Pages

Sunday, April 02, 2006

geração desalmada

dia desses recebi email de uma pessoa pedindo alguma foto de quando eu era adolescente para usar num trabalho. achei q seria facil conseguir uma, bastava ligar pra mama ou ir na casa dela vasculhar os arquivos. ai me toquei de que nao tenho fotos da epoca entre os 13, 14, 15, 16, 17 anos. primeiro, pq nunca fui muito afeito a fotos. segundo, pq simplesmente nao se fazia fotos como hj em dia em meus teen ages. geralmente seus pais eram os responsaveis pelas fotos de festinhas e aniversarios (tenho varias dessas ate os 10, 12 anos). depois dessa fase, tinha sempre alguem na turma (amigo fotografo wannabe ou namorada) que se encarregava de documentar os atos da galera. pq n se fazia fotos a torto e direito como se faz hj, com cameras digitais de brinquedo e via fone celular, a qq hora ou momento. foto era um lance pro, depois tinha q mandar revelar, rachar a despesa com os amigos, fazer copias, colar nos albuns e tal. ou entao, usar a xereta baratinha. hj, qq adolescente conectado na rede e com flogs e blogs, tira mais fotos por semana do que eu tirei em quase toda a minha vida. nao havia razao para ficar se mostrando pro mundo. so se tirava fotos a rodo numa viagem ao exterior. se, como os indios dizem, fotografia rouba a alma das pessoas, essa geracao é 'desalmada' :-)

29 comments:

fabio fernandes said...

arrumando minhas fotos algum tempo atrás, tbém reparei que quase não tenho fotos da adolescência ...
por outro lado, é notório que as pessoas tiram muito mais fotos hj em dia, graças à celulares e digitais terem se popularizado.

tom said...

ha cerca de dez anos montei meu primeiro pc. a internet era discada e tudo demorava muito. baixar musica nao existia, so alguns programas GRATIS. antes do computador e da internet (e das maquinas digitais), trocava musicas enviando cassetes para o exterior, recebendo revistas importadas em troca e encomendamdo discos a amigos que viajavam. hj tudo esta a um click do mouse (otico)! e olha que nem uso o mega flash...

Felipe Passarelli said...

Interesante o topic, e saiu uma matéria na época sobre isso, semana passada.

São os novos Paparazzis, a qualquer momento se tem fotos, ou filmagem de coisas que não se tinha nunca, fora a privacidade, que é garantida por lei, foi pro beleléu.

Eu mesmo tinha um vicio de fotolog, que eu tinha que postar todo sia uma foto diferente pra receber comentários e ficar "in" na parada, mas fotolog se banalizou e encheu o saco, e nem levo pra shows pq sei que outros vão tirar.

Aqui em casa tenho fotos de cada ano, tirada por meus pais dades quando nasci até agora, na minha camera já tem 7000 mil fotos batidas! Com certeza infinitamente maior do que meu aquivo confidencial, não se tem problema com filmes, de errar, errou apagou, e qualquer um pode se tornar um ótimo fotógrafo com cameras cybershot.

Tem um site que tira fotos instantaneas e fala onde o artista famoso está, on line 24hs por dia, em NY. Tipo Naomi entrou no cabeleleiro as 17hs com foto. Wood Allen apareceu no Central Park as 22hs com seu cachorro, isso com o clique dos "new papparazis".

Off:

Tom o que você está ouvindo no momento?

Você gosta da Marisa Monte, gostou do Album duplo?

Já viu Hostel do Tarantino? Muito bom, recomendo!

Abraços :)

tom said...

felipe, 'hostel' nao é do tarantino, é do eli roth (q teve semana passada em sampa). taranta so ajudou na producao e ta bancando o cara. ja vi 'hostel', mas sou mais o filme anterior dele, cabin fever, sobre o qual ja postei aqui. no momento to ouvindo um set mixado da miss kittin no sonar do ano passado (excelente!), yyys, singles remixes do nin e do dm. nao li essa parada da epoca. nem ouvi marisa monte pq nao faz meu genero de musica...

Wallace Barros said...

eu ainda tenho sorte. minhas fotos teens ainda estão guardadas numa caixa de sapato e algumas pregadas no mural :-)

Show da Madonna deve ser no maracanã..

bruno lima said...

fala tom

q coisa cara. enquanto a era do gelo 2 faturou mais de 70 milhões nos eua, a senhora stone só acumulou pouco mais de 3 milhões. sabia q essa sequência de instinto selvagem seria uma bomba atômica.

o q vc achou disso ?

abraços

tom said...

bruno, n tinha nenhuma expectativa qnto a basic instinct 2, tava na cara q ia ser ruim. o primeiro so foi bom pq o diretor era bom (paul verhoeven, q fez uma especie de filme a la hitchcock com mais putaria), tinha o michael douglas e a cena classica do beaver shot da sharon stone. pq o mesmo roteirista (joe esterzas, algo assim) fez copia com sliver e jade e nao deu em nada. ice age 2 era barbada, mas rendeu acima da media

Lord Vader said...

Outro dia comentava com minha namorada sobre esse lance da foto , que nesses tempos digitais perdeu mesmo todo valor metafisico , assim como a musica (no sentido de produto).
A vida dos teens hoje em dia é fazer coisas , apenas para fotografar e colocar imediatamente no Fotolog , Orkut , essas merdas .
Off topic : Gostei do Universo ao meu redor da Marisa Monte (o cd de samba), mas achei o outro disco apenas mais um de linha dela.
Gosto de uma coisa nessa mulher : ela nunca jamais bota a cara na Globo , caras , etc .

Sandman said...

eu ja havia pensado no lance das fotos tem mto tempo.Nao tenho mtas fotos da minha adolescencia justamente pq nao era comum ficar andando com uma camera pra cima e para baixo.E eu tb nunca fui fan de tirar fotos.Minha mae deu de presente uma cybershot novinha pra minha irma e mesmo assim eu nem tirei mtas fotos.
Sinceramente, nao tenho saco para ficar me olhando nas fotos.

Gabriel said...

Eu também não tenho fotos da adolescência, acho que só voltei a tirar fotos quando comecei a namorar a minha mulher. Por um lado a ausência de registros daquele período pode ser boa, tive cabelo grande por um tempo e era sinistro :-).

tom said...

viram a coicidencia? saiu uma materia sobre o assunto desse post hj no informatica do grobo, mas focando apenas em bebes que ja tem mais de tres mil fotos com semanas de vida!

Onaicram said...

Tom, o disco do Four Tet q vc comentou na discoland da semana passada foi o Rounds? Ganhei de presente da patroa e estou achando sensacional. Compartilhas da minha opinion?

Vander said...

acho que os indios tem razao. a foto rouba a alma/emoção pq as pessoas agora ficam mais tempo tirando fotos do que curtindo o local, o show, ou qq coisa, aí fica tudo muito vazio mesmo, nao curto ficar olhando fotos ou videos do passado,

li uma piada dias desses que, resumida, é +/- assim: o filho está se afogando no mar e o pai grita: "guenta aí que eu vou pegar a máquina para tirar uma foto"

tinha umas 10 fotos raras da infância mas meu inconsciente me passou a perna e perdi nas ruas de sp, nunca mais, adeus passado,

dicas de som: 3 lados b do morrissey (I Knew i was next, good looking man about town e uma cover do ny.dolls - human being) e o novo fofo do snow patrol, mais um bom desse ano, e os albuns remasterizados com bonus do T Heads (77/80) e dvd do moby com o show hotel.

tom, vc tinha gostado do primeiro do yyys? Eu achei esse melhor, mas está mais pop e me levou a ouvir novamente o primeiro pq tinha achado muito hype, sic, como a gente se engana. mas são tantas bandas que nao dá pra dedicar muito tempo a todas, ou bate de cara ou arquiva prum futuro com tempo- que nunca vem, rs

fabio fernandes said...

e fotos em shows, já repararam (como dito anteriormente no blog) que tem gente que vai a shows somente prá tirar foto ? a fissura por foto é tanta que acho que algumas pessoas nem chegam a curtir o show, só click, click, click. até gosto de fotografar shows, mas não fico nesta nóia o tempo todo não.

o eli roth exibiu hostel e cabin fever, no vidigal, para aquele grupo nós do morro, last week.

qto a marisa, sou e sempre fui fã, entre outras coisas, pela postura "racionais mc´s", anti-estrelismo, como lord vader comentou.

tom said...

sim, eu tbm acho bacana esse lado low profile da marisa, inclusive ate ja vi um show dela e achei ok. mas, com tantos discos a serem desbravados, acabo sem tempo para o som que eu nao curto tanto. vou dar uma conferida no cd de sambas. agora to ouvindo o novo dos flamin lips e tbm o do secret machines. é muita coisa pra ser digerida e entendida. nao basta so ouvir. e, sim, quem vai em show so pra tirar foto ta perdendo o show em si...

bruno lima said...

é eu li a matéria do grobo há pouco tom.

qual a digital q vc tem usa para colocar aqui no seu blog ?

a sua máquina é de muita facilidade na hora de transpor as fotos para o computador ou laptop ?

eu tenho uma cyber shot da sony e to com um pouco de dificuldades mas aos poucos, vou me desbravando aqui. eu utilizava antes uma cannon.

abs

Felipe Passarelli said...

Com certeza esse negócio de levar máquina pra show e eventos grandes é furada, já me roubararm 2 vezes cameras Digitais;

uma no Planeta Atlândida em SC, uma gangue dentro da tenda eletrônica tava na ativa e roubou geral, celulares, carteiras, celulares, e os seguranças nem aí, fiquei triste por um bom tempo, e acabou com a minha noite! Meteu a mão e saiu correndo, isso no Sul que falam que é a região nobre brasileira!

depois na fosfobox, tati quebra barraco, meteram a mão no meu bolso, levaram e nada foi feito, e o cabbet deu um foda-se. Como você falou dos Ipods, como ter uma coisa cara, e utilizar com medo e insegurança seu gaget?

é difícil, já estou na terceira camera digtal e agora só tiro em lugares que realmente eu tenho que aparecer, viagens, por que pra shows, sempre vão ter pessoas tirando mil fotos e postando nos albuns e dividindo no Orkut, ainda bem melhores pq fã fica la na frente mesmo, e quer os melhores angulos.

Off:

Já ouviu o Novo do Prince - 3121 Tom?

A gente já tinha comentado aqui antes, mas você não falou o que achou dele.

Eu nem sou fã do Prince e adorei, um pop muito bem feito, e um prince evoluído e bem Groovy, estou in love com o album, ouço todo dia! Achei muito foda, 5 stars!

E estreou no Primeiro lugar na Billboard, depois de a gente comentar a séculos!

Aliás, já no Billboard, você sabe como é medido o chart deles? É pelo numero de vendas da semana? Tem outras categorias ou é jabá puro (sei lá né aqui a gente pode perguntar isso heheh)

E tom mandou bem, falou sobre o Gnarls Barkley antes mesmo da NME! Adorei o EP, uma banda (duo?) que tem futuro e Crazy já virou chiclete na cabeça, eles são muito bons realmente, pode mandar a Warner liberar que até eu vou comprar o CD, assim como os dos Monkeys!

Ouça o Universo Ao Meu Redor da Marisa, talvez você se interesse mais, sambinhas com letras lindas,ta muito bom, bem trabalahdo (eu gosto da mulher mesmo aqui em casa todos gostam, tb fui a shows dela, é a fase cantoras rs)

Abraços tom, é tanto album, informação, lançamentos que da pra ficar louco, ainda mais com o bitcomet, milhoes de bandas surgindo uma loucura, todos querendo o caminho do Arctic!

Falows! :)

tom said...

uso uma panasonic lumix q comprei na ultima vez em ny, pq la custava o preco de uma camera vagaba da casa e video aqui (equivalente na troca de moeda a uns 700 contos, aqui custaria mais de dois mil!!!). escolhi esta pq é fina (cabe no bolso mesmo), é preta, tem um estabilizador de imagem nota dez e foi feita no japao, o que garante mais robustez e qualidade. alias, no filme 'final destination 3' rola um jaba imenso dessa camera, vcs vao ver :-) liga e carrega facil no pc e tem resolucao de seis megapixels. bom, vou ouvir os sambinhas da marisa, entao, qndo tiver tempo

Vander said...

Tom ou galera, alguém assina alguma dessas revistas Mojo, Uncut ou Q ? Demoram pra entregar? Qual delas é a melhor? Tem alguma diferença, tipo uma de som mais novo, outra mais velho?

Comprei a uncut de abril com o flaming lips e fiquei de cara com a qualidade dos textos, é de babar, cortar os pulsos de inveja,

A NME, Rolling stones e spin eu achei +ou-, pende mais pro superficial,

se alguem puder ajudar, acho q vou me dar um presente desses - a assinatura sai pela metade do preço de banca,

tom said...

vader, realmente essas tres revistas q vc citou sao as tres melhores de musica pop/rock da inglaterra em conteudo de texto, sem banalidades. nao as assino, compro eventualmete pela capa ou pelo cd brinde, pq as inglesas sao mais caras. ja assinei algumas americanas, bem mais em conta, mas no momento, nenhuma. mas vale a pena vc se dar de presente uma delas. mesmo caras, sai pela metade do preco em banca por aqui, que ta regulando em 50 pratas... ah, fui procurar uma coisa na rede e achei o disco dos raconteurs inteiro! vou comecar a ouvir...

fabio fernandes said...

e este tributo brazuca ao kraftwerk, alguém já ouviu ? recomendam ?

bruno lima said...

eu achei até q a rolling stones está um pouco melhor do q antes. les deram matérias sobre o artic monkeys, as matérias tbm mais políticas estão mais curtas. para mim as melhores revistas americanas são a entertainment weekly e a blender.

abs.

Felipe Passarelli said...

Vazou mesmo na internet o Raconteurs, Broken Boy Soldiers, e já Upei pros amigos vou postar aqui também! Ta muito foda!

01 Steady As She Goes
02 Hands
03 Broken Boy Soldier
04 Intimate Secretary
05 Together
06 Level
07 Store Bought Bones
08 Yellow Sun
09 Call It A Day
10 Blue Veins

Download-Link: http://rapidshare.de/files/17189495/
The_Raconteurs_-_Broken_Boy_Soldiers
__2006__by_Passarelli.rar.html

Valeuz!

Abraços Tom

tom said...

a quem interessar possa:

ECHO & THE BUNNYMEN FAZ ÚNICA APRESENTAÇÃO, DIA 30 DE ABRIL, NO CLARO HALL

e, como eu deduzi aqui, nao se falou mais no tal show dos 10,000 maniacs. babou. e nao ia ter echo no rio. deve ter entrado na sobra

Sandman said...

pow, eu me amarro no echo.
mas sei lah, sera q vale a pena assistir a banda.
tava pensando no que alguem falou acima.
pow,do q adianta comprar uma maquina digital se nao podemos andar com ela em todos os lugares ?
a minha so levo quando estou de carro ou quando vou a algum lugar seguro :(
-------
eu sei q isso é coisa rara por aqui, mas eu ainda nao tenho um mp3 player. Tem algum mp3 player entre 1 giga e 512 megas q vcs me aconselham ??
C alem da dica do produto, vcs me informarem um lugar mais barato, eu vou agradecer.

Felipe Passarelli said...

Po que bom tom, pelo menos o Echo vem ao Rio Agora

Sempre quis assitir a um show dos caras, me disseram que teve um show no canecão que foi clássico, la no meio dos Anos 80!

Po vou com certeza! Foi até bom eles terem adiado! (não sou fã, mais dizem que é muito legal o show!)

Abraços

fabio fernandes said...

não, o 10.000 maniacs tá lá, dia 19/05. se bobear, esta cantora israelense que se apresenta no claro hall next saturday dará muito mais público ...

tom said...

sandman, eu tbm so levo minha maquina pra parada segura e que realmente valha a pena. uma dica sobre mp3 player: se vc n quer gastar muito e nao precisa de mil musicas no bolso, a boa é comprar um cd player q toque mp3, q ja tao na casa dos 300 contos e cabem mais do que um mp3 player barato, que custa o dobro e so cabe 512mega. se for da sony, que usa tecnologia atrac, da pra ripar uns 20 cds num mero cd-r. antes de ter o meu usava isso e uso ate hj no trabalho, pq a bateria dura bastante e ainda tem radio fm e som de tv. so tem o lance do tamanho, mas os discman atuais sao bem fininhos, vc acha no camelodromo ate por 150 de marcas menores...

tom said...

apesar dos doces vc ta com a memoria melhor q a minha felipe (rs), embora eu ache q o al ferox foi no boqueirao e vitalic no botafogo. confere ai nos seus tickets. valeu. mas, sorry, o maior publico da bunker ate hj foi o grooverider numa festa de aniversario do rio fanzine. tinha fila dobrando a esquina as quatro da manha, deu tipo 1500 pessoas (a lotacao da epoca era entre 700 e 800 pessoas, entao teve q rolar escalonamento). foi foda...

NA CIDADE

JULIANAS:

casas & shows: Circo Voador 18 – Metá Metá / Rakta 19 – Roberta Sá  20 – Testament (EUA) 25 – Johnny Hooker 26 – O Baú do Raul – 25 Anos: Marcelo Nova / Mauricio Baia / B.Negão / Chico Chico / Karina Buhr / Rick Ferreira / Vivi Seixas

Fundição Progresso 18 e 19 – Novos Baianos 25 - Mitchell Brunnings (HOL) / Orquestra Brasileira de Música Jamaicana 26 – Festival RapRJ 7: Cone Crew Diretoria / Luccas Carlos / Froid / 1Kilo / ADL – Participação: Ducon / Modestiaparte – Participação: Liink & Buddy Poke

Teatro Rival 18 – Festa La Cumbia 19 - Afrojazz - Participação: Larissa Luz & Jesuton 23 - Michael Sweet (Stryper) & John Schlitt (Petra) 24 - Júlia Bosco & Emerson Leal & Gustavo Macacko – Participação: Mart´nália & Simone Mazzer 25 – Alma Thomas 26 – Jay Vaquer 50 meia Setor A, 40 meia Setor B, 30 meia Lounge 30 – Cabaré Diferentão

Teatro Riachuelo 29 – Paulo Ricardo Teatro Odisseia 18 – Ordinária - Baile do Lindote: Molejo 24 - The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die / gorduratrans / E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante  26 - Esteban Tavares / Sheffield 

Vivo Rio 18 - Postmodern Jukebox (EUA)  19 – Barão Vermelho 20 – Roy Hargrove & Roberta Gambarini 25 - Jacob Collier (ING) 

Baratos da Ribeiro (Botafogo) 19 – Vespeiro: Marcelo Perdido / Real Sociedade / O Branco e o Índio 26 - Vespeiro: Tacy de Campos / Jonnata Doll & Os Garotos Solventes

Estúdio Hanói (Botafogo) 18 - Nativity in Black Fest: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  19 - Festival Nativity in Black: Justabeli (SP) / Dark Tower / Profane Art  27 - Back To Hanoi Metal Fest: Forkill / Unmasked Brains / Evil Inside / Savant  30 - Rectal Smegma (HOL) / Uzômi / Baga  Audio Rebel 16 – Quintavant: Thiago França: Sambanzo 17 – Quintavant: Thiago França: Space Charanga Quarteto 18 - Jair Naves & Britt Harris / Kasparhauser 19 – Quintavant: Ava Rocha 20 - Homenagem a John Coltrane (Widor Santiago, Sergio Barrozo, Adaury Mothé, Didac Thiago, Roberto Rutigliano) 23 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Bella, Thomas Rohrer, Cadu Tenório, Antonio Panda Gianfratti 24 – Quintavant: Hans Koch (SUI) - Participação: Thomas Rohrer, Antonio Panda Gianfratti 30 – Quintavant: AJJA (Pedro Calmon & Alex Frias)

Espaço Sérgio Porto 18 - Marcio Lugó / Capela  24 - Mulheres de Buço 25 - Whipallas 31 - CEP 20.000

Sala Baden Powell 16 - Donatinho: Homenagem a João Donato - Participação: Ithamara Koorax, Wanda Sá, Cris Delanno, Amanda Bravo, Ricardo Silveira 19 - Quarteto do Rio 23 - Lúcia Menezes 26 - Marcel Powell - Homenagem a Baden Powell - Participação: Thais Motta, Ithamara Koorax, Gabriel Aquino, Amanda Bravo, Dilma Oliveira 27 - Dorina Canta Aldir Blanc 30 - Eliana Pittman

Theatro Net Rio 16 – Laila Garin & A Roda 22 – Paulo Miklos 12/09 Simone Mazzer

Beco das Garrafas Casa de Cultura Laura Alvim 09 e 10 – Festival Levada: Luísa Maita 15 – Katerina Polemi 16 e 17 – Festival Levada: Apanhador Só 23 e 24 – Festival Levada: Bruna Mendez 30 e 31 – Festival Levada: Tamy

Teatro Ipanema 15 - A.Nota: Sambas do Absurdo (Juçara Marçal & Rodrigo Campos & Gui Amabis) 16 - Aíla (PA) – Participação: Posada 17 - Ana Frango Elétrico / Thiago Nassif 18 - Amora Pêra 22 - A.Nota: Marcelo Vig & Marcos Suzano

Teatro Café Pequeno 17 - Lu Dantas & Natália Boere 24 - Marcos Oliveira 31 - Filtra

Metropolitan 24 – Hanson (EUA) 26 - Lindsey Stirling (EUA) Teatro Bradesco 18 – Leo Jaime 24 – Almir Sater

Teatro Municipal de Niterói 18 e 19 – Roberta Campos 22 – Clube do Choro Homenageia Noel Rosa 24 – Quarteto do Rio

Planet Music (Cascadura) 18 - Torture Squad / Hatefulmurder / Reckoning Hour / Warcursed  19 - Black Days (SP) / Sheffield / Amsterdan / LaVille  26 - Festival Invasão Underground 2: Inversa (SP) / Maieuttica / Adrift / Tormentta / The Last Whale 

Imperator 16 - Quartas Brasileiras: Tia Surica - Tributo a Clara Nunes - Participação: Nilze Carvalho, Ana Quintas, Mariene de Castro 22 – Jazz Pras Sete: Folakemi Duo 23 – Maurício Mattar – Participação: Alexandre Pires 24 - Homenagem a Dalva de Oliveira: Amelinha, Zezé Motta, Dóris Monteiro, Leny Andrade, Rita Beneditto, Áurea Martins, Agnaldo Timóteo, Simone Mazzer, Zé Renato, Eliana Pittman, Rosa Maria Colyn, Luciene Franco, Ellen de Lima, Ataulfo Alves Jr, Gottsha 30 – Agnaldo Timóteo 31 – Samba do Imperator: Grupo Arruda, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindinho

Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola (Tijuca) 16 – Coletivo Samba na Rua 17 – Quinta Instrumental: Jimmy Santa Cruz 18 – Victor Mus 19 – Danilo Caymmi 23 – Fábrica Nômade Sonora 24 – Quinta Instrumental: Carlos Café 25 – Laura Zennet 26 – Quarteto do Rio 30 – Projeto Vitrola

FM Hall 23 – Manu Gavassi (grátis) 29 – Illy (grátis)

La Esquina (Lapa) 17 - Red Mess / Blind Horse / Stoned Jesus 24 – Mobile Drink

Smokey Rio (Lapa) 19 – Festa Rio Vinil Clube 26 – Bel Almeida Ganjah (Lapa) 18 – Duda Brack & Thiago Ramil 23 – Festa HempFyah: Rafyah Dread & Hempfield DubLab / Lion Dornellas / André Pfefer / Tagu Selectah Vibration 25 - Azul Casu & 3 du Mar

Casa de Baco (Lapa) 17 – Gafieira Pé de Louro 19 – Relógio de Dalí 24 – Joyce Cândido

CCBB 18 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pato Fu / Céu – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 20) 19 - Festival CCBB - Quanto Mais Tropicália, Melhor: Pedro Luís & A Parede / Tom Zé – Praça do Centro Cultural dos Correios (22h – R$ 10)

Quintas no BNDES 17 - Byafra: 35 Anos de Sucesso 24 - Luiza Borges 31 - Tarita de Souza

Circuito SESC 16 – Copacabana: Philippe Baden Powell & Quarteto Ludere: Baden Powell 80 Anos 18 – Niterói: Clara Gurjão 26 – Engenho de Dentro: Clara Gurjão Circuito SESI 26 – Duque de Caxias: Tiê 25 – Jacarepaguá: Tiê _____________________________________________________________

mixx: 18 - Carmen Blues – Bar Kunin / Vila Isabel 18 – Sara & Nina – Olho da Rua / Vila Isabel 18 - Ronaldo Diamante – TribOz / Glória 18 - Wake the Dead Festival: Surra (SP) / Rats / Der Baum (SP) / Nove Zero Nove – Clube Mageense / Magé 18 – RaggaBrass – Boulevard Olímpico / Praça Mauá 18 - O Rappa - Tour de Despedida – Quadra da Grande Rio / Duque de Caxias 19 - Insurgente Rock Festival: Maieuttica / Ágona / Born2Bleed / Melyra / Forkill / Negah – Caixa de Surpresa / Bangu 19 - Breaking Bad - A Festa: Cervical / Controle / Mau Presságio – Buffallos Bar / Méier 19 - Festa RapSoul 5 Anos: Rael – Armazém / Praça Mauá 19 - Akira Presidente – Espaço BF / Mesquita

20 - Caxias Hell Festival: Velho / Justabeli (SP) / Dark Tower / Gutted Souls / Unnature / Vicious – Lira de Ouro / Duque de Caxias 25 - Bloco Fanfarra D´Águas – Praça das Nações / Bonsucesso 25 - Rogério Caetano - Participação: Hamilton de Holanda – Eco Som / Botafogo 25 - Arraiá do Bloco Vem Cá, Minha Flor – Feira de São Cristóvão

LEO JAIME LEO "GUANABARA" JAIME Com mais de 30 anos de carreira, Leo Jaime experimenta momentos de grande intensidade em sua vida profissional. Além da obra consagrada, como cantor e compositor, o artista está sempre atuando em novos projetos. Humor, interpretações arrebatadoras, inteligência e versatilidade são as marcas deste artista que apresenta ao publico carioca, no dia 18 de agosto, no Teatro Bradesco Rio, o espetáculo “Leo “Guanabara” Jaime”. No show ele relembra seus grandes sucessos musicais e as histórias por trás das canções e dos bastidores do Rock Brasil

PROGRAMAÇÃO BLUE NOTE JAZZ CLUB RIO (ONDE ERA A MIRANDA, NO COMPLEXO LAGOON, NA LAGOA, LADO LEBLON):   07/09 - Quinta-feira 20:00 Maceo Parker 22:30 Maceo Parker   08/09 – Sexta-feira 21:00 Maceo Parker 23:30 Maceo Parker   09/09 – Sábado 21:00 Sergio Mendes 23:30 Sergio Mendes   10/09 – Domingo 20:00 Sergio Mendes 22:30 Sergio Mendes   13/09 - Quarta-feira 20:00 Jaques Morelenbaum convida   16/09 – Sábado 21:00 Baby do Brasil 23:30 Baby do Brasil   17/09 – Domingo 20:00 Baby do Brasil 22:30 Baby do Brasil   20/09 - Quarta-feira   20:00 Jaques Morelenbaum convida   27/09 - Quarta-feira 20:00 Anne Paceo 28/09 Quinta-feira   20:00 Orquestra Atlântica 22:30 Orquestra Atlântica    Outubro   04/10 - Quarta-feira 20:00 Ala.Ni 05/10 – Quinta-feira 20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  06/10 – Sexta-feira 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    07/10 – Sábado 21:00 Chris Botti 23:30 Chris Botti    08/10 – Domingo  20:00 Chris Botti 22:30 Chris Botti  11/10 - Quarta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    12/10 – Quinta-feira 20:00 Teresa Salgueiro 22:30 Teresa Salgueiro    20/10 – Sexta-feira 21:00 Chick Corea & Steve Gadd Band 23:30 Chick Corea & Steve Gadd Band   Novembro 02/11 Quinta-feira 20:00 Spyro Gyra 22:30 Spyro Gyra   03/11 Sexta-feira 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   04/11 Sábado 21:00 Spyro Gyra 23:30 Spyro Gyra   15/11 Quarta-feira 20:00 Laura Perrudin   16/11 Quinta-feira 20:00 Didier Lockwood Trio 22:30 Didier Lockwood Trio

ULTRA BRASIL ANUNCIA A PHASE 1 DE SEU LINEUP PARA A EDIÇÃO 2017: ADAM BEYER, ALESSO, ARMIN VAN BUUREN, DAVID GUETTA, JAMIE JONES, JOSEPH CAPRIATI, SASHA & JOHN DIGWEED e THE MARTINEZ BROTHERS SERÃO HEADLINERS FESTIVAL ACONTECE NOS DIAS 12, 13 E 14 DE OUTUBRO NO SAMBÓDROMO DO RIO

_______________________________________________________ CURSOS DE AGOSTO no Estação NET Botafogo    - História do Cinema Independente Brasileiro, com Cavi Borges    - Ancine e o fomento ao audiovisual brasileiro, com Julio Augusto Zucca    - Cinema Afrodisíaco? O sexo na tela, com Dodô Azevedo

Circuito Estação NET de Cinema e Cinemateca do MAM apresentam: Exposição CINEMA EM CASA: Equipamentos do acervo da Cinemateca do MAM. A partir de 23 de fevereiro, no Estação NET Botafogo de 23 de fevereiro a 23 de agosto 2017 Horário de visitação: 14h às 22h Entrada franca

DISTOPIAS BRASILEIRAS NO CINEMA A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 15 a 27 de agosto de 2017, a mostra cinematográfica Brasil Distópico, que traça um panorama da produção nacional sobre as distopias. Para a programação, os curadores Luís Fernando Moura e Rodrigo Almeida selecionaram 37 curtas e longas-metragens que imaginam diferentes futuros sombrios para o país, entre clássicos da ficção-científica brasileira e obras menos conhecidas.  Na programação, filmes como O quinto poder (1962), de Alberto Pieralisi, e Brasil ano 2000 (1969), de Walter Lima Júnior. Outras incorporam as convenções da ficção científica, encenando a ameaça nuclear e o colapso do planeta, como Parada 88: o limite de alerta (1978), de José de Anchieta; e Oceano Atlantis (1993), de Francisco de Paula. Há, ainda, aqueles que instalam o cinema de gênero em imaginários locais do Brasil, como é o caso de Abrigo nuclear (1981), de Roberto Pires; e Areias Escaldantes (1985). ESTE ULTIMO, TRAZ NO ELENCO, VARIOS NOMES E BANDAS DO ROCK BRASIL DOS ANOS 80, COMO LOBÃO, TITÃS, E TEMA-TITULO DE LULU SANTOS.

DEIXA NA RÉGUA: O filme estreia no dia 10 de Agosto no INSTITUTO MOREIRA SALLES com sessões às 16h e 20h e no CINE SANTA com sessão às 17h10. Deixa Na Régua. Direção: Emílio Domingos. Produção: Osmose Filmes. Documentário. Brasil. 73 minutos.

COM SESSÕES LOTADAS EM ALGUMAS CIDADES, UCI ABRE MAIS SALAS PARA “DAVID GILMOUR: LIVE IN POMPEII” E AGORA APRESENTA A EXIBIÇÃO EM XPLUS  Ingressos já estão à venda e o público poderá conferir o show também com o poderoso som Dolby Atmos em 360º



BLITZ AO VIVO: No embalo do lançamento do álbum 'Aventuras 2', Evandro Mesquita e sua Blitz finalizam seu quarto DVD, gravado no Circo Voador em abril, para lançamento em outubro. A banda está a todo vapor, com presença confirmada no próximo Rock In Rio e tem turnê pelos Estados Unidos confirmada em fevereiro de 2018

FESTIVAL DE CINEMA DA NOVA ZELANDIA

(colaborou @DonnieDarko73);

Blog Archive

Buscar

About Me

tom leão
Vanuatu
amigo dos amigos, amante de música, cinema, boa comida, de pedaladas e caminhadas
View my complete profile
Powered by Blogger.

Popular Posts

Translate

Followers