Luiz Ludwig, do estúdio Ambos&&, apresentam uma livre reinterpretação dos conceitos do movimento tropicalista à luz da arte e da tecnologia. Com a exposição Vamos Comer, estimulam o público a “devorar” experiências sensoriais e orgânicas, incluindo quatro instalações de arte computacional. Ela está aberta a visitações na Galeria BNDES, no Rio, entre os dias 18 de outubro e 1º de dezembro, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Zucchero (o 'roberto carlos da itália') vem fazer shows no Brasil em outubro: Rio de Janeiro, no dia 26 de outubro, no Teatro Bradesco Rio São Paulo, no dia 27 de outubro, no Teatro Bradesco Porto Alegre, no dia 28 de outubro, no Teatro do Bourbon Country  

AGENDA CUTURAL BARATOS DA RIBEIRO: Sábado, 21 de outubro, a partir das 17h: VESPEIRO com as bandas Estranhos Românticos e Imperfeitos Quinta-feira, 26 de outubro, a partir das 19h: LEVADAS DA BECA, com as DJs Ana Paula Moniz (Beca Brechó), Bia Andrade & Ana Galli + uma convidada surpresa! Sábado, 11 de novembro, a partir das 17h: VESPEIRO com a banda Os Alquimistas (MS) e Mauk + Pedro White & banda fazendo tributo duplo: ao Bruce Springsteen e ao Tom Petty! RUA PAULINO FERNANDES 15, BOTAFOGO/RJ

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO   Histórias extraordinárias apresenta uma seleção com os melhores filmes recentes do país vizinho. Debates com cineastas e especialistas completam a programação Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2 Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro  (Metrô e VLT: Estação Carioca) Telefone: (21) 3980-3815 Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

II FESTIVAL IMPERIAL DE CINEMA DE PETRÓPOLIS COMEÇA NESTA QUARTA, DIA 18: Festival é gratuito e conta com filmes inéditos na programação  A abertura será no Theatro D. Pedro com exibição do filme “João, O Maestro”, de Mauro Lima.

Angela Ro Ro leva o show "Amor & Humor" para a Zona Norte A cantora - que pela primeira vez pisa no palco do Centro Cultural João Nogueira -  faz  apresentação única no Méier, dia 29 de outubro, às 19h, no Imperator

estreia: 5º FEIRA/ 19 OUT - ABERTURA DA MOSTRA JÓIAS DO CINEMA DINAMARQUÊS: CINE JOIA DO RIO DE JANEIRO (copacabana) EXIBE SEIS LONGAS INÉDITOS DO PAÍS NÓRDICO; E O PRIMEIRO DOC LONGA-METRAGEM FILMADO NA GROENLÂNDIA.

Depois de regravar sucessos do Pop, Rock e Samba, a Orquestra Petrobras Sinfônica prepara uma homenagem ao reggae. O quarto EP da série “O Clássico é...” trará versões inéditas de “Andei só” (Natiruts), “Minha felicidade” (Roberta Campos), “Um anjo do céu” (Maskavo), “Aonde você mora” (Cidade Negra) e “Segue o baile” (Braza). A primeira apresentação do novo projeto será no Teatro Rival Petrobras, com entrada gratuita, às 20h do dia 18 de outubro (quarta-feira).

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers